Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta Sci. Biol. Sci. ; 39(2): 149-159, 17e.2017e.2017. graf, ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15407

Resumo

The antiviral potency of Caulerpa cupressoides (Chlorophyta) sulfated polysaccharidic fractions (Cc-SP13) associated with thrombin generation (TG) assay is unknown. This study analyzed the structure of Cc-SP1 and its effects against herpes viruses (HSV-1 and HSV-2), dengue-virus (DENV-1), human-metapneumovirus (HMPV) and adenovirus (AdV) in Vero and mosquito C6/36 cell-lines and as inhibitor of TG in 60-fold diluted human plasma using continuous system. Infrared analysis indicated ulvan containing 11% sulfate, 40.16% total sugars and 6% uronic acid. Procedures of agarose/polyacrylamide gels electrophoresis revealed two major components presenting sulfate and non SPs, with molecular dispersion ranging from 8 to > 100 kDa, respectively, as confirmed by gel permeation chromatography. Cc-SP1 did not cause cytotoxicity up to 1000 g mL-1 and was more effective inhibitor of DENV-1 (96%, 0.35 g mL-1) compared with HSV-1 (90%, 27 g mL-1) and HSV-2 (99.9%, 0.9 g mL-1) in Vero cell-line, whose selectivity indexes were > 714, > 9.2 and > 131, respectively, but was inactive against HMPV, AdV and C6/36 cell-line using plate reduction assay. Cc-SP1 required concentration 20.8-fold higher of SPs than heparin for abolishes intrinsically TG, but at concentrations so far the anti-HSV-1. Therefore, TG assay provides data to guide studies of Cc-SP1 on anticoagulant/antiviral effects.(AU)


A potência antiviral de frações polissacarídicas sulfatadas de Caulerpa cupressoides (Chlorophyta) (Cc-PS1→3) é desconhecida e associada com ensaio de geração de trombina (GT). Analisaram-se de Cc-PS1 estrutura e efeitos contra herpesviroses (HSV-1 e HSV-2), vírus da dengue (DENV-1), metapneumovírushumano (MPVH) e adenovírus (AdV) em linhagens de células Vero e de mosquito C6/36 e como inibidora de GT em plasma humano diluído 60 vezes usando sistema contínuo. Análise de infravermelho indicou ‘ulvana contendo sulfato (11%), açúcares totais (40,16%) e ácido urônico (6%). Procedimentos de electroforese em géis de agarose/poliacrilamida revelaram dois componentes majoritários apresentando sulfato e polissacarídeos não sulfatados, com dispersão molecular variando de 8 a > 100kDa, respectivamente, confirmada por cromatografia de permeação em gel. Cc-PS1 não causou citotoxicidade até 1000 μg mL-1 e se mostrou, em linhagem de célula Vero usando ensaio de redução de placas, inibidora efetiva de DENV-1 (96%; 0,35 μg mL-1) comparada com HSV-1 (90%; 27 μg mL-1) e HSV-2 (99,9%; 0,9 μg mL-1), cujos índices de seletividade foram > 714; > 9,2 e > 278, respectivamente, enquanto, demonstrou-se ineficaz sobre HMPV, AdV e linhagem de célula C6/36. Foi requerida concentração 20,8 vezes maior de Cc-PS1 que heparina para abolir GT intrinsicamente, mas em concentrações diferentes da anti-HSV-1. Portanto, ensaio de GT fornece dados para estudos direcionados sobre efeitos anticoagulante/antiviral de Cc-PS1.(AU)


Assuntos
Antivirais/administração & dosagem , Antivirais/análise , Alga Marinha , Caulerpa/microbiologia , Caulerpa/virologia , Poliéster Sulfúrico de Pentosana
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA