Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 19(1): e200033, 2021. tab, graf, mapas
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1154965

Resumo

We aimed to improve the understanding of the establishment of Serrasalmus marginatus (non-native), which was followed by a decrease in the abundance of Serrasalmus maculatus (native) in the upper Paraná River floodplain. We estimated age, mortality rate, length and age at first maturity and variations in gonad development in three time-periods along a 26-year truncated time scale for both species. Population and reproduction parameters of both species showed substantial fluctuations among periods. Most age classes were sampled in all time-periods, but with considerable difference in abundance, with predominance of older individuals in the second time-period and younger individuals in the third time-period for both species. The mortality rates decreased for both species in the second time-period, but increased for the native in the third time-period. Length and age at first maturity decreased in the second time-period for both species, increasing the number of mature individuals on their populations. In the third time-period, the number of immature individuals increased for both species. We suggest that species experienced stressful conditions during cooccurrence and this have resulted in physiological responses in both species, reflecting in population and reproductive adjustments that may have relaxed competitive interactions between them, optimizing survival, reproductive effort and coexistence.(AU)


Nosso objetivo foi aumentar o conhecimento sobre o estabelecimento de Serrasalmus marginatus (não nativa), que foi seguido pela diminuição na abundância de Serrasalmus maculatus (nativa) na planície de inundação do alto rio Paraná. Estimamos a idade, taxa de mortalidade, comprimento e idade de primeira maturação e variações no desenvolvimento gonadal em três períodos ao longo de 26 anos para as espécies. Os parâmetros populacionais e de reprodução das espécies mostraram flutuações substanciais. A maioria das faixas etárias foi amostrada em todos os períodos, mas com diferenças consideráveis na abundância, predominando indivíduos mais velhos no segundo período e indivíduos mais jovens no terceiro período para ambas as espécies. A taxa de mortalidade diminuiu para as espécies no segundo período, mas aumentou para a espécie nativa no terceiro período. O comprimento e a idade de primeira maturação diminuíram no segundo período para as espécies, aumentando o número de indivíduos adultos. No terceiro período, o número de indivíduos imaturos aumentou para ambas as espécies. Sugerimos que as espécies passaram por condições estressantes durante a coocorrência, resultando em respostas fisiológicas que desencadearam ajustes populacionais e reprodutivos que podem ter minimizado a interação competitiva entre elas, otimizando a sobrevivência, o esforço reprodutivo e a coexistência.(AU)


Assuntos
Animais , Mortalidade , Caraciformes/classificação , Sobrevivência , Grupos Etários , Rios
2.
Neotrop. ichthyol ; 19(1): e200033, 2021. tab, graf, mapas
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31546

Resumo

We aimed to improve the understanding of the establishment of Serrasalmus marginatus (non-native), which was followed by a decrease in the abundance of Serrasalmus maculatus (native) in the upper Paraná River floodplain. We estimated age, mortality rate, length and age at first maturity and variations in gonad development in three time-periods along a 26-year truncated time scale for both species. Population and reproduction parameters of both species showed substantial fluctuations among periods. Most age classes were sampled in all time-periods, but with considerable difference in abundance, with predominance of older individuals in the second time-period and younger individuals in the third time-period for both species. The mortality rates decreased for both species in the second time-period, but increased for the native in the third time-period. Length and age at first maturity decreased in the second time-period for both species, increasing the number of mature individuals on their populations. In the third time-period, the number of immature individuals increased for both species. We suggest that species experienced stressful conditions during cooccurrence and this have resulted in physiological responses in both species, reflecting in population and reproductive adjustments that may have relaxed competitive interactions between them, optimizing survival, reproductive effort and coexistence.(AU)


Nosso objetivo foi aumentar o conhecimento sobre o estabelecimento de Serrasalmus marginatus (não nativa), que foi seguido pela diminuição na abundância de Serrasalmus maculatus (nativa) na planície de inundação do alto rio Paraná. Estimamos a idade, taxa de mortalidade, comprimento e idade de primeira maturação e variações no desenvolvimento gonadal em três períodos ao longo de 26 anos para as espécies. Os parâmetros populacionais e de reprodução das espécies mostraram flutuações substanciais. A maioria das faixas etárias foi amostrada em todos os períodos, mas com diferenças consideráveis na abundância, predominando indivíduos mais velhos no segundo período e indivíduos mais jovens no terceiro período para ambas as espécies. A taxa de mortalidade diminuiu para as espécies no segundo período, mas aumentou para a espécie nativa no terceiro período. O comprimento e a idade de primeira maturação diminuíram no segundo período para as espécies, aumentando o número de indivíduos adultos. No terceiro período, o número de indivíduos imaturos aumentou para ambas as espécies. Sugerimos que as espécies passaram por condições estressantes durante a coocorrência, resultando em respostas fisiológicas que desencadearam ajustes populacionais e reprodutivos que podem ter minimizado a interação competitiva entre elas, otimizando a sobrevivência, o esforço reprodutivo e a coexistência.(AU)


Assuntos
Animais , Mortalidade , Caraciformes/classificação , Sobrevivência , Grupos Etários , Rios
3.
Neotrop. ichthyol ; 16(4)out. 2018. mapas, ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-964160

Resumo

Here we choose the sábalo Prochilodus lineatus, to answer the following questions: How the otolith length and weight are correlated to fish measurements (length and weight)? How reliable are the otoliths measurements to predict the length and age of P. lineatus? Finally, we propose predictive equations of the length and weight of the fish using length and weight of the otolith. The otoliths were sampled from individuals collected in the Upper Paraná River floodplain during 2012 and 2013 years. The relationships among the otolith measurements and both length and weight of the fish were performed using linear regressions. To test whether the length and weight of the otolith differ between the sampled sites, Variance Analysis was performed. Finally, we made analysis of Kruskal-Wallis to verify if the measurements obtained through the otoliths could be used to distinguish the age of the fish. We demonstrate that the length and weight of the otolith are good proxies to predict the length and weight of the fish. Although some ages were statistically different, this result does not support the idea that the age of the fish can be accurately inferred only using otolith measures.(AU)


Neste trabalho o curimba Prochilodus lineatus foi utilizado para responder as seguintes questões: Como o comprimento e o peso dos otólitos são correlacionados com o comprimento e o peso do peixe? Até que ponto as medidas dos otólitos são confiáveis para predizer a idade do P. lineatus? Finalmente, nós propomos equações preditivas do comprimento e peso do peixe utilizando o comprimento e o peso do otólito. Os otólitos foram amostrados de indivíduos coletados na planície de inundação do alto rio Paraná durante os anos de 2012 e 2013. As relações entre as medidas dos otólitos e o peso e comprimento do peixe foram verificadas utilizando regressões lineares. Para testar se o comprimento e o peso do otólito diferem entre locais foram utilizadas Análises de Variância e para testar se as medidas dos otólitos são suficientes para distinguir as idades foram utilizados testes de Kruskal-Wallis. Nós demonstramos que o comprimento e o peso do otólito são bons preditores do comprimento e peso do peixe. Embora algumas idades foram estatisticamente diferentes entre as medidas dos otólitos, esse resultado não suporta a ideia de que a idade do peixe pode ser inferida de forma acurada somente utilizando as medidas dos otólitos.(AU)


Assuntos
Animais , Peso Corporal , Membrana dos Otólitos/anatomia & histologia , Caraciformes/anatomia & histologia , Grupos Etários
4.
Neotrop. ichthyol ; 16(4): e180094, out. 2018. mapas, ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17297

Resumo

Here we choose the sábalo Prochilodus lineatus, to answer the following questions: How the otolith length and weight are correlated to fish measurements (length and weight)? How reliable are the otoliths measurements to predict the length and age of P. lineatus? Finally, we propose predictive equations of the length and weight of the fish using length and weight of the otolith. The otoliths were sampled from individuals collected in the Upper Paraná River floodplain during 2012 and 2013 years. The relationships among the otolith measurements and both length and weight of the fish were performed using linear regressions. To test whether the length and weight of the otolith differ between the sampled sites, Variance Analysis was performed. Finally, we made analysis of Kruskal-Wallis to verify if the measurements obtained through the otoliths could be used to distinguish the age of the fish. We demonstrate that the length and weight of the otolith are good proxies to predict the length and weight of the fish. Although some ages were statistically different, this result does not support the idea that the age of the fish can be accurately inferred only using otolith measures.(AU)


Neste trabalho o curimba Prochilodus lineatus foi utilizado para responder as seguintes questões: Como o comprimento e o peso dos otólitos são correlacionados com o comprimento e o peso do peixe? Até que ponto as medidas dos otólitos são confiáveis para predizer a idade do P. lineatus? Finalmente, nós propomos equações preditivas do comprimento e peso do peixe utilizando o comprimento e o peso do otólito. Os otólitos foram amostrados de indivíduos coletados na planície de inundação do alto rio Paraná durante os anos de 2012 e 2013. As relações entre as medidas dos otólitos e o peso e comprimento do peixe foram verificadas utilizando regressões lineares. Para testar se o comprimento e o peso do otólito diferem entre locais foram utilizadas Análises de Variância e para testar se as medidas dos otólitos são suficientes para distinguir as idades foram utilizados testes de Kruskal-Wallis. Nós demonstramos que o comprimento e o peso do otólito são bons preditores do comprimento e peso do peixe. Embora algumas idades foram estatisticamente diferentes entre as medidas dos otólitos, esse resultado não suporta a ideia de que a idade do peixe pode ser inferida de forma acurada somente utilizando as medidas dos otólitos.(AU)


Assuntos
Animais , Peso Corporal , Membrana dos Otólitos/anatomia & histologia , Caraciformes/anatomia & histologia , Grupos Etários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA