Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 43(2): 841-854, mar.-abr. 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1369179

Resumo

Cooling and freezing processes cause physical and chemical damage to sperm by cold shock and oxidative stress. This study aimed to evaluate the effect of two antioxidants on sperm parameters of cooled and frozen-thawed ram semen diluted in an egg yolk-based extender. Semen was collected from 30 rams and processed in two consecutive experiments to test the inclusion of different concentrations of quercetin and butylated hydroxytoluene (BHT) in an egg yolk-based semen extender. Dimethyl sulfoxide (DMSO) was added as a solvent to the semen extender in a ratio of 1 mL DMSO for 90 mg of quercetin and 1 mL DMSO for 880 mg of BHT. After collection, semen was diluted at 200 × 106 motile sperm/mL (control) and split into different groups in each experiment. In experiment 1, semen was diluted with the extender containing quercetin (Q5, 5 µg/mL; Q10, 10 µg/mL; Q15, 15 µg/mL) or DMSO alone (DMSO1, 0.055 µL DMSO per mL; DMSO2, 0.165 µL DMSO per mL). In experiment 2, semen was diluted with the extender with BHT (BHT1, 0.5 µg/mL; BHT2, 1 µg/mL; BHT3, 1.5 µg/mL) or DMSO alone (DMSO3, 0.375 µL DMSO per mL; DMSO4, 1.125 µL DMSO per mL). After dilution, the semen was divided into two aliquots. Treated ram sperm samples were also subjected to different storage methods. The first set of samples was cooled at 5 °C for 24 h, whereas the second set of samples was frozen-thawed. Sperm motility parameters and plasma membrane integrity (PMI) were evaluated immediately after dilution (0h) and 24 h after cooling and in the frozen-thawed samples via computer-assisted sperm analysis and epifluorescence microscopy, respectively. The inclusion of quercetin or BHT did not affect sperm motility parameters or PMI of fresh, cooled, or frozen-thawed sperm in this study (P < 0.05). However, further studies are needed to test the effects of these antioxidants on the fertility of cryopreserved ram semen.(AU)


O resfriamento e o congelamento causam danos físicos e químicos aos espermatozoides por choque térmico e estresse oxidativo. Portanto, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da inclusão de dois antioxidantes em um diluente à base de gema de ovo sobre os parâmetros espermáticos do sêmen ovino resfriado e congelado. Trinta carneiros tiveram o sêmen coletado e processado em dois experimentos consecutivos para testar a inclusão de diferentes concentrações de quercetina e hidroxitolueno butilado (BHT) em diluente de sêmen à base de gema de ovo. O DMSO foi adicionado como solvente ao diluente de sêmen em uma proporção de 1 mL de DMSO parra 90 mg de quercetina e 1 Ml de DMSO para 880 mg de BHT. Após a coleta, o sêmen foi diluído a 200 × 106 espermatozoides móveis/mL (Controle) e dividido em diferentes grupos em cada experimento. Experimento 1, Quercetina (Q5, 5 µg / mL; Q10, 10 µg / mL; Q15, 15 µg / mL) ou DMSO (DMSO1, 0,055 µL de DMSO por ml; DMSO2, 0,165 µL de DMSO / mL) foram adicionados ao extensor. Experimento 2, BHT (BHT1, 0,5 µg / mL; BHT2, 1 µg / mL; BHT3, 1,5 µg / mL) ou DMSO (DMSO3, 0,375 µL de DMSO por ml; DMSO4, 1,125 µL de DMSO / mL) foram adicionados à o extensor. Após a diluição, o sêmen foi dividido em duas alíquotas. O primeiro foi resfriado a 5 ° C por 24h, enquanto o segundo foi congelado. Os parâmetros de motilidade espermática e integridade da membrana plasmática (PMI) foram avaliados, imediatamente após a diluição (0h) e 24h após o resfriamento e nas amostras congeladas, pelo CASA e microscopia de epifluorescência, respectivamente. A inclusão de quercetina ou BHT não afetou os parâmetros de motilidade espermática e PMI de espermatozoides frescos, resfriados ou congelados (P < 0,05). Portanto, a inclusão de quercetina e BHT não beneficiou os parâmetros espermáticos do sêmen ovino submetido a armazenamento líquido a 5 ° C por 24h ou protocolo de congelamento no presente estudo. No entanto, mais estudos são necessários para testar o efeito desses antioxidantes na fertilidade do sêmen ovino criopreservado.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Sêmen , Hidroxitolueno Butilado , Ovinos , Análise do Sêmen
2.
Ciênc. rural (Online) ; 47(7): 01-05, jul. 2017. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480021

Resumo

South America has numerous Criollo horse breeding farms; however, information on foal hoof growth is still limited and identifying the ideal periods to apply corrective trimming is a frequent concern for horse owners. In the present study, a morphometric analysis of hoof growth was performed on 46 Criollo foals from birth to weaning (0-8 months). Results showed that hoof growth rate was higher in the first four months followed by a decrease until the eighth month. Average growth rate of the hoof was 0.21cm per month, whereas that of the heel was 0.14cm per month. However, no significant differences were observed between medial and lateral heel length or between limbs. Coronary band perimeter and solar width showed an average increase of 0.97cm and 0.46cm per month, respectively, and were significantly correlated (r=0.99, P≤0.01). The characteristic most positively correlated to biometric variables was foal age, followed by solar width, toe length, and coronary band perimeter. In conclusion, hoof length increase in Criollo foals was more intensive during the first four months of life.


A América do Sul possui um grande número de criatórios da raça Crioula, no entanto, há uma carência de informações sobre o desenvolvimento natural dos cascos dos potros, tornando a identificação de períodos ideais para o casqueamento corretivo uma dúvida frequente entre os criadores. Portanto, o objetivo deste estudo foi realizar a biometria natural (do nascimento aos 8 meses) no casco de 46 potros da raça Crioula. Os resultados indicaram uma taxa de crescimento mais rápido nos primeiros 4 meses, com subsequente desaceleração até o desmame. O crescimento médio do casco foi em média 0,21cm mo-1, enquanto o comprimento do talão foi de 0,14cm mo-1. Não foram observadas diferenças significativas no equilíbrio médio/lateral do casco ou entre os membros durante o período experimental. O perímetro da banda coronária e a largura solar do casco apresentaram um crescimento médio de 0,97 e 0,46cm mo-1, respectivamente, e foram altamente correlacionados (r=0,99, P≤0,01). A idade dos potros foi a característica mais correlacionada positivamente, seguida da largura solar, do comprimento do casco e do perímetro da banda coronária. Nós concluímos que o crescimento do casco em potros da raça Crioula foi mais intenso durante os quatro primeiros meses de vida.


Assuntos
Animais , Recém-Nascido , Lactente , Casco e Garras/anatomia & histologia , Casco e Garras/crescimento & desenvolvimento , Cavalos , Pesos e Medidas Corporais/veterinária
3.
Ci. Rural ; 47(7): 01-05, jul. 2017. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-716759

Resumo

South America has numerous Criollo horse breeding farms; however, information on foal hoof growth is still limited and identifying the ideal periods to apply corrective trimming is a frequent concern for horse owners. In the present study, a morphometric analysis of hoof growth was performed on 46 Criollo foals from birth to weaning (0-8 months). Results showed that hoof growth rate was higher in the first four months followed by a decrease until the eighth month. Average growth rate of the hoof was 0.21cm per month, whereas that of the heel was 0.14cm per month. However, no significant differences were observed between medial and lateral heel length or between limbs. Coronary band perimeter and solar width showed an average increase of 0.97cm and 0.46cm per month, respectively, and were significantly correlated (r=0.99, P≤0.01). The characteristic most positively correlated to biometric variables was foal age, followed by solar width, toe length, and coronary band perimeter. In conclusion, hoof length increase in Criollo foals was more intensive during the first four months of life.(AU)


A América do Sul possui um grande número de criatórios da raça Crioula, no entanto, há uma carência de informações sobre o desenvolvimento natural dos cascos dos potros, tornando a identificação de períodos ideais para o casqueamento corretivo uma dúvida frequente entre os criadores. Portanto, o objetivo deste estudo foi realizar a biometria natural (do nascimento aos 8 meses) no casco de 46 potros da raça Crioula. Os resultados indicaram uma taxa de crescimento mais rápido nos primeiros 4 meses, com subsequente desaceleração até o desmame. O crescimento médio do casco foi em média 0,21cm mo-1, enquanto o comprimento do talão foi de 0,14cm mo-1. Não foram observadas diferenças significativas no equilíbrio médio/lateral do casco ou entre os membros durante o período experimental. O perímetro da banda coronária e a largura solar do casco apresentaram um crescimento médio de 0,97 e 0,46cm mo-1, respectivamente, e foram altamente correlacionados (r=0,99, P≤0,01). A idade dos potros foi a característica mais correlacionada positivamente, seguida da largura solar, do comprimento do casco e do perímetro da banda coronária. Nós concluímos que o crescimento do casco em potros da raça Crioula foi mais intenso durante os quatro primeiros meses de vida.(AU)


Assuntos
Animais , Recém-Nascido , Lactente , Casco e Garras/anatomia & histologia , Casco e Garras/crescimento & desenvolvimento , Pesos e Medidas Corporais/veterinária , Cavalos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA