Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 1-8, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088931

Resumo

Bovine tuberculosis is a worldwide spread zoonotic disease. Intradermal tuberculinizations are the most used diagnostic tests in the world. Serological tests can be an ancillary diagnosis for bovine tuberculosis. The objective of this study was to evaluate the diagnostic performance of the ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ™ in infected herds, which were in different disease control stages. One hundred and twenty animals from two dairy herds of Minas Gerais state, Brazil, were subjected to the ELISA serological test and the comparative cervical tuberculin test (CCT). Diagnostic test parameters were estimated using Bayesian latent class models and concordance between tests estimated by the frequentist approach. The ELISA test presented lower sensitivity than CCT in both herds. Its sensitivity was higher in the herd in sanitation process. Specificity estimates were above 95% in both herds. Kappa index indicated low concordance or even disagreement between tests. According to the results, the ELISA IDEXX should not be used as substitution for CCT. The tests must not be associated in series. Parallel association increased diagnostic sensitivity in the herd which was in the process of sanitation.(AU)


A tuberculose bovina é uma zoonose de distribuição mundial cujos testes mais utilizados para o diagnóstico são as tuberculinizações intradérmicas, simples e compartivas. Contudo, testes sorológicos podem constituir diagnósticos auxiliares. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho diagnóstico do teste ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ® em rebanhos bovinos infectados, que se encontravam em diferentes estágios de controle da doença. Cento e vinte animais de dois rebanhos leiteiros provenientes do estado de Minas Geais-Brasil foram submetidos ao ELISA e à tuberculinização cervical compartiva (TCC). Avaliou-se o desempenho dos testes por meio de modelos Bayesianos de classe latente e a concordância entre os eles, por meio de estatística frequentista. Uma maior sensibilidade do teste foi observada no rebanho previamente tuberculinizado. Em ambos os rebanhos o TCC foi mais sensível que o ELISA. Especificidade acima de 95% foi encontrada em ambos os rebanhos. Foram observadas baixa concordância ou mesmo discordância entre os testes. De acordo com os resultados obtidos, o teste ELISA-IDEXX não deve ser utilizado em substituição à TCC, tampouco devem ser associados em série. Houve aumento da sensibilidade quando os testes foram associados em paralelo no rebanho que já se encontrava em processo de saneamento.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Tuberculose Bovina/diagnóstico , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária , Controle de Doenças Transmissíveis/métodos , Aprovação de Teste para Diagnóstico
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 1-8, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26617

Resumo

Bovine tuberculosis is a worldwide spread zoonotic disease. Intradermal tuberculinizations are the most used diagnostic tests in the world. Serological tests can be an ancillary diagnosis for bovine tuberculosis. The objective of this study was to evaluate the diagnostic performance of the ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ™ in infected herds, which were in different disease control stages. One hundred and twenty animals from two dairy herds of Minas Gerais state, Brazil, were subjected to the ELISA serological test and the comparative cervical tuberculin test (CCT). Diagnostic test parameters were estimated using Bayesian latent class models and concordance between tests estimated by the frequentist approach. The ELISA test presented lower sensitivity than CCT in both herds. Its sensitivity was higher in the herd in sanitation process. Specificity estimates were above 95% in both herds. Kappa index indicated low concordance or even disagreement between tests. According to the results, the ELISA IDEXX should not be used as substitution for CCT. The tests must not be associated in series. Parallel association increased diagnostic sensitivity in the herd which was in the process of sanitation.(AU)


A tuberculose bovina é uma zoonose de distribuição mundial cujos testes mais utilizados para o diagnóstico são as tuberculinizações intradérmicas, simples e compartivas. Contudo, testes sorológicos podem constituir diagnósticos auxiliares. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho diagnóstico do teste ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ® em rebanhos bovinos infectados, que se encontravam em diferentes estágios de controle da doença. Cento e vinte animais de dois rebanhos leiteiros provenientes do estado de Minas Geais-Brasil foram submetidos ao ELISA e à tuberculinização cervical compartiva (TCC). Avaliou-se o desempenho dos testes por meio de modelos Bayesianos de classe latente e a concordância entre os eles, por meio de estatística frequentista. Uma maior sensibilidade do teste foi observada no rebanho previamente tuberculinizado. Em ambos os rebanhos o TCC foi mais sensível que o ELISA. Especificidade acima de 95% foi encontrada em ambos os rebanhos. Foram observadas baixa concordância ou mesmo discordância entre os testes. De acordo com os resultados obtidos, o teste ELISA-IDEXX não deve ser utilizado em substituição à TCC, tampouco devem ser associados em série. Houve aumento da sensibilidade quando os testes foram associados em paralelo no rebanho que já se encontrava em processo de saneamento.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Tuberculose Bovina/diagnóstico , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária , Controle de Doenças Transmissíveis/métodos , Aprovação de Teste para Diagnóstico
3.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 64(5): 1133-1136, 2012. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6719

Resumo

Relata-se a ocorrência de um surto de brucelose em um rebanho de aproximadamente 1000 animais, livre da doença há 18 anos, certificado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento desde 2006. Dois animais reagiram aos testes sorológicos de diagnóstico por ocasião dos procedimentos de recertificação em 2008. Após o sacrifício deles, Brucella abortus, biovariedade 1, amostra não vacinal, foi isolada e identificada por meio de provas bioquímicas e de biologia molecular (PCR AMOS). A origem do agente no rebanho é de difícil determinação. No entanto, a adoção de procedimentos preconizados pelo Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose permitiu evitar a disseminação da enfermidade. Ocorrências como essas, em que rebanhos livres foram infectados após anos sem a ocorrência de brucelose, nunca haviam sido relatadas no Brasil.(AU)


A Brucellosis outbreak is reported in a bovine herd free from the disease for over 18 years, officially free since 2006. One heifer and one cow tested positive in serological tests for the 2008 annual recertification in a herd of almost 1000 animals. Isolation and identification by biochemical tests and molecular biology (AMOS PCR) confirmed the infection by a Brucella abortus biovar 1 field strain. It wasn't possible to find the source of the infection. However, adoption of standard procedures prescribed by the Brazilian National Brucellosis and Tuberculosis Control and Eradication Program hindered the spread of the disease. This is the first report of a Brucella infection in an officially Brucellosis-free bovine herd in Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Brucelose Bovina/diagnóstico , Brucelose Bovina/transmissão , Brucella abortus , Doenças dos Bovinos/diagnóstico , Doenças dos Bovinos/transmissão , Surtos de Doenças/veterinária
4.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 60(1): 113-120, fev. 2008. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6917

Resumo

Estudaram-se aspectos clínicos e hematológicos em eqüinos submetidos a um programa de controle estratégico de A. cajennense. Os tratamentos carrapaticidas foram realizados a cada sete dias e divididos em dois módulos, o primeiro com início em abril de 2004, e o segundo com início em julho do mesmo ano, utilizando-se a base química piretróide - cipermetrina na concentração de 0,015 por cento. Além do acompanhamento clínico dos animais, foram realizados hemogramas completos antes e após o programa. As dosagens bioquímicas de bilirrubinas, gama-glutamiltransferase (GGT), aspartato aminotransferase (AST), creatina kinase (CK), proteína total, albumina e globulinas, foram realizadas antes, durante e ao final do programa. Os resultados demonstraram que houve uma melhora no quadro hematológico dos animais após o programa de controle. Os tratamentos carrapaticidas, na forma em foram aplicados, não provocaram alterações desfavoráveis nos parâmetros clínicos e hematológicos dos eqüinos. Tais informações podem ser consideradas na busca de alternativas viáveis e seguras para o controle dessa espécie de carrapato.(AU)


Clinical and hematological parameters were studied in equines submitted to a strategic control program of Amblyomma cajennense. The acaricide treatments were carried to each seven days and divided in two batteries, the first one began in April 2004 and the second in July 2004. A pyrethroid chemical base - 0.015 percent cypermethrin was used. Clinical examinations of the animals and complete hemograms were carried before and after the control program of the tick. Seric dosages of bilirrubins, gamma-glutamiltransferase (GGT), aspartate aminotransferase (AST), creatin kinase (CK), total protein, albumin, and globulins, were carried before and throughout the experiment. The results showed an improvement in the hematological parameters of the animals after the end of control program. The acaricide treatments did not cause undesirable alterations of the clinical and hematological parameters studied. Such information can be considered as viable and safe alternatives for the control of this tick.(AU)


Assuntos
Animais , Hematologia , Inseticidas , Carrapatos , Albuminas , Controle de Ácaros e Carrapatos , Equidae
5.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 56(5): 581-588, out. 2004. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2427

Resumo

Foi adotado o tratamento intermitente da tuberculose com isoniazida em 240 bovinos de um rebanho naturalmente infectado pelo M. bovis. No início do tratamento 36,6% dos animais foram reagentes positivos e 2,9% inconclusivos. Todos os animais do rebanho receberam isoniazida por via oral em doses de 25mg/kg de peso vivo, administrada três vezes por semana, às segundas, quartas e sextas-feiras, durante 10 meses, perfazendo 120 doses. A cura de 98,9% dos animais tratados foi verificada por meio da dessensibilização alérgica realizada pela tuberculinização e controle bacteriológico de 39 animais abatidos. O tratamento neste rebanho não resultou em seleção de cepas resistentes a isoniazida, comprovada pelo teste de sensibilidade a essa droga, realizado em cultura de M. bovis isolada de um animal não curado.(AU)


The intermittent treatment with isoniazid was adopted in 240 bovines from a naturally infected herd. At the beginning of the treatment, 36.6% of the animals were positive reactors and 2.9% inconclusive reactors. The drug was administered orally at a dose of 25mg/kg of live weight, three times a week (on Mondays, Wednesdays and Fridays) during 10 months in a total of 120 doses. The cure of 98.9% of the treated animals was verified by the allergic desensitization demonstrated through the tuberculin test and the bacteriological control of 39 slaughtered animals. The treatment in this herd did not cause selection of isoniazid-resistant strains as demonstrated by the isoniazid sensitivity test carried out in M. bovis culture isolated from a non-cured animal.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Mycobacterium bovis , Isoniazida/uso terapêutico , Bovinos , Tuberculose
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA