Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta Sci. Biol. Sci. ; 37(2): 197-203, abr.-jun. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16024

Resumo

The caatinga scrublands are relatively poorly-studied, and few data are available on the biomes chiropteran fauna. The present study focuses on the bat community of the arboreal caatinga of Serra da Guia. Bats were trapped in mist-nets on three new moon nights per month between October, 2008, and September, 2009. Atotal of 157 individuals were captured, representing 12 species. Species richness estimated by Jackknife1 was 14.8. Glossophaga soricina and Carollia perspicillata were by far the most common species, accounting for 56.7% of the specimens captured. Species diversity was 1.80, while equitability was 0.72. There was no significant seasonal difference in species diversity or evenness. However, the present study recorded a clear seasonal shift in community structure. The principal difference in species composition was related to the temporal distribution of the rarest forms all of the seven rarest species were recorded exclusively in only one season (dry or wet). The nectarivorous bats predominated numerically both in the dry season as in rainy, while frugivores became prominent, in terms of both the number of species and individuals, during the wet season. The predominance of stenodermatine bats during the wet season almost certainly reflects the increased availability of resources for this group during this part of the year.(AU)


A caatinga é relativamente pobre em estudos e apresenta poucos dados sobre a quiropterofauna. O presente estudo foi focado na comunidade de morcegos numa caatinga arbórea na Serra da Guia. Os morcegos foram capturados em redes de neblina durante três noites de lua nova por mês entre outubro, 2008 e setembro 2009. Um total de 157 indivíduos foram capturados, representando 12 espécies. A riqueza de espécies estimada por Jackknife 1 foi 14,8. Glossophaga soricina e Carollia perspicillata foram as espécies mais comuns, representando 56,7% dos indivíduos capturados. A diversidade das espécies (H) foi 1,80, enquanto a equitabilidade foi 0,72. Não houve diferença sazonal significativa na diversidade e equitabilidade de espécies. No entanto, o presente estudo registrou uma clara mudança sazonal na estrutura da comunidade. A principal diferença na composição de espécies foi relacionada com a distribuição temporal das formas mais raras - todas as sete espécies mais raras foram registradas exclusivamente em apenas uma das duas estações (seca ou chuvosa). Os nectarívoros predominaram numericamente tanto na estação seca quanto na chuvosa, enquanto frugívoros tornaram-se proeminentes, tanto em termos de número de espécies e indivíduos, durante a estação chuvosa. A predominância de stenodermatineos durante a estação chuvosa provavelmente reflete o aumento da disponibilidade de recursos(AU)


Assuntos
Animais , Quirópteros/crescimento & desenvolvimento , Biota , Biodiversidade , Estações do Ano
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA