Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 14 de 14
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 53(12): e20210661, 2023. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1434387

Resumo

Effective protocols for in vitro rooting for woody fruit trees are still a challenge for in vitro seedling production, especially when there is a need to insert new cultivars or rootstocks. These protocols are essential to accelerate studies in plant breeding programs and for seedling distribution. This study evaluated the use of 6-Benzylaminopurine (IBA) in in vitro rooting of Pyruscomunnis rootstocks, clones 'OHxF87' and Pyrodwarf. Explant exposure times (0, 24, 48, 72, and 96 hours) to 20 mg L-1 IBA were tested for in vitro rooting. The exposure to IBA resulted in rooting rates above 80%, surpassing some results reported in the literature. The 24-hour treatment provided 81,81% survival, leading to an average growth of five roots with 19 mm length, for 'OHxF87' rootstock. The same exposure time resulted in the highest survival rate (75%) and the highest mean root number, seven roots per plant with 10 mm length, for 'PDW' rootstock. Root formation did not occur in the absence of synthetic auxin. Therefore, it can be concluded that a 24-hour exposure at 20 mg L-1 IBA was sufficient to promote in vitro rooting in 'OHxF87' and Pyrodwarf rootstocks'.


Protocolos eficazes de enraizamento in vitro de frutíferas lenhosas ainda são um desafio para produção de mudas in vitro, especialmente quando há necessidade de inserção de novas cultivares ou porta-enxerto. Esses protocolos são essenciais para acelerar estudos nos programas de melhoramento genético e também para distribuição posterior das mudas. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar a utilização da 6-Benzilaminopurina no enraizamento in vitro de porta-enxerto Pirus comunnis, clones 'OHxF87' e Pyrodwarf. Para o enraizamento, foi testado o tempo de exposição dos explantes ao AIB. Para tanto, foram utilizados 20 mg L-1 do fitohormônio nas horas 0, 24, 48, 72 e 96 horas. A exposição ao AIB resultou em taxas de enraizamento acima de 80%, superando alguns resultados encontrados na literatura. Para o porta-enxerto 'OHxF87', o tratamento de 24 horas proporcionou 81,81% de sobrevivência, promovendo em média cinco raízes com comprimento de 19 mm. O mesmo tratamento para o porta-enxerto 'PDW' resultou na maior taxa de sobrevivência (75%), bem como no maior número médio de raízes, sete raízes por planta, com comprimento de 10 mm. Na ausência de auxina sintética, a formação de raízes não ocorreu. Assim sendo, podemos concluir que o tempo de exposição de 24 horas a 20 mg L-1 de IBA foi suficiente para promover o enraizamento de porta-enxertos Pyrus communis de 'OHxF87' e 'PDW'.


Assuntos
Técnicas In Vitro , Pyrus/crescimento & desenvolvimento , Desenvolvimento Vegetal
2.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 22(1): 52-62, mar. 2023. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1426285

Resumo

A cafeicultura vem crescendo cada vez mais no Brasil e, diante disso, tecnologias são desenvolvidas constantemente para obtenção de maiores produtividades. Nesse contexto, vem sendo estudado o efeito do mulching de polietileno e fontes de adubo na cafeicultura. O objetivodesse trabalho foi avaliar a incidência de bicho-mineiro e ácaro-vermelho em cafeeiro em função do uso do mulchingde polietileno e adubos (liberação controlada e convencional). A pesquisa foi realizada na área experimental da Universidade Federalde Uberlândia ­CampusMonte Carmelo, Minas Gerais, com a cultivar de Coffea arabicaIPR 100, com delineamento em blocos casualizados e quatro repetições. Foram testados os seguintes tratamentos: T1 -mulchingdupla face branco/preto com adubo convencional; T2 ­mulchingdupla face branco/preto com adubo de liberação controlada; T3 ­mulchingdupla face prata/preto com adubo convencional; T4 ­mulchingdupla face prata/preto com adubo de liberação controlada; T5 ­Sem mulchingcom adubo convencional; T6 ­Sem mulchingcom adubo de liberação controlada. As avaliações ocorreram quinzenalmente de julho de 2020 a dezembro de 2020, mediante a constatação da presença ou ausência de ácaro-vermelho e de lagartas de bicho-mineiro. Os picos de densidade populacional para bicho-mineiro ocorreram no período de julho a outubro de 2020, e para ácaro-vermelho no mês de agosto, devido à baixa umidade relativa do ar e precipitação. Assim, conclui-se que a utilização do mulchingdupla face prata/preto proporcionou maior atratividade do bicho-mineiro-do-cafeeiro. Já as fontes de adubo não influenciaram na probabilidade de ocorrência deste inseto-praga. Além disso, os adubos convencionais, bem como os de liberação controlada, e a ausência/presença de coberturas do solo, não influenciaram na incidência deácaro-vermelho em cafeeiros da região do Cerrado Mineiro.(AU)


Coffee crop has been growing increasingly in Brazil and, in view of this, technologies are constantly being developedto obtain greater productivity. In this context, the effect of polyethylene mulchingas a source of fertilizer on coffee production has been studied. The objective of this work was to evaluate the incidence of leaf miner and red mite in coffee as a function of the use of polyethylene mulching and controlled and conventional release fertilizer. The research was carried out in the experimental area of the Federal University of Uberlândia -Campus Monte Carmelo, Minas Gerais, with the cultivar IPR 100, in arandomized block design with four blocks. The following treatments were tested: T1 -double-faced white/black mulchingwith conventional fertilizer; T2 ­white/black double-sided mulchingwith controlled release fertilizer; T3 ­double-sided silver/black mulchingwith conventional fertilizer; T4 ­silver/black double-sided mulchingwith controlled release fertilizer; T5 ­No mulchingwith conventional fertilizer; T6 ­No mulchingwith controlledreleasefertilizer. The evaluations took place fortnightly from July 2020 to December 2020, upon verification of the presence or absence of leaf miner and red mite caterpillars. Population density peaks for leaf miner occurred from July to October 2020, and for red mite in August, due to low relative humidity and precipitation. Thus, it is concluded that the use of double-sided silver/black mulching provided greater attractiveness to the coffee leaf miner. The fertilizer sources did not influence the probability of occurrence of this insect pest. In addition, conventional fertilizers, as well as those of controlled release, and the absence/presence of soil coverings, did not influence the incidence of red mite in coffee trees in the Cerrado Mineiro region.(AU)


Assuntos
Café/fisiologia , Polietileno/administração & dosagem , Lepidópteros/química , Fertilizantes/efeitos adversos , Infestações por Ácaros/imunologia , Ácaros/química
3.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 21(4): 504-515, dez. 2022. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1413630

Resumo

Physalis peruviana (Solanaceae) is an exotic fruit that is still little cultivated in Brazil when compared to other species. As a result, information related to management that can contribute to the development of the crop and pest control is scarce. Thus, the objective of this work was to evaluate the effects of spraying diatomaceous earth (DE) on the phytotechnical parameters of the crop and fruit quality, as well as on the induced resistance to arthropods pest in P. peruviana. The experimental design was in randomized blocks, with five treatments, which refer to the concentrations of DE (T1 - 0 g L-1; T2 - 1 g L-1; T3 - 3 g L-1; T4 - 6 g L-1 and T5 - 9 g L-1) and eight blocks. Phytotechnical characteristics of the crop and quality (soluble solids) of the fruits were evaluated, as well as the induction of resistance by evaluating the incidence of arthropods pest. There was no significant difference between the DE concentrations for the phytotechnical and quality variables and those related to the feeding preference of herbivorous insects (number and percentage of leaves with holes). However, plants treated with DE were less preferred for oviposition by Bemisia tabaci and Lema bilineata, and fewer whitefly adults and L. bilineata larvae and adults were also recorded. Thus, it is concluded that DE has no effect on phytotechnical and quality parameters of physalis, but induces resistance against arthropods pest such as B. tabaci and L. bilineata.(AU)


Physalis peruviana (Solanaceae) é uma frutífera exótica ainda pouco cultivada no Brasil quando comparada a outras espécies. Em função disso, informações relacionadas ao manejo que possam contribuir para o desenvolvimento da cultura e controle de pragas são escassas. Assim, objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da pulverização da terra diatomácea (TD) nos parâmetros fitotécnicos da cultura e de qualidade dos frutos, bem como na resistência induzida a artrópodes-praga em P. peruviana. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com cinco tratamentos, que se referem as concentrações de TD (T1 - 0 g L-1; T2 - 1 g L-1; T3 - 3 g L-1; T4 - 6 g L-1 e T5 - 9 g L-1) e oito blocos. Foram avaliadas características fitotécnicas da cultura e de qualidade (sólidos solúveis) dos frutos, bem como a indução de resistência mediante avaliação da incidência dos artrópodes-praga. Não houve diferença significativa entre as concentrações de TD para as variáveis fitotécnicas, de qualidade e aquelas relacionadas à preferência alimentar dos insetos herbívoros (número e porcentagem de folhas com orifícios). Contudo, as plantas tratadas com TD foram menos preferidas para oviposição por Bemisia tabaci e Lema bilineata, sendo registrado também menor número de adultos da mosca-branca e de larvas e adultos de L. bilineata. Dessa forma, conclui-se que a TD não apresenta efeito nos parâmetros fitotécnicos e de qualidade da physalis, mas induz resistência contra artrópodes-praga como B. tabaci e L. bilineata.(AU)


Assuntos
Animais , 24444 , Physalis , Terra de Diatomáceas/análise , Artrópodes/química
4.
Colloq. Agrar ; 17(2): 77-82, mar.-abr. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1481627

Resumo

One of the factors that can compromise the strawberry culture is the use of seedlings without phytosanitary quality. The aim of this study was to evaluate the use of three biological products in the production of strawberry cultivars. For this, six cultivars ('Camino Real', 'Festival', 'Oso Grande', 'Albion', 'San Andreas' and 'Camarosa') were selected to receive the following treatments: T1) Onix (2.4 mL) + Qualit (0.6 mL) (Bacillus methylotrophicus+ Trichoderma asperellum); T2) Rhizos (2.4 mL) + Qualit (0.6 mL) (Bacillus subtilis+ Trichoderma asperellum) and T3) Control. After the production cycle, the total production (g kg-1), estimated average production (kg ha-1) and number of fruits in each plot were evaluated. 'Festival' and 'Oso Grande' were the most productive cultivars and their greatest yields were observed in the presence of Bacilluscompared to control. Plants grown in the presence of B. methylotrophicus and B. subtilisshowed a higher number of fruits. The use of these biological products is important for strawberry cultivation.


Dentre os fatores que podem comprometer a cultura do morangueiro destaca-se a utilização de mudas sem qualidade fitossanitária. O objetivo desse estudo foi avaliar a utilização de três produtos biológicos na produção de cultivares de morango. Para isso, seis cultivares (‘Camino Real’, ‘Festival’, ‘Oso Grande’, ‘Albion’, ‘San Andreas’ e ‘Camarosa’) receberam os seguintes tratamentos: T1) Onix (2,4 mL) + Qualit (0,6 mL) (Bacillus methylotroficos+ Trichoderma asperellum); T2) Rizos (2,4 mL) + Qualit (0,6 mL) (Bacillus subtilis+ T. asperellum) e T3) Controle. Após o ciclo de produção foram avaliadas a produção total (kg ha-1) e o número de frutos em cada parcela. As cultivares ‘Festival’ e ‘Oso Grande’ foram as mais produtivas e suas maiores produções foram observadas na presença dos Bacillusem relação ao controle. Plantas cultivadas na presença de B. methylotrophicus e B. subtilis apresentaram maior número de frutos. O emprego desses produtos biológicos mostra-se importante para a cultura do morango.


Assuntos
Bacillus , Controle Biológico de Vetores , Fragaria/crescimento & desenvolvimento
5.
Colloq. agrar. ; 17(2): 77-82, mar.-abr. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30752

Resumo

One of the factors that can compromise the strawberry culture is the use of seedlings without phytosanitary quality. The aim of this study was to evaluate the use of three biological products in the production of strawberry cultivars. For this, six cultivars ('Camino Real', 'Festival', 'Oso Grande', 'Albion', 'San Andreas' and 'Camarosa') were selected to receive the following treatments: T1) Onix (2.4 mL) + Qualit (0.6 mL) (Bacillus methylotrophicus+ Trichoderma asperellum); T2) Rhizos (2.4 mL) + Qualit (0.6 mL) (Bacillus subtilis+ Trichoderma asperellum) and T3) Control. After the production cycle, the total production (g kg-1), estimated average production (kg ha-1) and number of fruits in each plot were evaluated. 'Festival' and 'Oso Grande' were the most productive cultivars and their greatest yields were observed in the presence of Bacilluscompared to control. Plants grown in the presence of B. methylotrophicus and B. subtilisshowed a higher number of fruits. The use of these biological products is important for strawberry cultivation.(AU)


Dentre os fatores que podem comprometer a cultura do morangueiro destaca-se a utilização de mudas sem qualidade fitossanitária. O objetivo desse estudo foi avaliar a utilização de três produtos biológicos na produção de cultivares de morango. Para isso, seis cultivares (‘Camino Real, ‘Festival, ‘Oso Grande, ‘Albion, ‘San Andreas e ‘Camarosa) receberam os seguintes tratamentos: T1) Onix (2,4 mL) + Qualit (0,6 mL) (Bacillus methylotroficos+ Trichoderma asperellum); T2) Rizos (2,4 mL) + Qualit (0,6 mL) (Bacillus subtilis+ T. asperellum) e T3) Controle. Após o ciclo de produção foram avaliadas a produção total (kg ha-1) e o número de frutos em cada parcela. As cultivares ‘Festival e ‘Oso Grande foram as mais produtivas e suas maiores produções foram observadas na presença dos Bacillusem relação ao controle. Plantas cultivadas na presença de B. methylotrophicus e B. subtilis apresentaram maior número de frutos. O emprego desses produtos biológicos mostra-se importante para a cultura do morango.(AU)


Assuntos
Bacillus , Fragaria/crescimento & desenvolvimento , Controle Biológico de Vetores
6.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 18(1): 146-149, 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488296

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o crescimento de bananeiras micropropagadas cv. BRS FHIA-18 em condições de casa de vegetação com uso de Basacote® e substratos. Para a instalação do experimento, foram utilizadas bananeiras micropropagadas cv. BRS FHIA-18. Os tratamentos foram constituídos de concentrações de Basacote® (0; 3; 6 e 9 kg m-3 de substrato) e substratos: Plantmax® HT, Plantmax® HT + casca de arroz carbonizada (CAC) e terra de subsolo + CAC. Após 90 dias do transplantio, foram avaliados altura de planta (cm), comprimento do sistema radicular (cm), número de raízes e relação entre massa seca (g) da parte aérea e raízes. O substrato Plantmax® HT acrescido de 3 kg m-3 de Basacote® é o mais indicado visando o melhor crescimento de bananeiras cv. BRS FHIA-18 na fase de aclimatização.


The objective of this study was to evaluate the growth of micropropagated banana trees cv. BRS FHIA-18 in conditions of greenhouse with use of Basacote® and substrates. For the installation of the experiment, we used banana micropropagated plants cv. BRS FHIA-18. The treatments consisted of Basacote® concentrations (0, 3, 6 and 9 kgm-3 of substrate) and substrates: Plantmax® HT, Plantmax® HT + carbonized rice chaffe (CAC) and subsoil land + CAC. After 90 days of transplanting, we evaluated plant height (cm), root system length (cm), number of roots, and relationship between the dry weight (g) of shoot and roots.  Plantmax® HT substrate plus 3 kg m-3 Basacote® is the most suitable for the best growth of banana trees cv. BRS FHIA-18 in the acclimatization phase.


Assuntos
Esterco , Fertilizantes , Musa/crescimento & desenvolvimento , Musa/efeitos dos fármacos , Substratos para Tratamento Biológico
7.
R. Ci. agrovet. ; 18(1): 146-149, 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-27914

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o crescimento de bananeiras micropropagadas cv. BRS FHIA-18 em condições de casa de vegetação com uso de Basacote® e substratos. Para a instalação do experimento, foram utilizadas bananeiras micropropagadas cv. BRS FHIA-18. Os tratamentos foram constituídos de concentrações de Basacote® (0; 3; 6 e 9 kg m-3 de substrato) e substratos: Plantmax® HT, Plantmax® HT + casca de arroz carbonizada (CAC) e terra de subsolo + CAC. Após 90 dias do transplantio, foram avaliados altura de planta (cm), comprimento do sistema radicular (cm), número de raízes e relação entre massa seca (g) da parte aérea e raízes. O substrato Plantmax® HT acrescido de 3 kg m-3 de Basacote® é o mais indicado visando o melhor crescimento de bananeiras cv. BRS FHIA-18 na fase de aclimatização.(AU)


The objective of this study was to evaluate the growth of micropropagated banana trees cv. BRS FHIA-18 in conditions of greenhouse with use of Basacote® and substrates. For the installation of the experiment, we used banana micropropagated plants cv. BRS FHIA-18. The treatments consisted of Basacote® concentrations (0, 3, 6 and 9 kgm-3 of substrate) and substrates: Plantmax® HT, Plantmax® HT + carbonized rice chaffe (CAC) and subsoil land + CAC. After 90 days of transplanting, we evaluated plant height (cm), root system length (cm), number of roots, and relationship between the dry weight (g) of shoot and roots.  Plantmax® HT substrate plus 3 kg m-3 Basacote® is the most suitable for the best growth of banana trees cv. BRS FHIA-18 in the acclimatization phase.(AU)


Assuntos
Musa/efeitos dos fármacos , Musa/crescimento & desenvolvimento , Substratos para Tratamento Biológico , Esterco , Fertilizantes
8.
Ci. Rural ; 48(1)2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-734862

Resumo

Salt stress is one of several major abiotic stresses that affect plant growth and development, and there are many evidences that silicon can ameliorate the injuries caused by high salinity. This study presents the results of an assay concerning: (1) the effect of in vitro NaCl-induced salt stress in cape gooseberry plants and (2) the possible mitigating effect of silicon in saline conditions. For that, nodal segments were inoculated in Murashige and Skoog (MS) medium under salinity (0.5 and 1.0% NaCl) with different silicic acid concentrations (0, 0.5 and 1.0g L-1). Phytotechnical characteristics, photosynthetic pigments content, and leaf anatomy were evaluated after 30 days. Shoot length, root length, number of leaves and buds, fresh and dry weight, pigment content, stomatal density and leaf blade thickness were drastically reduced by increased salt level. The supply of silicon (1.0g L-1) has successfully mitigated the effect of salinity at 0.5% NaCl for chlorophyll, carotenoids, stomatal density and leaf blade thickness. When salt stress was about 1.0%, Si was not effective anymore. In conclusion, we affirmed that, in in vitro conditions, salt stress is harmful for cape gooseberry plants and the addition of silicon showed effective in mitigating the saline effects of some features.(AU)


O estresse salino é um dos tipos de estresses abióticos mais severos que afetam o crescimento e desenvolvimento vegetal e existem muitas evidências de que o silício possa amenizar os danos causados pela elevada salinidade. Este estudo apresenta os resultados de uma pesquisa que investigou: (1) o efeito do estresse salino in vitro induzido por NaCl em plantas de fisális e (2) o possível efeito mitigador do silício nas condições salinas. Para isso, segmentos nodais foram inoculados em meio de cultura Murashige e Skoog com dois níveis de salinidade (0,5 e 1,0% de NaCl) adicionado de ácido silícico (0; 0,5 e 1,0g L-1). Características fitotécnicas, conteúdo de pigmentos fotossintéticos e anatomia foliar foram avaliados aos 30 dias. O comprimento da parte aérea e da raiz, número de folhas e gemas, massa fresca e seca, conteúdo de pigmentos, densidade estomática e espessura do limbo foliar diminuíram drasticamente devido ao aumento do nível de salinidade. A aplicação de 1,0g L-1 silício atenuou com sucesso os efeitos salinos para as variáveis conteúdo de pigmentos e anatomia foliar quando a salinidade era de 0,5% NaCl. Já quando o nível de NaCl dobrou, o silício não se mostrou efetivo. Concluindo, pode-se afirmar que, em condições in vitro, o estresse salino é prejudicial à fisális e a adição de silício mostra-se efetiva na mitigação dos efeitos salinos em determinadas características.(AU)


Assuntos
Physalis/anatomia & histologia , Physalis/fisiologia , Tolerância ao Sal , Fatores Abióticos , Desenvolvimento Vegetal
9.
Ci. Rural ; 44(8): 1411-1414, Aug. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28678

Resumo

A physalis (Physalis peruviana L.) é uma frutífera, pertencente à família Solanaceae, muito difundida no mercado internacional, principalmente por seu sabor e suas características medicinais, tornando-a atrativa para o mercado e comercialização. Objetivou-se determinar e correlacionar as características biométricas apresentadas por frutos e sementes e caracterizar física, físico-química e quimicamente o fruto de physalis, cultivado em casa de vegetação em Lavras-MG. Avaliaram-se nos frutos de physalis os caracteres diâmetros transversal e longitudinal do fruto, massa do fruto, massa do fruto com cálice, massa de sementes por fruto, massa de 100 sementes, massa de 1000 sementes e número de sementes por fruto, sendo que essas características foram avaliadas quando o cálice estava no estádio amarelo. Também foram avaliados a firmeza, coloração dos frutos, sólidos solúveis, acidez titulável, pH, açúcares solúveis totais, pectina total e solúvel. O cultivo de physalis (P. peruviana L.) em casa de vegetação pode ser recomendado, pois essa condição possibilita a obtenção de frutos com características adequadas às normas de comercialização, tais como, conteúdo de sólidos solúveis de no mínimo 14ºBrix e ratio 6,0.(AU)


The physalis (Physalis peruviana L.) is a fruit belonging to the Solanaceae family, widespread in the international market, mainly for its flavor and its medicinal characteristics, making it attractive to the market and marketing. This study aimed to determine and correlate the biometrics submitted by fruits and seeds and characterize physical, chemical and physico- chemically physalis fruit grown in the greenhouse in Lavras-MG. Were evaluated in the fruits of physalis characters longitudinal and transverse diameters of the fruit, fruit weight, fruit mass with Chalice, seed mass per fruit, 100 seed weight, weight of 1000 seeds and number of seeds per fruit, and these characteristics were evaluated when the cup was in the yellow stage. We also evaluated the firmness, fruit color, soluble solids, titratable acidity, pH, total soluble sugars, total and soluble pectin. Growing physalis (P. peruviana L.) in a greenhouse can be recommended because this condition allows obtaining appropriate features fruit with marketing standards, such as soluble solids content of at least 14ºBrix and ratio 6.0.(AU)


Assuntos
Physalis/anatomia & histologia , Physalis/química , 24444 , Solanaceae , Frutas
10.
Ciênc. rural (Online) ; 44(8): 1411-1414, Aug. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1479594

Resumo

A physalis (Physalis peruviana L.) é uma frutífera, pertencente à família Solanaceae, muito difundida no mercado internacional, principalmente por seu sabor e suas características medicinais, tornando-a atrativa para o mercado e comercialização. Objetivou-se determinar e correlacionar as características biométricas apresentadas por frutos e sementes e caracterizar física, físico-química e quimicamente o fruto de physalis, cultivado em casa de vegetação em Lavras-MG. Avaliaram-se nos frutos de physalis os caracteres diâmetros transversal e longitudinal do fruto, massa do fruto, massa do fruto com cálice, massa de sementes por fruto, massa de 100 sementes, massa de 1000 sementes e número de sementes por fruto, sendo que essas características foram avaliadas quando o cálice estava no estádio amarelo. Também foram avaliados a firmeza, coloração dos frutos, sólidos solúveis, acidez titulável, pH, açúcares solúveis totais, pectina total e solúvel. O cultivo de physalis (P. peruviana L.) em casa de vegetação pode ser recomendado, pois essa condição possibilita a obtenção de frutos com características adequadas às normas de comercialização, tais como, conteúdo de sólidos solúveis de no mínimo 14ºBrix e ratio 6,0.


The physalis (Physalis peruviana L.) is a fruit belonging to the Solanaceae family, widespread in the international market, mainly for its flavor and its medicinal characteristics, making it attractive to the market and marketing. This study aimed to determine and correlate the biometrics submitted by fruits and seeds and characterize physical, chemical and physico- chemically physalis fruit grown in the greenhouse in Lavras-MG. Were evaluated in the fruits of physalis characters longitudinal and transverse diameters of the fruit, fruit weight, fruit mass with Chalice, seed mass per fruit, 100 seed weight, weight of 1000 seeds and number of seeds per fruit, and these characteristics were evaluated when the cup was in the yellow stage. We also evaluated the firmness, fruit color, soluble solids, titratable acidity, pH, total soluble sugars, total and soluble pectin. Growing physalis (P. peruviana L.) in a greenhouse can be recommended because this condition allows obtaining appropriate features fruit with marketing standards, such as soluble solids content of at least 14ºBrix and ratio 6.0.


Assuntos
24444 , Frutas , Physalis/anatomia & histologia , Physalis/química , Solanaceae
11.
Semina Ci. agr. ; 35(2): 775-780, Mar.-Apr.2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26123

Resumo

A citometria de fluxo é uma técnica que apresenta resultados com extrema rapidez para análises de propriedades celulares como volume, complexidade morfológica e conteúdo de DNA, e é considerada mais conveniente que outras técnicas. Entretanto, as análises muitas vezes geram histogramas com variações que podem ser devidas a vários fatores, dentre os quais, as diferenças entre os softwares que realizam a aquisição dos dados gerados pelo citômetro de fluxo. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho de quatro softwares comumente utilizados em análises de citometria de fluxo, por meio de quantificações do conteúdo de DNA e análises do coeficiente de variação gerados por eles. Foram realizadas leituras de 25 amostras foliares de bananeira NBA (AA) utilizando o citômetro de fluxo modelo FACSCalibur (BD) e 25 histogramas de cada software (CellQuest, WinMDI, FlowJo  e FCS Express) foram analisados para obtenção do conteúdo de DNA estimado e do coeficiente de variação das estimativas. Não há diferença entre os softwares quanto aos valores de conteúdo de DNA. Entretanto, as análises do CV indicaram que a precisão do software WinMDI foi baixa e que os valores de CV foram subestimados, enquanto que os demais softwares apresentaram valores de CV mais condizentes com a literatura. O software CellQuest é recomendado por ser desenvolvido pela própria empresa fabricante do citômetro de fluxo utilizado nas análises do presente trabalho.(AU)


Flow cytometry is a technique that yields rapid results in analyses of cell properties such as volume, morphological complexity and quantitative DNA content, and it is considered more convenient than other techniques. However, the analysis usually generates histograms marked by variations that can be produced by many factors, including differences between the software packages that capture the data generated by the flow cytometer. The objective of the present work was to evaluate the performance of four software products commonly used in flow cytometry based on quantifications of DNA content and analyses of the coefficients of variation associated with the software outputs. Readings were obtained from 25 NBA (AA) banana leaf samples using the FACSCalibur (BD) flow cytometer, and 25 histograms from each software product (CellQuest, WinMDI, FlowJo and FCS Express) were analyzed to obtain the estimated DNA content and the coefficient of variation (CV) of the estimates. The values of DNA content obtained from the software did not differ significantly. However, the CV analysis showed that the precision of the WinMDI software was low and that the CV values were underestimated, whereas the remaining software showed CV values that were in relatively close agreement with those found in the literature. The CellQuest software is recommended because it was developed by the same company that produces the flow cytometer used in the present study.(AU)


Assuntos
Musa , Citometria de Fluxo , DNA/química , DNA/análise
12.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1432850

Resumo

Physalis peruviana (Solanaceae) is an exotic fruit that is still little cultivated in Brazil when compared to other species. As a result, information related to management that can contribute to the development of the crop and pest control is scarce. Thus, the objective of this work was to evaluate the effects of spraying diatomaceous earth (DE) on the phytotechnical parameters of the crop and fruit quality, as well as on the induced resistance to arthropods pest in P. peruviana. The experimental design was in randomized blocks, with five treatments, which refer to the concentrations of DE (T1 - 0 g L-1; T2 - 1 g L-1; T3 - 3 g L-1; T4 - 6 g L-1 and T5 - 9 g L-1) and eight blocks. Phytotechnical characteristics of the crop and quality (soluble solids) of the fruits were evaluated, as well as the induction of resistance by evaluating the incidence of arthropods pest. There was no significant difference between the DE concentrations for the phytotechnical and quality variables and those related to the feeding preference of herbivorous insects (number and percentage of leaves with holes). However, plants treated with DE were less preferred for oviposition by Bemisia tabaci and Lema bilineata, and fewer whitefly adults and L. bilineata larvae and adults were also recorded. Thus, it is concluded that DE has no effect on phytotechnical and quality parameters of physalis, but induces r


Physalis peruviana (Solanaceae) é uma frutífera exótica ainda pouco cultivada no Brasil quando comparada a outras espécies. Em função disso, informações relacionadas ao manejo que possam contribuir para o desenvolvimento da cultura e controle de pragas são escassas. Assim, objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da pulverização da terra diatomácea (TD) nos parâmetros fitotécnicos da cultura e de qualidade dos frutos, bem como na resistência induzida a artrópodes-praga em P. peruviana.  O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com cinco tratamentos, que se referem as concentrações de TD (T1 - 0 g L-1; T2 - 1 g L-1; T3 - 3 g L-1; T4 - 6 g L-1 e T5 - 9 g L-1) e oito blocos. Foram avaliadas características fitotécnicas da cultura e de qualidade (sólidos solúveis) dos frutos, bem como a indução de resistência mediante avaliação da incidência dos artrópodes-praga. Não houve diferença significativa entre as concentrações de TD para as variáveis fitotécnicas, de qualidade e aquelas relacionadas à preferência alimentar dos insetos herbívoros (número e porcentagem de folhas com orifícios). Contudo, as plantas tratadas com TD foram menos preferidas para oviposição por Bemisia tabaci e Lema bilineata, sendo registrado também menor número de adultos da mosca-branca e de larvas e adultos de L. bilineata. Dessa forma, conclui-se que a TD não apresenta efeito nos parâmetr

13.
Semina ciênc. agrar ; 35(2): 775-780, 2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1499548

Resumo

A citometria de fluxo é uma técnica que apresenta resultados com extrema rapidez para análises de propriedades celulares como volume, complexidade morfológica e conteúdo de DNA, e é considerada mais conveniente que outras técnicas. Entretanto, as análises muitas vezes geram histogramas com variações que podem ser devidas a vários fatores, dentre os quais, as diferenças entre os softwares que realizam a aquisição dos dados gerados pelo citômetro de fluxo. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho de quatro softwares comumente utilizados em análises de citometria de fluxo, por meio de quantificações do conteúdo de DNA e análises do coeficiente de variação gerados por eles. Foram realizadas leituras de 25 amostras foliares de bananeira NBA (AA) utilizando o citômetro de fluxo modelo FACSCalibur (BD) e 25 histogramas de cada software (CellQuest, WinMDI, FlowJo  e FCS Express) foram analisados para obtenção do conteúdo de DNA estimado e do coeficiente de variação das estimativas. Não há diferença entre os softwares quanto aos valores de conteúdo de DNA. Entretanto, as análises do CV indicaram que a precisão do software WinMDI foi baixa e que os valores de CV foram subestimados, enquanto que os demais softwares apresentaram valores de CV mais condizentes com a literatura. O software CellQuest é recomendado por ser desenvolvido pela própria empresa fabricante do citômetro de fluxo utilizado nas análises do presente trabalho.


Flow cytometry is a technique that yields rapid results in analyses of cell properties such as volume, morphological complexity and quantitative DNA content, and it is considered more convenient than other techniques. However, the analysis usually generates histograms marked by variations that can be produced by many factors, including differences between the software packages that capture the data generated by the flow cytometer. The objective of the present work was to evaluate the performance of four software products commonly used in flow cytometry based on quantifications of DNA content and analyses of the coefficients of variation associated with the software outputs. Readings were obtained from 25 NBA (AA) banana leaf samples using the FACSCalibur (BD) flow cytometer, and 25 histograms from each software product (CellQuest, WinMDI, FlowJo and FCS Express) were analyzed to obtain the estimated DNA content and the coefficient of variation (CV) of the estimates. The values of DNA content obtained from the software did not differ significantly. However, the CV analysis showed that the precision of the WinMDI software was low and that the CV values were underestimated, whereas the remaining software showed CV values that were in relatively close agreement with those found in the literature. The CellQuest software is recommended because it was developed by the same company that produces the flow cytometer used in the present study.


Assuntos
DNA , Citometria de Fluxo , Musa
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA