Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(3): 703-710, May-June 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1278363

Resumo

Aiming to compare integrated crop, livestock (ICL) and forest (ICLF) systems in relation to ingestive behavior of dairy heifers, a 2 × 2 crossover trial was conducted with two periods and two systems. Eight Girolando (3/4holstein × 1/4 Gyr) heifers were evaluated in pasture of Xaraés palisade grass (Urochloa brizantha 'Xaraes' syn Brachiaria brizantha) managed with intermittent stocking. The ICLF systemhad eucalyptus trees planted in tiers with 65% crown cover. Ingestive behavior parameters were obtained using acoustic data collected with mP3 recorders for 48hours. Statistical analysis was performed using the mixed procedure of SAS, and means were compared using the Tukey-Kramer test at 5% significance. The dry mater intake (DMI), number of daily grazing sessions, and the duration of the grazing sessions did not differ (P<0.05) between systems. A higher (P<0.05) bite rate and total daily bites and lower (P<0.05) bite mass was observed in the ICLF system in relation to ICL. Heifers in shaded pasture change their ingestive behavior in comparison with those in full-sun pasture.(AU)


Com o objetivo de comparar sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP) e lavoura-pecuária-floresta (ILPF) em relação ao comportamento ingestivo de novilhas leiteiras, conduziu-se um ensaio em delineamento crossover 2 × 2, com dois períodos e dois sistemas. Oito novilhas Girolando foram mantidas em pastagens de capim-xaraés (Urochloa brizantha 'Xaraes' syn Brachiaria brizantha) manejadas com lotação intermitente. No sistema ILPF, havia renques de eucalipto com 65% de cobertura de copa. O comportamento ingestivo foi avaliado pela análise de áudios coletados com gravadores de Mp3, durante 48 horas. As análises estatísticas foram realizadas utilizando-se Proc mixed SAS. As médias foram comparadas pelo teste Tukey-Kramer, ao nível de 5% de significância. A ingestão de matéria seca (IMS), o número de sessões de pastejo por dia e a duração das sessões de pastejo não diferiram (P<0,05) entre os sistemas. As maiores (P<0,05) médias de taxa de bocado e de número de bocados por dia e a menor (P<0,05) média de massa de bocado foram observadas no ILPF quando comparado ao ILP. Novilhas em pastagem sombreada alteram seu comportamento ingestivo quando comparadas àquelas que são mantidas em pastagem a pleno sol.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Ingestão de Alimentos , Comportamento Alimentar , Criação de Animais Domésticos/métodos , 24444 , Florestas
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(3): 873-880, maio-jun. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-911645

Resumo

Objetivou-se validar o método de análise de dados bioacústicos na descrição do comportamento em pastejo de novilhas em área de integração lavoura-pecuária (iLP) e floresta (iLPF). Foram utilizadas oito novilhas Girolando (¾Holandês x »Gir) com média de 25±6,8 meses de idade e 268±83kg de peso vivo (PV), distribuídas em delineamento crossover 2x2 (dois sistemas x dois períodos de avaliação). A coleta de dados para análise bioacústica foi realizada utilizando-se gravadores MP3. Esses dados foram analisados pelo software Audacity® para identificação das atividades de pastejo, ruminação e ócio. Concomitantemente, o comportamento também foi avaliado pelo método de observação visual, realizado no período de 8 até 16 horas, em intervalos de 15 minutos. Não houve diferença (P>0,05) entre médias dos tempos (minutos) de pastejo, ruminação e ócio registrados pelos métodos de bioacústica e avaliação visual, sendo, respectivamente, 127 vs. 137; 122 vs. 113 e 238 vs. 216, no sistema iLP, e 134 vs. 103; 130 vs. 165 e 233 vs. 203, no sistema iLPF. Por meio desses resultados, foi possível concluir que o método da bioacústica é uma importante ferramenta para avaliar o comportamento de pastejo em diferentes sistemas de produção a pasto, com a vantagem de possibilitar o registro de atividades durante o período noturno, além de maior praticidade e precisão do que o método observacional.(AU)


Aiming to validate the analysis of bioacoustic data for describing grazing behavior of heifers in integrated crop, livestock (ICL) and forestry (ICLF) systems. Eight 25±6.8 month-old Girolando (¾Holstein × »Gir) heifers with 268±83kg of live weight (LW) were distributed in 2x2 crossover design (two systems x two evaluation periods). Data collection for bioacoustic analysis was done with MP3 recorders. These data were analyzed by Audacity® software for identification of the activities of grazing, rumination, and resting. Concomitantly, behavior was also analyzed by the method of visual observation from 8AM to 4PM in intervals of 15 minutes. There was no difference (P>0.05) between the methods of bioacustic and visual observation considering the means of time (minutes) of grazing, rumination, and resting, respectively: 127 vs. 137; 122 vs. 113; and 238 vs. 216 in ICL system and; 134 vs. 103; 130 vs. 165 and 233 vs. 203 in ICLF system. In conclusion, the bioacustic method is a tool that can be useful for evaluating bovine grazing behavior within different grazing systems, with the advantage of allowing report of activities during the night with higher practicality and precision than the visual observation method.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Comportamento Animal/classificação , Bovinos/metabolismo , Pastagens/análise , Transtornos de Estresse por Calor
3.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(3): 873-880, Maio-Jun. 2018. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-735076

Resumo

Objetivou-se validar o método de análise de dados bioacústicos na descrição do comportamento em pastejo de novilhas em área de integração lavoura-pecuária (iLP) e floresta (iLPF). Foram utilizadas oito novilhas Girolando (¾Holandês x ¼Gir) com média de 25±6,8 meses de idade e 268±83kg de peso vivo (PV), distribuídas em delineamento crossover 2x2 (dois sistemas x dois períodos de avaliação). A coleta de dados para análise bioacústica foi realizada utilizando-se gravadores MP3. Esses dados foram analisados pelo software Audacity® para identificação das atividades de pastejo, ruminação e ócio. Concomitantemente, o comportamento também foi avaliado pelo método de observação visual, realizado no período de 8 até 16 horas, em intervalos de 15 minutos. Não houve diferença (P>0,05) entre médias dos tempos (minutos) de pastejo, ruminação e ócio registrados pelos métodos de bioacústica e avaliação visual, sendo, respectivamente, 127 vs. 137; 122 vs. 113 e 238 vs. 216, no sistema iLP, e 134 vs. 103; 130 vs. 165 e 233 vs. 203, no sistema iLPF. Por meio desses resultados, foi possível concluir que o método da bioacústica é uma importante ferramenta para avaliar o comportamento de pastejo em diferentes sistemas de produção a pasto, com a vantagem de possibilitar o registro de atividades durante o período noturno, além de maior praticidade e precisão do que o método observacional.(AU)


Aiming to validate the analysis of bioacoustic data for describing grazing behavior of heifers in integrated crop, livestock (ICL) and forestry (ICLF) systems. Eight 25±6.8 month-old Girolando (¾Holstein × ¼Gir) heifers with 268±83kg of live weight (LW) were distributed in 2x2 crossover design (two systems x two evaluation periods). Data collection for bioacoustic analysis was done with MP3 recorders. These data were analyzed by Audacity® software for identification of the activities of grazing, rumination, and resting. Concomitantly, behavior was also analyzed by the method of visual observation from 8AM to 4PM in intervals of 15 minutes. There was no difference (P>0.05) between the methods of bioacustic and visual observation considering the means of time (minutes) of grazing, rumination, and resting, respectively: 127 vs. 137; 122 vs. 113; and 238 vs. 216 in ICL system and; 134 vs. 103; 130 vs. 165 and 233 vs. 203 in ICLF system. In conclusion, the bioacustic method is a tool that can be useful for evaluating bovine grazing behavior within different grazing systems, with the advantage of allowing report of activities during the night with higher practicality and precision than the visual observation method.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Comportamento Animal/classificação , Bovinos/metabolismo , Pastagens/análise , Transtornos de Estresse por Calor
4.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 61(2): 438-444, abr. 2009. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6297

Resumo

Determinaram-se a degradabilidade potencial (DP) e a digestibilidade intestinal da proteína não degradada no rúmen (DIPNDR) do capim-elefante em diferentes idades de rebrote (30, 45 e 60 dias) e comparou-se a técnica do saco de náilon móvel (in situ) com o método de três estádios (in vitro). Para tanto, utilizaram-se seis novilhos mestiços canulados no rúmen e duodeno alimentados exclusivamente com capim-elefante picado. O ensaio de degradabilidade foi realizado com amostras do capim incubadas no rúmen por 3, 6, 9, 12, 24, 48, 72, 96 e 120h. A digestibilidade intestinal foi determinada utilizando-se os resíduos de incubação por 24 horas. Na técnica in situ os resíduos em sacos de náilon foram colocados no duodeno e recuperados nas fezes. No método in vitro, os resíduos foram submetidos à digestão com HCl-pepsina-pancreatina. Em amostras de capim com idades de 30, 45 e 60 dias foram observados valores de DP da proteína de 87,5; 87,8 e 83,8 por cento, respectivamente. A DIPNDR variou com a idade do capim e foi semelhante entre os métodos in situ e in vitro somente para o capim com 60 dias. O método in situ apresentou estimativa de digestibilidade intestinal mais coerente com as mudanças na composição química do capim-elefante decorrentes do envelhecimento.(AU)


The potential degradability (PD) and intestinal digestibility of ruminal escape protein (IDREP) of elephant-grass at 30, 45, and 60 days of regrowth were determined and the mobile bag technique (in situ) was compared to the three-stage method (in vitro). Thus, six cross-bred steers with rumen and duodenum canulas were used and fed exclusively with chopped elephant grass. The degradability trial was carried out with grass samples incubated in rumen by 3, 6, 9, 12, 24, 48, 72, 96, and 120 h. The intestinal digestibility was determined using 24-h ruminal incubation residue. In the in situ technique, residues in nylon bags were placed in duodenum and recovered in feces. In the in vitro method, residues were digested with solution of HCl-pepsin-pancreatin. In samples of grass at 30, 45, and 60 days of age, the values of protein PD were 87.5, 87.8, and 83.8 percent, respectively. The IDREP ranged with grass age and it was similar between in situ and in vitro methods only for 60-day old grass. Considering the changes in elephant-grass chemical composition due to aging, the in situ method supplied a more coherent estimative of intestinal digestibility.(AU)


Assuntos
Animais , Rúmen , Absorção Intestinal , Pennisetum/metabolismo , Bovinos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA