Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. ciênc. vet ; 27(3): 110-114, jul./set. 2020. il.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1370267

Resumo

Rabbits have been used as an experimental model in many studies. These studies are important not only for veterinary clinicians, but also for researchers in different fields. The aim of this research was to describe gross morphological measurement, shape and arterial supply of the adrenal glands in healthy New Zealand rabbits. Dissections were performed in 30 adult rabbits, 15 males and 15 females, without macroscopic adrenal pathology. Adrenal measurements were made with a digital caliper: length, width, and thickness. The origin of the adrenal arteries was also determined. Both adrenal glands were localized cranially to the respective kidneys. The mean of the right adrenal gland was 0.88 cm length, 0.42 cm width and 0.16 cm thickness; the left gland measured 0.72 cm, 0.46 cm, and 0.17 cm, respectively. The right gland was significantly more elongated than the left (p = 0.0003) and the means of the measurements did not differ between sexes. Most of the right adrenal glands had a piriform shape (73.3%), whereas most of the left gland exhibited a "bean-shaped" aspect (60.0%). The arterial supply was found to arise from different arteries: lumbar, aorta, renal, caudal mesenteric, and testicular or ovarian. Comparatively, the descriptions of shape, position and arterial irrigation of the adrenal gland in rabbits are similar to those available in rodents. The data from the present investigation will assist in the interpretation of pathological and / or experimental findings in New Zealand rabbits.


Coelhos têm sido utilizados como modelo experimental em muitos estudos. Esses estudos são importantes não apenas para médicos veterinários, mas também para pesquisadores de diferentes campos. O objetivo desta pesquisa foi descrever as medidas morfológicas macroscópicas, forma e suprimento arterial das glândulas adrenais em coelhos saudáveis da raça Nova Zelândia. As dissecções foram realizadas em 30 coelhos adultos, 15 machos e 15 fêmeas, sem sinais macroscópicos de patologia adrenal. As medidas adrenais foram realizadas com paquímetro digital: comprimento, largura e espessura. A origem das artérias adrenais também foi determinada. Ambas as glândulas adrenais foram localizadas cranialmente nos respectivos rins. A média da glândula adrenal direita foi de 0,88 cm de comprimento, 0,42 cm de largura e 0,16 cm de espessura; a glândula esquerda mediu 0,72 cm, 0,46 cm e 0,17 cm, respectivamente. A glândula direita foi significativamente mais alongada que a esquerda (p = 0,0003) e as médias das medidas não diferiram entre os sexos. A maioria das glândulas adrenais direitas tinha uma forma piriforme (73,3%), enquanto a maioria da glândula esquerda exibia um aspecto em "forma de feijão" (60,0%). Verificou-se que o suprimento arterial provém de diferentes artérias: lombar, aorta, renal, mesentérica caudal e testicular ou ovariana. Comparativamente, as descrições de forma, posição e irrigação arterial da glândula adrenal em coelhos são semelhantes às disponíveis em roedores. Os dados da presente investigação ajudarão na interpretação de achados patológicos e / ou experimentais em coelhos da raça Nova Zelândia.


Assuntos
Animais , Coelhos , Artérias/anatomia & histologia , Coelhos/anatomia & histologia , Glândulas Suprarrenais/anatomia & histologia , Dissecação/veterinária , Sistema Endócrino/anatomia & histologia , Variação Anatômica/fisiologia , Modelos Anatômicos
2.
R. bras. Ci. Vet. ; 27(3): 110-114, jul.-set. 2020. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-29610

Resumo

Rabbits have been used as an experimental model in many studies. These studies are important for not only for veterinary clinicians, but also for researchers in different elds. The aim of this research was to describe gross morphological measurement, shape and arterial supply of the adrenal glands in healthy New Zealand rabbits. Dissections were performed in 30 adult rabbits, 15 males and 15 females, without macroscopic adrenal pathology. Adrenal measurements were made with a digital caliper: length, width, and thickness. The origin of the adrenal arteries was also determined. Both adrenal glands were localized cranially to the respective kidneys. The mean of the right adrenal gland was 0.88 cm length, 0.42 cm width and 0.16 cm thickness; the left gland measured 0.72 cm, 0.46 cm, and 0.17 cm, respectively. The right gland was significantly more elongated than the left (p = 0.0003) and the means of the measurements did not differ between sexes. Most of the right adrenal glands had a piriform shape (73.3%), whereas most of the left gland exhibited a bean-shaped aspect (60.0%). The arterial supply was found to arise from different arteries:  lumbar, aorta, renal, caudal mesenteric, and testicular or ovarian. Comparatively, the descriptions of shape, position and arterial irrigation of the adrenal gland in rabbits are similar to those available in rodents. The data from the pres


Coelhos têm sido utilizados como modelo experimental em muitos estudos. Esses estudos são importantes não apenas para médicos veterinários, mas também para pesquisadores de diferentes campos. O objetivo desta pesquisa foi descrever as medidas morfológicas macroscópicas, forma e suprimento arterial das glândulas adrenais em coelhos saudáveis da raça Nova Zelândia. As dissecções foram realizadas em 30 coelhos adultos, 15 machos e 15 fêmeas, sem sinais macroscópicos de patologia adrenal. As medidas adrenais foram realizadas com paquímetro digital: comprimento, largura e espessura. A origem das artérias adrenais também foi determinada. Ambas as glândulas adrenais foram localizadas cranialmente nos respectivos rins. A média da glândula adrenal direita foi de 0,88 cm de comprimento, 0,42 cm de largura e 0,16 cm de espessura; a glândula esquerda mediu 0,72 cm, 0,46 cm e 0,17 cm, respectivamente. A glândula direita foi significativamente mais alongada que a esquerda (p = 0,0003) e as médias das medidas não diferiram entre os sexos. A maioria das glândulas adrenais direitas tinha uma forma piriforme (73,3%), enquanto a maioria da glândula esquerda exibia um aspecto em “forma de feijão” (60,0%). Verificou-se que o suprimento arterial provém de diferentes artérias: lombar, aorta, renal, mesentérica caudal e testicular ou ovariana. Comparativamente, as descrições de forma, posição e irrigação arterial da glândula adrenal em coelhos são semelhantes às disponíveis em roedores. Os dados da presente investigação ajudarão na interpretação de achados patológicos e / ou experimentais em coelhos da raça Nova Zelândia.(AU)


Assuntos
Animais , Coelhos , Coelhos/anatomia & histologia , Coelhos/fisiologia , Glândulas Suprarrenais/fisiologia , Variação Anatômica , Endocrinologia , Lagomorpha
3.
Rev. bras. ciênc. vet ; 27(3): 110-114, jul./set. 2020. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1491683

Resumo

Rabbits have been used as an experimental model in many studies. These studies are important for not only for veterinary clinicians, but also for researchers in different elds. The aim of this research was to describe gross morphological measurement, shape and arterial supply of the adrenal glands in healthy New Zealand rabbits. Dissections were performed in 30 adult rabbits, 15 males and 15 females, without macroscopic adrenal pathology. Adrenal measurements were made with a digital caliper: length, width, and thickness. The origin of the adrenal arteries was also determined. Both adrenal glands were localized cranially to the respective kidneys. The mean of the right adrenal gland was 0.88 cm length, 0.42 cm width and 0.16 cm thickness; the left gland measured 0.72 cm, 0.46 cm, and 0.17 cm, respectively. The right gland was significantly more elongated than the left (p = 0.0003) and the means of the measurements did not differ between sexes. Most of the right adrenal glands had a piriform shape (73.3%), whereas most of the left gland exhibited a bean-shaped aspect (60.0%). The arterial supply was found to arise from different arteries:  lumbar, aorta, renal, caudal mesenteric, and testicular or ovarian. Comparatively, the descriptions of shape, position and arterial irrigation of the adrenal gland in rabbits are similar to those available in rodents. The data from the pres


Coelhos têm sido utilizados como modelo experimental em muitos estudos. Esses estudos são importantes não apenas para médicos veterinários, mas também para pesquisadores de diferentes campos. O objetivo desta pesquisa foi descrever as medidas morfológicas macroscópicas, forma e suprimento arterial das glândulas adrenais em coelhos saudáveis da raça Nova Zelândia. As dissecções foram realizadas em 30 coelhos adultos, 15 machos e 15 fêmeas, sem sinais macroscópicos de patologia adrenal. As medidas adrenais foram realizadas com paquímetro digital: comprimento, largura e espessura. A origem das artérias adrenais também foi determinada. Ambas as glândulas adrenais foram localizadas cranialmente nos respectivos rins. A média da glândula adrenal direita foi de 0,88 cm de comprimento, 0,42 cm de largura e 0,16 cm de espessura; a glândula esquerda mediu 0,72 cm, 0,46 cm e 0,17 cm, respectivamente. A glândula direita foi significativamente mais alongada que a esquerda (p = 0,0003) e as médias das medidas não diferiram entre os sexos. A maioria das glândulas adrenais direitas tinha uma forma piriforme (73,3%), enquanto a maioria da glândula esquerda exibia um aspecto em “forma de feijão” (60,0%). Verificou-se que o suprimento arterial provém de diferentes artérias: lombar, aorta, renal, mesentérica caudal e testicular ou ovariana. Comparativamente, as descrições de forma, posição e irrigação arterial da glândula adrenal em coelhos são semelhantes às disponíveis em roedores. Os dados da presente investigação ajudarão na interpretação de achados patológicos e / ou experimentais em coelhos da raça Nova Zelândia.


Assuntos
Animais , Coelhos , Coelhos/anatomia & histologia , Coelhos/fisiologia , Endocrinologia , Glândulas Suprarrenais/fisiologia , Variação Anatômica , Lagomorpha
4.
Acta Vet. Brasilica ; 10(1): 32-37, 2016. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453008

Resumo

The aim of this study was to describe the origin, morphometry and main branches of the basilar artery, in adult New Zealand rabbits of both sexes. The setting was made by plastic tube inserted into the common carotid artery with 10% formaldehyde solution. After fixed and performing the injections with latex solution stained with pigment, the brains were removed after craniotomy and dissected to identify the origin and main branches of the basilar arteries. Mean and standard error of the basilar artery length were 1.293 cm ± 0.024 in females and 1.227 cm ± 0.025 in males. In all rabbits dissected, the basilar artery stemmed from the anastomosis of vertebral arteries, right and left, giving rise to the caudal cerebellar artery, varied branches to bulb and pons, terminal branches, and rostral cerebellar arteries


O objetivo desta investigação foi caracterizar a origem, morfometria e ramos principais da artéria basilar em coelhos Nova Zelândia adultos de ambos os sexos. A fixação foi feita através de cânula plástica introduzida na artéria carótida comum com solução de formaldeído a 10%. Em seguida foram feitas repleções vasculares com solução aquosa de Petrolátex S65 corado com pigmento Suvinil vermelho. Procedeu-se a craniotomia, remoção dos encéfalos e dissecção para a observação da origem e ramificações principais da artéria basilar. A média e erro padrão do comprimento da artéria basilar foram de 1,293 cm ± 0,024 nas fêmeas e 1,227 cm ± 0,025 nos machos. Em todos os coelhos dissecados, a artéria basilar se originou da anastomose das artérias vertebrais, direita e esquerda, emitindo a artéria cerebelar caudal, ramos variados para bulbo e ponte, ramos terminais e artérias cerebelares rostrais


Assuntos
Animais , Artéria Basilar/anatomia & histologia , Coelhos/anatomia & histologia , Anastomose Arteriovenosa/anatomia & histologia , Artéria Vertebral/anatomia & histologia , Artérias/anatomia & histologia , Cerebelo , Craniotomia/veterinária
5.
Acta Vet. bras. ; 10(1): 32-37, 2016. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-304296

Resumo

The aim of this study was to describe the origin, morphometry and main branches of the basilar artery, in adult New Zealand rabbits of both sexes. The setting was made by plastic tube inserted into the common carotid artery with 10% formaldehyde solution. After fixed and performing the injections with latex solution stained with pigment, the brains were removed after craniotomy and dissected to identify the origin and main branches of the basilar arteries. Mean and standard error of the basilar artery length were 1.293 cm ± 0.024 in females and 1.227 cm ± 0.025 in males. In all rabbits dissected, the basilar artery stemmed from the anastomosis of vertebral arteries, right and left, giving rise to the caudal cerebellar artery, varied branches to bulb and pons, terminal branches, and rostral cerebellar arteries(AU)


O objetivo desta investigação foi caracterizar a origem, morfometria e ramos principais da artéria basilar em coelhos Nova Zelândia adultos de ambos os sexos. A fixação foi feita através de cânula plástica introduzida na artéria carótida comum com solução de formaldeído a 10%. Em seguida foram feitas repleções vasculares com solução aquosa de Petrolátex S65 corado com pigmento Suvinil vermelho. Procedeu-se a craniotomia, remoção dos encéfalos e dissecção para a observação da origem e ramificações principais da artéria basilar. A média e erro padrão do comprimento da artéria basilar foram de 1,293 cm ± 0,024 nas fêmeas e 1,227 cm ± 0,025 nos machos. Em todos os coelhos dissecados, a artéria basilar se originou da anastomose das artérias vertebrais, direita e esquerda, emitindo a artéria cerebelar caudal, ramos variados para bulbo e ponte, ramos terminais e artérias cerebelares rostrais(AU)


Assuntos
Animais , Coelhos/anatomia & histologia , Artéria Basilar/anatomia & histologia , Artérias/anatomia & histologia , Craniotomia/veterinária , Anastomose Arteriovenosa/anatomia & histologia , Artéria Vertebral/anatomia & histologia , Cerebelo
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA