Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 19(1): 64-72, 2020. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488386

Resumo

A persistência no solo de herbicidas do grupo das triazinas é dependente de basicamente de condições de precipitação e características do solo. Objetivou-se avaliar o efeito residual de diferentes épocas de aplicação e doses de atrazina e atrazina + simazina para a cultura da soja. Conduziram-se experimentos a campo e casa de vegetação. A campo utilizou-se o delineamento de parcelas subdivididas com quatro repetições, sendo o fator A composto por épocas de aplicação 56, 49, 42, 35, 28, 21 e 14 dias antes da semeadura da soja; e fator B, pelos herbicidas atrazina e atrazina + simazina. Para o experimento em casa de vegetação o delineamento inteiramente casualizados, o fator A foi constituído de doses 0, 570, 1.140, 1.715, 2.285, 2.860, 3.430 e 4.000 g i.a.ha-1; e fator B pelos herbicidas atrazina e atrazina + simazina. A aplicação dos tratamentos foi realizada com pulverizador costal pressurizado por CO2, após a aplicação realizou-se a semeadura da soja. A campo avaliou-se o estande de plantas, fitotoxicidade, estatura, altura de inserção do primeiro entrenó, teor de clorofila e produtividade. Em casa de vegetação foram avaliados fitotoxicidade, estatura de plantas, área foliar e massa seca. Após os dados foram submetidos a análise de variância e quando significativas as medias foram comparadas pelo teste Tukey a 5%. A simulação de residual dos herbicidas atrazina e atrazina...


The soil persistence of herbicides from the triazines group is basically dependent on precipitation conditions and soil characteristics. The objective of this study was to assess the residual effect of different application times and atrazine and atrazine + simazine doses for the soybean crop. Experiments were conducted in the field and greenhouse. In the field, the design of subdivided plots with four replications was used, with factor A composed of application times 56, 49, 42, 35, 28, 21, and 14 days before soybean sowing; and factor B, by the herbicides atrazine and atrazine + simazine. For the greenhouse experiment, the design was completely randomized blocks, factor A doses 0, 570, 1140, 1715, 2285, 2860, 3430, and 4000 g i.a. ha-1, factor B herbicides atrazine and atrazine + simazine. The application of the treatments was carried out with a CO2 pressurized sprayer, after the application of the soybean. The field was assessed regarding the plant stand, phytotoxicity, stature, height of insertion of the first training, chlorophyll content, and kg ha-1 yield. In the greenhouse, phytotoxicity, plant height, leaf area, and dry mass were assessed. Then, data were submitted to analysis of variance and, when significant, the means were compared by the Tukey test at 5%. The residual simulation of the herbicides atrazine and atrazine + simazine in the soil showed similar behavior...


Assuntos
Atrazina/administração & dosagem , Herbicidas/administração & dosagem , Simazina/administração & dosagem , Glycine max/crescimento & desenvolvimento , Glycine max/efeitos dos fármacos
2.
R. Ci. agrovet. ; 19(1): 64-72, 2020. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28385

Resumo

A persistência no solo de herbicidas do grupo das triazinas é dependente de basicamente de condições de precipitação e características do solo. Objetivou-se avaliar o efeito residual de diferentes épocas de aplicação e doses de atrazina e atrazina + simazina para a cultura da soja. Conduziram-se experimentos a campo e casa de vegetação. A campo utilizou-se o delineamento de parcelas subdivididas com quatro repetições, sendo o fator A composto por épocas de aplicação 56, 49, 42, 35, 28, 21 e 14 dias antes da semeadura da soja; e fator B, pelos herbicidas atrazina e atrazina + simazina. Para o experimento em casa de vegetação o delineamento inteiramente casualizados, o fator A foi constituído de doses 0, 570, 1.140, 1.715, 2.285, 2.860, 3.430 e 4.000 g i.a.ha-1; e fator B pelos herbicidas atrazina e atrazina + simazina. A aplicação dos tratamentos foi realizada com pulverizador costal pressurizado por CO2, após a aplicação realizou-se a semeadura da soja. A campo avaliou-se o estande de plantas, fitotoxicidade, estatura, altura de inserção do primeiro entrenó, teor de clorofila e produtividade. Em casa de vegetação foram avaliados fitotoxicidade, estatura de plantas, área foliar e massa seca. Após os dados foram submetidos a análise de variância e quando significativas as medias foram comparadas pelo teste Tukey a 5%. A simulação de residual dos herbicidas atrazina e atrazina...(AU)


The soil persistence of herbicides from the triazines group is basically dependent on precipitation conditions and soil characteristics. The objective of this study was to assess the residual effect of different application times and atrazine and atrazine + simazine doses for the soybean crop. Experiments were conducted in the field and greenhouse. In the field, the design of subdivided plots with four replications was used, with factor A composed of application times 56, 49, 42, 35, 28, 21, and 14 days before soybean sowing; and factor B, by the herbicides atrazine and atrazine + simazine. For the greenhouse experiment, the design was completely randomized blocks, factor A doses 0, 570, 1140, 1715, 2285, 2860, 3430, and 4000 g i.a. ha-1, factor B herbicides atrazine and atrazine + simazine. The application of the treatments was carried out with a CO2 pressurized sprayer, after the application of the soybean. The field was assessed regarding the plant stand, phytotoxicity, stature, height of insertion of the first training, chlorophyll content, and kg ha-1 yield. In the greenhouse, phytotoxicity, plant height, leaf area, and dry mass were assessed. Then, data were submitted to analysis of variance and, when significant, the means were compared by the Tukey test at 5%. The residual simulation of the herbicides atrazine and atrazine + simazine in the soil showed similar behavior...(AU)


Assuntos
Glycine max/efeitos dos fármacos , Glycine max/crescimento & desenvolvimento , Atrazina/administração & dosagem , Simazina/administração & dosagem , Herbicidas/administração & dosagem
3.
Ci. Rural ; 48(8)2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-737364

Resumo

ABSTRACT: The introduction of dicamba and 2,4-D-resistant soybean will increase the use of auxin herbicides for management of herbicide-resistant weeds, increasing risk of drift in non-target crops. The field experiment was conducted in 2016/17 to evaluate injury, growth, yield, germination and seeds vigor of soybean effects to simulated drift of 2,4-D and dicamba applied to soybean at the V3 and R2 growth stages. To simulate drift, 2,4-D was applied at 0; 5.16; 10.4; 20.8 e 41.5g ae ha-1 and dicamba at: 0; 3.7; 7.4; 14.9 e 29.8g ae ha-1. The injury of the dicamba is greater than 2,4-D, and the V5 stage is more susceptible to both herbicides. The greatest reductions in soybean yield follow the drift of dicamba in R2 and 2,4-D in V5. The physiological quality seeds of the soybean is reduced by dicamba and 2,4-D drift at both the V5 and R2 stages of the soybean. Soybean is highly sensitive to low rates of 2,4-D and dicamba at the vegetative or reproductive growth stages. Dicamba causes greater negative effects than 2,4-D on soybean. The low rate of 2,4-D and dicamba reduce germination and vigor seed on soybean offspring.


RESUMO: A introdução de cultivares resistentes ao dicamba e 2,4-D aumentará o uso destes herbicidas para o manejo de ervas daninhas resistentes a herbicidas, aumentando o risco de deriva em culturas não-alvo. Assim, o objetivo do trabalho foi avaliar a fitotoxicidade, crescimento, produtividade, germinação e vigor de sementes de soja exposta deriva simulada de 2,4-D e dicamba nos estágios vegetativo e reprodutivo da soja. O experimento foi conduzido a campo na safra 2016/17. Para simular a deriva, 2,4-D foi aplicado nas doses de 0; 5,16; 10,4; 20,8 e 41,5g e.a. ha-1 e dicamba nas doses de 0; 3,7; 7,4; 14,9 e 29,8g e.a. ha-1. A fitotoxicidade de dicamba é maior que 2,4-D, sendo o estágio V5 mais suscetível para ambos herbicidas. As maiores reduções na produtividade da soja sucedem a deriva de dicamba em R2 e 2,4-D em V5. A qualidade fisiológica das sementes de soja é reduzida em função da deriva de dicamba e 2,4-D em aplicação nos ambos estágios V5 e R2 da soja. A soja é altamente sensível a baixas concentrações de 2,4-D e dicamba nos estágios vegetativo e reprodutivo. O dicamba causa maiores efeitos negativos comparado com 2,4-D. Baixas concentrações de 2,4-D e dicamba reduzem germinação e vigor de sementes de soja.

4.
Ci. Rural ; 48(8): e20180179, 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-736481

Resumo

The introduction of dicamba and 2,4-D-resistant soybean will increase the use of auxin herbicides for management of herbicide-resistant weeds, increasing risk of drift in non-target crops. The field experiment was conducted in 2016/17 to evaluate injury, growth, yield, germination and seeds vigor of soybean effects to simulated drift of 2,4-D and dicamba applied to soybean at the V3 and R2 growth stages. To simulate drift, 2,4-D was applied at 0; 5.16; 10.4; 20.8 e 41.5g ae ha-1 and dicamba at: 0; 3.7; 7.4; 14.9 e 29.8g ae ha-1. The injury of the dicamba is greater than 2,4-D, and the V5 stage is more susceptible to both herbicides. The greatest reductions in soybean yield follow the drift of dicamba in R2 and 2,4-D in V5. The physiological quality seeds of the soybean is reduced by dicamba and 2,4-D drift at both the V5 and R2 stages of the soybean. Soybean is highly sensitive to low rates of 2,4-D and dicamba at the vegetative or reproductive growth stages. Dicamba causes greater negative effects than 2,4-D on soybean. The low rate of 2,4-D and dicamba reduce germination and vigor seed on soybean offspring.(AU)


A introdução de cultivares resistentes ao dicamba e 2,4-D aumentará o uso destes herbicidas para o manejo de ervas daninhas resistentes a herbicidas, aumentando o risco de deriva em culturas não-alvo. Assim, o objetivo do trabalho foi avaliar a fitotoxicidade, crescimento, produtividade, germinação e vigor de sementes de soja exposta deriva simulada de 2,4-D e dicamba nos estágios vegetativo e reprodutivo da soja. O experimento foi conduzido a campo na safra 2016/17. Para simular a deriva, 2,4-D foi aplicado nas doses de 0; 5,16; 10,4; 20,8 e 41,5g e.a. ha-1 e dicamba nas doses de 0; 3,7; 7,4; 14,9 e 29,8g e.a. ha-1. A fitotoxicidade de dicamba é maior que 2,4-D, sendo o estágio V5 mais suscetível para ambos herbicidas. As maiores reduções na produtividade da soja sucedem a deriva de dicamba em R2 e 2,4-D em V5. A qualidade fisiológica das sementes de soja é reduzida em função da deriva de dicamba e 2,4-D em aplicação nos ambos estágios V5 e R2 da soja. A soja é altamente sensível a baixas concentrações de 2,4-D e dicamba nos estágios vegetativo e reprodutivo. O dicamba causa maiores efeitos negativos comparado com 2,4-D. Baixas concentrações de 2,4-D e dicamba reduzem germinação e vigor de sementes de soja.(AU)


Assuntos
Glycine max , Dicamba , Resistência a Herbicidas , Germinação , Relação Dose-Resposta a Droga , Sementes/fisiologia
5.
Arq. Inst. Biol ; 84: 1-7, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1462449

Resumo

The objective of this study was to evaluate the relative competitive ability of soybean with different development stages of hairy fleabane. Two experiments were conducted in greenhouse, in a completely randomized design. In the experiment it was tested soybean and hairy fleabane competition at different stage of development (rosette and 15 cm height) at the proportions 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 and 0:100, and total plant population was 315 plant m-2. The variables evaluated were plant height, leaf area, and shoot dry matter (leaves and stems). Competitive analysis was performed by diagrams and interpreting the competitiveness index. The soybean has greater competitive ability that horseweed for both development stages. The intraspecific competition is more intense for soybean when in hairy fleabane rosette stage, and the competitive relations are equivalent between soybean and hairy fleabane of 15 cm tall. The both hairy fleabane stages were injured in the soybeans competition.


O objetivo deste trabalho foi avaliar a habilidade competitiva relativa da cultura da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado. Os experimentos testaram a competição de soja e buva (estádio roseta e plantas com 15 cm de estatura) nas proporções de 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 e 0:100, com população equivalente a 315 plantas m-2. As variáveis avaliadas foram estatura, área foliar e matéria seca da parte aérea (folhas e caule). A análise da competitividade foi realizada por aplicação de diagramas e interpretações dos índices de competitividade. Os resultados da competição da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento evidenciam que o cultivar de soja BRS Estância RR, em geral, possui mais habilidade competitiva que a buva, independentemente do estádio de desenvolvimento. A competição intraespecífica é mais intensa para a cultura quando em competição com buva em estádio de roseta, enquanto para a soja com buva de 15 cm as relações de competição se equivalem. O desenvolvimento da buva é prejudicado na competição com a soja.


Assuntos
Conyza , Crescimento e Desenvolvimento , Glycine max
6.
Arq. Inst. Biol ; 84: 1-8, 2017. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1462456

Resumo

The interference of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis) has caused yield losses in soybean crop. Knowledge of the economic threshold is an important aspect for the economic management of resistant weeds. Because of it, the interference of the glyphosate resistant hairy fleabane density on the soybean yield loss was evaluated, as well as to estimate the economic threshold. Two experiments were conducted to verify the effect of different weed densities on the yield of two soybean cultivars (BRS Estância and BMX Turbo). Weed density ranged from 0 to 124 plants m-2. The yield of the BRS Estância decreased by 1.4% to the increase of one single plant, while for the BMX Turbo the loss was 25.9%. Soybean yield and economic threshold were lower for the BMX Turbo cultivar compared to the cultivar BRS Estância, which can be attributed to the genotype, competitive ability, weed development stage and/or environment. Increases in crop yield expectation, soybean price and herbicide efficiency reduce the economic threshold, indicating that the adoption of control measures should be taken when the weed density is low. Due to the high cost of hairy fleabane control, it is only feasible at high densities.


A interferência de plantas de buva (Conyza bonariensis) resistente ao herbicida glyphosate tem causado perdas de produtividade na cultura da soja. O conhecimento do nível de dano econômico é um importante fator para o manejo econômico de plantas daninhas resistentes na cultura da soja. Para isso, foi avaliada a interferência da densidade de buva resistente ao glyphosate sobre a perda de rendimento da soja, bem como estimado o nível de dano econômico. Dois experimentos foram conduzidos para verificar o efeito de diferentes densidades da planta daninha sobre a produtividade de dois cultivares de soja (BRS Estância e BMX Turbo). As densidades de buva variaram de 0 a 124 plantas m-2. A produtividade do cultivar BRS Estância reduziu 1,4% ao aumento de uma planta, enquanto para o cultivar BMX Turbo a perda foi de 25,9%. A produtividade da soja e o nível de dano econômico foram menores para o cultivar BMX Turbo, em comparação com o cultivar BRS Estância, o que pode ser atribuído ao genótipo, à habilidade competitiva, ao estádio de desenvolvimento da buva e/ou a ambiente. Aumentos na expectativa de produtividade da cultura, no preço da soja e na eficiência dos herbicidas reduzem o nível de dano econômico, indicando que a adoção de medidas de controle deve ser tomada quando a população de buva é baixa. Em função do elevado custo de controle da buva, este somente é viável em altas densidades.


Assuntos
Conyza , Plantas Daninhas , Resistência a Herbicidas , Glycine max , Eficiência
7.
Arq. Inst. Biol ; 84: e0202015, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-887850

Resumo

The objective of this study was to evaluate the relative competitive ability of soybean with different development stages of hairy fleabane. Two experiments were conducted in greenhouse, in a completely randomized design. In the experiment it was tested soybean and hairy fleabane competition at different stage of development (rosette and 15 cm height) at the proportions 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 and 0:100, and total plant population was 315 plant m-2. The variables evaluated were plant height, leaf area, and shoot dry matter (leaves and stems). Competitive analysis was performed by diagrams and interpreting the competitiveness index. The soybean has greater competitive ability that horseweed for both development stages. The intraspecific competition is more intense for soybean when in hairy fleabane rosette stage, and the competitive relations are equivalent between soybean and hairy fleabane of 15 cm tall. The both hairy fleabane stages were injured in the soybeans competition.(AU)


O objetivo deste trabalho foi avaliar a habilidade competitiva relativa da cultura da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado. Os experimentos testaram a competição de soja e buva (estádio roseta e plantas com 15 cm de estatura) nas proporções de 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 e 0:100, com população equivalente a 315 plantas m-2. As variáveis avaliadas foram estatura, área foliar e matéria seca da parte aérea (folhas e caule). A análise da competitividade foi realizada por aplicação de diagramas e interpretações dos índices de competitividade. Os resultados da competição da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento evidenciam que o cultivar de soja BRS Estância RR, em geral, possui mais habilidade competitiva que a buva, independentemente do estádio de desenvolvimento. A competição intraespecífica é mais intensa para a cultura quando em competição com buva em estádio de roseta, enquanto para a soja com buva de 15 cm as relações de competição se equivalem. O desenvolvimento da buva é prejudicado na competição com a soja.(AU)


Assuntos
Glycine max , Conyza , Crescimento e Desenvolvimento
8.
Arq. Inst. Biol ; 84: e0022017, 2017. graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-887851

Resumo

The interference of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis) has caused yield losses in soybean crop. Knowledge of the economic threshold is an important aspect for the economic management of resistant weeds. Because of it, the interference of the glyphosate resistant hairy fleabane density on the soybean yield loss was evaluated, as well as to estimate the economic threshold. Two experiments were conducted to verify the effect of different weed densities on the yield of two soybean cultivars (BRS Estância and BMX Turbo). Weed density ranged from 0 to 124 plants m-2. The yield of the BRS Estância decreased by 1.4% to the increase of one single plant, while for the BMX Turbo the loss was 25.9%. Soybean yield and economic threshold were lower for the BMX Turbo cultivar compared to the cultivar BRS Estância, which can be attributed to the genotype, competitive ability, weed development stage and/or environment. Increases in crop yield expectation, soybean price and herbicide efficiency reduce the economic threshold, indicating that the adoption of control measures should be taken when the weed density is low. Due to the high cost of hairy fleabane control, it is only feasible at high densities.(AU)


A interferência de plantas de buva (Conyza bonariensis) resistente ao herbicida glyphosate tem causado perdas de produtividade na cultura da soja. O conhecimento do nível de dano econômico é um importante fator para o manejo econômico de plantas daninhas resistentes na cultura da soja. Para isso, foi avaliada a interferência da densidade de buva resistente ao glyphosate sobre a perda de rendimento da soja, bem como estimado o nível de dano econômico. Dois experimentos foram conduzidos para verificar o efeito de diferentes densidades da planta daninha sobre a produtividade de dois cultivares de soja (BRS Estância e BMX Turbo). As densidades de buva variaram de 0 a 124 plantas m-2. A produtividade do cultivar BRS Estância reduziu 1,4% ao aumento de uma planta, enquanto para o cultivar BMX Turbo a perda foi de 25,9%. A produtividade da soja e o nível de dano econômico foram menores para o cultivar BMX Turbo, em comparação com o cultivar BRS Estância, o que pode ser atribuído ao genótipo, à habilidade competitiva, ao estádio de desenvolvimento da buva e/ou a ambiente. Aumentos na expectativa de produtividade da cultura, no preço da soja e na eficiência dos herbicidas reduzem o nível de dano econômico, indicando que a adoção de medidas de controle deve ser tomada quando a população de buva é baixa. Em função do elevado custo de controle da buva, este somente é viável em altas densidades.(AU)


Assuntos
Glycine max , Conyza , Resistência a Herbicidas , Plantas Daninhas , Eficiência
9.
Arq. Inst. Biol. ; 84: 1-8, 2017. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18119

Resumo

The interference of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis) has caused yield losses in soybean crop. Knowledge of the economic threshold is an important aspect for the economic management of resistant weeds. Because of it, the interference of the glyphosate resistant hairy fleabane density on the soybean yield loss was evaluated, as well as to estimate the economic threshold. Two experiments were conducted to verify the effect of different weed densities on the yield of two soybean cultivars (BRS Estância and BMX Turbo). Weed density ranged from 0 to 124 plants m-2. The yield of the BRS Estância decreased by 1.4% to the increase of one single plant, while for the BMX Turbo the loss was 25.9%. Soybean yield and economic threshold were lower for the BMX Turbo cultivar compared to the cultivar BRS Estância, which can be attributed to the genotype, competitive ability, weed development stage and/or environment. Increases in crop yield expectation, soybean price and herbicide efficiency reduce the economic threshold, indicating that the adoption of control measures should be taken when the weed density is low. Due to the high cost of hairy fleabane control, it is only feasible at high densities.(AU)


A interferência de plantas de buva (Conyza bonariensis) resistente ao herbicida glyphosate tem causado perdas de produtividade na cultura da soja. O conhecimento do nível de dano econômico é um importante fator para o manejo econômico de plantas daninhas resistentes na cultura da soja. Para isso, foi avaliada a interferência da densidade de buva resistente ao glyphosate sobre a perda de rendimento da soja, bem como estimado o nível de dano econômico. Dois experimentos foram conduzidos para verificar o efeito de diferentes densidades da planta daninha sobre a produtividade de dois cultivares de soja (BRS Estância e BMX Turbo). As densidades de buva variaram de 0 a 124 plantas m-2. A produtividade do cultivar BRS Estância reduziu 1,4% ao aumento de uma planta, enquanto para o cultivar BMX Turbo a perda foi de 25,9%. A produtividade da soja e o nível de dano econômico foram menores para o cultivar BMX Turbo, em comparação com o cultivar BRS Estância, o que pode ser atribuído ao genótipo, à habilidade competitiva, ao estádio de desenvolvimento da buva e/ou a ambiente. Aumentos na expectativa de produtividade da cultura, no preço da soja e na eficiência dos herbicidas reduzem o nível de dano econômico, indicando que a adoção de medidas de controle deve ser tomada quando a população de buva é baixa. Em função do elevado custo de controle da buva, este somente é viável em altas densidades.(AU)


Assuntos
Conyza , Resistência a Herbicidas , Glycine max , Plantas Daninhas , Eficiência
10.
Arq. Inst. Biol. ; 84: 1-7, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13819

Resumo

The objective of this study was to evaluate the relative competitive ability of soybean with different development stages of hairy fleabane. Two experiments were conducted in greenhouse, in a completely randomized design. In the experiment it was tested soybean and hairy fleabane competition at different stage of development (rosette and 15 cm height) at the proportions 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 and 0:100, and total plant population was 315 plant m-2. The variables evaluated were plant height, leaf area, and shoot dry matter (leaves and stems). Competitive analysis was performed by diagrams and interpreting the competitiveness index. The soybean has greater competitive ability that horseweed for both development stages. The intraspecific competition is more intense for soybean when in hairy fleabane rosette stage, and the competitive relations are equivalent between soybean and hairy fleabane of 15 cm tall. The both hairy fleabane stages were injured in the soybeans competition.(AU)


O objetivo deste trabalho foi avaliar a habilidade competitiva relativa da cultura da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado. Os experimentos testaram a competição de soja e buva (estádio roseta e plantas com 15 cm de estatura) nas proporções de 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 e 0:100, com população equivalente a 315 plantas m-2. As variáveis avaliadas foram estatura, área foliar e matéria seca da parte aérea (folhas e caule). A análise da competitividade foi realizada por aplicação de diagramas e interpretações dos índices de competitividade. Os resultados da competição da soja com buva de diferentes estádios de desenvolvimento evidenciam que o cultivar de soja BRS Estância RR, em geral, possui mais habilidade competitiva que a buva, independentemente do estádio de desenvolvimento. A competição intraespecífica é mais intensa para a cultura quando em competição com buva em estádio de roseta, enquanto para a soja com buva de 15 cm as relações de competição se equivalem. O desenvolvimento da buva é prejudicado na competição com a soja.(AU)


Assuntos
Glycine max , Crescimento e Desenvolvimento , Conyza
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA