Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. Not. (Online) ; 29(1): e66886, 2023.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1418624

Resumo

This study compared three methods for estimating forage mass and its morphological components in canopies of Urochloa brizantha cv. Marandu (marandu palisadegrass). Two experiments were carried out, the fi rst simulating deferment and the second, continuous stocking. In the fi rst experiment, three methods for estimating forage mass (square, row, and tiller methods) were evaluated in different canopies with three initial heights (15, 30, and 45 cm). In the second experiment, two methods for estimating forage mass (square and tiller methods) were evaluated in canopies with three average heights (15, 30, and 45 cm) in summer. The experiments were conducted in a completely randomized design, in a split-plot scheme, with four replications. The plots were canopy heights and the subplots, the forage mass estimation methods. In general, taller canopies have greater forage mass. The tiller method resulted in lower total forage and senescent forage masses than the other methods. The tiller method underestimates total forage and senescent forage masses. The square and line methods are suitable to estimate the pasture total and senescent forage masses.(AU)


Este estudo comparou três métodos para a estimativa das massas de forragem e dos seus componentes morfológicos em dosséis de Urochloa brizantha cv. Marandu (capim-marandu). Dois experimentos foram realizados, sendo o primeiro simulando o diferimento e o segundo, a lotação contínua. No primeiro experimento, foram avaliados três métodos para estimativa de massa de forragem (métodos do quadrado, da linha e do perfilho) em dosséis diferidos com três alturas iniciais (15, 30 e 45 cm). No segundo experimento, foram avaliados dois métodos para estimativa de massa de forragem (métodos do quadrado e do perfilho) em dosséis com três alturas médias (15, 30 e 45 cm) no verão. Os experimentos foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram as alturas dos dosséis e as subparcela, os métodos de estimativa da massa de forragem. Em geral, os dosséis mais altos apresentam maior massa de forragem. O método do perfilho resultou em massas de forragem total e de forragem senescente inferiores ao demais métodos. O método do perfilho subestima as massas de forragem total e de forragem senescente. Para estimar as massas de forragem total e de forragem senescente do pasto, os métodos do quadrado e da linha são adequados.(AU)


Assuntos
Biomassa , Poaceae/crescimento & desenvolvimento , 24444 , Pastagens
2.
Vet. Not. (Online) ; 28(1)abr. 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1395348

Resumo

Foliar fertilization with macro and micro minerals for the forage grasses establishment can be a less costly alternative for the farmer, however the possible beneÀ ts of this management technique still need to be better studied. The objective with this work was to evaluate the physiological, productive and structural responses of grasses of the Urochloa genus, depending on the application or not of foliar fertilizer during the plant establishment. Four experiments were carried out, in each of which one of the following forage grasses was evaluated: Urochloa brizantha cv. Marandu, Urochloa spp. Mulatto II, Urochloa spp. Mavuno and Urochloa spp. Ipyporã. All the experiments were carried out from November 2018 to March 2019, in a completely randomized design, with four replications. The experimental area of each experiment consisted of four plots with 12.25 m², where half the area of the plots received foliar fertilizer (FH PASTAGEM FOLIAR, with 14% N; 12% P; 12% K; 0.38 % Mg; 10.2% S; 0.24% Cu; 0.18% Mn and 0.63% Zn) and the other half did not. The response variables were evaluated: spad index, leaf area index, canopy light interception, forage production and root density. In all experiments, the foliar fertilizer application during the establishment of Marandu, Mulato II, Mavuno and Ipyporã grasses did not inÁ uence (P>0,05) the spad and leaf area indexes, forage production and root density.(AU)


Assuntos
Triticum/fisiologia , Compostagem/métodos , Brachiaria/fisiologia , Fertilizantes/análise , Poaceae/fisiologia , Fenômenos Fisiológicos/fisiologia
3.
Vet. Not. (Online) ; 27(1): 1-14, 2021. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502532

Resumo

This article aims to determine the adequate pasture height and the nitrogen dose at the beginning of the deferral period for Urochloa brizantha cv. Marandu (Marandu palisade grass). Two pasture heights (15 and 30 cm) and four nitrogen doses (0, 40, 80, and 120 kg ha-1) were evaluated in a completely randomized factorial (4x2) design with three replications. A linear increase in the number of vegetative tillers was observed with the application of nitrogen in the 15-cm deferred pasture. The lengths of stem and leaf blades of tillers increased linearly with the application of nitrogen. The weight of the vegetative tillers was greater in the 30-cm deferred pasture, compared to the 15-cm one when the pasture was fertilized with 0 and 40 kg ha-1 of N. The nitrogen fertilization linearly increased the weight of both the vegetative tillers in the 15-cm deferred pastures and the reproductive tillers in the 30-cm deferred pastures. The recommendation is that Marandu palisade grass be deferred with 15 cm and fertilized with 80 kg ha-1 of N at the beginning of the deferment period.


Assuntos
Brachiaria/química , Compostos de Nitrogênio/análise , Compostos de Nitrogênio/química , Pastagens/análise , Pastagens/métodos , Compostagem
4.
Vet. Not. ; 27(1): 1-14, 2021. tab, ^graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-30610

Resumo

This article aims to determine the adequate pasture height and the nitrogen dose at the beginning of the deferral period for Urochloa brizantha cv. Marandu (Marandu palisade grass). Two pasture heights (15 and 30 cm) and four nitrogen doses (0, 40, 80, and 120 kg ha-1) were evaluated in a completely randomized factorial (4x2) design with three replications. A linear increase in the number of vegetative tillers was observed with the application of nitrogen in the 15-cm deferred pasture. The lengths of stem and leaf blades of tillers increased linearly with the application of nitrogen. The weight of the vegetative tillers was greater in the 30-cm deferred pasture, compared to the 15-cm one when the pasture was fertilized with 0 and 40 kg ha-1 of N. The nitrogen fertilization linearly increased the weight of both the vegetative tillers in the 15-cm deferred pastures and the reproductive tillers in the 30-cm deferred pastures. The recommendation is that Marandu palisade grass be deferred with 15 cm and fertilized with 80 kg ha-1 of N at the beginning of the deferment period.(AU)


Assuntos
Pastagens/análise , Pastagens/métodos , Compostos de Nitrogênio/análise , Compostos de Nitrogênio/química , Brachiaria/química , Compostagem
5.
Semina ciênc. agrar ; 41(3): 959-970, May-June 2020. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501788

Resumo

In deferred pastures, nitrogen fertilisation and pasture height at the beginning of the deferment period modify the structure and nutritive value of forage. This work was conducted to determine the nitrogen (N) doses and sward heights that were adequate for the deferment of Brachiaria brizantha cv. Marandu syn. Urochloa brizantha cv. Marandu (marandu palisadegrass). Two sward heights (15 and 30 cm) and four N rates (0, 40, 80,120 kg/ha) at the beginning of the deferment period were evaluated in a randomised block design and a factorial scheme with three replications. At the end of the deferment period, the numbers of live and dead tillers, the numbers of tillers with different sizes, the masses of live leaf lamina, dead leaf lamina, live stem and dead stem, the litter mass and the crude protein and neutral detergent fibre contents of the forage were evaluated. With nitrogen fertilisation, there was an increase in the masses of live leaf and live stem in the deferred canopy. With the application of 80 kg/ha of N, the litter mass was higher in the deferred canopy with a height of 30 cm, in relation to that with a height of 15 cm. The highest canopy presented greater stem mass and worse nutritional value when compared to the lowest one. In order to improve forage characteristics, marandu palisadegrass can be deferred by 15 cm and fertilised with 80 kg/ha N. When marandu palisade grass is deferred to 30 cm, nitrogen doses lower than 80 kg/ha can be applied.


Em pastagens diferidas, a adubação nitrogenada e a altura do pasto no inicio do período de diferimento modificam a estrutura e o valor nutritivo da forragem. Esse trabalho foi conduzido para determinar as doses de nitrogênio (N) e as alturas do dossel mais adequadas para o diferimento da Urochloa brizantha cv. Marandu (capim-marandu). Duas alturas do dossel (15 e 30 cm) e quatro doses de N (0, 40, 80,120 kg/ha) no inicio do período de diferimento foram avaliadas, em delineamento de blocos casualizados e esquema fatorial, com três repetições. Ao final do período de diferimento foram avaliados os números de perfilhos vivos e mortos, os números de perfilhos com diferentes tamanhos, as massas de lâmina foliar viva, lâmina foliar morta, colmo vivo e colmo morto; a massa de serrapilheira e os teores de proteína bruta e fibra em detergente neutro da forragem. Com a adubação nitrogenada, houve incremento das massas de lâmina foliar viva e de colmo vivo nos dosséis diferidos. Com aplicação de 80 kg/ha de N, a massa de serrapilheira foi maior no dossel diferido com 30 cm, em relação àquele com 15 cm. O dossel mais alto apresentou maior massa de colmo e pior valor nutritivo, se comparado ao mais baixo. Para melhorar as características da forragem, o capim-marandu pode ser diferido com 15 cm e adubado com 80 kg/ha de N. Quando o capim-marandu é diferido com 30 cm, doses de nitrogênio inferiores a 80 kg/ha podem ser aplicadas.


Assuntos
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Brachiaria/efeitos dos fármacos , Compostos de Nitrogênio/administração & dosagem , Valor Nutritivo
6.
Semina Ci. agr. ; 41(3): 959-970, May-June 2020. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746026

Resumo

In deferred pastures, nitrogen fertilisation and pasture height at the beginning of the deferment period modify the structure and nutritive value of forage. This work was conducted to determine the nitrogen (N) doses and sward heights that were adequate for the deferment of Brachiaria brizantha cv. Marandu syn. Urochloa brizantha cv. Marandu (marandu palisadegrass). Two sward heights (15 and 30 cm) and four N rates (0, 40, 80,120 kg/ha) at the beginning of the deferment period were evaluated in a randomised block design and a factorial scheme with three replications. At the end of the deferment period, the numbers of live and dead tillers, the numbers of tillers with different sizes, the masses of live leaf lamina, dead leaf lamina, live stem and dead stem, the litter mass and the crude protein and neutral detergent fibre contents of the forage were evaluated. With nitrogen fertilisation, there was an increase in the masses of live leaf and live stem in the deferred canopy. With the application of 80 kg/ha of N, the litter mass was higher in the deferred canopy with a height of 30 cm, in relation to that with a height of 15 cm. The highest canopy presented greater stem mass and worse nutritional value when compared to the lowest one. In order to improve forage characteristics, marandu palisadegrass can be deferred by 15 cm and fertilised with 80 kg/ha N. When marandu palisade grass is deferred to 30 cm, nitrogen doses lower than 80 kg/ha can be applied.(AU)


Em pastagens diferidas, a adubação nitrogenada e a altura do pasto no inicio do período de diferimento modificam a estrutura e o valor nutritivo da forragem. Esse trabalho foi conduzido para determinar as doses de nitrogênio (N) e as alturas do dossel mais adequadas para o diferimento da Urochloa brizantha cv. Marandu (capim-marandu). Duas alturas do dossel (15 e 30 cm) e quatro doses de N (0, 40, 80,120 kg/ha) no inicio do período de diferimento foram avaliadas, em delineamento de blocos casualizados e esquema fatorial, com três repetições. Ao final do período de diferimento foram avaliados os números de perfilhos vivos e mortos, os números de perfilhos com diferentes tamanhos, as massas de lâmina foliar viva, lâmina foliar morta, colmo vivo e colmo morto; a massa de serrapilheira e os teores de proteína bruta e fibra em detergente neutro da forragem. Com a adubação nitrogenada, houve incremento das massas de lâmina foliar viva e de colmo vivo nos dosséis diferidos. Com aplicação de 80 kg/ha de N, a massa de serrapilheira foi maior no dossel diferido com 30 cm, em relação àquele com 15 cm. O dossel mais alto apresentou maior massa de colmo e pior valor nutritivo, se comparado ao mais baixo. Para melhorar as características da forragem, o capim-marandu pode ser diferido com 15 cm e adubado com 80 kg/ha de N. Quando o capim-marandu é diferido com 30 cm, doses de nitrogênio inferiores a 80 kg/ha podem ser aplicadas.(AU)


Assuntos
Brachiaria/efeitos dos fármacos , Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Valor Nutritivo , Compostos de Nitrogênio/administração & dosagem
7.
Semina ciênc. agrar ; 41(3): 995-1006, May-June 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501803

Resumo

The deferred pasture structure determines the consumption and performance of grazing animals and, in addition, can be influenced by the duration of the deferment period and nitrogen (N) fertilisation. The objective of this work was to evaluate the structural characteristics of Brachiaria brizantha syn. Urochloa brizantha cv. Piatã (piatã palisadegrass) deferred for two periods (79 and 127 days) and with four N doses (0, 40, 80 and 120 kg ha-1) in the Zona da Mata of Minas Gerais, Brazil. The experimental design involved complete randomised blocks and a subdivided plot scheme, with three replications. The 127-day period of deferment resulted in a higher forage mass, falling index, stem percentage and density, but a lower number of tillers, percentage and volumetric density of live leaf blade. The N dose increment, in general, worsened the structural characteristics of the piatã palisadegrass deferred for 127 days. However, with the 79-day period, the N fertilisation increased the volumetric density of live leaf blades and reduced the stem percentage in the forage mass. As a preliminary recommendation, piatã palisadegrass can be deferred for 79 days and fertilised with up to 90 kg ha-1 of N in the region of Zona da Mata de Minas Gerais, Brazil.


A estrutura do pasto diferido determina o consumo e o desempenho dos animais em pastejo e, ademais, pode ser influenciada pela duração do período de diferimento e pela adubação nitrogenada. O objetivo com este trabalho foi avaliar as características estruturais da Brachiaria brizantha syn. Urochloa brizantha cv. Piatã (capim-piatã) diferida por dois períodos (79 e 127 dias) e com quatro doses de nitrogênio (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) na Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. O experimento foi em blocos completos casualizados e em esquema de parcela subdividida, com três repetições. O período de 127 dias de diferimento resultou em maiores massa de forragem, índice de tombamento, porcentagem e densidade volumétrica de colmo, porém em menores número de perfilho, porcentagem e densidade volumétrica de lâmina foliar viva. O incremento da dose de N reduziu a porcentagem de lâmina foliar viva na massa de forragem do capim-piatã diferido por 127 dias. Porém, com o período de 79 dias, a adubação aumentou a densidade volumétrica de lâmina foliar viva e reduziu a porcentagem de colmo na massa de forragem. Como recomendação preliminar, o capim-piatã pode ser diferido por 79 dias e com adubação de até 90 kg ha-1 de N na região da Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil.


Assuntos
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Brachiaria/efeitos dos fármacos , Nitrogênio/administração & dosagem , Nitrogênio/efeitos adversos , Ração Animal
8.
Semina Ci. agr. ; 41(3): 995-1006, May-June 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-746041

Resumo

The deferred pasture structure determines the consumption and performance of grazing animals and, in addition, can be influenced by the duration of the deferment period and nitrogen (N) fertilisation. The objective of this work was to evaluate the structural characteristics of Brachiaria brizantha syn. Urochloa brizantha cv. Piatã (piatã palisadegrass) deferred for two periods (79 and 127 days) and with four N doses (0, 40, 80 and 120 kg ha-1) in the Zona da Mata of Minas Gerais, Brazil. The experimental design involved complete randomised blocks and a subdivided plot scheme, with three replications. The 127-day period of deferment resulted in a higher forage mass, falling index, stem percentage and density, but a lower number of tillers, percentage and volumetric density of live leaf blade. The N dose increment, in general, worsened the structural characteristics of the piatã palisadegrass deferred for 127 days. However, with the 79-day period, the N fertilisation increased the volumetric density of live leaf blades and reduced the stem percentage in the forage mass. As a preliminary recommendation, piatã palisadegrass can be deferred for 79 days and fertilised with up to 90 kg ha-1 of N in the region of Zona da Mata de Minas Gerais, Brazil.(AU)


A estrutura do pasto diferido determina o consumo e o desempenho dos animais em pastejo e, ademais, pode ser influenciada pela duração do período de diferimento e pela adubação nitrogenada. O objetivo com este trabalho foi avaliar as características estruturais da Brachiaria brizantha syn. Urochloa brizantha cv. Piatã (capim-piatã) diferida por dois períodos (79 e 127 dias) e com quatro doses de nitrogênio (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) na Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. O experimento foi em blocos completos casualizados e em esquema de parcela subdividida, com três repetições. O período de 127 dias de diferimento resultou em maiores massa de forragem, índice de tombamento, porcentagem e densidade volumétrica de colmo, porém em menores número de perfilho, porcentagem e densidade volumétrica de lâmina foliar viva. O incremento da dose de N reduziu a porcentagem de lâmina foliar viva na massa de forragem do capim-piatã diferido por 127 dias. Porém, com o período de 79 dias, a adubação aumentou a densidade volumétrica de lâmina foliar viva e reduziu a porcentagem de colmo na massa de forragem. Como recomendação preliminar, o capim-piatã pode ser diferido por 79 dias e com adubação de até 90 kg ha-1 de N na região da Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil.(AU)


Assuntos
Brachiaria/efeitos dos fármacos , Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Nitrogênio/administração & dosagem , Nitrogênio/efeitos adversos , Ração Animal
9.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 20: e.44460, 2019. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473708

Resumo

Este estudo avaliou as características estruturais de perfilhos, com diferentes idades, do capim-marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu) diferido e adubado. Foram avaliadas duas doses de nitrogênio (baixa, 50 kg ha-1 e alta, 200 kg ha-1), três categorias de idades de perfilhos (jovem, 4 meses;), além de dois períodos (início, 1 a 45 dias e fim, 46 a 90 dias) durante o diferimento. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema de parcela sub-subdividida, com quatro repetições. De modo geral, o perfilho jovem apresentou melhor composição morfológica (40,0% de lâmina foliar viva, P=0,0074; 39,2% de colmo vivo, P=0,0208; e 20,8% de lâmina foliar morta, P=0,0155), enquanto que o perfilho velho teve pior morfologia (7,3% de lâmina foliar viva; 54,8% de colmo vivo; e 38,0% de lâmina foliar morta) ao término do período de diferimento. A percentagem de perfilho velho foi maior (P=0,0019) no fim (54,0%) do que no início (43,4%) do período de diferimento. No início do diferimento o dossel adubado com alta dose de N apresentou (P=0,0447) maior percentual de perfilho jovem (36,8%) do que aquele sob baixa dose de N (28,6%). No fim do período de diferimento, tanto a alta como a baixa dose de nitrogênio resultaram (P=0,0276) em valores similares de perfilho jovem no dossel diferido (24,3%, em média). A maior dose de N, parcelada antes do período de diferimento, aumenta o percentual de perfilho jovem durante a fase inicial do diferimento. O perfilho jovem tem melhores características estruturais do que os perfilhos maduros e velhos.


The structural characteristics of tillers with different ages of deferred and fertilized marandu palisade grass (Urochloa brizantha cv. Marandu) were evaluated. Two doses of nitrogen (low, 50 kg ha-1 and high, 200 kg ha-1), three age categories of tillers (young, 4 months), and to two periods (beginning, 1 to 45 days and end, 46 to 90) during deferral were evaluated. The experimental design was completely randomized, in a subsubdivide plot scheme, with four replications. In general, young tiller had a better morphological composition (40.0% live leaf, P=0.0074; 39.2% live stem, P=0.0208; and 20.8% dead leaf blade, P=0.0155), while the old tiller had a worse morphology (7.3% live leaf, 54.8% live stem and 38.0% leaf dead) at the end of the deferral period. The percentage of old tillers was higher (P=0.0019) at the end (54.0%) than at the beginning (43.4%) of the deferment period. At the beginning of the deferment the canopy fertilized with high dose of N presented (P=0.0447) a higher percentage of young tiller (36.8%) than that under low N dose (28.6%). At the end of the deferment period, both the high and the low nitrogen doses resulted (P=0.0276) in similar values of young tiller in the deferred canopy (24.3%, on average). The higher N dose, plotted before the deferral period, increases the percentage of young tiller during the initial phase of deferment. Young tiller has better structural characteristics than mature and old tiller.


Assuntos
Brotos de Planta/crescimento & desenvolvimento , Brotos de Planta/ultraestrutura , Compostos de Nitrogênio , Poaceae
10.
Semina Ci. agr. ; 40(1): 249-258, Jan.-Feb. 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19359

Resumo

Nitrogen fertilization can increase the appearance of new tillers, which can improve the structure of deferred sward, since the deferral period is not long. Thus, the objective of this study was to estimate the effects of nitrogen fertilization on structure and tillering dynamics of Piata palisade grass (Brachiaria brizantha cv. Piata) during deferment. We evaluated three nitrogen fertilization levels (none - 0 kg ha <->1; medium - 75 kg ha <->1; and high - 150 kg ha <->1) associated with deferment periods (1, 30, 60, 90, and 120 days). The experimental design was set in completely randomised blocks in a split-plot arrangement, with three replications. The deferment period influenced foliage area index quadratically (p < 0.01) at all fertilization levels. The improvement in nitrogen fertilization levels increased light interception and reduced the foliage angle, but it did not affect tillering dynamics of Piata palisade grass during the deferment period. Appearance and mortality rates, the balance between tiller appearance and mortality and the stability index of the population of aerial and basal tillers of Piata palisade grass were higher at the beginning of the pasture deferment period. Nitrogen fertilization does not stimulate appearance of tillers on deferred Piata palisade grass. Tiller population stability, however, is only high at the beginning of deferment, decreasing after this initial period.(AU)


A adubação nitrogenada pode aumentar o aparecimento de novos perfilhos, o que pode melhorar a estrutura do dossel forrageiro diferido, desde que o período de diferimento não seja longo. Dessa forma, objetivou-se estimar os efeitos da adubação nitrogenada na estrutura e dinâmica de perfilhamento do capim-piatã durante o diferimento. Foram avaliadas condições de adubação nitrogenada (ausente - 0 kg ha <->1, média - 75 kg ha <->1 e alta - 150 kg ha <->1) associadas aos períodos de diferimento (1, 30, 60, 90 e 120 dias). O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com três repetições. O período de diferimento influenciou o índice de área da folhagem de forma quadrática (p < 0,01) em todas as condições de adubação. A melhoria da condição de adubação nitrogenada aumentou a interceptação de luz e reduziu o ângulo da folhagem, porém não influenciou a dinâmica do perfilhamento durante o período de diferimento do capim-piatã. As taxas de aparecimento e de mortalidade, o balanço entre o aparecimento e mortalidade de perfilhos, e o índice de estabilidade da população de perfilhos aéreos e basais do capim-piatã foram maiores no início do período de diferimento dos pastos. A adubação nitrogenada não estimula o aparecimento de perfilhos do capim-piatã diferido. Já a estabilidade da população de perfilhos é alta apenas no início do período dediferimento, não se mantendo após esse período inicial.(AU)


Assuntos
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Nitrogênio/efeitos adversos , Estruturas Vegetais/crescimento & desenvolvimento , Fertilizantes/efeitos adversos
11.
Ci. Anim. bras. ; 20: e.44460, dez. 13, 2019. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-24678

Resumo

Este estudo avaliou as características estruturais de perfilhos, com diferentes idades, do capim-marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu) diferido e adubado. Foram avaliadas duas doses de nitrogênio (baixa, 50 kg ha-1 e alta, 200 kg ha-1), três categorias de idades de perfilhos (jovem, <2 meses; maduro, 2 a 4 meses; e velho, > 4 meses;), além de dois períodos (início, 1 a 45 dias e fim, 46 a 90 dias) durante o diferimento. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema de parcela sub-subdividida, com quatro repetições. De modo geral, o perfilho jovem apresentou melhor composição morfológica (40,0% de lâmina foliar viva, P=0,0074; 39,2% de colmo vivo, P=0,0208; e 20,8% de lâmina foliar morta, P=0,0155), enquanto que o perfilho velho teve pior morfologia (7,3% de lâmina foliar viva; 54,8% de colmo vivo; e 38,0% de lâmina foliar morta) ao término do período de diferimento. A percentagem de perfilho velho foi maior (P=0,0019) no fim (54,0%) do que no início (43,4%) do período de diferimento. No início do diferimento o dossel adubado com alta dose de N apresentou (P=0,0447) maior percentual de perfilho jovem (36,8%) do que aquele sob baixa dose de N (28,6%). No fim do período de diferimento, tanto a alta como a baixa dose de nitrogênio resultaram (P=0,0276) em valores similares de perfilho jovem no dossel diferido (24,3%, em média). A maior dose de N, parcelada antes do período de diferimento, aumenta o percentual de perfilho jovem durante a fase inicial do diferimento. O perfilho jovem tem melhores características estruturais do que os perfilhos maduros e velhos.(AU)


The structural characteristics of tillers with different ages of deferred and fertilized marandu palisade grass (Urochloa brizantha cv. Marandu) were evaluated. Two doses of nitrogen (low, 50 kg ha-1 and high, 200 kg ha-1), three age categories of tillers (young, <2 months, mature, 2 to 4 months, and old,> 4 months), and to two periods (beginning, 1 to 45 days and end, 46 to 90) during deferral were evaluated. The experimental design was completely randomized, in a subsubdivide plot scheme, with four replications. In general, young tiller had a better morphological composition (40.0% live leaf, P=0.0074; 39.2% live stem, P=0.0208; and 20.8% dead leaf blade, P=0.0155), while the old tiller had a worse morphology (7.3% live leaf, 54.8% live stem and 38.0% leaf dead) at the end of the deferral period. The percentage of old tillers was higher (P=0.0019) at the end (54.0%) than at the beginning (43.4%) of the deferment period. At the beginning of the deferment the canopy fertilized with high dose of N presented (P=0.0447) a higher percentage of young tiller (36.8%) than that under low N dose (28.6%). At the end of the deferment period, both the high and the low nitrogen doses resulted (P=0.0276) in similar values of young tiller in the deferred canopy (24.3%, on average). The higher N dose, plotted before the deferral period, increases the percentage of young tiller during the initial phase of deferment. Young tiller has better structural characteristics than mature and old tiller.(AU)


Assuntos
Poaceae , Brotos de Planta/crescimento & desenvolvimento , Brotos de Planta/ultraestrutura , Compostos de Nitrogênio
12.
Semina ciênc. agrar ; 40(6): 2683-2692, Nov.-Dec. 2019. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501541

Resumo

Nitrogen fertilisation allows to modulate the growth of forage canopy during the deferment period. We evaluated the morphogenic characteristics, during the initial and final phases of the deferment period, of young, mature and old tillers of Brachiaria brizantha cv. Marandu. fertilised with low and high doses of nitrogen (N). The design was completely randomised, in a subdivided plot scheme, with four replications. Leaf appearance rate (LAR) and leaf elongation rate (LER) were higher in young tillers than in old ones. At the beginning of the deferment period, the canopy under high N doses had higher LAR and LER values. At the end of the deferment period, we observed no difference between the doses of N for LAR. The stem elongation rate was higher at the beginning than at the end of the deferment period, while the leaf senescence rate (LSR) was higher at higher N doses when compared to lower doses. The highest LSR values and leaf lifespan were observed at the end of the deferment period. The greatest number of young tillers occurred at the beginning of the deferment period and with the highest N dose. In this sense, higher N doses, applied during the active growth period and before the deferment period, favour he maintenance of a larger number of young tillers, which have a greater growth potential.


A adubação nitrogenada permite modular o crescimento do dossel forrageiro durante o período de diferimento. Objetivou-se avaliar, durante as fases inicial e final do período de diferimento, as características morfogênicas de perfilhos jovens, maduros e velhos da Brachiaria brizantha cv. Marandu adubada com doses baixa e alta de nitrogênio (N). O delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema de parcela subsubdivida, com quatro repetições. As taxas de aparecimento (TApF) e de alongamento foliar (TAlF) foram maiores em perfilhos jovens do que nos velhos. No início do diferimento o dossel sob alta dose de N teve maiores TApF e TAlF. No fim do diferimento não houve diferença entre as doses de N para TAlF. A taxa de alongamento de colmo foi superior no início do que no fim do diferimento. A taxa de senescência foliar (TSeF) foi maior com a alta dose de N, quando comparado à baixa dose. As maiores TSeF e duração de vida da folha ocorreram no fim, em comparação ao início do diferimento. O maior número de perfilhos jovens ocorreu no início do diferimento e com a maior dose de N. A maior dose N, parcelada durante o período de crescimento ativo da planta, antes do diferimento, favorece a manutenção de maior número de perfilho jovem, o qual tem maior potencial de crescimento.


Assuntos
Brachiaria/anatomia & histologia , Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Fertilizantes , Morfogênese , Nitrogênio/administração & dosagem
13.
Semina Ci. agr. ; 40(6): 2683-2692, Nov.-Dec. 2019. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27391

Resumo

Nitrogen fertilisation allows to modulate the growth of forage canopy during the deferment period. We evaluated the morphogenic characteristics, during the initial and final phases of the deferment period, of young, mature and old tillers of Brachiaria brizantha cv. Marandu. fertilised with low and high doses of nitrogen (N). The design was completely randomised, in a subdivided plot scheme, with four replications. Leaf appearance rate (LAR) and leaf elongation rate (LER) were higher in young tillers than in old ones. At the beginning of the deferment period, the canopy under high N doses had higher LAR and LER values. At the end of the deferment period, we observed no difference between the doses of N for LAR. The stem elongation rate was higher at the beginning than at the end of the deferment period, while the leaf senescence rate (LSR) was higher at higher N doses when compared to lower doses. The highest LSR values and leaf lifespan were observed at the end of the deferment period. The greatest number of young tillers occurred at the beginning of the deferment period and with the highest N dose. In this sense, higher N doses, applied during the active growth period and before the deferment period, favour he maintenance of a larger number of young tillers, which have a greater growth potential.(AU)


A adubação nitrogenada permite modular o crescimento do dossel forrageiro durante o período de diferimento. Objetivou-se avaliar, durante as fases inicial e final do período de diferimento, as características morfogênicas de perfilhos jovens, maduros e velhos da Brachiaria brizantha cv. Marandu adubada com doses baixa e alta de nitrogênio (N). O delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema de parcela subsubdivida, com quatro repetições. As taxas de aparecimento (TApF) e de alongamento foliar (TAlF) foram maiores em perfilhos jovens do que nos velhos. No início do diferimento o dossel sob alta dose de N teve maiores TApF e TAlF. No fim do diferimento não houve diferença entre as doses de N para TAlF. A taxa de alongamento de colmo foi superior no início do que no fim do diferimento. A taxa de senescência foliar (TSeF) foi maior com a alta dose de N, quando comparado à baixa dose. As maiores TSeF e duração de vida da folha ocorreram no fim, em comparação ao início do diferimento. O maior número de perfilhos jovens ocorreu no início do diferimento e com a maior dose de N. A maior dose N, parcelada durante o período de crescimento ativo da planta, antes do diferimento, favorece a manutenção de maior número de perfilho jovem, o qual tem maior potencial de crescimento.(AU)


Assuntos
Brachiaria/anatomia & histologia , Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Nitrogênio/administração & dosagem , Morfogênese , Fertilizantes
14.
Semina Ci. agr. ; 39(4): 1617-1626, jul.-ago. 2018. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22816

Resumo

Pasture mowing at the beginning of deferment stimulates tillering and can be used in different ways. The aim of this study was to understand how the mowing of Urochloa brizantha cv. Marandu Syn. Brachiaria brizantha cv. Marandu (marandu palisade grass) prior to the deferment period modifies tillering activity and the characteristics of young, mature, and old tillers. Three mowing strategies were evaluated: canopies kept at a height of 15 cm for five months before deferment (15/15 cm); canopies kept at 30 cm (30/15 cm) or 45 cm (45/15 cm) for five months before deferment and posteriorly cut to 15 cm at the start of the deferment period. The structural characteristics of young, mature, and old tillers of marandu palisade grass were compared only at the end of the deferment period. The tiller appearance rate was greater before (16.0%) than during (6.4%) the deferment period, but a contrasting response pattern was observed for the tiller mortality rate. The defoliation strategies that resulted in greater numbers of tillers in the canopies were 30/15 cm (2,098 tillers m-²) and 45/15 cm (2,160 tillers m-2). The defoliation strategy that generated the greatest percentage of young tillers in the canopy was 45/15 cm (26.1%), while the percentage of old tillers was greater in the canopies submitted to the 15/15 cm (64.1%) and 30/15 cm (61.5%) strategies. Weight and percentage of live stems of mature and old tillers were greater in relation to young tillers. The percentage of live leaves was grater in young tillers (52.6%), intermediate in mature tillers (41.4%), and lower in old tillers (21.3%). Regarding the percentage of dead leaves, the opposite trend was observed, where the percentage was greater in the old than in young tillers. Leaf area was greater in mature tillers (55.3 cm²) than in old tillers (29.2 cm²)...(AU)


O rebaixamento do pasto no início do diferimento estimula o perfilhamento e pode ser realizado de distintas maneiras. O objetivo deste estudo foi compreender como as formas de rebaixamento da Urochloa brizantha cv. Marandu syn. Brachiaria brizantha cv. Marandu (capim-marandu) no início do diferimento modificam o perfilhamento e as características de perfilhos jovens, maduros e velhos. Três estratégias de rebaixamento foram avaliadas: dossel com 15 cm cinco meses antes do diferimento (15/15 cm);e dosséis com 30 cm (30/15 cm) ou 45 cm (45/15 cm) durante cinco meses e rebaixado para 15 cm no início do diferimento. Também foram avaliadas as características estruturais de perfilhos jovens, maduros e velhos do capim-marandu ao fim do período de diferimento. A taxa de aparecimento de perfilho foi maior antes (16,0 %) do que durante (6,4 %) o período de diferimento, mas um padrão de resposta contrário ocorreu para a taxa de mortalidade de perfilho. As estratégias de desfolhação que resultaram em maior número de perfilho nos dosséis foram as de 30/15 cm (2.098 perfilho m-2) e 45/15 cm (2.160 perfilho m-2). A estratégia de desfolhação que gerou maior porcentagem de perfilho jovem no dossel foi a de 45/15 cm (26,1 %), enquanto que a porcentagem de perfilho velho foi maior nos dosséis submetidos às estratégias de 15/15 cm (64,1 %) e 30/15 cm (61,5 %). O peso e a percentagem de colmo vivo dos perfilhos maduros e velhos foram maiores em relação ao do perfilho jovem. A porcentagem de folha viva foi maior nos perfilhos jovens (52,6 %), intermediária no perfilho maduro (41,4 %) e menor no perfilho velho (21,3 %). A porcentagem de folha morta apresentou padrão de resposta contrário ao observado para a percentagem de folha viva. A área foliar foi maior no perfilho maduro (55,3 cm²) e menor no perfilho velho (29,2 cm²)...(AU)


Assuntos
Pastagens/análise , Poaceae/crescimento & desenvolvimento , Poaceae/fisiologia
15.
Vet. Not. (Online) ; 24(2): 73-86, jun.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502495

Resumo

This work was conducted to evaluate the morphogenesis of Brachiaria decumbens cv. Basilisk syn. Urochloa decumbens cv. Basilisk in tillers with stem with two initial sizes (5.0 + 0.6 cm or 12.0 + 0.9 cm), and in tillers with varying degrees of defoliation (without defoliation, 50% defoliation and 100% defoliation). The leaf senescence rate and leaf lifespan were, respectively, about 81% and 22% higher in tiller with 12 cminitial pseudostem, compared with the one with 5 cm. The stem and leaf lamina lengths and the numbers of expanded and live leaves were higher in tiller with 12 cm than at 5 cm. The tillers with 100% defoliation had lower stem elongation, leaf appearance and elongation rates, stem length, and numbers of expanded, live and dead leaves, in relation to other tillers. The increasing of size tillers of B. decumbens syn. U. decumbens results in greater leaf number and length of their organs. The leaf and stem growths of the B. decumbens syn. U. decumbens is reduced with defoliation.


Objetivou-se, neste artigo, avaliar a morfogênese da Brachiaria decumbens cv. Basilisk syn. Urochloa decumbens cv. Basilisk em perfilhos com pseudocolmo de dois tamanhos iniciais (5,0 + 0,6 cm ou 12,0 + 0,9 cm), e em perfilhos com graus de desfolhação variáveis (sem desfolhação, 50% de desfolhação e 100% de desfolhação). A taxa de senescência foliar e a duração de vida da folha foram, respectivamente, de 81% e 22% superiores no perfilho com pseudocolmo inicial de 12 cm, quando comparado ao de 5 cm. Os comprimentos do pseudocolmo e da lâmina foliar e os números de folhas expandidas e vivas foram maiores no perfilho com pseudocolmo de 12 cm. Os perfilhos com 100% de desfolhação apresentaram inferiores taxas de alongamento de colmo, aparecimento e alongamento foliar, comprimento de colmo, e números de folhas expandidas, vivas e mortas em relação aos demais perfilhos avaliados. O incremento do tamanho de perfilhos de B. decumbens syn. U. decumbens resulta em maior número de folhas e comprimento de seus órgãos. O crescimento foliar e de colmo da B. decumbens syn. U. decumbens é reduzido com a desfolhação.


Assuntos
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Folhas de Planta/anatomia & histologia , Folhas de Planta/crescimento & desenvolvimento , Morfogênese , Pastagens
16.
Vet. Not. ; 24(2): 73-86, jun.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-20152

Resumo

This work was conducted to evaluate the morphogenesis of Brachiaria decumbens cv. Basilisk syn. Urochloa decumbens cv. Basilisk in tillers with stem with two initial sizes (5.0 + 0.6 cm or 12.0 + 0.9 cm), and in tillers with varying degrees of defoliation (without defoliation, 50% defoliation and 100% defoliation). The leaf senescence rate and leaf lifespan were, respectively, about 81% and 22% higher in tiller with 12 cminitial pseudostem, compared with the one with 5 cm. The stem and leaf lamina lengths and the numbers of expanded and live leaves were higher in tiller with 12 cm than at 5 cm. The tillers with 100% defoliation had lower stem elongation, leaf appearance and elongation rates, stem length, and numbers of expanded, live and dead leaves, in relation to other tillers. The increasing of size tillers of B. decumbens syn. U. decumbens results in greater leaf number and length of their organs. The leaf and stem growths of the B. decumbens syn. U. decumbens is reduced with defoliation.(AU)


Objetivou-se, neste artigo, avaliar a morfogênese da Brachiaria decumbens cv. Basilisk syn. Urochloa decumbens cv. Basilisk em perfilhos com pseudocolmo de dois tamanhos iniciais (5,0 + 0,6 cm ou 12,0 + 0,9 cm), e em perfilhos com graus de desfolhação variáveis (sem desfolhação, 50% de desfolhação e 100% de desfolhação). A taxa de senescência foliar e a duração de vida da folha foram, respectivamente, de 81% e 22% superiores no perfilho com pseudocolmo inicial de 12 cm, quando comparado ao de 5 cm. Os comprimentos do pseudocolmo e da lâmina foliar e os números de folhas expandidas e vivas foram maiores no perfilho com pseudocolmo de 12 cm. Os perfilhos com 100% de desfolhação apresentaram inferiores taxas de alongamento de colmo, aparecimento e alongamento foliar, comprimento de colmo, e números de folhas expandidas, vivas e mortas em relação aos demais perfilhos avaliados. O incremento do tamanho de perfilhos de B. decumbens syn. U. decumbens resulta em maior número de folhas e comprimento de seus órgãos. O crescimento foliar e de colmo da B. decumbens syn. U. decumbens é reduzido com a desfolhação.(AU)


Assuntos
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento , Folhas de Planta/anatomia & histologia , Folhas de Planta/crescimento & desenvolvimento , Morfogênese , Pastagens
17.
Vet. Not. (Online) ; 23(2): 56-72, maio-dez. 2017. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502478

Resumo

The feces deposited on pasture by cattle alter the development and consumption of forage plant which has effect on the structure of the pasture. In this sense, the objective was to characterize the changes that occur in the structural characteristics of Urochloa brizantha cv. Marandu under rotational grazing as a result of natural deposition of feces by cattle in the pasture. During the seasons, were evaluated in two locations picket the near and distant other deposited by feces of cattle. The design was a randomized block with four replications. Evaluations occurred in four seasons. At stations with a favorable climate for plant growth, the pasture near the stools had higher height, herbage mass and percentage of live stem, compared to the far pasture from feces. In winter, there was no effect of feces on pasture structure, which had compromised their structural characteristics when compared to spring and summer. The effect of feces on the structure of marandu palisadegrass depends on the time of year.


As fezes depositadas pelos bovinos nas pastagens alteram o desenvolvimento e o consumo da planta forrageira, o que tem efeito sobre a estrutura do pasto. Nesse sentido, objetivou-se caracterizar as mudanças que ocorrem nas propriedades estruturais da Urochloa brizantha cv.Marandu (capim-marandu) sob pastejo rotativo como consequência da deposição natural das fezes pelos bovinos na pastagem. Durante as estações do ano, foram avaliados dois locais no piquete, um próximo e outro distante das fezes depositadas pelos bovinos. O delineamento foi em blocos casualizados com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas no tempo. As avaliações ocorreram nas quatro estações do ano. Nas estações com clima favorável ao crescimento vegetal, o pasto de capim-marandu próximo das fezes apresentou maior altura, massa de forragem e percentagem de colmo vivo em comparação ao pasto distante das fezes. No inverno, não ocorreram efeitos das fezes sobre a estrutura do pasto, que teve suas características estruturais comprometidas quando comparadas à primavera e ao verão. O efeito das fezes sobre a estrutura do capim-marandu depende da época do ano.


Assuntos
Esterco/análise , Pastagens/análise , Poaceae/crescimento & desenvolvimento , Bovinos , Estações do Ano
18.
Vet. Not. ; 23(2): 56-72, maio-dez. 2017. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-18204

Resumo

The feces deposited on pasture by cattle alter the development and consumption of forage plant which has effect on the structure of the pasture. In this sense, the objective was to characterize the changes that occur in the structural characteristics of Urochloa brizantha cv. Marandu under rotational grazing as a result of natural deposition of feces by cattle in the pasture. During the seasons, were evaluated in two locations picket the near and distant other deposited by feces of cattle. The design was a randomized block with four replications. Evaluations occurred in four seasons. At stations with a favorable climate for plant growth, the pasture near the stools had higher height, herbage mass and percentage of live stem, compared to the far pasture from feces. In winter, there was no effect of feces on pasture structure, which had compromised their structural characteristics when compared to spring and summer. The effect of feces on the structure of marandu palisadegrass depends on the time of year.(AU)


As fezes depositadas pelos bovinos nas pastagens alteram o desenvolvimento e o consumo da planta forrageira, o que tem efeito sobre a estrutura do pasto. Nesse sentido, objetivou-se caracterizar as mudanças que ocorrem nas propriedades estruturais da Urochloa brizantha cv.Marandu (capim-marandu) sob pastejo rotativo como consequência da deposição natural das fezes pelos bovinos na pastagem. Durante as estações do ano, foram avaliados dois locais no piquete, um próximo e outro distante das fezes depositadas pelos bovinos. O delineamento foi em blocos casualizados com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas no tempo. As avaliações ocorreram nas quatro estações do ano. Nas estações com clima favorável ao crescimento vegetal, o pasto de capim-marandu próximo das fezes apresentou maior altura, massa de forragem e percentagem de colmo vivo em comparação ao pasto distante das fezes. No inverno, não ocorreram efeitos das fezes sobre a estrutura do pasto, que teve suas características estruturais comprometidas quando comparadas à primavera e ao verão. O efeito das fezes sobre a estrutura do capim-marandu depende da época do ano.(AU)


Assuntos
Poaceae/crescimento & desenvolvimento , Esterco/análise , Pastagens/análise , Estações do Ano , Bovinos
19.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 18: 1-13, 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473546

Resumo

Este trabalho foi desenvolvido de 25 de fevereiro a 01 de julho de 2012 para recomendar a(s) dose(s) de nitrogênio e o(s) período(s) de diferimento que resultam em pastos diferidos de Brachiaria brizantha cv. Piatã (capim-piatã) com características estruturais adequadas ao consumo animal. Foram avaliadas combinações entre períodos de diferimento e condições de adubação nitrogenada. Os períodos de diferimento foram longo (127 dias) e curto (79 dias). As doses de nitrogênio foram de 0, 40, 80 e 120 kg/ha. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com três repetições. O índice de área foliar (IAF) e a interceptação luminosa (IL) aumentaram com a aplicação de nitrogênio. Na ausência ou dose pequena de nitrogênio, o pasto diferido por curto período apresentou IAF e IL inferiores ao manejado com longo período de diferimento. A dose de nitrogênio só influenciou a densidade de perfilhos basais vegetativos. O menor período de diferimento resultou em maiores números de perfilhos basais e aéreos vegetativos, assim como número inferior de perfilho basal reprodutivo. O nitrogênio aumentou o comprimento da lâmina foliar e do colmo do perfilho vegetativo. Longo período de diferimento resultou em colmo e lâmina foliar mais compridos e maior número de folhas mortas. O capim-piatã pode ser diferido por 80 dias, com aplicação de 80 kg/ha de nitrogênio no início do período de diferimento.


This study was conducted from Feb. 25th, 2012 to Jul. 1st, 2012 to recommend nitrogen doses and deferment periods that result in deferred Brachiaria brizantha cv. Piatã (piatã grass) pastures with structural characteristics suitable for animal consumption. Combinations were evaluated between deferment periods and nitrogen fertilization conditions. The deferment periods were long (127 days) and short (79 days). Nitrogen doses were 0, 40, 80, and 120 kg/ha. The experimental design was a randomized block with three replications. The leaf area index (LAI) and light interception (LI) increased with the application of nitrogen. In the absence or at a small nitrogen dose, pasture deferred for short periods presented lower LAI and LI than pasture managed with long deferment period. The nitrogen only influenced the density of vegetative basal tillers. The lower deferment period resulted in a greater number of basal tillers and vegetative air, as well as fewer reproductive basal tillers. Nitrogen increased the length of the leaf blade and the vegetative tiller stem. Long deferral period resulted in longer stem and leaf blade and a larger number of dead leaves. Piatã grass can be deferred for 80 days, with application of 80 kg/ha of nitrogen at the beginning of the deferment period.


Assuntos
Brachiaria , Nitrogênio/administração & dosagem , Fertilizantes
20.
Ci. Anim. bras. ; 18: 1-13, 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-16888

Resumo

Este trabalho foi desenvolvido de 25 de fevereiro a 01 de julho de 2012 para recomendar a(s) dose(s) de nitrogênio e o(s) período(s) de diferimento que resultam em pastos diferidos de Brachiaria brizantha cv. Piatã (capim-piatã) com características estruturais adequadas ao consumo animal. Foram avaliadas combinações entre períodos de diferimento e condições de adubação nitrogenada. Os períodos de diferimento foram longo (127 dias) e curto (79 dias). As doses de nitrogênio foram de 0, 40, 80 e 120 kg/ha. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com três repetições. O índice de área foliar (IAF) e a interceptação luminosa (IL) aumentaram com a aplicação de nitrogênio. Na ausência ou dose pequena de nitrogênio, o pasto diferido por curto período apresentou IAF e IL inferiores ao manejado com longo período de diferimento. A dose de nitrogênio só influenciou a densidade de perfilhos basais vegetativos. O menor período de diferimento resultou em maiores números de perfilhos basais e aéreos vegetativos, assim como número inferior de perfilho basal reprodutivo. O nitrogênio aumentou o comprimento da lâmina foliar e do colmo do perfilho vegetativo. Longo período de diferimento resultou em colmo e lâmina foliar mais compridos e maior número de folhas mortas. O capim-piatã pode ser diferido por 80 dias, com aplicação de 80 kg/ha de nitrogênio no início do período de diferimento.(AU)


This study was conducted from Feb. 25th, 2012 to Jul. 1st, 2012 to recommend nitrogen doses and deferment periods that result in deferred Brachiaria brizantha cv. Piatã (piatã grass) pastures with structural characteristics suitable for animal consumption. Combinations were evaluated between deferment periods and nitrogen fertilization conditions. The deferment periods were long (127 days) and short (79 days). Nitrogen doses were 0, 40, 80, and 120 kg/ha. The experimental design was a randomized block with three replications. The leaf area index (LAI) and light interception (LI) increased with the application of nitrogen. In the absence or at a small nitrogen dose, pasture deferred for short periods presented lower LAI and LI than pasture managed with long deferment period. The nitrogen only influenced the density of vegetative basal tillers. The lower deferment period resulted in a greater number of basal tillers and vegetative air, as well as fewer reproductive basal tillers. Nitrogen increased the length of the leaf blade and the vegetative tiller stem. Long deferral period resulted in longer stem and leaf blade and a larger number of dead leaves. Piatã grass can be deferred for 80 days, with application of 80 kg/ha of nitrogen at the beginning of the deferment period.(AU)


Assuntos
Brachiaria , Nitrogênio/administração & dosagem , /anatomia & histologia , Fertilizantes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA