Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 41(11)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707609

Resumo

Two experiments were carried out to evaluate the effects of diets with different corn grain textures and amylase supplementation on nutrients digestibility and nursery piglets' performance. Twelve castrated piglets (7.96±0.31kg) were individually housed in metabolic crates and 75 piglets (7.87±0.67kg) penned in 15 nursery pens. In both experiments the treatments consisted of three isonutritive diets: 1. semi dent corn grain; 2. flint corn grain, and 3. flint corn grain + amylase. There was effect of treatments (P 0.05) in digestible (DE) and metabolisable energy (ME), with the semi dent corn grain diet having DE and ME higher values (3872 versus 3767kcal DE kg-1 and 3778 versus 3660kcal ME kg-1, respectively) than flint dent corn grain diet. The amylase addition increased the DE and ME in flint dent corn diet (3872 versus 3826kcal DE kg-1 and 3778 versus 3742kcal ME kg-1, respectively). The corn grain characteristics didn't influence (P 0.05) feed intake, average daily gain and feed conversion and amylase addition didn't affect (P>0.05) the performance characteristics studied. In conclusion, diets with flint or semi dent corns and amylase supplementation did not improve the performance of piglets. On the other hand, semi dent corn diet has more digestible energy in comparison with flint corn diet and amylase addition increase energy values of flint corn diet.


Dois experimentos foram realizados para avaliar a influência de milhos com diferentes texturas de endosperma e adição de alfa amilase na digestibilidade de dietas e no desempenho de leitões na fase de creche. No ensaio de digestibilidade, foram usados 12 leitões castrados (7,96±0,31kg), alojados individualmente em gaiolas de metabolismo, enquanto no desempenho utilizaram-se 75 leitões (7,87±0,67kg) distribuídos em 15 gaiolas de creche. Nos dois experimentos, os tratamentos consistiram de três dietas formuladas para serem isonutritivas, mas com milhos de diferentes texturas e adição ou não de alfa amilase, conforme descrito a seguir: 1. grãos de milho semi-dentado; 2. grãos de milho duro e; 3. grãos de milho duro + alfa-amilase. Os resultados de metabolismo mostraram que os valores de energia digestível (ED) e metabolizável (EM) das dietas foram influenciados pelos tipos de milho, sendo o semi-dentado superior (P 0,05) ao milho duro (3872 versus 3767kcal ED kg-1 e 3778 versus 3660kcal EM kg-1, respectivamente). A inclusão de amilase à dieta com milho duro fez com que os valores de ED e EM (P 0,05) se aproximassem dos valores obtidos com milho semi-dentado (3872 versus 3826kcal ED kg-1 e 3778 versus 3742kcal EM kg-1, respectivamente). No experimento de desempenho, não foram observadas diferenças (P>0,05) entre os tratamentos no consumo de ração, ganho de peso e/ou conversão alimentar. Dietas com milho duro ou semi-dentado e adição de alfa-amilase não alteram o desempenho dos leitões. Por outro lado, dietas contendo milho semi-dentado apresentam maior energia digestível que dietas com milho duro e a adição de alfa-amilase aumenta a energia de dietas com milho duro.

2.
Ci. Rural ; 41(11)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707442

Resumo

Two experiments were carried out to evaluate the effects of diets with different corn grain textures and amylase supplementation on nutrients digestibility and nursery piglets' performance. Twelve castrated piglets (7.96±0.31kg) were individually housed in metabolic crates and 75 piglets (7.87±0.67kg) penned in 15 nursery pens. In both experiments the treatments consisted of three isonutritive diets: 1. semi dent corn grain; 2. flint corn grain, and 3. flint corn grain + amylase. There was effect of treatments (P 0.05) in digestible (DE) and metabolisable energy (ME), with the semi dent corn grain diet having DE and ME higher values (3872 versus 3767kcal DE kg-1 and 3778 versus 3660kcal ME kg-1, respectively) than flint dent corn grain diet. The amylase addition increased the DE and ME in flint dent corn diet (3872 versus 3826kcal DE kg-1 and 3778 versus 3742kcal ME kg-1, respectively). The corn grain characteristics didn't influence (P 0.05) feed intake, average daily gain and feed conversion and amylase addition didn't affect (P>0.05) the performance characteristics studied. In conclusion, diets with flint or semi dent corns and amylase supplementation did not improve the performance of piglets. On the other hand, semi dent corn diet has more digestible energy in comparison with flint corn diet and amylase addition increase energy values of flint corn diet.


Dois experimentos foram realizados para avaliar a influência de milhos com diferentes texturas de endosperma e adição de alfa amilase na digestibilidade de dietas e no desempenho de leitões na fase de creche. No ensaio de digestibilidade, foram usados 12 leitões castrados (7,96±0,31kg), alojados individualmente em gaiolas de metabolismo, enquanto no desempenho utilizaram-se 75 leitões (7,87±0,67kg) distribuídos em 15 gaiolas de creche. Nos dois experimentos, os tratamentos consistiram de três dietas formuladas para serem isonutritivas, mas com milhos de diferentes texturas e adição ou não de alfa amilase, conforme descrito a seguir: 1. grãos de milho semi-dentado; 2. grãos de milho duro e; 3. grãos de milho duro + alfa-amilase. Os resultados de metabolismo mostraram que os valores de energia digestível (ED) e metabolizável (EM) das dietas foram influenciados pelos tipos de milho, sendo o semi-dentado superior (P 0,05) ao milho duro (3872 versus 3767kcal ED kg-1 e 3778 versus 3660kcal EM kg-1, respectivamente). A inclusão de amilase à dieta com milho duro fez com que os valores de ED e EM (P 0,05) se aproximassem dos valores obtidos com milho semi-dentado (3872 versus 3826kcal ED kg-1 e 3778 versus 3742kcal EM kg-1, respectivamente). No experimento de desempenho, não foram observadas diferenças (P>0,05) entre os tratamentos no consumo de ração, ganho de peso e/ou conversão alimentar. Dietas com milho duro ou semi-dentado e adição de alfa-amilase não alteram o desempenho dos leitões. Por outro lado, dietas contendo milho semi-dentado apresentam maior energia digestível que dietas com milho duro e a adição de alfa-amilase aumenta a energia de dietas com milho duro.

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478433

Resumo

Two experiments were carried out to evaluate the effects of diets with different corn grain textures and amylase supplementation on nutrients digestibility and nursery piglets' performance. Twelve castrated piglets (7.96±0.31kg) were individually housed in metabolic crates and 75 piglets (7.87±0.67kg) penned in 15 nursery pens. In both experiments the treatments consisted of three isonutritive diets: 1. semi dent corn grain; 2. flint corn grain, and 3. flint corn grain + amylase. There was effect of treatments (P 0.05) in digestible (DE) and metabolisable energy (ME), with the semi dent corn grain diet having DE and ME higher values (3872 versus 3767kcal DE kg-1 and 3778 versus 3660kcal ME kg-1, respectively) than flint dent corn grain diet. The amylase addition increased the DE and ME in flint dent corn diet (3872 versus 3826kcal DE kg-1 and 3778 versus 3742kcal ME kg-1, respectively). The corn grain characteristics didn't influence (P 0.05) feed intake, average daily gain and feed conversion and amylase addition didn't affect (P>0.05) the performance characteristics studied. In conclusion, diets with flint or semi dent corns and amylase supplementation did not improve the performance of piglets. On the other hand, semi dent corn diet has more digestible energy in comparison with flint corn diet and amylase addition increase energy values of flint corn diet.


Dois experimentos foram realizados para avaliar a influência de milhos com diferentes texturas de endosperma e adição de alfa amilase na digestibilidade de dietas e no desempenho de leitões na fase de creche. No ensaio de digestibilidade, foram usados 12 leitões castrados (7,96±0,31kg), alojados individualmente em gaiolas de metabolismo, enquanto no desempenho utilizaram-se 75 leitões (7,87±0,67kg) distribuídos em 15 gaiolas de creche. Nos dois experimentos, os tratamentos consistiram de três dietas formuladas para serem isonutritivas, mas com milhos de diferentes texturas e adição ou não de alfa amilase, conforme descrito a seguir: 1. grãos de milho semi-dentado; 2. grãos de milho duro e; 3. grãos de milho duro + alfa-amilase. Os resultados de metabolismo mostraram que os valores de energia digestível (ED) e metabolizável (EM) das dietas foram influenciados pelos tipos de milho, sendo o semi-dentado superior (P 0,05) ao milho duro (3872 versus 3767kcal ED kg-1 e 3778 versus 3660kcal EM kg-1, respectivamente). A inclusão de amilase à dieta com milho duro fez com que os valores de ED e EM (P 0,05) se aproximassem dos valores obtidos com milho semi-dentado (3872 versus 3826kcal ED kg-1 e 3778 versus 3742kcal EM kg-1, respectivamente). No experimento de desempenho, não foram observadas diferenças (P>0,05) entre os tratamentos no consumo de ração, ganho de peso e/ou conversão alimentar. Dietas com milho duro ou semi-dentado e adição de alfa-amilase não alteram o desempenho dos leitões. Por outro lado, dietas contendo milho semi-dentado apresentam maior energia digestível que dietas com milho duro e a adição de alfa-amilase aumenta a energia de dietas com milho duro.

4.
Ci. Rural ; 39(5)2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705973

Resumo

A study was realized to validate models to predict apparent metabolizable energy (AMEn) of corn used in chickens diets. Data set with informations of experiments published in national literature among 1994 to 2007 was organized. Chemical composition, gross energy and AMEn of 97 corn samples were including in data set. Studies which AMEn was determined by the traditional method of excreta collection with growing chickens were selected. Five models were evaluates, being four recommended for application in corn and one for application in energetic feedstuffs. The models studied were AMEnC1=36.21*CP + 85.37*EE + 37.26*NNE; AMEnC2 =37.5*CP + 85.37*EE + 38.21*NNE; AMEnC3 =4021.8 - 227.5*ASH; AMEnC4 =4337.27 - 57.17*NDF; e AMEnC5 =4371.18 - 26.48*CP + 30.65*EE - 126.93*ASH - 52.26*CF - 25.14*NDF + 24.40*ADF. The values of AMEn obtained for the models were compared with the observed values using regression analysis. In all the evaluated models there is rejection of the nullity hypothesis, showing differences between estimated and calculated AMEn values. Decomposition of mean squared deviation (MSD) has been demonstrated that calculated values from models AMEnC1, AMEnC3 and AMEnC5 showed that its models failed to simulate the magnitude and pattern of fluctuation. On the other hand, the estimates made with models AMEnC2 e AMEnC4 showed predominance of component bias of prediction that indicates the models failed to simulate the variability of the data around the mean. Energy values predicted using differents models were compared with calculated values by regression analysis. In conclusion any of five models studied allow estimating precisely the apparent metabolizable energy of corn to chickens.


O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar modelos de predição do valor de energia metabolizável aparente corrigida (EMAn) do milho para aves. Foi organizado um banco de dados contendo informações de experimentos, publicados na literatura nacional entre os anos de 1994 a 2007. Foram utilizados dados de composição química, valores de energia bruta e EMAn de 97 amostras de milho, provenientes de estudos em que os valores de EMAn foram determinados pelo método tradicional de coleta total de excretas com pintos de linhagem de corte. Avaliaram-se cinco modelos, sendo quatro deles sugeridos para estimar a EMAn do milho e um para estimar EMAn de alimentos energéticos. Os modelos estudados foram: EMAnC1 = 36,21*PB + 85,37*EE + 37,26*ENN; EMAnC2 = 37,50*PB + 85,37*EE + 38,21*ENN; EMAnC3 = 4021,8 - 227,5*MM; EMAnC4 = 4337,27 - 57,17*FDN; e EMAnC5 = 4371,18 - 26,48*PB + 30,65*EE - 126,93*MM - 52,26*FB - 25,14*FDN + 24,40*FDA. Os valores de EMAn estimados pelos modelos foram comparados com os valores observados utilizando-se a análise de regressão. Em todos os modelos avaliados, houve rejeição (P 0,001) da hipótese de nulidade, demonstrando diferenças entre os valores de EMAn observados e calculados. No desdobramento do quadrado médio do erro de predição (MSD) em seus componentes, constatou-se que os dados simulados pelos modelos EMAnC1, EMAnC3 e EMAnC5 apresentam desvios de magnitude e padrão de flutuação em relação aos dados observados. Por outro lado, verificou-se que as estimativas realizadas com os modelos EMAnC2 e EMAnC4 tiveram predomínio do componente que expressa o vício de predição, indicando o viés constante observado na relação entre os valores observados e preditos. Concluiu-se que nenhum dos cinco modelos estudados permitiu estimar com precisão e acurácia os valores de energia metabolizável aparente corrigida do milho para aves.

5.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477644

Resumo

A study was realized to validate models to predict apparent metabolizable energy (AMEn) of corn used in chickens diets. Data set with informations of experiments published in national literature among 1994 to 2007 was organized. Chemical composition, gross energy and AMEn of 97 corn samples were including in data set. Studies which AMEn was determined by the traditional method of excreta collection with growing chickens were selected. Five models were evaluates, being four recommended for application in corn and one for application in energetic feedstuffs. The models studied were AMEnC1=36.21*CP + 85.37*EE + 37.26*NNE; AMEnC2 =37.5*CP + 85.37*EE + 38.21*NNE; AMEnC3 =4021.8 - 227.5*ASH; AMEnC4 =4337.27 - 57.17*NDF; e AMEnC5 =4371.18 - 26.48*CP + 30.65*EE - 126.93*ASH - 52.26*CF - 25.14*NDF + 24.40*ADF. The values of AMEn obtained for the models were compared with the observed values using regression analysis. In all the evaluated models there is rejection of the nullity hypothesis, showing differences between estimated and calculated AMEn values. Decomposition of mean squared deviation (MSD) has been demonstrated that calculated values from models AMEnC1, AMEnC3 and AMEnC5 showed that its models failed to simulate the magnitude and pattern of fluctuation. On the other hand, the estimates made with models AMEnC2 e AMEnC4 showed predominance of component bias of prediction that indicates the models failed to simulate the variability of the data around the mean. Energy values predicted using differents models were compared with calculated values by regression analysis. In conclusion any of five models studied allow estimating precisely the apparent metabolizable energy of corn to chickens.


O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar modelos de predição do valor de energia metabolizável aparente corrigida (EMAn) do milho para aves. Foi organizado um banco de dados contendo informações de experimentos, publicados na literatura nacional entre os anos de 1994 a 2007. Foram utilizados dados de composição química, valores de energia bruta e EMAn de 97 amostras de milho, provenientes de estudos em que os valores de EMAn foram determinados pelo método tradicional de coleta total de excretas com pintos de linhagem de corte. Avaliaram-se cinco modelos, sendo quatro deles sugeridos para estimar a EMAn do milho e um para estimar EMAn de alimentos energéticos. Os modelos estudados foram: EMAnC1 = 36,21*PB + 85,37*EE + 37,26*ENN; EMAnC2 = 37,50*PB + 85,37*EE + 38,21*ENN; EMAnC3 = 4021,8 - 227,5*MM; EMAnC4 = 4337,27 - 57,17*FDN; e EMAnC5 = 4371,18 - 26,48*PB + 30,65*EE - 126,93*MM - 52,26*FB - 25,14*FDN + 24,40*FDA. Os valores de EMAn estimados pelos modelos foram comparados com os valores observados utilizando-se a análise de regressão. Em todos os modelos avaliados, houve rejeição (P 0,001) da hipótese de nulidade, demonstrando diferenças entre os valores de EMAn observados e calculados. No desdobramento do quadrado médio do erro de predição (MSD) em seus componentes, constatou-se que os dados simulados pelos modelos EMAnC1, EMAnC3 e EMAnC5 apresentam desvios de magnitude e padrão de flutuação em relação aos dados observados. Por outro lado, verificou-se que as estimativas realizadas com os modelos EMAnC2 e EMAnC4 tiveram predomínio do componente que expressa o vício de predição, indicando o viés constante observado na relação entre os valores observados e preditos. Concluiu-se que nenhum dos cinco modelos estudados permitiu estimar com precisão e acurácia os valores de energia metabolizável aparente corrigida do milho para aves.

6.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 8(1): 59-64, 2007.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1474015

Resumo

This experiment aimed to determine the effect of three different types of litter and two stocking density (10 and 12 birds/m2) in the performance of broilers in two phases (1 to 28 days and 29 to 42 days). 264 Hubbard male and female chicks were allotted in randomized blocks design in a 3 x 2 x 2 factorial arrangement with four replications per treatment. The parameters evaluated were: weight gain, feed intake and feed to gain ratio. No significative effect (P>0.05) was observed of types of litter in both periods, and a difference (P0.05) to stocking density on weight gain, but difference was observed (P


Objetivou-se avaliar os efeitos dos diferentes tipos de cama e densidade populacional no desempenho de frangos de corte. Foram utilizados 264 pintos de um dia de idade de ambos os sexos da linhagem Hubbard. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com seis tratamentos e quatro repetições num arranjo fatorial 3 x 2 x 2 (3 camas: casca de arroz, bagaço de cana e maravalha de madeira; 2 densidades: 10 e 12 aves/m2 e 2 períodos: 1o = 1 a 28 dias e 2o = 29 a 42 dias). As variáveis estudadas foram: consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar das aves. Não se observaram efeitos significativos (P>0,05) dos três tipos de camas nas variáveis estudadas. Houve efeito significativo (P0,05) das duas densidades para ganho de peso, porém ocorreu efeito significativo para consumo de ração (P

7.
Ci. Rural ; 36(1)2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704890

Resumo

This study was carried out to evaluate the carcass characteristics of pigs fed from weaning to slaughter in single space feeders equipped or not with drinker. Ninety-six animals (48 barrows and 48 females) with 90kg live weight were distributed in a factorial design (two feeder types - no drinker; conjugated with drinker; and two sexes). The carcasses were evaluated by the Brazilian Method of Carcasses Classification and by the Dissection Method. The meat yield was 3.7% higher (P 0.05) in animals fed in dry feeders and 2.6% slower (P 0.05) in barrows. The carcass yield was not affected by the feeder type, but was 1.3% higher (P 0.05) in barrows. The loin muscle area was not affected by the feeder type and sex. The fat area was 8.8% higher (P 0.05) in the animals fed in wet feeders and 16.8% in barrows. The backfat thickness was 11.0% higher (P 0.05) in the animals fed in wet feeders and 11.2% in barrows. The relation meat/fat was 10.9% higher (P 0.05) in animals fed in dry feeders and 21.6% in females. The ham weight was not affected by feeder type, but it was 5.9% higher (P 0.05) in barrows. Feeding pigs from weaning to slaughter in wet feeders reduce lean and increase fat in carcass.


Este trabalho avaliou as características de carcaça de suínos alimentados do desmame ao abate em comedouro de acesso único equipado ou não com bebedouro. Foram utilizados 96 animais (48 machos castrados e 48 fêmeas) com peso vivo médio final de 90,5kg distribuídos em esquema fatorial 2x2 (dos tipos de comedouros - acesso único, acesso único equipado com bebedouro; e dois sexos). As carcaças foram avaliadas pelo Método Brasileiro de Classificação de Carcaças e pelo Método de Dissecação. O rendimento de carne magra foi superior em 3,7% (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros convencionais e 2,6% inferior (P 0,05) nos machos. A área de olho de lombo não sofreu influência significativa do tipo de comedouro e do sexo. A área de gordura foi cerca de 8,8% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros conjugados e 16,8% nos machos. A espessura de toucinho foi 11,0% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros conjugados e 11,2% nos machos. A relação carne/gordura foi cerca de 11,0% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros convencionais e 21,6% nas fêmeas. O peso do pernil não foi influenciado pelo tipo de comedouro, mas os machos apresentaram um peso de pernil 5,9% superior (P 0,05) ao das fêmeas. A alimentação de suínos, do desmame ao abate, em comedouro de acesso único conjugado com bebedouro reduz o teor em carne magra e aumenta o teor de gordura na carcaça.

8.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476676

Resumo

This study was carried out to evaluate the carcass characteristics of pigs fed from weaning to slaughter in single space feeders equipped or not with drinker. Ninety-six animals (48 barrows and 48 females) with 90kg live weight were distributed in a factorial design (two feeder types - no drinker; conjugated with drinker; and two sexes). The carcasses were evaluated by the Brazilian Method of Carcasses Classification and by the Dissection Method. The meat yield was 3.7% higher (P 0.05) in animals fed in dry feeders and 2.6% slower (P 0.05) in barrows. The carcass yield was not affected by the feeder type, but was 1.3% higher (P 0.05) in barrows. The loin muscle area was not affected by the feeder type and sex. The fat area was 8.8% higher (P 0.05) in the animals fed in wet feeders and 16.8% in barrows. The backfat thickness was 11.0% higher (P 0.05) in the animals fed in wet feeders and 11.2% in barrows. The relation meat/fat was 10.9% higher (P 0.05) in animals fed in dry feeders and 21.6% in females. The ham weight was not affected by feeder type, but it was 5.9% higher (P 0.05) in barrows. Feeding pigs from weaning to slaughter in wet feeders reduce lean and increase fat in carcass.


Este trabalho avaliou as características de carcaça de suínos alimentados do desmame ao abate em comedouro de acesso único equipado ou não com bebedouro. Foram utilizados 96 animais (48 machos castrados e 48 fêmeas) com peso vivo médio final de 90,5kg distribuídos em esquema fatorial 2x2 (dos tipos de comedouros - acesso único, acesso único equipado com bebedouro; e dois sexos). As carcaças foram avaliadas pelo Método Brasileiro de Classificação de Carcaças e pelo Método de Dissecação. O rendimento de carne magra foi superior em 3,7% (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros convencionais e 2,6% inferior (P 0,05) nos machos. A área de olho de lombo não sofreu influência significativa do tipo de comedouro e do sexo. A área de gordura foi cerca de 8,8% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros conjugados e 16,8% nos machos. A espessura de toucinho foi 11,0% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros conjugados e 11,2% nos machos. A relação carne/gordura foi cerca de 11,0% superior (P 0,05) nos animais alimentados nos comedouros convencionais e 21,6% nas fêmeas. O peso do pernil não foi influenciado pelo tipo de comedouro, mas os machos apresentaram um peso de pernil 5,9% superior (P 0,05) ao das fêmeas. A alimentação de suínos, do desmame ao abate, em comedouro de acesso único conjugado com bebedouro reduz o teor em carne magra e aumenta o teor de gordura na carcaça.

9.
Ci. Rural ; 36(6)2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705164

Resumo

One experiment was conducted in the Animal Science Department of University of Lavras (UFLA) to evaluate the effects of rations with low crude protein, supplemented with essential and non essential amino acids, in carcass characteristics and weight visceral organs of swine of the 32 to the 57kg. Thirty crossbred barrows were divided in five treatments that had consisted of rations with different crude protein (CP) levels (10; 12; 14; and 16%). A fifth treatment added to non essential aminoacid in the ration with less CP level (10+NNE) was included. After it slaughter visceral organs had been removed, emptied and weighed. The nitrogen consumption did not influence (P>0.05) the weight of the liver, pancreas, kidneys and heart. The weight of the total gastrointestinal tract and the weights of the TGI plus organs have been bigger (P 0.05) in treatments 14 and 16 in comparison with treatments 10+NNE and 10. It is concluded that crude protein level does not has effect in the weight of viscera intestines, but modifies the weight of the gastrointestinal tract of growing swine.


Um experimento foi realizado no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras com o objetivo principal de avaliar os efeitos de rações com baixos teores de proteína bruta (PB), suplementadas com aminoácidos essenciais e não-essenciais, em características de carcaça e de peso das vísceras de suínos dos 32 aos 57kg de peso. Utilizaram-se 30 suínos divididos em cinco tratamentos, que consistiram de rações contendo diferentes teores de PB (10; 12; 14 e 16% de PB). Foi incluído um quinto tratamento adicionando-se aminoácidos não-essenciais na ração com menor concentração de PB (10+NNE). Após o abate, as vísceras foram retiradas, esvaziadas e pesadas. O consumo de nitrogênio não influenciou (P>0,05) o peso do fígado, do pâncreas, dos rins e do coração. O peso do trato gastrintestinal (TGI) e o somatório dos pesos do TGI e do fígado, dos rins, do pâncreas e do coração foram maiores (P 0,05) nos tratamentos 14 e 16% de PB em comparação com os tratamentos 10+NNE e 10% de PB. Conclui-se que o teor de PB, não exerce efeito no peso das vísceras intestinais, mas altera o peso do trato gastrintestinal de suínos em crescimento.

10.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 63(1): 19-26, 2006.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1466247

Resumo

The present study was conducted in the swine production sector of the Animal Science Department of the Federal University of Lavras (UFLA), MG, aiming to verify the performance and carcass characteristics of pigs in finishing phase fed diets formulated with true digestible amino acids values for the same levels of lysine and the other amino acids and the same relation lysine:metabolizable energy. The experimental treatments consisted of four diets: 1 – corn and soybean meal, 2 – corn, soybean meal, cottonseed meal and peanut meal, 3 corn, soybean meal, meat and bone meal and fish meal, 4 – sorghum, defatted rice bran and soybean meal. In the performance trial, 64 commercial hybrid barrows means 61.82 ±3.10 kg of live weight housed in pairs in pens which constituted the experimental units allocated into a completely randomized block design were utilized. The carcass characteristics was evaluated on one pig of each pair, means 92.81 ±2.09 kg according the Brazilian system of carcass classification (ABCS, 1973). No effect (P>0,05) was observed on the feed intake, weigth gain, performance of carcass, back fat, meat percentage and relation fat/meat in any of the treatments evaluated.. It was observed a better gain feed ratio for the treatment 1. It was concluded that the use of diets formulated with true digestible amino acids values for the same levels of lysine and other amino


O presente trabalho foi conduzido no Setor de Suinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (UFLA), MG, com o propósito de verificar o desempenho e características de carcaça de suínos em terminação submetidos a dietas formuladas com valores de digestibilidade ileal verdadeira de aminoácidos, mesmos níveis de lisina e outros aminoácidos e mesma relação entre lisina e energia metabolizável. Os tratamentos experimentais consistiram de quatro dietas: 1 - milho e farelo de soja; 2 - milho, farelo de soja, farelo de amendoim e farelo de algodão; 3 - milho, farelo de soja, farinha de carne e ossos e farinha de peixe; 4 - sorgo, farelo de arroz desengordurado e farelo de soja. No ensaio de desempenho, 64 suínos machos castrados híbridos comerciais com peso médio de 61,82 ± 3,10 kg alojados aos pares em baias experimentais, distribuídos num delineamento em blocos ao acaso foram utilizados. As características de carcaça foram avaliadas em um animal de cada parcela, com peso médio de 92,81 + 2,09 kg de acordo com o Método Brasileiro de Classificação de Carcaças (ABCS, 1973). Não foi observado efeito (P>0,05) sobre o consumo, ganho de peso, rendimento de carcaça, espessura de toucinho, percentagem de carne, área de olho de lombo e relação gordura/carne para qualquer dos tratamentos avaliados. Foi observada uma melhor (P 0,05) conversão alimentar para o

11.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476955

Resumo

One experiment was conducted in the Animal Science Department of University of Lavras (UFLA) to evaluate the effects of rations with low crude protein, supplemented with essential and non essential amino acids, in carcass characteristics and weight visceral organs of swine of the 32 to the 57kg. Thirty crossbred barrows were divided in five treatments that had consisted of rations with different crude protein (CP) levels (10; 12; 14; and 16%). A fifth treatment added to non essential aminoacid in the ration with less CP level (10+NNE) was included. After it slaughter visceral organs had been removed, emptied and weighed. The nitrogen consumption did not influence (P>0.05) the weight of the liver, pancreas, kidneys and heart. The weight of the total gastrointestinal tract and the weights of the TGI plus organs have been bigger (P 0.05) in treatments 14 and 16 in comparison with treatments 10+NNE and 10. It is concluded that crude protein level does not has effect in the weight of viscera intestines, but modifies the weight of the gastrointestinal tract of growing swine.


Um experimento foi realizado no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras com o objetivo principal de avaliar os efeitos de rações com baixos teores de proteína bruta (PB), suplementadas com aminoácidos essenciais e não-essenciais, em características de carcaça e de peso das vísceras de suínos dos 32 aos 57kg de peso. Utilizaram-se 30 suínos divididos em cinco tratamentos, que consistiram de rações contendo diferentes teores de PB (10; 12; 14 e 16% de PB). Foi incluído um quinto tratamento adicionando-se aminoácidos não-essenciais na ração com menor concentração de PB (10+NNE). Após o abate, as vísceras foram retiradas, esvaziadas e pesadas. O consumo de nitrogênio não influenciou (P>0,05) o peso do fígado, do pâncreas, dos rins e do coração. O peso do trato gastrintestinal (TGI) e o somatório dos pesos do TGI e do fígado, dos rins, do pâncreas e do coração foram maiores (P 0,05) nos tratamentos 14 e 16% de PB em comparação com os tratamentos 10+NNE e 10% de PB. Conclui-se que o teor de PB, não exerce efeito no peso das vísceras intestinais, mas altera o peso do trato gastrintestinal de suínos em crescimento.

12.
Ci. Rural ; 35(3)2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704717

Resumo

An experiment was carried out to evaluate piglet performance with the addition of garlic and colistina in diets. Ninety-six piglets were distributed in four treatments in a complete randomized block design. The treatments were: control diet, without anti-microbials (DC); diet two: DC + 0.05% of powder garlic; diet three: DC + 0.15% of powder garlic; diet four: DC + 0.25% of colistina sulfate. Feed intake was 16.2% higher (P 0.05) for the animals fed with the diet containing colistina compared to the diet containing 0.05% of powder garlic. There were no differences in animal performance when pigs were fed diets containing 0.25% of colistine, 0.15% of powder garlic or only without anti-microbials. Weight gain was higher (P 0.05) for animals fed diets with colistine. There was not difference in weight gain between animals fed diets without or with garlic. Piglets fed garlic diets had 7% worse feed conversion (P>0.05) than animals fed the diet with colistine. In conclusion, diets without anti-microbial or with powder garlic can not replace diets with colistine sulfate when fed to piglets during post weaning phase.


Foi realizado um experimento para estudar o desempenho de leitões, dos 35 aos 62 dias de idade, alimentados com dietas sem aditivos, com alho ou com colistina. Noventa e seis leitões foram distribuídos em quatro tratamentos num desenho experimental de blocos inteiramente casualizados. A dieta controle (DC) não continha aditivos anti-microbianos; as dietas dois e três foram constituídas pela DC mais 0,05% e 0,15% de alho em pó, respectivamente; a dieta quatro continha a DC mais 0,25% de sulfato de colistina. O consumo de ração foi 16,2% maior (P 0,05) para os animais alimentados com dietas contendo colistina que aqueles que consumiram dietas contendo 0,05% de alho. Não houve diferenças entre os animais que consumiram colistina e aqueles alimentados sem aditivos ou com 0,015% de alho na dieta. O ganho de peso foi maior (P 0,05) para os animais alimentados com dietas contendo colistina. Não houve diferença de ganho de peso entre os animais que consumiram dietas sem aditivos e contendo alho. Os animais alimentados com dietas contendo de alho tiveram conversões alimentares médias ao redor de 7% piores (P>0,05) que os animais alimentados com colistina. O uso de dietas sem anti-microbianos ou com alho para leitões na creche não permite alcançar os mesmos resultados que dietas contendo colistina.

13.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476499

Resumo

An experiment was carried out to evaluate piglet performance with the addition of garlic and colistina in diets. Ninety-six piglets were distributed in four treatments in a complete randomized block design. The treatments were: control diet, without anti-microbials (DC); diet two: DC + 0.05% of powder garlic; diet three: DC + 0.15% of powder garlic; diet four: DC + 0.25% of colistina sulfate. Feed intake was 16.2% higher (P 0.05) for the animals fed with the diet containing colistina compared to the diet containing 0.05% of powder garlic. There were no differences in animal performance when pigs were fed diets containing 0.25% of colistine, 0.15% of powder garlic or only without anti-microbials. Weight gain was higher (P 0.05) for animals fed diets with colistine. There was not difference in weight gain between animals fed diets without or with garlic. Piglets fed garlic diets had 7% worse feed conversion (P>0.05) than animals fed the diet with colistine. In conclusion, diets without anti-microbial or with powder garlic can not replace diets with colistine sulfate when fed to piglets during post weaning phase.


Foi realizado um experimento para estudar o desempenho de leitões, dos 35 aos 62 dias de idade, alimentados com dietas sem aditivos, com alho ou com colistina. Noventa e seis leitões foram distribuídos em quatro tratamentos num desenho experimental de blocos inteiramente casualizados. A dieta controle (DC) não continha aditivos anti-microbianos; as dietas dois e três foram constituídas pela DC mais 0,05% e 0,15% de alho em pó, respectivamente; a dieta quatro continha a DC mais 0,25% de sulfato de colistina. O consumo de ração foi 16,2% maior (P 0,05) para os animais alimentados com dietas contendo colistina que aqueles que consumiram dietas contendo 0,05% de alho. Não houve diferenças entre os animais que consumiram colistina e aqueles alimentados sem aditivos ou com 0,015% de alho na dieta. O ganho de peso foi maior (P 0,05) para os animais alimentados com dietas contendo colistina. Não houve diferença de ganho de peso entre os animais que consumiram dietas sem aditivos e contendo alho. Os animais alimentados com dietas contendo de alho tiveram conversões alimentares médias ao redor de 7% piores (P>0,05) que os animais alimentados com colistina. O uso de dietas sem anti-microbianos ou com alho para leitões na creche não permite alcançar os mesmos resultados que dietas contendo colistina.

14.
Ci. Rural ; 34(5)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704535

Resumo

An experiment was carried out to evaluate two types of feeder on the performance of pigs in growing and finishing phases. Ninety-nine animals were used (48 barrows and 48 gilts) with 6.27kg initial live weight distributed in four treatments (T1 - 24 barrows, single space dry feeder - COC; T2 - 24 barrows, single space wet/dry feeder - CBC; T3 - 24 gilts, COC; T4 - 24 gilts, CBC). Feed intake of pigs fed in CBC (1.95kgd-1) was higher (P 0.053) than in COC (1.84kg d-1). Feed intake differences were observed in the last period of post weaning and during growth period. Weight gain of pigs in CBC (0.72kgd-1) was also higher (P 0.009) than in CBC (0.68kgd-1). However, feed conversion of pigs in COC (2.69) was similar (P > 0.05) to those in CBC (2.71). There was no interaction between sex and feeder on feed intake, weight gain and feed conversion during growth and finish phases. Although the feed intake, weight gain and feed conversion have been inferior in gilts in relation to barrows, there was not effect of the feeder type. Feeding pigs from weaning to finishing in dry or wet single space feeders affects feed intake and weight gain, but feeder type does not affect feed conversion.


Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar dois tipos de comedouros sobre o desempenho de suínos em crescimento e terminação. Foram utilizados 96 animais (48 machos castrados e 48 fêmeas) com peso médio inicial de 6,27kg distribuídos em quatro tratamentos (T1 - 24 machos, comedouro de acesso único - COC; T2 - 24 machos, comedouro de acesso único equipado com bebedouro - CBC; T3 - 24 fêmeas, COC; T4 - 24 fêmeas, CBC). O tipo de comedouro afetou significativamente (P 0,053) o consumo total de ração (COC 1,84kg d-1, CBC 1,95kg d-1). As diferenças de consumo foram no final da creche e no crescimento. O tipo de comedouro afetou significativamente (P 0,009) o ganho médio diário de peso total (COC 0,68kg d-1, CBC 0,72kg d-1). A conversão alimentar total dos animais alimentados no COC (2,69) e no CBC (2,71) não foi influenciada significativamente (P > 0,05) pelo tipo de comedouro. Em nenhuma fase experimental, houve influência da interação comedouro*sexo sobre o consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar. Embora o consumo de ração, o ganho de peso e a conversão alimentar tenham sido inferiores nas fêmeas em relação aos machos, não houve efeito do tipo de comedouro. A alimentação de suínos do desmame ao abate em comedouro de acesso único equipado ou não com bebedouro afeta o consumo de ração e o ganho de peso, mas não a conversão alimentar.

15.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476316

Resumo

An experiment was carried out to evaluate two types of feeder on the performance of pigs in growing and finishing phases. Ninety-nine animals were used (48 barrows and 48 gilts) with 6.27kg initial live weight distributed in four treatments (T1 - 24 barrows, single space dry feeder - COC; T2 - 24 barrows, single space wet/dry feeder - CBC; T3 - 24 gilts, COC; T4 - 24 gilts, CBC). Feed intake of pigs fed in CBC (1.95kgd-1) was higher (P 0.053) than in COC (1.84kg d-1). Feed intake differences were observed in the last period of post weaning and during growth period. Weight gain of pigs in CBC (0.72kgd-1) was also higher (P 0.009) than in CBC (0.68kgd-1). However, feed conversion of pigs in COC (2.69) was similar (P > 0.05) to those in CBC (2.71). There was no interaction between sex and feeder on feed intake, weight gain and feed conversion during growth and finish phases. Although the feed intake, weight gain and feed conversion have been inferior in gilts in relation to barrows, there was not effect of the feeder type. Feeding pigs from weaning to finishing in dry or wet single space feeders affects feed intake and weight gain, but feeder type does not affect feed conversion.


Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar dois tipos de comedouros sobre o desempenho de suínos em crescimento e terminação. Foram utilizados 96 animais (48 machos castrados e 48 fêmeas) com peso médio inicial de 6,27kg distribuídos em quatro tratamentos (T1 - 24 machos, comedouro de acesso único - COC; T2 - 24 machos, comedouro de acesso único equipado com bebedouro - CBC; T3 - 24 fêmeas, COC; T4 - 24 fêmeas, CBC). O tipo de comedouro afetou significativamente (P 0,053) o consumo total de ração (COC 1,84kg d-1, CBC 1,95kg d-1). As diferenças de consumo foram no final da creche e no crescimento. O tipo de comedouro afetou significativamente (P 0,009) o ganho médio diário de peso total (COC 0,68kg d-1, CBC 0,72kg d-1). A conversão alimentar total dos animais alimentados no COC (2,69) e no CBC (2,71) não foi influenciada significativamente (P > 0,05) pelo tipo de comedouro. Em nenhuma fase experimental, houve influência da interação comedouro*sexo sobre o consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar. Embora o consumo de ração, o ganho de peso e a conversão alimentar tenham sido inferiores nas fêmeas em relação aos machos, não houve efeito do tipo de comedouro. A alimentação de suínos do desmame ao abate em comedouro de acesso único equipado ou não com bebedouro afeta o consumo de ração e o ganho de peso, mas não a conversão alimentar.

16.
Ci. Anim. bras. ; 8(1): 59-64, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-713121

Resumo

This experiment aimed to determine the effect of three different types of litter and two stocking density (10 and 12 birds/m2) in the performance of broilers in two phases (1 to 28 days and 29 to 42 days). 264 Hubbard male and female chicks were allotted in randomized blocks design in a 3 x 2 x 2 factorial arrangement with four replications per treatment. The parameters evaluated were: weight gain, feed intake and feed to gain ratio. No significative effect (P>0.05) was observed of types of litter in both periods, and a difference (P0.05) to stocking density on weight gain, but difference was observed (P


Objetivou-se avaliar os efeitos dos diferentes tipos de cama e densidade populacional no desempenho de frangos de corte. Foram utilizados 264 pintos de um dia de idade de ambos os sexos da linhagem Hubbard. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com seis tratamentos e quatro repetições num arranjo fatorial 3 x 2 x 2 (3 camas: casca de arroz, bagaço de cana e maravalha de madeira; 2 densidades: 10 e 12 aves/m2 e 2 períodos: 1o = 1 a 28 dias e 2o = 29 a 42 dias). As variáveis estudadas foram: consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar das aves. Não se observaram efeitos significativos (P>0,05) dos três tipos de camas nas variáveis estudadas. Houve efeito significativo (P0,05) das duas densidades para ganho de peso, porém ocorreu efeito significativo para consumo de ração (P

17.
B. Indústr. Anim. ; 63(1): 19-26, 2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-467273

Resumo

The present study was conducted in the swine production sector of the Animal Science Department of the Federal University of Lavras (UFLA), MG, aiming to verify the performance and carcass characteristics of pigs in finishing phase fed diets formulated with true digestible amino acids values for the same levels of lysine and the other amino acids and the same relation lysine:metabolizable energy. The experimental treatments consisted of four diets: 1 corn and soybean meal, 2 corn, soybean meal, cottonseed meal and peanut meal, 3 corn, soybean meal, meat and bone meal and fish meal, 4 sorghum, defatted rice bran and soybean meal. In the performance trial, 64 commercial hybrid barrows means 61.82 ±3.10 kg of live weight housed in pairs in pens which constituted the experimental units allocated into a completely randomized block design were utilized. The carcass characteristics was evaluated on one pig of each pair, means 92.81 ±2.09 kg according the Brazilian system of carcass classification (ABCS, 1973). No effect (P>0,05) was observed on the feed intake, weigth gain, performance of carcass, back fat, meat percentage and relation fat/meat in any of the treatments evaluated.. It was observed a better gain feed ratio for the treatment 1. It was concluded that the use of diets formulated with true digestible amino acids values for the same levels of lysine and other amino


O presente trabalho foi conduzido no Setor de Suinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (UFLA), MG, com o propósito de verificar o desempenho e características de carcaça de suínos em terminação submetidos a dietas formuladas com valores de digestibilidade ileal verdadeira de aminoácidos, mesmos níveis de lisina e outros aminoácidos e mesma relação entre lisina e energia metabolizável. Os tratamentos experimentais consistiram de quatro dietas: 1 - milho e farelo de soja; 2 - milho, farelo de soja, farelo de amendoim e farelo de algodão; 3 - milho, farelo de soja, farinha de carne e ossos e farinha de peixe; 4 - sorgo, farelo de arroz desengordurado e farelo de soja. No ensaio de desempenho, 64 suínos machos castrados híbridos comerciais com peso médio de 61,82 ± 3,10 kg alojados aos pares em baias experimentais, distribuídos num delineamento em blocos ao acaso foram utilizados. As características de carcaça foram avaliadas em um animal de cada parcela, com peso médio de 92,81 + 2,09 kg de acordo com o Método Brasileiro de Classificação de Carcaças (ABCS, 1973). Não foi observado efeito (P>0,05) sobre o consumo, ganho de peso, rendimento de carcaça, espessura de toucinho, percentagem de carne, área de olho de lombo e relação gordura/carne para qualquer dos tratamentos avaliados. Foi observada uma melhor (P 0,05) conversão alimentar para o

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA