Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. zootec ; 29: 1-21, 2022. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1381399

Resumo

A avicultura brasileira é considerada a atividade agropecuária de maior destaque mundial. Avicultura de corte é uma das atividades de grande relevância na economia, nos últimos anos gerou um faturamento anual de US$ 20bilhões. Logo, para manter a posição em produção e exportação o país vem buscando inovações para atender as exigências internacionais de qualidade e de bem-estar animal. Para a produção as aves se fazem necessário um ambiente interno adequado. Para isso é necessário temperaturas e umidades adaptadas para cada idade da ave. Estudos utilizando a termografia infravermelha vem se tornando uma das tecnologias mais requisitadas na área de produção animal, sendo um método não invasivo capaz de avaliar a temperatura através da energia emitida pela superfície do corpo animal e transformá-la em uma imagem visível ao olho humano.A partir do exposto, o objetivo do presente estudo foi discutir o uso da termografia infravermelha na avicultura, com ênfase em frangos, galinhas poedeiras e codornas. Para tanto realizou-se um estudo descritivo com procedimento técnico de revisão de literatura. Foi possível observar que a tecnologia de termografia infravermelha é uma ferramenta que vem sendo utilizada em diversas pesquisas, especialmente que envolvem as galinhas poedeiras e frangos de corte, e se mostram altamente eficazes e seguras. Em codornas esses estudos ainda são escassos. Demostrando assim que mais estudos devem ser desenvolvidos com esses animais. A utilização da termografia infravermelha é uma alternativa para determinar o impacto das condições ambientais na produção animal, auxiliando na tomada de decisão e promovendo a saúde e o bem-estar dos animais.o objetivo do presente estudo foi discutir o uso da termografia infravermelha na avicultura, com ênfase em frangos, galinhas poedeiras e codornas. Para tanto realizou-se um estudo descritivo com procedimento técnico de revisão de literatura. Foi possível observar que a tecnologia de termografia infravermelha é uma ferramenta que vem sendo utilizada em diversas pesquisas, especialmente que envolvem as galinhas poedeiras e frangos de corte, e se mostram altamente eficazes e seguras. Em codornas esses estudos ainda são escassos. Demostrando assim que mais estudos devem ser desenvolvidos com esses animais. A utilização da termografia infravermelha é uma alternativa para determinar o impacto das condições ambientais na produção animal, auxiliando na tomada de decisão e promovendo a saúde e o bem-estar dos animais.o objetivo do presente estudo foi discutir o uso da termografia infravermelha na avicultura, com ênfase em frangos, galinhas poedeiras e codornas. Para tanto realizou-se um estudo descritivo com procedimento técnico de revisão de literatura. Foi possível observar que a tecnologia de termografia infravermelha é uma ferramenta que vem sendo utilizada em diversas pesquisas, especialmente que envolvem as galinhas poedeiras e frangos de corte, e se mostram altamente eficazes e seguras. Em codornas esses estudos ainda são escassos. Demostrando assim que mais estudos devem ser desenvolvidos com esses animais. A utilização da termografia infravermelha é uma alternativa para determinar o impacto das condições ambientais na produção animal, auxiliando na tomada de decisão e promovendo a saúde e o bem-estar dos animais.(AU)


Brazilian poultry is considered the most prominent agricultural activity in the world. Poultry farming is one of the most important activities in the economy, in recent years it has generated annual revenues of US$ 20 billion. Therefore, to maintain its position in production and export, the country has been seeking innovations to meet international quality and animal welfare requirements. To produce birds, a suitable indoor environment is necessary. For this it is necessary temperatures and humidity adapted to each age of the bird. Studies using infrared thermography has become one of the most requested technologies in animal production, being a non-invasive method capable of evaluating the temperature through the energy emitted by the surface of the animal body and transforming it into an image visible to the human eye. From the above, the objective of the present study was to discuss the use of infrared thermography in poultry, with emphasis on chickens, laying hens and quails. For this purpose, a descriptive study was carried out with a technical literature review procedure. It was possible to observe that infrared thermography technology is a tool that has been used in several research, especially involving laying hens and broilers, and is shown to be highly effective and safe. In quails these studies are still scarce. This demonstrates that further studies should be carried out with these animals. The use of infrared thermography is an alternative to determine the impact of environmental conditions on animal production, assisting in decision making and promoting the health and welfare of animals.(AU)


La avicultura brasileña es considerada la actividad agrícola más destacada del mundo. La avicultura es una de las actividades más importantes de la economía, en los últimos años ha generado ingresos anuales de US$ 20 mil millones. Por lo tanto, para mantener su posición en la producción y exportación, el país ha estado buscando innovaciones para cumplir con los requisitos internacionales de calidad y bienestar animal. Para la producción, las aves necesitan un ambiente interior adecuado. Para ello es necesario temperaturas y humedades adaptadas a cada edad del ave. Los estudios mediante termografía infrarroja se han convertido en una de las tecnologías más solicitadas en el área de producción animal, siendo un método no invasivo capaz de evaluar la temperatura a través de la energía emitida por la superficie del cuerpo animal y transformarla en una imagen visible. al ojo humano. A partir de lo anterior, el objetivo del presente estudio fue discutir el uso de la termografía infrarroja en la avicultura, con énfasis en pollos, gallinas ponedoras y codornices. Para ello, se realizó un estudio descriptivo con un procedimiento de revisión técnica de la literatura. Se pudo observar que la tecnología de termografía infrarroja es una herramienta que ha sido utilizada en diversas investigaciones, especialmente en gallinas ponedoras y pollos de engorde, y se muestra altamente efectiva y segura. En codornices estos estudios son aún escasos. Esto demuestra que se deben realizar más estudios con estos animales. El uso de la termografía infrarroja es una alternativa para determinar el impacto de las condiciones ambientales en la producción animal, auxiliando en la toma de decisiones y promoviendo la salud y el bienestar de los animales.(AU)


Assuntos
Animais , Aves Domésticas/fisiologia , Bem-Estar do Animal , Termografia/veterinária , Galinhas/fisiologia , Raios Infravermelhos
2.
Vet. zootec ; 29: 1-13, 2022. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1391468

Resumo

A busca por custo x benefício na avicultura envolve compreender como melhorar o desempenho animal através da alimentação ao mesmo tempo em que haja diminuição dos custos. Tendo em vista o crescente aumento monetário da matéria prima da ração, várias pesquisas se voltam para novas fontes energéticas derivados de plantas, que contem quantidades significativas de fibras e agem como fatores antinutricionais, interferindo no desempenho zootécnico das aves. Os principais componentes das fibras, as beta glucanas e xilanas, podem ser quebradas e melhor aproveitadas quando no uso de enzimas exógenas chamadas de carboidrases, sendo a beta glucanase e xilase as respectivas enzimas que fazem a lise desses componentes. É necessário, portanto, melhor compreensão da forma de ação de cada enzima, assim como a fonte nutritiva das bases alimentares alternativas. Essa obra tem por objetivo abordar e revisar as duas principais fontes de fibras, beta glucanas e xilanas, e suas respectivas enzimas, beta glucanase e xilase.(AU)


The pursuit for cost-benefit in poultry farming involves understanding how to improve animal performance through feeding while reducing costs. In view of the growing monetary increase in feed raw material, several researches are focused on new energy sources derived from plants, which contain significant amounts of fiber and act as anti-nutritional factors, interfering with the zootechnical performance of birds. The main components of fiber, beta glucans and xylans, can be broken down and better utilized when using exogenous enzymes called carbohydrases, with beta glucanase and xylase being the respective enzymes that lyse these components. It is therefore necessary to better understand the mode of action of each enzyme, as well as the nutritive source of alternative food bases. This work aims to address and review the two main sources of fiber, beta glucans and xylans, and their respective enzymes, beta glucanase and xylase.(AU)


La búsqueda de la relación costo-beneficio en la avicultura implica comprender cómo mejorar el rendimiento animal a través de la alimentación y reducir los costos. Ante el creciente aumento monetario de la materia prima de los alimentos, varias investigaciones se enfocan en nuevas fuentes de energía derivadas de las plantas, que contienen cantidades significativas de fibra y actúan como factores antinutricionales, interfiriendo en el desempeño zootécnico de las aves. Los principales componentes de la fibra, los betaglucanos y los xilanos, se pueden descomponer y utilizar mejor cuando se usan enzimas exógenas llamadas carbohidrasas, siendo la betaglucanasa y la xilasa las enzimas respectivas que lisan estos componentes. Por lo tanto, es necesario comprender mejor el modo de acción de cada enzima, así como la fuente nutritiva de las bases alimenticias alternativas. Este trabajo tiene como objetivo abordar y revisar las dos principales fuentes de fibra, beta glucanos y xilanos, y sus respectivas enzimas, beta glucanasa y xilasa.(AU)


Assuntos
Animais , Aves Domésticas/fisiologia , Xilanos/análise , beta-Glucanas/análise , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal/fisiologia , Ração Animal/análise
3.
Ci. Rural ; 45(11): 2050-2055, Nov. 2015. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27449

Resumo

The objective of this experiment was to evaluate the effects of a diet containing canthaxanthin and 25-hydroxycholecalciferol (25-OH-D3) on the production and reproductive performances of Cobb 500 broiler breeders aged 53 to 61 weeks. The study included 36,000 Cobb 500 female and 3,600 male broiler breeders aging 51 weeks. The birds were housed in three poultry houses divided into four plots, totaling 12 experimental units each containing 3,000 females and 300 males. The birds received the following treatments: control diet (without the studied additives) or the control diet with the addition of 60mg kg-1feed of 25-(OH)-D3 and canthaxanthin feed (6mg of canthaxanthin and 2,760,000IU of 25-(OH)-D3 per kg of feed) per the supplier's recommendations. The experimental design used was a randomized complete block design with two treatments and six replicates. The results were subjected to analysis of variance followed by the F-test. The treatments had no effect on egg production, usability of eggs and number of incubatable eggs per bird housed. The inclusion of canthaxanthin and 25-(OH)-D3 in the diet reduced embryonic mortality while increasing egg yolk pigmentation, hatching percentage, and number of viable chicks produced per bird. Therefore, the use of 60mg kg-1of 25-(OH)-D3 plus canthaxanthin is recommended in the diet of Cobb 500 broiler breeders aging 53 to 61 weeks to improve important reproductive traits that have great economic impacts on poultry farms.(AU)


O objetivo deste experimento foi avaliar dietas contendo Cantaxantina e 25-hidroxicolecalciferol (25-OH-D3) sobre o desempenho produtivo e reprodutivo de matrizes de corte da linhagem Cobb 500, de 53 até 61 semanas de idade. Foram utilizadas 36.000 fêmeas e 3.600 machos com 51 semanas de idade, reprodutores de corte Cobb 500. As aves foram alojadas em três aviários divididos em 4 parcelas, totalizando 12 unidades experimentais, cada uma contendo 3.000 fêmeas e 300 machos. As aves foram submetidas aos seguintes tratamentos: dieta controle (sem os aditivos em estudo) ou dieta com adição de 60mg kg-1de ração de 25-(OH)-D3 e Cantaxantina (6mg de cantaxantina e 2.760.000UI de 25-(OH)-D3 por kg de ração), conforme recomendações do fornecedor. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com dois tratamentos e seis repetições. Os resultados foram submetidos à análise de variância e posteriormente aplicou-se o teste F. Não houve efeito dos tratamentos sobre as variáveis produção de ovos, aproveitamento de ovos e número de ovos incubáveis por ave alojada. A inclusão de Cantaxantina e de 25-(OH)-D3 na dieta reduziu a mortalidade embrionária e aumentou a pigmentação da gema dos ovos, o percentual de eclosão e o número de pintos viáveis produzidos por ave. Portanto, recomenda-se a utilização de 60mg kg-1de 25-(OH)-D3 mais Cantaxantina na dieta de matrizes de corte da linhagem Cobb 500, de 53 a 61 semanas de idade, para melhorar importantes características reprodutivas que têm grande impacto econômico para as empresas avícolas.(AU)


Assuntos
Animais , Aves Domésticas , Dieta/veterinária , Ração Animal , Carotenoides/administração & dosagem
4.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-2303

Resumo

Foram realizados três experimentos com o objetivo de comparar o desenvolvimento do sistema digestório, o aproveitamento nutricional de alguns alimentos por aves de crescimento lento e rápido (linhagens Isa Label (IL) e Cobb (CO), respectivamente) em diferentes idades, assim como avaliar o desempenho das aves de crescimento lento alimentadas com rações calculadas com distintos critério de formulação. No primeiro experimento utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com dois tratamentos (linhagens) e cinco repetições com 10 animais cada. Foram avaliados a biometria de órgãos digestórios e da mucosa intestinal, enzimas pancreáticas e parâmetros séricos bioquímicos aos sete, 21 e 42 dias de idade. Os frangos de crescimento rápido apresentaram maior peso de esôfago+papo, proventrículo+moela, intestinos delgado, grosso, fígado, altura de vilo no jejuno, íleo aos sete dias e duodeno aos 42 dias de idade. Os níveis séricos de cálcio, fósforo e triglicerídeos foram superiores nas aves IL apenas aos 21 dias de idade. De um modo geral, as aves IL apresentaram maior peso relativo de todos os órgãos digestivos. O peso relativo, atividade da amilase e lipase do pâncreas não diferiram entre as linhagens. No segundo experimento, foram realizados dois ensaios para determinar a energia metabolizável aparente e aparente corrigida pelo balanço de nitrogênio(EMA e EMAn, respectivamente), coeficiente de metabolização aparente da matéria seca (CMAMS), nitrogênio (CMAN), extrato etéreo (CMAEE) e energia bruta (CMAEB) do milho, gérmen integral de milho (GIM), sorgo e farelo de soja (FS) para aves IL e CO nos períodos de 10 a 17 e de 28 a 35 dias de idade. Para cada alimento, foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso, com dois tratamentos (linhagens) e quatro repetições com 10 animais cada no primeiro e seis aves no segundo ensaio. Para verificar o efeito da idade foi realizada uma análise de variância conjunta. Não houve efeito das linhagens sobre o CMAMS e CMAN, entretanto, as aves IL apresentaram maior CMAEE em todos os alimentos estudados (p<0,05). Os frangos IL apresentaram valores de EMA, EMAn e CMAEB do milho superiores á linhagem CO em 5,75; 3,44 e 5,75%, respectivamente. A idade das aves influenciou os valores de EMA e EMAn do GIM, sorgo e FS. O terceiro experimento foi conduzido para avaliar o efeito da formulação de rações para frangos de crescimento lento, com a utilização de valores de energia metabolizável (EMAn) do milho e farelo de soja determinados com as linhagens CO (EMAn CO) e IL (EMAn IL). O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com dois tratamentos e seis repetições de seis aves cada. No período de 1 a 28 dias de idade, a formulação da dieta baseadas na EMAn CO e IL não afetou o desempenho, biometria de órgãos digestivos e características de carcaça de aves de crescimento lento. Foi determinada EMAn das rações semelhantes aos níveis calculados com a formulação baseada na EMAn dos alimentos determinada com a linhagem IL. Conclui-se que existem particularidades das linhagens IL e CO quanto ao desenvolvimento dos órgãos do sistema digestório, parâmetros séricos bioquímicos, metabolização de nutrientes e energia nas diferentes idades de avaliação. A formulação com base na EMAn dos ingredientes determinada com frangos IL proporciona ás aves melhor conversão calórica, bioeconômica energética e menor deposição de gordura abdominal na carcaça

5.
Jaboticabal; s.n; 24/03/2005. 77 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-2650

Resumo

Dois ensaios metabólicos e um ensaio de desempenho foram conduzidos para avaliar o efeito da suplementação com fitase (Phyzyme XP 5000G®) em dietas com redução nos níveis de EMA, PB, Lis, Ca e Pd sobre digestibilidade de nutrientes e desempenho de frangos de corte. Em todos os ensaios, foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 2 (três dietas com redução de nutrientes (controles negativos (CN), com e sem enzima) e um controle positivo (CP). Para o ensaio de desempenho foram utilizadas sete repetições de 40 aves por unidade experimental e para o de digestibilidade, seis repetições de 15 aves cada. A fitase foi suplementada nos níveis de 500, 750 e 1000 U de fitase nos CN1, CN2 e CN3, respectivamente. Os ensaios metabólicos foram conduzidos com frangos dos 14 a 21 e 28 a 35 dias de idade. Foram utilizados os métodos: coleta parcial de excretas e digesta ileal, utilizando-se cinza ácida insolúvel como indicador indigestível. Dos 14 aos 21 dias de idade, a redução nos níveis nutricionais das dietas resultou em EMA, ED, CDMS e CDAA (exceto para o CD Val, Iso, Tir, Fen e Leu) inferiores aos obtidos com a dieta CP. A interação (P<0,05) obtida para ED, CDIPB e CDAA mostrou que a adição de fitase melhorou estes parâmetros nos CN1 e CN2. Para a fase de crescimento, foram determinadas EMA e ED menores que os do CP apenas nos CN2 e CN3. O CDAA das dietas CN sem e com adição de fitase foram superiores aos do CP, exceto para Arg, Cis e His. Houve interação (P<0,05) para a EMA, ED e CDMS, sendo a fitase eficiente nos CN2 e CN3. A suplementação com fitase aumentou em média o CDIPB em 5% e o CDAA em 2,89%. A adição de fitase nos CN aumentou (P<0,05) o CD de todos os minerais avaliados. Aos 21 e 42 dias de idade, a redução de nutrientes na dieta causou um efeito negativo sobre o ganho de peso, consumo de ração e rendimento de carcaça... (resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)


Two digestibility trials and one performance trial were conducted to study the effect of supplementation of phytase in diets formulated with reduction in the levels of ME, CP, Lys, Ca and P, on the digestibility of nutrients and performance of broiler chicks. The treatmeants consisted of a factorial arrangement 3 x 2 (three levels of nutrient reduction (Negatives Controls . NC), with and without enzyme supplementation) and one positive control (PC). In the performance trial was utilized seven replicates of 40 birds per unity experimental and in digestibility trial, six replicates with 15 birds each. The phytase utilized was the Phyzyme XP 5000 G supplemented at 500, 750 and 1000 U of phytase in the NC1, NC2 and NC3, respectively. The digestibility trials were conducted from 14 to 21 and 28 to 35 days of age. Were utilized the metods of partial excreta and ileal digest collection. The acid insoluble ash were used as indigestible marker. In 14 to 21 days of age, the nutritional reduction of diets resulted in lower ME, DE, DCDM and DCAA (except for of Val, Iso, Tir, Phe and Leu digestibility) compared to PC diet. The interaction (P<0,05) for DE, DCIC and DCAA showed that the phytase supplementation on the NC1 and NC2 diets increased these parameters. In the 28 to 35 days, ME and DE were lower compared to CP only of NC2 and NC3. The DCAA of the NC without and with phytase supplementation were superior of the diet PC, except for Arg, Cis and His. There was interaction (P<0,05) for ME, DE, DCDM and the phytase addition on the NC2 and NC3 diets increased these coefficients. The phytase addition increased the DCICP at 5 % and DCAA in 2,89%. The phytase supplementation on the NC increased the digestibility of the all minerals in study. At 21 and 42 days, the reduction of nutrients caused a negative effect on weight gain, feed intake and carcass yield... (complete abstract, access undermentioned eletronic address)

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA