Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. CFMV (Online) ; 1(90): 55-61, 2022. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1437679

Resumo

A esporotricose é uma zoonose causada por fungos do complexo Sporothrix spp. Esse microrganismo é saprófito e está naturalmente presente no solo, sendo contraído pelos hospedeiros a partir do contato com animais infectados, manuseio de terra e plantas. É uma doença emergente negligenciada, de impacto na saúde pública, e os felinos domésticos têm importante papel na sua propagação. Os hábitos da espécie de afiar suas garras e encobrir seus dejetos, assim como arranhaduras ou mordeduras durante brigas por território e acasalamento, favorecem a inoculação do fungo. A apresentação clínica mais frequente em animais e humanos é a cutânea, mas uma forma sistêmica pode ocorrer em pacientes imunocomprometidos. As saúdes humana, ambiental e animal estão intimamente ligadas e, para que haja bem-estar geral, é preciso que esses três pilares estejam em equilíbrio, com isso, a atuação do médico-veterinário se torna indispensável no controle de zoonoses. A criação de políticas públicas para controle e erradicação da esporotricose é fundamental para controlar a epidemia no Brasil e o médico-veterinário deve participar ativamente desse processo.


Sporotrichosis is a zoonosis caused by fungi of the Sporothirix spp complex. This microorganism is saprophytic and is naturally present in the soil, being contracted by the hosts from contact with infected animals, handling of land and plants. It is an emerging neglected disease with an impact on public health, and domestic cats play an important role in the spread of the disease. The species' habits of sharpening their claws and covering their waste, as well scratches or bites during fights over territory and mating favor the inoculation of the fungus. The most common clinical presentation in animals and humans is cutaneous, but a systemic form can occur immunocompromised patients. Environmental human and animal health are closely linked, and in order for there to be general well-being, these three pillars need to be in balance; then, the role of the veterinarian becomes indispensable in the control of zoonosis. The creation of public policies for the control and eradication of sporotrichosis is essential to control the epidemic in Brazil and the veterinarian must actively participate in this process.


Assuntos
Humanos , Animais , Gatos , Prática Profissional , Esporotricose/veterinária , Sporothrix , Médicos Veterinários , Doenças Negligenciadas/veterinária , Saúde Pública Veterinária , Saúde Única
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA