Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta amaz ; 52(2): 122-130, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1378480

Resumo

Lippia grata (formerly known as Lippia gracillis) is an aromatic plant native to Brazil, with leaves rich in essential oils that possess significant biological activities. We evaluated the effect of essential oil of L. grata (EOLG) as a dietary additive on the growth, somatic indices, and biochemical parameters of juveniles (5.25 ± 0.26 g) of tambatinga, a hybrid fish obtained by crossing tambaqui (Colossoma macropomum) with pirapitinga (Piaractus brachypomum) of great economic importance in north and northeastern Brazil. We evaluated four dietary treatments, consisting of EOLG supplemented at 0.0, 0.5, 1.0, and 2.0 mL kg-1, over 60 days. Carcass yield was significantly higher in fish fed all EOLG diets compared to those fed the control diet (0.0 mL kg-1). Animals that received the 0.5 mL kg-1 treatment gained significantly more weight and showed a higher specific growth rate than those treated with 1.0 and 2.0 ml kg-1 EOLG, although none differed significantly from the control. The feed conversion rate was significantly lower in the 0.5 than in the 1.0 mL kg-1 treatment. Compared with higher concentrations, the diet containing 0.5 mL kg-1 EOLG increased the use of muscle glycogen, glucose, and lactate to meet energy demands, avoiding the use of muscle protein. Our results suggest that dietary supplementation with EOLG significantly improves carcass yield in tambatinga juveniles but that concentrations above 0.5 mL kg-1 may compromise growth rates and carbohydrate metabolism in this fish.(AU)


Lippia grata (previamente conhecida como Lippia gracillis) é uma planta aromática nativa do Brasil, com folhas ricas em óleos essenciais que possuem atividades biológicas significativas. Avaliamos o efeito do óleo essencial de L. grata (OELG) como aditivo alimentar sobre o crescimento, índices somáticos e parâmetros bioquímicos de juvenis (5,25 ± 0,26 g) de tambatinga, um hibrido obtido do cruzamento de tambaqui (Colossoma macropomum) com pirapitinga (Piaractus brachypomum) com grande importância econômica no norte e nordeste do Brazil. Foram avaliados quatro tratamentos dietéticos consistindo na suplementação com OELG em 0,0; 0,5; 1,0 e 2,0 mL kg-1 durante 60 dias. O rendimento de carcaça foi significativamente maior nos peixes alimentados com todas as dietas contendo OELG em comparação à dieta controle. Os animais do tratamento 0,5 mL kg-1 ganharam significativamente mais peso e apresentaram maior taxa de crescimento específico do que aqueles tratados com 1,0 e 2,0 mL kg-1 OELG, embora nenhum tenha diferido significativamente do controle. A taxa de conversão alimentar foi significativamente menor no tratamento 0,5 mL kg-1 do que no tratamento 1,0 mL kg-1. Comparada com as concentrações mais altas, a dieta contendo 0,5 mL kg-1 OELG aumentou o uso de glicogênio muscular, glicose e lactato para suprir as demandas energéticas, evitando o uso de proteína muscular. Nossos resultados sugerem que a suplementação dietética com OELG melhora significativamente o rendimento de carcaça de juvenis de tambatinga, mas concentrações acima de 0,5 mL kg-1 podem comprometer as taxas de crescimento e metabolismo de carboidratos desses peixes.(AU)


Assuntos
Animais , Óleos Voláteis/efeitos adversos , Caraciformes/fisiologia , Aditivos Alimentares/efeitos adversos , Carne/análise , Brasil , Verbenaceae/química , Ingestão de Alimentos/fisiologia , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal/fisiologia
2.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 48: e745, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1417178

Resumo

This study investigated the possible antinutritional effects of Parkia platycephala lectin (0, 20, 40, or 60 mg kg-1 of diet) on tambatinga feeding for 60 days as well as methods of inactivating this protein. Weight gain, specific growth rate, and relative weight gain decreased, and the feed conversion rate increased with the increase in dietary lectin. The hepatic glycogen levels of fish fed 60 mg kg-1 were higher than those of fish fed 20 and 40 mg kg-1. Diets containing 40 and 60 mg kg-1 increased muscle glucose levels compared to the control group. Fish-fed diets containing lectin showed reduced muscle glycogen compared to those receiving the control diet. Fish fed 60 mg kg-1 presented lower muscle protein levels than those fed 20 mg kg-1. In vitro tests showed that the hemagglutination activity of lectin was inhibited by d-mannose, d-glucose, and α-methyl-d-mannopyranoside. Thermal treatment at 50­60°C was sufficient to reduce the action of lectin, as well as a pH below and above the 6­7 range. Therefore, the use of P. platycephala meals as a dietary ingredient for tambatinga with no lectin inac-tivation is not recommended as it can negatively affect the fish's biochemical parameters and growth. Acid or alkaline solutions can be an alternative for inactivating the protein and improving its use by fish and other animals.(AU)


Este estudo investigou possíveis efeitos antinutricionais da lectina de Parkia platycephala (0, 20, 40 ou 60 mg kg-1 de dieta) na alimentação de tambatinga por 60 dias, bem como métodos de inativação dessa proteína. O ganho de peso, a taxa de crescimento específico e o ganho de peso relativo diminu-íram, enquanto o índice de conversão alimentar aumentou com o incremento de lectina na dieta. Os níveis de glicogênio hepático dos peixes alimentados com 60 mg kg-1 foram superiores aos dos que ingeriram 20 e 40 mg kg-1. Dietas contendo 40 e 60 mg kg-1 aumentaram os níveis de glicose muscular em comparação com os que receberam a dieta controle. Nos animais cuja dieta continha lectina, redu-ziu-se o glicogênio muscular em comparação com os da dieta controle. Os espécimes alimentados com 60 mg kg-1 apresentaram menor nível de proteína muscular do que aqueles que consumiram 20 mg kg-1. Testes in vitro mostraram que a atividade de hemaglutinação da lectina foi inibida por D-mano-se, D-glicose e α-metil-D-manopiranosídeo. O tratamento térmico entre 50 e 60°C foi suficiente para reduzir a ação da lectina, assim como o pH abaixo de 6 e acima de 7. Portanto, usar farelo de P. pla-tycephala como ingrediente em dieta para tambatinga sem inativação da lectina não é recomendado, pois pode afetar negativamente os parâmetros bioquímicos e o crescimento dos exemplares. Soluções ácidas ou alcalinas podem ser uma alternativa para inativar a proteína e melhorar sua utilização em peixes e outros animais.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/fisiologia , Lectinas/efeitos adversos , Ração Animal/análise , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
3.
Revista Brasileira de Zoociências (Online) ; 20(1): 7-ago. 2019. ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1494746

Resumo

Neste trabalho, reportamos pela primeira vez uma vespa parasitoide associada a ninhos da espécie Mischocyttarus cerberus e também fornecemos informações em relação ao comportamento do parasitoide quando próximo a seu hospedeiro. Nós acreditamos que o processo de parasitismo não é fácil de ser alcançado, porque as fêmeas hospedeiras que se mantêm nos ninhos atacam toda vez que notam qualquer tipo de abordagem por parte da vespa parasitoide. Nossos resultados fornecem informações mais detalhadas e importantes a respeito da interação comportamental envolvendo Pachysomoides sp. e M. cerberus, a qual ainda carece na literatura.


In this work, we are reporting, for the first time, a parasitoid wasp associated to the nests of Mischocyttarus cerberus, also we provide information concerning the parasitoid behavior when close to its host. We believe that the parasitism process is not easily accomplished, because the host resident females keep guarding and attacking whenever they detect any kind of parasitoid approach. Our results provide more detailed and important information about the host-parasitoid interaction behavior involving the Pachysomoides sp. and M. cerberus, which so far is scarce scientific literature.


Assuntos
Animais , Vespas/parasitologia , Entomologia
4.
R. bras. Zoo. ; 20(1): 7, ago. 2019. ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25632

Resumo

Neste trabalho, reportamos pela primeira vez uma vespa parasitoide associada a ninhos da espécie Mischocyttarus cerberus e também fornecemos informações em relação ao comportamento do parasitoide quando próximo a seu hospedeiro. Nós acreditamos que o processo de parasitismo não é fácil de ser alcançado, porque as fêmeas hospedeiras que se mantêm nos ninhos atacam toda vez que notam qualquer tipo de abordagem por parte da vespa parasitoide. Nossos resultados fornecem informações mais detalhadas e importantes a respeito da interação comportamental envolvendo Pachysomoides sp. e M. cerberus, a qual ainda carece na literatura.(AU)


In this work, we are reporting, for the first time, a parasitoid wasp associated to the nests of Mischocyttarus cerberus, also we provide information concerning the parasitoid behavior when close to its host. We believe that the parasitism process is not easily accomplished, because the host resident females keep guarding and attacking whenever they detect any kind of parasitoid approach. Our results provide more detailed and important information about the host-parasitoid interaction behavior involving the Pachysomoides sp. and M. cerberus, which so far is scarce scientific literature.(AU)


Assuntos
Animais , Vespas/parasitologia , Entomologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA