Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 62(4): 906-913, ago. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5895

Resumo

Avaliou-se o efeito da suplementação sobre a composição físico-química da paleta, do costilhar e do pescoço de ovinos Santa Inês, terminados em pastejo. Foram utilizados 24 ovinos castrados, com peso vivo (PV) médio inicial de 15,8kg, distribuídos em três tratamentos (0, 1,0 e 1,5 por cento do PV em suplementação concentrada). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três tratamentos e oito repetições. A paleta, o costilhar e o pescoço foram dissecados em músculo, ossos e gordura para determinação da composição física, e a carne foi submetida à determinação da composição química. Observou-se efeito significativo (P<0,05) da suplementação de 1,0 e 1,5 por cento sobre o rendimento muscular, a relação músculo:osso e os teores de matéria seca e de gordura da carne. Os maiores rendimentos musculares foram observados na paleta e no costilhar com médias de 439,21 e 678,97g e de 377,30 e 693,01g, respectivamente, para suplementação de 0 por cento e 1,5 por cento(AU)


The effect of supplementation on the physicochemical composition of shoulder, ribs, and neck of Santa Inês lambs finished on pasture was evaluated. A total of 24 castrated sheep, averaging 15.8kg BW were used. The animals were allotted in a completely randomized design with three treatments (daily concentrated supplementation equivalent to 0, 1.0, and 1.5 percent of BW) and eight repetitions. The shoulder blade, ribs, and neck were dissected into muscle, bone, and fat to determine the physical composition and the meat was underwent to determination of chemical composition. There was a significant effect (P<0.05) of the supplementation of 1.0 and 1.5 percent on muscle yield, muscle: bone ratio, and dry matter and fat contents of meat. The highest muscle yields were observed in the shoulder and ribs with averages of 439.21 and 678.97g and 377.30 and 693.01g, respectively, for supplementation of 0 percent and 1.5 percent(AU)


Assuntos
Animais , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente , Carne/análise , Ração Animal , Indústria Agropecuária , Ovinos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA