Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 14 de 14
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1435716

Resumo

A infecção no sítio cirúrgico (ISC) é uma complicação grave que pode acontecer em decorrência das cirurgias ortopédicas que demandam a utilização de implantes nos equinos. Morbidade, tratamentos prolongados e, consequentemente, dispendiosos e até mesmo óbito, são decorrências desta complicação. O presente trabalho analisou de forma retrospectiva os equinos submetidos a osteossíntese ou artrodese, que apresentaram ISC no período pós-cirúrgico atendidos no Hospital Veterinário da FMVZ-USP no período de 2009 a 2021. Sessenta e sete equinos atenderam aos critérios de seleção e, destes, 13 (19,4%) apresentaram ISC no período pós-cirúrgico. Escherichia coli, Streptococcus sp. e Enterobacter cloacae complex foram os agentes mais comumente isolados e a remoção dos implantes foi realizada em 76,9% (10/13) dos pacientes. Aminoglicosídeos associados ou não aos beta-lactâmicos foram as classes de antimicrobianos utilizados na terapia prévia em 84,6% (11/13), houve alteração das drogas utilizadas depois do resultado da cultura e antibiograma em todos os casos, devido à resistência antimicrobiana identificada. A incidência de ISC foi similar ao relatado em outros trabalhos, a retirada dos implantes foi uma estratégia eficiente quando o tratamento clínico não surte melhora. A identificação dos agentes envolvidos e o antibiograma se mostraram decisivos para o manejo dos casos.(AU)


Surgical site infection (SSI) is a serious complication that can occur in orthopedic surgeries that require the use of implants in horses. Morbidity, prolonged and consequently expensive treatments, and even death are consequences of this complication. This paper retrospectively analyzed horses undergoing osteosynthesis or arthrodesis, which presented SSI in the post-surgical period, treated at the Veterinary Teaching Hospital of FMVZ-USP from 2009 to 2021. Sixty-seven horses met the selection criteria and of these, 13 (19.4%) had SSI in the postoperative period. Escherichia coli, Streptococcus sp, and Enterobacter cloacae complex were the most commonly isolated agents and implant removal was performed in 76.9% (10/13) of patients. Aminoglycosides associated or not with beta-lactams were the classes of antimicrobials used in previous therapy in 84.6% (11/13), and in all cases there was a change in the drugs used after the result of the culture and antibiogram, due to antimicrobial resistance identified. The incidence of SSI was similar as reported in other studies, and implant removal was an efficient strategy when clinical treatment fails to improve. The identification of the agents involved and the antibiogram was decisive for cases management.(AU)


Assuntos
Animais , Ortopedia/veterinária , Infecção da Ferida Cirúrgica/cirurgia , Cavalos/cirurgia , Enfermagem em Pós-Anestésico
2.
Rev. Educ. Contin. Med. Vet. Zootec. CRMV-SP (Online) ; 20(1): e38232, mai. 2022. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1369934

Resumo

Ionóforos são substâncias que foram inicialmente utilizadas como coccidiostáticos na produção de frangos de corte e, posteriormente, passaram a ser adicionados como aditivos na dieta de ruminantes. A intoxicação por ionóforos pode ocorrer em diversas espécies animais, no entanto, a espécie equina é especialmente sensível. O quadro clínico e anatomopatológico relacionado à intoxicação em equinos é caracterizado por sinais clínicos decorrentes de cardiomiopatia e miopatia da musculatura esquelética devido a necrose causada nestes tecidos. Não existe tratamento específico para os quadros de intoxicação por ionóforos, sendo assim, a prevenção deve ser preconizada de modo a evitar exposição dos equinos a alimentos que contenham ionóforos, especialmente nas criações em que bovinos e equinos compartilham do mesmo ambiente de criação. O objetivo deste artigo é abordar os principais aspectos relacionados aos ionóforos, bem como a intoxicação por estas substâncias em equinos.(AU)


Ionophores are substances that were initially used as coccidiostats in the production of broilers and later were added as additives in the diet of ruminants. Ionophores poisoning can occur in several animal species, however, horses are especially sensitive. The clinical and anatomopathological features related to poisoning in horses are characterized by clinical signs resulting from cardiomyopathy and myopathy of the skeletal musculature due to necrosis caused in these tissues. There is no specific treatment for ionophores poisoning conditions, therefore, prevention must be advocated in order to avoid exposure of horses to feed containing ionophores, especially in breeding where cattle and horses share the same rearing environment. The aim of this article is to address the main aspects related to ionophores, as well as poisoning by these substances in horses.(AU)


Assuntos
Animais , Intoxicação/prevenção & controle , Cavalos/fisiologia , Ionóforos/toxicidade , Cardiomiopatias/diagnóstico , Monensin , Morte Súbita Cardíaca/veterinária , Necrose/diagnóstico
3.
Vet. zootec ; 27: 1-10, 2 mar. 2020. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1503618

Resumo

As injeções anestésicas perineurais são frequentemente utilizadas para auxiliarem na identificação dos locais potencialmente causadores de dor e consequentemente claudicação nos equinos. Nesse sentido, o conhecimento anatômico detalhado das estruturas neurais é importante para realização correta e eficiente dos bloqueios perineurais nos membros locomotores de equinos, não gerando dúvidas em suas interpretações. Para tanto, a ultrassonografia torna-se uma ferramenta importante no processo de aprendizagem, além de apontar a melhor forma de realizar o procedimento. Esta revisão tem por objetivo apresentar os fatores que interferem na realização das injeções perineurais e como a ultrassonografia pode ser útil no processo de aprendizagem pode auxiliar na execução destes procedimentos.


Perineural anesthetic injections are often used to assist in the identification of potentially painful sites and, consequently, lameness in horses. In this sense, detailed anatomical knowledge of neural structures is important for the correct and efficient performance of perineural blocks in the limbs of horses, generating no doubts in their interpretations. For this, ultrasonography becomes an important tool in the learning process, in addition to pointing out the best way to perform the procedure. This review aims to present the factors that interfere with the performance of perineural injections and how ultrasound can be useful in the learning process can assist in the execution of these procedures.


Las inyecciones de anestesia perineural a menudo se usan para ayudar en la identificación de sitios potencialmente dolorosos y, en consecuencia, la cojera en los caballos. En este sentido, el conocimiento anatómico detallado de las estructuras neurales es importante para el funcionamiento correcto y eficiente de los bloqueos perineurales en las extremidades locomotoras de los caballos, sin generar dudas en sus interpretaciones. Para esto, la ecografía se convierte en una herramienta importante en el procesode aprendizaje, además de señalar la mejor manera de realizar el procedimiento. Esta revisión tiene como objetivo presentar los factores que interfieren con el rendimiento de las inyecciones perineurales y cómo la ecografía puede ser útil en el proceso deaprendizaje puede ayudar en la ejecución de estos procedimientos.


Assuntos
Animais , Anestésicos/análise , Cavalos , Nervos Periféricos/diagnóstico por imagem , Nervos Periféricos/efeitos dos fármacos , Sistema Musculoesquelético/anatomia & histologia , Sistema Musculoesquelético/lesões , Ultrassonografia/veterinária
4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1489068

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a atividade sérica da creatinoquinase (CK), aspartato aminotransferase (AST), lactato desidrogenase (LDH) e lactato plasmático em cavalos da raça American Trotter após a realização de atividade física. Mensurou-se as concentrações séricas destas enzimas em dois momentos: M1 - imediatamente após o exercício, e M2 - 24 horas após o exercício. Não houveram diferenças entre os momentos para CK, AST e LDH. Para o lactato plasmático, os valores foram maiores em M1. O nível de significância foi fixado em 5%. Conclui-se que a atividade física realizada por cavalos American Trotter, em níveis submáximos pouco afeta a atividade sérica de enzimas musculares. O bom condicionamento físico favorece a rápida recuperação dos animais após atividades físicas de grande exigência.


This study aimed to evaluate the serum activity of creatine kinase (CK), aspartate aminotransferase (AST), lactate dehydrogenase (LDH) and plasma lactate in Standardbred horses after performing physical activity. The serum levels of these enzymes were measured in two moments: M1 immediately after exercise, and M2 24 hours after exercise. There were no differences in CK, AST and LDH concentrations between M1 and M2. For plasma lactate, there were higher values in M1. The level of significance was set at 5%. It concludes that the physical activity performed by Standardbred horses, at submaximal levels, no affects the serum activity of muscle enzymes. Good physical conditioning favors the quick recovery of animals after demanding physical activities.


Assuntos
Animais , Ativação Enzimática , Atividade Motora , Cavalos/fisiologia , Cavalos/metabolismo , Creatina Quinase , Fator de Resposta Sérica/análise
5.
Vet. Zoot. ; 27: 1-10, 6 dez. 2020. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26742

Resumo

As injeções anestésicas perineurais são frequentemente utilizadas para auxiliarem na identificação dos locais potencialmente causadores de dor e consequentemente claudicação nos equinos. Nesse sentido, o conhecimento anatômico detalhado das estruturas neurais é importante para realização correta e eficiente dos bloqueios perineurais nos membros locomotores de equinos, não gerando dúvidas em suas interpretações. Para tanto, a ultrassonografia torna-se uma ferramenta importante no processo de aprendizagem, além de apontar a melhor forma de realizar o procedimento. Esta revisão tem por objetivo apresentar os fatores que interferem na realização das injeções perineurais e como a ultrassonografia pode ser útil no processo de aprendizagem pode auxiliar na execução destes procedimentos.(AU)


Perineural anesthetic injections are often used to assist in the identification of potentially painful sites and, consequently, lameness in horses. In this sense, detailed anatomical knowledge of neural structures is important for the correct and efficient performance of perineural blocks in the limbs of horses, generating no doubts in their interpretations. For this, ultrasonography becomes an important tool in the learning process, in addition to pointing out the best way to perform the procedure. This review aims to present the factors that interfere with the performance of perineural injections and how ultrasound can be useful in the learning process can assist in the execution of these procedures.(AU)


Las inyecciones de anestesia perineural a menudo se usan para ayudar en la identificación de sitios potencialmente dolorosos y, en consecuencia, la cojera en los caballos. En este sentido, el conocimiento anatómico detallado de las estructuras neurales es importante para el funcionamiento correcto y eficiente de los bloqueos perineurales en las extremidades locomotoras de los caballos, sin generar dudas en sus interpretaciones. Para esto, la ecografía se convierte en una herramienta importante en el procesode aprendizaje, además de señalar la mejor manera de realizar el procedimiento. Esta revisión tiene como objetivo presentar los factores que interfieren con el rendimiento de las inyecciones perineurales y cómo la ecografía puede ser útil en el proceso deaprendizaje puede ayudar en la ejecución de estos procedimientos.(AU)


Assuntos
Animais , Nervos Periféricos/efeitos dos fármacos , Nervos Periféricos/diagnóstico por imagem , Anestésicos/análise , Cavalos , Sistema Musculoesquelético/anatomia & histologia , Ultrassonografia/veterinária , Sistema Musculoesquelético/lesões
6.
R. Educ. contin. Med. Vet. Zoot. ; 18(3): E38124, 2020. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-30710

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a atividade sérica da creatinoquinase (CK), aspartato aminotransferase (AST), lactato desidrogenase (LDH) e lactato plasmático em cavalos da raça American Trotter após a realização de atividade física. Mensurou-se as concentrações séricas destas enzimas em dois momentos: M1 - imediatamente após o exercício, e M2 - 24 horas após o exercício. Não houveram diferenças entre os momentos para CK, AST e LDH. Para o lactato plasmático, os valores foram maiores em M1. O nível de significância foi fixado em 5%. Conclui-se que a atividade física realizada por cavalos American Trotter, em níveis submáximos pouco afeta a atividade sérica de enzimas musculares. O bom condicionamento físico favorece a rápida recuperação dos animais após atividades físicas de grande exigência.(AU)


This study aimed to evaluate the serum activity of creatine kinase (CK), aspartate aminotransferase (AST), lactate dehydrogenase (LDH) and plasma lactate in Standardbred horses after performing physical activity. The serum levels of these enzymes were measured in two moments: M1 immediately after exercise, and M2 24 hours after exercise. There were no differences in CK, AST and LDH concentrations between M1 and M2. For plasma lactate, there were higher values in M1. The level of significance was set at 5%. It concludes that the physical activity performed by Standardbred horses, at submaximal levels, no affects the serum activity of muscle enzymes. Good physical conditioning favors the quick recovery of animals after demanding physical activities.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/metabolismo , Cavalos/fisiologia , Fator de Resposta Sérica/análise , Ativação Enzimática , Atividade Motora , Creatina Quinase
7.
Rev. bras. ciênc. vet ; 26(3): 93-98, jul./set. 2019. il.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1391016

Resumo

This study aimed to measure the concentrations of minerals in different regions and pigmentation of horses' hooves, mules and donkeys. A total of 20 Crioulo horses, 20 mules and 20 Pega donkeys were used. They formed two groups: pigmented (dark) or non-pigmented (bright) hooves. All animals were unshod and with adequate foot conformation. Females were non-pregnant and without foal and no animals were in training. Samples were collected from the hooves of all limbs in the regions of wall, sole and frog. The concentrations of calcium, magnesium, copper, iron and zinc were determined by atomic absorption spectrophotometry; sodium and potassium concentrations were determined by atomic emission spectrophotometry. Among the groups it was observed that the wall, sole and frog of donkeys' hooves presented higher concentrations of sodium and calcium and with the exception of the frog that also obtained higher levels of copper in this species. Mules had lower concentrations of zinc in the wall and the horses had higher concentrations of potassium and zinc in the sole and higher magnesium in the frog and wall. There was no difference (P>0.05) in concentrations regarding the pigmentation of the hooves. The different regions of the hooves in each group presented similar concentrations of minerals and it was regardless of the pigmentation. The mineral concentrations may be related to desirable functional properties of the donkeys' hooves. Pigmented and non-pigmented hooves have similar concentrations of minerals.


O objetivo desse trabalho foi mensurar os teores de minerais nas diferentes regiões e pigmentações dos cascos de equinos, muares e asininos. Utilizaram-se 20 equinos da raça Crioula, 20 muares e 20 asininos da raça Pêga. Formaram-se dois grupos conforme os cascos pigmentados (escuros) e não pigmentados (claros). Todos os animais estavam desferrados e com adequada conformação podal e as fêmeas estavam não gestantes e sem potro ao pé e nenhum animal estava em treinamento. Amostras foram coletadas dos cascos de todos os membros nas regiões de parede, sola e ranilha. As concentrações de cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco foram determinadas por espectrofotometria de absorção atômica e as concentrações de sódio e potássio foram determinadas por espectrofotometria de emissão atômica. Entre os grupos observou-se que a parede, sola e ranilha nos asininos apresentaram maiores valores de sódio e cálcio e, exceto para a ranilha, também obteve-se maiores teores de cobre nesta espécie. Os muares apresentaram menores teores de zinco na parede e, os equinos, maiores teores de potássio e zinco na sola e ranilha e de magnésio na ranilha e parede. Não houve diferença (P>0,05) nos teores dos minerais quanto à pigmentação dos cascos. As diferentes regiões dos cascos em cada grupo apresentaram teores similares de minerais e este independeu da pigmentação. As variações dos teores de minerais entre os grupos podem estar relacionados a propriedades funcionais desejáveis dos cascos dos asininos. Cascos pigmentados e não pigmentados apresentam teores similares dos minerais.


Assuntos
Animais , Espectrofotometria Atômica/veterinária , Equidae/anatomia & histologia , Casco e Garras/anatomia & histologia , Cavalos , Minerais/análise , Podiatria
8.
R. bras. Ci. Vet. ; 26(3): 93-98, jul.-set. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24705

Resumo

This study aimed to measure the concentrations of minerals in different regions and pigmentation of horses hooves, mules and donkeys. A total of 20 Crioulo horses, 20 mules and 20 Pega donkeys were used. They formed two groups: pigmented (dark) or non-pigmented (bright) hooves. All animals were unshod and with adequate foot conformation. Females were nonpregnant and without foal and no animals were in training. Samples were collected from the hooves of all limbs in the regions of wall, sole and frog. The concentrations of calcium, magnesium, copper, iron and zinc were determined by atomic absorption spectrophotometry; sodium and potassium concentrations were determined by atomic emission spectrophotometry. Among the groups it was observed that the wall, sole and frog of donkeys hooves presented higher concentrations of sodium and calcium and with the exception of the frog that also obtained higher levels of copper in this species. Mules had lower concentrations of zinc in the wall and the horses had higher concentrations of potassium and zinc in the sole and higher magnesium in the frog and wall. There was no difference (P>0.05) in concentrations regarding the pigmentation of the hooves. The different regions of the hooves in each group presented similar concentrations of minerals and it was regardless of the pigmentation. The mineral concentrations may be related to desirable functional properties of the donkeys hooves. Pigmented and non-pigmented hooves have similar concentrations of minerals.(AU)


O objetivo desse trabalho foi mensurar os teores de minerais nas diferentes regiões e pigmentações dos cascos de equinos, muares e asininos. Utilizaram-se 20 equinos da raça Crioula, 20 muares e 20 asininos da raça Pêga. Formaram-se dois grupos conforme os cascos pigmentados (escuros) e não pigmentados (claros). Todos os animais estavam desferrados e com adequada conformação podal e as fêmeas estavam não gestantes e sem potro ao pé e nenhum animal estava em treinamento. Amostras foram coletadas dos cascos de todos os membros nas regiões de parede, sola e ranilha. As concentrações de cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco foram determinadas por espectrofotometria de absorção atômica e as concentrações de sódio e potássio foram determinadas por espectrofotometria de emissão atômica. Entre os grupos observou-se que a parede, sola e ranilha nos asininos apresentaram maiores valores de sódio e cálcio e, exceto para a ranilha, também obteve-se maiores teores de cobre nesta espécie. Os muares apresentaram menores teores de zinco na parede e, os equinos, maiores teores de potássio e zinco na sola e ranilha e de magnésio na ranilha e parede. Não houve diferença (P>0,05) nos teores dos minerais quanto à pigmentação dos cascos. As diferentes regiões dos cascos em cada grupo apresentaram teores similares de minerais e este independeu da pigmentação. As variações dos teores de minerais entre os grupos podem estar relacionados a propriedades funcionais desejáveis dos cascos dos asininos. Cascos pigmentados e não pigmentados apresentam teores similares dos minerais.(AU)


Assuntos
Animais , Equidae/anatomia & histologia , Casco e Garras/química , Minerais/análise , Pigmentação
9.
Rev. bras. ciênc. vet ; 26(3): 93-98, jul./set. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1491648

Resumo

This study aimed to measure the concentrations of minerals in different regions and pigmentation of horses’ hooves, mules and donkeys. A total of 20 Crioulo horses, 20 mules and 20 Pega donkeys were used. They formed two groups: pigmented (dark) or non-pigmented (bright) hooves. All animals were unshod and with adequate foot conformation. Females were nonpregnant and without foal and no animals were in training. Samples were collected from the hooves of all limbs in the regions of wall, sole and frog. The concentrations of calcium, magnesium, copper, iron and zinc were determined by atomic absorption spectrophotometry; sodium and potassium concentrations were determined by atomic emission spectrophotometry. Among the groups it was observed that the wall, sole and frog of donkeys’ hooves presented higher concentrations of sodium and calcium and with the exception of the frog that also obtained higher levels of copper in this species. Mules had lower concentrations of zinc in the wall and the horses had higher concentrations of potassium and zinc in the sole and higher magnesium in the frog and wall. There was no difference (P>0.05) in concentrations regarding the pigmentation of the hooves. The different regions of the hooves in each group presented similar concentrations of minerals and it was regardless of the pigmentation. The mineral concentrations may be related to desirable functional properties of the donkeys’ hooves. Pigmented and non-pigmented hooves have similar concentrations of minerals.


O objetivo desse trabalho foi mensurar os teores de minerais nas diferentes regiões e pigmentações dos cascos de equinos, muares e asininos. Utilizaram-se 20 equinos da raça Crioula, 20 muares e 20 asininos da raça Pêga. Formaram-se dois grupos conforme os cascos pigmentados (escuros) e não pigmentados (claros). Todos os animais estavam desferrados e com adequada conformação podal e as fêmeas estavam não gestantes e sem potro ao pé e nenhum animal estava em treinamento. Amostras foram coletadas dos cascos de todos os membros nas regiões de parede, sola e ranilha. As concentrações de cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco foram determinadas por espectrofotometria de absorção atômica e as concentrações de sódio e potássio foram determinadas por espectrofotometria de emissão atômica. Entre os grupos observou-se que a parede, sola e ranilha nos asininos apresentaram maiores valores de sódio e cálcio e, exceto para a ranilha, também obteve-se maiores teores de cobre nesta espécie. Os muares apresentaram menores teores de zinco na parede e, os equinos, maiores teores de potássio e zinco na sola e ranilha e de magnésio na ranilha e parede. Não houve diferença (P>0,05) nos teores dos minerais quanto à pigmentação dos cascos. As diferentes regiões dos cascos em cada grupo apresentaram teores similares de minerais e este independeu da pigmentação. As variações dos teores de minerais entre os grupos podem estar relacionados a propriedades funcionais desejáveis dos cascos dos asininos. Cascos pigmentados e não pigmentados apresentam teores similares dos minerais.


Assuntos
Animais , Casco e Garras/química , Equidae/anatomia & histologia , Minerais/análise , Pigmentação
10.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 46(supl): 1-5, 2018. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1457937

Resumo

Background: The occurrence of congenital defects in the sheep is estimated to be between 0.2% and 2%. For congenital anatomical alterations, diagnostic imaging allows objective understanding and evaluation, and is a great aid in the formulation of clinical decisions. Most of these anomalies are diagnosed by radiography; but computed tomography (CT) can provide important additional information. In the current literature there are no descriptions of the use of radiography and CT for a more detailed evaluation of the anatomical structures in cases of congenital cervical malformations in lambs. The objective of this study is to report the clinical, radiographic and tomographic findings in two cases of congenital cervical vertebral malformation in lambs.Cases: Two lambs with cervical morphological alterations since birth were attended. A 4-month-old mixed-breed lamb, weighing 11 kg, with lateroventrocaudal deviation of the neck was observed to the right side, not yielding to the attempt of repositioning. The owner reported that these changes were identified since birth, leading to difficulties in suckling colostrum, necessitating artificial feeding. With the growth of the animal, worsening of the cervical deviation resulted in the impossibility of grazing. The radiographs of the cervical spine identified marked scoliosis, and the axis presented small dimensions and morphological changes with a slight loss of atlantoaxial articular relationship. Spondylopathies were detected along the cervical spine. Other lamb of the Lacaune breed, weighing 4.2 kg, was presented shortly after birth with changes in the shape and posture of the neck, difficult locomotion and in sternal decubitus. The owner reported that the lamb came from a twin eutocic birth, with the other lamb being apparently normal. The animal was unable to ingest the colostrum, in which the sheep was milked and colostrum was offered through a bottle.[...]


Assuntos
Animais , Anormalidades Congênitas/veterinária , Ovinos , Vértebras Cervicais/anormalidades , Vértebras Cervicais/embriologia , Tomografia Computadorizada por Raios X/veterinária
11.
Acta sci. vet. (Online) ; 46(supl): 1-5, 2018. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-17883

Resumo

Background: The occurrence of congenital defects in the sheep is estimated to be between 0.2% and 2%. For congenital anatomical alterations, diagnostic imaging allows objective understanding and evaluation, and is a great aid in the formulation of clinical decisions. Most of these anomalies are diagnosed by radiography; but computed tomography (CT) can provide important additional information. In the current literature there are no descriptions of the use of radiography and CT for a more detailed evaluation of the anatomical structures in cases of congenital cervical malformations in lambs. The objective of this study is to report the clinical, radiographic and tomographic findings in two cases of congenital cervical vertebral malformation in lambs.Cases: Two lambs with cervical morphological alterations since birth were attended. A 4-month-old mixed-breed lamb, weighing 11 kg, with lateroventrocaudal deviation of the neck was observed to the right side, not yielding to the attempt of repositioning. The owner reported that these changes were identified since birth, leading to difficulties in suckling colostrum, necessitating artificial feeding. With the growth of the animal, worsening of the cervical deviation resulted in the impossibility of grazing. The radiographs of the cervical spine identified marked scoliosis, and the axis presented small dimensions and morphological changes with a slight loss of atlantoaxial articular relationship. Spondylopathies were detected along the cervical spine. Other lamb of the Lacaune breed, weighing 4.2 kg, was presented shortly after birth with changes in the shape and posture of the neck, difficult locomotion and in sternal decubitus. The owner reported that the lamb came from a twin eutocic birth, with the other lamb being apparently normal. The animal was unable to ingest the colostrum, in which the sheep was milked and colostrum was offered through a bottle.[...](AU)


Assuntos
Animais , Vértebras Cervicais/anormalidades , Vértebras Cervicais/embriologia , Ovinos , Anormalidades Congênitas/veterinária , Tomografia Computadorizada por Raios X/veterinária
12.
Vet. Zoot. ; 24(1): 130-134, mar. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-688158

Resumo

Se presenta un caso de atrofia de los músculos supra y infraespinosos por el daño del nervio supraescapular comúnmente llamado "Sweeny" en un caballo, mestizo, macho, castrado, de 15 años de edad, con un peso de 350 kg, que se utiliza para la tracción, asistimos en el Hospital Clínicas veterinarias (HCV) de Centro de Ciencias Agroveterinarias (CAV) de la Universidad del Estado de Santa Catarina (UDESC), Lages, SC, Brasil. El animal mostró signos clínicos tales como la atrofia muscular de la región limitada por los músculos que se llenan los tanques de la escápula y la inestabilidad moderada de la articulación del hombro del húmero de la extremidad anterior izquierda, que se encuentran en movimiento durante la inspección. Debido a los cambios crónicos e irreversibles en la musculatura y estable, no traen más daño al animal, se decidió no iniciar ningún tratamiento y recomendó al propietario reduce la carga de trabajo y la adecuación de guarnicionería utilizado en el animal. Esta es la primera discreción clínica en Brasil atrofia de la lesión muscular arriba y infraespinoso al nervio supraescapular con evolución crónica en equinos.(AU)


This is a case report of atrophy of the shoulder muscles (sweeny) supra and infraspinatus due to suprascapular nerve injury in a horse, cross breed, male, with 15 years of age, weigh 350 kg, used for traction, seen at the Veterinary Hospital (HCV) from the Santa Catarina State University (UDESC), Agroveterinary Sciences Center (CAV) from Lages, SC, Brazil. The animal showed clinical signs such as muscle atrophy of the scapular region and moderate instability of the shoulder joint of the left forelimb. Due to chronic and irreversible changes in the musculature, with no further complications to the animal, treatment was based on reducing workload and suitability of tack used in the animal. This is the first clinical description in Brazil of atrophy of the supra and infraspinatus muscles due to injury of the suprascapular nerve with chronic presentation.(AU)


Relata-se um caso de atrofia dos músculos supra e infraespinhoso por lesão do nervo supraescapular comumente denominada Sweeny, em um equino, mestiço, macho, castrado, de 15 anos de idade, pesando 350 kg, utilizado para tração, atendido no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV) do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Lages, SC, Brasil. O animal apresentava como sinais clínicos a atrofia muscular da região delimitada pelos músculos que preenchem as fossas escapulares e moderada instabilidade da articulação escapulo umeral do membro torácico esquerdo, constatado durante inspeção em movimento. Devido à cronicidade, as alterações irreversíveis na musculatura e ao quadro estável, não trazendo maiores prejuízos ao animal, optou-se por não instaurar qualquer tratamento e recomendou-se ao proprietário a redução da carga de trabalho e adequação do arreamento utilizado no animal. Trata-se da primeira descrição clínica no Brasil de atrofia dos músculos supra e infraespinhoso por lesão ao nervo supraescapular de evolução crônica em equino.(AU)


Assuntos
Animais , Atrofia Muscular/terapia , Atrofia Muscular/veterinária , Cavalos/lesões , Escápula/lesões , Úmero
13.
Vet. zootec ; 24(1): 130-134, mar. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1503404

Resumo

Se presenta un caso de atrofia de los músculos supra y infraespinosos por el daño del nervio supraescapular comúnmente llamado "Sweeny" en un caballo, mestizo, macho, castrado, de 15 años de edad, con un peso de 350 kg, que se utiliza para la tracción, asistimos en el Hospital Clínicas veterinarias (HCV) de Centro de Ciencias Agroveterinarias (CAV) de la Universidad del Estado de Santa Catarina (UDESC), Lages, SC, Brasil. El animal mostró signos clínicos tales como la atrofia muscular de la región limitada por los músculos que se llenan los tanques de la escápula y la inestabilidad moderada de la articulación del hombro del húmero de la extremidad anterior izquierda, que se encuentran en movimiento durante la inspección. Debido a los cambios crónicos e irreversibles en la musculatura y estable, no traen más daño al animal, se decidió no iniciar ningún tratamiento y recomendó al propietario reduce la carga de trabajo y la adecuación de guarnicionería utilizado en el animal. Esta es la primera discreción clínica en Brasil atrofia de la lesión muscular arriba y infraespinoso al nervio supraescapular con evolución crónica en equinos.


This is a case report of atrophy of the shoulder muscles (sweeny) supra and infraspinatus due to suprascapular nerve injury in a horse, cross breed, male, with 15 years of age, weigh 350 kg, used for traction, seen at the Veterinary Hospital (HCV) from the Santa Catarina State University (UDESC), Agroveterinary Sciences Center (CAV) from Lages, SC, Brazil. The animal showed clinical signs such as muscle atrophy of the scapular region and moderate instability of the shoulder joint of the left forelimb. Due to chronic and irreversible changes in the musculature, with no further complications to the animal, treatment was based on reducing workload and suitability of tack used in the animal. This is the first clinical description in Brazil of atrophy of the supra and infraspinatus muscles due to injury of the suprascapular nerve with chronic presentation.


Relata-se um caso de atrofia dos músculos supra e infraespinhoso por lesão do nervo supraescapular comumente denominada Sweeny, em um equino, mestiço, macho, castrado, de 15 anos de idade, pesando 350 kg, utilizado para tração, atendido no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV) do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Lages, SC, Brasil. O animal apresentava como sinais clínicos a atrofia muscular da região delimitada pelos músculos que preenchem as fossas escapulares e moderada instabilidade da articulação escapulo umeral do membro torácico esquerdo, constatado durante inspeção em movimento. Devido à cronicidade, as alterações irreversíveis na musculatura e ao quadro estável, não trazendo maiores prejuízos ao animal, optou-se por não instaurar qualquer tratamento e recomendou-se ao proprietário a redução da carga de trabalho e adequação do arreamento utilizado no animal. Trata-se da primeira descrição clínica no Brasil de atrofia dos músculos supra e infraespinhoso por lesão ao nervo supraescapular de evolução crônica em equino.


Assuntos
Animais , Atrofia Muscular/terapia , Atrofia Muscular/veterinária , Cavalos/lesões , Escápula/lesões , Úmero
14.
Revista brasileira de medicina equina ; 12(68): 04-08, nov-dez. 2016. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1495049

Resumo

La reparación del defecto adquirido en la pared abdominal del caballo puede volverse en un desafío para el cirujano, pues, las recomendaciones de la literatura se encuentran de manera contradictoria. Este informe tiene como objetivo describir un caso de eventración abdominal traumática de un equino con encarcelamiento del vértice cecal, en la cual se ha realizado una cirugía de corrección mediante la aposición de los bordes de la lesión. Un caballo, mestizo, se ha aumentado de volumen en la región ventrolateral izquierda del abdomen caudal después de chocarse contra una cerca. El examen clínico reveló un aumento de volumen de 40 cm de diámetro en la ubicación anterior, consistencia flotante, irreducible y sensible a la palpación. El animal también tenía dificultad para la locomoción. La ultrasonografía confirmó la presencia de manijas intestinales en el área afectada. Después de la aplicación de los medicamentos previos, de la inducción de anestesia y de la preparación aséptica, se procedió la reducción quirúrgica por sim pie yuxtaposición de las capas musculares. El vértice cecal se encontraba encarcelado en la región con grandes áreas de adherencias. Aunque sea raro el atrapamiento del intestino ciego, se 10 puede ocurrir en caso de eventraciones. La colocación de los bordes se demostró eficaz para la corrección del defecto. Un tiempo más corto entre la ocurrencia del trauma y cirugía puede volverse una ventaja para la cicatrización primarla del defecto.


The repair of abdominal wall's acquired defects in horses can be a challenge for the surgeon, once that the literature recommendations are contradictory. This report aims to describe a case of traumatic abdominal eventration in a horse with cecal apex imprisonment, where the surgical correction was performed affixing the edges of the lesion. The horse, mongrel breed, showed increased volume at the left ventrolateral region of caudal abdomen after running into a fence. Clinical examination revealed an increase on volume of 40 cm in diameter at the location already mentioned, with floating consistency, irreducible and sensitive to palpation. The animal also had difficulty locomotion. Ultrasonography was use to confirm the presence of bowel loops in that area. After premedication, anesthetic induction and aseptic preparation area, we proceeded surgical reduction by simple apposition of the muscle layers. The cecal apex was imprisoned in the region with large areas of adhesions. The cecum entrapment is uncommon, but may occur with cases of eventration. The affixing of the lips was effective to correct the defect. Where as a shorter time between the occurrence of trauma and surgery may help the primary healing of the defect.


O reparo de defeitos adquiridos na parede abdominal do equino pode ser um desafio para o cirurgião, uma vez que as recomendações da literatura são contraditórias. Este relato tem por objetivo descrever um caso de eventração abdominal traumática em equino com encarceramento de ápice do ceco, em que fora realizada correção cirúrgica por meio da aposição dos bordos da lesão. Um equino, mestiço, apresentou aumento de volume na região ventrolateral esquerda do abdômen caudal após chocar-se com uma cerca. Ao exame clínico observou-se aumento de volume de 40 cm de diâmetro na localização supracitada, de consistência flutuante, irredutível e sensível à palpação. O animal apresentava ainda, dificuldade à locomoção. A ultrassonografia confirmou a presença de alças intestinais na área afetada. Após a pré-medicação, da indução anestésica e a preparação asséptica da área, procedeu-se a redução cirúrgica, por simples aposição das camadas musculares. O ápice do ceco encontrava-se encarcerado na região com extensas áreas de aderências. O ceco apesar de ser incomum pode sofrer encarceramento nos casos de eventrações. A aposição dos bordos foi efetiva para correção do defeito. Um menor tempo entre a ocorrência do trauma e a cirurgia pode ser benéfico para a cicatrização primária do defeito.


Assuntos
Animais , Cavalos/lesões , Ceco/fisiopatologia , Laparotomia/veterinária , Ultrassonografia/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA