Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina Ci. agr. ; 29(3): 579-590, 2008.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-470491

Resumo

This work analyses the effectiveness of public policies in Paraná State, Brazil, related to dairy production in a way to support household farmers, based on the government programme called Milk for Children. From a historical-economic context it verifies which opportunities the dairy sector offers to household farming, to characterize it in the guideline of the actions from Paraná´s government, aiming to partially compensate the exclusion of this category of farmers during the so-called conservative modernization of the agriculture. The results indicate that significant benefits can be drawn, for from producer and poor population from the public policies of support to household farming that guarantee acquisition of first need product such as milk.


Este trabalho analisa a efetividade de políticas públicas paranaenses recentes ligadas à pecuária leiteira no sentido de apoiar a agricultura familiar, tendo como base o programa estadual Leite das Crianças. A partir de um contexto histórico-econômico verificam-se quais as oportunidades que o setor lácteo oferece à agricultura familiar no Estado do Paraná, caracterizando-o na pauta das ações do governo estadual, visando reparar em parte a exclusão do segmento durante a modernização conservadora da agricultura. Os resultados indicam que há substanciais benefícios aos produtores e à população carente oriundos de políticas públicas de apoio à agricultura familiar que garantem a compra de produtos de primeira necessidade, como o leite.    

2.
Semina ciênc. agrar ; 30(4): 1109-1122, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1498500

Resumo

The soybean is the main crop of the Brazilian agricultural sector, both for the area it occupies as by the impact on the gross domestic product of the country. The comparative technological advantages in the production of this commodity put Brazil as the second largest producer and supplier of the world. However, the limitations of the logistics infrastructure for the disposal of production raise the costs of transport. The paper was developed from a historical and economic recovery soybean cultivation and the transport infrastructure, in the period from 1975 to 2005, based on descriptive methodology. Overall, while growth of soybean area cultivated was 305% in the period analyzed, the transport infrastructure was only 25.3%. This study shows that the expansion of the occupied area by the soybean crop, due to technological advances, was not accompanied by the development of transport infrastructure, undermining their competitiveness.


A soja se configura como a principal cultura do setor agrícola brasileiro, tanto pela área que ocupa como pelo impacto no Produto Interno Bruto do país. As vantagens tecnológicas comparativas na produção desta commodity colocam o Brasil como segundo maior produtor e abastecedor mundial. Entretanto, as limitações da infra-estrutura logística para o escoamento da produção elevam os custos de transporte. Assim, o estudo foi desenvolvido, a partir de um resgate histórico-econômico do cultivo da soja e da infra-estrutura de transporte, no período de 1975 a 2005, com base em metodologia descritiva, com o objetivo de verificar as restrições logísticas no transporte da oleaginosa. De modo geral, enquanto o crescimento da área cultivada com soja foi de 305%, no período analisado, o da infra-estrutura de transportes foi de apenas 25,3%. O estudo revela que a expansão da área ocupada pela cultura da soja, decorrente de avanços tecnológicos, não foi acompanhada pelo desenvolvimento da infra-estrutura de transporte, prejudicando sua competitividade.

3.
Semina ciênc. agrar ; 34(6): 3691-3698, 2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1499385

Resumo

As informações sobre a área em plantio direto no Brasil nos últimos 30 anos foram baseadas exclusivamente em estimativas realizadas pela Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha (FEBRAPDP), utilizando dados secundários da EMATER-RS/ASCAR, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER-PR), da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI-SP), da FUNDAÇÃO MS e da Associação de Plantio Direto no Cerrado (APDC). No entanto, com a publicação do Censo Agropecuário de 2006, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009, informações mais precisas foram disponibilizadas sobre a utilização desse sistema e de outros tipos de preparo de solo nas lavouras temporárias no Brasil. Enquanto a estimativa dava conta da existência de 25,6 milhões de hectares de plantio direto na palha no Brasil em 2006, o presente estudo indica que, para o mesmo ano, de acordo com tabulações avançadas do Censo Agropecuário, tal área era de 17,8 milhões de ha. Ainda pelo Censo Agropecuário 2006, foram totalizados 3,8 milhões de ha em cultivo mínimo, 3,1 milhões de ha em sistemas mistos de cultivo mínimo e preparo convencional e 11,8 milhões de ha em preparo convencional, nos 36,6 milhões de ha de lavouras temporárias no país.


Data on no-tillage in Brazil in the last 30 years have been based on estimates made by the Brazilian No-Tillage and Irrigation Farmers Federation (FEBRAPDP). Secondary data have also been used, supplied by the Rural Extension Service of Rio Grande do Sul state (EMATER-RS/ASCAR), the Agricultural Research and Rural Extension Service of Santa Catarina state (EPAGRI), the Institute of Technical Assistance and Rural Extension of Paraná state (EMATER-PR), the Coordination of Integral Technical Assistance of São Paulo state (CATI-SP), the MS Foundation for Research and Diffusion of Agricultural Technologies (MS FOUNDATION), and the Brazilian Savanna No-tillage Farmers Association (APDC). More reliable data on the use of no-tillage and other soil tillage systems for annual crops in Brazil were made available in 2009 after publication of the 2006 Agricultural Census of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). While previous sources reported that the surface area of no-tillage in Brazil was 25.6 million hectares (Mha) in 2006, the present study, based on special tabulations presented by the 2006 Agricultural Census, indicates that no-tillage was used on approximately 17.8 Mha of annual crops. Furthermore, the 2006 Agricultural Census reported that minimum tillage was used on 3.8 Mha, a combination of minimum and conventional tillage was used on 3.1 Mha, and that con

4.
Semina Ci. agr. ; 34(6): 3691-3698, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-471367

Resumo

As informações sobre a área em plantio direto no Brasil nos últimos 30 anos foram baseadas exclusivamente em estimativas realizadas pela Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha (FEBRAPDP), utilizando dados secundários da EMATER-RS/ASCAR, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER-PR), da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI-SP), da FUNDAÇÃO MS e da Associação de Plantio Direto no Cerrado (APDC). No entanto, com a publicação do Censo Agropecuário de 2006, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009, informações mais precisas foram disponibilizadas sobre a utilização desse sistema e de outros tipos de preparo de solo nas lavouras temporárias no Brasil. Enquanto a estimativa dava conta da existência de 25,6 milhões de hectares de plantio direto na palha no Brasil em 2006, o presente estudo indica que, para o mesmo ano, de acordo com tabulações avançadas do Censo Agropecuário, tal área era de 17,8 milhões de ha. Ainda pelo Censo Agropecuário 2006, foram totalizados 3,8 milhões de ha em cultivo mínimo, 3,1 milhões de ha em sistemas mistos de cultivo mínimo e preparo convencional e 11,8 milhões de ha em preparo convencional, nos 36,6 milhões de ha de lavouras temporárias no país.


Data on no-tillage in Brazil in the last 30 years have been based on estimates made by the Brazilian No-Tillage and Irrigation Farmers Federation (FEBRAPDP). Secondary data have also been used, supplied by the Rural Extension Service of Rio Grande do Sul state (EMATER-RS/ASCAR), the Agricultural Research and Rural Extension Service of Santa Catarina state (EPAGRI), the Institute of Technical Assistance and Rural Extension of Paraná state (EMATER-PR), the Coordination of Integral Technical Assistance of São Paulo state (CATI-SP), the MS Foundation for Research and Diffusion of Agricultural Technologies (MS FOUNDATION), and the Brazilian Savanna No-tillage Farmers Association (APDC). More reliable data on the use of no-tillage and other soil tillage systems for annual crops in Brazil were made available in 2009 after publication of the 2006 Agricultural Census of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). While previous sources reported that the surface area of no-tillage in Brazil was 25.6 million hectares (Mha) in 2006, the present study, based on special tabulations presented by the 2006 Agricultural Census, indicates that no-tillage was used on approximately 17.8 Mha of annual crops. Furthermore, the 2006 Agricultural Census reported that minimum tillage was used on 3.8 Mha, a combination of minimum and conventional tillage was used on 3.1 Mha, and that con

5.
Semina Ci. agr. ; 30(4): 1109-1122, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-471118

Resumo

The soybean is the main crop of the Brazilian agricultural sector, both for the area it occupies as by the impact on the gross domestic product of the country. The comparative technological advantages in the production of this commodity put Brazil as the second largest producer and supplier of the world. However, the limitations of the logistics infrastructure for the disposal of production raise the costs of transport. The paper was developed from a historical and economic recovery soybean cultivation and the transport infrastructure, in the period from 1975 to 2005, based on descriptive methodology. Overall, while growth of soybean area cultivated was 305% in the period analyzed, the transport infrastructure was only 25.3%. This study shows that the expansion of the occupied area by the soybean crop, due to technological advances, was not accompanied by the development of transport infrastructure, undermining their competitiveness.


A soja se configura como a principal cultura do setor agrícola brasileiro, tanto pela área que ocupa como pelo impacto no Produto Interno Bruto do país. As vantagens tecnológicas comparativas na produção desta commodity colocam o Brasil como segundo maior produtor e abastecedor mundial. Entretanto, as limitações da infra-estrutura logística para o escoamento da produção elevam os custos de transporte. Assim, o estudo foi desenvolvido, a partir de um resgate histórico-econômico do cultivo da soja e da infra-estrutura de transporte, no período de 1975 a 2005, com base em metodologia descritiva, com o objetivo de verificar as restrições logísticas no transporte da oleaginosa. De modo geral, enquanto o crescimento da área cultivada com soja foi de 305%, no período analisado, o da infra-estrutura de transportes foi de apenas 25,3%. O estudo revela que a expansão da área ocupada pela cultura da soja, decorrente de avanços tecnológicos, não foi acompanhada pelo desenvolvimento da infra-estrutura de transporte, prejudicando sua competitividade.

6.
Semina ciênc. agrar ; 34(6): 2777-2792, 2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1499478

Resumo

In regions where there were basaltic rocks formation due to magmatic flows, variation in particle sizes and rock composition determine characteristic reliefs influencing chemical and physical attributes. The aim of the article was to characterize two different toposequences over basaltic rock basis, in order to identify the influence of their variation in soil formation, morphological properties and their distribution along the slope. The study was carried out in the Third Plateau of Parana State, Brazil, at Serra Geral geological formation, There were chosen two toposequences in equidistant 2000m parallel transects in southwest-northeast direction with different relief and rock composition and features. It was named undulated relief slope (VRO) and gently undulated relief slope (VSO) in which there were carried out profile morphological description with soil classes identifying, chemical analysis and clay mineralogical analysis. The results permitted to conclude that the internal dynamic and the magmatic segregation process were responsible for relief shapes and rock types formed with significant variation in soil types according variation in composition in the same rock, Both relief shapes and basalt differentiation had strong influence in soil evolution level and soil type distribution along the slopes with distinct B horizons, Nitic B and Latosolic B.


Em regiões com ocorrência de derrames basálticos, variações na granulometria e na composição da rocha, devido à segregação magmática e a sobreposição dos derrames, produzem relevos característicos, com influência sobre os atributos físicos e químicos do solo. Nesse contexto, o trabalho foi conduzido com o objetivo de caracterizar duas topossequências tendo como embasamento rochoso o basalto, buscando identificar a influência de suas variações na formação do solo, nos atributos morfológicos e na distribuição destes ao longo da vertente. O estudo foi realizado em uma área do Terceiro Planalto do Paraná, na Formação Serra Geral. Foram estabelecidas duas topossequências com transectos equidistantes 2.000 m, ambas com mesmo sentido (sudoeste-nordeste), porém distintos quanto ao relevo e material de origem. Denominou-se vertente relevo ondulado (VRO) e vertente relevo suave ondulado (VSO), nas quais foram realizadas descrição morfológica dos perfis com identificação das classes de solo, análises químicas e a mineralogia da fração argila. Os resultados permitiram concluir que a dinâmica interna e o processo de segregação magmática foram os principais responsáveis pelas formas de relevo e pelo tipo de rocha formada, com significativa variação do solo formado quando da ocorrência de variações em uma mesma rocha. As formas do relevo e a diferenciação do basalto tiveram importância signif

7.
Semina Ci. agr. ; 34(6): 2777-2792, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-473378

Resumo

In regions where there were basaltic rocks formation due to magmatic flows, variation in particle sizes and rock composition determine characteristic reliefs influencing chemical and physical attributes. The aim of the article was to characterize two different toposequences over basaltic rock basis, in order to identify the influence of their variation in soil formation, morphological properties and their distribution along the slope. The study was carried out in the Third Plateau of Parana State, Brazil, at Serra Geral geological formation, There were chosen two toposequences in equidistant 2000m parallel transects in southwest-northeast direction with different relief and rock composition and features. It was named undulated relief slope (VRO) and gently undulated relief slope (VSO) in which there were carried out profile morphological description with soil classes identifying, chemical analysis and clay mineralogical analysis. The results permitted to conclude that the internal dynamic and the magmatic segregation process were responsible for relief shapes and rock types formed with significant variation in soil types according variation in composition in the same rock, Both relief shapes and basalt differentiation had strong influence in soil evolution level and soil type distribution along the slopes with distinct B horizons, Nitic B and Latosolic B.


Em regiões com ocorrência de derrames basálticos, variações na granulometria e na composição da rocha, devido à segregação magmática e a sobreposição dos derrames, produzem relevos característicos, com influência sobre os atributos físicos e químicos do solo. Nesse contexto, o trabalho foi conduzido com o objetivo de caracterizar duas topossequências tendo como embasamento rochoso o basalto, buscando identificar a influência de suas variações na formação do solo, nos atributos morfológicos e na distribuição destes ao longo da vertente. O estudo foi realizado em uma área do Terceiro Planalto do Paraná, na Formação Serra Geral. Foram estabelecidas duas topossequências com transectos equidistantes 2.000 m, ambas com mesmo sentido (sudoeste-nordeste), porém distintos quanto ao relevo e material de origem. Denominou-se vertente relevo ondulado (VRO) e vertente relevo suave ondulado (VSO), nas quais foram realizadas descrição morfológica dos perfis com identificação das classes de solo, análises químicas e a mineralogia da fração argila. Os resultados permitiram concluir que a dinâmica interna e o processo de segregação magmática foram os principais responsáveis pelas formas de relevo e pelo tipo de rocha formada, com significativa variação do solo formado quando da ocorrência de variações em uma mesma rocha. As formas do relevo e a diferenciação do basalto tiveram importância signif

8.
Semina ciênc. agrar ; 30(4): 1155-1162, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1498495

Resumo

The work was carried out to evaluate the performance of industrial type of the elite cassava cultivars, in Sao Gabriel do Oeste, MS, Brazil, in typical area of savannah vegetation. The IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15, IAC 576, Fécula Branca, Espeto and Fibra cultivars were evaluated on plant height, fresh mass of shoots, fresh mass of planting stub, number of root, root production, starch content and harvest index. The experimental design was a randomized block with eight treatments (cultivars) and five replications. The crop was installed using spacing of 0,90m x 0,70m between lines. The harvest was done six months after the planting date. The cultivar IAC 14 presented the highest plant height. IAC14 and IAC 15 presented the highest fresh matter production of the shoot. The cultivars IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15 and Fibra presented the highest yields. The cultivars IAC 576 and Espeto had the lowest root production. The highest contents of starch, in decreasing order, were observed to IAC 13, IAC 12, IAC 14, Fiber and IAC 15.


O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho de cultivares elites de mandioca, tipo industrial, em São Gabriel do Oeste, MS, em área típica de vegetação de cerrado. As cultivares IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15, IAC 576, Fécula Branca, Espeto e Fibra foram avaliadas quanto a altura de planta, massa fresca de parte aérea, massa fresca de cepa, número de raiz, produção de raiz, teor de amido e índice de colheita. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com oito tratamentos (cultivares) e cinco repetições. O sistema de plantio utilizado foi o de fileiras simples, com espaçamento de 0,90m x 0,70m. A colheita foi realizada após 16 meses do plantio. A cultivar IAC 14 foi a que apresentou maior altura de planta, destacando-se também junto com a IAC 15 na produção de massa fresca da parte aérea. Em relação à produção de raiz, sobressaíram as cultivares IAC 12, IAC 14, IAC 13, IAC 15 e Fibra que não diferiram entre si. Os maiores teores de amido, em ordem decrescente, foram observados nas cultivares IAC 13, IAC 12, IAC 14, Fibra e IAC 15.

9.
Semina Ci. agr. ; 30(4): 1155-1162, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-470712

Resumo

The work was carried out to evaluate the performance of industrial type of the elite cassava cultivars, in Sao Gabriel do Oeste, MS, Brazil, in typical area of savannah vegetation. The IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15, IAC 576, Fécula Branca, Espeto and Fibra cultivars were evaluated on plant height, fresh mass of shoots, fresh mass of planting stub, number of root, root production, starch content and harvest index. The experimental design was a randomized block with eight treatments (cultivars) and five replications. The crop was installed using spacing of 0,90m x 0,70m between lines. The harvest was done six months after the planting date. The cultivar IAC 14 presented the highest plant height. IAC14 and IAC 15 presented the highest fresh matter production of the shoot. The cultivars IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15 and Fibra presented the highest yields. The cultivars IAC 576 and Espeto had the lowest root production. The highest contents of starch, in decreasing order, were observed to IAC 13, IAC 12, IAC 14, Fiber and IAC 15.


O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho de cultivares elites de mandioca, tipo industrial, em São Gabriel do Oeste, MS, em área típica de vegetação de cerrado. As cultivares IAC 12, IAC 13, IAC 14, IAC 15, IAC 576, Fécula Branca, Espeto e Fibra foram avaliadas quanto a altura de planta, massa fresca de parte aérea, massa fresca de cepa, número de raiz, produção de raiz, teor de amido e índice de colheita. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com oito tratamentos (cultivares) e cinco repetições. O sistema de plantio utilizado foi o de fileiras simples, com espaçamento de 0,90m x 0,70m. A colheita foi realizada após 16 meses do plantio. A cultivar IAC 14 foi a que apresentou maior altura de planta, destacando-se também junto com a IAC 15 na produção de massa fresca da parte aérea. Em relação à produção de raiz, sobressaíram as cultivares IAC 12, IAC 14, IAC 13, IAC 15 e Fibra que não diferiram entre si. Os maiores teores de amido, em ordem decrescente, foram observados nas cultivares IAC 13, IAC 12, IAC 14, Fibra e IAC 15.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA