Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 50(10): e20190830, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29550

Resumo

Climatic characteristics of the production sites of pigs influence the yield of the system, with breeding sows being a category extremely sensitive to high temperatures, especially when their upper critical temperature is reached. This review evaluated the effects of the evaporative cooling system on environmental, physiological and performance parameters in breeding sows. By means of this review, a bibliographic search was performed using the following keywords: sow; swine; gilt and pig combined individually with the expression evaporative cooling. A total of 11 papers met the prerequisites determined to compose the systematic review and the studies involved gestating and lactating sows maintained in environments that presented ambient temperatures between 21.5 and 34.8 °C and relative humidity between 32.2 and 84.2%. The evaporative cooling system was used in order to cool the macro or micro environment. It can be concluded that the use of evaporative cooling system promotes increase in feed intake per lactating sow, decrease in weight loss in lactation, increase of weight of piglets at weaning, temperature reduction of the barns and decrease of the respiratory rate of the sows. For gestating sows, no changes in reproductive performance were reported.(AU)


As características climáticas dos locais de produção de suínos influenciam na produtividade do sistema, sendo as fêmeas em reprodução uma categoria extremamente sensível a elevadas temperaturas, principalmente, quando é atingida sua temperatura critica superior. Por meio desta revisão, avaliou-se os efeitos do sistema de resfriamento evaporativo sobre parâmetros ambientais, fisiológicos e de desempenho em fêmeas suínas em reprodução. Uma pesquisa bibliográfica foi realizada utilizando as palavras-chave: sow; swine; gilt e pig combinadas individualmente com a expressão evaporative cooling. Um total de 11 artigos atendeu aos pré-requisitos determinados para compor a revisão sistemática, sendo que os estudos envolveram fêmeas gestantes e lactantes mantidas em ambientes que apresentaram temperaturas entre 21,5 e 34,8 °C, e umidade relativa entre 32,2 e 84,2%. O sistema de resfriamento evaporativo foi usado de forma a resfriar o macro ou micro ambiente. Pode-se concluir que o uso do sistema de resfriamento evaporativo promove aumento do consumo de ração para porcas em lactação, diminuição da perda de peso na lactação, aumento do peso dos leitões ao desmame, redução da temperatura dos galpões e diminuição da frequência respiratória das porcas. Para porcas gestantes, não foram encontradas alterações no desempenho reprodutivo.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Suínos , Reprodução , Lactação , Gravidez , Temperatura Baixa/efeitos adversos
2.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 17(2): 272-279, abr.-jun. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-341325

Resumo

The aim of this study was to evaluate the use of lighting programs on performance, plasma concentration of melatonin and behavior of finishing pigs. The experiment was conducted in the pig farming sector UFLA, using 32 pigs in the finishing phase, for 48 days. The animals were housed in groups of two in each pen (experimental unit), distributed in a randomized block design, according to the initial weight. Four light periods were used (treatments): T1: natural light (LN); T2: 15 hours of light and dark by day nine (15L: 9E); T3: 19 hours light per day (19L: 5E); T4: 23 hours of light per day (23L: 1D). The variables analyzed were the performance (average daily feed consumption, average daily gain weight and feed conversion), the plasma concentrations of melatonin and the behavior (drinking, sniffing, leisure and eating). The change in photoperiod did not affect performance or melatonin concentration in pigs. The behavioral variables "digging", "eating", "drinking", did not differ in any of the periods studied, but leisure behavior was more occurring to the pigs receiving 15 hours of light. The increase in photoperiod showed no significant changes in performance or behavior of the animals.(AU)


Objetivou-se com esse trabalho avaliar o uso de programas de luz sobre o desempenho, concentração plasmática de melatonina e comportamento de suínos em fase de terminação. O experimento foi conduzido no setor de suinocultura da UFLA, utilizando-se 32 suínos em fase de terminação, por 48 dias. Os animais foram alojados em grupos de dois em cada baia (unidade experimental), distribuídos em delineamento em blocos casualizados, de acordo com o peso inicial com quatro tratamentos e quatro blocos. Foram utilizados quatro programas de luz (tratamentos), sendo T1: luz natural (LN); T2: 15 horas de luz e nove de escuro por dia (15L: 9E); T3: 19 horas de luz por dia (19L: 5E); T4: 23 horas de luz por dia (23L: 1E). As variáveis analisadas foram o desempenho (consumo de ração médio diário, ganho de peso médio diário e conversão alimentar), concentração plasmática de melatonina e o comportamento (bebendo, fuçando, ócio e comendo). A alteração no fotoperíodo não alterou o desempenho ou a concentração plasmática de melatonina nos suínos. As variáveis comportamentais fuçando, comendo, bebendo, não diferiram em nenhum dos períodos estudados, porém o comportamento ócio foi mais ocorrente nos suínos que receberam 15 horas de luz. O aumento no fotoperíodo não permitiu expressivas alterações de desempenho ou de comportamento dos animais.(AU)


Assuntos
Animais , Suínos/crescimento & desenvolvimento , Comportamento Animal/classificação , Comportamento Animal/fisiologia , Suínos/genética , Fototerapia/veterinária
3.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 17(2): 272-279, abr.-jun. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1493578

Resumo

The aim of this study was to evaluate the use of lighting programs on performance, plasma concentration of melatonin and behavior of finishing pigs. The experiment was conducted in the pig farming sector UFLA, using 32 pigs in the finishing phase, for 48 days. The animals were housed in groups of two in each pen (experimental unit), distributed in a randomized block design, according to the initial weight. Four light periods were used (treatments): T1: natural light (LN); T2: 15 hours of light and dark by day nine (15L: 9E); T3: 19 hours light per day (19L: 5E); T4: 23 hours of light per day (23L: 1D). The variables analyzed were the performance (average daily feed consumption, average daily gain weight and feed conversion), the plasma concentrations of melatonin and the behavior (drinking, sniffing, leisure and eating). The change in photoperiod did not affect performance or melatonin concentration in pigs. The behavioral variables "digging", "eating", "drinking", did not differ in any of the periods studied, but leisure behavior was more occurring to the pigs receiving 15 hours of light. The increase in photoperiod showed no significant changes in performance or behavior of the animals.


Objetivou-se com esse trabalho avaliar o uso de programas de luz sobre o desempenho, concentração plasmática de melatonina e comportamento de suínos em fase de terminação. O experimento foi conduzido no setor de suinocultura da UFLA, utilizando-se 32 suínos em fase de terminação, por 48 dias. Os animais foram alojados em grupos de dois em cada baia (unidade experimental), distribuídos em delineamento em blocos casualizados, de acordo com o peso inicial com quatro tratamentos e quatro blocos. Foram utilizados quatro programas de luz (tratamentos), sendo T1: luz natural (LN); T2: 15 horas de luz e nove de escuro por dia (15L: 9E); T3: 19 horas de luz por dia (19L: 5E); T4: 23 horas de luz por dia (23L: 1E). As variáveis analisadas foram o desempenho (consumo de ração médio diário, ganho de peso médio diário e conversão alimentar), concentração plasmática de melatonina e o comportamento (bebendo, fuçando, ócio e comendo). A alteração no fotoperíodo não alterou o desempenho ou a concentração plasmática de melatonina nos suínos. As variáveis comportamentais fuçando, comendo, bebendo, não diferiram em nenhum dos períodos estudados, porém o comportamento ócio foi mais ocorrente nos suínos que receberam 15 horas de luz. O aumento no fotoperíodo não permitiu expressivas alterações de desempenho ou de comportamento dos animais.


Assuntos
Animais , Comportamento Animal/classificação , Comportamento Animal/fisiologia , Suínos/crescimento & desenvolvimento , Suínos/genética , Fototerapia/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA