Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 53(9): e20210865, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1418346

Resumo

The growing worldwide demand in the pulp market has fostered research that evaluates alternative fiber sources with specific characteristics that attend the needs of the consumer market, with a view to add value to the final product and reduce production costs. Acacia mearnsii De Wild wood is a by-product of the extraction of tannin from the trunk bark, used for firewood, charcoal and pellets. However, its wood is still poorly studied, especially its anatomical characteristics, which can provide important information about its industrial potential. This study evaluated the anatomical characteristics of Acacia mearnsii wood for the production of pulp and paper. Ten trees at approximately seven years old were cut down, five from the seed production area (SPA) and five from the clonal population area (CPA). From each tree, one trunk disc was sectioned at the diameter at breast height (DBH), resulting in 10 (ten) wood samples. From each disc, a sapwood specimen was made oriented in the tangential longitudinal, radial longitudinal and transversal planes, for later obtaining the anatomical cuts and the macerates. The anatomical description of the wood followed the recommendations of the International Association of Wood Anatomists-IAWA. From the dimensions of the fibers, their quality evaluation ratios for the production of pulp and paper were calculated. Results obtained from the anatomical characterization allowed to conclude that the Acacia mearnsii woods from SPA and CPA are indicated as a source of raw material for the pulp and paper production.


A crescente demanda mundial do mercado de polpa celulósica tem fomentado pesquisas que avaliem fontes de fibras alternativas com características específicas que atendam às necessidades do mercado consumidor, visando agregar valor ao produto final e reduzir os custos de produção. No estado do Rio Grande do Sul, Brasil, o lenho de Acacia mearnsii De Wild é considerado um subproduto da extração de tanino da casca do tronco, utilizada como lenha, carvão e pellets. No entanto, ainda é pouco estudado, em especial suas características anatômicas, as quais podem fornecer informações importantes sobre suas potencialidades industriais. O presente estudo teve como objetivo avaliar as características anatômicas do lenho de Acacia mearnsii para a produção de celulose e papel. Foram coletadas dez árvores com aproximadamente sete anos de idade, sendo cinco provenientes da área de produção de sementes (APS) e cinco da área de povoamento clonal (APC). De cada árvore, foi seccionado um disco do tronco na altura do DAP, resultando em dez amostras de lenho. De cada disco, foi confeccionado um corpo de prova do alburno, orientado nos planos longitudinal tangencial, longitudinal radial e transversal, para posterior obtenção dos cortes anatômicos e dos macerados. A descrição anatômica do lenho seguiu as recomendações da Associação Internacional de Anatomistas da Madeira-IAWA. A partir das dimensões das fibras, foram calculados os seus índices de avaliação da qualidade para a produção de celulose e papel. Os resultados obtidos da caracterização anatômica permitiram concluir que os lenhos de Acacia mearnsii provenientes de APS e APC são indicados como matérias-primas para a produção de celulose e papel.


Assuntos
Indústria de Papel e Celulose , Acacia/anatomia & histologia
2.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 21(1): 56-65, mar. 2022. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1366125

Resumo

O segmento de produção de papel de fibra longa no Brasil está concentrado na utilização de duas espécies do gênero Pinus (P. taeda e P. elliottii). Assim, éfundamental avaliar novas espécies, visando ampliar as alternativas para esse segmento. Opresente estudo teve como objetivo avaliar as propriedades físicas, químicas e anatômicas da madeira de Pinus greggii visando a produção de polpa celulósica. Foram utilizadas três árvores, com seteanos de idade, das quais foram retirados discos ao longo do fuste. Estes foram utilizados para avaliar as propriedades físicas (densidade básica média e ponderada), químicas (teores de cinza, extrativos, lignina e holocelulose) e anatômicas (dimensões dos traqueídeos e indicadores anatômicos). De acordo com a caracterização físicada madeira, obteve-se um valor médio de densidade básica de 0,346 g.cm-3e ponderadode 0,343 g.cm-3, o que permite classificá-la como leve ou de baixa densidade. Em relação à composição química, a espécie apresentou elevados teores de lignina e extrativos (34,83% e 6,25%, respectivamente) e baixos teores de holocelulose (58,92%) e cinza (0,20%). Para as dimensões dos traqueídeos obtiveram-se valores médios de 2,31 mm de comprimento, 41,30 µm de largura, 34,81 µm de diâmetro do lúmen, e 3,25 µm de espessura da parede celular. Quanto aos resultados dos índices de qualidade, a espécie obteve destaque para a fração parede (15,96%), coeficiente de flexibilidade (84,31%), índice de Runkel (0,19) e índice de enfeltramento (55,15). De modo geral, a madeira de P. greggiiapresenta potencial para produção de polpa celulósica, destacando-se pelos indicadores anatômicos e pelas dimensões dos traqueídeos, que são semelhantes aos valores encontrados para P. taedana mesma idade. Entretanto, possui elevados teores de lignina e extrativos, que podem aumentar o consumo de reagentes e diminuir o rendimento do processo de polpação, o que precisa ser comprovado em estudos com esta temática.(AU)


The long fiber paper production segment in Brazil is restrict on the use of only two species of the Pinusgenus (P. taedaand P. elliottii), therefore, it is essential to evaluate new species, aiming to expand the alternatives for this segment. In this sense, the present study aimed to evaluate the physical, chemical and anatomical properties of Pinus greggiiwood aiming at the pulp production. For this, three 7-year-old trees were used, from which disks were removed along the stem. These were used to evaluate physical (average and weighted basic density), chemical (ash, extractive, lignin and holocellulose) and anatomical (tracheid dimensions and anatomical indicators) properties. According to the physical characterization, an average value of basic density of 0.346 g.cm-3and weighted of 0.343 g.cm-3was obtained, which allows classifying it as light or low density. Regarding the chemical composition, the species showed high levels of lignin and extractives (34.83% and 6.25%, respectively) and low levels of holocellulose (58.92%) and ash (0.20%). For the tracheids dimensions, mean values of 2.31 mm in length,41.30 µm in width, 34.81 µm in lumen diameter, and 3.25 µm in cell wall thickness were obtained. As for the results of the quality index, the species stood out for the wall fraction (15.96%), flexibility coefficient (84.31%), Runkel index (0.19) and felting index (55.15). In general, the P. greggiiwood presents potential for the pulp production, standing out for its anatomical indicators and for the tracheids dimensions, which are similar to the values found for P. taedaat the same age. However, it has high levels of lignin and extractives, which can increase the consumption of reagents and decrease the yield of the pulping process, which needs to be proven in studies on this topic.(AU)


Assuntos
Madeira , Pinus , Celulose/biossíntese
3.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 20(3): 241-249, 2021. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488469

Resumo

A madeira, em razão de sua constituição química, apresenta suscetibilidade a agentes biodeterioradores, especialmente quando exposta a condições adversas, como em contato com o solo. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do tratamento preservante com Arseniato de Cobre Cromatado (CCA) e do tempo de exposição a campo na resistência mecânica das madeiras de Eucalyptus grandise Eucalyptus cloeziana. Para isso foram utilizadas árvores com 16 anos de idade, de ambas das espécies, que foram desdobradas em tábuas e submetidas à secagem ao ar livre para, posteriormente, efetuar-se o tratamento preservante em autoclave com CCA. A partir das tábuastratadas confeccionaram-se corpos de prova nas dimensões de 2,0 x 2,0 x 30,0 cm, que foram instalados em campos de apodrecimento em duas áreas distintas, campo aberto e floresta, no município de Santa Maria/RS. Periodicamente foram coletados corpos de prova para avaliar sua degradaçãoao longo do tempo de exposição, os quais foram submetidos ao teste mecânico de flexão estática. Com base nos resultados obtidos observou-se que o tratamento preservante apresentou efeito benéfico, mantendo a resistência mecânica da madeira por um período de tempo maior. O efeito foi mais pronunciado para a madeira de E. cloeziana, que naturalmente já apresentava maior resistência mecânica que a madeira de E. grandis. Assim, conclui-se que o tratamento é eficiente na redução dadeterioração da madeira a campo.


The wood, due to its chemical constitution, is susceptible to biodeteriorating agents, especially whenexposed to adverse conditions, such as in contact with the soil. Thus, the present study aimed to evaluate the effect of preservative treatment with Chromated Copper Arsenate (CCA) and the period of exposure to the field on the mechanical resistance of Eucalyptus grandisand Eucalyptus cloezianawood. For this, trees with 16 years of age, of both species, were used, which were processed in boards and subjected to outdoor drying, to subsequently carry out the preservative treatment in an autoclave with CCA.From the treated boards, samples of 2.0 x 2.0 x 30.0 cm were made, which were installed in rotting fields in two different areas, open field and forest, in the city of Santa Maria/RS. Periodically, samples were collected to evaluate their degradation overof exposure period, whichwere subjected to mechanical static bendingtesting. Based on the results obtained, it was observed that the preservative treatment had a beneficialeffect, maintaining the mechanical resistance of the wood for a longer period oftime. The effect was morepronounced for E. cloezianawood, which naturally already had greater mechanical resistance than E. grandiswood. Thus, it is concluded that the treatment is efficient in reducing the deterioration of wood in the field.


Assuntos
Eucalyptus , Madeira , Preservação Biológica , Tratamento Físico-Químico/análise
4.
R. Ci. agrovet. ; 20(3): 241-249, 2021. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-765251

Resumo

A madeira, em razão de sua constituição química, apresenta suscetibilidade a agentes biodeterioradores, especialmente quando exposta a condições adversas, como em contato com o solo. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do tratamento preservante com Arseniato de Cobre Cromatado (CCA) e do tempo de exposição a campo na resistência mecânica das madeiras de Eucalyptus grandise Eucalyptus cloeziana. Para isso foram utilizadas árvores com 16 anos de idade, de ambas das espécies, que foram desdobradas em tábuas e submetidas à secagem ao ar livre para, posteriormente, efetuar-se o tratamento preservante em autoclave com CCA. A partir das tábuastratadas confeccionaram-se corpos de prova nas dimensões de 2,0 x 2,0 x 30,0 cm, que foram instalados em campos de apodrecimento em duas áreas distintas, campo aberto e floresta, no município de Santa Maria/RS. Periodicamente foram coletados corpos de prova para avaliar sua degradaçãoao longo do tempo de exposição, os quais foram submetidos ao teste mecânico de flexão estática. Com base nos resultados obtidos observou-se que o tratamento preservante apresentou efeito benéfico, mantendo a resistência mecânica da madeira por um período de tempo maior. O efeito foi mais pronunciado para a madeira de E. cloeziana, que naturalmente já apresentava maior resistência mecânica que a madeira de E. grandis. Assim, conclui-se que o tratamento é eficiente na redução dadeterioração da madeira a campo.(AU)


The wood, due to its chemical constitution, is susceptible to biodeteriorating agents, especially whenexposed to adverse conditions, such as in contact with the soil. Thus, the present study aimed to evaluate the effect of preservative treatment with Chromated Copper Arsenate (CCA) and the period of exposure to the field on the mechanical resistance of Eucalyptus grandisand Eucalyptus cloezianawood. For this, trees with 16 years of age, of both species, were used, which were processed in boards and subjected to outdoor drying, to subsequently carry out the preservative treatment in an autoclave with CCA.From the treated boards, samples of 2.0 x 2.0 x 30.0 cm were made, which were installed in rotting fields in two different areas, open field and forest, in the city of Santa Maria/RS. Periodically, samples were collected to evaluate their degradation overof exposure period, whichwere subjected to mechanical static bendingtesting. Based on the results obtained, it was observed that the preservative treatment had a beneficialeffect, maintaining the mechanical resistance of the wood for a longer period oftime. The effect was morepronounced for E. cloezianawood, which naturally already had greater mechanical resistance than E. grandiswood. Thus, it is concluded that the treatment is efficient in reducing the deterioration of wood in the field.(AU)


Assuntos
Preservação Biológica , Madeira , Eucalyptus , Tratamento Físico-Químico/análise
5.
R. Ci. agrovet. ; 19(1): 35-47, 2020. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28795

Resumo

A madeira, devido sua constituição orgânica, é altamente suscetível a agentes biodeterioradores, tornando-se essencial o tratamento preservativo àquelas que apresentam baixa durabilidade natural. Atualmente, os principais produtos utilizados no tratamento preservativo da madeira são o CCA e o CCB, os quais em razão da sua constituição são tóxicos ao meio ambiente e a saúde humana. Frente à essa situação, torna-se essencial o desenvolvimento de estudos acerca de produtos naturais que apresentem ação biocida, podendo assim ser utilizado no tratamento de madeira, conferindo maior proteção e aumentando a vida útil da peça. Levando em consideração esta perspectiva, o presente estudo teve por objetivo avaliar a qualidade (penetração e retenção) e eficiência de preservantes naturais aplicados no tratamento das madeiras de Araucaria angustifolia, Eucalyptus viminalis e Pinus taeda, submetidas ao apodrecimento acelerado em condições de laboratório. As madeiras das três espécies foram submetidas ao tratamento preservante com tanino, tall oil e óleo de nim, utilizando o método de imersão rápida a frio, na concentração de 5% do produto preservante, por cinco minutos. Na sequência foram avaliadas através do ensaio de apodrecimento acelerado sob à ação dos fungos apodrecedores Trametes versicolor e Gloeophyllum trabeum, seguindo as recomendações das normas ASTM D 2017 (2005) e ASTM D 1413...(AU)


Wood, due to its organic constitution, is highly susceptible to biodeterioration agents, making preservative treatment essential to those with low natural durability. Currently, the main products used in the preservative treatment of wood are CCA and CCB, which because of their constitution, are toxic to the environment and human health. Faced with this situation, it is essential to develop studies on natural products that have a biocidal action and thus can be used in the wood treatment, giving greater protection and increasing the lifespan of the piece. Considering this perspective, the present study aims to assess the quality (penetration and retention) and the efficiency of natural preservatives applied to the treatment of Araucaria angustifolia, Eucalyptus viminalis, and Pinus taeda, subjected to accelerated rotting under laboratory conditions. The woods of the three species were submitted to preservative treatment with tannin, tall oil, and neem oil, using the cold quick immersion method at the concentration of 5% of the product preservative solution for five minutes. In the sequence, they were assessed by the accelerated rotting test under the action of rotting fungi Trametes versicolor and Gloeophyllum trabeum, following the recommendations of ASTM D 2017 (2005) and ASTM D 1413 (1999). Based on the results, it was observed that P. taeda wood showed the best...(AU)


Assuntos
Produtos Biológicos/administração & dosagem , Madeira , Eucalyptus , Pinus taeda
6.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 19(1): 35-47, 2020. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488383

Resumo

A madeira, devido sua constituição orgânica, é altamente suscetível a agentes biodeterioradores, tornando-se essencial o tratamento preservativo àquelas que apresentam baixa durabilidade natural. Atualmente, os principais produtos utilizados no tratamento preservativo da madeira são o CCA e o CCB, os quais em razão da sua constituição são tóxicos ao meio ambiente e a saúde humana. Frente à essa situação, torna-se essencial o desenvolvimento de estudos acerca de produtos naturais que apresentem ação biocida, podendo assim ser utilizado no tratamento de madeira, conferindo maior proteção e aumentando a vida útil da peça. Levando em consideração esta perspectiva, o presente estudo teve por objetivo avaliar a qualidade (penetração e retenção) e eficiência de preservantes naturais aplicados no tratamento das madeiras de Araucaria angustifolia, Eucalyptus viminalis e Pinus taeda, submetidas ao apodrecimento acelerado em condições de laboratório. As madeiras das três espécies foram submetidas ao tratamento preservante com tanino, tall oil e óleo de nim, utilizando o método de imersão rápida a frio, na concentração de 5% do produto preservante, por cinco minutos. Na sequência foram avaliadas através do ensaio de apodrecimento acelerado sob à ação dos fungos apodrecedores Trametes versicolor e Gloeophyllum trabeum, seguindo as recomendações das normas ASTM D 2017 (2005) e ASTM D 1413...


Wood, due to its organic constitution, is highly susceptible to biodeterioration agents, making preservative treatment essential to those with low natural durability. Currently, the main products used in the preservative treatment of wood are CCA and CCB, which because of their constitution, are toxic to the environment and human health. Faced with this situation, it is essential to develop studies on natural products that have a biocidal action and thus can be used in the wood treatment, giving greater protection and increasing the lifespan of the piece. Considering this perspective, the present study aims to assess the quality (penetration and retention) and the efficiency of natural preservatives applied to the treatment of Araucaria angustifolia, Eucalyptus viminalis, and Pinus taeda, subjected to accelerated rotting under laboratory conditions. The woods of the three species were submitted to preservative treatment with tannin, tall oil, and neem oil, using the cold quick immersion method at the concentration of 5% of the product preservative solution for five minutes. In the sequence, they were assessed by the accelerated rotting test under the action of rotting fungi Trametes versicolor and Gloeophyllum trabeum, following the recommendations of ASTM D 2017 (2005) and ASTM D 1413 (1999). Based on the results, it was observed that P. taeda wood showed the best...


Assuntos
Eucalyptus , Madeira , Pinus taeda , Produtos Biológicos/administração & dosagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA