Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Colloq. agrar. ; 15(5): 67-76, set.-out. 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23983

Resumo

Atualmente, é crescente o interesse na produção de mudas de espécies nativas para recuperação de áreas degradadas, recomposição de reserva legal e áreas de preservação permanente ou para o uso em diferentes setores da economia. Com isso objetivou-se avaliar a qualidade de mudas de Copaifera langsdorffii Desf. (Copaíba) cultivada em substrato alternativo em função da adubação mineral complementar. O experimento foi desenvolvido no viveiro florestal da Universidade Federal do Tocantins UFT, campus universitário de Gurupi. Instalou-se ensaio experimental em delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial de 2x12, com dez repetições. Foram mensurados aos 90 dias após a emergência: altura das mudas, comprimento da raiz; diâmetro do colo; massa seca de parte aérea e sistema radicular; área foliar; densidade do substrato e o índice de qualidade de mudas. O substrato foi constituído por húmus de minhoca (50%) e terra de subsolo (50%) na ausência de adubação proporciona melhoria na morfologia das mudas quanto a massa seca da parte aérea, massa seca das raízes e o maior índice de qualidade de mudas. Os substratos com 75% comercial e 25% de terra de subsolo e 100% de substrato comercial não requerem a suplementação da fertilidade com adubação para promover a melhoria no índice de qualidade de mudas. No entanto, se forem utilizadas as fontes de substrato comercial e casca de arroz carbonizada, recomenda-se o uso de adubação à medida em que forem diminuindo a proporção desses compostos orgânicos.(AU)


There is a growing interest in the production of seedlings of native species for the recovery of degraded areas, restoration of legal reserves and permanent preservation areas or for use in different sectors of the economy. The objective of this study was to evaluate the quality of seedlings of Copaifera langsdorffii Desf. (Copaíba) cultivated in alternative substrate as a function of complementary mineral fertilization. The experiment was carried out in the forest nursery of the Federal University of Tocantins - UFT, Gurupi university campus. The experimental design was a randomized block design in a 2x12 factorial scheme with ten replications. They were measured at 90 days after emergence: seedling height, root length; neck diameter; dry mass of shoot and root system; leaf area; substrate density and seedling quality index. The substrate consisted of earthworm humus (50%) and underground soil (50%) in the absence of fertilization. Substrates with 75% commercial and 25% subsoil and 100% commercial substrate do not require fertilization supplementation to promote seedling quality improvement. However, if commercial substrate and carbonized rice husk sources are used, fertilizer use is recommended as the proportion of these organic compounds decreases.(AU)


Assuntos
Fabaceae/crescimento & desenvolvimento , Esterco , Fertilizantes
2.
Colloq. Agrar ; 15(5): 67-76, set.-out. 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1481514

Resumo

Atualmente, é crescente o interesse na produção de mudas de espécies nativas para recuperação de áreas degradadas, recomposição de reserva legal e áreas de preservação permanente ou para o uso em diferentes setores da economia. Com isso objetivou-se avaliar a qualidade de mudas de Copaifera langsdorffii Desf. (Copaíba) cultivada em substrato alternativo em função da adubação mineral complementar. O experimento foi desenvolvido no viveiro florestal da Universidade Federal do Tocantins – UFT, campus universitário de Gurupi. Instalou-se ensaio experimental em delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial de 2x12, com dez repetições. Foram mensurados aos 90 dias após a emergência: altura das mudas, comprimento da raiz; diâmetro do colo; massa seca de parte aérea e sistema radicular; área foliar; densidade do substrato e o índice de qualidade de mudas. O substrato foi constituído por húmus de minhoca (50%) e terra de subsolo (50%) na ausência de adubação proporciona melhoria na morfologia das mudas quanto a massa seca da parte aérea, massa seca das raízes e o maior índice de qualidade de mudas. Os substratos com 75% comercial e 25% de terra de subsolo e 100% de substrato comercial não requerem a suplementação da fertilidade com adubação para promover a melhoria no índice de qualidade de mudas. No entanto, se forem utilizadas as fontes de substrato comercial e casca de arroz carbonizada, recomenda-se o uso de adubação à medida em que forem diminuindo a proporção desses compostos orgânicos.


There is a growing interest in the production of seedlings of native species for the recovery of degraded areas, restoration of legal reserves and permanent preservation areas or for use in different sectors of the economy. The objective of this study was to evaluate the quality of seedlings of Copaifera langsdorffii Desf. (Copaíba) cultivated in alternative substrate as a function of complementary mineral fertilization. The experiment was carried out in the forest nursery of the Federal University of Tocantins - UFT, Gurupi university campus. The experimental design was a randomized block design in a 2x12 factorial scheme with ten replications. They were measured at 90 days after emergence: seedling height, root length; neck diameter; dry mass of shoot and root system; leaf area; substrate density and seedling quality index. The substrate consisted of earthworm humus (50%) and underground soil (50%) in the absence of fertilization. Substrates with 75% commercial and 25% subsoil and 100% commercial substrate do not require fertilization supplementation to promote seedling quality improvement. However, if commercial substrate and carbonized rice husk sources are used, fertilizer use is recommended as the proportion of these organic compounds decreases.


Assuntos
Esterco , Fabaceae/crescimento & desenvolvimento , Fertilizantes
3.
Semina Ci. agr. ; 38(5): 3271-3282, Set.-Out. 2017. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25023

Resumo

This study aimed to evaluate the effect of nitrogen (N) fertilizer doses on morphogenic and structural characteristics of mombassa grass (Panicum maximum Jacq.) at three different periods of the lifespan of tillers. The experiment was conducted in Araguaína-TO, Brazil, from December 2014 to February 2015. It was installed in split plots in a randomized block design with four replications. The doses of N-fertilizer (0, 30, 60, 90 kg N.ha-1) were the plots and the periods evaluated (1PER first period from day 16 to 30; 2PER from day 31 to 45 and 3PER from day 46 to 60 after germination) were the subplots. The evaluated variables consisted of leaf appearance rate (LAR), leaf elongation rate (LER), stem elongation rate (SER), leaf senescence rate (LSR), phyllochron, tiller number, leaf emergence, and total leaf number. A Pearson correlation analysis was used to morphogenic and structural characteristics along with a regression analysis for all the variables. Overall, increasing N-fertilizer doses positively influenced the leaf appearance and leaf elongation rates, tiller density, and the number of live leaves per tiller. The 90-kg N.ha-1 dose enabled the best morphogenic and structural responses of the forage when compared to the other rates. Each period featured differently, with higher values of LSR, SER, and LER in 3PER when compared to those in 2PER and in 1PER. Therefore, the nutritional supply over the first weeks of tiller lives was defining to an increase in forage production in the remaining periods. In light of this, we observed that as LAR raise in the first days after germination, nutritional supplies are requiredfrom day 15 on, mainly nitrogen, so plants could continue their development since initial plant growthdetermines pasture productive vigor and longevity.(AU)


Objetivou-se avaliar o efeito de doses de N-fertilizante sobre as características morfogênicas e estruturais no período de estabelecimento do capim-mombaça (Panicum maximum Jacq.) em três períodos da vida do perfilho. O experimento conduzido em Araguaína-TO de dezembro de 2014 a fevereiro de 2015, foi instalado em parcelas subdivididas em um delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, sendo as doses de N-fertilizante (0, 30, 60 e 90 kg N.ha-1) a parcela e os períodos avaliados (1PER- primeiro período do 16º ao 30º; 2PER- segundo período do 31º ao 45º e 3PER- terceiro período do 46º ao 60º dia pós germinação) a subparcela. Avaliou-se a taxa de aparecimento foliar (TApF), taxa de alongamento foliar (TAlF) e colmo (TAlC), taxa de senescência foliar (TSF), filocrono, número de perfilhos, surgimento de folhas e o número de folhas totais. Foi utilizada uma análise de correlação de Pearson entre as características morfogênicas e estruturais e, também, análise de regressão para todas as variáveis avaliadas. O incremento das doses de nitrogênio influenciou positivamente as taxas de aparecimento foliar, alongamento foliar, densidade de perfilhos e no número de folhas vivas por perfilho. A dose de 90 kg N.ha-1 possibilitou o melhor desenvolvimento morfogênico e estrutural da planta, quando comparada as demais doses; durante o período de estabelecimento foi identificado características diferentes da planta ao longo dos períodos, com maior TSF, TAlC e TAlF no 3°PER, quando comparado o 2°PER e 1°PER. Portanto, pode-se afirmar que o aporte nutricional nas primeirassemanas de vida do perfilhos foram determinantes para o aumento na produção de forragem nos demais períodos avaliados. Diante disto, conclui-se que a planta ao intensificar a TApF nos primeiros dias pós germinação, necessita, a partir do 15° dia, de fontes nutricionais para continuar a desenvolver-se, principalmente de nitrogênio, visto que o adequado crescimento inicial da planta determina...(AU)


Assuntos
Panicum/anatomia & histologia , Panicum/crescimento & desenvolvimento , Morfogênese/fisiologia
4.
Semina ciênc. agrar ; 32(2): 411-420, abr.-jun. 2011. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1438085

Resumo

Objetivou-se com este trabalho quantificar a extração de nutrientes e a produção de biomassa de aveia-preta em solos submetidos a dezoito anos de adubações orgânicas e minerais em cultivo de milho. O experimento foi conduzido no Campo Experimental de Coimbra, localizado no município de Coimbra/MG, pertencente ao Departamento de Fitotecnia (DFT) da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A semeadura da aveia-preta foi realizada no ano agrícola de 2003/2004. Os tratamentos foram: sem adubação; adubação mineral na dose de 150 kg ha-1 da fórmula 8-28-16 com a adição de 50 kg ha-1 de N em cobertura (AM1); adubação mineral na dose de 300 kg ha-1 da fórmula 8-28-16 com a adição de 100 kg ha-1 de N em cobertura (AM2) e adubação orgânica (AO) com 40 m3 ha-1 de composto orgânico. Esses tratamentos foram aplicado sequencialmente no cultivo do milho por um período de dezoito anos. Os tratamentos foram dispostos no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Foi determinado o acúmulo de massa seca da parte aérea, teor e acúmulo de N, P, K na parte aérea da aveia preta, teor de P e K no solo, saturação de base e CTC. O tratamento com adubação orgânica proporcionou maior acúmulo de massa seca da parte aérea da aveia-preta e maior extração de nutrientes. Os nutrientes determinados no solo foram diretamente proporcionais aos acúmulos de massa secas e nutrientes determinados na parte aérea da aveia-preta.


This work aimed to quantify the content and accumulation of macronutrients (N, P and K) in the dry biomass of oats-black (Avena strigosa Schreb) and in soil (P and K), recycled by the oats-black after the waste left in the soil by successive fertilizations organic and mineral carried out in maize. The experiment was conducted at the Experimental Field of Coimbra, located in the city of Coimbra / MG from the Department of Plant Science (DFT) of the Federal University of Viçosa (UFV). The planting of oats-black was conducted in the agricultural year 2003/2004. The treatments were: no fertilization, mineral fertilization at 150 kg ha-1 of 8-28-16 formulation with the addition of 50 kg ha-1 N topdressing (AM1); mineral fertilization at 300 kg ha-1 of 8-28-16 formulation with the addition of 100 kg ha-1 N topdressing (AM2) and organic manure (AO) with 40 m3 ha-1 of compost. These treatments were applied sequentially in corn cultivation for a period of eighteen. The treatments were arranged in a randomized block design with four replications. Was determined the accumulation of dry mass of aerial part, content and accumulation of N, P and K in shoots of oats-black, P and K content in soil, base saturation and CTC. The treatment with organic fertilization provided higher accumulation of dry matter of aerial part of oats-black and nutrient uptake. The nutrients determined in the soil were directly proportional to the accumulation of dry mass and specific nutrients in shoots of oats-black.


Assuntos
Nutrientes , Avena/crescimento & desenvolvimento , Zea mays , Esterco
5.
Semina ciênc. agrar ; 38(5): 3271-3282, 2017. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500975

Resumo

This study aimed to evaluate the effect of nitrogen (N) fertilizer doses on morphogenic and structural characteristics of mombassa grass (Panicum maximum Jacq.) at three different periods of the lifespan of tillers. The experiment was conducted in Araguaína-TO, Brazil, from December 2014 to February 2015. It was installed in split plots in a randomized block design with four replications. The doses of N-fertilizer (0, 30, 60, 90 kg N.ha-1) were the plots and the periods evaluated (1PER first period from day 16 to 30; 2PER from day 31 to 45 and 3PER from day 46 to 60 after germination) were the subplots. The evaluated variables consisted of leaf appearance rate (LAR), leaf elongation rate (LER), stem elongation rate (SER), leaf senescence rate (LSR), phyllochron, tiller number, leaf emergence, and total leaf number. A Pearson correlation analysis was used to morphogenic and structural characteristics along with a regression analysis for all the variables. Overall, increasing N-fertilizer doses positively influenced the leaf appearance and leaf elongation rates, tiller density, and the number of live leaves per tiller. The 90-kg N.ha-1 dose enabled the best morphogenic and structural responses of the forage when compared to the other rates. Each period featured differently, with higher values of LSR, SER, and LER in 3PER when compared to those in 2PER and in 1PER. Therefore, the nutritional supply over the first weeks of tiller lives was defining to an increase in forage production in the remaining periods. In light of this, we observed that as LAR raise in the first days after germination, nutritional supplies are requiredfrom day 15 on, mainly nitrogen, so plants could continue their development since initial plant growthdetermines pasture productive vigor and longevity.


Objetivou-se avaliar o efeito de doses de N-fertilizante sobre as características morfogênicas e estruturais no período de estabelecimento do capim-mombaça (Panicum maximum Jacq.) em três períodos da vida do perfilho. O experimento conduzido em Araguaína-TO de dezembro de 2014 a fevereiro de 2015, foi instalado em parcelas subdivididas em um delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, sendo as doses de N-fertilizante (0, 30, 60 e 90 kg N.ha-1) a parcela e os períodos avaliados (1PER- primeiro período do 16º ao 30º; 2PER- segundo período do 31º ao 45º e 3PER- terceiro período do 46º ao 60º dia pós germinação) a subparcela. Avaliou-se a taxa de aparecimento foliar (TApF), taxa de alongamento foliar (TAlF) e colmo (TAlC), taxa de senescência foliar (TSF), filocrono, número de perfilhos, surgimento de folhas e o número de folhas totais. Foi utilizada uma análise de correlação de Pearson entre as características morfogênicas e estruturais e, também, análise de regressão para todas as variáveis avaliadas. O incremento das doses de nitrogênio influenciou positivamente as taxas de aparecimento foliar, alongamento foliar, densidade de perfilhos e no número de folhas vivas por perfilho. A dose de 90 kg N.ha-1 possibilitou o melhor desenvolvimento morfogênico e estrutural da planta, quando comparada as demais doses; durante o período de estabelecimento foi identificado características diferentes da planta ao longo dos períodos, com maior TSF, TAlC e TAlF no 3°PER, quando comparado o 2°PER e 1°PER. Portanto, pode-se afirmar que o aporte nutricional nas primeirassemanas de vida do perfilhos foram determinantes para o aumento na produção de forragem nos demais períodos avaliados. Diante disto, conclui-se que a planta ao intensificar a TApF nos primeiros dias pós germinação, necessita, a partir do 15° dia, de fontes nutricionais para continuar a desenvolver-se, principalmente de nitrogênio, visto que o adequado crescimento inicial da planta determina...


Assuntos
Morfogênese/fisiologia , Panicum/anatomia & histologia , Panicum/crescimento & desenvolvimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA