Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Bras. Parasitol. Vet. (Online) ; 32(3): e007123, 2023. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1452468

Resumo

This study evaluated the efficacy of therapeutic baths with Carapa guianensis (andiroba) oil against monogeneans of Colossoma macropomum (tambaqui), as well as the hematological and histological effects on fish. Among the fatty acids identified in C. guianensis oil, oleic acid (53.4%) and palmitic acid (28.7%) were the major compounds, and four limonoids were also identified. Therapeutic baths of 1 hour were performed for five consecutive days, and there was no fish mortality in any of the treatments. Therapeutic baths using 500 mg/L of C. guianensis oil had an anthelmintic efficacy of 91.4% against monogeneans. There was increase of total plasma protein and glucose, number of erythrocytes, thrombocytes, leukocytes, lymphocytes and number of monocytes and decrease in mean corpuscular volume. Histological changes such as epithelium detachment, hyperplasia, lamellar fusion and aneurysm were found in the gills of tambaqui from all treatments, including controls with water of culture tank and water of culture tank plus iso-propyl alcohol. Therapeutic baths with 500 mg/L of C. guianensis oil showed high efficacy and caused few physiological changes capable of compromising fish gill function. Results indicate that C. guianensis oil has an anthelmintic potential for control and treatment of infections by monogeneans in tambaqui.(AU)


Avaliou-se a eficácia de banhos terapêuticos com óleo de Carapa guianensis (andiroba) contra monogenéticos de Colossoma macropomum (tambaqui), bem como os efeitos hematológicos e histológicos. Dentre os ácidos graxos identificados no óleo de C. guianensis, ácido oleico (53,4%) e ácido palmítico (28,7%) foram os compostos majoritários, e quatro limonoides também foram identificados. Banhos terapêuticos de 1 hora foram realizados por cinco dias consecutivos, não havendo mortalidade de peixes em nenhum dos tratamentos. Banhos terapêuticos, com 500 mg/L de óleo de C. guianensis, apresentaram eficácia de 91,4% contra monogenéticos. Houve aumento dos níveis plasmáticos de proteína total e glicose, número de eritrócitos, trombócitos, leucócitos, linfócitos e número de monócitos e diminuição do volume corpuscular médio. Alterações histológicas, como descolamento do epitélio, hiperplasia, fusão lamelar e aneurisma, foram encontradas nas brânquias de tambaqui de todos os tratamentos, incluindo os controles com água do tanque de cultivo e água do tanque de cultivo + álcool isopropílico. Banhos terapêuticos com 500 mg/L de óleo de C. guianensis mostraram alta eficácia e causaram poucas alterações fisiológicas capazes de comprometer a função branquial dos peixes. Esses resultados indicam que o óleo de C. guianensis apresenta potencial anti-helmíntico para controle e tratamento de infecções causadas por monogenéticos em tambaqui.(AU)


Assuntos
Animais , Óleos de Plantas/efeitos adversos , Meliaceae/efeitos adversos , Caraciformes/parasitologia , Fitoterapia , Antiparasitários/análise
2.
Semina ciênc. agrar ; 42(3,supl. 1): 2057-2064, 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501978

Resumo

Monogeneans are ectoparasites of fish with a global distribution. In farmed fish, high infestations may result in morbidity and mortality. This study investigated the histopathological effects of three species of monogeneans Anacanthorus spathulatus, Notozothecium janauachensis and Mymarothecium boegeri on the gills of farmed Colossoma macropomum. Parasitological indices revealed a prevalence of 100%, and a mean abundance of 81.3 ± 11.8. This infection caused displacement of the gill epithelium, focal hyperplasia of epithelial cells, lamellar fusion, congestion and shortening of the secondary lamellae of gills, in addition a complete fusion of the secondary lamellae. However, these tissue alterations were reversible and punctually located lesions, which may not compromise the normal functioning of gills. Lastly, this study showed the potential damages caused by parasite monogeneans to gills of infested fish, thus sanitary management is essential for the growth of fish farm of C. macropomum.


Monogeneas são ectoparasitas de peixes com distribuição global. Em peixes de viveiro, altas infestações podem resultar em morbidade e mortalidade. Este estudo investigou os efeitos histopatológicos dos monogeneas Anacanthorus spathulatus, Notozothecium janauachensis e Mymarothecium boegeri. Os índices parasitológicos revelaram uma prevalência de 100% e uma abundância média de 81,3 ± 11,8. Essa infecção causou deslocamento do epitélio branquial, hiperplasia focal das células epiteliais, fusão lamelar, congestão e encurtamento das lamelas secundárias das brânquias, além de uma fusão completa das lamelas secundárias. Porém, essas alterações teciduais são lesões reversíveis e pontuais, que podem não comprometer o funcionamento normal das brânquias. Esses resultados mostram potencial danos de monogeneas nas brânquias dos peixes infestados, assim o manejo sanitário é essencial para o crescimento da piscicultura de C. macropomum.


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/parasitologia , Platelmintos/anatomia & histologia , Platelmintos/patogenicidade
3.
Semina Ci. agr. ; 42(3,supl. 1): 2057-2064, 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765858

Resumo

Monogeneans are ectoparasites of fish with a global distribution. In farmed fish, high infestations may result in morbidity and mortality. This study investigated the histopathological effects of three species of monogeneans Anacanthorus spathulatus, Notozothecium janauachensis and Mymarothecium boegeri on the gills of farmed Colossoma macropomum. Parasitological indices revealed a prevalence of 100%, and a mean abundance of 81.3 ± 11.8. This infection caused displacement of the gill epithelium, focal hyperplasia of epithelial cells, lamellar fusion, congestion and shortening of the secondary lamellae of gills, in addition a complete fusion of the secondary lamellae. However, these tissue alterations were reversible and punctually located lesions, which may not compromise the normal functioning of gills. Lastly, this study showed the potential damages caused by parasite monogeneans to gills of infested fish, thus sanitary management is essential for the growth of fish farm of C. macropomum.(AU)


Monogeneas são ectoparasitas de peixes com distribuição global. Em peixes de viveiro, altas infestações podem resultar em morbidade e mortalidade. Este estudo investigou os efeitos histopatológicos dos monogeneas Anacanthorus spathulatus, Notozothecium janauachensis e Mymarothecium boegeri. Os índices parasitológicos revelaram uma prevalência de 100% e uma abundância média de 81,3 ± 11,8. Essa infecção causou deslocamento do epitélio branquial, hiperplasia focal das células epiteliais, fusão lamelar, congestão e encurtamento das lamelas secundárias das brânquias, além de uma fusão completa das lamelas secundárias. Porém, essas alterações teciduais são lesões reversíveis e pontuais, que podem não comprometer o funcionamento normal das brânquias. Esses resultados mostram potencial danos de monogeneas nas brânquias dos peixes infestados, assim o manejo sanitário é essencial para o crescimento da piscicultura de C. macropomum.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/parasitologia , Platelmintos/anatomia & histologia , Platelmintos/patogenicidade
4.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 30(3): e004621, 2021. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31385

Resumo

The present study describes a new species of the genus Sphaerospora found in the urinary bladder of the flag cichlid, Mesonauta festivus collected in Corre Água district of the municipality of Macapá, Amapá State (Brazil). The study includes morphological and phylogenetic analyses of the new parasite, to determine the relationship of the new species with related myxosporean species. The new species has polysporous plasmodia, which vary in size and shape. The mature myxospores are subspherical shape in valvar view. In the sutural view, the myxospores are 5.3±0.2 (5.2-5.6) μm in length and 7.0±0.7 (6.3-7.7) μm in width, with two piriform polar capsules equal size, 2.5±0.2 (2.3-2.8) μm in length and 1.8±0.2 (1.6-2.0) μm in width. The phylogenetic analyses of a partial sequence of the 18S rRNA gene confirmed the status of the new species and determined the relationship of the new species and related myxosporean species.The sum of the evidence indicates that, Sphaerospora festivus n. sp. belongs to the family Sphaerosporidae, and is the first record of the genus Sphaerospora from Brazil.(AU)


O presente estudo tem como objetivo descrever uma nova espécie de Sphaerospora encontrado na bexiga urinária de Mesonauta festivus, coletado no distrito Corre Água, no município de Macapá, estado do Amapá (Brasil). Foram realizadas análises morfométricas e filogenéticas, nas quais se avaliou a relação entre as espécies de mixosporídeos já descritas. A nova espécie possui plasmódio poliespórico, que varia em tamanho e forma. Os esporos maduros são subesféricos. Na visão sutural, apresentam 5,3 ± 0,2 (5,2-5,6) μm de comprimento e 7,0 ± 0,7 (6,3-7,7) μm de largura, com duas cápsulas polares piriformes de tamanhos iguais, 2,5 ± 0,2 (2,3-2,8) μm de comprimento e 1,8 ± 0,2 (1,6-2,0) μm de largura. As análises filogenéticas das sequências parciais do gene 18S rDNA confirmam ser uma nova espécie e determinou a relação desta com outros myxozoários já relatados. Conclui-se que a espécie em estudo pertence à família Sphaerosporidae, gênero Sphaerospora, e nova espécie, Sphaerospora festivus n. sp. e primeira ocorrência de parasitos desse gênero no Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Ciclídeos/genética , Ciclídeos/parasitologia , Myxozoa/classificação , RNA Ribossômico 18S/análise , Filogenia
5.
Rev. bras. parasitol. vet ; 30(3): e004621, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1288709

Resumo

Abstract The present study describes a new species of the genus Sphaerospora found in the urinary bladder of the flag cichlid, Mesonauta festivus collected in Corre Água district of the municipality of Macapá, Amapá State (Brazil). The study includes morphological and phylogenetic analyses of the new parasite, to determine the relationship of the new species with related myxosporean species. The new species has polysporous plasmodia, which vary in size and shape. The mature myxospores are subspherical shape in valvar view. In the sutural view, the myxospores are 5.3±0.2 (5.2-5.6) μm in length and 7.0±0.7 (6.3-7.7) μm in width, with two piriform polar capsules equal size, 2.5±0.2 (2.3-2.8) μm in length and 1.8±0.2 (1.6-2.0) μm in width. The phylogenetic analyses of a partial sequence of the 18S rRNA gene confirmed the status of the new species and determined the relationship of the new species and related myxosporean species.The sum of the evidence indicates that, Sphaerospora festivus n. sp. belongs to the family Sphaerosporidae, and is the first record of the genus Sphaerospora from Brazil.


Resumo O presente estudo tem como objetivo descrever uma nova espécie de Sphaerospora encontrado na bexiga urinária de Mesonauta festivus, coletado no distrito Corre Água, no município de Macapá, estado do Amapá (Brasil). Foram realizadas análises morfométricas e filogenéticas, nas quais se avaliou a relação entre as espécies de mixosporídeos já descritas. A nova espécie possui plasmódio poliespórico, que varia em tamanho e forma. Os esporos maduros são subesféricos. Na visão sutural, apresentam 5,3 ± 0,2 (5,2-5,6) μm de comprimento e 7,0 ± 0,7 (6,3-7,7) μm de largura, com duas cápsulas polares piriformes de tamanhos iguais, 2,5 ± 0,2 (2,3-2,8) μm de comprimento e 1,8 ± 0,2 (1,6-2,0) μm de largura. As análises filogenéticas das sequências parciais do gene 18S rDNA confirmam ser uma nova espécie e determinou a relação desta com outros myxozoários já relatados. Conclui-se que a espécie em estudo pertence à família Sphaerosporidae, gênero Sphaerospora, e nova espécie, Sphaerospora festivus n. sp. e primeira ocorrência de parasitos desse gênero no Brasil.


Assuntos
Animais , Parasitos , Doenças Parasitárias em Animais , Ciclídeos , Myxozoa/genética , Doenças dos Peixes , Filogenia , Brasil , DNA Ribossômico
6.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 46(2): e559, 2020. map, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465458

Resumo

Fish are among the vertebrate groups most susceptible to parasitic infections due to environmental characteristics that can favor the development of parasites; also, position of the host in food web has been associated with the parasitism. The aim of this study was to investigate the ecology of parasites endohelminth in Metynnis lippincottianus from the Curiaú River, in eastern Amazon (Brazil), as well as to evaluate the parasite-host interactions. From 110 specimens of M. lippincottianus examined, 76.3% were infected by one or more parasite species, and a total of 146 parasites such as Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Nematoda), larvae of Contracaecum sp. (Nematoda) and Neoechinorhynchus pterodoridis (Acanthocephala) were collected in intestine. However, the dominance was of nematode species, and the parasites had uniform or random dispersion. The parasitic infracommunities showed low Shannon-Wiener diversity (0.2 ± 0.3), low evenness (0.2 ± 0.3) and low species richness of parasites (1.1 ± 0.8). The abundance of Contracaecum sp. presented a weak positive correlation with the weight of hosts, and relative condition factor was not affected by the parasitism. This first study about parasites of M. lippincottianus from Curiaí River basin is the first report of N. pterodoridis for this host.


Os peixes estão entre os grupos de vertebrados mais suscetíveis as infecções parasitárias devido as características ambientais que podem favorecer o desenvolvimento de parasitos; além disso, a posição do hospedeiro na cadeia alimentar tem sido associada ao parasitismo. O objetivo deste estudo foi investigar a ecologia de parasitos endohelmintos em Metynnis lippincottianus do Rio Curiaú, na Amazônia oriental (Brasil), bem como avaliar as interações parasito-hospedeiro. De 110 espécimes de M. lippincottianus examinados, 76,3% estavam infectados por um ou mais espécies de parasitos, e um total de 146 parasitos como Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Nematoda), larvas de Contracaecum sp. (Nematoda) e Neoechinorhynchus pterodoridis (Acanthocephala) foram coletados no intestino. No entanto, a dominância foi de espécies de nematoides, e os parasitos apresentaram dispersão uniforme ou aleatória. As infracomunidades parasitárias apresentaram baixo índice de diversidade de Shannon-Wiener (0,2 ± 0,3), baixa uniformidade (0,2 ± 0,3) e baixa riqueza de espécies (1,1 ± 0,8). A abundância de Contracaecum sp. apresentou correlação positiva fraca com o peso dos hospedeiros e o fator de condição não foi afetado pelo parasitismo. Este primeiro estudo sobre parasitos de M. lippincottianus da bacia do Rio Curiaú é o primeiro relato de N. pterodoridis para este hospedeiro.


Assuntos
Animais , Doenças dos Peixes , Helmintos , Interações Hospedeiro-Parasita , Peixes/parasitologia , Ecossistema Amazônico
7.
B. Inst. Pesca ; 46(2): e559, 2020. mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30362

Resumo

Fish are among the vertebrate groups most susceptible to parasitic infections due to environmental characteristics that can favor the development of parasites; also, position of the host in food web has been associated with the parasitism. The aim of this study was to investigate the ecology of parasites endohelminth in Metynnis lippincottianus from the Curiaú River, in eastern Amazon (Brazil), as well as to evaluate the parasite-host interactions. From 110 specimens of M. lippincottianus examined, 76.3% were infected by one or more parasite species, and a total of 146 parasites such as Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Nematoda), larvae of Contracaecum sp. (Nematoda) and Neoechinorhynchus pterodoridis (Acanthocephala) were collected in intestine. However, the dominance was of nematode species, and the parasites had uniform or random dispersion. The parasitic infracommunities showed low Shannon-Wiener diversity (0.2 ± 0.3), low evenness (0.2 ± 0.3) and low species richness of parasites (1.1 ± 0.8). The abundance of Contracaecum sp. presented a weak positive correlation with the weight of hosts, and relative condition factor was not affected by the parasitism. This first study about parasites of M. lippincottianus from Curiaí River basin is the first report of N. pterodoridis for this host.(AU)


Os peixes estão entre os grupos de vertebrados mais suscetíveis as infecções parasitárias devido as características ambientais que podem favorecer o desenvolvimento de parasitos; além disso, a posição do hospedeiro na cadeia alimentar tem sido associada ao parasitismo. O objetivo deste estudo foi investigar a ecologia de parasitos endohelmintos em Metynnis lippincottianus do Rio Curiaú, na Amazônia oriental (Brasil), bem como avaliar as interações parasito-hospedeiro. De 110 espécimes de M. lippincottianus examinados, 76,3% estavam infectados por um ou mais espécies de parasitos, e um total de 146 parasitos como Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Nematoda), larvas de Contracaecum sp. (Nematoda) e Neoechinorhynchus pterodoridis (Acanthocephala) foram coletados no intestino. No entanto, a dominância foi de espécies de nematoides, e os parasitos apresentaram dispersão uniforme ou aleatória. As infracomunidades parasitárias apresentaram baixo índice de diversidade de Shannon-Wiener (0,2 ± 0,3), baixa uniformidade (0,2 ± 0,3) e baixa riqueza de espécies (1,1 ± 0,8). A abundância de Contracaecum sp. apresentou correlação positiva fraca com o peso dos hospedeiros e o fator de condição não foi afetado pelo parasitismo. Este primeiro estudo sobre parasitos de M. lippincottianus da bacia do Rio Curiaú é o primeiro relato de N. pterodoridis para este hospedeiro.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/parasitologia , Interações Hospedeiro-Parasita , Doenças dos Peixes , Helmintos , Ecossistema Amazônico
8.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 29(2): e000620, 2020. ilus, mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27908

Resumo

This study describes Henneguya sacacaensis n. sp. in specimens of the Osteichthyes Satanoperca jurupari (Heckel, 1840), collected in the Rio Curiaú Environmental Protection Area in the city of Macapá, state of Amapá Brazil. Using optical microscopy and molecular analysis, these cyst-shaped parasites were analyzed. The gills of 57.14% of the analyzed S. jurupari contained hundreds of spores. The cysts found on the gill lamellae were oval-shaped and whitish. The Henneguya spores had an average length of 46.5 (41.3-56.92) µm. The fusiform body of the Henneguya measured 16.5 (13.16-20.01) µm long and 5.1 (3.91-6.12) µm in width, the two polar capsules had a taper of 3.83 (3.4-4.32) µm and a width of 1.68 (1.4-1.99) µm, and the tail measured 30 (22.47-41.67) µm in length, containing a polar filament coiled seven to nine times. Morphogical and phylogenetic analysis allowed the preposition of a new species, Henneguya sacacaensis n. sp, that belongs to the family Myxobolidae and the genus Henneguya.(AU)


Henneguya sacacaensis n. sp. é descrito em espécimes do Osteichthyes Satanoperca jurupari (Heckel, 1840), coletados na área de Proteção Ambiental do rio Curiaú na cidade de Macapá no estado do Amapá, Brasil. Com auxílio de microscopia óptica e análises moleculares, esses parasitos foram analisados e observados nas brânquias em forma de cistos, contendo centenas de esporos e apresentaram a prevalência de 57,14%. Os cistos encontrados nas lamelas branquiais tinham formatos ovais e esbranquiçados. Seus esporos apresentaram um comprimento médio de 46,5 (41,3-56,92) µm, corpo fusiforme medindo 16,5 (13,16-20,01) µm de comprimento e 5,1 (3,91-6,12) µm de largura, suas duas cápsulas polares apresentam uma conicidade de 3,83 (3,4-4,32) µm e sua largura 1,68 µm (1,4-1,99), a cauda 30 (22,47-41,67) µm de comprimento, contento um filamento polar de 7 à 9 voltas. Análises morfológicas e filogenéticas permitiram a preposição de uma nova espécie, Henneguya sacacaensis n. sp, que pertence à família Myxobolidae e ao gênero Henneguya.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/parasitologia , Myxobolus/anatomia & histologia , Myxobolus/patogenicidade , Brânquias/parasitologia
9.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 29(3): e003320, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27288

Resumo

Infection of fish gills by Henneguya causes greater contact between the secondary gill lamellae, thereby giving rise to decreased absorption surface area at the end of the filaments. This ectoparasite can cause damages on the gills infected fish. In the present study, fresh gills of Metynnis lippincottianus were analyzed using optical microscopy techniques. The myxoporean Henneguya sp. was found to be infecting 80% of the gills of this host fish. Presence of this parasite caused hyperplasia and fusion of the gill lamellae, but without inflammation in the parasitized organ.(AU)


A infecção de Henneguya nas brânquias de peixes causam o maior contato entres as lamelas branquiais secundárias. Provoca diminuição da superfície de absorção na extremidade dos filamentos, podendo ocasionar danos as brânquias dos peixes infectados. Neste estudo foram analisadas a fresco e com técnicas de microscopia de luz as brânquias de Metynnis lippincottianus. Foi determinada a presença de mixosporídeos Henneguya sp. infectando 80% das brânquias dos peixes hospedeiros. A presença desse ectoparasito causou hiperplasia e fusão das lamelas branquiais, porém sem inflamação no órgão parasitado.(AU)


Assuntos
Animais , Brânquias/parasitologia , Myxozoa/parasitologia , Peixes/parasitologia
10.
Ci. Rural ; 49(6): e20190028, 2019. mapas, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22741

Resumo

The high fish diversity of the Amazon has been the subject of study for several research projects because of the importance of its ecosystems. The Environmental Protection Area of the Curiaú River is composed of permanent and temporary lakes within the floodplain forests, favoring a rich diversity of fish species. Pratinha. (Metynnis lippincottianus) is an ornamental fish, widely distributed throughout Brazil and French Guiana. Fish parasites may reflect the environmental quality, as well as the habits of their host. Considering the importance of understanding and contributing to the expansion of studies on fish parasites, the present study aimed to investigate the gills of Metynnis lippincottianus from the Curiaú River basin in the municipality of Macapá (Eastern Amazon). A total of 200 specimens of Metynnis lippincottianus from the Curiaú River were examined and 89% of the analyzed fish were parasitized by metacercariae, Dactylogyridae gen. sp., Piscinoodinium pillulare, Trichodina sp., Henneguya sp., and Myxobolus sp. Despite this high parasitic load, body conditions were not affected. This is the first documented incidence of a species belonging to the Phylum Cnidaria: Myxozoa in Metynnis lippincottianus.(AU)


A alta diversidade ictiológica da Amazônia tem sido fonte de estudo de diversas pesquisas, por esta região amazônica englobar alguns ecossistemas importantes. A Área de Proteção Ambiental do Rio Curiaú é composta por lagos permanentes e temporários dentro das florestas de várzeas, o que favorece em uma rica diversidade de espécies de peixes. Metynnis lippincottianus é um peixe ornamental, amplamente distribuído pelo Brasil e Guiana Francesa. Os parasitos de peixes podem refletir a qualidade ambiental, assim como nos hábitos de seu hospedeiro. Considerando a importância de entender e contribuir para a expansão dos estudos sobre parasitos de peixes, o presente estudo teve como objetivo, investigar as brânquias de Metynnis lippincottianus oriundos da bacia do Rio Curiaú no município de Macapá-AP (Amazônia Oriental). Foram examinados 200 exemplares de Metynnis lippincottianus, oriundos do rio Curiaú, sendo que 89% dos peixes analisados estavam parasitados por parasitos diversos: Piscinoodinium pillulare, Trichodina sp., Henneguya sp., Myxobolus sp., monogenoide da família Dactylogyridae e metacercárias. Apesar dessa alta carga parasitária, as condições corporais não foram afetadas. Esta é a primeira ocorrência de espécies do filo Cnidaria: Myxozoa em Metynnis lippincottianus.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/parasitologia , Brânquias/parasitologia , Doenças dos Peixes/parasitologia
11.
Rev. bras. parasitol. vet ; 22(1): 29-33, Jan.-Mar. 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: lil-671628

Resumo

Aspidogastrea are globally-distributed parasites of the class Trematoda, which have been described as pathogens of a range of aquatic organisms, in marine and freshwater environments. The principal morphological characteristic of the group is an adhesive ventral disc, which is responsible for fixing the parasite to the host organism. In this study, 112 specimens of Colomesus psittacus from the municipality of Cametá, in the state of Pará (Brazil), were necropsied. Platyhelminthes of the genus Rohdella attached to the mucous membrane of the fish's intestine by the adhesive disc were observed. Fragments of parasitized tissue were fixed in Davidson solution and then processed and stained with hematoxylin-eosin. Other fragments were fixed in glutaraldehyde, processed and observed under a scanning electron microscope. The prevalence of the parasite was 76.4%, mean intensity of infection was 8.0 and mean abundance was 6.2. The parasitism provoked chronic enteritis with diffused inflammatory infiltration. The adherence of the parasite to the mucous membrane of the intestine resulted in strangulation and hyperplasia of the region, as well as causing hypertrophy of the muscle of the mucous membrane. The present study describes the anatomopathological and ultrastructural aspects of the parasitism of the intestine of C. psittacus by Rohdella sp.


Os Aspidogastreas são parasitos da classe Trematoda, distribuídos globalmente e têm sido descritos como patógenos em uma gama de organismos aquáticos de ambientes marinhos e de água doce. A principal característica morfológica do grupo é um disco adesivo na região ventral responsável pela fixação do parasito no organismo hospedeiro. Neste estudo, 112 espécimes de Colomesus psittacus provenientes do município de Cametá, no estado do Pará (Brasil), foram necropsiados. Foram observados platelmintos do gênero Rohdella aderidos à mucosa intestinal através do disco adesivo. Fragmentos de tecido com parasito foram fixados em solução de Davidson e processados e corados em Hematoxilina-Eosina. Outros fragmentos foram fixados em glutaraldeído, processados e observados em microscopia eletrônica de varredura. A prevalência parasitária foi de 76, 4%, intensidade média de infecção de 8,0 e abundância média de 6,2. O parasitismo ocasionou uma enterite crônica com difuso infiltrado inflamatório. A fixação do parasito na mucosa intestinal provocou estrangulamento e hiperplasia da região, bem como hipertrofia da muscular da mucosa. O presente trabalho descreve os aspectos anatomopatológicos e ultra-estruturais da ação parasitária por Rohdella sp. no trato intestinal de C. psittacus.


Assuntos
Animais , Mucosa Intestinal/anatomia & histologia , Mucosa Intestinal/parasitologia , Mucosa Intestinal/patologia , Platelmintos/isolamento & purificação , Tetraodontiformes/parasitologia , Mucosa Intestinal/ultraestrutura
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA