Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 41
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 16(3): 231-238, 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1488177

Resumo

Com o intuito de reduzir as perdas de nitrogênio (N) decorrente da adubação, vários fertilizantes nitrogenados modificados estão sendo disponibilizados aos produtores. Este trabalho teve como objetivo avaliar a disponibilidade de N no solo e a resposta do feijoeiro a fontes de fertilizantes minerais nitrogenados modificados aplicados em cobertura. O experimento foi conduzido no município de Vacaria, RS, sobre um Latossolo Bruno Aluminoférrico típico que apresentava 516 g Kg-1 de argila, pH em água de 5,2 e 46 g kg-1 de matéria orgânica, onde havia um pomar de macieira nos últimos vinte anos. Os tratamentos foram constituídos pelos seguintes fertilizantes comerciais minerais: Ureia convencional, Super N®, Kimcoat N®, Nitromais®, Super Nitro®, Producote®, Sulfammo Meta 29® e nitrato de amônio, todos na dose de 60 kg ha-1 de N, além de uma testemunha sem aplicação de N. A eficiência dos fertilizantes foi avaliada somente por ocasião da adubação de cobertura. Foi avaliado o teor de N nas folhas, teor de proteína nos grãos, a massa de 1000 grãos, e o rendimento de grãos. O rendimento médio de grãos foi de 3770 kg ha-1, e assim como as demais variáveis, não foi influenciado pela adição de nenhum dos fertilizantes. A ausência de resposta à adição de nitrogênio ocorreu devido à alta disponibilidade de N no solo, provavelmente, em função da mineralização da matéria orgânica e da boa dis

2.
Sci. agric ; 69(4)2012.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1497290

Resumo

Plants have shown different responses to fertilization with rock phosphate, including responses through alteration of the attributes of rhizospheric soil. The objective of this study was to evaluate soil pH alterations and alterations in the contents of forms of phosphorus in the rhizosphere of soil fertilized with rock phosphate as a result of cultivation of species of plants. An experiment was developed under greenhouse conditions to evaluate alterations in the pH and in the forms of phosphorus in the rhizosphere of an Oxisol fertilized with rock phosphate and cultivated with four species. Treatments consisted of the cultivation of four species of soybean - Glycine max (L.) Merrill, brachiaria grass - Brachiaria brizantha Hochst Stapf, millet - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown, and sorghum - Sorghum bicolor (L.) Moench grown in PVC columns filled with soil and divided with a nylon screen (25 µm mesh) to impede root growth in part of the column. After 45 days of cultivation, the soil was divided into the layers of 0-1, 1-2, 2-3, 3-4, 4-5, 5-7, 7-9, and 9-14 mm from the rhizoplane and air dried to determine pH and P contents through Hedley fractionation. In the 1-2 and 2-3 mm layers, soybean cultivation caused an increase in pH when compared to the control treatment (without plants). In the other layers, there were no alterations in pH due to cultivation of plants. The cultivation of millet, brachiaria grass, and sorghum reduced the inorganic P content in the most labile forms only in the 0-1 mm layer from the rhizoplane.

3.
Sci. agric. ; 69(4)2012.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440679

Resumo

Plants have shown different responses to fertilization with rock phosphate, including responses through alteration of the attributes of rhizospheric soil. The objective of this study was to evaluate soil pH alterations and alterations in the contents of forms of phosphorus in the rhizosphere of soil fertilized with rock phosphate as a result of cultivation of species of plants. An experiment was developed under greenhouse conditions to evaluate alterations in the pH and in the forms of phosphorus in the rhizosphere of an Oxisol fertilized with rock phosphate and cultivated with four species. Treatments consisted of the cultivation of four species of soybean - Glycine max (L.) Merrill, brachiaria grass - Brachiaria brizantha Hochst Stapf, millet - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown, and sorghum - Sorghum bicolor (L.) Moench grown in PVC columns filled with soil and divided with a nylon screen (25 µm mesh) to impede root growth in part of the column. After 45 days of cultivation, the soil was divided into the layers of 0-1, 1-2, 2-3, 3-4, 4-5, 5-7, 7-9, and 9-14 mm from the rhizoplane and air dried to determine pH and P contents through Hedley fractionation. In the 1-2 and 2-3 mm layers, soybean cultivation caused an increase in pH when compared to the control treatment (without plants). In the other layers, there were no alterations in pH due to cultivation of plants. The cultivation of millet, brachiaria grass, and sorghum reduced the inorganic P content in the most labile forms only in the 0-1 mm layer from the rhizoplane.

4.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 10(2): 103-112, 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1487907

Resumo

The use of swine manure as fertilizer is the main method for final disposal of this waste. However, the dose applied must not exceed the reception capacity of the soil, to avoid the excess of elements that have potential pollutants, particularly P, Cu and Zn. In order to evaluate changes in chemical attributes of a South Brazilian Oxisol, caused by six annual applications of swine manure at the rates 0 (control), 25, 50, 100 and 200 m3 ha-1, soluble fertilizer, and manure supplemented with soluble fertilizer, a field experiment was conducted in Campos Novos, SC, in the period from 2001 to 2007. Each year, successive crops of corn (Zea mays) and oat (Avena strigosa) were grown under no-tillage. In August 2007, the soil was sampled at depths of 0-2, 4-6, 9-11, 19-21, 29-31 and 39-41 cm. Compared to the control treatment, the manure did not affect the pH and concentration of exchangeable Al and Mg, but it increased the exchangeable Ca, although only at the rate of 200 m3 ha-1, at 0-2 and 4-6 cm depths. At the first depth, soluble fertilizer decreased the pH in relation to other treatments, and at 4-6 cm depth the soluble fertilizer decreased this attribute only in relation to manure applied at the highest dose. The manure in doses of 100 and 200 m3 ha-1 increased significantly the content of extractable P at depths 0-2 and 4-6 cm, including in relation to soluble fertilizer. At th


O uso do dejeto suíno como fertilizante é a alternativa mais utilizada para o descarte desse resíduo. Entretanto, a dose aplicada não deve ultrapassar a capacidade de adsorção do solo a fim de evitar que o excesso de elementos, especialmente P, Cu e Zn, possa atuar como poluente. O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar as variações nos atributos químicos de um Latossolo Vermelho distroférrico provocadas por seis aplicações anuais de dejeto suíno (DJ), nas doses 0 (testemunha), 25, 50, 100 e 200 m3 ha-1, de adubo solúvel (AS), e de dejeto complementado com adubo solúvel (DJ+AS). O experimento foi conduzido a campo, no município de Campos Novos, SC, no período de 2001 a 2007. Anualmente, foram cultivados milho (Zea mays) e aveia (Avena strigosa) em cultivos sucessivos, no sistema plantio direto. Em agosto de 2007, o solo foi amostrado nas profundidades de 0-2, 4-6, 9-11, 19-21, 29-31 e 39-41 cm. O DJ não afetou o pH e os teores de Al e Mg trocáveis do solo, mas aumentou o teor de Ca trocável, embora somente na dose 200 m3 ha-1 e na profundidade 0-2 cm. Nesta, o AS diminuiu o pH em relação aos demais tratamentos, tendo também diminuído este atributo na profundidade 4-6 cm, porém, somente em relação ao DJ na maior dose aplicada. O DJ, em doses de 100 e 200 m3 ha-1, aumentou o teor de P extraível nas camadas de 0-2 e 4-6 cm, inclusive em relação ao AS. Na maior dos

5.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 10(1): 44-53, 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1487899

Resumo

The objective of this work was to evaluate the grapevine nutrition and its relation with some soil chemical attributes. The study was carried out in São Joaquim, SC, Southern of Brazil, in a commercial vineyards using Cabernet Sauvignon cv. grafted on Paulsen 1103 rootstock. Soil and plant tissue samples were collected in 21 plots of 240 m2 each, containing four sub plots. The soil chemical attributes evaluated were pH, total acidity (H+Al), organic mater, total N, extractable P and K, and exchangeable Ca, Mg and Al. In tissue were evaluated N, P, K, Ca and Mg. There were differences among blots with regard to soil chemical attributes and the contents of nutrient in both leaves and petioles. The soil presented very high values for organic mater, extractable K and exchangeable Ca and Mg. The contents of N in the petioles and the Ca in both leaves and petioles were below to the intermediate range, according Comissão de Química e Fertilidade do Solo do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. The contents of K and the K/Mg ratio in leaves and petioles were above the sufficiency range. There was association between the soil nutrients availability and their contents in the leaves, especially a negatives linear correlation between soil exchangeable K and contents of Mg in the leaves and between soil exchangeable Mg and K in the leaves, confirming the antagonic relationships between these


O objetivo deste trabalho foi avaliar o estado nutricional de vinhedos cultivados em locais de altitude acima de 1000 m e sua relação com atributos químicos do solo. O estudo foi realizado em São Joaquim, SC, em vinhedos comerciais da cultivar Cabernet Sauvignon, enxertada sobre porta-enxerto Paulsen 1103. As amostras de solo e tecido vegetal foram coletadas em 21 locais, em parcelas de 240 m2, compostas por quatro subparcelas. Os atributos químicos do solo avaliados foram: pH, H+Al, MO e N total, P e K extraíveis, Ca, Mg e Al trocáveis. No tecido foram analisados N, P, K, Ca e Mg. As parcelas apresentaram diferenças significativas entre si nos atributos químicos do solo e teores de nutrientes nas folhas e pecíolos. Os teores de MO, K extraível, Ca e Mg trocáveis do solo se situaram em faixas altas. Observou-se que os teores de N nos pecíolos e de Ca nas folhas e pecíolos se encontraram abaixo da faixa média, conforme a Comissão de Química e Fertilidade do Solo do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Entretanto, os teores de K e a relação K/Mg nas folhas e pecíolos situaram-se acima dessa faixa, enquanto os demais nutrientes estavam dentro da faixa considerada normal. Observou-se associação entre teores dos nutrientes no solo e no tecido foliar, destacando-se a correlação linear negativa entre o teor de K extraível e o teor de Mg no tecido, assim como, entre o teor de Mg trocáve

6.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 6(2): 104-113, 2007.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1488601

Resumo

Dregs is an alkaline industrial residue that can be used to raise soil pH at low cost. Since it presents low Mg and high sodium amounts, it can negatively affect plant growth. This work was carried out to evaluate the speed of dregs to neutralize the soil acidity; to measure the effect of soil pH elevation due to dregs in the availability of Mg for wheat plants; and to assess the behavior of Na adsorption in different levels of soil acidity. Three experiments were set up, in the laboratory or in a greenhouse, using samples of a Haplumbrept soil. Increasing amounts of dregs were used in the first two experiments, having the following composition: 354 g Ca kg-1, 9.2 g Mg kg-1, 10.2 g Na kg-1, pH = 10.7, neutralization value of 80% and relative efficiency of 100%. The effect of Mg addition on different pH levels after dregs addition was evaluated in the wheat experiment. The reactions dealing with neutralization of soil acidity due to addition of dregs were concluded in a period smaller than three weeks after dregs application. The adsorption of Na to the negative charges and the electronic affinity of Na for the solid phase of this Haplumbrept, defined by the partition coefficient of the adsorption reaction (KP), had the behavior of a C-type isotherm and both increased with the rise of soil pH. Despite the addition of Mg having increased the wheat dry mass yield in all rates of d


O dregs é um resíduo industrial de caráter alcalino que pode ser utilizado para elevar o pH do solo a um custo baixo. Como ele apresenta baixos teores de Mg e elevados teores de Na, pode interferir negativamente no crescimento das plantas. Este trabalho teve por objetivos avaliar a velocidade do dregs de neutralizar a acidez do solo; quantificar o efeito da elevação do pH do solo com dregs na disponibilidade de Mg para o trigo; e determinar o comportamento da adsorção de Na em diferentes níveis de acidez. Para isso, foram conduzidos três experimentos, em laboratório ou em casa-devegetação, utilizando-se amostras de um Cambissolo Húmico. Nos dois primeiros experimentos utilizaramse quantidades crescentes de dregs que tinha 354 g Ca kg-1, 9,2 g Mg kg-1, 10,2 g Na kg-1, pH = 10,7, valor de neutralização de 80% e eficiência relativa de 100%. No experimento com plantas, foi avaliada a resposta do trigo à adição de Mg em diferentes valores de pH resultantes da adição de dregs. As reações de neutralização da acidez do solo foram concluídas num período inferior a três semanas após a aplicação de dregs. A adsorção de Na às cargas negativas e sua afinidade eletrônica pela fase sólida desse Cambissolo, definida pelo coeficiente de partição da reação de adsorção (KP), tiveram o comportamento de uma isoterma tipo-C e aumentaram com a elevação do pH do solo. Apesar da adição de Mg ter aument

7.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 5(2): 118-130, 2006.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1488583

Resumo

Farmers are introducing annual crops under native grass utilizing different soil management and limestone application methods. In order to know better the changes of physical and chemical soil properties caused by these interferences , the effect of methods and rates of liming under native grass to corn cultivation were evaluated in the following systems: 1) NT 1.0i no-tillage, incorporated liming at the experiment implantation , with rates of 0, 0.25, 0.5, 1.0 and 1.5 SMP; 2) NT 1.0s no-tillage with superficial liming at the experiment implantation with the same rates; 3) NT 0.3s no-tillage with superficial liming at the experiment implantation with the same rates divided and reapplied each three years. The completely randomized blocks design was used. The trial was set in a humic cambissol with native grass, located in Lages, SC. The soil had a water ph of 4.4. Its limestone necessity was 24 Mg ha-1 to rise to pH until 6.0. The following soil properties were determined: soil bulk density; soil particle density; macroporosity; microporosity; total porosity; penetration resistance; saturated hydraulic conductivity; aggregated stability; organic carbon; water ph; particle size distribution and flocculation degree by four layers of 0.05 m each, until the depth of 0.20 m. The incorporated limestone corrected soil acidity in the layer of 0-0.10 m, while the superficial limest


Os agricultores estão introduzindo culturas anuais em áreas de campo nativo, utilizando diferentes sistemas de manejo e métodos de correção da acidez. Para conhecer melhor as mudanças nas propriedades físicas e químicas do solo destas interferências sobre o campo nativo, avaliou-se o efeito de métodos de aplicação e doses de calcário em área de campo nativo para cultivo de milho nos sistemas: 1) PD 1,0i - plantio direto com calcário incorporado na implantação do experimento nas doses de 0, 0,25, 0,5, 1,0 e 1,5 SMP; 2) PD 1,0s - plantio direto com calcário superficial nas mesmas doses na implantação do experimento e; 3) PD 0,3s - plantio direto com calcário superficial nas mesmas doses e divididas em três vezes, reaplicadas a cada três anos. O experimento em blocos casualizados foi instalado em um cambissolo húmico de campo nativo em Lages, SC, com pH em água de 4,4 e necessidade de calcário de 24 Mg ha-1 para elevar o ph até 6,0. Foram determinadas: densidade do solo e de partículas; macro, micro e porosidade total; resistência à penetração; condutividade hidráulica saturada; estabilidade de agregados; carbono orgânico; pH em água; distribuição do tamanho das partículas e; grau de floculação em quatro camadas de 0,05 m cada uma, até os 0,20 m de profundidade. A incorporação do calcário corrigiu a acidez do solo na camada de 0-0,10 m, enquanto a aplicação superficial com dose in

8.
Ci. Rural ; 36(3)2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704977

Resumo

The optimization of maize production systems in southern Brazil depends on the adequate combination between genotype traits and the type of management system. This work was carried out aiming at evaluating the grain yield and gross income of maize cultivars with contrasting genetic variability at different management levels. The experiment was conducted in Lages, SC, using randomized block design with split-plots. Four production systems, equivalent to low (S1), medium (S2), high (S3) and very high (S4) management levels were tested in the main plots. The single-cross hybrid Pioneer 32R21, the double cross hybrid Traktor, and the open-pollinated variety BRS Planalto were assessed in the split-plots. The management systems differed in relation to the quantity and timing of fertilizer application, plant density, row spacing, and water irrigation. The trials were sown in 11/20/2002 and 10/22/2003, under the no-till soil tillage system. Regardless cultivar, maize grain yield and gross income increased with the enhancement in management level, ranging from 1,781 (S1) to 13,848 (S4)kg ha-1 and from 206,00 (S1) to 2,937,00 (S4)R$ ha-1, depending on the cultivar and growing season. The larger genetic variability of the cultivar BRS Planalto did not improve its grain yield when compared to the hybrids in S1. The hybrids were more productive and profitable than the open pollinated variety in S2. The use of a single-cross hybrid promoted the greatest grain yield and gross income in S3 and S4, showing that it is possible to match maximum technical and economic efficiency with a high yield plateau, as long as there is financial condition to invest in cultural practices that optimize maize agronomic performance and genetic potential to explore them.


A adequação das características do genótipo com as do sistema de manejo é importante para incrementar a eficiência técnica e econômica da produção de milho no sul do Brasil. Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o rendimento de grãos e a margem bruta obtida com a utilização de cultivares de milho com diferentes variabilidades genéticas em sistemas de produção contrastantes quanto ao investimento em manejo. O trabalho foi conduzido em Lages, SC, utilizando o delineamento de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. Na parcela principal, testaram-se quatro sistemas de produção equivalentes a baixo (S1), médio (S2), alto (S3) e muito alto (S4) nível de manejo. Nas subparcelas, avaliaram-se três cultivares: o híbrido simples Pioneer 32R21 (HS), o híbrido duplo Traktor (HD) e a variedade de polinização aberta BRS Planalto (VPA). Os sistemas de manejo diferiram entre si quanto à quantidade e à época de aplicação dos fertilizantes, quanto à densidade de semeadura, do espaçamento entre linhas e à suplementação hídrica. Os ensaios foram implantados em 20/11/2002 e 22/10/2003, no sistema de semeadura direta. Independentemente de cultivar, o rendimento de grãos e a margem bruta aumentaram com o maior investimento em práticas de manejo, variando, respectivamente, de 1.787 (S1) a 13.848kg ha-1(S4) e de 206,00 (S1) a 2.937,00R$ ha-1 (S4), dependendo da cultivar e do ano agrícola. A maior variabilidade genética da cultivar BRS Planalto não lhe assegurou rendimento de grãos superior ao dos híbridos nos sistemas com baixo investimento em insumos (S1). As cultivares híbridas foram mais produtivas e mais rentáveis do que a BRS Planalto em S2. A utilização do híbrido simples propiciou rendimento de grãos e margem bruta maiores do que as demais cultivares em S3 e S4, demonstrando que é possível associar máxima eficiência técnica e econômica com alto teto rendimento, desde que se tenha condições para investir em práticas culturais que otimizem a performance agronômica e o potencial produtivo da cultivar.

9.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476765

Resumo

The optimization of maize production systems in southern Brazil depends on the adequate combination between genotype traits and the type of management system. This work was carried out aiming at evaluating the grain yield and gross income of maize cultivars with contrasting genetic variability at different management levels. The experiment was conducted in Lages, SC, using randomized block design with split-plots. Four production systems, equivalent to low (S1), medium (S2), high (S3) and very high (S4) management levels were tested in the main plots. The single-cross hybrid Pioneer 32R21, the double cross hybrid Traktor, and the open-pollinated variety BRS Planalto were assessed in the split-plots. The management systems differed in relation to the quantity and timing of fertilizer application, plant density, row spacing, and water irrigation. The trials were sown in 11/20/2002 and 10/22/2003, under the no-till soil tillage system. Regardless cultivar, maize grain yield and gross income increased with the enhancement in management level, ranging from 1,781 (S1) to 13,848 (S4)kg ha-1 and from 206,00 (S1) to 2,937,00 (S4)R$ ha-1, depending on the cultivar and growing season. The larger genetic variability of the cultivar BRS Planalto did not improve its grain yield when compared to the hybrids in S1. The hybrids were more productive and profitable than the open pollinated variety in S2. The use of a single-cross hybrid promoted the greatest grain yield and gross income in S3 and S4, showing that it is possible to match maximum technical and economic efficiency with a high yield plateau, as long as there is financial condition to invest in cultural practices that optimize maize agronomic performance and genetic potential to explore them.


A adequação das características do genótipo com as do sistema de manejo é importante para incrementar a eficiência técnica e econômica da produção de milho no sul do Brasil. Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o rendimento de grãos e a margem bruta obtida com a utilização de cultivares de milho com diferentes variabilidades genéticas em sistemas de produção contrastantes quanto ao investimento em manejo. O trabalho foi conduzido em Lages, SC, utilizando o delineamento de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. Na parcela principal, testaram-se quatro sistemas de produção equivalentes a baixo (S1), médio (S2), alto (S3) e muito alto (S4) nível de manejo. Nas subparcelas, avaliaram-se três cultivares: o híbrido simples Pioneer 32R21 (HS), o híbrido duplo Traktor (HD) e a variedade de polinização aberta BRS Planalto (VPA). Os sistemas de manejo diferiram entre si quanto à quantidade e à época de aplicação dos fertilizantes, quanto à densidade de semeadura, do espaçamento entre linhas e à suplementação hídrica. Os ensaios foram implantados em 20/11/2002 e 22/10/2003, no sistema de semeadura direta. Independentemente de cultivar, o rendimento de grãos e a margem bruta aumentaram com o maior investimento em práticas de manejo, variando, respectivamente, de 1.787 (S1) a 13.848kg ha-1(S4) e de 206,00 (S1) a 2.937,00R$ ha-1 (S4), dependendo da cultivar e do ano agrícola. A maior variabilidade genética da cultivar BRS Planalto não lhe assegurou rendimento de grãos superior ao dos híbridos nos sistemas com baixo investimento em insumos (S1). As cultivares híbridas foram mais produtivas e mais rentáveis do que a BRS Planalto em S2. A utilização do híbrido simples propiciou rendimento de grãos e margem bruta maiores do que as demais cultivares em S3 e S4, demonstrando que é possível associar máxima eficiência técnica e econômica com alto teto rendimento, desde que se tenha condições para investir em práticas culturais que otimizem a performance agronômica e o potencial produtivo da cultivar.

10.
Ci. Rural ; 35(2)2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704665

Resumo

Management of both crop residues and nitrogen fertilizers affects soil N reactions especially on no-till systems. The magnitude of these effects on N availability to maize was evaluated in a greenhouse study. Combinations of oat straw and urea (absence, soil incorporated or surface applied) were added to experimental units (7-dm³ per pot) of two soils, in a 3 x 3 x 2 factorial combination. Plants were sown just following treatments addition, and grown for thirty days in two soils (Typic Quartzipsammnets and Humic Hapludox) with 50 and 520g kg-1 clay and 8 and 48g kg-1 organic matter respectively. Oat straw, especially when surface applied, had a positive effect on plant growth, most likely caused by increases on soil water retention. Urea application, however, had no effect on any plant parameter on the clayey soil probably because the amount of N released from soil organic matter mineralization was greater than that immobilized during residue decomposition. On the sandy soil, however, urea was beneficial when incorporated into the soil, but was detrimental when surface applied possibly due to ammonia toxicity. Thus, soil organic matter content influences the effect of oat straw decomposition on N availability to maize.


O método de aplicação dos resíduos vegetais e dos fertilizantes nitrogenados pode afetar as reações do nitrogênio no solo, principalmente no plantio direto. O presente trabalho objetivou avaliar esses efeitos na disponibilidade de N para o milho em dois solos, em casa-de-vegetação. Combinações de métodos (ausência, incorporada ou na superfície) de adição de palha de aveia (0,4kg m-2) e uréia (50mg N kg-1) foram aplicadas em unidades experimentais (7dm³ vaso-1) de dois solos, perfazendo um fatorial 3 x 3 x 2. O milho foi semeado no dia da aplicação dos tratamentos e as plantas foram cultivadas durante trinta dias, sobre um Neossolo e um Nitossolo, respectivamente com 50 e 520g kg-1 de argila e 8 e 48g kg-1 de matéria orgânica. A aplicação de palha de aveia, principalmente sobre a superfície do solo, beneficiou o desenvolvimento das plantas, possivelmente pela manutenção de maior quantidade de umidade nos solos. A aplicação de uréia não afetou nenhum parâmetro vegetal no solo argiloso, talvez porque a decomposição da matéria orgânica liberou mais N do que a imobilização ocasionada durante a decomposição da palha; no solo arenoso, entretanto, a uréia foi benéfica quando incorporada ao solo, e prejudicial quando adicionada na superfície, provavelmente devido à toxidez de amônia. Dessa forma, o efeito da decomposição da palha de aveia na disponibilidade de N foi função do teor de matéria orgânica original do solo.

11.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476447

Resumo

Management of both crop residues and nitrogen fertilizers affects soil N reactions especially on no-till systems. The magnitude of these effects on N availability to maize was evaluated in a greenhouse study. Combinations of oat straw and urea (absence, soil incorporated or surface applied) were added to experimental units (7-dm³ per pot) of two soils, in a 3 x 3 x 2 factorial combination. Plants were sown just following treatments addition, and grown for thirty days in two soils (Typic Quartzipsammnets and Humic Hapludox) with 50 and 520g kg-1 clay and 8 and 48g kg-1 organic matter respectively. Oat straw, especially when surface applied, had a positive effect on plant growth, most likely caused by increases on soil water retention. Urea application, however, had no effect on any plant parameter on the clayey soil probably because the amount of N released from soil organic matter mineralization was greater than that immobilized during residue decomposition. On the sandy soil, however, urea was beneficial when incorporated into the soil, but was detrimental when surface applied possibly due to ammonia toxicity. Thus, soil organic matter content influences the effect of oat straw decomposition on N availability to maize.


O método de aplicação dos resíduos vegetais e dos fertilizantes nitrogenados pode afetar as reações do nitrogênio no solo, principalmente no plantio direto. O presente trabalho objetivou avaliar esses efeitos na disponibilidade de N para o milho em dois solos, em casa-de-vegetação. Combinações de métodos (ausência, incorporada ou na superfície) de adição de palha de aveia (0,4kg m-2) e uréia (50mg N kg-1) foram aplicadas em unidades experimentais (7dm³ vaso-1) de dois solos, perfazendo um fatorial 3 x 3 x 2. O milho foi semeado no dia da aplicação dos tratamentos e as plantas foram cultivadas durante trinta dias, sobre um Neossolo e um Nitossolo, respectivamente com 50 e 520g kg-1 de argila e 8 e 48g kg-1 de matéria orgânica. A aplicação de palha de aveia, principalmente sobre a superfície do solo, beneficiou o desenvolvimento das plantas, possivelmente pela manutenção de maior quantidade de umidade nos solos. A aplicação de uréia não afetou nenhum parâmetro vegetal no solo argiloso, talvez porque a decomposição da matéria orgânica liberou mais N do que a imobilização ocasionada durante a decomposição da palha; no solo arenoso, entretanto, a uréia foi benéfica quando incorporada ao solo, e prejudicial quando adicionada na superfície, provavelmente devido à toxidez de amônia. Dessa forma, o efeito da decomposição da palha de aveia na disponibilidade de N foi função do teor de matéria orgânica original do solo.

12.
Ci. Rural ; 29(4)1999.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-703548

Resumo

Since there is no chemical method to assess N availability from field soil samples, this nutrient is still recommended based on regional field trials. This study aimed to evaluate the effect of spring application of N to the soil on fruit yield of apple cultivars. Two experiments were carried out, respectively for ‘Gala and ‘Fuji. The trees, grafted on MM 106 rootstock, were planted in 1987, spaced 4.50 x 1.80m, in a clayed Oxisol (Hapludox) with 4.0% of organic matter, in Vacaria (RS), Southern Brazil. Treatments were applied annually, from the spring of 1990, in the tree row, over a 1.5-m-wide strip, as urea, and consisted of four rates of N corresponding to 0, 27.5, 55.0 and 82.5kg ha-1 in the first three years, and respectively 0, 50, 100 and 120kg ha-1 in the remaining two years. Data were collected for four years, starting at the 91/92 growing season. Application of increasing rates of N to the soil during five years had no effect on fruit yield and on concentration of N in the leaves regardless of year and cultivar. Average annual fruit yield varied from 50 to 70t ha-1 for ‘Gala and from 39 to 89t ha-1 for ‘Fuji, but in the entire period the average yield was similar for both cultivars, approximately 56t ha-1. Concentration of N in the leaves was always in the normal range (2.0 to 2.5%) for ‘Fuji, and slightly lower for ‘Gala, but above 1.9%. Total N requirement for tree growth and fruiting, thus, came from soil organic matter decay.


Como não existe método químico eficiente para avaliar a disponibilidade de N a partir de amostras de solo, a recomendação desse nutriente é ainda obtida a partir de curvas de resposta em experimentos regionais. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito do N, aplicado ao solo na primavera, no rendimento de frutos de cultivares de macieira. Foram conduzidos dois experimentos, respectivamente com os cultivares Gala e Fuji, desenvolvidos sobre porta-enxerto MM 106. As árvores foram plantadas em 1987, espaçadas de 4,5 x 1,80m, num Latossolo bruno argiloso, com 4,0% de matéria orgânica, localizado em Vacaria (RS). Os tratamentos foram aplicados anualmente, durante a primavera, na forma de uréia, e consistiram de doses crescentes de N mineral equivalentes a 0, 27,5, 55, e 82,5kg ha-1 nos três primeiros anos, e respectivamente 0, 50, 100 e 200kg ha-1 nos dois últimos anos. A uréia foi aplicada numa faixa de 1,5m de largura ao longo da fila de plantio, sobre a superfície do solo, sem incorporação. A aplicação de N ao solo na primavera não afetou o rendimento de frutos e a concentração de N nas folhas, independente do ano ou do cultivar. A produtividade média anual de frutos variou de 50 a 70t ha-1 para a Gala e de 39 a 79t ha-1 para a Fuji. Na média dos quatro anos, porém, a produtividade foi semelhante para os dois cultivares, aproximadamente 56t ha-1. A concentração de N nas folhas ficou sempre dentro da faixa normal (2,0 a 2,5%) para a Fuji; para a Gala os valores foram um pouco mais baixos, porém sempre acima de 1,9%. A necessidade de N para o desenvolvimento das árvores e para a frutificação foi, portanto, completamente suprida pela decomposição da matéria orgânica do solo.

13.
Ci. Rural ; 25(2)1995.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-703043

Resumo

Concentration and identity of cations and anions in the soil solution may affect soil P reactions and thus P availability. The magnitude of these reactions was evaluated in this research after application of various salts to a highly weathered low pH soil. Chloride, nitrate, and sulfate salts of Na, NH4, K, Ca, Mg, Sr, or Cu were added to the soil after addition of 360mg P/kg trying to simulate ion concentrations around granules of fertilizers in the soil. Thirty days later, P was determined in the soil solution (Pli) and on the solid phase (Psi). The soil samples of some treatments were leached with water and three days later a new soil solution was displaced. Separate addition of all salts increased Pli, except NaCl at the lowest rate. The increase of Pli was highly associatcd with amount of native cations displaced to the soil solution by the applied salts. Salt solubility, concentration, and sometimes identity of cation and anion also influenced Pli. Some salts decreased Psi, but this was not correlated with any soil property measured. The effects caused by salts on Pli and Psi disappeared after leaching the soil samples.


A concentração eletrolítica e o tipo de cations e anions da solução do solo podem afetar as reações do fósforo com possíveis reflexos na disponibilidade de P aos vegetais. Nessa pesquisa quantificou-se o efeito de vários sais nos valores das determinações analíticas que afetam a disponibilidade de fósforo. Sais de nitrato, cloreto e sulfato foram aplicados a amostras de um alfisol ácido após a aplicação de 360mg P/kg, simulando concentrações que ocorrem no solo ao redor de grânulos de fertilizantes. Fósforo lábil (Psi) e P na solução do solo (Pli) foram determinados após 30 dias de incubação, antes e depois de percolar água pelo solo. Todos os sais aumentaram a concentração de P na solução do solo, exceto a menor dose de NaCl. O aumento do Pli foi correlacionado com a quantidade de cations originalmente no solo deslocados para a solução do solo. Solubilidade, concentração, e a espécie dos cations e anions aplicados também exerceram efeito no Pli. Alguns sais diminuíram o Psi porém esse decréscimo não se correlacionou com nenhuma determinação efetuada. A percolação de água eliminou os efeitos ocasionados pelos sais nos valores de fósforo.

14.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1474781

Resumo

Concentration and identity of cations and anions in the soil solution may affect soil P reactions and thus P availability. The magnitude of these reactions was evaluated in this research after application of various salts to a highly weathered low pH soil. Chloride, nitrate, and sulfate salts of Na, NH4, K, Ca, Mg, Sr, or Cu were added to the soil after addition of 360mg P/kg trying to simulate ion concentrations around granules of fertilizers in the soil. Thirty days later, P was determined in the soil solution (Pli) and on the solid phase (Psi). The soil samples of some treatments were leached with water and three days later a new soil solution was displaced. Separate addition of all salts increased Pli, except NaCl at the lowest rate. The increase of Pli was highly associatcd with amount of native cations displaced to the soil solution by the applied salts. Salt solubility, concentration, and sometimes identity of cation and anion also influenced Pli. Some salts decreased Psi, but this was not correlated with any soil property measured. The effects caused by salts on Pli and Psi disappeared after leaching the soil samples.


A concentração eletrolítica e o tipo de cations e anions da solução do solo podem afetar as reações do fósforo com possíveis reflexos na disponibilidade de P aos vegetais. Nessa pesquisa quantificou-se o efeito de vários sais nos valores das determinações analíticas que afetam a disponibilidade de fósforo. Sais de nitrato, cloreto e sulfato foram aplicados a amostras de um alfisol ácido após a aplicação de 360mg P/kg, simulando concentrações que ocorrem no solo ao redor de grânulos de fertilizantes. Fósforo lábil (Psi) e P na solução do solo (Pli) foram determinados após 30 dias de incubação, antes e depois de percolar água pelo solo. Todos os sais aumentaram a concentração de P na solução do solo, exceto a menor dose de NaCl. O aumento do Pli foi correlacionado com a quantidade de cations originalmente no solo deslocados para a solução do solo. Solubilidade, concentração, e a espécie dos cations e anions aplicados também exerceram efeito no Pli. Alguns sais diminuíram o Psi porém esse decréscimo não se correlacionou com nenhuma determinação efetuada. A percolação de água eliminou os efeitos ocasionados pelos sais nos valores de fósforo.

15.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1475302

Resumo

Since there is no chemical method to assess N availability from field soil samples, this nutrient is still recommended based on regional field trials. This study aimed to evaluate the effect of spring application of N to the soil on fruit yield of apple cultivars. Two experiments were carried out, respectively for ‘Gala’ and ‘Fuji’. The trees, grafted on MM 106 rootstock, were planted in 1987, spaced 4.50 x 1.80m, in a clayed Oxisol (Hapludox) with 4.0% of organic matter, in Vacaria (RS), Southern Brazil. Treatments were applied annually, from the spring of 1990, in the tree row, over a 1.5-m-wide strip, as urea, and consisted of four rates of N corresponding to 0, 27.5, 55.0 and 82.5kg ha-1 in the first three years, and respectively 0, 50, 100 and 120kg ha-1 in the remaining two years. Data were collected for four years, starting at the 91/92 growing season. Application of increasing rates of N to the soil during five years had no effect on fruit yield and on concentration of N in the leaves regardless of year and cultivar. Average annual fruit yield varied from 50 to 70t ha-1 for ‘Gala’ and from 39 to 89t ha-1 for ‘Fuji’, but in the entire period the average yield was similar for both cultivars, approximately 56t ha-1. Concentration of N in the leaves was always in the normal range (2.0 to 2.5%) for ‘Fuji’, and slightly lower for ‘Gala’, but above 1.9%. Total N requirement for tree growth and fruiting, thus, came from soil organic matter decay.


Como não existe método químico eficiente para avaliar a disponibilidade de N a partir de amostras de solo, a recomendação desse nutriente é ainda obtida a partir de curvas de resposta em experimentos regionais. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito do N, aplicado ao solo na primavera, no rendimento de frutos de cultivares de macieira. Foram conduzidos dois experimentos, respectivamente com os cultivares Gala e Fuji, desenvolvidos sobre porta-enxerto MM 106. As árvores foram plantadas em 1987, espaçadas de 4,5 x 1,80m, num Latossolo bruno argiloso, com 4,0% de matéria orgânica, localizado em Vacaria (RS). Os tratamentos foram aplicados anualmente, durante a primavera, na forma de uréia, e consistiram de doses crescentes de N mineral equivalentes a 0, 27,5, 55, e 82,5kg ha-1 nos três primeiros anos, e respectivamente 0, 50, 100 e 200kg ha-1 nos dois últimos anos. A uréia foi aplicada numa faixa de 1,5m de largura ao longo da fila de plantio, sobre a superfície do solo, sem incorporação. A aplicação de N ao solo na primavera não afetou o rendimento de frutos e a concentração de N nas folhas, independente do ano ou do cultivar. A produtividade média anual de frutos variou de 50 a 70t ha-1 para a Gala e de 39 a 79t ha-1 para a Fuji. Na média dos quatro anos, porém, a produtividade foi semelhante para os dois cultivares, aproximadamente 56t ha-1. A concentração de N nas folhas ficou sempre dentro da faixa normal (2,0 a 2,5%) para a Fuji; para a Gala os valores foram um pouco mais baixos, porém sempre acima de 1,9%. A necessidade de N para o desenvolvimento das árvores e para a frutificação foi, portanto, completamente suprida pela decomposição da matéria orgânica do solo.

16.
Ci. Rural ; 30(2)2000.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703602

Resumo

Excess or deficiency of N have deleterious effects on apple yield and fruit quality. Since the rate of N uptake by apple trees depends on crop requirement within the season and on N available in the soil, it is important to know the need for supplemental N addition and the best application time. This study was carried out to evaluate the effect of timing of N application to the soil on fruit yield of apple cultivars. The experiments, one for 'Gala' and other for 'Fuji', were conducted from 1990 to 1996 in an orchard planted in 1988, with a density of 1481 trees ha-1, in an Oxisol with pH of 6.9, 4,0% of organic matter, and 60% of clay. Nitrogen treatments (50kg ha-1 year-1 during the first three growing seasons, and 60kg ha-1 year-1 afterwards) were applied at bud break (BB), or at petal fall (PF), or split 2/3 at BB + 1/3 at PF, or 2/3 at PF + 1/3 thirty-days later, always broadcast over the soil surface, without incorporation, in a 2-m-wide strip in the planting row. There was also a treatment without N addition. Average annual fruit yield varied from 40 to 112t ha-1 for 'Gala', and from 38 to 84t ha-1 for 'Fuji', and in the entire period it was 35% greater for 'Gala' than for 'Fuji'. Application of N to the soil, regardless of timing, had no effect on fruit yield, on N content in the leaves, and on canopy growth of both cultivars, in any year evaluated. It was assumed that N released from soil organic matter decay was sufficient to promote normal growth and high fruit productivity for these two apple cultivars.


Tanto o excesso quanto a deficiência de N causam efeitos negativos na produtividade e na qualidade dos frutos de macieira. Como a taxa de absorção de N pelas árvores de macieira é afetada pela demanda das mesmas, dentro da estação de crescimento, e pelo N disponível no solo, é importante conhecer a necessidade da adição suplementar desse nutriente e a melhor época para aplicá-lo. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito da época de aplicação de N ao solo na produtividade de frutos de duas cultivares de macieira. Os experimentos, um para a Gala e outro para a Fuji, foram conduzidos de 1990 a 1996, em Vacaria, RS, num pomar plantado em 1988, na densidade de1481 árvores ha-1, sobre um Latossolo bruno com 4,0% de matéria orgânica, 60% de argila e pH 6,9. Os tratamentos constaram de 50kg de N ha-1 nos três primeiros anos, e 60kg de N ha-1 nas outras três safras, aplicados no inchamento das gemas (IG), ou na queda de pétalas (QP), ou dividido 2/3 no IG + 1/3 na QP, ou 2/3 na QP + 1/3 trinta dias após. O N foi sempre aplicado sobre a superfície do solo, sem incorporação, numa faixa de 2,0m ao longo da fila de plantio. Houve também um tratamento sem a aplicação de N. A produtividade média anual de frutos variou de 40 a 112t ha-1 para a cultivar Gala e de 38 a 76t ha-1 para a Fuji, e a produtividade média da Gala, no período, foi 35% superior à da Fuji. A aplicação de N ao solo, independentemente da época, não teve efeito na produtividade de frutos, no tamanho das brotações, na concentração de N nas folhas e no diâmetro do tronco das duas cultivares. Presume-se, portanto, que a quantidade de N liberada a partir da decomposição da matéria orgânica do solo foi suficiente para atender à demanda das plantas e permitir uma alta produtividade de frutos de macieira.

17.
Ci. Rural ; 26(1)1996.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703114

Resumo

Soil pH is the most important parameter to evaluate nutrient availability in the soil. The pH value of a given sample, however, may vary according to the sample manipulation after sampling and to the laboratory analytical procedures. This experiment was carried out to determine the effect of the solvem type, of the soil/solvent ratio, and of the sample incubation on the pH values of 49 Brazilian soils. The soil pH was determined using water (pH-H2O) or calcium chloride (pH-CaCl2) as solvent, in two soil/solvent ratios (1:1 and 1:2.5). in all natural samples (without limestone), with and without wet incubation. The pH was also determinated in the samples of the neutralization curves of some soils, after incubation, before and after leaching out the excess of salts by rinsing the samples with destilled water. The soil/solvent ratio had no effect on soil pH, on both solvents. There was a good positive association (r² = 0.96) between pH values in both solvents, and lhe pH-CaCl2 was, on average, 0.6 units lower than pH-H2O. The incubation of the samples with moisture decreased soil pH due to salt accumulation, especially when determined using water as solvent. Rinsing lhe samples offset the effect caused by salts on pH-H2O but had a small effect on pH-CaCl2. The lime requirement of the soils was overestimated when obtained from the pH-H2O neutralization curves.


O pH do solo é um dos índices mais importantes na avaliação da disponibilidade de nutrientes. Seu valor numa mesma amostra pode variar, entretanto, em função dos cuidados após a amostragem e das técnicas laboratoriais utilizadas. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito do tipo de solvente, da relação solo/solvente, e da incubação de amostras úmidas, nos valores de pH de 49 solos catarinenses. Determinou-se o p H usando-se água (pH-H2O) ou solução de CaCl2 0,01 mol/L (pH-CaCl2 como solvente, nas relações solo/solvente de 1:1 e 1:2,5, nas amostras sem calcário, tanto nas que foram secas após a coleta (não incubadas) como naquelas incubadas úmidas durante 5 meses. O pH foi também determinado nas amostras da curva de neutralização da acidez de alguns solos, após a incubação, antes e depois da lavagem do excesso de sais das mesmas com água destilada. O uso de diferentes relações solo/solvente (1:1 e 1:2,5) não afetou os valores de pH em nenhum dos solventes usados. Houve uma alta associação positiva (r² = 0,96) entre os valores de pH determinados nos dois solventes, sendo que o pH-CaCl2 foi, em média, 0,6 unidades menor que o pH-H2O. A incubação das amostras úmidas diminuiu o pH de vários solos devido à acumulação de sais, e a diminuição foi maior no pH-H2O do que no pH-CaCl2. A percolação de água pelas amostras lavou o excesso de sais e corrigiu parcialmente o decréscimo causado pêlos sais no pH-H2O, porém teve pequeno efeito no pH-CaCl2. A recomendação de calcário para atingir valores de pH pré-estabelecidos foi superestimada quando as quantidades foram obtidas das curvas de pH-H2O das amostras não lixiviadas.

18.
Sci. agric ; 58(4)2001.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1496141

Resumo

The increase on crop yield caused by lime addition on the soil surface may be associated to improvements in the chemical composition of the percolating water. This study was carried out to evaluate chemical changes in the solid phase and in the percolating water in two acid soils (Oxisol and Inceptisol) caused by the application method (incorporated or on soil surface) of gypsum, CaCO3, or MgCO3. Calcium carbonate was used at a rate equivalent to 0.25 of that recommended by the SMP method to raise soil water pH to 6.0; gypsum and MgCO3 were used at the same molarity rate. Additional CaCO3 were (0, 0.50, 1.0 and 1.5 times that recommended by the SMP method) was also incorporated. Treated soil samples (1.5 kg) were transferred to leaching columns, and distilled water (200 mL column-1 week-1) were added on soil surface during twelve weeks. Incorporation of lime (CaCO3 and MgCO3) into the soils increased pH of both phases, decreased exchangeable Al, but had no effect on Al in the percolated solution. When carbonates were applied on soil surface, they had no effect on the leached solution, and affected the chemical composition of the solid phase only in the top 2.0 centimeters. Addition of gypsum decreased soil and solution pH, had no effect on exchangeable Al, but leached greater amounts of Ca, Mg and Al than limestone, especially when gypsum was incorporated. Cation mobility from limestone materials was negligible, and surface liming had no chemical effects in the solution collected 30 cm below soil surface.


Os benefícios do calcário aplicado sobre a superfície do solo no rendimento vegetal podem estar associados à melhoria na composição química das águas de percolação. Esse trabalho objetivou avaliar alterações na fase sólida e na solução percolada em dois solos ácidos (Latossolo Bruno Álico e Cambissolo Húmico Álico), ocasionadas pelo método de aplicação (na superfície ou incorporado) de corretivos da acidez (CaCO3 e MgCO3) e de gesso agrícola. O CaCO3 foi utilizado na dose equivalente a 0,25 daquela necessária para elevar o pH a 6,0, e os demais em doses molares equivalentes. O CaCO3 foi ainda incorporado nas doses de 0; 0,5; 1,0 e 1,5 vez a necessidade de calcário para pH 6,0. Em colunas de lixiviação, com 1,5 kg de solo, percolou-se água destilada durante 12 semanas num volume de 200 mL semana-1. Os corretivos da acidez, quando incorporados aos solos, aumentaram o pH das duas fases, diminuíram o Al trocável, porém não afetaram o Al percolado; quando foram aplicados na superfície, não afetaram nenhum parâmetro da solução percolada, e alteraram a composição química somente da camada de 0 a 2,0 cm de profundidade. O gesso agrícola diminuiu o pH do solo e da solução percolada, não afetou o Al trocável, mas percolou muito mais Ca, Mg e Al que os corretivos da acidez, principalmente quando foi incorporado ao solo. A mobilidade dos cátions integrantes dos corretivos foi muito pequena, e a aplicação de calcário na superficie dos solos não afetou a composição química da solução coletada 30 cm abaixo.

19.
Semina ciênc. agrar ; 34(1): 95-106, 2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1499127

Resumo

In order to identify plants with greater capacity of P uptake in Cerrado soils fertilized with phosphate rock this work was carried out with the following objectives: a) to evaluate the phosphorus (P) uptake and initial development of soybean, brachiaria, sorghum and millet in soils fertilized with soluble and rock phosphates; b) to estimate the kinetic parameters of P uptake for each species. Two experiments were conducted at Santa Catarina State University, Brazil, in the year of 2010. The first experiment consisted of plant development under the application of phosphate fertilizers to the soil. Treatments consisted of growth of four plant species (soybean, brachiaria, sorghum and millet) as affected by application of rock phosphate, triple superphosphate, and a control without P. The four replications were arranged in a 4x3 factorial using a completely randomized design. It was evaluated the plant dry matter yield and P accumulated in plant tissue. In the second experiment, we estimated the kinetic parameters of P uptake (Imax, Km and Cmín) of each species after 23 days of growth in solution culture, using a completely randomized design with four replications. Soybean did not respond to fertilization, but presents the highest dry mass yield and the greatest accumulation of P in the tissue. Triple superphosphate is the P source that caused the greatest dry matter yield for al


A fim de identificar plantas com maior capacidade de absorção de P em solos de cerrado adubados com fosfato natural, visando à ciclagem deste nutriente, objetivou-se: a) avaliar a capacidade de absorção de fósforo e o desenvolvimento inicial de soja, sorgo, milheto e braquiária em função da aplicação de fosfato solúvel e natural ao solo; b) estimar os parâmetros cinéticos de absorção de P dessas espécies cultivadas em solução nutritiva. Para tanto, foram realizados dois experimentos no Centro de Ciências Agroveterinárias da Universidade do Estado de Santa Catarina (CAV/UDESC), no ano de 2010. O primeiro experimento constou do desenvolvimento de plantas (soja, braquiária, sorgo e milheto) em solos adubados com fosfato natural e superfosfato triplo, além de um tratamento sem aplicação de P, arranjados em um fatorial 4x3, sob delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram avaliadas a produção de massa seca das plantas e a quantidade de P acumulada no tecido. No segundo experimento foram estimados os parâmetros cinéticos de absorção de P (Imax, Km e Cmín) de cada uma das espécies após 23 dias de desenvolvimento em solução nutritiva, utilizando-se o delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. A soja, em fase inicial de desenvolvimento, não responde à adubação fosfatada, apresentando mais massa seca de tecido e acúmulo de P no tecido, comparativa

20.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1474854

Resumo

Soil pH is the most important parameter to evaluate nutrient availability in the soil. The pH value of a given sample, however, may vary according to the sample manipulation after sampling and to the laboratory analytical procedures. This experiment was carried out to determine the effect of the solvem type, of the soil/solvent ratio, and of the sample incubation on the pH values of 49 Brazilian soils. The soil pH was determined using water (pH-H2O) or calcium chloride (pH-CaCl2) as solvent, in two soil/solvent ratios (1:1 and 1:2.5). in all natural samples (without limestone), with and without wet incubation. The pH was also determinated in the samples of the neutralization curves of some soils, after incubation, before and after leaching out the excess of salts by rinsing the samples with destilled water. The soil/solvent ratio had no effect on soil pH, on both solvents. There was a good positive association (r² = 0.96) between pH values in both solvents, and lhe pH-CaCl2 was, on average, 0.6 units lower than pH-H2O. The incubation of the samples with moisture decreased soil pH due to salt accumulation, especially when determined using water as solvent. Rinsing lhe samples offset the effect caused by salts on pH-H2O but had a small effect on pH-CaCl2. The lime requirement of the soils was overestimated when obtained from the pH-H2O neutralization curves.


O pH do solo é um dos índices mais importantes na avaliação da disponibilidade de nutrientes. Seu valor numa mesma amostra pode variar, entretanto, em função dos cuidados após a amostragem e das técnicas laboratoriais utilizadas. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito do tipo de solvente, da relação solo/solvente, e da incubação de amostras úmidas, nos valores de pH de 49 solos catarinenses. Determinou-se o p H usando-se água (pH-H2O) ou solução de CaCl2 0,01 mol/L (pH-CaCl2 como solvente, nas relações solo/solvente de 1:1 e 1:2,5, nas amostras sem calcário, tanto nas que foram secas após a coleta (não incubadas) como naquelas incubadas úmidas durante 5 meses. O pH foi também determinado nas amostras da curva de neutralização da acidez de alguns solos, após a incubação, antes e depois da lavagem do excesso de sais das mesmas com água destilada. O uso de diferentes relações solo/solvente (1:1 e 1:2,5) não afetou os valores de pH em nenhum dos solventes usados. Houve uma alta associação positiva (r² = 0,96) entre os valores de pH determinados nos dois solventes, sendo que o pH-CaCl2 foi, em média, 0,6 unidades menor que o pH-H2O. A incubação das amostras úmidas diminuiu o pH de vários solos devido à acumulação de sais, e a diminuição foi maior no pH-H2O do que no pH-CaCl2. A percolação de água pelas amostras lavou o excesso de sais e corrigiu parcialmente o decréscimo causado pêlos sais no pH-H2O, porém teve pequeno efeito no pH-CaCl2. A recomendação de calcário para atingir valores de pH pré-estabelecidos foi superestimada quando as quantidades foram obtidas das curvas de pH-H2O das amostras não lixiviadas.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA