Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 57
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 19(4): 502-505, dez. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488426

Resumo

Although bud fruitfulness is important to yield and depends on the most appropriate pruning method, no such information is available for the Northern Highlands of Santa Catarina in Brazil. Therefore, this study proposes to evaluate the bud fruitfulness of American and hybrid grape varieties cultivated in this region. This experiment was conducted in a commercial vineyard located in Pedras Brancas, in the municipality of Canoinhas, Santa Catarina, during the 2018 and 2019 vintages. The study included plants of the following varieties: Ives Noir, White Niagara, Goethe, and Grano d´Oro. Twenty canes from the year of each treatment were collected during the endodormancy phase, and each cane segment containing one bud was arranged in Styrofoam trays with hydrated phenolic foam. The trays were placed in a greenhouse where temperature and humidity were kept under control. The buds were classified as fruitful or unfruitful based on the presence or absence of inflorescence. According to the data in this study, the Goethe, White Niagara, Ives Noir, and Grano D'Oro varieties presented good adaptability as they had high bud fruitfulness, especially the buds in the middle and apical sections of the canes. Thus, mixed pruning of these varieties is recommended to obtain better yields under the conditions of the Northern Highlands of Santa Catarina.


Apesar da importância da fertilidade de gemas para a produtividade e para indicação do melhor método de poda, estes dados são inexistentes na região do Planalto Norte Catarinense, e nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a fertilidade de gemas de variedades de uvas americanas e híbridas cultivadas no Planalto Norte Catarinense. O presente projeto foi realizado durante as safras 2018 e 2019, em um vinhedo comercial, situado na localidade de Pedras Brancas, município de Canoinhas, Santa Catarina. Para o desenvolvimento do trabalho foram utilizadas plantas das variedades: Bordô, Niágara Branca, Casca Dura e Grano dOro. Coletou-se 20 ramos do ano de cada tratamento, no período de endodormência das plantas, e cada segmento do ramo contendo uma gema foi disposto em bandejas de isopor com espuma fenólica hidratada. As bandejas foram colocadas em casa de vegetação com temperatura e umidade controladas. As gemas foram classificadas em férteis ou não férteis de acordo com a presença ou ausência da inflorescência. De acordo com os dados observados no presente estudo, observa-se que as variedades Casca Dura, Niágara Branca, Bordô e Grano DOro apresentam boa adaptabilidade, apresentando alta fertilidade de gemas, com destaque para as gemas das porções medianas e apicais dos ramos. Dessa forma, recomenda-se a poda mista destas variedades


Assuntos
Vitis/crescimento & desenvolvimento , Vitis/química
2.
R. Ci. agrovet. ; 19(4): 502-505, 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-27212

Resumo

Although bud fruitfulness is important to yield and depends on the most appropriate pruning method, no such information is available for the Northern Highlands of Santa Catarina in Brazil. Therefore, this study proposes to evaluate the bud fruitfulness of American and hybrid grape varieties cultivated in this region. This experiment was conducted in a commercial vineyard located in Pedras Brancas, in the municipality of Canoinhas, Santa Catarina, during the 2018 and 2019 vintages. The study included plants of the following varieties: Ives Noir, White Niagara, Goethe, and Grano d´Oro. Twenty canes from the year of each treatment were collected during the endodormancy phase, and each cane segment containing one bud was arranged in Styrofoam trays with hydrated phenolic foam. The trays were placed in a greenhouse where temperature and humidity were kept under control. The buds were classified as fruitful or unfruitful based on the presence or absence of inflorescence. According to the data in this study, the Goethe, White Niagara, Ives Noir, and Grano D'Oro varieties presented good adaptability as they had high bud fruitfulness, especially the buds in the middle and apical sections of the canes. Thus, mixed pruning of these varieties is recommended to obtain better yields under the conditions of the Northern Highlands of Santa Catarina.(AU)


Apesar da importância da fertilidade de gemas para a produtividade e para indicação do melhor método de poda, estes dados são inexistentes na região do Planalto Norte Catarinense, e nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a fertilidade de gemas de variedades de uvas americanas e híbridas cultivadas no Planalto Norte Catarinense. O presente projeto foi realizado durante as safras 2018 e 2019, em um vinhedo comercial, situado na localidade de Pedras Brancas, município de Canoinhas, Santa Catarina. Para o desenvolvimento do trabalho foram utilizadas plantas das variedades: Bordô, Niágara Branca, Casca Dura e Grano dOro. Coletou-se 20 ramos do ano de cada tratamento, no período de endodormência das plantas, e cada segmento do ramo contendo uma gema foi disposto em bandejas de isopor com espuma fenólica hidratada. As bandejas foram colocadas em casa de vegetação com temperatura e umidade controladas. As gemas foram classificadas em férteis ou não férteis de acordo com a presença ou ausência da inflorescência. De acordo com os dados observados no presente estudo, observa-se que as variedades Casca Dura, Niágara Branca, Bordô e Grano DOro apresentam boa adaptabilidade, apresentando alta fertilidade de gemas, com destaque para as gemas das porções medianas e apicais dos ramos. Dessa forma, recomenda-se a poda mista destas variedades(AU)


Assuntos
Vitis/química , Vitis/crescimento & desenvolvimento
3.
Ci. Rural ; 43(4)2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-708576

Resumo

The objective was to evaluate different methods of measuring digestibility in dogs fed two diets containing animal (poultry by products - PBP) and vegetable (soybean meal - SBM) protein sources. The methods evaluated were: total fecal collection (TFC) and indicators: acid insoluble ash (AIA), acid detergent fiber (ADF) and crude fiber (CF). Eight dogs were distributed in Cross Over in split plots (plot: sources of protein; subplot: methods for digestibility), fed by five days of adaptation and five days of total fecal collection. The diet containing SBM had a higher ADC of CP, while the diet containing POM showed higher ADC of all nutrients and metabolizable energy (ME). The ADC and ME determined by the TFC and the indicators did not differ. Thus, the ADC of diets in dogs can be determined by TFC and CF, ADF and AIA indicators, regardless of source of dietary protein.


Objetivou-se avaliar diferentes metodologias de determinação da digestibilidade em cães, alimentados com duas dietas contendo fontes proteicas animal (farinha de vísceras de aves - FVA) e vegetal (farelo de soja - FS). As metodologias avaliadas foram: colheita total de fezes (CTF) e os indicadores cinza insolúvel em ácido (CIA), fibra em detergente ácido (FDA) e fibra bruta (FB). Foram utilizados 8 cães adultos, em delineamento Cross over, em parcela subdividida no tempo (parcela: fontes proteicas; e subparcela: metodologias de digestibilidade). O período experimental foi constituído por cinco dias de adaptação, com cinco dias de colheita total de fezes. A dieta contendo FS apresentou maior CDA da PB, enquanto a dieta contendo FVA apresentou maior CDA dos demais nutrientes e energia metabolizável (EM). Os CDA e EM determinados pela CTF e pelos indicadores não diferiram entre si, podendo ser determinados pelos indicadores FB, FDA e CIA, independentemente da fonte proteica da dieta.

4.
Ci. Rural ; 43(4)2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-708299

Resumo

The objective was to evaluate different methods of measuring digestibility in dogs fed two diets containing animal (poultry by products - PBP) and vegetable (soybean meal - SBM) protein sources. The methods evaluated were: total fecal collection (TFC) and indicators: acid insoluble ash (AIA), acid detergent fiber (ADF) and crude fiber (CF). Eight dogs were distributed in Cross Over in split plots (plot: sources of protein; subplot: methods for digestibility), fed by five days of adaptation and five days of total fecal collection. The diet containing SBM had a higher ADC of CP, while the diet containing POM showed higher ADC of all nutrients and metabolizable energy (ME). The ADC and ME determined by the TFC and the indicators did not differ. Thus, the ADC of diets in dogs can be determined by TFC and CF, ADF and AIA indicators, regardless of source of dietary protein.


Objetivou-se avaliar diferentes metodologias de determinação da digestibilidade em cães, alimentados com duas dietas contendo fontes proteicas animal (farinha de vísceras de aves - FVA) e vegetal (farelo de soja - FS). As metodologias avaliadas foram: colheita total de fezes (CTF) e os indicadores cinza insolúvel em ácido (CIA), fibra em detergente ácido (FDA) e fibra bruta (FB). Foram utilizados 8 cães adultos, em delineamento Cross over, em parcela subdividida no tempo (parcela: fontes proteicas; e subparcela: metodologias de digestibilidade). O período experimental foi constituído por cinco dias de adaptação, com cinco dias de colheita total de fezes. A dieta contendo FS apresentou maior CDA da PB, enquanto a dieta contendo FVA apresentou maior CDA dos demais nutrientes e energia metabolizável (EM). Os CDA e EM determinados pela CTF e pelos indicadores não diferiram entre si, podendo ser determinados pelos indicadores FB, FDA e CIA, independentemente da fonte proteica da dieta.

5.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1479357

Resumo

The objective was to evaluate different methods of measuring digestibility in dogs fed two diets containing animal (poultry by products - PBP) and vegetable (soybean meal - SBM) protein sources. The methods evaluated were: total fecal collection (TFC) and indicators: acid insoluble ash (AIA), acid detergent fiber (ADF) and crude fiber (CF). Eight dogs were distributed in Cross Over in split plots (plot: sources of protein; subplot: methods for digestibility), fed by five days of adaptation and five days of total fecal collection. The diet containing SBM had a higher ADC of CP, while the diet containing POM showed higher ADC of all nutrients and metabolizable energy (ME). The ADC and ME determined by the TFC and the indicators did not differ. Thus, the ADC of diets in dogs can be determined by TFC and CF, ADF and AIA indicators, regardless of source of dietary protein.


Objetivou-se avaliar diferentes metodologias de determinação da digestibilidade em cães, alimentados com duas dietas contendo fontes proteicas animal (farinha de vísceras de aves - FVA) e vegetal (farelo de soja - FS). As metodologias avaliadas foram: colheita total de fezes (CTF) e os indicadores cinza insolúvel em ácido (CIA), fibra em detergente ácido (FDA) e fibra bruta (FB). Foram utilizados 8 cães adultos, em delineamento Cross over, em parcela subdividida no tempo (parcela: fontes proteicas; e subparcela: metodologias de digestibilidade). O período experimental foi constituído por cinco dias de adaptação, com cinco dias de colheita total de fezes. A dieta contendo FS apresentou maior CDA da PB, enquanto a dieta contendo FVA apresentou maior CDA dos demais nutrientes e energia metabolizável (EM). Os CDA e EM determinados pela CTF e pelos indicadores não diferiram entre si, podendo ser determinados pelos indicadores FB, FDA e CIA, independentemente da fonte proteica da dieta.

6.
Ci. Rural ; 41(12)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707469

Resumo

The proposal of this study was to evaluate the effect of conjugated linoleic acid (CLA) supplementation on swine diets, reared from 65kg body weight up to slaughter (100kg body weight) on animal performance, cut yields and carcass traits. Two hundred crossbred pigs (JSR x PIC) were used, half barrows and half gilts. The treatments were diets with (+CLA) and without (-CLA) supplementation of CLA. A completely randomly experimental design was used, and for the carcass traits and cut yield it was a 2x2 factorial design (diet and sex). Animals that consumed CLA presented a better average daily gain, decreased backfat thickness and a higher lean meat yield. Meat liquid retention capacity was not affected by diets. Based in these results it is beneficial the inclusion of CLA on finishing pigs feed.


O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de ácido linoléico conjugado (CLA) em dietas de suínos dos 65kg de peso vivo até a fase de abate (100kg) sobre desempenho zootécnico, rendimento de corte e características de carcaça. Foram utilizados 200 suínos provenientes do cruzamento industrial JSR x PIC, em igual proporção de sexo. Os tratamentos foram compostos por dietas com (+CLA) e sem (-CLA) adição de CLA. O delineamento experimental utilizado foi completamente casualizado, sendo as características de carcaça avaliadas em esquema fatorial 2x2 (dieta x sexo). Os animais que consumiram CLA apresentaram melhor ganho de peso diário, redução da espessura de toucinho e maior rendimento de carne magra. A retenção de líquidos da carne não apresentou diferença em relação à dieta. Conclui-se, com base nos resultados, que é benéfica a inclusão de CLA na alimentação de suínos em terminação.

7.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478463

Resumo

The proposal of this study was to evaluate the effect of conjugated linoleic acid (CLA) supplementation on swine diets, reared from 65kg body weight up to slaughter (100kg body weight) on animal performance, cut yields and carcass traits. Two hundred crossbred pigs (JSR x PIC) were used, half barrows and half gilts. The treatments were diets with (+CLA) and without (-CLA) supplementation of CLA. A completely randomly experimental design was used, and for the carcass traits and cut yield it was a 2x2 factorial design (diet and sex). Animals that consumed CLA presented a better average daily gain, decreased backfat thickness and a higher lean meat yield. Meat liquid retention capacity was not affected by diets. Based in these results it is beneficial the inclusion of CLA on finishing pigs feed.


O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de ácido linoléico conjugado (CLA) em dietas de suínos dos 65kg de peso vivo até a fase de abate (100kg) sobre desempenho zootécnico, rendimento de corte e características de carcaça. Foram utilizados 200 suínos provenientes do cruzamento industrial JSR x PIC, em igual proporção de sexo. Os tratamentos foram compostos por dietas com (+CLA) e sem (-CLA) adição de CLA. O delineamento experimental utilizado foi completamente casualizado, sendo as características de carcaça avaliadas em esquema fatorial 2x2 (dieta x sexo). Os animais que consumiram CLA apresentaram melhor ganho de peso diário, redução da espessura de toucinho e maior rendimento de carne magra. A retenção de líquidos da carne não apresentou diferença em relação à dieta. Conclui-se, com base nos resultados, que é benéfica a inclusão de CLA na alimentação de suínos em terminação.

8.
Ci. Rural ; 40(12)2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706879

Resumo

Soy is a grain rich in protein and lipids, from which its obtained different protein products of high nutritional value. This study aimed to analyze the chemical composition of different soy-protein products, as well as the characteristics of the extruded produced. Six diets were formulated, a reference and five with 30% soy product (defatted soy flour - DSF, micronized, soybean meal, crude grain or toasted grain), which were extruded. Soy products and diets were submitted to chemical analyses and process quality. The DSF and soybean meal presented the highest crude protein content, while the toasted and crude soybeans and micronized soy presented the highest acid hydrolyses ether extract and crude energy content. The crude soybean presented the highest ureatic activity and trypsin inhibitor activity, even after the diet extrusion. The soy beans and micronized soy extruded presented the highest density and the lowest hardness, water absorption index and starch gelatinization degree. Soy-protein products present high nutritional value, however they should be heated before extrusion to complete inhibition of trypsin inhibitor. Besides, soy products with high fat content, such as soybean and micronized soybean, when added to 30% reduced the extruded quality.


A soja é um grão rico em proteínas e lipídeos, a partir do qual se obtém diversos derivados proteicos de alto valor nutricional. Em virtude disso, realizou-se este estudo com o objetivo de analisar a composição bromatológica de derivados proteicos de soja, bem como as características físico-químicas dos extrusados formados a partir destes. Foram formuladas seis dietas para cães, uma referência e cinco contendo 30% de derivados de soja (farinha desengordurada - FDS, micronizada, farelo, grão integral e grão tostado), as quais foram extrusadas. Os derivados de soja e as dietas foram submetidos a análises bromatológicas e de qualidade do processamento. A FDS e o farelo de soja apresentaram os maiores teores de proteína bruta, enquanto os grãos de soja integral e tostado e a soja micronizada apresentaram os maiores teores de extrato etéreo em hidrólise ácida e energia bruta. A soja grão integral apresentou a maior atividade ureásica e inibitória de tripsina, mesmo após a extrusão da dieta. Os extrusados contendo as sojas grão e micronizada apresentaram as maiores densidades e as menores durezas, índice de absorção de água e grau de gelatinização do amido. Derivados proteicos de soja apresentam alto valor nutricional, entretanto, devem ser termicamente processados antes da extrusão para completa inativação do inibidor de tripsina. Além do mais, derivados contendo alto teor de lipídeos, como soja grão e micronizada, quando adicionados em 30% da fórmula, comprometem a qualidade do extrusado.

9.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478011

Resumo

Soy is a grain rich in protein and lipids, from which its obtained different protein products of high nutritional value. This study aimed to analyze the chemical composition of different soy-protein products, as well as the characteristics of the extruded produced. Six diets were formulated, a reference and five with 30% soy product (defatted soy flour - DSF, micronized, soybean meal, crude grain or toasted grain), which were extruded. Soy products and diets were submitted to chemical analyses and process quality. The DSF and soybean meal presented the highest crude protein content, while the toasted and crude soybeans and micronized soy presented the highest acid hydrolyses ether extract and crude energy content. The crude soybean presented the highest ureatic activity and trypsin inhibitor activity, even after the diet extrusion. The soy beans and micronized soy extruded presented the highest density and the lowest hardness, water absorption index and starch gelatinization degree. Soy-protein products present high nutritional value, however they should be heated before extrusion to complete inhibition of trypsin inhibitor. Besides, soy products with high fat content, such as soybean and micronized soybean, when added to 30% reduced the extruded quality.


A soja é um grão rico em proteínas e lipídeos, a partir do qual se obtém diversos derivados proteicos de alto valor nutricional. Em virtude disso, realizou-se este estudo com o objetivo de analisar a composição bromatológica de derivados proteicos de soja, bem como as características físico-químicas dos extrusados formados a partir destes. Foram formuladas seis dietas para cães, uma referência e cinco contendo 30% de derivados de soja (farinha desengordurada - FDS, micronizada, farelo, grão integral e grão tostado), as quais foram extrusadas. Os derivados de soja e as dietas foram submetidos a análises bromatológicas e de qualidade do processamento. A FDS e o farelo de soja apresentaram os maiores teores de proteína bruta, enquanto os grãos de soja integral e tostado e a soja micronizada apresentaram os maiores teores de extrato etéreo em hidrólise ácida e energia bruta. A soja grão integral apresentou a maior atividade ureásica e inibitória de tripsina, mesmo após a extrusão da dieta. Os extrusados contendo as sojas grão e micronizada apresentaram as maiores densidades e as menores durezas, índice de absorção de água e grau de gelatinização do amido. Derivados proteicos de soja apresentam alto valor nutricional, entretanto, devem ser termicamente processados antes da extrusão para completa inativação do inibidor de tripsina. Além do mais, derivados contendo alto teor de lipídeos, como soja grão e micronizada, quando adicionados em 30% da fórmula, comprometem a qualidade do extrusado.

10.
Ci. Rural ; 40(10)2010.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-707055

Resumo

Considering the benefice demonstrated by the modulating action of probiotics on the host intestinal microbiota, this study aimed to evaluate diet digestibility and fecal characteristics of dogs fed with diets supplemented with Bacillus subtilis (C-3102). Twelve young Beagle dogs were distributed in a completely randomized experimental design consisting of two treatments: diet with no addition or with the addition of 0.01% Bacillus subtilis (C-3102). Dogs passed through 25 days of adaptation to the diets, and five days of total feces collection. The following fecal characteristics were evaluated: pH, fecal score (1 - watery feces; 5: dry and hard feces), and ammonia content. Diet mean digestibility was compared by the Tukey test, and fecal characteristics by the Tukey-Kramer test. Diet digestibility was not different between treatments, but dogs supplemented with the tested probiotic presented dryer feces (39.1% vs. 36.5% dry matter), higher fecal score (3.4 vs. 3.0) and lower fecal ammonia content (0.45% vs. 0.56%), than dogs fed with the control diet. The dietary supplementation with Bacillus subtilis (C-3102) improves fecal texture and odor in dogs.


Em virtude da capacidade moduladora dos probióticos sobre a microbiota intestinal a favor da saúde do hospedeiro, objetivou-se, com este estudo, avaliar a digestibilidade e as características das fezes de cães suplementados com Bacillus subtilis (C-3102) na dieta. Foram utilizados 12 cães adultos da raça Beagle, os quais foram distribuídos inteiramente ao acaso, em dois tratamentos: dieta controle e dieta com adição de 0,01% de Bacillus subtilis (C-3102). Os animais passaram por 25 dias de adaptação às dietas e por cinco dias para colheita total de fezes. As características das fezes foram avaliadas por meio da matéria seca, do escore (1: fezes moles, malformadas a 5: fezes secas e duras), do pH, da amônia e da produção de fezes. Não houve diferença na digestibilidade; entretanto, os cães suplementados com probiótico apresentaram fezes mais secas (39,1% vs. 36,5% de matéria seca), com maior escore (3,4 vs. 3,0) e menor teor de amônia (0,45% vs. 0,56%), quando comparados com os alimentados com a dieta controle. A suplementação com Bacillus subtilis (C-3102) melhora a consistência e diminui o odor das fezes dos cães.

11.
Ci. Rural ; 40(10)2010.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-706812

Resumo

Considering the benefice demonstrated by the modulating action of probiotics on the host intestinal microbiota, this study aimed to evaluate diet digestibility and fecal characteristics of dogs fed with diets supplemented with Bacillus subtilis (C-3102). Twelve young Beagle dogs were distributed in a completely randomized experimental design consisting of two treatments: diet with no addition or with the addition of 0.01% Bacillus subtilis (C-3102). Dogs passed through 25 days of adaptation to the diets, and five days of total feces collection. The following fecal characteristics were evaluated: pH, fecal score (1 - watery feces; 5: dry and hard feces), and ammonia content. Diet mean digestibility was compared by the Tukey test, and fecal characteristics by the Tukey-Kramer test. Diet digestibility was not different between treatments, but dogs supplemented with the tested probiotic presented dryer feces (39.1% vs. 36.5% dry matter), higher fecal score (3.4 vs. 3.0) and lower fecal ammonia content (0.45% vs. 0.56%), than dogs fed with the control diet. The dietary supplementation with Bacillus subtilis (C-3102) improves fecal texture and odor in dogs.


Em virtude da capacidade moduladora dos probióticos sobre a microbiota intestinal a favor da saúde do hospedeiro, objetivou-se, com este estudo, avaliar a digestibilidade e as características das fezes de cães suplementados com Bacillus subtilis (C-3102) na dieta. Foram utilizados 12 cães adultos da raça Beagle, os quais foram distribuídos inteiramente ao acaso, em dois tratamentos: dieta controle e dieta com adição de 0,01% de Bacillus subtilis (C-3102). Os animais passaram por 25 dias de adaptação às dietas e por cinco dias para colheita total de fezes. As características das fezes foram avaliadas por meio da matéria seca, do escore (1: fezes moles, malformadas a 5: fezes secas e duras), do pH, da amônia e da produção de fezes. Não houve diferença na digestibilidade; entretanto, os cães suplementados com probiótico apresentaram fezes mais secas (39,1% vs. 36,5% de matéria seca), com maior escore (3,4 vs. 3,0) e menor teor de amônia (0,45% vs. 0,56%), quando comparados com os alimentados com a dieta controle. A suplementação com Bacillus subtilis (C-3102) melhora a consistência e diminui o odor das fezes dos cães.

12.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477938

Resumo

Considering the benefice demonstrated by the modulating action of probiotics on the host intestinal microbiota, this study aimed to evaluate diet digestibility and fecal characteristics of dogs fed with diets supplemented with Bacillus subtilis (C-3102). Twelve young Beagle dogs were distributed in a completely randomized experimental design consisting of two treatments: diet with no addition or with the addition of 0.01% Bacillus subtilis (C-3102). Dogs passed through 25 days of adaptation to the diets, and five days of total feces collection. The following fecal characteristics were evaluated: pH, fecal score (1 - watery feces; 5: dry and hard feces), and ammonia content. Diet mean digestibility was compared by the Tukey test, and fecal characteristics by the Tukey-Kramer test. Diet digestibility was not different between treatments, but dogs supplemented with the tested probiotic presented dryer feces (39.1% vs. 36.5% dry matter), higher fecal score (3.4 vs. 3.0) and lower fecal ammonia content (0.45% vs. 0.56%), than dogs fed with the control diet. The dietary supplementation with Bacillus subtilis (C-3102) improves fecal texture and odor in dogs.


Em virtude da capacidade moduladora dos probióticos sobre a microbiota intestinal a favor da saúde do hospedeiro, objetivou-se, com este estudo, avaliar a digestibilidade e as características das fezes de cães suplementados com Bacillus subtilis (C-3102) na dieta. Foram utilizados 12 cães adultos da raça Beagle, os quais foram distribuídos inteiramente ao acaso, em dois tratamentos: dieta controle e dieta com adição de 0,01% de Bacillus subtilis (C-3102). Os animais passaram por 25 dias de adaptação às dietas e por cinco dias para colheita total de fezes. As características das fezes foram avaliadas por meio da matéria seca, do escore (1: fezes moles, malformadas a 5: fezes secas e duras), do pH, da amônia e da produção de fezes. Não houve diferença na digestibilidade; entretanto, os cães suplementados com probiótico apresentaram fezes mais secas (39,1% vs. 36,5% de matéria seca), com maior escore (3,4 vs. 3,0) e menor teor de amônia (0,45% vs. 0,56%), quando comparados com os alimentados com a dieta controle. A suplementação com Bacillus subtilis (C-3102) melhora a consistência e diminui o odor das fezes dos cães.

13.
Sci. agric ; 66(6)2009.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1497017

Resumo

Ruminal gases, particularly methane, generated during the fermentative process in rumen, represent a partial loss of feed energy and are also pointed to as an important factors in greenhouse effect. This study aimed at quantifying methane (CH4) emission rates from lactating and dry cows and heifers, 24 month-old in average, on pasture under Southeast Brazil tropical conditions, using the tracer gas technique, sulphur hexafluoride (SF6), four animals per category, distributed in four blocks. Measurements were performed in February and June, 2002, with Holstein and Brazilian Dairy Crossbred (Holstein ¾ x Gir (Zebu) »), maintained on fertilized Tanzania-grass (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) and fertilized Brachiaria-grass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) pastures. Heifers of both breeds were maintained on unfertilized Brachiaria-grass to simulate conditions of extensive cattle farming systems. CH4 and SF6 levels were measured with gas chromatography. Differences in CH4 emissions were measured (p 0.05) for genetical groups. Holstein produced more methane (299.3 g day-1) than the Crossbred (264.2 g day-1). Lactating cows produced more methane (353.8 g day-1) than dry cows (268.8 g day-1) and heifers (222.6 g day-1). Holstein, with greater milk production potential, produced less CH4 (p 0.05) per unit of dry matter intake (19.1 g kg-1) than the Crossbred (22.0 g kg-1). Methane emission by heifers grazing fertilized pasture (intensive system) was 222.6 g day-1, greater (p 0.05) than that of heifers on unfertilized pasture (179.2 g day-1). Methane emission varied as function of animal category and management intensity of production system.


Gases gerados durante o processo de fermantação ruminal, metano em particular, representam não só uma perda parcial de energia da alimentação como também são apontados como importantes fatores do efeito-estufa. Quantificaram-se as taxas de emissão de metano (CH4) ruminal por vacas em lactação, vacas secas e novilhas com idade média de 24 meses, em pastejo sob condições tropicais do sudeste brasileiro, utilizando a técnica do gás traçador hexafluoreto de enxôfre (SF6). Foram utilizados quatro animais para cada categoria, distribuídos em quatro blocos. As medições foram realizadas em fevereiro e junho de 2002, com animais da raça Holandesa e Mestiça Leiteira Holandês ¾ x Gir » - Mestiças, mantidos em pastagem de capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) e capim-braquiária (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) adubadas, e também novilhas de ambas as raças em pastagens de capim-brachiaria sem adubação, simulando as condições de produção extensiva. As concentrações de CH4 e SF6 foram determinadas por cromatografia gasosa. Foram encontradas diferenças na emissão de metano (p 0,05) entre os grupos genéticos. Animais da raça holandesa produziram mais metano (299,3 g dia-1) que as mestiças (264,2 g dia-1). Vacas secas e novilhas produzem menos metano (g dia-1) que vacas em lactação. A média de emissão de metano (g dia-1) pelas vacas secas e novilhas foi de 268,8 e 222,6 g respectivamente e as vacas em lactação 353,8 g. Os animais da raça holandesa, com maior potencial de produção de leite, perderam menos CH4 (p 0,05) por unidade de matéria seca ingerida (19,1 g kg-1) que as mestiças (22,0 g kg-1). A produção de metano pelas novilhas mantidas em pastagens adubadas (sistema intensivo) foi de 222,6 g dia-1, maior (p 0,05) que os animais desta categoria em pastagens não adubadas (179,2 g dia-1). A produção de metano variou em função da categoria de animal e pelo sistema de produção imposto aos animais.

14.
Sci. agric. ; 66(6)2009.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440422

Resumo

Ruminal gases, particularly methane, generated during the fermentative process in rumen, represent a partial loss of feed energy and are also pointed to as an important factors in greenhouse effect. This study aimed at quantifying methane (CH4) emission rates from lactating and dry cows and heifers, 24 month-old in average, on pasture under Southeast Brazil tropical conditions, using the tracer gas technique, sulphur hexafluoride (SF6), four animals per category, distributed in four blocks. Measurements were performed in February and June, 2002, with Holstein and Brazilian Dairy Crossbred (Holstein ¾ x Gir (Zebu) »), maintained on fertilized Tanzania-grass (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) and fertilized Brachiaria-grass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) pastures. Heifers of both breeds were maintained on unfertilized Brachiaria-grass to simulate conditions of extensive cattle farming systems. CH4 and SF6 levels were measured with gas chromatography. Differences in CH4 emissions were measured (p 0.05) for genetical groups. Holstein produced more methane (299.3 g day-1) than the Crossbred (264.2 g day-1). Lactating cows produced more methane (353.8 g day-1) than dry cows (268.8 g day-1) and heifers (222.6 g day-1). Holstein, with greater milk production potential, produced less CH4 (p 0.05) per unit of dry matter intake (19.1 g kg-1) than the Crossbred (22.0 g kg-1). Methane emission by heifers grazing fertilized pasture (intensive system) was 222.6 g day-1, greater (p 0.05) than that of heifers on unfertilized pasture (179.2 g day-1). Methane emission varied as function of animal category and management intensity of production system.


Gases gerados durante o processo de fermantação ruminal, metano em particular, representam não só uma perda parcial de energia da alimentação como também são apontados como importantes fatores do efeito-estufa. Quantificaram-se as taxas de emissão de metano (CH4) ruminal por vacas em lactação, vacas secas e novilhas com idade média de 24 meses, em pastejo sob condições tropicais do sudeste brasileiro, utilizando a técnica do gás traçador hexafluoreto de enxôfre (SF6). Foram utilizados quatro animais para cada categoria, distribuídos em quatro blocos. As medições foram realizadas em fevereiro e junho de 2002, com animais da raça Holandesa e Mestiça Leiteira Holandês ¾ x Gir » - Mestiças, mantidos em pastagem de capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) e capim-braquiária (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) adubadas, e também novilhas de ambas as raças em pastagens de capim-brachiaria sem adubação, simulando as condições de produção extensiva. As concentrações de CH4 e SF6 foram determinadas por cromatografia gasosa. Foram encontradas diferenças na emissão de metano (p 0,05) entre os grupos genéticos. Animais da raça holandesa produziram mais metano (299,3 g dia-1) que as mestiças (264,2 g dia-1). Vacas secas e novilhas produzem menos metano (g dia-1) que vacas em lactação. A média de emissão de metano (g dia-1) pelas vacas secas e novilhas foi de 268,8 e 222,6 g respectivamente e as vacas em lactação 353,8 g. Os animais da raça holandesa, com maior potencial de produção de leite, perderam menos CH4 (p 0,05) por unidade de matéria seca ingerida (19,1 g kg-1) que as mestiças (22,0 g kg-1). A produção de metano pelas novilhas mantidas em pastagens adubadas (sistema intensivo) foi de 222,6 g dia-1, maior (p 0,05) que os animais desta categoria em pastagens não adubadas (179,2 g dia-1). A produção de metano variou em função da categoria de animal e pelo sistema de produção imposto aos animais.

15.
Ci. Rural ; 39(8)2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706130

Resumo

The physical characteristics of the diet, including particle size, exert important role in animals diet usage. So, the current study aimed to evaluate the effect of diet granulometry on nutrients digestibility and metabolizability of energy in dogs. Eight adult Beagle dogs were distributed in a double latin square design (4 x 4), totaling eight replicates in time. The ingredients of diets were ground in sieves of: 0.8, 1.0, 1.2 and 1.5mm, and the diets particle size were expressed as geometric mean diameter (GMD): 468, 476, 499 and 588µm, respectively. Each experimental period was composed by five days for diet adaptation and five days of total feces collection. The correlation and regression analyses showed a negative relationship between GMD and coefficient of apparent digestibility (CAD) of crude protein (y=94.82-42.05x), acid ether extract (y=86.57-35.02x), nitrogen free-extract (y=102.48-48.42x) and metabolizable energy (y=3597.56-1697.00x). It was not observed effect of GMD on dry matter intake and dry matter CAD. There was lower fecal score with increasing GMD of foods. Therefore, the lowest particle size of food resulted in better use of nutrients and diet energy and production of drier feces by dogs.


As características físicas da dieta, dentre elas a granulometria, exercem importante papel no aproveitamento da dieta pelos animais. Desse modo, o presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da granulometria da dieta sobre a digestibilidade e a metabolizabilidade da energia de rações secas extrusadas para cães. Oito cães adultos da raça Beagle foram distribuídos em delineamento quadrado latino duplo (4 x 4), totalizando oito repetições no tempo. Os ingredientes foram moídos em peneiras de 0,8; 1,0; 1,2 e 1,5mm, resultando em rações com diâmetro geométrico médio (DGM) de 468, 476, 499 e 588µm, respectivamente. Cada período experimental foi composto por cinco dias para adaptação às dietas e cinco dias de coleta total de fezes. As análises de correlação e regressão linear demonstraram relação negativa entre o DGM e os coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) da proteína bruta (y=94,82-42,05x), o extrato etéreo em hidrólise ácida (y=86,57-35,02x), os extrativos não nitrogenados (y=102,48-48,42x) e a energia metabolizável (y=3597,56-1697,00x). Não foi observado efeito do DGM sobre o consumo de matéria seca e o CDA da matéria seca. Houve piora na qualidade das fezes à medida que o DGM das dietas aumentou. Portanto, a menor granulometria da ração está relacionada ao melhor aproveitamento dos nutrientes e à energia da dieta e à produção de fezes de melhor qualidade pelos cães.

16.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477809

Resumo

The physical characteristics of the diet, including particle size, exert important role in animals diet usage. So, the current study aimed to evaluate the effect of diet granulometry on nutrients digestibility and metabolizability of energy in dogs. Eight adult Beagle dogs were distributed in a double latin square design (4 x 4), totaling eight replicates in time. The ingredients of diets were ground in sieves of: 0.8, 1.0, 1.2 and 1.5mm, and the diets particle size were expressed as geometric mean diameter (GMD): 468, 476, 499 and 588µm, respectively. Each experimental period was composed by five days for diet adaptation and five days of total feces collection. The correlation and regression analyses showed a negative relationship between GMD and coefficient of apparent digestibility (CAD) of crude protein (y=94.82-42.05x), acid ether extract (y=86.57-35.02x), nitrogen free-extract (y=102.48-48.42x) and metabolizable energy (y=3597.56-1697.00x). It was not observed effect of GMD on dry matter intake and dry matter CAD. There was lower fecal score with increasing GMD of foods. Therefore, the lowest particle size of food resulted in better use of nutrients and diet energy and production of drier feces by dogs.


As características físicas da dieta, dentre elas a granulometria, exercem importante papel no aproveitamento da dieta pelos animais. Desse modo, o presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da granulometria da dieta sobre a digestibilidade e a metabolizabilidade da energia de rações secas extrusadas para cães. Oito cães adultos da raça Beagle foram distribuídos em delineamento quadrado latino duplo (4 x 4), totalizando oito repetições no tempo. Os ingredientes foram moídos em peneiras de 0,8; 1,0; 1,2 e 1,5mm, resultando em rações com diâmetro geométrico médio (DGM) de 468, 476, 499 e 588µm, respectivamente. Cada período experimental foi composto por cinco dias para adaptação às dietas e cinco dias de coleta total de fezes. As análises de correlação e regressão linear demonstraram relação negativa entre o DGM e os coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) da proteína bruta (y=94,82-42,05x), o extrato etéreo em hidrólise ácida (y=86,57-35,02x), os extrativos não nitrogenados (y=102,48-48,42x) e a energia metabolizável (y=3597,56-1697,00x). Não foi observado efeito do DGM sobre o consumo de matéria seca e o CDA da matéria seca. Houve piora na qualidade das fezes à medida que o DGM das dietas aumentou. Portanto, a menor granulometria da ração está relacionada ao melhor aproveitamento dos nutrientes e à energia da dieta e à produção de fezes de melhor qualidade pelos cães.

17.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 37(2): 151-155, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1456695

Resumo

A determinação dos níveis de proteína C reativa vem se tornando uma ferramenta bastante útil na clínica canina para a avaliação de variados tipos de quadros infecciosos e inflamatórios, porém a técnica correntemente utilizada é pouco acessível economicamente e comercialmente indisponível no Brasil. O presente estudo teve como objetivos testar uma técnica acessível e de fácil realização para a determinação clínica dos níveis séricos de proteína C reativa em cães. O soro originário de coleta sanguínea venosa de trinta cães em jejum de 12 horas, machos e fêmeas, clinicamente sadios, separados em grupo controle (n=15) e grupo obeso (n=15) foi submetido simultaneamente às duas técnicas para determinação dos níveis de proteína C reativa, considerando-se a de uso corrente (ELISA) o gold standard. A partir da aplicação de análise de variância (ANOVA) não paramétrica e teste de Wilcoxon, valores mais baixos de proteína C reativa foram observados para o grupo obeso, tanto através de ELISA (p 0,001) quanto de aglutinação em látex (p 0,01). Além disso, as técnicas mostraram uma correlação positiva significativa entre si (p 0,001; R2 = 0,62). A aglutinação em látex mostrou ser um teste eficaz e clinicamente útil para a determinação semiquantitativa dos níveis de proteína C reativa na espécie canina.

18.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 37(1): 79-83, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1456671

Resumo

A efusão pericárdica em cães frequentemente é idiopática ou secundária à neoplasia. O acúmulo de líquido causa aumento da pressão intrapericárdica e alterações hemodinâmicas. Este trabalho relata o tratamento cirúrgico através de pericardiectomia parcial toracoscópica em um cão com efusão pericárdica recidivante. Acredita-se que esta seja a primeira descrição da utilização desta técnica, em caso clínico, no Brasil. Foi atendido, no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS, um cão Akita, macho, de 11 anos, com sinais clínicos compatíveis com efusão pericárdica, confirmada através de exames complementares (radiografia torácica, eletrocardiografia e ecografia). Após duas pericardiocenteses com recidiva do acúmulo de líquido, o paciente foi submetido à videotoracoscopia intercostal para realização de pericardiectomia parcial. Após 76 dias da cirurgia, o animal veio a óbito, contudo não decorrente de efusão pericárdica. No presente caso, a técnica minimamente invasiva se mostrou efetiva, sendo considerada rápida, de fácil realização e sem complicações pós-operatórias significativas.

19.
Sci. agric ; 63(6)2006.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1496682

Resumo

Despite the possible influence of tannins on the nutritional value of the forages from Caatinga vegetation, there are few studies that evaluated their tannin concentration. This study was conducted to characterize condensed tannins present in the legumes species Mimosa hostilis (Jurema Preta), Mimosa caesalpinifolia (Sabiá) and Bauhinia cheilantha (Mororó), at three stages of their phenological cycle. The concentration of soluble tannin (ST), bound tannin (BT) and total tannin (TT) were determined using the butanol-HCL method; astringency was by the radial diffusion method, and the monomeric composition of purified tannins by a high-performance liquid chromatograph with delphinidin, cyanidin and pelargonidin as standards. Concentration and astringency of purified condensed tannins, as well as their monomeric composition varied between species, and in some cases among phenological cycles. The values observed were always above the limits considered beneficial for ruminal digestion (i.e. 5%). Jurema Preta presented the highest values (30.98% TT and 22% astringency at full growth stage), and Mororó the lowest (10.38% TT and 14% astringency during fructification). Jurema Preta presented a mean relationship prodelfinidin (PD): procyanidin (PC) of 97:3, which did not vary during the phenological cycle, showing the high astringent capacity of these tannins. Sabiá presented a relationship of 90:20 during full growth and flowering stages, decreasing to 40:50 at fructification. In Mororó the PD:PC relationship was more equilibrated, around 40:50 during full growth and flowering stages, decreasing to 35:60 During fructification. Propelargonidin was not detected or was present at low concentration in the three species.


Apesar da possível influência do tanino sobre o valor nutritivo das forrageiras da Caatinga, poucos são os estudos que avaliam a concentração de taninos nestas plantas. O objetivo do presente estudo foi caracterizar os taninos condensados presentes nas espécies Mimosa hostilis (Jurema Preta), Mimosa caesalpinifolia (Sabiá) e Bauhinia cheilantha (Mororó), em três fases do ciclo fenológico. As concentrações de tanino solúvel (TS), tanino ligado ao resíduo (TL) e tanino total (TT) foram determinadas pelo método butanol-HCl; a adstringência foi avaliada pelo método de difusão radial e a composição de monômeros dos taninos purificados através do sistema de cromatografia líquida de alta resolução, utilizando delfinidina, cianidina e pelargonidina como padrões. A concentração e adstringência dos taninos condensados purificados, assim como sua composição monomérica, variou entre as espécies e, em alguns casos, entre os ciclos fenológicos. Os valores foram superiores aos considerados benéficos a digestão ruminal (5%). Jurema Preta apresentou os maiores valores (30,98% TT e 22% de adstringência na vegetação plena) e Mororó os menores valores observados (10,38 TT e 14% de adstringência na frutificação). A Jurema Preta apresentou uma relação prodelfinidina (PD):procianidina (PC) média de 97:3 que se mostrou pouco variável, indicando uma alta capacidade adstringente dos taninos desta espécie em todas as fases do ciclo fenológico. O Sábia apresentou uma relação de 90:20 nas fases de vegetação plena e floração, diminuindo para 40:50 na fase de frutificação. A relação PD:PC do Mororó foi mais equilibrada, oscilando em torno de 40:50 nas fases de vegetação plena e floração e reduzindo para 35:60 durante a frutificação. A propelargonidina esteve ausente ou em pequena concentração nas espécies estudadas.

20.
Sci. agric. ; 63(6)2006.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440106

Resumo

Despite the possible influence of tannins on the nutritional value of the forages from Caatinga vegetation, there are few studies that evaluated their tannin concentration. This study was conducted to characterize condensed tannins present in the legumes species Mimosa hostilis (Jurema Preta), Mimosa caesalpinifolia (Sabiá) and Bauhinia cheilantha (Mororó), at three stages of their phenological cycle. The concentration of soluble tannin (ST), bound tannin (BT) and total tannin (TT) were determined using the butanol-HCL method; astringency was by the radial diffusion method, and the monomeric composition of purified tannins by a high-performance liquid chromatograph with delphinidin, cyanidin and pelargonidin as standards. Concentration and astringency of purified condensed tannins, as well as their monomeric composition varied between species, and in some cases among phenological cycles. The values observed were always above the limits considered beneficial for ruminal digestion (i.e. 5%). Jurema Preta presented the highest values (30.98% TT and 22% astringency at full growth stage), and Mororó the lowest (10.38% TT and 14% astringency during fructification). Jurema Preta presented a mean relationship prodelfinidin (PD): procyanidin (PC) of 97:3, which did not vary during the phenological cycle, showing the high astringent capacity of these tannins. Sabiá presented a relationship of 90:20 during full growth and flowering stages, decreasing to 40:50 at fructification. In Mororó the PD:PC relationship was more equilibrated, around 40:50 during full growth and flowering stages, decreasing to 35:60 During fructification. Propelargonidin was not detected or was present at low concentration in the three species.


Apesar da possível influência do tanino sobre o valor nutritivo das forrageiras da Caatinga, poucos são os estudos que avaliam a concentração de taninos nestas plantas. O objetivo do presente estudo foi caracterizar os taninos condensados presentes nas espécies Mimosa hostilis (Jurema Preta), Mimosa caesalpinifolia (Sabiá) e Bauhinia cheilantha (Mororó), em três fases do ciclo fenológico. As concentrações de tanino solúvel (TS), tanino ligado ao resíduo (TL) e tanino total (TT) foram determinadas pelo método butanol-HCl; a adstringência foi avaliada pelo método de difusão radial e a composição de monômeros dos taninos purificados através do sistema de cromatografia líquida de alta resolução, utilizando delfinidina, cianidina e pelargonidina como padrões. A concentração e adstringência dos taninos condensados purificados, assim como sua composição monomérica, variou entre as espécies e, em alguns casos, entre os ciclos fenológicos. Os valores foram superiores aos considerados benéficos a digestão ruminal (5%). Jurema Preta apresentou os maiores valores (30,98% TT e 22% de adstringência na vegetação plena) e Mororó os menores valores observados (10,38 TT e 14% de adstringência na frutificação). A Jurema Preta apresentou uma relação prodelfinidina (PD):procianidina (PC) média de 97:3 que se mostrou pouco variável, indicando uma alta capacidade adstringente dos taninos desta espécie em todas as fases do ciclo fenológico. O Sábia apresentou uma relação de 90:20 nas fases de vegetação plena e floração, diminuindo para 40:50 na fase de frutificação. A relação PD:PC do Mororó foi mais equilibrada, oscilando em torno de 40:50 nas fases de vegetação plena e floração e reduzindo para 35:60 durante a frutificação. A propelargonidina esteve ausente ou em pequena concentração nas espécies estudadas.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA