Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 47: e633, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465494

Resumo

The apparent digestibility coefficients for crude protein (ADCCP), dry matter (ADCDM), and gross energy (ADCGE) of ingredients were determined for piapara (Megaleporinus obtusidens). Test diets were formulated to contain 69.5% of reference diet, 0.5% of chromium oxide, and 30% of test ingredients. The protein ingredients evaluated were tilapia processing residue meal (TPRM), feather and poultry blood meal (FPBM), poultry by-product meal (PBM), meat and bone meal (MBM), cottonseed meal (CM), corn gluten meal (CGM), and soybean meal (SM); the energy ingredients tested were corn (C), corn germ meal (CGRM), rice meal (RM), wheat bran (WB), and sorghum (S). Groups of 30 piaparas were fed twice daily during five days with test diets. Intestinal morphometry of fish were also evaluated. Digestibility coefficients of protein and energy ingredients were highest for soybean meal (ADCDM = 85.8%; ADCCP = 95.2%; and ADCGE = 87.2%) and corn (ADCDM = 94.5%; ADCCP = 76.2%; and ADCGE = 89.3%), respectively. Of the energy test ingredients analyzed, corn had the highest digestibility coefficients and induced beneficial changes on intestinal morphology compared to sorghum and corn germ meal. All protein ingredients showed potential for use in piapara diets, except meat and bone meal and feather and blood meal.


Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta (ADCCP), matéria seca (ADCDM) e energia bruta (ADCGE) de ingredientes foram determinados para a piapara (Megaleporinus obtusidens). Dietas testes foram formuladas contendo 69,5% da dieta referência, 0,5% de óxido de cromo e 30% do ingrediente teste. Os alimentos proteicos avaliados foram: farinha do resíduo de processamento da tilapia (TPRM), farinha de penas e sangue de aves (FPBM), farinha de vísceras de aves (PBM), farinha de carne e ossos (MBM), farelo de algodão (CM), glúten de milho (CGM) e farelo de soja (SM); os alimentos energéticos testados foram: milho (C), gérmen de milho (CGRM), farelo de arroz (RM), farelo de trigo (WB) e sorgo (S). Grupos de 30 piaparas foram alimentados duas vezes ao dia durante cinco dias com as dietas testes. Também foi avaliada a morfometria intestinal dos peixes. Os coeficientes de digestibilidade dos ingredientes proteicos e energéticos foram mais altos para o farelo de soja (ADCDM = 85,8%; ADCCP = 95,2%; e ADCGE = 87,2%) e milho (ADCDM = 94,5%; ADCCP = 76,2%; e ADCGE = 89,3%), respectivamente. Dentre os ingredientes energéticos, o milho apresentou os maiores coeficientes e induziu alterações morfométricas intestinais benéficas, quando comparado ao sorgo e gérmen de milho. Todos os ingredientes proteicos apresentaram potencial uso em dietas para a piapara com exceção da farinha de carne e ossos e farinha de penas e sangue de aves.


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Dieta Rica em Proteínas , Dieta/veterinária , Digestão/fisiologia , Intestinos
2.
B. Inst. Pesca ; 47: 1-9, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-764691

Resumo

The apparent digestibility coefficients for crude protein (ADCCP), dry matter (ADCDM), and gross energy (ADCGE) of ingredients were determined for piapara (Megaleporinus obtusidens). Test diets were formulated to contain 69.5% of reference diet, 0.5% of chromium oxide, and 30% of test ingredients. The protein ingredients evaluated were tilapia processing residue meal (TPRM), feather and poultry blood meal (FPBM), poultry by-product meal (PBM), meat and bone meal (MBM), cottonseed meal (CM), corn gluten meal (CGM), and soybean meal (SM); the energy ingredients tested were corn (C), corn germ meal (CGRM), rice meal (RM), wheat bran (WB), and sorghum (S). Groups of 30 piaparas were fed twice daily during five days with test diets. Intestinal morphometry of fish were also evaluated. Digestibility coefficients of protein and energy ingredients were highest for soybean meal (ADCDM = 85.8%; ADCCP = 95.2%; and ADCGE = 87.2%) and corn (ADCDM = 94.5%; ADCCP = 76.2%; and ADCGE = 89.3%), respectively. Of the energy test ingredients analyzed, corn had the highest digestibility coefficients and induced beneficial changes on intestinal morphology compared to sorghum and corn germ meal. All protein ingredients showed potential for use in piapara diets, except meat and bone meal and feather and blood meal.(AU)


Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta (ADCCP), matéria seca (ADCDM) e energia bruta (ADCGE) de ingredientes foram determinados para a piapara (Megaleporinus obtusidens). Dietas testes foram formuladas contendo 69,5% da dieta referência, 0,5% de óxido de cromo e 30% do ingrediente teste. Os alimentos proteicos avaliados foram: farinha do resíduo de processamento da tilapia (TPRM), farinha de penas e sangue de aves (FPBM), farinha de vísceras de aves (PBM), farinha de carne e ossos (MBM), farelo de algodão (CM), glúten de milho (CGM) e farelo de soja (SM); os alimentos energéticos testados foram: milho (C), gérmen de milho (CGRM), farelo de arroz (RM), farelo de trigo (WB) e sorgo (S). Grupos de 30 piaparas foram alimentados duas vezes ao dia durante cinco dias com as dietas testes. Também foi avaliada a morfometria intestinal dos peixes. Os coeficientes de digestibilidade dos ingredientes proteicos e energéticos foram mais altos para o farelo de soja (ADCDM = 85,8%; ADCCP = 95,2%; e ADCGE = 87,2%) e milho (ADCDM = 94,5%; ADCCP = 76,2%; e ADCGE = 89,3%), respectivamente. Dentre os ingredientes energéticos, o milho apresentou os maiores coeficientes e induziu alterações morfométricas intestinais benéficas, quando comparado ao sorgo e gérmen de milho. Todos os ingredientes proteicos apresentaram potencial uso em dietas para a piapara com exceção da farinha de carne e ossos e farinha de penas e sangue de aves.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Digestão/fisiologia , Intestinos , Dieta Rica em Proteínas , Dieta/veterinária
3.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 45(2): e445, 2019. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465412

Resumo

The use of immunomodulators is an alternative to improve the immune system of fish and avoid the excessive use of antibiotics. Levamisole is a synthetic anthelmintic which promotes a potent immunostimulation on innate and acquired variables of fish. In order to access the levamisole effects on matrinxã, Brycon amazonicus, fish were fed levamisole at 500 mg kg-1 of diet for seven days. After this period fish were submitted to blood collection. Immunological variables, such as leukocytes respiratory burst, total serum protein, albumin, globulin, albumin:globulin index and hematological variables, such as hematocrit, hemoglobin, red and white blood cell (WBC) and Wintrobe indexes were evaluated. The levamisole administration increased the WBC counts indicating that the immunostimulant modulates the cell-mediated immunity. The increased WBC indicate that the fish fed levamisole were in a better body condition, and probable more resistant to disease due to potential for phagocytosis activation, degranulation of neutrophilic granules, and consequently production of antibodies and immunological memory. Besides, these findings are important for news projects regarding the production of vaccines and deeper understanding of fish cell-mediated immunity.


A utilização de imunoestimulante é uma alternativa para melhorar o sistema imune de peixes e evitar o uso excessivo de antibióticos. O levamisol é um anti-helmíntico sintético que promove uma potente estimulação imunológica em peixes, aumentando variáveis inatas e adquiridas de defesa. A fim de avaliar os efeitos do levamisol sobre matrinxã, Brycon amazonicus, os peixes foram alimentados com 500 mg kg-1 de levamisol na dieta durante sete dias. Após este período os peixes foram submetidos à colheita de sangue. Variáveis imunes, tais como a atividade respiratória de leucócitos, proteína total sérica, albumina, globulina, índice albumina:globulina e os parâmetros hematológicos, tais como hematócrito, hemograma completo, hemoglobina, número de eritrócitos e o volume corpuscular médio dos eritrócitos foram avaliados. A utilização do levamisol aumentou a contagem dos leucócitos do sangue indicando que o imunoestimulante modulou a imunidade mediada por células, entretanto, nenhuma alteração foi observada nas demais variáveis. O aumento dos leucócitos do sangue indica que os peixes alimentados com levamisol estão em uma condição corporal melhor, e em um possível surto terão mais resistência às doenças e potencial para ativação da fagocitose e degranulação de neutrófilos. Além disso, os resultados são importantes para novos projetos sobre a produção de vacinas, e sobre a compreensão mais profunda da imunidade mediada por células em peixes.


Assuntos
Animais , Adjuvantes Imunológicos , Characidae/imunologia , Characidae/parasitologia , Leucócitos , Levamisol , Testes Hematológicos
4.
B. Inst. Pesca ; 45(2): e445, 2019. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23656

Resumo

The use of immunomodulators is an alternative to improve the immune system of fish and avoid the excessive use of antibiotics. Levamisole is a synthetic anthelmintic which promotes a potent immunostimulation on innate and acquired variables of fish. In order to access the levamisole effects on matrinxã, Brycon amazonicus, fish were fed levamisole at 500 mg kg-1 of diet for seven days. After this period fish were submitted to blood collection. Immunological variables, such as leukocytes respiratory burst, total serum protein, albumin, globulin, albumin:globulin index and hematological variables, such as hematocrit, hemoglobin, red and white blood cell (WBC) and Wintrobe indexes were evaluated. The levamisole administration increased the WBC counts indicating that the immunostimulant modulates the cell-mediated immunity. The increased WBC indicate that the fish fed levamisole were in a better body condition, and probable more resistant to disease due to potential for phagocytosis activation, degranulation of neutrophilic granules, and consequently production of antibodies and immunological memory. Besides, these findings are important for news projects regarding the production of vaccines and deeper understanding of fish cell-mediated immunity.(AU)


A utilização de imunoestimulante é uma alternativa para melhorar o sistema imune de peixes e evitar o uso excessivo de antibióticos. O levamisol é um anti-helmíntico sintético que promove uma potente estimulação imunológica em peixes, aumentando variáveis inatas e adquiridas de defesa. A fim de avaliar os efeitos do levamisol sobre matrinxã, Brycon amazonicus, os peixes foram alimentados com 500 mg kg-1 de levamisol na dieta durante sete dias. Após este período os peixes foram submetidos à colheita de sangue. Variáveis imunes, tais como a atividade respiratória de leucócitos, proteína total sérica, albumina, globulina, índice albumina:globulina e os parâmetros hematológicos, tais como hematócrito, hemograma completo, hemoglobina, número de eritrócitos e o volume corpuscular médio dos eritrócitos foram avaliados. A utilização do levamisol aumentou a contagem dos leucócitos do sangue indicando que o imunoestimulante modulou a imunidade mediada por células, entretanto, nenhuma alteração foi observada nas demais variáveis. O aumento dos leucócitos do sangue indica que os peixes alimentados com levamisol estão em uma condição corporal melhor, e em um possível surto terão mais resistência às doenças e potencial para ativação da fagocitose e degranulação de neutrófilos. Além disso, os resultados são importantes para novos projetos sobre a produção de vacinas, e sobre a compreensão mais profunda da imunidade mediada por células em peixes.(AU)


Assuntos
Animais , Characidae/imunologia , Characidae/parasitologia , Adjuvantes Imunológicos , Levamisol , Testes Hematológicos , Leucócitos
5.
B. Inst. Pesca ; 40(3): 431-439, Jul-Set. 2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-27909

Resumo

The effects of stocking density and food restriction in juvenile piapara (Leporinus elongatus) were studied by two experiments. In the first, 88 piaparas juveniles were stocked in three densities (0.13, 0.20 and 0.40 fish L-1) for 70 days. Were evaluated: weight gain, average consumption, specific growth rate and feed conversion. The experiment was conducted in completely randomized design with three treatments (0.13, 0.20 and 0.40 fish L-1) and four replicates. In the second experiment, 84 fish were divided into three treatments (RBD, with 4 replicates): control group (daily food); FDS group (animals fed on weekends) and Res 21 group (animals subjected to food restriction for 21 days). Highest stocking density resulted highest biomass produced. Fish subjected to food restriction for 21 days and animals fed on weekends group, displayed full compensatory growth.(AU)


Foram avaliados os efeitos da densidade de estocagem e da restrição alimentar em juvenis de piapara (Leporinus elongatus) por meio da realização de dois experimentos. No primeiro, 88 juvenis de piaparas foram estocados em três densidades durante 70 dias. Foram avaliados: ganho de peso, consumo médio, taxa de crescimento específico e conversão alimentar. O experimento foi conduzido em DIC, com três tratamentos (0,13; 0,20 e 0,40 peixe L-1) e quatro repetições. No segundo experimento, 84 peixes foram divididos em três tratamentos (DBC, com quatro repetições): grupo controle (alimentação diária); grupo FDS (animais que não receberam alimento aos finais de semana) e grupo Res 21 (animais submetidos à restrição alimentar em 21 dias consecutivos). No primeiro experimento a maior densidade de estocagem resultou na maior biomassa produzida. No segundo experimento, em relação ao manejo alimentar, os animais submetidos à restrição alimentar em 21 dias consecutivos e os animais que não recebiam alimentos aos finais de semana, apresentaram crescimento compensatório total após a realimentação.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes , Crescimento e Desenvolvimento , Densidade Demográfica , Restrição Calórica
6.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 40(3): 431-439, Jul-Set. 2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1465006

Resumo

The effects of stocking density and food restriction in juvenile piapara (Leporinus elongatus) were studied by two experiments. In the first, 88 piaparas juveniles were stocked in three densities (0.13, 0.20 and 0.40 fish L-1) for 70 days. Were evaluated: weight gain, average consumption, specific growth rate and feed conversion. The experiment was conducted in completely randomized design with three treatments (0.13, 0.20 and 0.40 fish L-1) and four replicates. In the second experiment, 84 fish were divided into three treatments (RBD, with 4 replicates): control group (daily food); FDS group (animals fed on weekends) and Res 21 group (animals subjected to food restriction for 21 days). Highest stocking density resulted highest biomass produced. Fish subjected to food restriction for 21 days and animals fed on weekends group, displayed full compensatory growth.


Foram avaliados os efeitos da densidade de estocagem e da restrição alimentar em juvenis de piapara (Leporinus elongatus) por meio da realização de dois experimentos. No primeiro, 88 juvenis de piaparas foram estocados em três densidades durante 70 dias. Foram avaliados: ganho de peso, consumo médio, taxa de crescimento específico e conversão alimentar. O experimento foi conduzido em DIC, com três tratamentos (0,13; 0,20 e 0,40 peixe L-1) e quatro repetições. No segundo experimento, 84 peixes foram divididos em três tratamentos (DBC, com quatro repetições): grupo controle (alimentação diária); grupo FDS (animais que não receberam alimento aos finais de semana) e grupo Res 21 (animais submetidos à restrição alimentar em 21 dias consecutivos). No primeiro experimento a maior densidade de estocagem resultou na maior biomassa produzida. No segundo experimento, em relação ao manejo alimentar, os animais submetidos à restrição alimentar em 21 dias consecutivos e os animais que não recebiam alimentos aos finais de semana, apresentaram crescimento compensatório total após a realimentação.


Assuntos
Animais , Caraciformes , Crescimento e Desenvolvimento , Densidade Demográfica , Restrição Calórica
7.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 37(3): 307-315, 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464918

Resumo

The aim of this study was to analyze the cost of production and economic viability of production of lambari in Monte Castelo/SP, with the primary market, that of live-bait for sport fishing of carnivorous fish. To calculate the operating cost structure, the model proposed by the Instituto de Economia Agrícola from São Paulo/Brazil was used. In analyzing the economic viability of investment, it was determined the Internal Rate of Return (IRR) and Pay Back Period. It was noted that the inputs represented approximately 74.0% of the EOC (Effective Operating Cost). In the rentability analysis (short term), there was an operating profit of R$ 3,133.45 for a cycle, with a profitability of 18.65% for four months of production, by a cost price of R$ 13.02 kg-1. For viability of the activity (long term), the results were attractive to recovery capital from the 3rd year (Pay Back), with an IRR of 25.68% and 89.0% return on the producer in 5 years (BCR - benefit cost ratio). The study of costs and economic viability analysis reinforce the importance of rational management in the productive system and the importance of planning and managing the profitability of the activity.


O objetivo do estudo foi analisar o custo e a viabilidade econômica da produção de lambari-do-rabo-amarelo em Monte Castelo/SP, tendo como principal mercado o de iscas-vivas para a pesca esportiva de peixes carnívoros. Para o cálculo do custo operacional foi considerada a estrutura utilizada pelo Instituto de Economia Agrícola de São Paulo. Na análise da viabilidade econômica do investimento foram determinados a Taxa Interna de Retorno (TIR) e o Período de Recuperação de Capital (PRC). Observou-se que os insumos representaram aproximadamente 74,0% do COE (Custo Operacional Efetivo). Na análise de rentabilidade (curto prazo) observou-se um lucro operacional de R$ 3.133,45 ciclo-1, com uma lucratividade de 18,65% para 4 meses de produção, a um preço de custo de R$ 13,02 kg-1. Quanto à viabilidade da atividade (longo prazo), os resultados foram atrativos para recuperação de capital a partir do 3º ano, com uma TIR de 25,68% e retorno de 89,0% ao produtor em 5 anos (relação Benefício/Custo). O estudo dos custos e a análise da viabilidade econômica reforçam a importância do manejo profissional no sistema produtivo e a importância do planejamento e da gestão na lucratividade da atividade.

8.
B. Inst. Pesca ; 36(1): 9-16, 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2662

Resumo

O presente estudo objetivou avaliar o efeito de três diferentes densidades de estocagem (0,33; 0,67 e 1,00 peixe L-1) no desempenho produtivo do acará-bandeira criado em aquários. Os peixes foram alimentados durante 35 dias, com ração comercial, em duas refeições diárias. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, sendo que para cada densidade foram realizadas quatro repetições. Foram avaliados os parâmetros físico-químicos da água: temperatura, concentração de oxigênio dissolvido, pH e concentração de amônia total; e os parâmetros de desempenho produtivo: ganho de peso, conversão alimentar aparente, taxa de crescimento específico, comprimento padrão final, fator de condição e uniformidade de tamanho. Os resultados obtidos foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas através do teste Tukey (H = 0,05), utilizando o programa estatístico ESTAT 2.0. Não foi observada mortalidade em nenhuma densidade testada. Nos parâmetros físico-químicos da água, observou-se que os níveis de amônia total aumentaram significativamente com o aumento da densidade, mas sem apresentar sinais clínicos de toxicidade por este metabólito. Como não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos, a densidade de 1,00 peixe L-1 é a mais indicada, por possibilitar maior produção.(AU)


The present study aimed to evaluate the effects of three different stock densities (0.33; 0.67 e 1.00 fish L-1) on freshwater angelfish productive performance reared in aquarium. Fish were fed with commercial diets during 35 days in two diary meals. The experimental design was entirely randomized and for each density were used four replicates. Were evaluated physical-chemical water parameters: temperature, oxygen dissolved concentration and total ammonia concentration and growth performance parameters: weight gain, feed conversion, specific growth rate, final standard length, conduction factor and length uniformity. Results were submitted to variance analysis and means were compared by Tukeys test (H = 0.05), it was used the statistic program ESTAT 2.0. Mortality was not observed in any tested density. On physical-chemical water parameters, total ammonia level increased significantly with stock density increasing, but they did not showed clinical signs of ammonia toxicity. As there were no significant differences between treatments, stock density 1.00 fish L-1 is the most indicated because it allows higher production.(AU)


Assuntos
Peixes/crescimento & desenvolvimento , Métodos de Alimentação/efeitos adversos , Métodos de Alimentação/veterinária , Ambiente Aquático/análise , Aquicultura , Análise de Variância
9.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 36(1): 9-16, 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1464868

Resumo

O presente estudo objetivou avaliar o efeito de três diferentes densidades de estocagem (0,33; 0,67 e 1,00 peixe L-1) no desempenho produtivo do acará-bandeira criado em aquários. Os peixes foram alimentados durante 35 dias, com ração comercial, em duas refeições diárias. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, sendo que para cada densidade foram realizadas quatro repetições. Foram avaliados os parâmetros físico-químicos da água: temperatura, concentração de oxigênio dissolvido, pH e concentração de amônia total; e os parâmetros de desempenho produtivo: ganho de peso, conversão alimentar aparente, taxa de crescimento específico, comprimento padrão final, fator de condição e uniformidade de tamanho. Os resultados obtidos foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas através do teste Tukey (H = 0,05), utilizando o programa estatístico ESTAT 2.0. Não foi observada mortalidade em nenhuma densidade testada. Nos parâmetros físico-químicos da água, observou-se que os níveis de amônia total aumentaram significativamente com o aumento da densidade, mas sem apresentar sinais clínicos de toxicidade por este metabólito. Como não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos, a densidade de 1,00 peixe L-1 é a mais indicada, por possibilitar maior produção.


The present study aimed to evaluate the effects of three different stock densities (0.33; 0.67 e 1.00 fish L-1) on freshwater angelfish productive performance reared in aquarium. Fish were fed with commercial diets during 35 days in two diary meals. The experimental design was entirely randomized and for each density were used four replicates. Were evaluated physical-chemical water parameters: temperature, oxygen dissolved concentration and total ammonia concentration and growth performance parameters: weight gain, feed conversion, specific growth rate, final standard length, conduction factor and length uniformity. Results were submitted to variance analysis and means were compared by Tukey’s test (H = 0.05), it was used the statistic program ESTAT 2.0. Mortality was not observed in any tested density. On physical-chemical water parameters, total ammonia level increased significantly with stock density increasing, but they did not showed clinical signs of ammonia toxicity. As there were no significant differences between treatments, stock density 1.00 fish L-1 is the most indicated because it allows higher production.


Assuntos
Ambiente Aquático/análise , Métodos de Alimentação/efeitos adversos , Métodos de Alimentação/veterinária , Peixes/crescimento & desenvolvimento , Análise de Variância , Aquicultura
10.
B. Inst. Pesca ; 36(1): 1-8, 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2669

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes alimentos no desempenho produtivo e nos parâmetros de qualidade de água de juvenis de acará-bandeira. Foram utilizados 168 exemplares de acará bandeira Pterophyllum scalare var. marmorato (pi = 151,3 ± 37,9 mg e ci = 2,2 ± 0,07 cm) distribuídos em 12 aquários de 14 L (1,0 peixe L-1). O experimento foi conduzido num delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e quatro repetições. Os alimentos avaliados foram: náuplios de Artemia; dieta comercial em flocos e dieta comercial em pó. Foram realizadas biometrias no início e ao final dos 60 dias de experimento. Durante o experimento foram monitorados: temperatura da água, oxigênio dissolvido, pH e amônia total. As melhores médias de peso final, comprimento final, ganho de peso e fator de condição foram verificadas nos peixes alimentados com dieta em pó. Os alimentos avaliados não influenciaram (p <0,05) a taxa de crescimento específico, uniformidade de peso e sobrevivência. Já o parâmetro uniformidade de comprimento foi maior nos peixes alimentados com Artemia. Não houve efeito significativo nosparâmetros de qualidade de água dos aquários (p >0,05). Conclui-se que o tipo de alimento fornecido para juvenis de acará-bandeira, nesta fase de desenvolvimento, interferiu no desempenho produtivo, sem influenciar os parâmetros de qualidade de água, sendo que a dieta comercial em pó apresentou melhores resultados de crescimento. (AU)


This study aimed to evaluate the effect of food type on growth performance and water quality ofangelfish juvenile. A total of 168 angelfish Pterophyllum scalare var. marble (wi = 151.3 ± 37.9 mg e li= 2.2 ± 0.07 cm) were distributed in 12 aquaria 14 L (1.0 fish L-1). The experiment was conducted ina complete randomized design with three treatments and four replicates. Foods evaluated were:Artemia nauplii, commercial flakes diet and commercial powder diet. Fish weight and length wererecorded in the beginning and the end of 60 experimental days. Water temperature, dissolved oxygen, pH and total ammonia were monitored during experiment. Best averages of final weight,final length, weight gain and condition factor were observed on fish fed powder diet. Specific growth rate, weight uniformity and survival were not influenced (p >0.05) by food type. Just onlength uniformity fish fed Artemia showed better averages than fish fed flakes diet and powder diet. Foods evaluated did not influenced (p >0.05) on water quality parameters. In conclusion, forjuvenile angelfish, the food type influences growth performance without affect water quality parameters. Powder diet resulted in better growth performance.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/crescimento & desenvolvimento , Métodos de Alimentação/efeitos adversos , Métodos de Alimentação/veterinária , Espectrofotômetros/métodos , Biometria/métodos
11.
Acta sci., Anim. sci ; 32(2): 205-211, abr.-jun. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1459266

Resumo

Neste estudo foi avaliado o efeito do transporte de curimbatá Prochilodus lineatus, em três densidades (100, 150 e 250 g L-1), sobre a sobrevivência e variáveis metabólicas, iônicas e hematológicas (série vermelha). Juvenis de curimbatá foram transportados em sacos plásticos durante 6h e amostrados antes da embalagem, imediatamente após a chegada, 24 e 96h após o transporte. Os peixes transportados na densidade mais alta apresentaram maior mortalidade durante o período de recuperação. As variáveis físico-químicas da água: condutividade e amônia total apresentaram maiores valores quanto maior a densidade (p < 0,05), enquanto no oxigênio dissolvido ocorreu o inverso. A glicemia observada na chegada estava elevada, reduzindo-se significativamente 96h depois. Dentre as variáveis iônicas, a concentração de cloreto apresentouse menor nas densidades maiores e de acordo com os tempos de amostragem. As variáveis hematológicas da série vermelha como hematócrito, número de eritrócitos e taxa de hemoglobina, apresentaram-se elevados na chegada, com retorno aos valores iniciais 96h após o transporte. Para as variáveis supracitadas, não houve diferença significativa na interação densidade e amostragem. A densidade de 250 g L-1 induziu maior mortalidade e os piores valores nas variáveis avaliadas. O período de 96h de recuperação após evento estressante foi suficiente para o retorno aos valores basais das variáveis hematológicas, mas não foi suficiente para as metabólicas e iônicas.


This study evaluated the effects of curimbata Prochilodus lineatus transportation in three densities (100, 150 and 250 g L-1) on survival, metabolic, ionic and hematological (red series) variables. Curimbata juveniles were transported in plastic bag during six hours, and sampled before packing, immediately after the arrival, 24 and 96 hours after transportation. During recovery, higher mortality was seen in fish transported in the highest density. Water variables, such as conductivity and total ammonia, presented increased values as density increased (p < 0.05), whereas the opposite occurred with dissolved oxygen. Glucose level observed in the arrival was high, significantly reducing after 96 hours. Among ionic variables, chloride decreased in higher fish densities and according to sampling times. Red series hematological variables, such as hematocrit, red blood cell and hemoglobin, increased in arrival, but diminished 96 hours after transportation. There were no significant differences in the interaction between density and time of sampling for mentioned variables. 250 g L-1 density induced the highest mortality rate and the worst variables values measured. 96 hours of recovery after the stressing event was enough to return to initial values for hematological variables, but was not sufficient to return to initial values for metabolic and ionic variables.


Assuntos
Animais , Estresse Fisiológico , Pesqueiros
12.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 32(2): 205-211, abr.-jun. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7240

Resumo

Neste estudo foi avaliado o efeito do transporte de curimbatá Prochilodus lineatus, em três densidades (100, 150 e 250 g L-1), sobre a sobrevivência e variáveis metabólicas, iônicas e hematológicas (série vermelha). Juvenis de curimbatá foram transportados em sacos plásticos durante 6h e amostrados antes da embalagem, imediatamente após a chegada, 24 e 96h após o transporte. Os peixes transportados na densidade mais alta apresentaram maior mortalidade durante o período de recuperação. As variáveis físico-químicas da água: condutividade e amônia total apresentaram maiores valores quanto maior a densidade (p < 0,05), enquanto no oxigênio dissolvido ocorreu o inverso. A glicemia observada na chegada estava elevada, reduzindo-se significativamente 96h depois. Dentre as variáveis iônicas, a concentração de cloreto apresentouse menor nas densidades maiores e de acordo com os tempos de amostragem. As variáveis hematológicas da série vermelha como hematócrito, número de eritrócitos e taxa de hemoglobina, apresentaram-se elevados na chegada, com retorno aos valores iniciais 96h após o transporte. Para as variáveis supracitadas, não houve diferença significativa na interação densidade e amostragem. A densidade de 250 g L-1 induziu maior mortalidade e os piores valores nas variáveis avaliadas. O período de 96h de recuperação após evento estressante foi suficiente para o retorno aos valores basais das variáveis hematológicas, mas não foi suficiente para as metabólicas e iônicas.(AU)


This study evaluated the effects of curimbata Prochilodus lineatus transportation in three densities (100, 150 and 250 g L-1) on survival, metabolic, ionic and hematological (red series) variables. Curimbata juveniles were transported in plastic bag during six hours, and sampled before packing, immediately after the arrival, 24 and 96 hours after transportation. During recovery, higher mortality was seen in fish transported in the highest density. Water variables, such as conductivity and total ammonia, presented increased values as density increased (p < 0.05), whereas the opposite occurred with dissolved oxygen. Glucose level observed in the arrival was high, significantly reducing after 96 hours. Among ionic variables, chloride decreased in higher fish densities and according to sampling times. Red series hematological variables, such as hematocrit, red blood cell and hemoglobin, increased in arrival, but diminished 96 hours after transportation. There were no significant differences in the interaction between density and time of sampling for mentioned variables. 250 g L-1 density induced the highest mortality rate and the worst variables values measured. 96 hours of recovery after the stressing event was enough to return to initial values for hematological variables, but was not sufficient to return to initial values for metabolic and ionic variables.(AU)


Assuntos
Animais , Pesqueiros , Estresse Fisiológico
13.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 36(1): 1-8, 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1464875

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes alimentos no desempenho produtivo e nos parâmetros de qualidade de água de juvenis de acará-bandeira. Foram utilizados 168 exemplares de acará bandeira Pterophyllum scalare var. marmorato (pi = 151,3 ± 37,9 mg e ci = 2,2 ± 0,07 cm) distribuídos em 12 aquários de 14 L (1,0 peixe L-1). O experimento foi conduzido num delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e quatro repetições. Os alimentos avaliados foram: náuplios de Artemia; dieta comercial em flocos e dieta comercial em pó. Foram realizadas biometrias no início e ao final dos 60 dias de experimento. Durante o experimento foram monitorados: temperatura da água, oxigênio dissolvido, pH e amônia total. As melhores médias de peso final, comprimento final, ganho de peso e fator de condição foram verificadas nos peixes alimentados com dieta em pó. Os alimentos avaliados não influenciaram (p 0,05). Conclui-se que o tipo de alimento fornecido para juvenis de acará-bandeira, nesta fase de desenvolvimento, interferiu no desempenho produtivo, sem influenciar os parâmetros de qualidade de água, sendo que a dieta comercial em pó apresentou melhores resultados de crescimento.


This study aimed to evaluate the effect of food type on growth performance and water quality ofangelfish juvenile. A total of 168 angelfish Pterophyllum scalare var. marble (wi = 151.3 ± 37.9 mg e li= 2.2 ± 0.07 cm) were distributed in 12 aquaria 14 L (1.0 fish L-1). The experiment was conducted ina complete randomized design with three treatments and four replicates. Foods evaluated were:Artemia nauplii, commercial flakes diet and commercial powder diet. Fish weight and length wererecorded in the beginning and the end of 60 experimental days. Water temperature, dissolved oxygen, pH and total ammonia were monitored during experiment. Best averages of final weight,final length, weight gain and condition factor were observed on fish fed powder diet. Specific growth rate, weight uniformity and survival were not influenced (p >0.05) by food type. Just onlength uniformity fish fed Artemia showed better averages than fish fed flakes diet and powder diet. Foods evaluated did not influenced (p >0.05) on water quality parameters. In conclusion, forjuvenile angelfish, the food type influences growth performance without affect water quality parameters. Powder diet resulted in better growth performance.


Assuntos
Animais , Métodos de Alimentação/efeitos adversos , Métodos de Alimentação/veterinária , Peixes/crescimento & desenvolvimento , Biometria/métodos , Espectrofotômetros/métodos
14.
B. Inst. Pesca ; 37(3): 307-315, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-760973

Resumo

The aim of this study was to analyze the cost of production and economic viability of production of lambari in Monte Castelo/SP, with the primary market, that of live-bait for sport fishing of carnivorous fish. To calculate the operating cost structure, the model proposed by the Instituto de Economia Agrícola from São Paulo/Brazil was used. In analyzing the economic viability of investment, it was determined the Internal Rate of Return (IRR) and Pay Back Period. It was noted that the inputs represented approximately 74.0% of the EOC (Effective Operating Cost). In the rentability analysis (short term), there was an operating profit of R$ 3,133.45 for a cycle, with a profitability of 18.65% for four months of production, by a cost price of R$ 13.02 kg-1. For viability of the activity (long term), the results were attractive to recovery capital from the 3rd year (Pay Back), with an IRR of 25.68% and 89.0% return on the producer in 5 years (BCR - benefit cost ratio). The study of costs and economic viability analysis reinforce the importance of rational management in the productive system and the importance of planning and managing the profitability of the activity.


O objetivo do estudo foi analisar o custo e a viabilidade econômica da produção de lambari-do-rabo-amarelo em Monte Castelo/SP, tendo como principal mercado o de iscas-vivas para a pesca esportiva de peixes carnívoros. Para o cálculo do custo operacional foi considerada a estrutura utilizada pelo Instituto de Economia Agrícola de São Paulo. Na análise da viabilidade econômica do investimento foram determinados a Taxa Interna de Retorno (TIR) e o Período de Recuperação de Capital (PRC). Observou-se que os insumos representaram aproximadamente 74,0% do COE (Custo Operacional Efetivo). Na análise de rentabilidade (curto prazo) observou-se um lucro operacional de R$ 3.133,45 ciclo-1, com uma lucratividade de 18,65% para 4 meses de produção, a um preço de custo de R$ 13,02 kg-1. Quanto à viabilidade da atividade (longo prazo), os resultados foram atrativos para recuperação de capital a partir do 3º ano, com uma TIR de 25,68% e retorno de 89,0% ao produtor em 5 anos (relação Benefício/Custo). O estudo dos custos e a análise da viabilidade econômica reforçam a importância do manejo profissional no sistema produtivo e a importância do planejamento e da gestão na lucratividade da atividade.

15.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 49: e754, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1438535

Resumo

This study aimed to determine the effects of dietary digestible protein (DP) on growth and physiological indicators in piapara. Three hundred piapara juveniles (24.0 ± 1.3 g) were distributed in 20 tanks of 130 L (15 fish/tank) with continuous aeration and water. Five isoenergetic diets (14.0 MJ·kg-1) were formulated to contain increasing levels of DP (21, 24, 27, 30 and 33%). After 77 days of feeding, increasing levels of digestible protein influenced final weight, specific growth rate and weight gain linearly (p < 0.05). Water ammonia concentration and liver alanine aminotransferase activity also showed a linear effect with an increasing DP level (p < 0.05), but no relationship was found between DP level and serum ammonia (p > 0.05). There was no linear and quadratic effect for hepatosomatic index, liver glycogen and liver lipid content (p > 0.05). On the other hand, the muscle lipid content decreased linearly with the increase in the DP level (p < 0.05), while the mesenteric fat index showed a linear and quadratic effect (p < 0.05) with an increasing curve until the peak of 25.77% DP. The activity of the hepatic malic enzyme also followed a quadratic pattern (p < 0.05) with a maximum point of 27.08% of DP. This contrasts with the hepatic enzyme glucose-6-phosphate dehydrogenase, which increased linearly with the increase in the DP level (p < 0.05). The results showed better productive performance for fish fed with the highest levels of DP, though greater excretion of ammonia in the water was also shown. Diets below 27% DP resulted in greater energy reserve, amino acid catabolism and lipogenesis. Therefore, the inclusion of 28 to 30% DP in the diet will be ideal for growth and physiological responses in piapara.(AU)


Este estudo teve como objetivo determinar os efeitos da proteína digestível (PD) da dieta sobre o crescimento e indicadores fisiológicos em piapara. Trezentos juvenis de piapara (24 ± 1,3 g) foram distribuídos em 20 tanques de 130 L (15 peixes/tanque) com aeração contínua e água. Cinco dietas isoenergéticas (14,0 MJ·kg-1) foram formuladas para conter níveis crescentes de PD (21, 24, 27, 30 e 33%). Após 77 dias de alimentação, níveis crescentes de proteína digestível influenciaram o peso final, taxa de crescimento específico e ganho de peso de forma linear (p<0,05). A concentração de amônia na água e a atividade hepática da alanina aminotransferase também apresentaram efeito linear com o aumento do nível de PD (p < 0,05), mas não foi encontrada relação entre o nível de PD e amônia sérica (p > 0,05). Não houve efeito linear nem quadrático no índice hepatossomático, no glicogênio hepático e na concentração de lipídios hepáticos (p > 0,05). Por outro lado, o conteúdo de lipídio muscular diminuiu de forma linear com o aumento do nível de PD (p < 0,05), enquanto o índice de gordura mesentérica apresentou efeito linear e quadrático (p < 0,05) com curva crescente até o ponto máximo em 25,77% de PD. A atividade hepática da enzima málica também seguiu um padrão quadrático (p < 0,05) com ponto máximo em 27,08% de PD, diferentemente da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase hepática, que aumentou linearmente com o aumento do nível de PD (p < 0,05). Os resultados mostraram melhor desempenho produtivo para os peixes alimentados com os maiores níveis de PD. Por outro lado, também proporcionaram maior excreção de amônia na água. Dietas abaixo de 27% PD resultaram em maior reserva energética, catabolismo de aminoácidos e lipogênese. Portanto, a inclusão de 28 a 30% PD na dieta será ideal para o crescimento e respostas fisiológicas em piaparas.(AU)


Assuntos
Animais , Proteínas/fisiologia , Fenômenos Fisiológicos do Sistema Digestório , Caraciformes/metabolismo , Aumento de Peso/fisiologia , Alanina Transaminase/efeitos adversos , Ingestão de Alimentos/fisiologia
16.
Jaboticabal; s.n; 29/01/2007. 89 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-2855

Resumo

A adoção de esquemas de alimentação com restrição e realimentação para peixes pode induzir a ocorrência de ganho de peso compensatório e permite redução no fornecimento de ração, principal componente do custo de produção. Além disto, o uso de dietas que forneça os nutrientes necessários para esta fase de rápido crescimento e o não comprometimento da resistência imunológica do peixe, representam vantagens adicionais. Nesse sentido, juvenis de pacu Piaractus mesopotamicus (36,9 l 2,8 g) foram submetidos a três estratégias de alimentação (alimentação continua; 3 dias restrição e 3 dias de realimentação controlada; 3 dias restrição e 3 dias de realimentação até a saciedade aparente) com duas dietas experimentais (45 e 52% CHO). Foram avaliados o desempenho produtivo e metabolismo energético em duas etapas, aos 36 e aos 84 dias de alimentação. Após os 84 dias, os peixes foram submetidos à infestação pelo parasito Dolops carvalhoi, sendo avaliadas as respostas fisiológicas de estresse. Ocorreu ingestão compensatória, tanto durante os 36 como durante os 84 dias, mas sem ocorrência de ganho de peso compensatório. Os parâmetros do metabolismo energético, aos 36 dias de alimentação, sugerem grande capacidade do pacu em mobilizar as reservas energéticas endógenas. Aos 84 dias, os parâmetros fisiológicos do metabolismo energético, evidenciam a habilidade do pacu em manter a homeostase e recuperar-se da privação alimentar através da dinâmica de suas reservas. As estratégias de alimentação adotas associadas as dietas experimentais não comprometeram as respostas do pacu frente ao desafio com o ectoparasito. A adoção de períodos curtos de restrição e realimentação, pode ser recomendada em condições específicas de manejo, sem prejuízo irreversível aos peixes e com redução nos custos de produção


Schemes of food restriction and refeeding can induce compensatory growth in fish and reduction of production costs. Additionally, the use of diets providing needed nutrients for the fast growth and adequate immune status of fish can be beneficial. In this way, pacu juveniles Piaractus mesopotamicus (36.9 l 2.8 g) were submitted to three feed strategies (continuous feeding; 3 days of restriction and 3 days of controlled refeeding; 3 days of restriction and 3 days of refeeding until apparent satiation) and two experimental diets (45 and 52% carbohydrate - CHO). Growth performance and energetic metabolism were evaluated at 36 and 84 days of feeding. After 84 days, fish were exposed to Dolops carvalhoi, and physiological responses were evaluated. Compensatory food intake was registered at 36 and 84 days, without compensatory growth. At 36 days of feeding, metabolic indicators suggested that pacu is able to mobilize endogenous energy stores. At 84 days od food restriction, pacu exhibited ability to keep its body homeostasis by mobilizing endogenous reserves, and to recover the tissue losses provoked by food restriction. Feed strategies and experimental diets did not affect the ability of pacu to face the parasite infestation. Cycles of food restriction and refeeding for short periods (3 days restriction/3 days refeeding) can be recommended for pacu in specific conditions, since no irreversible biological damage was detected and, in addition, reduction of production cost is possible

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA