Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. zootec ; 50: e20190262, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1443173

Resumo

The objective of this work was to estimate genetic parameters and evaluate genetic trends over 26 years for morphometric traits in Mangalarga Marchador horses. Twelve morphometric traits were evaluated (withers and croup heights; length of head, body, shoulder, croup, neck, back, and loins; width of head and croup, and cannon bone and thorax perimeters). These traits were evaluated in 38,341 animals born between 1987 and 2012 and with a relationship matrix of 77,719 animals. Gibbs sampler was used to obtain samples of the posterior distributions of genetic parameters under animal models. Genetic trends were estimated by regression of estimated breeding values in function of birth year. The heritabilities of all traits were moderate to high and ranged from 0.27 to 0.48. However, the additive genetic coefficients of variation were low, ranging from 1.23 to 3.82%. The genetic trends of all the studied traits were significant, but of low magnitude. Negative genetic trend was observed for body length, while positive genetic trends were estimated for the other 11 traits. Although additive genetic differences accounted for a significant part of the phenotypic differences, genetic gains in the population were limited by low phenotypic variability. Therefore, it is necessary to develop data collection strategies to increase phenotypic and genetic variability in the population, such as the inclusion of animals that do not meet breed standard, but which have parents registered in the breeders' association, in the database.


Assuntos
Animais , Fenótipo , Pesos e Medidas Corporais/veterinária , Cavalos/anatomia & histologia , Cavalos/genética , Hereditariedade
2.
Ci. Rural ; 50(12): e20200258, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29591

Resumo

The conformation is directly related to the quality of the movements, and can direct the selection by equine aptitude. This study aimed to identify which are the morphometric measurements that explain the total variance available in the marcha batida and picada gaits of young Mangalarga Marchador horses. Analyses were performed by evaluating 20 linear measurements of 420 champion horses. Measures were separated by gender (male-M and female-F), type of marcha, (batida-MB e picada-MP) and divided into eight age groups. Principal component analysis (PCA) was used to identify which measurements were most important in determining marcha variance by selecting principal component (PC) which sum of eigenvalues was able to explain the minimum percentage of 80% of the total variation. The PC number varied randomly according to age groups, being 2 to 3 in both genders in MP, 3 to 4 for M-MB, and up to 5 for F-MB, suggesting lower overall variability in MP, and higher in F-MB. There was no defined pattern concerning the amount of PC per age group, demonstrating that each category may have independent variations. Although, some repetitions of variables occurred similarly in different ages, sexes, and marcha types, the responsibility for the highest occurrence of variation was the posterior cannon and gaskin length. The significant variance in the length of these segments, regardless of gender, age, and marcha, and the fact they are not measured daily suggested there is not only a lack of standardization of these segments, but there is also size compensation among them since the group evaluated is composed of breed champions.(AU)


A conformação pode estar diretamente relacionada a qualidade dos movimentos direcionando a seleção dos equinos por aptidão. Objetivou-se identificar quais medidas lineares explicam a variância total disponível nas marchas batida e picada em cavalos jovens da raça Mangalarga Marchador. As análises foram realizadas pela avaliação de 20 medidas lineares de 420 equinos campeões de exposições, separados por sexo (macho-M e fêmeas-F), tipo de marcha (batida-MB e picada-MP) e oito grupos etários. Utilizou-se análise de componentes principais (ACP) para identificar quais características eram mais importantes na determinação da variância das marchas, selecionando aquelas contidas em CP, cuja soma de autovalores foi capaz de explicar o percentual mínimo de 80% da variação total. O número de CP variou de acordo com as faixas etárias, sendo de 2 a 3 em M e F-MP, de 3 a 4 para M-MB e até 5 para F-MB, o que sugere menor variação em animais de MP, e maior em F-MB. Não houve padrão na quantidade de CP por classe etária demonstrando variações independentes entre categorias. A maior variância geral foi explicada pelo comprimento de canela posterior e perna. A grande variância no comprimento desses segmentos, independentemente de sexo, idade, tipo de marcha e o fato dos mesmos não serem mensurados cotidianamente, sugere que não ocorre somente a ausência de padronização, mas também há compensação de tamanho entre eles, visto que se avaliou apenas animais campeões da raça.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos , Análise da Marcha/veterinária
3.
Semina Ci. agr. ; 39(5): 2125-2132, Sept.-Oct. 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22681

Resumo

Hay production is the most common form of forage conservation methods for horse feeding. However, haylage can be an alternative to hay. The present research assessed the nutritional value of Tifton-85 haylage by fermentation pattern, bromatological composition, and apparent digestibility compared to hay in the diet of Quarter Horse mares. Haylage was prepared with 700.0 g of dry matter (DM) kg-¹ added with a biological inoculum and was assessed at 1, 3, 7, 14, 28, and 56 days of production. At 14 days, the protein content had decreased from 192.0 to 173.2 g kg-¹ DM. The opposite was found for ammoniacal nitrogen, which rose from 0.61 to 1.14 g kg-¹ DM of total nitrogen. No differences were found for the variables NDF, ADF, hemicellulose, pH, acetic acid, propionic acid and butyric acid, whose values were 734.3, 316.5 and 416.9 g kg-¹ DM, pH 5.47 and 0.06, 0.003, 0.03 g kg-¹ DM, respectively. Lactic acid contents were higher after 28 days of haylage production, reaching 2.39 g kg-¹ DM at the last assessment. The contents of aflatoxins, fumonisin, and zearalenone in the plant were similar to those in the haylage at 0.95 µg kg-¹, 0.60 mg kg-¹, and 0.71 µg kg-¹, respectively. The digestibility assay showed an increase in protein digestibility in the diet with haylage (675.1 g kg-¹ DM) compared to hay (579.1 g kg-¹ DM) of the same grass. Haylage can potentially be used to feed horses and its use is recommended starting at 28 days of production.(AU)


A produção de feno é a forma mais comum entre os métodos de conservação de forragem para alimentação de cavalos. Entretanto, a silagem pode ser alternativa ao uso do feno. A presente pesquisa avaliou o valor nutricional da silagem de Tifton-85 através do padrão de fermentação, composição bromatológica e digestibilidade aparente, em comparação com feno na dieta de éguas da raça Quarto de Milha. Foram confeccionadas silagens com 700,0 g matéria seca (MS) kg-¹ e aditivada com inoculante biológico, as quais foram avaliadas 1, 3, 7, 14, 28 e 56 dias de produção. Aos 14 dias foi verificado redução na concentração proteica de 192,0 para 173,2 g kg-¹ MS. O inverso foi encontrado para o nitrogênio amoniacal que aumentou de 0,61 para 1,14 do nitrogênio total. Não foram verificadas diferenças para as variáveis FDN, FDA, hemicelulose, pH, ácido acético, propiônico e butírico que apresentaram 734,3; 316,5; 416,9 g kg-¹ MS, pH 5,47 e 0,06; 0,003; 0,03 g kg-¹ MS, respectivamente. As concentrações de ácido láctico foram superiores a partir dos 28 dias de produção, atingindo 2,39 g kg-¹ MS no último tempo avaliado. As concentrações de aflatoxinas, fumonisina e zearalenona foram semelhantes entre planta e silagem, que foram 0,95 µg kg-¹; 0,60 mg kg-¹ e 0,71 µg kg-¹, respectivamente. No ensaio de digestibilidade, foi verificado aumento na digestibilidade da proteína na dieta com silagem (675,1 g kg-¹) quando comparada ao feno (579,1 g kg-¹) da mesma gramínea. A silagem apresenta potencial para utilização na alimentação de equinos sendo recomendada sua utilização a partir de 28 dias de ensilada.(AU)


Assuntos
Animais , Silagem , Fermentação , Equidae , Digestão , Dieta/veterinária
4.
Semina Ci. agr. ; 37(2): 903-910, mar.-abr. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23435

Resumo

During dry seasons, equines are traditionally fed hay. However, if not prepared under favorable climatic conditions and if not properly stored, hay does not preserve its nutritional value. The aim of this research was to evaluate the chemical composition in Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and Estilosantes Campo Grande hay varieties, used to feed equines over 225 days of storage. Treatments consisted of Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and Estilosantes Campo Grande hay varieties, assessed at six moments of storage: 0, 45, 90, 135, 180, and 225 days. The experiment followed a completely randomized split-plot design. In the comparison between varieties, differences (P<0.05) were found for dry matter, acid detergent insoluble nitrogen, neutral detergent fiber, and lignin. The storage period altered (P<0.05) the concentrations of dry matter, calcium, and crude protein in both hay varieties. The beta-carotene content in the leguminous plants did not decline (P>0.05) over the 225 days of storage. The storage period had little impact on the nutritional quality of the assessed hays. The Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and, mainly, Estilosantes Campo Grande hay varieties have potential to be used in equine diet.(AU)


Durante a época seca, equinos são tradicionalmente alimentados com feno, entretanto, se não forem preparados em condições climáticas favoráveis e bem estocados, não preservam seu valor nutricional. O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência do período de estocagem na composição bromatológica e concentração de betacaroteno dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e Estilosantes Campo Grande durante 225 dias de armazenamento. Os tratamentos consistiram dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e Estilosantes Campo Grande, avaliados em seis tempos de armazenamento: 0, 45, 90, 135, 180 e 225 dias. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso com arranjo em parcelas subdivididas. No comparativo entre as duas variedades, houve diferença (p<0,05) no teor de matéria seca, fibra em detergente neutro, lignina e nitrogênio insolúvel em detergente ácido. O período de armazenamento alterou (p<0,05) o teor de matéria seca, cálcio e proteína bruta de ambas as variedades de feno. As concentrações de betacaroteno dos fenos de Estilosantes não declinaram (P>0,05) ao longo dos 225 dias de armazenamento. O período de armazenamento não afetou a qualidade nutricional dos fenos avaliados. As variedades dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e, principalmente, Estilosantes Campo Grande têm potencial para serem usadas na dieta de equinos.(AU)


Assuntos
Animais , Equidade , Cavalos , Ração Animal/análise
5.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 15(1): 141-148, jan.-mar. 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-16932

Resumo

Objetivou-se comparar as medidas morfométricas do rebanho atual de fêmeas Mangalarga Marchador (MM) com os exemplares campeões. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, sendo os tratamentos constituídos pelo rebanho atual de fêmeas da raça MM, representado por todas as éguas registradas entre 2000 e 2012 que tiveram suas medidas armazenadas no banco de dados do Serviço de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador, totalizando 51993 animais; e pelas campeãs da raça, representadas por 266 animais campeões. Foram avaliadas a altura na cernelha e na garupa, comprimento da cabeça, pescoço, espádua, dorsolombo, garupa e corpo, largura da cabeça e da garupa e perímetro torácico e da canela. As medidas lineares foram relacionadas ao comprimento da cabeça, de acordo com o Sistema Eclético de Proporções. Os resultados das 12 medidas lineares foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Fisher (p<0,05). Em relação ao rebanho atual de fêmeas MM, as éguas campeãs da raça apresentaram maior comprimento da cabeça, corpo, pescoço, dorso-lombo e garupa, altura na cernelha e na garupa, largura da garupa e perímetro torácico e da canela. Concluiu-se que embora apresentem maiores medidas lineares, as éguas campeãs MM são proporcionalmente semelhantes ao rebanho atual de fêmeas da raça.(AU)


The study aimed to compare the morphometric measures of the current herd Mangalarga Marchador (MM) female with champions breed, using as parameters the breed standard and the Eclectic System of Proportions for saddle horse. The experimental design was randomized, and the treatments were the current herd MM female, represented by all mares registered between 2000 and 2012 that had your measurements stored in the database service studbook of breed, totaling 51993 animals, and the champions breed, represented by 266 mares champions. Were evaluated measures of height at withers and at rump, length of the head, neck, dorse, rump, shoulder and body, width of head and of rump, thoracic perimeter and cannon perimeter. The mean linear measurements were related to the length of the head, according to Eclectic System of Proportions. The results were submitted to analysis of variance and the means were compared by Fisher's test (p<0.05). Regarding the current herd of females MM, the champions breed showed greater length of the head, body, neck, dorse and rump, height at withers and at rump, width of rump and thoracic and cannon perimeter. It was concluded that although larger, the champions Mangalarga Marchador mares are proportionally similar to the current herd.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cavalos/crescimento & desenvolvimento , Demografia/estatística & dados numéricos , Demografia , Cavalos/anatomia & histologia , Cavalos/classificação
6.
Semina Ci. agr. ; 35(4): 2011-2018, July.-Aug.2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26482

Resumo

The study evaluated the effect of yeast supplementation on the digestibility and intake of nutrients of Mangalarga Marchador horses in training. Fourteen Mangalarga Marchador mares were divided into two groups: Probiotic (horses supplemented with 20 g of Saccharomyces cerevisiae daily) and Control. The diet consisted of commercial concentrate and roughage in the ratio of 50:50. The mares were trained for six weeks, Monday to Saturday, and the exercise performed daily alternating work on a treadmill and automatic walker. Nutrient digestibility was assessed using the indicator LIPE® (6 days) end fecal collection was performed for five days. Was analyzed DM, NDF, ADF, CP, GE, hemicelluloses and dry matter intake. There was not difference (P>0,05) in any of the variables analyzed. Supplementation with 20 g of Saccharomyces cerevisiae does not affect the digestibility and nutrient intake in mares Mangalarga Marchador submitted six weeks of aerobic training.(AU)


O trabalho avaliou o efeito da suplementação com leveduras sobre a digestibilidade e consumo dos nutrientes de equinos Mangalarga Marchador submetidas a treinamento. Quatorze éguas Mangalarga Marchador foram distribuídos em dois grupos: Probiótico (equinos suplementados com 20 g de Saccharomyces cerevisiae diariamente) e Controle. A dieta foi composta por volumoso e concentrado comercial, na proporção de 50:50. As éguas foram treinadas durante seis semanas, de segunda a sábado, sendo o exercício realizado diariamente alternando o trabalho em esteira ergométrica e caminhador automático. A digestibilidade dos nutrientes foi avaliada utilizando o indicador LIPE® (6 dias) e a coleta de fezes foi realizada durante cinco dias. Foi analisado MS, FDN, FDA, PB, EB, hemicelulose e consumo de matéria seca. Não houve diferença (P>0,05) em nenhuma das variáveis analisadas. A suplementação com 20 g de Saccharomyces cerevisiae não interfere na digestibilidade e consumo dos nutrientes em éguas Mangalarga Marchador submetidas a seis semanas de treinamento aeróbico.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cavalos/metabolismo , Saccharomyces cerevisiae , Probióticos , Suplementos Nutricionais , Treino Aeróbico/veterinária
7.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 15(1): 141-148, jan.-mar. 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1493295

Resumo

Objetivou-se comparar as medidas morfométricas do rebanho atual de fêmeas Mangalarga Marchador (MM) com os exemplares campeões. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, sendo os tratamentos constituídos pelo rebanho atual de fêmeas da raça MM, representado por todas as éguas registradas entre 2000 e 2012 que tiveram suas medidas armazenadas no banco de dados do Serviço de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador, totalizando 51993 animais; e pelas campeãs da raça, representadas por 266 animais campeões. Foram avaliadas a altura na cernelha e na garupa, comprimento da cabeça, pescoço, espádua, dorsolombo, garupa e corpo, largura da cabeça e da garupa e perímetro torácico e da canela. As medidas lineares foram relacionadas ao comprimento da cabeça, de acordo com o Sistema Eclético de Proporções. Os resultados das 12 medidas lineares foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Fisher (p<0,05). Em relação ao rebanho atual de fêmeas MM, as éguas campeãs da raça apresentaram maior comprimento da cabeça, corpo, pescoço, dorso-lombo e garupa, altura na cernelha e na garupa, largura da garupa e perímetro torácico e da canela. Concluiu-se que embora apresentem maiores medidas lineares, as éguas campeãs MM são proporcionalmente semelhantes ao rebanho atual de fêmeas da raça.


The study aimed to compare the morphometric measures of the current herd Mangalarga Marchador (MM) female with champions breed, using as parameters the breed standard and the Eclectic System of Proportions for saddle horse. The experimental design was randomized, and the treatments were the current herd MM female, represented by all mares registered between 2000 and 2012 that had your measurements stored in the database service studbook of breed, totaling 51993 animals, and the champions breed, represented by 266 mares champions. Were evaluated measures of height at withers and at rump, length of the head, neck, dorse, rump, shoulder and body, width of head and of rump, thoracic perimeter and cannon perimeter. The mean linear measurements were related to the length of the head, according to Eclectic System of Proportions. The results were submitted to analysis of variance and the means were compared by Fisher's test (p<0.05). Regarding the current herd of females MM, the champions breed showed greater length of the head, body, neck, dorse and rump, height at withers and at rump, width of rump and thoracic and cannon perimeter. It was concluded that although larger, the champions Mangalarga Marchador mares are proportionally similar to the current herd.


Assuntos
Feminino , Animais , Cavalos/anatomia & histologia , Cavalos/classificação , Cavalos/crescimento & desenvolvimento , Demografia , Demografia/estatística & dados numéricos
8.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 70(1): 46-52, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1466566

Resumo

A avaliação morfométrica de equinos é um importante método de seleção, por estar relacionada à funcionalidade desta espécie. O Mangalarga Marchador é a mais importante raça brasileira de equinos e sua evolução zootécnica pode ser observada nas exposições especializadas, onde os criadores comparam seu rebanho aos expoentes da raça, adotando-os como parâmetro zootécnico. Neste contexto, o estudo objetivou comparar as medidas morfométricas do rebanho atual de machos Mangalarga Marchador com os exemplares campeões, utilizando como parâmetros o padrão racial e o Sistema Eclético de Proporções para cavalo de sela. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, sendo os tratamentos constituídos pelo rebanho atual de machos da raça Mangalarga Marchador, representado por todos os cavalos registrados entre 2000 e 2012 que tiveram suas medidas armazenadas no banco de dados do Serviço de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), totalizando 15.482 animais; e pelos campeões da raça, representados por 222 animais campeões que participaram das 29ª, 30ª ou 31ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Foram avaliadas as variáveis altura na cernelha e na garupa, comprimento da cabeça, pescoço, espádua, dorso-lombo, garupa e corpo, largura da cabeça e da garupa e perímetro torácico e da canela. As médias das medidas lineares foram relacionadas ao comprimento da cabeça, de acordo com o Sistema Eclético de Proporções para o cavalo de sela. Os resultados das 12 medidas lineares foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Fisher (p<0,05). Em relação ao rebanho atual de equinos machos Mangalarga Marchador, os campeões da raça apresentaram maior comprimento do pescoço, dorso-lombo, garupa e corpo, altura da cernelha e da garupa, largura da garupa, perímetro da canela e menor comprimento da espádua. Concluiu-se que embora maiores, os equinos campeões da raça Mangalarga Marchador são proporcionalmente semelhantes ao rebanho atual. Os cavalos Mangalarga Marchador ainda não atingiram a altura considerada ideal pelo padrão racial e suas proporções são diferentes das preconizadas pelo Sistema Eclético de Propor- ções para o cavalo de sela.


Equines morphometric analysis is an important method of selection related to functionality of the species. Mangalarga Marchador is the most important horse Brazilian breed and its evolution can be observed in specialized exhibition where owners expase their herd with the breed exponents, adopting them as selection parameters. In this context the study aimed to compare the morphometric measures of Mangalarga Marchador males herd with the champions of breed, using as parameters breed standards and Eclectic System of Proportions for saddle horse. Experimental design was completely randomized and treatments were the Mangalarga Marchador male herd, represented by all horses registered from 2000 to 2012, wich had measurements stored in Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) service studbook database, totaling 15,482 animals, and the champions of breed, represented by 222 horses champions who participated of the 29th, 30th or 31th Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Variables evaluated were height at withers and at rump, length of the head, neck, dorse, rump, shoulder and body, width of head and of rump, thoracic perimeter and cannon perimeter. Average linear measurements were related to length of head, according to Eclectic System of Proportions for saddle horse. Results were submitted to variance analysis and averages were compared by Fisher test (p<0.05). Regarding the current herd of males Mangalarga Marchador, the champions of the race showed greater length of neck, dorse, rump and body, height at withers and at rump, width of rump, cannon perimeter and shorter length of the shoulder. It was concluded that although larger, the champions horses Mangalarga Marchador are proportionally similar to current herd. Mangalarga Marchador horses have not yet reached the height considered ideal by breed standard and their proportions are different from those recommended by Eclectic System of Proportions for the saddle horse.


Assuntos
Animais , Cavalos/classificação , Especificidade da Espécie
9.
B. Indústr. Anim. ; 70(1): 46-52, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-11721

Resumo

A avaliação morfométrica de equinos é um importante método de seleção, por estar relacionada à funcionalidade desta espécie. O Mangalarga Marchador é a mais importante raça brasileira de equinos e sua evolução zootécnica pode ser observada nas exposições especializadas, onde os criadores comparam seu rebanho aos expoentes da raça, adotando-os como parâmetro zootécnico. Neste contexto, o estudo objetivou comparar as medidas morfométricas do rebanho atual de machos Mangalarga Marchador com os exemplares campeões, utilizando como parâmetros o padrão racial e o Sistema Eclético de Proporções para cavalo de sela. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, sendo os tratamentos constituídos pelo rebanho atual de machos da raça Mangalarga Marchador, representado por todos os cavalos registrados entre 2000 e 2012 que tiveram suas medidas armazenadas no banco de dados do Serviço de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), totalizando 15.482 animais; e pelos campeões da raça, representados por 222 animais campeões que participaram das 29ª, 30ª ou 31ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Foram avaliadas as variáveis altura na cernelha e na garupa, comprimento da cabeça, pescoço, espádua, dorso-lombo, garupa e corpo, largura da cabeça e da garupa e perímetro torácico e da canela. As médias das medidas lineares foram relacionadas ao comprimento da cabeça, de acordo com o Sistema Eclético de Proporções para o cavalo de sela. Os resultados das 12 medidas lineares foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Fisher (p<0,05). Em relação ao rebanho atual de equinos machos Mangalarga Marchador, os campeões da raça apresentaram maior comprimento do pescoço, dorso-lombo, garupa e corpo, altura da cernelha e da garupa, largura da garupa, perímetro da canela e menor comprimento da espádua. Concluiu-se que embora maiores, os equinos campeões da raça Mangalarga Marchador são proporcionalmente semelhantes ao rebanho atual. Os cavalos Mangalarga Marchador ainda não atingiram a altura considerada ideal pelo padrão racial e suas proporções são diferentes das preconizadas pelo Sistema Eclético de Propor- ções para o cavalo de sela.(AU)


Equines morphometric analysis is an important method of selection related to functionality of the species. Mangalarga Marchador is the most important horse Brazilian breed and its evolution can be observed in specialized exhibition where owners expase their herd with the breed exponents, adopting them as selection parameters. In this context the study aimed to compare the morphometric measures of Mangalarga Marchador males herd with the champions of breed, using as parameters breed standards and Eclectic System of Proportions for saddle horse. Experimental design was completely randomized and treatments were the Mangalarga Marchador male herd, represented by all horses registered from 2000 to 2012, wich had measurements stored in Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) service studbook database, totaling 15,482 animals, and the champions of breed, represented by 222 horses champions who participated of the 29th, 30th or 31th Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Variables evaluated were height at withers and at rump, length of the head, neck, dorse, rump, shoulder and body, width of head and of rump, thoracic perimeter and cannon perimeter. Average linear measurements were related to length of head, according to Eclectic System of Proportions for saddle horse. Results were submitted to variance analysis and averages were compared by Fisher test (p<0.05). Regarding the current herd of males Mangalarga Marchador, the champions of the race showed greater length of neck, dorse, rump and body, height at withers and at rump, width of rump, cannon perimeter and shorter length of the shoulder. It was concluded that although larger, the champions horses Mangalarga Marchador are proportionally similar to current herd. Mangalarga Marchador horses have not yet reached the height considered ideal by breed standard and their proportions are different from those recommended by Eclectic System of Proportions for the saddle horse.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/classificação , Especificidade da Espécie
10.
Revista brasileira de medicina equina ; 12(69): 20-23, Jan-Fev. 2017. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1495057

Resumo

O produto comercial Antiphlokin é recomendado nos processos de dores musculares. Dentre as substâncias de sua composição, o ácido salicílico e o salicilato de metila são metabolizados no fígado,e seus metabólitos são excretados na urina e detectados nos exames de antidoping. O objetivo deste trabalho foi verificar se o produto comercial Antiphlokirr pode ser utilizado com segurança em equinos, sem risco de comprometimento nos exames de antidoping. Para isso, foram utilizados seis machos do Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes - RCAT, com alimentação composta por ração concentrada comercial e feno de gramínea. O Antiphlokin foi aplicado na extensão dos quatro membros dos animais, diariamente, durante 14 dias. Foi realizada coleta de urina utilizando sonda uretral, nos seguintes dias: DO: coleta antes da primeira aplicação do Antiphlokin: D1 : coleta no 79 dia de aplicação do produto; D2: Coleta no 149 dia de aplicação e D3: 7 dias após a última aplicação do Antiphlokin. A urina coletada foi enviada ao laboratório CEMSNSP para análise qualitativa e quantitativa dos compostos ácido salicílico e ácido metilsalicílico através da técnica CLAE-EM/EM (cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrometria de massas do tipo triplo quadrupolo). Os resultados da concentração de ácido salicílico nos 4 tratamentos variaram de 3,2 a 41,8 ug/ml e o ácido metilsalicílico não foi detectado em nenhuma das amostras. As concentrações quantitativas do composto ácido salicílico foram abaixo de 750 ug/ml,limite máximo permitido publicado na relação de substâncias proibidas para animais em competições pela FEI6 (Federation Equestre Internacionale). Portanto, o produto comercial testado pode ser utilizado,no tratamento das lesões dos equinos, em datas próximas a provas, sem que seus componentes resultem em doping positivo.


The commercial product Antiphlokirr is recommended in the processes of muscular aches. Among the substances of its composition, salicylic acid and methyl salicylate are metabolized in the liver, and its metabolites are excreted in the urine and detected in the antidoping tests. The objective of this paper was to verify if the commercial product Antiphlokin can be used safely in horses without risk of compromise in antidoping tests. For this, six males of the Alferes Tiradentes Cavalry Regiment - RCAT were used, with feed composed of commercial concentrated feed and grass hay. Antiphlokin" was appliedto the extension of the four limbs of the animais daily for fourteen days. Urine collection using a urethral catheter was performed on the following days: DO: collection before the first application of Antiphlokin; D1: after 7 days of product application; D2: after 14 days of application and D3: 7 days after the last application of Antiphlokin". The collected urine was sent to the CEMSNSP laboratory for qualitative and quantitative analysis of salicylic acid and methylsalicylic acid compounds by the high efficiency liquid chromatography coupled to triple quadrupole mass spectrometry - HPLC-MS/MS. The results of thesalicylic acid concentration in the experimental treatments ranged from 3.2 to 41.8 ug/ml and methylsalicylic acid was not detected in any of the samples. The quantitative concentrations of salicylic acid compound were below 750 ug/ml, the maximum permissible limit published in the list of substances banned for animais in competitions by the FEI6 (Federation Equestre Internationale). Therefore, the commercial producttested can be used in the treatment of equine lesions on dates close to tests, without its components resulting in positive doping.


El producto comercial Antiphlokin es recomendado en los procesos de dolor muscular. Entre las sustancias de su composición, el ácido salicílico y el salicilato de metilo son metabolizados en el hígado, y sus metabolitos son excretados en la orina y detectados en las pruebas de dopaje. El objetivo de este trabajo fue determinar si el producto comercial Antiphlokin puede ser utilizado con seguridad en los equinos y sin riesgo de compromiso en las pruebas anti dopaje. Para eso, se utilizaron seis machos del regimiento de caballería Alferes Tiradentes - RCAT, con alimentación compuesta por ración concentrada comercial y heno de gramíneas. El Antiphlokirr fue aplicado en los cuatro miembros de los animales a diario durante catorce días. Se realizó colecta de orina utilizando una sonda uretral, en los siguientes días: DO: colecta antes de la primera aplicación de Antiphlokirr; D1 : después de 7 días de la aplicación dei producto; D2: después de 14 días de aplicación, D3: 7 días después de la última aplicación de Antiphlokin. La orina recogida fue enviada al laboratorio CEMSNSP para el análisis cualitativo y cuantitativo de los compuestos ácido salicílico y ácido metilsalicílico a través del líquido de alta eficacia cromatografía acoplada a espectrometría de masas de triple cuadrupolo - HPLC-MS/MS. Los resultados de la concentración de ácido salicílico en los tratamientos experimentales variaron de 3,2 a 41,8 ug/ml y el ácido metilsalicílico no fue detectado en ninguna de las muestras. Las concentraciones cuantitativas dei compuesto de ácido salicílico estuvieron por debajo de 750 ug/ml, el límite máximo permitido publicado en la lista de sustancias prohibidas para los animales en las competiciones por la FEI6 (Federación Ecuestre Internacional). Por 10 tanto, el producto comercial testeado puede ser utilizado en el tratamiento de lesiones de equinos días antes de las pruebas sin que sus componentes resultan en dopaje positivo.


Assuntos
Animais , Cavalos/fisiologia , Dopagem Esportivo , Ácido Salicílico/análise , Coleta de Urina/veterinária
11.
R. bras. Med. equina ; 12(69): 20-23, Jan-Fev. 2017. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15926

Resumo

O produto comercial Antiphlokin é recomendado nos processos de dores musculares. Dentre as substâncias de sua composição, o ácido salicílico e o salicilato de metila são metabolizados no fígado,e seus metabólitos são excretados na urina e detectados nos exames de antidoping. O objetivo deste trabalho foi verificar se o produto comercial Antiphlokirr pode ser utilizado com segurança em equinos, sem risco de comprometimento nos exames de antidoping. Para isso, foram utilizados seis machos do Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes - RCAT, com alimentação composta por ração concentrada comercial e feno de gramínea. O Antiphlokin foi aplicado na extensão dos quatro membros dos animais, diariamente, durante 14 dias. Foi realizada coleta de urina utilizando sonda uretral, nos seguintes dias: DO: coleta antes da primeira aplicação do Antiphlokin: D1 : coleta no 79 dia de aplicação do produto; D2: Coleta no 149 dia de aplicação e D3: 7 dias após a última aplicação do Antiphlokin. A urina coletada foi enviada ao laboratório CEMSNSP para análise qualitativa e quantitativa dos compostos ácido salicílico e ácido metilsalicílico através da técnica CLAE-EM/EM (cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrometria de massas do tipo triplo quadrupolo). Os resultados da concentração de ácido salicílico nos 4 tratamentos variaram de 3,2 a 41,8 ug/ml e o ácido metilsalicílico não foi detectado em nenhuma das amostras. As concentrações quantitativas do composto ácido salicílico foram abaixo de 750 ug/ml,limite máximo permitido publicado na relação de substâncias proibidas para animais em competições pela FEI6 (Federation Equestre Internacionale). Portanto, o produto comercial testado pode ser utilizado,no tratamento das lesões dos equinos, em datas próximas a provas, sem que seus componentes resultem em doping positivo.(AU)


The commercial product Antiphlokirr is recommended in the processes of muscular aches. Among the substances of its composition, salicylic acid and methyl salicylate are metabolized in the liver, and its metabolites are excreted in the urine and detected in the antidoping tests. The objective of this paper was to verify if the commercial product Antiphlokin can be used safely in horses without risk of compromise in antidoping tests. For this, six males of the Alferes Tiradentes Cavalry Regiment - RCAT were used, with feed composed of commercial concentrated feed and grass hay. Antiphlokin" was appliedto the extension of the four limbs of the animais daily for fourteen days. Urine collection using a urethral catheter was performed on the following days: DO: collection before the first application of Antiphlokin; D1: after 7 days of product application; D2: after 14 days of application and D3: 7 days after the last application of Antiphlokin". The collected urine was sent to the CEMSNSP laboratory for qualitative and quantitative analysis of salicylic acid and methylsalicylic acid compounds by the high efficiency liquid chromatography coupled to triple quadrupole mass spectrometry - HPLC-MS/MS. The results of thesalicylic acid concentration in the experimental treatments ranged from 3.2 to 41.8 ug/ml and methylsalicylic acid was not detected in any of the samples. The quantitative concentrations of salicylic acid compound were below 750 ug/ml, the maximum permissible limit published in the list of substances banned for animais in competitions by the FEI6 (Federation Equestre Internationale). Therefore, the commercial producttested can be used in the treatment of equine lesions on dates close to tests, without its components resulting in positive doping.(AU)


El producto comercial Antiphlokin es recomendado en los procesos de dolor muscular. Entre las sustancias de su composición, el ácido salicílico y el salicilato de metilo son metabolizados en el hígado, y sus metabolitos son excretados en la orina y detectados en las pruebas de dopaje. El objetivo de este trabajo fue determinar si el producto comercial Antiphlokin puede ser utilizado con seguridad en los equinos y sin riesgo de compromiso en las pruebas anti dopaje. Para eso, se utilizaron seis machos del regimiento de caballería Alferes Tiradentes - RCAT, con alimentación compuesta por ración concentrada comercial y heno de gramíneas. El Antiphlokirr fue aplicado en los cuatro miembros de los animales a diario durante catorce días. Se realizó colecta de orina utilizando una sonda uretral, en los siguientes días: DO: colecta antes de la primera aplicación de Antiphlokirr; D1 : después de 7 días de la aplicación dei producto; D2: después de 14 días de aplicación, D3: 7 días después de la última aplicación de Antiphlokin. La orina recogida fue enviada al laboratorio CEMSNSP para el análisis cualitativo y cuantitativo de los compuestos ácido salicílico y ácido metilsalicílico a través del líquido de alta eficacia cromatografía acoplada a espectrometría de masas de triple cuadrupolo - HPLC-MS/MS. Los resultados de la concentración de ácido salicílico en los tratamientos experimentales variaron de 3,2 a 41,8 ug/ml y el ácido metilsalicílico no fue detectado en ninguna de las muestras. Las concentraciones cuantitativas dei compuesto de ácido salicílico estuvieron por debajo de 750 ug/ml, el límite máximo permitido publicado en la lista de sustancias prohibidas para los animales en las competiciones por la FEI6 (Federación Ecuestre Internacional). Por 10 tanto, el producto comercial testeado puede ser utilizado en el tratamiento de lesiones de equinos días antes de las pruebas sin que sus componentes resultan en dopaje positivo.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/fisiologia , Dopagem Esportivo , Ácido Salicílico/análise , Coleta de Urina/veterinária
12.
Acta Vet. Brasilica ; 4(4): 210-214, 2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1380045

Resumo

Diversos suplementos nutricionais são utilizados de forma empírica nos equinos. O cromo trivalente (Cr), ao fazer parte da cromodulina, potencializa a insulina e sensibiliza os tecidos onde ela age, otimizando sua ação em diferentes mamíferos. Contudo, existem poucos trabalhos referentes à suplementação dietética de equinos com Cr. O objetivo dessa revisão foi destacar da literatura dados concretos sobre os possíveis benefícios ergogênicos do cromo no desempenho dessa espécie. O Cr possui o potencial de atuar como agente ergogênico nutricional efetivo e lícito em cavalos de diferentes modalidades atléticas, principalmente nos de duração prolongada, em que a dependência da lipólise é maior.


Several nutritional supplements are used empirically in horses. Trivalent chromium (Cr) potentiates insulin and sensitizes the tissues where it acts, to be part of chromodulin, optimizing its action in different mammals. However, there are few studies relating to dietary supplementation of horses with Cr. The objective of this review was to highlight from the scientific literature on the possible ergogenic benefits of Cr on performance of this species. Cr has the potential to act as an effective and licit nutritional ergogenic agent in athletic horses of different modalities, especially in prolonged duration, in which the dependence of lipolysis is increased.


Assuntos
Animais , Minerais na Dieta/administração & dosagem , Cromo/administração & dosagem , Suplementos Nutricionais/análise , Cavalos/metabolismo , Glucose/análise , Insulina
13.
Semina ciênc. agrar ; 35(4): 2011-2018, 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499653

Resumo

The study evaluated the effect of yeast supplementation on the digestibility and intake of nutrients of Mangalarga Marchador horses in training. Fourteen Mangalarga Marchador mares were divided into two groups: Probiotic (horses supplemented with 20 g of Saccharomyces cerevisiae daily) and Control. The diet consisted of commercial concentrate and roughage in the ratio of 50:50. The mares were trained for six weeks, Monday to Saturday, and the exercise performed daily alternating work on a treadmill and automatic walker. Nutrient digestibility was assessed using the indicator LIPE® (6 days) end fecal collection was performed for five days. Was analyzed DM, NDF, ADF, CP, GE, hemicelluloses and dry matter intake. There was not difference (P>0,05) in any of the variables analyzed. Supplementation with 20 g of Saccharomyces cerevisiae does not affect the digestibility and nutrient intake in mares Mangalarga Marchador submitted six weeks of aerobic training.


O trabalho avaliou o efeito da suplementação com leveduras sobre a digestibilidade e consumo dos nutrientes de equinos Mangalarga Marchador submetidas a treinamento. Quatorze éguas Mangalarga Marchador foram distribuídos em dois grupos: Probiótico (equinos suplementados com 20 g de Saccharomyces cerevisiae diariamente) e Controle. A dieta foi composta por volumoso e concentrado comercial, na proporção de 50:50. As éguas foram treinadas durante seis semanas, de segunda a sábado, sendo o exercício realizado diariamente alternando o trabalho em esteira ergométrica e caminhador automático. A digestibilidade dos nutrientes foi avaliada utilizando o indicador LIPE® (6 dias) e a coleta de fezes foi realizada durante cinco dias. Foi analisado MS, FDN, FDA, PB, EB, hemicelulose e consumo de matéria seca. Não houve diferença (P>0,05) em nenhuma das variáveis analisadas. A suplementação com 20 g de Saccharomyces cerevisiae não interfere na digestibilidade e consumo dos nutrientes em éguas Mangalarga Marchador submetidas a seis semanas de treinamento aeróbico.


Assuntos
Feminino , Animais , Cavalos/metabolismo , Probióticos , Saccharomyces cerevisiae , Suplementos Nutricionais , Treino Aeróbico/veterinária
14.
Semina ciênc. agrar ; 39(5): 2125-2132, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501233

Resumo

Hay production is the most common form of forage conservation methods for horse feeding. However, haylage can be an alternative to hay. The present research assessed the nutritional value of Tifton-85 haylage by fermentation pattern, bromatological composition, and apparent digestibility compared to hay in the diet of Quarter Horse mares. Haylage was prepared with 700.0 g of dry matter (DM) kg-¹ added with a biological inoculum and was assessed at 1, 3, 7, 14, 28, and 56 days of production. At 14 days, the protein content had decreased from 192.0 to 173.2 g kg-¹ DM. The opposite was found for ammoniacal nitrogen, which rose from 0.61 to 1.14 g kg-¹ DM of total nitrogen. No differences were found for the variables NDF, ADF, hemicellulose, pH, acetic acid, propionic acid and butyric acid, whose values were 734.3, 316.5 and 416.9 g kg-¹ DM, pH 5.47 and 0.06, 0.003, 0.03 g kg-¹ DM, respectively. Lactic acid contents were higher after 28 days of haylage production, reaching 2.39 g kg-¹ DM at the last assessment. The contents of aflatoxins, fumonisin, and zearalenone in the plant were similar to those in the haylage at 0.95 µg kg-¹, 0.60 mg kg-¹, and 0.71 µg kg-¹, respectively. The digestibility assay showed an increase in protein digestibility in the diet with haylage (675.1 g kg-¹ DM) compared to hay (579.1 g kg-¹ DM) of the same grass. Haylage can potentially be used to feed horses and its use is recommended starting at 28 days of production.


A produção de feno é a forma mais comum entre os métodos de conservação de forragem para alimentação de cavalos. Entretanto, a silagem pode ser alternativa ao uso do feno. A presente pesquisa avaliou o valor nutricional da silagem de Tifton-85 através do padrão de fermentação, composição bromatológica e digestibilidade aparente, em comparação com feno na dieta de éguas da raça Quarto de Milha. Foram confeccionadas silagens com 700,0 g matéria seca (MS) kg-¹ e aditivada com inoculante biológico, as quais foram avaliadas 1, 3, 7, 14, 28 e 56 dias de produção. Aos 14 dias foi verificado redução na concentração proteica de 192,0 para 173,2 g kg-¹ MS. O inverso foi encontrado para o nitrogênio amoniacal que aumentou de 0,61 para 1,14 do nitrogênio total. Não foram verificadas diferenças para as variáveis FDN, FDA, hemicelulose, pH, ácido acético, propiônico e butírico que apresentaram 734,3; 316,5; 416,9 g kg-¹ MS, pH 5,47 e 0,06; 0,003; 0,03 g kg-¹ MS, respectivamente. As concentrações de ácido láctico foram superiores a partir dos 28 dias de produção, atingindo 2,39 g kg-¹ MS no último tempo avaliado. As concentrações de aflatoxinas, fumonisina e zearalenona foram semelhantes entre planta e silagem, que foram 0,95 µg kg-¹; 0,60 mg kg-¹ e 0,71 µg kg-¹, respectivamente. No ensaio de digestibilidade, foi verificado aumento na digestibilidade da proteína na dieta com silagem (675,1 g kg-¹) quando comparada ao feno (579,1 g kg-¹) da mesma gramínea. A silagem apresenta potencial para utilização na alimentação de equinos sendo recomendada sua utilização a partir de 28 dias de ensilada.


Assuntos
Animais , Equidae , Fermentação , Silagem , Dieta/veterinária , Digestão
15.
Semina ciênc. agrar ; 37(2): 903-910, 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500292

Resumo

During dry seasons, equines are traditionally fed hay. However, if not prepared under favorable climatic conditions and if not properly stored, hay does not preserve its nutritional value. The aim of this research was to evaluate the chemical composition in Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and Estilosantes Campo Grande hay varieties, used to feed equines over 225 days of storage. Treatments consisted of Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and Estilosantes Campo Grande hay varieties, assessed at six moments of storage: 0, 45, 90, 135, 180, and 225 days. The experiment followed a completely randomized split-plot design. In the comparison between varieties, differences (P0.05) over the 225 days of storage. The storage period had little impact on the nutritional quality of the assessed hays. The Stylosanthes guianensis cv. Mineirão and, mainly, Estilosantes Campo Grande hay varieties have potential to be used in equine diet.


Durante a época seca, equinos são tradicionalmente alimentados com feno, entretanto, se não forem preparados em condições climáticas favoráveis e bem estocados, não preservam seu valor nutricional. O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência do período de estocagem na composição bromatológica e concentração de betacaroteno dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e Estilosantes Campo Grande durante 225 dias de armazenamento. Os tratamentos consistiram dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e Estilosantes Campo Grande, avaliados em seis tempos de armazenamento: 0, 45, 90, 135, 180 e 225 dias. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso com arranjo em parcelas subdivididas. No comparativo entre as duas variedades, houve diferença (p0,05) ao longo dos 225 dias de armazenamento. O período de armazenamento não afetou a qualidade nutricional dos fenos avaliados. As variedades dos fenos de Stylosanthes guianenses cv. Mineirão e, principalmente, Estilosantes Campo Grande têm potencial para serem usadas na dieta de equinos.


Assuntos
Animais , Cavalos , Equidade , Ração Animal/análise
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA