Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 46(3): e551, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465469

Resumo

In the present experiment, the effects of mannan-oligosaccharide (MOS) on health and growth of Nile tilapia juveniles were investigated. In addition to the control treatment (without MOS),three levels of MOS were included in Nile tilapia diets (1, 8, and 15 g kg−1), and hematology, reactive oxygen species (ROS) production, lysozyme and productive parameters were analyzed. Fish blood was sampled at day zero (basal sample) and after 60 days of trial, and the productive parameters were evaluated at the end of the experiment. MOS feeding decreased the feed consumption (p = 0.0299) in fish fed with 1 and 8 g kg-1, but without any alteration in weight gain (WG) and feed conversion ratio (FCR). No changes were observed in the hematology due to MOS feeding after 60 days. However, the prebiotic caused changes in the innate immunity of fish, giving rise to ROS production in fish fed with 1 g kg-1 (p<0.0001) and decreasing the serum lysozyme activity of fish fed with 15 g kg-1 (p<0.0001). In conclusion, the authors recommend the inclusion of 1 g kg-1 for Nile tilapia juveniles feeding due to the positive effect in innate immune system.


No presente experimento, os efeitos do mananoligossacarídeo (MOS) na saúde e no crescimento de tilápias do Nilo foram investigados. Além do tratamento controle (sem adição de MOS), três níveis de MOS foram adicionados na dieta de tilápias do Nilo (1, 8 e 15 g kg-1). Foram analisadas a hematologia, a produção de espécies reativas de oxigênio (EROs), a lisozima e parâmetros produtivos. Os peixes tiveram o sangue colhido no dia zero (amostragem basal) e depois de 60 dias de experimento, juntamente com a avaliação dos parâmetros produtivos. A alimentação com MOS diminuiu de forma significativa o consumo (p = 0.0299) em peixes alimentados com 1 e 8 g kg-1, mas sem quaisquer alterações sobre o ganho de peso (GP) e conversão alimentar (CA). Não foram observadas mudanças nos parâmetros hematológicos devido à alimentação com MOS. No entanto, o prebiótico alterou sua resposta imune, aumentando a produção de EROs nos animais alimentados com 1 g kg-1 (p<0,0001) e diminuindo a atividade de lisozima sérica em peixes alimentados com 15 g kg-1 (p<0,0001). Em conclusão, os autores recomendam a inclusão de 1 g kg-1 de MOS na dieta para tilápias do Nilo juvenis devido ao efeito positivo sobre o sistema imune.


Assuntos
Animais , Carboidratos da Dieta , Ciclídeos , Dieta/veterinária , Espécies Reativas de Oxigênio , Muramidase
2.
B. Inst. Pesca ; 46(3): e551, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30376

Resumo

In the present experiment, the effects of mannan-oligosaccharide (MOS) on health and growth of Nile tilapia juveniles were investigated. In addition to the control treatment (without MOS),three levels of MOS were included in Nile tilapia diets (1, 8, and 15 g kg−1), and hematology, reactive oxygen species (ROS) production, lysozyme and productive parameters were analyzed. Fish blood was sampled at day zero (basal sample) and after 60 days of trial, and the productive parameters were evaluated at the end of the experiment. MOS feeding decreased the feed consumption (p = 0.0299) in fish fed with 1 and 8 g kg-1, but without any alteration in weight gain (WG) and feed conversion ratio (FCR). No changes were observed in the hematology due to MOS feeding after 60 days. However, the prebiotic caused changes in the innate immunity of fish, giving rise to ROS production in fish fed with 1 g kg-1 (p<0.0001) and decreasing the serum lysozyme activity of fish fed with 15 g kg-1 (p<0.0001). In conclusion, the authors recommend the inclusion of 1 g kg-1 for Nile tilapia juveniles feeding due to the positive effect in innate immune system.(AU)


No presente experimento, os efeitos do mananoligossacarídeo (MOS) na saúde e no crescimento de tilápias do Nilo foram investigados. Além do tratamento controle (sem adição de MOS), três níveis de MOS foram adicionados na dieta de tilápias do Nilo (1, 8 e 15 g kg-1). Foram analisadas a hematologia, a produção de espécies reativas de oxigênio (EROs), a lisozima e parâmetros produtivos. Os peixes tiveram o sangue colhido no dia zero (amostragem basal) e depois de 60 dias de experimento, juntamente com a avaliação dos parâmetros produtivos. A alimentação com MOS diminuiu de forma significativa o consumo (p = 0.0299) em peixes alimentados com 1 e 8 g kg-1, mas sem quaisquer alterações sobre o ganho de peso (GP) e conversão alimentar (CA). Não foram observadas mudanças nos parâmetros hematológicos devido à alimentação com MOS. No entanto, o prebiótico alterou sua resposta imune, aumentando a produção de EROs nos animais alimentados com 1 g kg-1 (p<0,0001) e diminuindo a atividade de lisozima sérica em peixes alimentados com 15 g kg-1 (p<0,0001). Em conclusão, os autores recomendam a inclusão de 1 g kg-1 de MOS na dieta para tilápias do Nilo juvenis devido ao efeito positivo sobre o sistema imune.(AU)


Assuntos
Animais , Ciclídeos , Carboidratos da Dieta , Dieta/veterinária , Espécies Reativas de Oxigênio , Muramidase
3.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 45(2): e445, 2019. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465412

Resumo

The use of immunomodulators is an alternative to improve the immune system of fish and avoid the excessive use of antibiotics. Levamisole is a synthetic anthelmintic which promotes a potent immunostimulation on innate and acquired variables of fish. In order to access the levamisole effects on matrinxã, Brycon amazonicus, fish were fed levamisole at 500 mg kg-1 of diet for seven days. After this period fish were submitted to blood collection. Immunological variables, such as leukocytes respiratory burst, total serum protein, albumin, globulin, albumin:globulin index and hematological variables, such as hematocrit, hemoglobin, red and white blood cell (WBC) and Wintrobe indexes were evaluated. The levamisole administration increased the WBC counts indicating that the immunostimulant modulates the cell-mediated immunity. The increased WBC indicate that the fish fed levamisole were in a better body condition, and probable more resistant to disease due to potential for phagocytosis activation, degranulation of neutrophilic granules, and consequently production of antibodies and immunological memory. Besides, these findings are important for news projects regarding the production of vaccines and deeper understanding of fish cell-mediated immunity.


A utilização de imunoestimulante é uma alternativa para melhorar o sistema imune de peixes e evitar o uso excessivo de antibióticos. O levamisol é um anti-helmíntico sintético que promove uma potente estimulação imunológica em peixes, aumentando variáveis inatas e adquiridas de defesa. A fim de avaliar os efeitos do levamisol sobre matrinxã, Brycon amazonicus, os peixes foram alimentados com 500 mg kg-1 de levamisol na dieta durante sete dias. Após este período os peixes foram submetidos à colheita de sangue. Variáveis imunes, tais como a atividade respiratória de leucócitos, proteína total sérica, albumina, globulina, índice albumina:globulina e os parâmetros hematológicos, tais como hematócrito, hemograma completo, hemoglobina, número de eritrócitos e o volume corpuscular médio dos eritrócitos foram avaliados. A utilização do levamisol aumentou a contagem dos leucócitos do sangue indicando que o imunoestimulante modulou a imunidade mediada por células, entretanto, nenhuma alteração foi observada nas demais variáveis. O aumento dos leucócitos do sangue indica que os peixes alimentados com levamisol estão em uma condição corporal melhor, e em um possível surto terão mais resistência às doenças e potencial para ativação da fagocitose e degranulação de neutrófilos. Além disso, os resultados são importantes para novos projetos sobre a produção de vacinas, e sobre a compreensão mais profunda da imunidade mediada por células em peixes.


Assuntos
Animais , Adjuvantes Imunológicos , Characidae/imunologia , Characidae/parasitologia , Leucócitos , Levamisol , Testes Hematológicos
4.
B. Inst. Pesca ; 45(2): e445, 2019. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23656

Resumo

The use of immunomodulators is an alternative to improve the immune system of fish and avoid the excessive use of antibiotics. Levamisole is a synthetic anthelmintic which promotes a potent immunostimulation on innate and acquired variables of fish. In order to access the levamisole effects on matrinxã, Brycon amazonicus, fish were fed levamisole at 500 mg kg-1 of diet for seven days. After this period fish were submitted to blood collection. Immunological variables, such as leukocytes respiratory burst, total serum protein, albumin, globulin, albumin:globulin index and hematological variables, such as hematocrit, hemoglobin, red and white blood cell (WBC) and Wintrobe indexes were evaluated. The levamisole administration increased the WBC counts indicating that the immunostimulant modulates the cell-mediated immunity. The increased WBC indicate that the fish fed levamisole were in a better body condition, and probable more resistant to disease due to potential for phagocytosis activation, degranulation of neutrophilic granules, and consequently production of antibodies and immunological memory. Besides, these findings are important for news projects regarding the production of vaccines and deeper understanding of fish cell-mediated immunity.(AU)


A utilização de imunoestimulante é uma alternativa para melhorar o sistema imune de peixes e evitar o uso excessivo de antibióticos. O levamisol é um anti-helmíntico sintético que promove uma potente estimulação imunológica em peixes, aumentando variáveis inatas e adquiridas de defesa. A fim de avaliar os efeitos do levamisol sobre matrinxã, Brycon amazonicus, os peixes foram alimentados com 500 mg kg-1 de levamisol na dieta durante sete dias. Após este período os peixes foram submetidos à colheita de sangue. Variáveis imunes, tais como a atividade respiratória de leucócitos, proteína total sérica, albumina, globulina, índice albumina:globulina e os parâmetros hematológicos, tais como hematócrito, hemograma completo, hemoglobina, número de eritrócitos e o volume corpuscular médio dos eritrócitos foram avaliados. A utilização do levamisol aumentou a contagem dos leucócitos do sangue indicando que o imunoestimulante modulou a imunidade mediada por células, entretanto, nenhuma alteração foi observada nas demais variáveis. O aumento dos leucócitos do sangue indica que os peixes alimentados com levamisol estão em uma condição corporal melhor, e em um possível surto terão mais resistência às doenças e potencial para ativação da fagocitose e degranulação de neutrófilos. Além disso, os resultados são importantes para novos projetos sobre a produção de vacinas, e sobre a compreensão mais profunda da imunidade mediada por células em peixes.(AU)


Assuntos
Animais , Characidae/imunologia , Characidae/parasitologia , Adjuvantes Imunológicos , Levamisol , Testes Hematológicos , Leucócitos
5.
Revista Brasileira de Zoociências (Online) ; 19(2): 70-96, maio 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1494714

Resumo

Para assegurar o bem-estar em animais mantidos em cativeiro e fazendas é necessário a avaliação apropriada do bem-estar destes animais, de modo a evitar manejo inapropriado e manter boas condições de alojamento. O uso de indicadores fisiológicos é encorajado, uma vez que estes são métodos quantitativos e não subjetivos. Entretanto, a avaliação de bem-estar assegurado usando ferramentas fisiológicas é difícil,uma vez que não há perfis fisiológicos claros ligados a esse estado. Quando utilizamos indicadores fisiológicos de estresse e dor, é preciso ter cautela na interpretação dos resultados bem como aplicar uma avaliação multi critério. Essa revisão sintetiza as premissas, as aplicações e a complexidade do uso de indicadores fisiológicos na avaliação do bem-estar animal.


The maintenance of ensured welfare in farm and captive animals depends on appropriate assessment of their welfare state in order to avoid inappropriate management and to maintain good housing conditions. The use of physiological indicators is encouraged, because they are quantitative and not subjective approaches. However, the assessment of ensured welfare using physiological tools is difficult, because there are no clear physiological profiles linked to this state. When we use physiological indicators of stress and pain to assess impaired welfare the interpretation of the results must be cautious and must apply a multicriteria assessment. This review summarizes the premises, applications and complexity of the use of physiological indicators in the assessment of animal welfare.


Assuntos
Animais , Bem-Estar do Animal , Estresse Fisiológico , Medição da Dor/veterinária
6.
R. bras. Zoo. ; 19(2): 70-96, maio 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-734590

Resumo

Para assegurar o bem-estar em animais mantidos em cativeiro e fazendas é necessário a avaliação apropriada do bem-estar destes animais, de modo a evitar manejo inapropriado e manter boas condições de alojamento. O uso de indicadores fisiológicos é encorajado, uma vez que estes são métodos quantitativos e não subjetivos. Entretanto, a avaliação de bem-estar assegurado usando ferramentas fisiológicas é difícil,uma vez que não há perfis fisiológicos claros ligados a esse estado. Quando utilizamos indicadores fisiológicos de estresse e dor, é preciso ter cautela na interpretação dos resultados bem como aplicar uma avaliação multi critério. Essa revisão sintetiza as premissas, as aplicações e a complexidade do uso de indicadores fisiológicos na avaliação do bem-estar animal.(AU)


The maintenance of ensured welfare in farm and captive animals depends on appropriate assessment of their welfare state in order to avoid inappropriate management and to maintain good housing conditions. The use of physiological indicators is encouraged, because they are quantitative and not subjective approaches. However, the assessment of ensured welfare using physiological tools is difficult, because there are no clear physiological profiles linked to this state. When we use physiological indicators of stress and pain to assess impaired welfare the interpretation of the results must be cautious and must apply a multicriteria assessment. This review summarizes the premises, applications and complexity of the use of physiological indicators in the assessment of animal welfare.(AU)


Assuntos
Animais , Bem-Estar do Animal , Medição da Dor/veterinária , Estresse Fisiológico
7.
Acta sci., Anim. sci ; 32(2): 205-211, abr.-jun. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1459266

Resumo

Neste estudo foi avaliado o efeito do transporte de curimbatá Prochilodus lineatus, em três densidades (100, 150 e 250 g L-1), sobre a sobrevivência e variáveis metabólicas, iônicas e hematológicas (série vermelha). Juvenis de curimbatá foram transportados em sacos plásticos durante 6h e amostrados antes da embalagem, imediatamente após a chegada, 24 e 96h após o transporte. Os peixes transportados na densidade mais alta apresentaram maior mortalidade durante o período de recuperação. As variáveis físico-químicas da água: condutividade e amônia total apresentaram maiores valores quanto maior a densidade (p < 0,05), enquanto no oxigênio dissolvido ocorreu o inverso. A glicemia observada na chegada estava elevada, reduzindo-se significativamente 96h depois. Dentre as variáveis iônicas, a concentração de cloreto apresentouse menor nas densidades maiores e de acordo com os tempos de amostragem. As variáveis hematológicas da série vermelha como hematócrito, número de eritrócitos e taxa de hemoglobina, apresentaram-se elevados na chegada, com retorno aos valores iniciais 96h após o transporte. Para as variáveis supracitadas, não houve diferença significativa na interação densidade e amostragem. A densidade de 250 g L-1 induziu maior mortalidade e os piores valores nas variáveis avaliadas. O período de 96h de recuperação após evento estressante foi suficiente para o retorno aos valores basais das variáveis hematológicas, mas não foi suficiente para as metabólicas e iônicas.


This study evaluated the effects of curimbata Prochilodus lineatus transportation in three densities (100, 150 and 250 g L-1) on survival, metabolic, ionic and hematological (red series) variables. Curimbata juveniles were transported in plastic bag during six hours, and sampled before packing, immediately after the arrival, 24 and 96 hours after transportation. During recovery, higher mortality was seen in fish transported in the highest density. Water variables, such as conductivity and total ammonia, presented increased values as density increased (p < 0.05), whereas the opposite occurred with dissolved oxygen. Glucose level observed in the arrival was high, significantly reducing after 96 hours. Among ionic variables, chloride decreased in higher fish densities and according to sampling times. Red series hematological variables, such as hematocrit, red blood cell and hemoglobin, increased in arrival, but diminished 96 hours after transportation. There were no significant differences in the interaction between density and time of sampling for mentioned variables. 250 g L-1 density induced the highest mortality rate and the worst variables values measured. 96 hours of recovery after the stressing event was enough to return to initial values for hematological variables, but was not sufficient to return to initial values for metabolic and ionic variables.


Assuntos
Animais , Estresse Fisiológico , Pesqueiros
8.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 32(2): 205-211, abr.-jun. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7240

Resumo

Neste estudo foi avaliado o efeito do transporte de curimbatá Prochilodus lineatus, em três densidades (100, 150 e 250 g L-1), sobre a sobrevivência e variáveis metabólicas, iônicas e hematológicas (série vermelha). Juvenis de curimbatá foram transportados em sacos plásticos durante 6h e amostrados antes da embalagem, imediatamente após a chegada, 24 e 96h após o transporte. Os peixes transportados na densidade mais alta apresentaram maior mortalidade durante o período de recuperação. As variáveis físico-químicas da água: condutividade e amônia total apresentaram maiores valores quanto maior a densidade (p < 0,05), enquanto no oxigênio dissolvido ocorreu o inverso. A glicemia observada na chegada estava elevada, reduzindo-se significativamente 96h depois. Dentre as variáveis iônicas, a concentração de cloreto apresentouse menor nas densidades maiores e de acordo com os tempos de amostragem. As variáveis hematológicas da série vermelha como hematócrito, número de eritrócitos e taxa de hemoglobina, apresentaram-se elevados na chegada, com retorno aos valores iniciais 96h após o transporte. Para as variáveis supracitadas, não houve diferença significativa na interação densidade e amostragem. A densidade de 250 g L-1 induziu maior mortalidade e os piores valores nas variáveis avaliadas. O período de 96h de recuperação após evento estressante foi suficiente para o retorno aos valores basais das variáveis hematológicas, mas não foi suficiente para as metabólicas e iônicas.(AU)


This study evaluated the effects of curimbata Prochilodus lineatus transportation in three densities (100, 150 and 250 g L-1) on survival, metabolic, ionic and hematological (red series) variables. Curimbata juveniles were transported in plastic bag during six hours, and sampled before packing, immediately after the arrival, 24 and 96 hours after transportation. During recovery, higher mortality was seen in fish transported in the highest density. Water variables, such as conductivity and total ammonia, presented increased values as density increased (p < 0.05), whereas the opposite occurred with dissolved oxygen. Glucose level observed in the arrival was high, significantly reducing after 96 hours. Among ionic variables, chloride decreased in higher fish densities and according to sampling times. Red series hematological variables, such as hematocrit, red blood cell and hemoglobin, increased in arrival, but diminished 96 hours after transportation. There were no significant differences in the interaction between density and time of sampling for mentioned variables. 250 g L-1 density induced the highest mortality rate and the worst variables values measured. 96 hours of recovery after the stressing event was enough to return to initial values for hematological variables, but was not sufficient to return to initial values for metabolic and ionic variables.(AU)


Assuntos
Animais , Pesqueiros , Estresse Fisiológico
9.
Ci. Rural ; 38(4): 1105-1110, jul.-ago. 2008. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-4566

Resumo

O presente estudo avaliou o efeito de ciclos de restrição alimentar e realimentação (2/3 dias), aplicados durante seis meses antes da desova, no desenvolvimento gonadal de matrinxã. Na ocasião da desova, fêmeas alimentadas diariamente e submetidas ao regime alimentar experimental, selecionadas para a indução hormonal, foram sacrificadas para retirada das gônadas e do fígado, com os quais se calculou o IGS (índice gonadossomático) e o IHS (índice hepatossomático), sendo os ovários processados para análise histológica. Não houve alteração no peso relativo dos ovários e fígado, e o desenvolvimento gonadal não foi afetado pelo esquema alimentar. Os valores de IGS foram de 5,09±4,98 por cento e 9,79±4,17 por cento e os de IHS foram de 0,84±0,07 por cento e 0,91±0,11 por cento, para as fêmeas controle e experimentais, respectivamente, sem diferenças significativas entre os grupos. Os ovários de peixes dos dois grupos apresentaram as mesmas características do estádio maduro, com predominância de ovócitos na fase final de maturação, repletos de vitelo. O estudo indica que a restrição alimentar não afetou a preparação das fêmeas para a reprodução e que ciclos adequados de restrição e realimentação poderão ser aplicados na criação do matrinxã, assegurando menores custos de produção.(AU)


The present study evaluated the effect of cycles of feed restriction and refeeding (2/3 days) during 6 months before the spawning on the gonadal development of matrinxã. At the spawning time, females selected to hormonal induction were killed for gonad and liver removal and GSI (gonadosomatic index) and HSI (hepatosomatic index) were calculated. Ovaries were processed for histological analysis. The feeding regime did not alter GSI and HSI and the gonadal development. The values of GSI were 5.09±4.98 percent and 9.79±4.17 percent, and of HSI were 0.84±0.07 percent and 0.91±0.11 percent, in control and experimental females, respectively, without significant difference between groups. Ovaries from both fish groups showed the same charachteristics of the mature stage, with predominance of oocytes in the final phase of maturation, presenting large amount of yolk. The study indicates that the feed restriction did not affect the matrinxã ability to reproduction and that cycles of feed restriction and refeeding can be used in matrinxã farming leading to lower production costs.(AU)


Assuntos
Animais , Ovário , Restrição Calórica
10.
Ci. Rural ; 38(5): 1413-1417, ago. 2008. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-4791

Resumo

Optimum loading density for the transport of matrinxã juveniles was investigated in a closed system with plastic bags. Transport was conducted for 4 h with fish (23.5± 0.4g and 11.6 (0.08cm) starved for 24h at loading densities of 83g L-1 (D1), 125g L-1 (D2), 168g L-1 (D3) and 206g L-1 (D4). Fish were sampled before transport (BT), after transport (AT) and 24h AT. The water quality was monitored before capturing fish in depuration tanks, after transport in plastic bags and in recovery tanks. Water oxygen decreased to values below 4mg L-1 in D2, D3 and D4, temperature was around 32ºC, pH 6.5-6.78, total ammonia 1.09-1.7mg L-1, un-ionized ammonia 3.58-9.33x10³mg L-1 and alkalinity 134-165mg CaCO3 L-1. Blood cortisol and glucose concentrations increased in fish of all densities AT and recovered the BT levels 24h after arrival. Osmolality did not change AT but increased 24h AT in fish of all densities whereas plasma chloride decreased inversely to the loading densities after the procedure. Hematocrit decreased 24h AT in fish of all densities but no differences were verified in the number of erythrocytes. No mortality was registered in any treatment during the next week after transport. Matrinxã demonstrated to be a crowding tolerant-species in transport operations besides tolerating low levels of oxygen in the water.(AU)


Neste estudo, foram investigadas as densidades de carga adequadas para transporte de matrinxãs juvenis em sistema fechado com sacos plásticos. O transporte de 4h foi feito com peixes (23,5±0,4g; 11,6 (0,08cm) em jejum por 24h, em densidades de 83g L-1 (D1), 125g L-1 (D2), 168g L-1 (D3) e 206g L-1 (D4). Os peixes foram amostrados antes do transporte (AT), logo após o transporte (chegada) (DT) e 24h depois. A qualidade da água foi monitorada antes da captura dos peixes nos tanques de depuração, após o transporte nos sacos plásticos e nos tanques de recuperação. O oxigênio da água diminuiu para valores inferiores a 4mg L-1 em D2, D3 e D4, a temperatura esteve em torno de 32ºC, pH 6,5-6,78, a amônia total foi de 1,09-1,7mg L-1, a amônia não-ionizada foi de 3,58-9,33 x 10³mg L-1 e alcalinidade 134-165mg CaCO3 L-1. O cortisol plasmático e a glicose sanguínea aumentaram após o transporte nos peixes em todas as densidades ensaiadas, voltando aos valores controle 24h depois. Os valores de osmolaridade não mudaram logo após o transporte, mas aumentaram 24h depois de modo igual em todas as densidades. O cloreto plasmático diminuiu na chegada, de modo inversamente proporcional à densidade de carga. O hematócrito diminuiu 24h depois da chegada dos peixes, em todas as densidades testadas, mas não houve diferença no número de eritrócitos. Não houve mortalidade até uma semana após o transporte. O matrinxã mostrou ser uma espécie tolerante a altas densidades de carga em embalagens para transporte além de suportar baixos níveis de oxigênio na água.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes , Qualidade da Água
11.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 34(2): 231-239, 2008.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464778

Resumo

The present work evaluated larvae cannibalism of matrinxã, Brycon cephalus, originated from eggs exposed to triiodothyronine in the period of 36 to 72 hours after hatching. The observed parameters were: weight and length of larvae, stomach content, presence of cannibalism and types of attack. The study was carried out at Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros Continentais (CEPTA/IBAMA), Pirassununga - SP, in November 2004. Three females were hormonally induced to spawn and pooled oocytes were fertilized and separated into four batches that constituted the treatments: L1 (control - water); L2 (0.01 ppm T3); L3 (0.05 ppm T3) and L4 (0.1 ppm T3). Eggs were exposed during 15 minutes to water or to solutions containing the different concentrations of T3. Eggs were distributed in 12 conic incubators (60 L), with three replicates per treatment. There were stocked 500 mL of eggs per incubator and hatched larvae were counted. Samples of 30 larvae per treatment were collected during occurrence of cannibalism (36, 48, 60 and 72 hours after hatching). Predator larvae (with rests of larvae in the stomach) were 50% of the total number of larvae and they presented weight 50% higher compared to that of no predator larvae (without rests of larvae in the stomach) and were 9% higher regarding length. Coefficient of variation of weight and length did not differ among treatments, showin


O trabalho observou o canibalismo em larvas de matrinxã, Brycon cephalus, oriundas de ovos expostos a triiodotironina (T3) durante 36 a 72 horas pós-eclosão. Foram avaliados: o peso e comprimento das larvas, conteúdo estomacal, ocorrência de canibalismo e tipos de ataque. O estudo foi realizado no Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros Continentais (CEPTA/IBAMA), Pirassununga - SP, em novembro de 2004. Três fêmeas foram induzidas hormonalmente à reprodução, sendo os ovócitos extrusados misturados, fertilizados e divididos em quatro alíquotas que constituíram os tratamentos: L1 (controle - água); L2 (0,01 ppm T3); L3 (0,05 ppm T3) e L4 (0,1 ppm T3). Os ovos foram hidratados por 15 minutos em água e nas soluções com diferentes concentrações de T3. Em seguida foram distribuídos em 12 incubadoras cônicas de 60 L (três repetições por tratamento) (500 mL de ovos por incubadora) e as larvas foram contadas no momento da eclosão. Foram realizadas quatro coletas durante a ocorrência de canibalismo (36, 48, 60 e 72 horas pós-eclosão), sendo coletadas 30 larvas por tratamento em cada coleta. O peso das larvas predadoras (com restos de larvas no estômago) foi 50% maior que o das não predadoras (sem restos de larvas no estômago), e o comprimento, 9%, independentemente do tratamento hormonal. Os coeficientes de variação do peso e comprimento não diferiram entre tratamentos, indica

12.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 24: 19-24, 1997.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464509

Resumo

This paper describes a preliminary study on the effect of starvation and refeeding on the growth of juvenile "pacu" (Piaractus mesopotamicus). Fish were exposed to periods of 15, 30 or 60 days deprivation and 7 or 30 days refeeding. Fish that were deprived of food and then fed showed better growth than those that were fed daily. Beginning food restriction affected significantly the weight, but at the end of the experiment the experimental fish displayed a compensatory growth response on return to adequate feeding.


O presente estudo avaliou os efeitos da restrição alimentar e da realimentação no desempenho de pacus juvenis (Piaractus mesopotamicus). Foram sacrificados 70 animais, sem distinção de sexo, os quais foram divididos em dois grupos: controle e experimental. Os animais do grupo experimental foram amostrados aos 15, 30 e 60 dias de restrição alimentar e aos 7 e 30 dias de realimentação. Aqueles do grupo controle foram alimentados diariamente e amostrados nos mesmos períodos que os do experimental. Os resultados demonstraram que houve diferença significativa entre os grupos estudados para peso corporal e comprimento padrão. Mostrou ainda, que a restrição alimentar afetou significativamente o peso desses animais, mas após a realimentação apresentaram uma extraordinária recuperação, superando levemente aqueles do grupo controle.

13.
Acta sci., Anim. sci ; 26(3): 339-344, 2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-763535

Resumo

The present work assessed the effects of the temperature on the feed ingestion by pacu (Piaractus mesopotamicus) determining the feed behavior based on appetite revival and satiation. Ninety-six 160g pacus were placed in 150-liter experimental aquariums with continuous water flow and fed a commercial floating feed containing 28% crude protein. To determine the appetite revival time, for each aquarium, fish from all repetitions were fed at the zero time. Fish form each aquarium was reefed at intervals of 60 min. The way, fish from aquarium one were reefed one hour after initial feeding, those of the aquarium two, two hours after, and subsequently until 24 hours after, for each temperature tested. To determine the feeding ingestion and satiation time, in each of the six observations, fish were fed several times until they no more search for food. Time was registered from the beginning to the end feeding. The satiation time was calculated in each aquarium through the mean of ingestion time. The statistical designs varied according to the characteristics of each trial. Fish were observed to feed better in the afternoons (6,53 and 3,97g for 23 and 27°C respectively), although time spent for the feed ingestion was similar to that spent in the mornings 8,18 and 7,84min for 23 and 27°C, respectively. The daily feed consumption was influenced by temperature, showing ingestion indexes o


O presente trabalho teve como por objetivo avaliar os efeitos da temperatura de cultivo na ingestão de alimentos pelo pacu (Piaractus mesopotamicus), de forma a caracterizar o comportamento alimentar por meio das observações do tempo de retorno do apetite e do tempo de saciação. Foram utilizados 96 juvenis de pacu com peso aproximado de 160g, alojados em aquários de 150 litros, com fluxo de água contínuo. Utilizou-se ração extrusada comercial, contendo 28% de proteína bruta, e as temperaturas de cultivo analisadas foram 23°C e 27°C. Para o ensaio do tempo de retorno do apetite (TRA), no tempo considerado zero, para cada uma das parcelas, os peixes de todas as repetições foram alimentados. A realimentação ocorreu em um aquário de cada vez, em intervalos de 60 minutos. Dessa forma, os peixes do aquário um receberam a quantidade determinada de ração uma hora após o arraçoamento inicial. Os do aquário dois receberam a ração 2 horas após o arraçoamento inicial, e assim sucessivamente para os aquários de um mesmo tratamento, com a finalidade de se obter uma curva de consumo durante 24 horas. Para consumo alimentar e tempo de saciação, os peixes foram alimentados, repetidas vezes, até que a procura pelo alimento terminasse, em cada uma das 6 observações, em cada aquário. O tempo foi marcado desde o início da alimentação até que não houvesse mais procura pelo alimento por nenhum dos pe

14.
B. Inst. Pesca ; 24: 19-24, 1997.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-760812

Resumo

This paper describes a preliminary study on the effect of starvation and refeeding on the growth of juvenile "pacu" (Piaractus mesopotamicus). Fish were exposed to periods of 15, 30 or 60 days deprivation and 7 or 30 days refeeding. Fish that were deprived of food and then fed showed better growth than those that were fed daily. Beginning food restriction affected significantly the weight, but at the end of the experiment the experimental fish displayed a compensatory growth response on return to adequate feeding.


O presente estudo avaliou os efeitos da restrição alimentar e da realimentação no desempenho de pacus juvenis (Piaractus mesopotamicus). Foram sacrificados 70 animais, sem distinção de sexo, os quais foram divididos em dois grupos: controle e experimental. Os animais do grupo experimental foram amostrados aos 15, 30 e 60 dias de restrição alimentar e aos 7 e 30 dias de realimentação. Aqueles do grupo controle foram alimentados diariamente e amostrados nos mesmos períodos que os do experimental. Os resultados demonstraram que houve diferença significativa entre os grupos estudados para peso corporal e comprimento padrão. Mostrou ainda, que a restrição alimentar afetou significativamente o peso desses animais, mas após a realimentação apresentaram uma extraordinária recuperação, superando levemente aqueles do grupo controle.

15.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464521

Resumo

In order to determine the glycogen concentration in different tissues of pacu reared in captivity and if there are changes related to sex and month of the year, female and male fish (average body weight 2,387 g and body length 41.88 cm) were caught from ponds in four months (May, August, November and February). After 24 - 48 hours without food the fish were killed under anesthesia (MS 222) the liver and gonads were weighed to determine hepatosomatic index (HIS %) and gonadosomatic index (GSI %). Liver, white muscle, red muscle, heart and gonads samples were analyzed for glycogen levels determination by colorimetric method. The results show that liver is the main storing organ of glycogen. In the liver, the glycogen levels were low in May, increased in August, and showed a peak in November and February. Concentrations of glycogen in heart, white muscle, red muscle and gonads did not differ statistically either comparing sites or months of the year. The concentrations were the same in both female and male. HSI and GSI were lower in males and GSI did not differ between studied months, while in females the highest GSI was found in May. During the months, HSI showed changes not related to sex and presenting the lower levels in May.


Procurando determinar as concentrações de glicogênio em diferentes tecidos de pacus criados em cativeiro, e se estas concentrações apresentam alterações relacionadas com sexo e mês do ano, peixes com peso corporal médio variando entre 2.204,00 e 2.571,00 g e comprimento padrão médio entre 40,59 e 43,38 cm, foram capturados em quatro meses do ano (maio, agosto, novembro e fevereiro), mantidos em jejum por 24 - 48 horas, anestesiados com MS 222 e sacrificados. Em seguida, o fígado e gônadas foram retirados e pesados para determinação do índice hepatossomático (IHS %) e índice gonadossomático (IGS % ), respectivamente. Logo após foram colhidas amostras do fígado, músculo branco, músculo vermelho, coração e gônadas para dosagem de glicogênio pelo método da antrona. Os resultados obtidos comprovaram que o tecido hepático foi o principal sítio de glicogênio. Neste tecido, as concentrações foram mais baixas em maio, aumentaram em agosto e atingiram um pico em novembro e fevereiro. As concentrações de glicogênio no coração, músculo branco, músculo vermelho e gônadas não diferiram estatisticamente entre si, como também não se alteraram ao longo dos meses estudados. Os valores de IGS e de IHS foram menores nos machos. Nos machos, o IGS não diferiu entre os meses estudados, e nas fêmeas, o maior índice foi registrado em maio. As variações no IHS observadas durante os meses estudados foram

16.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464543

Resumo

The aim of the present work is to determine the amount of lipid stored in abdominal organs and the levels of total lipid in different body tissues of pacu (Piaractus mesopotamicus) and the effects of sex and months (period) of the year. Male and female fish reared in captivity (average body weight 2,387 g and body length 41.88 cm) were caught from ponds in the following months of the year: May, August, November and February. After 24 to 48 hours without food, the fish were killed under anesthesia (MS 222), and liver, white muscle, red muscle and gonads sampIes were collected and frozen for further gravimetric determination of total lipid leveI. Following, visceral lipid was collected and weighed for visceral liposomatic index determination (VLSI %). The statistic media comparison (Tukey test 5%) indicate that VLSI, in pacu, started to increase in November and February, being statically higher than in May and August. In males, VLSI was higher than in females. Total lipid (g.100 g-1) showed differences between tissues, but not between sexes, being the higher values found in red muscle, in May and August. In the liver, the total lipid leveI was the same in the four months, while white muscle presented higher values in February compared to the other months and liver. Total lipid concentration in testis was higher than that in ovary.


Neste trabalho, o objetivo foi verificar se a quantidade de gordura depositada nas vísceras e os níveis de lipídio total em diferentes tecidos de pacu (Piaractus mesopotamicus) apresentam alterações que possam ser relacionadas com sexo e mês (épocas) do ano, bem como se os níveis de lipídios totais diferem entre tecidos. Para tanto, exemplares de ambos os sexos, criados em cativeiro, foram capturados em quatro meses do ano (maio, agosto, novembro e fevereiro), anestesiados com MS 222 e sacrificados, sendo, a seguir, retiradas amostras de fígado, músculo branco, músculo vermelho e gônadas, que foram congeladas e, posteriormente, avaliadas quanto ao teor de lipídio, por método gravimétrico. Logo após, a gordura do trato digestivo foi separada e pesada e o valor obtido, dividido pelo peso do corpo e multiplicado por 100, para ser expresso como Índice gordura-viscerossomático (IGVS %). O teste de comparação de médias (Tukey 5%) indicou que o IGVS em pacus, com peso médio entre 2204,00 e 2571,00 g e comprimento padrão médio entre 40,59 e 43,38 cm, começou a aumentar em novembro e em fevereiro, sendo significativamente maior que em maio e agosto. Nos machos, o IGVS foi significativamente maior que nas fêmeas. O teor de lipídio total (g.100 g-1) apresentou diferenças entre tecidos e meses do ano, mas não entre sexos, sendo que o músculo vermelho foi o tecido que apresentou níveis mais

17.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-761409

Resumo

The aim of the present work is to determine the amount of lipid stored in abdominal organs and the levels of total lipid in different body tissues of pacu (Piaractus mesopotamicus) and the effects of sex and months (period) of the year. Male and female fish reared in captivity (average body weight 2,387 g and body length 41.88 cm) were caught from ponds in the following months of the year: May, August, November and February. After 24 to 48 hours without food, the fish were killed under anesthesia (MS 222), and liver, white muscle, red muscle and gonads sampIes were collected and frozen for further gravimetric determination of total lipid leveI. Following, visceral lipid was collected and weighed for visceral liposomatic index determination (VLSI %). The statistic media comparison (Tukey test 5%) indicate that VLSI, in pacu, started to increase in November and February, being statically higher than in May and August. In males, VLSI was higher than in females. Total lipid (g.100 g-1) showed differences between tissues, but not between sexes, being the higher values found in red muscle, in May and August. In the liver, the total lipid leveI was the same in the four months, while white muscle presented higher values in February compared to the other months and liver. Total lipid concentration in testis was higher than that in ovary.


Neste trabalho, o objetivo foi verificar se a quantidade de gordura depositada nas vísceras e os níveis de lipídio total em diferentes tecidos de pacu (Piaractus mesopotamicus) apresentam alterações que possam ser relacionadas com sexo e mês (épocas) do ano, bem como se os níveis de lipídios totais diferem entre tecidos. Para tanto, exemplares de ambos os sexos, criados em cativeiro, foram capturados em quatro meses do ano (maio, agosto, novembro e fevereiro), anestesiados com MS 222 e sacrificados, sendo, a seguir, retiradas amostras de fígado, músculo branco, músculo vermelho e gônadas, que foram congeladas e, posteriormente, avaliadas quanto ao teor de lipídio, por método gravimétrico. Logo após, a gordura do trato digestivo foi separada e pesada e o valor obtido, dividido pelo peso do corpo e multiplicado por 100, para ser expresso como Índice gordura-viscerossomático (IGVS %). O teste de comparação de médias (Tukey 5%) indicou que o IGVS em pacus, com peso médio entre 2204,00 e 2571,00 g e comprimento padrão médio entre 40,59 e 43,38 cm, começou a aumentar em novembro e em fevereiro, sendo significativamente maior que em maio e agosto. Nos machos, o IGVS foi significativamente maior que nas fêmeas. O teor de lipídio total (g.100 g-1) apresentou diferenças entre tecidos e meses do ano, mas não entre sexos, sendo que o músculo vermelho foi o tecido que apresentou níveis mais

18.
B. Inst. Pesca ; 34(2): 231-239, 2008.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-761257

Resumo

The present work evaluated larvae cannibalism of matrinxã, Brycon cephalus, originated from eggs exposed to triiodothyronine in the period of 36 to 72 hours after hatching. The observed parameters were: weight and length of larvae, stomach content, presence of cannibalism and types of attack. The study was carried out at Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros Continentais (CEPTA/IBAMA), Pirassununga - SP, in November 2004. Three females were hormonally induced to spawn and pooled oocytes were fertilized and separated into four batches that constituted the treatments: L1 (control - water); L2 (0.01 ppm T3); L3 (0.05 ppm T3) and L4 (0.1 ppm T3). Eggs were exposed during 15 minutes to water or to solutions containing the different concentrations of T3. Eggs were distributed in 12 conic incubators (60 L), with three replicates per treatment. There were stocked 500 mL of eggs per incubator and hatched larvae were counted. Samples of 30 larvae per treatment were collected during occurrence of cannibalism (36, 48, 60 and 72 hours after hatching). Predator larvae (with rests of larvae in the stomach) were 50% of the total number of larvae and they presented weight 50% higher compared to that of no predator larvae (without rests of larvae in the stomach) and were 9% higher regarding length. Coefficient of variation of weight and length did not differ among treatments, showin


O trabalho observou o canibalismo em larvas de matrinxã, Brycon cephalus, oriundas de ovos expostos a triiodotironina (T3) durante 36 a 72 horas pós-eclosão. Foram avaliados: o peso e comprimento das larvas, conteúdo estomacal, ocorrência de canibalismo e tipos de ataque. O estudo foi realizado no Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros Continentais (CEPTA/IBAMA), Pirassununga - SP, em novembro de 2004. Três fêmeas foram induzidas hormonalmente à reprodução, sendo os ovócitos extrusados misturados, fertilizados e divididos em quatro alíquotas que constituíram os tratamentos: L1 (controle - água); L2 (0,01 ppm T3); L3 (0,05 ppm T3) e L4 (0,1 ppm T3). Os ovos foram hidratados por 15 minutos em água e nas soluções com diferentes concentrações de T3. Em seguida foram distribuídos em 12 incubadoras cônicas de 60 L (três repetições por tratamento) (500 mL de ovos por incubadora) e as larvas foram contadas no momento da eclosão. Foram realizadas quatro coletas durante a ocorrência de canibalismo (36, 48, 60 e 72 horas pós-eclosão), sendo coletadas 30 larvas por tratamento em cada coleta. O peso das larvas predadoras (com restos de larvas no estômago) foi 50% maior que o das não predadoras (sem restos de larvas no estômago), e o comprimento, 9%, independentemente do tratamento hormonal. Os coeficientes de variação do peso e comprimento não diferiram entre tratamentos, indica

19.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-760977

Resumo

In order to determine the glycogen concentration in different tissues of pacu reared in captivity and if there are changes related to sex and month of the year, female and male fish (average body weight 2,387 g and body length 41.88 cm) were caught from ponds in four months (May, August, November and February). After 24 - 48 hours without food the fish were killed under anesthesia (MS 222) the liver and gonads were weighed to determine hepatosomatic index (HIS %) and gonadosomatic index (GSI %). Liver, white muscle, red muscle, heart and gonads samples were analyzed for glycogen levels determination by colorimetric method. The results show that liver is the main storing organ of glycogen. In the liver, the glycogen levels were low in May, increased in August, and showed a peak in November and February. Concentrations of glycogen in heart, white muscle, red muscle and gonads did not differ statistically either comparing sites or months of the year. The concentrations were the same in both female and male. HSI and GSI were lower in males and GSI did not differ between studied months, while in females the highest GSI was found in May. During the months, HSI showed changes not related to sex and presenting the lower levels in May.


Procurando determinar as concentrações de glicogênio em diferentes tecidos de pacus criados em cativeiro, e se estas concentrações apresentam alterações relacionadas com sexo e mês do ano, peixes com peso corporal médio variando entre 2.204,00 e 2.571,00 g e comprimento padrão médio entre 40,59 e 43,38 cm, foram capturados em quatro meses do ano (maio, agosto, novembro e fevereiro), mantidos em jejum por 24 - 48 horas, anestesiados com MS 222 e sacrificados. Em seguida, o fígado e gônadas foram retirados e pesados para determinação do índice hepatossomático (IHS %) e índice gonadossomático (IGS % ), respectivamente. Logo após foram colhidas amostras do fígado, músculo branco, músculo vermelho, coração e gônadas para dosagem de glicogênio pelo método da antrona. Os resultados obtidos comprovaram que o tecido hepático foi o principal sítio de glicogênio. Neste tecido, as concentrações foram mais baixas em maio, aumentaram em agosto e atingiram um pico em novembro e fevereiro. As concentrações de glicogênio no coração, músculo branco, músculo vermelho e gônadas não diferiram estatisticamente entre si, como também não se alteraram ao longo dos meses estudados. Os valores de IGS e de IHS foram menores nos machos. Nos machos, o IGS não diferiu entre os meses estudados, e nas fêmeas, o maior índice foi registrado em maio. As variações no IHS observadas durante os meses estudados foram

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA