Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. zootec ; 29: 1-9, 2022. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1370453

Resumo

As doenças transmitidas por carrapatos são afecções de grande importância na clínica médica de pequenos animais, devido à alta casuística e ampla distribuição vetorial no território brasileiro. Os principais agentes responsáveis pelas infecções em cães são Babesia sp., Ehrlichia canis e Hepatozoon canis. Os animais infectados são assintomáticos ou apresentam sinais clínicos inespecíficos, sendo necessário a utilização de testes diagnósticos para definição do agente etiológico, e diagnóstico seguro. O objetivo do presente estudo foi determinar a ocorrência desses micro-organismos em cães naturalmente infectados, domiciliados nos municípios de Vila Velha e Anchieta, Espírito Santo, utilizando diferentes testes de detecção: Reação em cadeia polimerase (PCR), sorologia para detecção de anticorpos anti Ehrlichia canis e pesquisa de hematozoários em esfregaço sanguíneo. Foram analisadas 65 amostras de sangue obtidas por venopunção da veia cefálica. No teste de PCR, 4,62% dos animais foram positivos para Babesia vogeli e 1,54% para Ehrlichia canis sendo os resultados para Hepatozoon canis negativos. No teste sorológico para E. canis 90,77% dos animais foram positivos para a presença de anticorpos, e na pesquisa em lâminas de esfregaço sanguíneo 3,02% apresentavam outros hemoparasitas. Os resultados indicam a dispersão desses hemoparasitas na população canina da região de estudo, entretanto com baixa ocorrência. O teste de PCR demonstrou-se como o mais sensível no qual Babesia vogeli foi o agente mais observado.


Tick-borne diseases are of great importance in the medical practice of small animals, due to the high casuistry and wide vectorial distribution in the Brazilian territory. The main agents responsible for infections in dogs are Babesia sp., Ehrlichia canis and Hepatozoon canis. Infected animals are asymptomatic or present nonspecific clinical signs, requiring the use of diagnostic tests to define the etiologic agent, and safe diagnosis. The objective of the present study was to determine the occurrence of these microorganisms in naturally infected dogs domiciled in the municipalities of Vila Velha and Anchieta, Espírito Santo, using different detection tests: polymerase chain reaction (PCR), serology to detect antibodies against Ehrlichia canis and research of hematozoa in blood smears. Sixty-five blood samples obtained by venipuncture of the cephalic vein were analyzed. In the PCR test, 4.62% of the animals were positive for Babesia vogeli and 1.54% for Ehrlichia canis, and the results for Hepatozoon canis were negative. In the serological test for E. canis, 90.77% of the animals were positive for the presence of antibodies, and in there search in blood smear slides, 3.02% presented other hemoparasites. The results indicate the dispersion of these hemoparasites in the canine population of the study region, however with low occurrence. The PCR test proved to be the most sensitive, in which Babesia vogeli was the most observed agent.


Las enfermedades transmitidas por garrapatas son enfermedades de gran importancia en la práctica médica de los pequeños animales, debido a la alta casuística y amplia distribución vectorial en el territorio brasileño. Los principales agentes responsables de las infecciones en los perros son Babesia sp., Ehrlichia canis y Hepatozoon canis. Los animales infectados son asintomáticos o presentan signos clínicos inespecíficos, siendo necesario el uso de pruebas diagnósticas para la definición del agente etiológico, y el diagnóstico seguro. El objetivo del presente estudio fue determinar la ocurrencia de estos microorganismos en perros infectados naturalmente, domiciliados en los municipios de Vila Velha y Anchieta, Espírito Santo, utilizando diferentes pruebas de detección: reacción en cadena de la polimerasa (PCR), serología para detectar anticuerpos anti Ehrlichia canis e investigación de hematozoos en frotis de sangre. Se analizaron sesenta y cinco muestras de sangre obtenidas por venopunción de la vena cefálica. En la prueba PCR, el 4,62% de los animales fueron positivos para Babesia vogeliyel 1,54% paraEhrlichia canis, y los resultados para Hepatozoon canis fueron negativos. En la prueba serológica para E. canis, el 90,77% de los animales fueron positivos a la presencia de anticuerpos, y en la investigación en láminas de frotis de sangre el 3,02% presentaron otros hemoparásitos. Los resultados indican la dispersión de estos hemoparásitos en la población canina de la región de estudio, aunque con una baja presencia. La prueba PCR resultó ser la más sensible, en la que Babesia vogeli fue el agente más observado.


Assuntos
Animais , Cães , Infecções Protozoárias em Animais/epidemiologia , Babesiose/epidemiologia , Ehrlichiose/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Carrapatos/veterinária , Doenças Transmitidas por Carrapatos/epidemiologia , Babesia/isolamento & purificação , Brasil/epidemiologia , Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária , Ehrlichia canis/isolamento & purificação
2.
Vet. zootec ; 29: 1-9, 2022. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1380743

Resumo

As doenças transmitidas por carrapatos são afecções de grande importância na clínica médica de pequenos animais, devido à alta casuística e ampla distribuição vetorial no território brasileiro. Os principais agentes responsáveis pelas infecções em cães são Babesia sp., Ehrlichia canis e Hepatozoon canis. Os animais infectados são assintomáticos ou apresentam sinais clínicos inespecíficos, sendo necessário a utilização de testes diagnósticos para definição do agente etiológico, e diagnóstico seguro. O objetivo do presente estudo foi determinar a ocorrência desses micro-organismos em cães naturalmente infectados, domiciliados nos municípios de Vila Velha e Anchieta, Espírito Santo, utilizando diferentes testes de detecção: Reação em cadeia polimerase (PCR), sorologia para detecção de anticorpos anti Ehrlichia canis e pesquisa de hematozoários em esfregaço sanguíneo. Foram analisadas 65 amostras de sangue obtidas por venopunção de veia cefálica de cães. No teste de PCR, 4,62% dos animais foram positivos para Babesia vogeli e 1,54% para Ehrlichia canis sendo os resultados para Hepatozoon canis negativos. No teste sorológico para E. canis 90,77% dos animais foram positivos para a presença de anticorpos, e na pesquisa em lâminas de esfregaço sanguíneo 3,02% apresentavam outros hemoparasitas. Os resultados indicam a dispersão desses hemoparasitas na população canina da região de estudo, entretanto com baixa ocorrência. O teste de PCR demonstrou-se como o mais sensível no qual Babesia vogeli foi o agente mais observado.(AU)


Tick-borne diseases are diseases of great importance in the medical practice of small animals, due to the high casuistry and wide vectorial distribution in the Brazilian territory. The main agents responsible for infections in dogs are Babesia sp., Ehrlichia canis and Hepatozoon canis. Infected animals are asymptomatic or present nonspecific clinical signs, requiring the use of diagnostic tests to define the etiologic agent, and safe diagnosis. The objective of the present study was to determine the occurrence of these microorganisms in naturally infected dogs domiciled in the municipalities of Vila Velha and Anchieta, Espírito Santo, using different detection tests: polymerase chain reaction (PCR), serology to detect antibodies against Ehrlichia canis and research of hematozoa in blood smears. Sixty-five blood samples obtained by venipuncture of the cephalic vein of dogs were analyzed. In the PCR test, 4.62% of the animals were positive for Babesia vogeli and 1.54% for Ehrlichia canis, and the results for Hepatozoon canis were negative. In the serological test for E. canis, 90.77% of the animals were positive for the presence of antibodies, and in the research in blood smear slides, 3.02% presented other hemoparasites. The results indicate the dispersion of these hemoparasites in the canine population of the study region, however with low occurrence. The PCR test proved to be the most sensitive, in which Babesia vogeli was the most observed agent.(AU)


Las enfermedades transmitidas por garrapatas son enfermedades de gran importancia en la práctica médica de los pequeños animales, debido a la alta casuística y amplia distribución vectorial en el territorio brasileño. Los principales agentes responsables de las infecciones en los perros son Babesia sp., Ehrlichia canis y Hepatozoon canis. Los animales infectados son asintomáticos o presentan signos clínicos inespecíficos, siendo necesario el uso de pruebas diagnósticas para la definición del agente etiológico, y el diagnóstico seguro. El objetivo del presente estudio fue determinar la ocurrencia de estos microorganismos en perros infectados naturalmente, domiciliados en los municipios de Vila Velha y Anchieta, Espírito Santo, utilizando diferentes pruebas de detección: reacción en cadena de la polimerasa (PCR), serología para detectar anticuerpos anti Ehrlichia canis e investigación de hematozoos en frotis de sangre. Se analizaron sesenta y cinco muestras de sangre obtenidas por venopunción de la vena cefálica de los perros. En la prueba PCR, el 4,62% de los animales fueron positivos para Babesia vogeli y el 1,54% para Ehrlichia canis, y los resultados para Hepatozoon canis fueron negativos. En la prueba serológica para E. canis, el 90,77% de los animales fueron positivos a la presencia de anticuerpos, y en la investigación en láminas de frotis de sangre el 3,02% presentaron otros hemoparásitos. Los resultados indican la dispersión de estos hemoparásitos en la población canina de la región de estudio, aunque con una baja presencia. La prueba PCR resultó ser la más sensible, en la que Babesia vogeli fue el agente más observado.(AU)


Assuntos
Animais , Babesiose/diagnóstico , Eucoccidiida , Ehrlichiose/diagnóstico , Doenças Transmitidas por Carrapatos/epidemiologia , Coccidiose/diagnóstico , Cães/parasitologia , Babesia , Testes Sorológicos/instrumentação , Reação em Cadeia da Polimerase/instrumentação , Ehrlichia canis
3.
Ciênc. rural (Online) ; 52(12): e20210745, 2022. tab, mapas
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1375149

Resumo

Bovine cysticercosis (BCC) is an important disease in Brazil due to its detection in abattoirs, resulting in economic losses for cattle farmers, and a public health corcern. Besides its importance, the knowledge about BCC epidemiology and impact remains not fully described in several areas in this country, requiring more studies. Thus, this study focused on establishing BCC prevalence in the regions and municipalities of the state of Espírito Santo from 2017 to 2019, establishing the associated risk factors, and estimating the economic losses for cattle farmers. A set of 2,330 cases of BCC was detected in the 407,529 bovine inspected by Federal Inspection Service (0.57%; C.I. 95% 0.55 - 0.60%) with a higher detection of unviable cysticercus (66.14%). The beef producers lost at least US$153,000.20 due to BCC through this period. The highest risk for BCC infection occurred in Metropolitana (OR = 9.19), Litoral Sul (OR = 7.77), Caparó (OR = 7.44), and Central Sul (OR = 7.19) mesoregions, respectively. The BCC was detected in animals from 67 municipalities and its prevalence increased in areas with high human population density (OR = 1.58;; p = 0.01). In conclusion, BCC is an important disease for beef production chain in the Brazilian state of Espírito Santo and a cause of economic losses, mainly in some areas, and urgently requires the adoption of prophylactic strategies to reduce the ocurrence of this parasite.


A cisticercose bovina (CB) é uma doença importante no Brasil devido à sua detecção em abatedouros-frigoríficos que resulta em impactos econômicos aos criadores de bovinos, e um problema de saúde pública. Apesar da sua importância, o conhecimento sobre a sua epidemiologia e impacto persiste não completamente descritos em diversas áreas do país requer mais estudos. Portanto, esse estudo objetivou estabelecer a prevalência nos municípios e regiões do Estado do Espírito Santo de 2017 a 2019; estabelecer os fatores de risco associados; e estimar o impacto econômico aos pecuaristas. Durante o período, 2.330 casos de BC foram dectados entre os 407.529 bovinos inspecionados sob regime de inspeção federal (0,57%; I.C. 95% 0,55 - 0,60%), com maior frequência de cisticercos inviáveis (66,14%). Os pecuaristas perderam pelo menos US$153.000,20 devido à ocorrência de CB durante o período. As áreas de maior risco para a enfermidade nesse estado estão nas mesoregiões Metropolitana (OR = 9,19), Litoral Sul (OR = 7,77), Caparó (OR = 7,44), e Central Sul (OR = 7,19), respectivamente. A doença foi detectada em animais de 67 municípios e a prevalência da enfermidade foi maior em áreas com elevada densidade populacional humana (OR = 1,58; p = 0,01). Assim, conclui-se que a CB é uma importante doença para a cadeia da carne bovina no estado, além de uma importante causa de perdas econômicas, principalmente em algumas áreas, e necessita, urgentemente, da adoação de medidas profiláticas para reduzir a ocorrência desse parasita.


Assuntos
Cisticercose/veterinária , Inspeção de Alimentos , Taenia saginata/isolamento & purificação , Carne/parasitologia , Brasil , Bovinos/parasitologia
4.
Vet. zootec ; 29: 1-13, 2022. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1400365

Resumo

A sarna bovina é causada pela infestação de ácaros dos gêneros Sarcoptes, Chorioptes, Psoroptes e Demodex, de maneira isolada e/ou concomitante. Embora seja encarada como uma condição clínica de menor relevância, ainda sim deve ser investigada, principalmente em razão do potencial zoonótico, impacto direto na saúde dos animais e impactos na produção animal. A principal via de transmissão destes ácaros em bovinos é por meio do contato físico entre os animais, bem como inadequações no manejo das propriedades. No aspecto epidemiológico, outro fator determinante na transmissibilidade é a própria presença destes ectoparasitos nas propriedades em determinadas época do ano. O objetivo do presente trabalho é fornecer um panorama geral e atualizado sobre os principais tipos de sarna que acometem bovinos, seu impacto na produção animal, tratamento e controle.


La sarna bovina es causada por la infestación de ácaros de los géneros Sarcoptes, Chorioptes, Psoroptes y Demodex, de forma aislada y/o concomitante. Aunque se ve como una condición clínica menos relevante, aún debe investigarse, principalmente debido al potencial zoonótico, el impacto directo en la salud de los animales y los impactos en la producción animal. La principal vía de transmisión de estos ácaros en el ganado es a través del contacto físico entre animales, así como el manejo inadecuado de las propiedades. En el aspecto epidemiológico, otro factor determinante de la transmisibilidad es la propia presencia de estos ectoparásitos en las propiedades en determinadas épocas del año. El objetivo de este trabajo es brindar un panorama general y actualizado de las principales sarnas que afectan al ganado, su impacto en la producción, tratamiento y control animal.


Bovine scabies is caused by the mite infestation of Sarcoptes, Chorioptes, Psoroptes and Demodex genera, in an isolated and/or concomitant manner. Although it is seen as a less relevant clinical condition, it must still be investigated, mainly due to the zoonotic potential and direct impact on animals' health and production. The main transmission route of these mites in cattle is through physical contact between animals, as well as inadequate handling of farms. In the epidemiological aspect, another determining factor in transmissibility is the seasonality, with high number of these ectoparasites at certain times of the year. The objective of this work is to provide a general and updated overview of the main scabies that affects cattle and its impact on animal production, treatment and control.


Assuntos
Animais , Bovinos , Sarcoptes scabiei , Escabiose/veterinária , Psoroptidae , Infestações por Ácaros/economia
5.
Rev. bras. ciênc. vet ; 28(2): 102-104, abr./jun. 2021. il.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1367754

Resumo

Lynxacarus radovskyi is of uncommon occurrence and there are few reports in the state of Espírito Santo, Southeastern Brazil. The purpose of the present note is to record the occurrence of L. radovskyi in a Persian domestic cat in Vila Velha, Espírito Santo, Brazil. The animal was asymptomatic, without evidence of dermatological signs. The present report can be informative, once the lack of knowledge in relation to the ectoparasite presence and potential of spread in the regional cat population is constant in the veterinary medicine practice,may cause underreporting of infestations.


Lynxacarus radovskyi é de ocorrência incomum e existem poucos relatos no estado do Espírito Santo, Sudeste do Brasil. O objetivo do presente relato foi reportar a ocorrência de L. radovskyi em felino doméstico da raça Persa em Vila Velha, Espírito Santo, Brasil. O animal apresentava-se assintomático à infestação, sem evidências de alterações dermatológicas. Este relato pode ser informativo, uma vez que a falta de conhecimento em relação à presença e potencial disseminativo deste ectoparasito é constante na prática da Medicina Veterinária, podendo causar subnotificações das infestações.


Assuntos
Animais , Gatos , Gatos/parasitologia , Ectoparasitoses/veterinária , Ácaros/parasitologia , Infestações por Ácaros/veterinária
6.
R. bras. Ci. Vet. ; 28(2): 102-104, abr.-jun. 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31420

Resumo

Lynxacarus radovskyi is of uncommon occurrence and there are few reports in the state of Espírito Santo, Southeastern Brazil. The purpose of the present note is to record the occurrence of L. radovskyi in a Persian domestic cat in Vila Velha, Espírito Santo, Brazil. The animal was asymptomatic, without evidence of dermatological signs. The present report can be informative, once the lack of knowledge in relation to the ectoparasite presence and potential of spread in the regional cat population is constant in the veterinary medicine practice,may cause underreporting of infestations.(AU)


Lynxacarus radovskyi é de ocorrência incomum e existem poucos relatos no estado do Espírito Santo, Sudeste do Brasil. O objetivo do presente relato foi reportar a ocorrência de L. radovskyi em felino doméstico da raça Persa em Vila Velha, Espírito Santo, Brasil. O animal apresentava-se assintomático à infestação, sem evidências de alterações dermatológicas. Este relato pode ser informativo, uma vez que a falta de conhecimento em relação à presença e potencial disseminativo deste ectoparasito é constante na prática da Medicina Veterinária, podendo causar subnotificações das infestações.(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Gatos/parasitologia , Ácaros e Carrapatos/parasitologia , Ectoparasitoses/diagnóstico , Infestações por Ácaros/diagnóstico
7.
Rev. bras. ciênc. vet ; 28(2): 102-104, abr./jun. 2021. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1491710

Resumo

Lynxacarus radovskyi is of uncommon occurrence and there are few reports in the state of Espírito Santo, Southeastern Brazil. The purpose of the present note is to record the occurrence of L. radovskyi in a Persian domestic cat in Vila Velha, Espírito Santo, Brazil. The animal was asymptomatic, without evidence of dermatological signs. The present report can be informative, once the lack of knowledge in relation to the ectoparasite presence and potential of spread in the regional cat population is constant in the veterinary medicine practice,may cause underreporting of infestations.


Lynxacarus radovskyi é de ocorrência incomum e existem poucos relatos no estado do Espírito Santo, Sudeste do Brasil. O objetivo do presente relato foi reportar a ocorrência de L. radovskyi em felino doméstico da raça Persa em Vila Velha, Espírito Santo, Brasil. O animal apresentava-se assintomático à infestação, sem evidências de alterações dermatológicas. Este relato pode ser informativo, uma vez que a falta de conhecimento em relação à presença e potencial disseminativo deste ectoparasito é constante na prática da Medicina Veterinária, podendo causar subnotificações das infestações.


Assuntos
Animais , Gatos , Ectoparasitoses/diagnóstico , Gatos/parasitologia , Infestações por Ácaros/diagnóstico , Ácaros e Carrapatos/parasitologia
8.
Vet. zootec ; 27: 1-10, 2 mar. 2020.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1503616

Resumo

Os nematoides do gênero Rhabditis são responsáveis por causar a otite parasitária em bovinos leiteiros da raça Gir. Esta afecção parasitária tem sido relatada em vários países de clima quente e úmido. No Brasil, a rhabditiose tem sido descrita em diversas regiões, sendo responsável pela queda na produção de leite nos rebanhos afetados. De acordo com a literatura, a otite parasitária gera danos diretos na economia e sanidade animal, contudo, existe uma certa discrepância no controle e terapêutica utilizados. O objetivo dessa revisão foi proporcionar a comunidade científica, técnicos e aos produtores rurais uma atualização do conhecimento da problemática da otite parasitária no Brasil e no mundo. O controle parasitário do Rhabditis spp., bem como a sua terapêutica ainda são considerados ineficazes, visto que as recidivas são comuns. Dessa forma, a problemática da otite parasitária no Brasil ainda carece de novos estudos, mas alguns protocolos alternativos experimentais recentes apontam sinergicamente para um “horizonte” mais produtivo no controle desta parasitose.


Nematodes of the genus Rhabditis are responsible for parasitic otitis in Gir dairy cattle. This parasitic condition has been reported in several countries with hot and humid climates. In Brazil, it has been described in several regions, being responsible for the drop in milk production in the affected herds. To the best of our knowledge, parasitic otitis causes direct damage to the economy and animal health, however it still lacks a standardized and effective protocol for treatment and control. The purpose of this review was to provide the scientific community, technicians and rural producers with an update on the knowledge of the problem of parasitic otitis in Brazil and worldwide. Parasitic control of Rhabditis spp., as well as its treatment, are still considered ineffective, since recurrences are common. Thus, the problem of parasitic otitis in Brazil requires further studies, but some recent experimental alternative protocols point synergistically towards a more promising “horizon” in the control of this parasitosis.


Los nematodos del género Rhabditis son responsables de causar otitis parasitaria en el ganado lechero de raza Gyr. Esta condición parasitaria se ha informado en varios países con climas cálidos y húmedos. En Brasil, la otitis parasitaria por Rhabditis spp., se ha descrito en varias regiones, siendo responsable de la caída en la producción de leche en los rebaños afectados. Según nuestro conocimiento literario, la otitis parasitaria causa daño directo a la economía y la salud animal, sin embargo, hubo una cierta discrepancia en el control y el tratamiento utilizado. El objetivo de esta revisión fue proporcionarle a la comunidad científica, técnicos y productores rurales una actualización sobre el conocimiento del problema de la otitis parasitaria en Brasil y en todo el mundo. El control parasitario de Rhabditis spp., como también su tratamiento, todavía se consideran ineficaces, ya que las recurrencias son comunes. Por lo tanto, el problema de la otitis parasitaria en Brasil todavía necesita más estudios, pero algunos protocolos alternativos experimentales recientes apuntan sinérgicamente hacia un "horizonte" más productivo en el control de esta parasitosis.


Assuntos
Animais , Bovinos , Infecções por Rhabditida/história , Infecções por Rhabditida/veterinária , Otite/parasitologia , Otite/veterinária , Rhabditoidea , Brasil/epidemiologia , Doenças Vestibulares/veterinária
9.
Vet. Zoot. ; 27: 1-10, 6 dez. 2020.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-31654

Resumo

Os nematoides do gênero Rhabditis são responsáveis por causar a otite parasitária em bovinos leiteiros da raça Gir. Esta afecção parasitária tem sido relatada em vários países de clima quente e úmido. No Brasil, a rhabditiose tem sido descrita em diversas regiões, sendo responsável pela queda na produção de leite nos rebanhos afetados. De acordo com a literatura, a otite parasitária gera danos diretos na economia e sanidade animal, contudo, existe uma certa discrepância no controle e terapêutica utilizados. O objetivo dessa revisão foi proporcionar a comunidade científica, técnicos e aos produtores rurais uma atualização do conhecimento da problemática da otite parasitária no Brasil e no mundo. O controle parasitário do Rhabditis spp., bem como a sua terapêutica ainda são considerados ineficazes, visto que as recidivas são comuns. Dessa forma, a problemática da otite parasitária no Brasil ainda carece de novos estudos, mas alguns protocolos alternativos experimentais recentes apontam sinergicamente para um “horizonte” mais produtivo no controle desta parasitose.(AU)


Nematodes of the genus Rhabditis are responsible for parasitic otitis in Gir dairy cattle. This parasitic condition has been reported in several countries with hot and humid climates. In Brazil, it has been described in several regions, being responsible for the drop in milk production in the affected herds. To the best of our knowledge, parasitic otitis causes direct damage to the economy and animal health, however it still lacks a standardized and effective protocol for treatment and control. The purpose of this review was to provide the scientific community, technicians and rural producers with an update on the knowledge of the problem of parasitic otitis in Brazil and worldwide. Parasitic control of Rhabditis spp., as well as its treatment, are still considered ineffective, since recurrences are common. Thus, the problem of parasitic otitis in Brazil requires further studies, but some recent experimental alternative protocols point synergistically towards a more promising “horizon” in the control of this parasitosis.(AU)


Los nematodos del género Rhabditis son responsables de causar otitis parasitaria en el ganado lechero de raza Gyr. Esta condición parasitaria se ha informado en varios países con climas cálidos y húmedos. En Brasil, la otitis parasitaria por Rhabditis spp., se ha descrito en varias regiones, siendo responsable de la caída en la producción de leche en los rebaños afectados. Según nuestro conocimiento literario, la otitis parasitaria causa daño directo a la economía y la salud animal, sin embargo, hubo una cierta discrepancia en el control y el tratamiento utilizado. El objetivo de esta revisión fue proporcionarle a la comunidad científica, técnicos y productores rurales una actualización sobre el conocimiento del problema de la otitis parasitaria en Brasil y en todo el mundo. El control parasitario de Rhabditis spp., como también su tratamiento, todavía se consideran ineficaces, ya que las recurrencias son comunes. Por lo tanto, el problema de la otitis parasitaria en Brasil todavía necesita más estudios, pero algunos protocolos alternativos experimentales recientes apuntan sinérgicamente hacia un "horizonte" más productivo en el control de esta parasitosis.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Infecções por Rhabditida/história , Infecções por Rhabditida/veterinária , Rhabditoidea , Otite/parasitologia , Otite/veterinária , Doenças Vestibulares/veterinária , Brasil/epidemiologia
10.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 28(2): 333-337, jun. 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23495

Resumo

The objectives of this study were to describe occurrences of Rhabditis spp. causing parasitic otitis in dairy cattle of Gir breed in the state of Espírito Santo, southeastern Brazil, and to evaluate the biological control of this nematode using the nematophagous fungi Duddingtonia flagrans (AC001) and Monacrosporium thaumasium (NF34). After nematode detection and collection, three groups were formed: two groups that were treated, respectively, with the fungal isolates; and a control group, without fungus. The treatments were as follows: (a) Petri dishes containing the culture medium 2% water agar (WA) + 250 nematodes + AC001; (b) Petri dishes containing 2% WA + 250 nematodes + NF34; and (c) Petri dishes containing only 2% WA + 250 nematodes. After seven days at 27 °C the treatments with fungi were able to capture and destroy the nematodes, with percentages of 82.0% (AC001) and 39.0% (NF34) in relation to the control group. The results demonstrate the occurrence of Rhabditis spp. after animals physical examination and that there was efficacy of the in vitro predatory activity of both fungal isolates. Thus, these results are important because they can assist in future in vivo control of this nematode in cattle.(AU)


Os objetivos neste estudo foram descrever ocorrências do nematódeo Rhabditis spp., causando otite parasitária em bovinos leiteiros da raça Gir no estado do Espírito Santo, sudeste do Brasil, e avaliar o controle biológico desse nematódeo utilizando os fungos nematófagos Duddingtonia flagrans (AC001) e Monacrosporium thaumasium (NF34). Após a detecção e coleta dos nematódeos, três grupos foram formados: dois grupos que foram tratados com os isolados fúngicos, respectivamente; e um grupo controle, sem fungos. Os tratamentos foram os seguintes: (a) placas de Petri contendo o meio de cultura 2% ágar de água (WA) + 250 nematoides + AC001; (b) placas de Petri contendo 2% de WA + 250 nematoides + NF34; e (c) placas de contendo apenas 2% de nematódeos WA + 250. Após sete dias a 27 °C os tratamentos com fungos foram capazes de capturar e destruir os nematódeos, com porcentagens de 82,0% (AC001) e 39,0% (NF34) em relação ao grupo controle. Os resultados demonstram a ocorrência de Rhabditis spp., no Estado do Espírito Santo e a eficácia da atividade predatória in vitro dos isolados fúngicos utilizados. Assim, esses resultados são importantes, pois podem auxiliar no controle alternativo in vivo de Rhabditis spp. em bovinos com otite parasitária.(AU)


Assuntos
Animais , Rhabditoidea/parasitologia , Rhabditoidea/patogenicidade , Agentes de Controle Biológico/análise
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA