Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Iheringia. Sér. Zool. ; 109: e2019006, 20190225. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-762686

Resumo

Streblidae flies are found exclusively on bats and are distributed throughout the world, with a high richness of flies and host in Brazil. However, knowledge about the ecological aspects of these relationships is limited to descriptions of the associations. The aim of this work was to characterize the community of ectoparasites flies and their possible association patterns in a peri-urban area of Cerrado. Bats were captured between February and July 2011, with a sample effort of 9 504 h.m2. Ectoparasites were collected and identified. The parasite-host relationship was determined using index such as prevalence, average infestation intensity, and specificity. We captured 161 bats of seven species, with 29.81% (n = 48) that were infested. We found 83 flies of six species of Streblidae, with two accidental associations and eight non-accidental associations. The highest prevalence and intensity of infestation were found for the association between Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) and Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) also presented high prevalence rates, while Artibeus lituratus (Olfers, 1818) and Sturnira lilium (E. Geoffroy, 1810) had low infestation prevalence. Four species of Streblidae were considered monoxenic and two oligoxenic, which is indicated by the analysis of specificity, which demonstrates the predominance of monoxenic species already reported in other works.(AU)


Moscas Streblidae ocorrem exclusivamente em morcegos e estão mundialmente distribuídas, com uma alta riqueza de moscas e hospedeiros no Brasil. Entretanto, o conhecimento dos aspectos ecológicos dessa relação é limitado à descrição das associações. O objetivo nesse trabalho foi caracterizar a comunidade de moscas ectoparasitas e de seus possíveis padrões de associação em uma área periurbana de Cerrado. Os morcegos foram capturados entre fevereiro e julho de 2011, com um esforço amostral de 9.504 h.m2. Os ectoparasitas foram coletados e identificados. A relação parasito-hospedeiro foi determinada usando índices como prevalência, intensidade média de infestação e especificidade. Capturamos 161 morcegos de sete espécies, dos quais 29,81% (n = 48) apresentaram-se infestados. Encontramos 83 moscas de seis espécies de Streblidae, com duas associações acidentais e oito associações não acidentais. A maior prevalência e intensidade de infestação foram verificadas na associação entre Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) e Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) também apresentou elevadas taxas de prevalência, enquanto Artibeus lituratus (Olfers, 1818) e Sturnira lilium (E, Geoffroy, 1810) revelaram baixas prevalências de infestação. Quatro espécies de Streblidae foram consideradas monoxênicas e duas oligoxênicas, o que é indicado pela análise de especificidade, o que demonstra o predomínio de espécies monoxênicas já relatado em outros trabalhos.(AU)


Assuntos
Animais , Quirópteros/parasitologia , Ectoparasitoses , Biota
2.
Iheringia, Sér. zool ; 109: e2019006, 20190328. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1483274

Resumo

Streblidae flies are found exclusively on bats and are distributed throughout the world, with a high richness of flies and host in Brazil. However, knowledge about the ecological aspects of these relationships is limited to descriptions of the associations. The aim of this work was to characterize the community of ectoparasites flies and their possible association patterns in a peri-urban area of Cerrado. Bats were captured between February and July 2011, with a sample effort of 9 504 h.m2. Ectoparasites were collected and identified. The parasite-host relationship was determined using index such as prevalence, average infestation intensity, and specificity. We captured 161 bats of seven species, with 29.81% (n = 48) that were infested. We found 83 flies of six species of Streblidae, with two accidental associations and eight non-accidental associations. The highest prevalence and intensity of infestation were found for the association between Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) and Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) also presented high prevalence rates, while Artibeus lituratus (Olfers, 1818) and Sturnira lilium (E. Geoffroy, 1810) had low infestation prevalence. Four species of Streblidae were considered monoxenic and two oligoxenic, which is indicated by the analysis of specificity, which demonstrates the predominance of monoxenic species already reported in other works.


Moscas Streblidae ocorrem exclusivamente em morcegos e estão mundialmente distribuídas, com uma alta riqueza de moscas e hospedeiros no Brasil. Entretanto, o conhecimento dos aspectos ecológicos dessa relação é limitado à descrição das associações. O objetivo nesse trabalho foi caracterizar a comunidade de moscas ectoparasitas e de seus possíveis padrões de associação em uma área periurbana de Cerrado. Os morcegos foram capturados entre fevereiro e julho de 2011, com um esforço amostral de 9.504 h.m2. Os ectoparasitas foram coletados e identificados. A relação parasito-hospedeiro foi determinada usando índices como prevalência, intensidade média de infestação e especificidade. Capturamos 161 morcegos de sete espécies, dos quais 29,81% (n = 48) apresentaram-se infestados. Encontramos 83 moscas de seis espécies de Streblidae, com duas associações acidentais e oito associações não acidentais. A maior prevalência e intensidade de infestação foram verificadas na associação entre Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) e Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) também apresentou elevadas taxas de prevalência, enquanto Artibeus lituratus (Olfers, 1818) e Sturnira lilium (E, Geoffroy, 1810) revelaram baixas prevalências de infestação. Quatro espécies de Streblidae foram consideradas monoxênicas e duas oligoxênicas, o que é indicado pela análise de especificidade, o que demonstra o predomínio de espécies monoxênicas já relatado em outros trabalhos.


Assuntos
Animais , Biota , Ectoparasitoses , Quirópteros/parasitologia
3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1483311

Resumo

ABSTRACT Streblidae flies are found exclusively on bats and are distributed throughout the world, with a high richness of flies and host in Brazil. However, knowledge about the ecological aspects of these relationships is limited to descriptions of the associations. The aim of this work was to characterize the community of ectoparasites flies and their possible association patterns in a peri-urban area of Cerrado. Bats were captured between February and July 2011, with a sample effort of 9 504 h.m2. Ectoparasites were collected and identified. The parasite-host relationship was determined using index such as prevalence, average infestation intensity, and specificity. We captured 161 bats of seven species, with 29.81% (n = 48) that were infested. We found 83 flies of six species of Streblidae, with two accidental associations and eight non-accidental associations. The highest prevalence and intensity of infestation were found for the association between Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) and Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) also presented high prevalence rates, while Artibeus lituratus (Olfers, 1818) and Sturnira lilium (E. Geoffroy, 1810) had low infestation prevalence. Four species of Streblidae were considered monoxenic and two oligoxenic, which is indicated by the analysis of specificity, which demonstrates the predominance of monoxenic species already reported in other works.


RESUMO Moscas Streblidae ocorrem exclusivamente em morcegos e estão mundialmente distribuídas, com uma alta riqueza de moscas e hospedeiros no Brasil. Entretanto, o conhecimento dos aspectos ecológicos dessa relação é limitado à descrição das associações. O objetivo nesse trabalho foi caracterizar a comunidade de moscas ectoparasitas e de seus possíveis padrões de associação em uma área periurbana de Cerrado. Os morcegos foram capturados entre fevereiro e julho de 2011, com um esforço amostral de 9.504 h.m2. Os ectoparasitas foram coletados e identificados. A relação parasito-hospedeiro foi determinada usando índices como prevalência, intensidade média de infestação e especificidade. Capturamos 161 morcegos de sete espécies, dos quais 29,81% (n = 48) apresentaram-se infestados. Encontramos 83 moscas de seis espécies de Streblidae, com duas associações acidentais e oito associações não acidentais. A maior prevalência e intensidade de infestação foram verificadas na associação entre Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) e Trichobius joblingi Wenzel, 1966. Artibeus planirostris (Spix, 1823) também apresentou elevadas taxas de prevalência, enquanto Artibeus lituratus (Olfers, 1818) e Sturnira lilium (E, Geoffroy, 1810) revelaram baixas prevalências de infestação. Quatro espécies de Streblidae foram consideradas monoxênicas e duas oligoxênicas, o que é indicado pela análise de especificidade, o que demonstra o predomínio de espécies monoxênicas já relatado em outros trabalhos.

4.
Iheringia. Sér. Zool. ; 108: e2018002, 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-16511

Resumo

Phyllostomid bats are potential seed dispersers, due to their foraging habit and great mobility, and are the main species responsible for regeneration of neotropical forests. In Mato Grosso do Sul, research on bats diets is concentrated in the Pantanal region, with few studies focusing on the Cerrado portion, and only one study from an urban area. The objective of this study was to analyze the diets of frugivorous phyllostomid bats from two urban remnants of Cerrado in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, evaluating whether the diet formulation of the species is based on preferences food. Bats were captured from two conservation units (the Dahma Ecological Station and Prosa State Park) for 12 nights in each area, using six mist nets, which were left open for six hours after sunset. After capture, each bat was kept in an individual cotton bag for one hour to collect a fecal sample. Fecal samples were individually stored in hermetic bottles, placed in glycerin, and then analyzed in the laboratory. All seeds found in the samples were identified. 250 bats were captured, distributed in ten species, eight genera, and two families. Phyllostomids constituted 93.2% of the captures (n = 233). The most frequent species were Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27.6%) and Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27.2%). Seeds were found in 46 fecal samples from seven species of phyllostomid bats. Most of the seeds found were from the family Piperaceae (69.6% of the samples), and was a key resource consumed by almost all phyllostomid species. Frugivores help maintain conservation units, as they promote self-renewal, and frugivory is an important process for forest remnants. Since these bats exclusively consumed pioneer species, they play a key role in maintaining these urban remnants of Cerrado.(AU)


Os morcegos filostomídeos são potenciais dispersores de sementes, devido ao seu hábito de forrageio e grande mobilidade, sendo os principais responsáveis pela regeneração de florestas neotropicais. No Mato Grosso do Sul as pesquisas com dieta de morcegos se concentram na região do Pantanal, com poucos trabalhos focados na porção de Cerrado, e somente um em área urbana. O objetivo deste estudo foi analisar a dieta de filostomídeos frugívoros em dois remanescentes urbanos de Cerrado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, avaliando-se se a formulação da dieta das espécies é baseada em preferências alimentares específicas ou não. Os morcegos foram capturados em duas unidades de conservação (a Estação Ecológica Dahma e o Parque Estadual do Prosa) por 12 noites em cada área, usando-se seis redes-de-neblina, que permaneceram abertas durante seis horas a partir do ocaso. Após a captura, cada morcego foi mantido em saco de algodão individual por uma hora para coleta das fezes. As amostras fecais foram armazenadas individualmente em frasco hermético e imersas em glicerina, sendo posteriormente analisadas em laboratório. Todas as sementes encontradas nas amostras foram identificadas. Foram capturados 250 morcegos, distribuídos em dez espécies, oito gêneros e duas famílias. Os filostomídeos constituíram 93,2% das capturas (n=233). As espécies mais frequentes foram Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27,6%) e Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27,2%). Foram encontradas sementes em 46 amostras fecais de sete espécies de morcegos filostomídeos. A maioria das sementes encontradas era da família Piperaceae (69,6% das amostras), sendo um recurso-chave consumido por quase todas as espécies de filostomídeos. Os frugívoros auxiliam na manutenção de unidades de conservação, pois promovem a auto-renovação, sendo a frugivoria um processo importante em remanescentes florestais...(AU)


Assuntos
Animais , Dispersão de Sementes , Piperaceae , Quirópteros , Frutas/provisão & distribuição , Pradaria , Polinização , Conservação dos Recursos Naturais , Brasil
5.
Iheringia, Sér. zool ; 108: e2018002, 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1483202

Resumo

Phyllostomid bats are potential seed dispersers, due to their foraging habit and great mobility, and are the main species responsible for regeneration of neotropical forests. In Mato Grosso do Sul, research on bats diets is concentrated in the Pantanal region, with few studies focusing on the Cerrado portion, and only one study from an urban area. The objective of this study was to analyze the diets of frugivorous phyllostomid bats from two urban remnants of Cerrado in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, evaluating whether the diet formulation of the species is based on preferences food. Bats were captured from two conservation units (the Dahma Ecological Station and Prosa State Park) for 12 nights in each area, using six mist nets, which were left open for six hours after sunset. After capture, each bat was kept in an individual cotton bag for one hour to collect a fecal sample. Fecal samples were individually stored in hermetic bottles, placed in glycerin, and then analyzed in the laboratory. All seeds found in the samples were identified. 250 bats were captured, distributed in ten species, eight genera, and two families. Phyllostomids constituted 93.2% of the captures (n = 233). The most frequent species were Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27.6%) and Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27.2%). Seeds were found in 46 fecal samples from seven species of phyllostomid bats. Most of the seeds found were from the family Piperaceae (69.6% of the samples), and was a key resource consumed by almost all phyllostomid species. Frugivores help maintain conservation units, as they promote self-renewal, and frugivory is an important process for forest remnants. Since these bats exclusively consumed pioneer species, they play a key role in maintaining these urban remnants of Cerrado.


Os morcegos filostomídeos são potenciais dispersores de sementes, devido ao seu hábito de forrageio e grande mobilidade, sendo os principais responsáveis pela regeneração de florestas neotropicais. No Mato Grosso do Sul as pesquisas com dieta de morcegos se concentram na região do Pantanal, com poucos trabalhos focados na porção de Cerrado, e somente um em área urbana. O objetivo deste estudo foi analisar a dieta de filostomídeos frugívoros em dois remanescentes urbanos de Cerrado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, avaliando-se se a formulação da dieta das espécies é baseada em preferências alimentares específicas ou não. Os morcegos foram capturados em duas unidades de conservação (a Estação Ecológica Dahma e o Parque Estadual do Prosa) por 12 noites em cada área, usando-se seis redes-de-neblina, que permaneceram abertas durante seis horas a partir do ocaso. Após a captura, cada morcego foi mantido em saco de algodão individual por uma hora para coleta das fezes. As amostras fecais foram armazenadas individualmente em frasco hermético e imersas em glicerina, sendo posteriormente analisadas em laboratório. Todas as sementes encontradas nas amostras foram identificadas. Foram capturados 250 morcegos, distribuídos em dez espécies, oito gêneros e duas famílias. Os filostomídeos constituíram 93,2% das capturas (n=233). As espécies mais frequentes foram Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27,6%) e Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27,2%). Foram encontradas sementes em 46 amostras fecais de sete espécies de morcegos filostomídeos. A maioria das sementes encontradas era da família Piperaceae (69,6% das amostras), sendo um recurso-chave consumido por quase todas as espécies de filostomídeos. Os frugívoros auxiliam na manutenção de unidades de conservação, pois promovem a auto-renovação, sendo a frugivoria um processo importante em remanescentes florestais...


Assuntos
Animais , Dispersão de Sementes , Frutas/provisão & distribuição , Piperaceae , Pradaria , Quirópteros , Brasil , Conservação dos Recursos Naturais , Polinização
6.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1483222

Resumo

ABSTRACT Phyllostomid bats are potential seed dispersers, due to their foraging habit and great mobility, and are the main species responsible for regeneration of neotropical forests. In Mato Grosso do Sul, research on bats diets is concentrated in the Pantanal region, with few studies focusing on the Cerrado portion, and only one study from an urban area. The objective of this study was to analyze the diets of frugivorous phyllostomid bats from two urban remnants of Cerrado in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, evaluating whether the diet formulation of the species is based on preferences food. Bats were captured from two conservation units (the Dahma Ecological Station and Prosa State Park) for 12 nights in each area, using six mist nets, which were left open for six hours after sunset. After capture, each bat was kept in an individual cotton bag for one hour to collect a fecal sample. Fecal samples were individually stored in hermetic bottles, placed in glycerin, and then analyzed in the laboratory. All seeds found in the samples were identified. 250 bats were captured, distributed in ten species, eight genera, and two families. Phyllostomids constituted 93.2% of the captures (n = 233). The most frequent species were Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27.6%) and Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27.2%). Seeds were found in 46 fecal samples from seven species of phyllostomid bats. Most of the seeds found were from the family Piperaceae (69.6% of the samples), and was a key resource consumed by almost all phyllostomid species. Frugivores help maintain conservation units, as they promote self-renewal, and frugivory is an important process for forest remnants. Since these bats exclusively consumed pioneer species, they play a key role in maintaining these urban remnants of Cerrado.


RESUMO Os morcegos filostomídeos são potenciais dispersores de sementes, devido ao seu hábito de forrageio e grande mobilidade, sendo os principais responsáveis pela regeneração de florestas neotropicais. No Mato Grosso do Sul as pesquisas com dieta de morcegos se concentram na região do Pantanal, com poucos trabalhos focados na porção de Cerrado, e somente um em área urbana. O objetivo deste estudo foi analisar a dieta de filostomídeos frugívoros em dois remanescentes urbanos de Cerrado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, avaliando-se se a formulação da dieta das espécies é baseada em preferências alimentares específicas ou não. Os morcegos foram capturados em duas unidades de conservação (a Estação Ecológica Dahma e o Parque Estadual do Prosa) por 12 noites em cada área, usando-se seis redes-de-neblina, que permaneceram abertas durante seis horas a partir do ocaso. Após a captura, cada morcego foi mantido em saco de algodão individual por uma hora para coleta das fezes. As amostras fecais foram armazenadas individualmente em frasco hermético e imersas em glicerina, sendo posteriormente analisadas em laboratório. Todas as sementes encontradas nas amostras foram identificadas. Foram capturados 250 morcegos, distribuídos em dez espécies, oito gêneros e duas famílias. Os filostomídeos constituíram 93,2% das capturas (n=233). As espécies mais frequentes foram Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (27,6%) e Artibeus lituratus (Olfers, 1818) (27,2%). Foram encontradas sementes em 46 amostras fecais de sete espécies de morcegos filostomídeos. A maioria das sementes encontradas era da família Piperaceae (69,6% das amostras), sendo um recurso-chave consumido por quase todas as espécies de filostomídeos. Os frugívoros auxiliam na manutenção de unidades de conservação, pois promovem a auto-renovação, sendo a frugivoria um processo importante em remanescentes florestais. O consumo exclusivo de espécies pioneiras é um indício do papel de morcegos na manutenção destes remanescentes urbanos de Cerrado.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA