Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-219856

Resumo

As tecnologias de redução da idade ao desmame do bezerro são comumente utilizadas para aumentar a taxa de prenhez de vacas de corte em condições de restrição alimentar. No entanto, os estudos dos impactos sistêmicos de sua utilização são escassos, além disso, as avaliações econômicas de desmames realizados aos 30 dias de idade do bezerro são praticamente inexistentes. Por isto, este estudo realizou uma avaliação econômica e produtiva de diferentes cenários de aplicação de desmames realizados aos 30 (W30), 75, (W75) e 180 (W180) dias de idade, por meio de um modelo determinístico dinâmico, utilizando dados experimentais e de artigos científicos. A partir de um cenário base (BS), em que se utilizou W180 em todas as vacas, foram simulados cenários com a aplicação única (SUA; apenas um ano) ou com a aplicação sucessiva (SSA; 8 anos) das tecnologias de desmame. Nos SUA foram aplicados, apenas no ano 1 (Y1), o W30 e W75 em todas as vacas do rebanho (HA1 e EA1, respectivamente) ou somente nas primíparas (HP1 e EP1, respectivamente). Já nos SSA, foram aplicados de forma sistemática, por 8 anos, W30 e W75 em todas as vacas (HA8 e EA8, respectivamente) ou apenas nas primíparas (HP8 e EP8, respectivamente). Além disso, nos SSA, novilhas foram retidas no ano anterior à aplicação das tecnologias para igualar a lotação do BS. Cenários com taxa de prenhez (SLP) inferiores (< 75%) ao BS foram simulados para determinar qual a redução na taxa prenhez necessária para que cada SUA tivesse a aplicação justificada. Nos SUA, os menores valores de margem bruta por hectare (GM/ha) foram observados no Y1, em função dos custos com desmame, e os maiores no ano 2 (Y2), devido a maior quantidade de bezerros desmamados. No Y1, a maior GM/ha foi observada em EP1 e a menor em HA1. Nos SSA, a GM/ha variou ao longo tempo, sendo afetada principalmente pela variação das receitas, geradas pelo aumento de fêmeas acasaladas, e dos custos de recria e desmame. A maior GM/ha foi observada em EP8 no ano 4, e a menor em HA8 no Y1. Todos os SSA estabilizaram seus resultados econômicos e produtivos no ano 7. À exceção de HA1 e HA8, todos os cenários geraram GM/ha positiva, porém inferior ao BS, apesar da maior produtividade. A partir dos SLP foi possível determinar qual a taxa de prenhez exata em que a aplicação de cada SUA seria justificada. Portanto, a aplicação de W30 apenas nas primíparas e W75 em todas as vacas ou apenas nas primíparas é viável economicamente. Ademais, todos os cenários são capazes de mitigar prejuízos causados por diferentes intensidades de redução na taxa de prenhez, além de serem


Technologies of reducing age weaning of calf are commonly used to increase the pregnancy rate of cows under restricted feeding conditions. However, studies on the systemic impacts of its use are scarce, in addition, economic assessments of weaning performed at 30 days of age of calf are practically non-existent. Hence, this study performed an economic and productive assessment of different weaning age scenarios, at 30 (W30), 75, (W75) and 180 (W180) days of calf age. Therefore, a dynamic deterministic model was created, using experimental data and scientific articles. From a base scenario (BS), in which was applied W180 in all cows, were simulated scenarios with unique application (SUA; only one year) or with successive application (SSA; 8 years) of weaning technologies, for 8 years. In the SUA, W30 and W75 was applied in all cows (HA1 and EA1, respectively) or only in primiparous (HP1 and EP1, respectively), in the year 1 (Y1). In the SSA, was applied systematically, for 8 years, W30 or W75 in all cows (HA8 and EA8, respectively) or only in the primiparous (HP8 and EA8, respectively). In addition, in the SSA, heifers were retained in the prior year to the application of technologies to equal the stocking rate of BS. Scenarios with lower (<75%) pregnancy rates (SLP) than BS were simulated to determine which reduction in pregnancy rate required for each SUA to have your application justified. In the SUA, the lowest gross margin per hectare (GM/ha) were observed in Y1, as a result of high weaning costs, and the highest in the year 2 (Y2), by the greater number of weaned calves. In the Y1, the highest GM/ha was observed in EP1 and the lowest in HA1. In the SSA, the GM/ha varied over time, being affected mainly by the variation of revenue, generated by the increased in breeding cows, and the costs of weaning and feed growing heifers. The highest GM/ha was observed in EP8 in the year 4, and the lowest in HA8, in the Y1. All SSA stabilized their economic and productive results in the year 7. All scenarios, except HA1 and HA8, generated positive GM/ha, but lower than BS despite of the highest productivity. As from the SLP it was possible to determine what exact pregnancy rate each SUA application would be justified. Therefore, the application of W30 only in primiparous, and W75 in all cows and only in primiparous is economically viable. Furthermore, all scenarios are able to mitigate economic losses caused by different intensities of pregnancy rate reduction. Moreover, they are effective to increase the productivity and the herd without change the productive area.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA