Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina Ci. agr. ; 35(1): 327-342, Jan.-Feb.2014. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25982

Resumo

The impact of agricultural management practices on the quality of grain was evaluated in wheat (Triticum aestivum L. BRS Tangará) from the Central-Southern region of Paraná State (Ponta Grossa) in the crop years of 2010 and 2011. The field trial was carried out in succession with soybean (2010) and corn (2011). The treatments included inoculation of seeds with Azospirillum brasilense and increasing levels of nitrogen application in top dressing (0, 30, 60, 90 and 120 kg ha-1). The experimental design was in randomized block, factorial 2 x 5 (inoculation x N level), with four replications. The parameters evaluated were water activity, moisture, protein, and grain contamination by deoxynivalenol (DON). The data were subjected to analysis of variance, comparison of means by Tukeys test (p<0.05) and regression for nitrogen level. The inoculation of seeds with A. brasilense increased the protein content in grain in 2010 (+1.6%; 16.9 g 100g-1) and 2011 (+1.7%, 15.7 g 100g-1), independently of the nitrogen level (p<0.01). Level of nitrogen in 2010 presented a positive linear response with protein content, increasing by 14.2% using non-inoculated seeds (p<0.01, R2=0.955) and 14.4% for those inoculated with A. brasilense (p<0.01, R2=0.906). However, in 2011 a quadratic response was observed between nitrogen level and protein content (p<0.01, R2=0.99), with stabilization or reduction in protein content using high levels of nitrogen (˃120 kg ha-1). The contamination by DON was greater using high levels of nitrogen (3574 μg kg-1, 120 kg ha-1; non-inoculated seeds) in 2011, with a quadratic response between nitrogen levels and contamination of grains (p<0.05, R2=0.772). Furthermore, 37.5% of the samples presented contamination by DON higher than the maximum tolerated limit established by Brazilian legislation (2000 μg kg-1; whole-wheat grain). The data demonstrates that proper management of nitrogen enhances intrinsic effects arising from plant breeding.(AU)


O impacto de tratos culturais na qualidade do grão foi avaliado em trigo (Triticum aestivum L. cultivar BRS Tangará) da região Centro-Sul do Estado do Paraná (Ponta Grossa), nos anos agrícolas de 2010 e 2011. O cultivo foi realizado em sucessão a cultura da soja (2010) e do milho (2011). Os tratamentos consistiram de inoculação de sementes com Azospirillum brasilense e aplicação de doses crescentes de nitrogênio em cobertura (0, 30, 60, 90 e 120 kg ha-1). O delineamento experimental foi em bloco casualizado, fatorial 2 x 5 (inoculação x dose N), com quatro repetições. Os parâmetros avaliados foram atividade de água, umidade, proteína e contaminação dos grãos por desoxinivalenol (DON). Os dados foram submetidos à análise de variância, comparação de médias pelo teste de Tukey (p<0,05) e regressão para doses de nitrogênio. A inoculação de sementes com A. brasilense resultou em aumento no teor de proteína no grão em 2010 (+1,6%; 16,9 g 100g-1) e 2011 (+1,7%; 15,7 g 100g-1), independente da dose de nitrogênio (p<0,01). As doses de nitrogênio em 2010 apresentaram resposta linear positiva com o teor de proteína, com aumento de 14,2% utilizando sementes não inoculadas (p<0,01; R2=0,955), e 14,4% para inoculadas com A. brasilense (p<0,01; R2=0,906). Entretanto, em 2011 observou-se resposta quadrática entre adubação e teor de proteína (p<0,01; R2=0,99), com estabilização ou redução na resposta sob doses elevadas de nitrogênio (˃120 kg ha-1). A contaminação por DON foi maior sob dose elevada de nitrogênio (3574 μg kg-1; 120 kg ha-1; sementes não inoculadas) em 2011, com resposta quadrática entre adubação e contaminação (p<0,05; R2=0,772). Outrossim, 37,5% das amostras apresentaram contaminação por DON superior ao limite máximo tolerado estabelecido pela legislação brasileira (2000 μg kg-1; trigo integral). Os dados demonstraram que o manejo adequado de nitrogênio pode incrementar efeito intrínseco oriundo de melhoramento genético.(AU)


Assuntos
Triticum/química , Fixação de Nitrogênio , Bactérias Fixadoras de Nitrogênio , Amônia , Micotoxinas , Análise de Alimentos
2.
Semina ciênc. agrar ; 35(1): 327-342, 2014. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499525

Resumo

The impact of agricultural management practices on the quality of grain was evaluated in wheat (Triticum aestivum L. BRS Tangará) from the Central-Southern region of Paraná State (Ponta Grossa) in the crop years of 2010 and 2011. The field trial was carried out in succession with soybean (2010) and corn (2011). The treatments included inoculation of seeds with Azospirillum brasilense and increasing levels of nitrogen application in top dressing (0, 30, 60, 90 and 120 kg ha-1). The experimental design was in randomized block, factorial 2 x 5 (inoculation x N level), with four replications. The parameters evaluated were water activity, moisture, protein, and grain contamination by deoxynivalenol (DON). The data were subjected to analysis of variance, comparison of means by Tukey’s test (p<0.05) and regression for nitrogen level. The inoculation of seeds with A. brasilense increased the protein content in grain in 2010 (+1.6%; 16.9 g 100g-1) and 2011 (+1.7%, 15.7 g 100g-1), independently of the nitrogen level (p<0.01). Level of nitrogen in 2010 presented a positive linear response with protein content, increasing by 14.2% using non-inoculated seeds (p<0.01, R2=0.955) and 14.4% for those inoculated with A. brasilense (p<0.01, R2=0.906). However, in 2011 a quadratic response was observed between nitrogen level and protein content (p<0.01, R2=0.99), with stabilization or reduction in protein content using high levels of nitrogen (˃120 kg ha-1). The contamination by DON was greater using high levels of nitrogen (3574 μg kg-1, 120 kg ha-1; non-inoculated seeds) in 2011, with a quadratic response between nitrogen levels and contamination of grains (p<0.05, R2=0.772). Furthermore, 37.5% of the samples presented contamination by DON higher than the maximum tolerated limit established by Brazilian legislation (2000 μg kg-1; whole-wheat grain). The data demonstrates that proper management of nitrogen enhances intrinsic effects arising from plant breeding.


O impacto de tratos culturais na qualidade do grão foi avaliado em trigo (Triticum aestivum L. cultivar BRS Tangará) da região Centro-Sul do Estado do Paraná (Ponta Grossa), nos anos agrícolas de 2010 e 2011. O cultivo foi realizado em sucessão a cultura da soja (2010) e do milho (2011). Os tratamentos consistiram de inoculação de sementes com Azospirillum brasilense e aplicação de doses crescentes de nitrogênio em cobertura (0, 30, 60, 90 e 120 kg ha-1). O delineamento experimental foi em bloco casualizado, fatorial 2 x 5 (inoculação x dose N), com quatro repetições. Os parâmetros avaliados foram atividade de água, umidade, proteína e contaminação dos grãos por desoxinivalenol (DON). Os dados foram submetidos à análise de variância, comparação de médias pelo teste de Tukey (p<0,05) e regressão para doses de nitrogênio. A inoculação de sementes com A. brasilense resultou em aumento no teor de proteína no grão em 2010 (+1,6%; 16,9 g 100g-1) e 2011 (+1,7%; 15,7 g 100g-1), independente da dose de nitrogênio (p<0,01). As doses de nitrogênio em 2010 apresentaram resposta linear positiva com o teor de proteína, com aumento de 14,2% utilizando sementes não inoculadas (p<0,01; R2=0,955), e 14,4% para inoculadas com A. brasilense (p<0,01; R2=0,906). Entretanto, em 2011 observou-se resposta quadrática entre adubação e teor de proteína (p<0,01; R2=0,99), com estabilização ou redução na resposta sob doses elevadas de nitrogênio (˃120 kg ha-1). A contaminação por DON foi maior sob dose elevada de nitrogênio (3574 μg kg-1; 120 kg ha-1; sementes não inoculadas) em 2011, com resposta quadrática entre adubação e contaminação (p<0,05; R2=0,772). Outrossim, 37,5% das amostras apresentaram contaminação por DON superior ao limite máximo tolerado estabelecido pela legislação brasileira (2000 μg kg-1; trigo integral). Os dados demonstraram que o manejo adequado de nitrogênio pode incrementar efeito intrínseco oriundo de melhoramento genético.


Assuntos
Amônia , Bactérias Fixadoras de Nitrogênio , Fixação de Nitrogênio , Micotoxinas , Triticum/química , Análise de Alimentos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA