Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 52(5): e20201062, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1345784

Resumo

This study evaluated the Dolichopodidae abundance in different cover crop species. For this, the following species were used in treatments: Crotalaria (Crotalaria spectabilis), cowpea (Vigna unguiculata), sunflower (Helianthus annuus), castor bean (Ricinus communis) and buckwheat (Fagopyrum esculentum). The survey was carried out in a field during two seasons 2012/2013 (November/December to March) and 2013/2014 (October/November to February). The Dolichopodidae abundance were evaluated weekly using a sweep net and Moericke traps. In addition, the phytophagous abundance (Thysanoptera: Thripidae; Hemiptera: Aleyrodidae and Hemiptera: Aphididae) was quantified, to allow for an inference about density-dependence. In total, 13,987 long-legged flies (96.5% in Moericke traps) were captured, represented only by the species Condylostylus erectus Becker, 1922 (Diptera: Dolichopodidae). In general, the higher abundance of C. erectus was observed in buckwheat and cowpea. Regarding the phytophagous species, 48,371 individuals [Thripidae (77.5%), Aleyrodidae (20.2%), and Aphididae (2.5%)] were quantified and a clear correlation with the C. erectus population was not evidenced. Thus, these results suggested that buckwheat and cowpea make resources available to long-legged flies, as discussed in our research. Finally, the buckwheat and cowpea sowing are options to increase the abundance of C. erectus predator populations in agroecosystems.


O objetivo deste estudo foi avaliar a abundância de dolicopodideos em diferentes espécies de adubos verdes. Para isso, foram utilizados os seguintes tratamentos: crotalária (Crotalaria spectabilis), feijão-caupi (Vigna unguiculata), girassol (Helianthus annuus), mamona (Ricinus communis) e trigo mourisco (Fagopyrum esculentum). A pesquisa foi realizada em campo, durante os anos 2012/2013 (novembro/dezembro a março) e 2013/2014 (outubro/novembro a fevereiro). As avaliações foram realizadas semanalmente, e a abundância de Dolichopodidae foi monitorada com uso de rede de varredura e instalação de armadilhas Moericke. Adicionalmente, foi quantificada a infestação de insetos fitófagos (Thysanoptera: Thripidae; Hemiptera: Aleyrodidae e Hemiptera: Aphididae), para avaliar possível relação de denso-dependência. No total, foram capturados 13987 dolicopodídeos (96,5% em armadilha Moericke), representados pela espécie Condylostylus erectus Becker, 1922 (Diptera: Dolichopodidae). De modo geral, a maior abundância de C. erectus foi observada em trigo mourisco e feijão-caupi. Em relação aos fitófagos, foram quantificados 48371 indivíduos (Thripidae (77,5%), Aleyrodidae (20,2%) e Aphididae (2,5%)), e não foi evidenciada uma consistente correlação populacional com C. erectus. Desse modo, esses resultados sugerem que o trigo mourisco e o feijão-caupi disponibilizam recursos alimentares de interesse ao predador, conforme discutido no trabalho. Por fim, a semeadura de trigo mourisco e feijão-caupi são opções para incrementar a abundância do predador C. erectus no agroecossistema.


Assuntos
Controle Biológico de Vetores , Controle de Insetos , Produtos Agrícolas , Dípteros
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA