Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 53(4): e20201009, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1384586

Resumo

ABSTRACT: In some situations, the neonatal mortality rate in dogs can be high, and perinatal and postnatal veterinary care is essential to improve survival. This study to compared the Apgar score, serum lactate levels, and blood gas analysis results in 30 neonates born by elective cesarean section (GCE, n = 18) or cesarean section due to dystocia (GD, n = 12). Neonates were assessed at five time points: T0, at birth; T1, 3 h after birth; T2, 6 h after birth; T3, 12 h after birth; and T4, 24 h after birth. At T0, in the GCE group, 55.6% of the animals presented with adequate vitality, while 38.8% showed moderate changes in the Apgar score. In the GD group, 83.3% of the neonates had severe loss of vitality. At T1, none of the GCE neonates and 8.3% of the GD neonates presented with vitality deficits. Hyperlactatemia was observed in 83.3% of the GD neonates, and mixed acidosis (metabolic and respiratory) was observed at T0 in most neonates in both groups (GCE, 55.6%; GD, 72.7%). Compared to GCE neonates, the acid-base disorders were more severe and their recovery slower in GD neonates. At T0, GD neonates had higher hyperlactatemia and a lower Apgar score (worse vitality) than those of GCE neonates.


RESUMO: A taxa de mortalidade neonatal em cães pode ser elevada em algumas situações e a assistência veterinária peri e pós-natal mostra-se essencial para melhorar a sobrevivência dos filhotes nesse período. O objetivo deste estudo foi comparar o escore Apgar, lactato sérico e hemogasometria em neonatos nascidos por cesariana eletiva (GCE, n=18) e por cesariana após distocia (GD, n=12). Os neonatos foram avaliados em cinco momentos: (T0) ao nascimento; (T1) três horas; (T2) seis horas; (T3) 12 horas; e (T4) 24 horas. Ao nascimento, no GCE, 55,6% dos animais apresentaram boa vitalidade, de acordo com escore Apgar, e 38,8% demonstraram moderada vitalidade. No GD, 83,3% dos neonatos apresentaram baixa vitalidade. Ao T1 (três horas após o nascimento), nenhum (0%) dos neonatos do GCE e 8,3% dos neonatos do GD evidenciavam perda de vitalidade. Observou-se hiperlactatemia em 83,3% nos neonatos do GD e acidose mista (metabólica e respiratória) ao nascimento na maioria dos neonatos de ambos os grupos (55,6% no GCE e 72,7% no GD). Conclui-se que o principal distúrbio ácido-base observado ao nascimento foi acidose mista (metabólica e respiratória) em ambos os grupos. Os distúrbios acido-base nos neonatos do GD foram mais graves e sua recuperação mais lenta quando comparados com neonatos do GCE. Ao nascimento, neonatos no GD apresentaram maior hiperlactatemia e menor escore Apgar (pior vitalidade) em relação aos nascidos no GCE.

2.
Ciênc. rural (Online) ; 53(4): 1-7, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1412799

Resumo

In some situations, the neonatal mortality rate in dogs can be high, and perinatal and postnatal veterinary care is essential to improve survival. This study to compared the Apgar score, serum lactate levels, and blood gas analysis results in 30 neonates born by elective cesarean section (GCE, n = 18) or cesarean section due to dystocia (GD, n = 12). Neonates were assessed at five time points: T0, at birth; T1, 3 h after birth; T2, 6 h after birth; T3, 12 h after birth; and T4, 24 h after birth. At T0, in the GCE group, 55.6% of the animals presented with adequate vitality, while 38.8% showed moderate changes in the Apgar score. In the GD group, 83.3% of the neonates had severe loss of vitality. At T1, none of the GCE neonates and 8.3% of the GD neonates presented with vitality deficits. Hyperlactatemia was observed in 83.3% of the GD neonates, and mixed acidosis (metabolic and respiratory) was observed at T0 in most neonates in both groups (GCE, 55.6%; GD, 72.7%). Compared to GCE neonates, the acid-base disorders were more severe and their recovery slower in GD neonates. At T0, GD neonates had higher hyperlactatemia and a lower Apgar score (worse vitality) than those of GCE neonates.


A taxa de mortalidade neonatal em cães pode ser elevada em algumas situações e a assistência veterinária peri e pós-natal mostra-se essencial para melhorar a sobrevivência dos filhotes nesse período. O objetivo deste estudo foi comparar o escore Apgar, lactato sérico e hemogasometria em neonatos nascidos por cesariana eletiva (GCE, n=18) e por cesariana após distocia (GD, n=12). Os neonatos foram avaliados em cinco momentos: (T0) ao nascimento; (T1) três horas; (T2) seis horas; (T3) 12 horas; e (T4) 24 horas. Ao nascimento, no GCE, 55,6% dos animais apresentaram boa vitalidade, de acordo com escore Apgar, e 38,8% demonstraram moderada vitalidade. No GD, 83,3% dos neonatos apresentaram baixa vitalidade. Ao T1 (três horas após o nascimento), nenhum (0%) dos neonatos do GCE e 8,3% dos neonatos do GD evidenciavam perda de vitalidade. Observou-se hiperlactatemia em 83,3% nos neonatos do GD e acidose mista (metabólica e respiratória) ao nascimento na maioria dos neonatos de ambos os grupos (55,6% no GCE e 72,7% no GD). Conclui-se que o principal distúrbio ácido-base observado ao nascimento foi acidose mista (metabólica e respiratória) em ambos os grupos. Os distúrbios acido-base nos neonatos do GD foram mais graves e sua recuperação mais lenta quando comparados com neonatos do GCE. Ao nascimento, neonatos no GD apresentaram maior hiperlactatemia e menor escore Apgar (pior vitalidade) em relação aos nascidos no GCE.


Assuntos
Animais , Cães , Índice de Apgar , Cesárea/veterinária , Distocia/veterinária , Lactatos/administração & dosagem , Animais Recém-Nascidos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA