Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 50(6): e20190831, May 11, 2020. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29107

Resumo

The lowland soils are characterized by high susceptibility to water saturation. This anaerobic condition is usually reported in paddy fields and alters the decomposition process of soil organic compounds. The aim of this study was to evaluate the soil microbial and enzymatic activity of a lowland soil at different soil moisture contents. A poorly drained Albaqualf cultivated with irrigated rice was used to evaluate microbial and enzymatic activity in treatments with different levels of soil moisture, being: i) 60% of field capacity (FC) (60%FC); ii) 100% of FC (100%FC); iii) flooded soil with a 2 cm water layer above soil surface, and iv) soil kept at 60%FC with late flood after 29 days the incubation. The greater soil microbial activity was observed in the 100%FC treatment, being 41% greater than 60%FC treatment and only 2% higher than flooded treatment. The enzymatic activity data by fluorescein diacetate (FDA) hydrolysis corroborated the higher CO2 release in treatments with higher soil moisture content. Differently from the results reported, the main methodologies to evaluate microbial activity still recommend maintenance of the soil with a moisture content close to 60% of the FC. However, in lowland soil with history of frequent paddy fields, the maintenance of moisture close to 60% of the FC can limit the microbial activity. The soil respiration technique can be used to evaluate the microbial activity in flooded soil conditions. However, further studies should be conducted to understand the effect of the cultivation history on the microbial community of these environments.(AU)


Os solos de várzea são caracterizados pela alta suscetibilidade à saturação por água. Esta condição anaeróbica é geralmente encontrada em solos arrozeiros e altera o processo de decomposição dos compostos orgânicos do solo. O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade microbiana e enzimática de um solo de várzea sob diferentes teores de umidade no solo. Um Planossolo historicamente cultivado com arroz irrigado foi utilizado para avaliar a atividade microbiana e enzimática em tratamentos com diferentes níveis de umidade do solo, sendo: i) 60% de capacidade de campo (CC) (60%CC); ii) 100% da CC (100%CC); iii) solo inundado com uma camada de água de 2 cm acima da superfície do solo; e iv) solo mantido a 60%CC com inundação após 29 dias da incubação. A maior atividade microbiana do solo foi observada no tratamento 100%CC, sendo 41% maior que o tratamento 60%CC e 2% maior que tratamento inundado. Os dados da atividade enzimática pela hidrólise do diacetato de fluoresceína (FDA) corroboraram a maior liberação de CO2 nos tratamentos com maior umidade do solo. Diferentemente dos resultados encontrados, as principais metodologias para avaliação da atividade microbiana ainda recomendam manter o solo com umidade próxima a 60% da CC. No entanto, em solos de várzea com históricos de cultivos de arroz, a manutenção de umidade próxima a 60% da CC pode limitar a atividade microbiana. A técnica de respiração do solo pode ser usada para avaliar a atividade microbiana em condições de solo inundado. No entanto, mais estudos devem ser realizados para entender o efeito do histórico de cultivo na comunidade microbiana nesses ambientes.(AU)


Assuntos
Oryza/microbiologia , Umidade do Solo , Microbiologia do Solo
2.
Semina Ci. agr. ; 35(3): 1153-1162, May.-June.2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26285

Resumo

The objective of this study was evaluate the effect of management systems and straw in flooded irrigated rice yield. The experimental design was a completely randomized with three experiments and, 10 replications in experiment 1 and 2 and, 6 replications in experiment 3. The experiments were: E1 no-till system (E1PD) and conventional system with two harrowings at 0.00.07 m layer and leveling with remaplam (E1PC), after three years of sowing rice, after fallow of rice tillage, with sowing of rye grass in winter and grazing; E2 no-till system (E2PD) and conventional system after native field (E2PC); E3 no-till without straw on soil surface (E30P), current straw on soil surface of 3,726 kg ha-1 (E31P), two times current straw of 7,452 kg ha-1 (E32P) and three times current straw of 11,178 kg ha-1 (E33P). In soil, were evaluated the average geometric diameter of aggregates, soil bulk density, soil porosity, macro and microporosity, in 0.0-0.05 and 0.05-0.10 m layer. In harvest were evaluated the panicles number in 0,25 m2 area, number of filled, empty an total grains in 10 panicles, mass of one thousand seeds and rice grains yield in 2 m2. The conventional system presented greater macroporosity and total porosity, compared with no-till system, however, does not result in differences in production components and rice grains yield. Soil tillage in no-till, with rice straw on soil surface up to 11,178 kgha-1, before sowing, not reduces flooded irrigated rice grains yield.(AU)


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de sistemas de manejo e da palha residual na produtividade de arroz irrigado por inundação. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três experimentos e, dez repetições nos experimentos 1 e 2 e, 6 repetições no experimento 3. Os experimentos foram: E1 sistema plantio direto (E1PD) e sistema convencional com duas gradagens na camada de 0,0 0,07 m + aplainamento com remaplam (E1PC), em área de três anos de cultivo de arroz, após pousio do cultivo de arroz e semeadura de azevém no inverno, com pastejo animal o ano todo; E2 sistema plantio direto (E2PD) e sistema convencional (E2PC), após campo nativo; E3 plantio direto com ausência de palha na superfície do solo (E30P), palha atual na superfície do solo de 3.726 kg ha-1 (E31P), duas vezes a quantidade de palha atual, 7.452 kg ha-1 (E32P) e três vezes a quantidade de palha atual, 11.178 kg ha-1 (E33P). No solo, foram avaliados o diâmetro médio geométrico dos agregados, a densidade, porosidade total, macro e microporosidade, nas camadas de 0,0 0,05 e 0,05 0,10 m. Na colheita, foram avaliados o número de panículas em área de 0,25 m2, número de grãos cheios, vazios e total em 10 panículas, massa de mil sementes e a produtividade de grãos de arroz em 2 m2. O sistema de manejo convencional apresenta maior macroporosidade e porosidade total do solo, comparado aosistema plantio direto, porém, não resulta em diferença nos componentes de produção e produtividadede grãos de arroz. O manejo do solo em sistema plantio direto, com a quantidade de palha de arroz nasuperfície do solo de até 11.178 kg ha-1, antes da semeadura, não reduz a produtividade de grãos de arrozirrigado por inundação.(AU)


Assuntos
Oryza/crescimento & desenvolvimento , 24444 , Controle da Qualidade do Solo , Canais de Irrigação
3.
Semina ciênc. agrar ; 35(3): 1153-1162, 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499607

Resumo

The objective of this study was evaluate the effect of management systems and straw in flooded irrigated rice yield. The experimental design was a completely randomized with three experiments and, 10 replications in experiment 1 and 2 and, 6 replications in experiment 3. The experiments were: E1 no-till system (E1PD) and conventional system with two harrowings at 0.00.07 m layer and leveling with remaplam (E1PC), after three years of sowing rice, after fallow of rice tillage, with sowing of rye grass in winter and grazing; E2 no-till system (E2PD) and conventional system after native field (E2PC); E3 no-till without straw on soil surface (E30P), current straw on soil surface of 3,726 kg ha-1 (E31P), two times current straw of 7,452 kg ha-1 (E32P) and three times current straw of 11,178 kg ha-1 (E33P). In soil, were evaluated the average geometric diameter of aggregates, soil bulk density, soil porosity, macro and microporosity, in 0.0-0.05 and 0.05-0.10 m layer. In harvest were evaluated the panicles number in 0,25 m2 area, number of filled, empty an total grains in 10 panicles, mass of one thousand seeds and rice grains yield in 2 m2. The conventional system presented greater macroporosity and total porosity, compared with no-till system, however, does not result in differences in production components and rice grains yield. Soil tillage in no-till, with rice straw on soil surface up to 11,178 kgha-1, before sowing, not reduces flooded irrigated rice grains yield.


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de sistemas de manejo e da palha residual na produtividade de arroz irrigado por inundação. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três experimentos e, dez repetições nos experimentos 1 e 2 e, 6 repetições no experimento 3. Os experimentos foram: E1 sistema plantio direto (E1PD) e sistema convencional com duas gradagens na camada de 0,0 0,07 m + aplainamento com remaplam (E1PC), em área de três anos de cultivo de arroz, após pousio do cultivo de arroz e semeadura de azevém no inverno, com pastejo animal o ano todo; E2 sistema plantio direto (E2PD) e sistema convencional (E2PC), após campo nativo; E3 plantio direto com ausência de palha na superfície do solo (E30P), palha atual na superfície do solo de 3.726 kg ha-1 (E31P), duas vezes a quantidade de palha atual, 7.452 kg ha-1 (E32P) e três vezes a quantidade de palha atual, 11.178 kg ha-1 (E33P). No solo, foram avaliados o diâmetro médio geométrico dos agregados, a densidade, porosidade total, macro e microporosidade, nas camadas de 0,0 0,05 e 0,05 0,10 m. Na colheita, foram avaliados o número de panículas em área de 0,25 m2, número de grãos cheios, vazios e total em 10 panículas, massa de mil sementes e a produtividade de grãos de arroz em 2 m2. O sistema de manejo convencional apresenta maior macroporosidade e porosidade total do solo, comparado aosistema plantio direto, porém, não resulta em diferença nos componentes de produção e produtividadede grãos de arroz. O manejo do solo em sistema plantio direto, com a quantidade de palha de arroz nasuperfície do solo de até 11.178 kg ha-1, antes da semeadura, não reduz a produtividade de grãos de arrozirrigado por inundação.


Assuntos
Canais de Irrigação , Controle da Qualidade do Solo , 24444 , Oryza/crescimento & desenvolvimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA