Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-717165

Resumo

The aim of this study was to evaluate the effect of dairy cow diets containing two different sources of urea on nitrogen metabolism and microbial synthesis. Eight crossbred cows were confined and distributed in two 4x4 Latin: FS - soybean meal (control), conventional urea (UC) 100%; ULL 44 UC = 56% / 44% ULL, ULL 88 UC = 12% / 88% ULL. Diets were offered to animals during 21 days with 14 days of adaptation. The N intake, retained nitrogen balance, nitrogen excretion in milk, urine, feces and total N excretion were similar and presented averages of 340.27g/day, 136.73g/day, 43.25g/day, 53.17g/day, 103.54g/day, and 199.96g/day, respectively. The percentages of urine and total nitrogen excretion were 16.24 and 60.71 (%), respectively. Ureic nitrogen in milk, urine and blood were 3.95mg/dL, 4.32mg/dl and 23.73mg/dL, respectively. The results found for the excretion of purine derivatives, allantoin, absorbable purines, microbial nitrogen, microbial protein and the relationship between microbial protein and digestible nutrients were 321.68mmol/day, 296.35mmol/day, 334.61mmol/day, 210.6g/day, 1316.27g/day, and 127.36g/kg, respectively. The partial replacement of soybean meal by conventional urea and / or urea encapsulated in feeding lactating cows yielded similar results in nitrogenous compounds, the concentrations of nitrogen from urine and milk and microbial protein synthesis.


Objetivou-se com este estudo, avaliar o efeito de duas diferentes fontes de ureia na dieta de vacas lactantes sobre o metabolismo de nitrogênio e produção de síntese microbiana. Utilizaram-se oito vacas mestiças holandêszebu confinadas distribuídas aleatoriamente em um delineamento em dois quadrados latino 4x4. FS - farelo de soja (controle); ureia convencional (UC) 100%; ULL 44 = UC 56% / ULL 44%; ULL 88 = UC 12% / ULL 88%. Os períodos experimentais foram de 21 dias, com 14 dias de adaptação. O consumo de nitrogênio, balanço de nitrogênio retido, excreções de nitrogênio no leite, na urina, nas fezes e total de N excretado foram semelhantes e apresentavam médias de 340,27g/dia; 136,73g/dia; 43,25g/dia; 53,17g/dia; 103,54g/dia; 199,96g/dia, respectivamente. O nitrogênio excretado na urina e nitrogênio excretado total foram 16,24% e 60,71%, respectivamente. A concentração média de nitrogênio ureico no leite, na urina e no sangue foram de 3,95mg/dL; 4,32mg/dL e 23,73mg/dL, respectivamente. A excreção média de derivados de purina, alantoína, purinas absorvíveis, nitrogênio microbiano, proteína microbiana e relação proteína microbiana e nutrientes digetíveis totais foram de 321,68mmol/dia; 296,35mmol/dia; 334,61mmol/dia; 210,6g/dia; 1316,27g/dia; 127,36g/kg, respectivamente. A substituição parcial do farelo de soja por ureia convencional e/ou ureia encapsulada na alimentação de vacas lactantes proporcionou resultados semelhantes no balanço de compostos nitrogenados, nas concentrações de nitrogênio da urina e do leite e na síntese de proteína microbiana.

2.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 13(2): 157-164, 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1473176

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effects of using sorghum silages with and without tannin as a substitute for corn silage on performance and carcass characteristics of feedlot sheep. We used 18 whole, Santa Ines, male lambs, distributed in a completely randomized design with three treatments: silage tannin in grain sorghum (SCT), silage sorghum without tannin in grain (SST); and corn silage (SM). The forage: concentrate ratio was 70:30, and we used a commercial concentrate with 19% CP and 75% TDN. The dry matter intake (DMI) for the treatment SCT, SST, and SM were 1.03, 1.20 and 0.85 kg / day, respectively, and the SCT was similar to the others, but the SST was higher than SM. The sheep which consumed the SST diet had higher average daily weight gain (DWG) and total average gain (153.72 g and 8.61 kg) than those consuming SCT (111.19 and 6.23 kg) and SM (94.40 g and 5.46kg). There was no difference in feed conversion (FC) between diets. The carcass traits were not influenced by the type of silage consumed. The SCT can be used as the only roughage in the diet of sheep in confinement, without changing the DMI, FC and carcass characteristics. However, animals that consumed the SST had higher DWG.KEYWORDS: carcass finishing; consumption; feed conversion; lambs; weight gain.


Objetivou-se avaliar os efeitos da utilização de silagens de sorgo com e sem tanino em substituição à silagem de milho sobre o desempenho e as características de carcaça de ovinos confinados. Foram utilizados 18 cordeiros machos, inteiros, Santa Inês, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos: silagem de sorgo com tanino no grão (SCT); silagem de sorgo sem tanino no grão (SST) e; silagem de milho (SM). A relação volumoso:concentrado foi de 70:30, sendo utilizado concentrado comercial com 19% de PB e 75% de NDT. O consumo de matéria seca (CMS) para os tratamentos SCT, SST e SM foram 1,03; 1,20 e 0,85kg/dia, respectivamente, sendo a SCT semelhante às demais, porém a SST foi superior à SM. Os ovinos que consumiram a dieta SST apresentaram ganho de peso médio diário (GPMD) e ganho médio total (153,72g e 8,61kg) superior àqueles consumindo SCT (111,19 e 6,23kg) e SM (94,40g e 5,46kg). Não houve diferença na conversão alimentar (CA) entre as dietas. As características de carcaça não foram influenciadas pelo tipo de silagem consumida. A SCT pode ser utilizada como volumoso exclusivo na alimentação de ovinos em confinamento, sem alterar o CMS, CA e características de carcaça. Entretanto, os animais que consumiram a SST obtiveram maior GPMD.PALAVRAS-CHAVE: acabamento de carcaça; consumo; conversão alimentar; cordeiros; ganho de peso.

3.
Acta sci., Anim. sci ; 34(3): 287-295, 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1459411

Resumo

The goal of this study was to evaluate the effects of including urea in diets containing mesquite pod meal on nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were divided into two 4 x 4 Latin squares. Treatments consisted of following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. The diet was provided as total diet a 40:60 forage: concentrate ratio based on total diet DM. Total urine and feces were collected and nitrogen excretion was determined. Blood was collected, followed by plasma extraction and quantification of urea nitrogen. To evaluate pH and ammonia-N in rumen fluid, four rumen fistulated animals were used . Intake of N (31.68 g day-1) and losses through feces (7.94 g day-1) and urine (9.95 g day-1) did not change. The concentrations of ammonia-N and plasma urea-N increased linearly. Rumen pH was similar among treatments. The inclusion of urea does not influence the nitrogen balance, but increases the concentrations of rumen ammonia-N and urea nitrogen in plasma, which may influence energy expenditure in the body.


Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o balanço de nitrogênio, N-uréico no plasma e parâmetros ruminais em ovinos. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. A dieta foi fornecida como dieta total na relação volumoso:concentrado de 40:60 com base na MS total da dieta. Foi realizada a coleta total de urina e fezes e determinada a excreção de nitrogênio. Foi coletado sangue, seguido com a extração do plasma e determinação do N-uréico. Para avaliação do pH e N-amoniacal no líquido ruminal foram utilizados quatro animais fistulados no rúmen. A ingestão de N (31,68 g/dia) e perdas vias fecal (7,94 g/dia) e urinária (9,95 g/dia) não sofreram alteração. As concentrações de N-amoniacal e N-uréico no plasma aumentaram de forma linear. O pH ruminal foi semelhante entre os tratamentos. A inclusão de uréia não influencia o balanço de nitrogênio, porém eleva as concentrações de N-amoniacal no rúmen e N-uréico no plasma podendo influenciar o gasto de energia no organismo.

4.
Acta sci., Anim. sci ; 33(3): 225-231, 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1459347

Resumo

The objective of the work was to evaluate ruminal fermentation kinetics parameters of Brachiaria brizantha, harvested at 28, 35 and 54 days, using the semiautomatic in vitro gas production technique. Analyses were carried out for dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDFAP), acid detergent fiber (ADF), neutral detergent insoluble nitrogen (NDIN), acid detergent insoluble nitrogen (ADIN), lignin (LIG), total carbohydrates (TC), non-fiber carbohydrates (NFC), fraction B2 and the fraction C, respectively. The data of gas production were adjusted to the bicompartmental logistic model. The design used was completely randomized. The data were submitted to analysis of variance and regression, at the level of 5% probability. There was a significant effect (p


O objetivo do trabalho foi avaliar os parâmetros da cinética de degradação ruminal da Brachiaria brizantha cv. Marandu, cortadas aos 28, 35 e 54 dias, pela técnica in vitro de produção de gases. Foram realizadas determinações dos teores de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNCP), fibra em detergente ácido (FDA), nitrogênio insolúvel em detergente neutro (NIDN), nitrogênio insolúvel em detergente ácido (NIDA), lignina (LIG), Carboidratos totais (CT), carboidratos não fibrosos (CNF), fração B2 e fração C, respectivamente. Os dados da produção de gases foram ajustados ao modelo logístico bicompartimental. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado. Os dados foram submetidos à análise de variância e regressão, ao nível de 5% de probabilidade. Houve efeito (p 0,05) para as variáveis MS, FDNCP, FDA, NIDN, NIDA, CT, B2, com aumento linear à medida que avançou a idade de corte. Para a produção de gases a fração A foi semelhante entre as idades de 28 e 35 dias, com 95,75 e 116,8 mL 1g-1 de MS, respectivamente. A idade recomendada para obtenção do melhor valor nutricional do Brachiaria brizantha cv. Marandu foi aos 28 dias.

5.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1492991

Resumo

The trial aimed to evaluate the effect of feeding of 1% body weight of concentrate supplementation, formulated with different ingredients (mesquite pod meal , sorghum meal or wheat bran), or without concentrate supplementation on behavioral parameters and cost of production of sheep kept in grazing urocloa grass. We used 24 Santa Inês sheep, non-castrated, weaned with body weight averaging 20 ± 2kg and an average of 120 days of age. The animals were assigned in the four treatments consisting by animals fed forage under deferred grazing of Urochloa grass (Urochloa mosambicensis). The dry matter intake was significant and the values were higher to the animals what receive concentrate supplement. The differences in the dry matter intake did not affect the feeding activity, already the time of grazing had a higher value for the animals without concentrate supplementation, in compared with other. The time of rumination was higher for treating without concentrate supplementation . The number of ruminated bolus (nº/day) and chewing time/bolus (sec) were not affected. The feeding efficiency (g DM/hours) and rumination efficiency (g DM/hours) were lower for the treatment without concentrate supplementation . The economic result was positive for all treatments with concentrate supplementation, however, the without concentrate supplementation treatment showed negative revenue. The concent


Objetivou-se avaliar os efeitos do fornecimento de 1% do peso corporal de suplementação concentrada, formulada com diferentes ingredientes (farelo da vagem de algaroba, farelo de sorgo ou farelo de trigo), ou sem suplementação concentrada sobre os parâmetros comportamentais e custo de produção de ovinos mantidos em pastagem de capim urocloa. Foram utilizados 24 ovinos Santa Inês, não castrados, desmamados, com peso corporal médio inicial de 20 ± 2kg e média de 120 dias de idade. Os animais foram distribuídos nos quatro tratamentos constituídos por animais consumindo forragem sob pastejo diferido de capim-urocloa. O consumo de matéria seca diferiu com os maiores valores observados para os animais que receberam suplementos concentrados. As diferenças no consumo de matéria seca não afetaram a atividade de alimentação, mas o tempo de pastejo apresentou um maior valor para os animais que consumiram forragem sem suplementos concentrados em relação aos demais. O tempo de ruminação foi superior o tratamento para sem suplementação concentrada. O número de bolos ruminados (nº/dia) e o tempo de mastigações/bolo (seg) não foram afetados. A eficiência de alimentação (g MS/hora) e a eficiência de ruminação (g MS/hora) foram menores para o tratamento sem suplemento concentrado. O resultado econômico foi positivo para todos os tratamentos com suplementação concentrada, no entanto o tratamento

6.
Sci. agric ; 66(6)2009.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1497017

Resumo

Ruminal gases, particularly methane, generated during the fermentative process in rumen, represent a partial loss of feed energy and are also pointed to as an important factors in greenhouse effect. This study aimed at quantifying methane (CH4) emission rates from lactating and dry cows and heifers, 24 month-old in average, on pasture under Southeast Brazil tropical conditions, using the tracer gas technique, sulphur hexafluoride (SF6), four animals per category, distributed in four blocks. Measurements were performed in February and June, 2002, with Holstein and Brazilian Dairy Crossbred (Holstein ¾ x Gir (Zebu) »), maintained on fertilized Tanzania-grass (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) and fertilized Brachiaria-grass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) pastures. Heifers of both breeds were maintained on unfertilized Brachiaria-grass to simulate conditions of extensive cattle farming systems. CH4 and SF6 levels were measured with gas chromatography. Differences in CH4 emissions were measured (p 0.05) for genetical groups. Holstein produced more methane (299.3 g day-1) than the Crossbred (264.2 g day-1). Lactating cows produced more methane (353.8 g day-1) than dry cows (268.8 g day-1) and heifers (222.6 g day-1). Holstein, with greater milk production potential, produced less CH4 (p 0.05) per unit of dry matter intake (19.1 g kg-1) than the Crossbred (22.0 g kg-1). Methane emission by heifers grazing fertilized pasture (intensive system) was 222.6 g day-1, greater (p 0.05) than that of heifers on unfertilized pasture (179.2 g day-1). Methane emission varied as function of animal category and management intensity of production system.


Gases gerados durante o processo de fermantação ruminal, metano em particular, representam não só uma perda parcial de energia da alimentação como também são apontados como importantes fatores do efeito-estufa. Quantificaram-se as taxas de emissão de metano (CH4) ruminal por vacas em lactação, vacas secas e novilhas com idade média de 24 meses, em pastejo sob condições tropicais do sudeste brasileiro, utilizando a técnica do gás traçador hexafluoreto de enxôfre (SF6). Foram utilizados quatro animais para cada categoria, distribuídos em quatro blocos. As medições foram realizadas em fevereiro e junho de 2002, com animais da raça Holandesa e Mestiça Leiteira Holandês ¾ x Gir » - Mestiças, mantidos em pastagem de capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) e capim-braquiária (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) adubadas, e também novilhas de ambas as raças em pastagens de capim-brachiaria sem adubação, simulando as condições de produção extensiva. As concentrações de CH4 e SF6 foram determinadas por cromatografia gasosa. Foram encontradas diferenças na emissão de metano (p 0,05) entre os grupos genéticos. Animais da raça holandesa produziram mais metano (299,3 g dia-1) que as mestiças (264,2 g dia-1). Vacas secas e novilhas produzem menos metano (g dia-1) que vacas em lactação. A média de emissão de metano (g dia-1) pelas vacas secas e novilhas foi de 268,8 e 222,6 g respectivamente e as vacas em lactação 353,8 g. Os animais da raça holandesa, com maior potencial de produção de leite, perderam menos CH4 (p 0,05) por unidade de matéria seca ingerida (19,1 g kg-1) que as mestiças (22,0 g kg-1). A produção de metano pelas novilhas mantidas em pastagens adubadas (sistema intensivo) foi de 222,6 g dia-1, maior (p 0,05) que os animais desta categoria em pastagens não adubadas (179,2 g dia-1). A produção de metano variou em função da categoria de animal e pelo sistema de produção imposto aos animais.

7.
Sci. agric. ; 66(6)2009.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440422

Resumo

Ruminal gases, particularly methane, generated during the fermentative process in rumen, represent a partial loss of feed energy and are also pointed to as an important factors in greenhouse effect. This study aimed at quantifying methane (CH4) emission rates from lactating and dry cows and heifers, 24 month-old in average, on pasture under Southeast Brazil tropical conditions, using the tracer gas technique, sulphur hexafluoride (SF6), four animals per category, distributed in four blocks. Measurements were performed in February and June, 2002, with Holstein and Brazilian Dairy Crossbred (Holstein ¾ x Gir (Zebu) »), maintained on fertilized Tanzania-grass (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) and fertilized Brachiaria-grass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) pastures. Heifers of both breeds were maintained on unfertilized Brachiaria-grass to simulate conditions of extensive cattle farming systems. CH4 and SF6 levels were measured with gas chromatography. Differences in CH4 emissions were measured (p 0.05) for genetical groups. Holstein produced more methane (299.3 g day-1) than the Crossbred (264.2 g day-1). Lactating cows produced more methane (353.8 g day-1) than dry cows (268.8 g day-1) and heifers (222.6 g day-1). Holstein, with greater milk production potential, produced less CH4 (p 0.05) per unit of dry matter intake (19.1 g kg-1) than the Crossbred (22.0 g kg-1). Methane emission by heifers grazing fertilized pasture (intensive system) was 222.6 g day-1, greater (p 0.05) than that of heifers on unfertilized pasture (179.2 g day-1). Methane emission varied as function of animal category and management intensity of production system.


Gases gerados durante o processo de fermantação ruminal, metano em particular, representam não só uma perda parcial de energia da alimentação como também são apontados como importantes fatores do efeito-estufa. Quantificaram-se as taxas de emissão de metano (CH4) ruminal por vacas em lactação, vacas secas e novilhas com idade média de 24 meses, em pastejo sob condições tropicais do sudeste brasileiro, utilizando a técnica do gás traçador hexafluoreto de enxôfre (SF6). Foram utilizados quatro animais para cada categoria, distribuídos em quatro blocos. As medições foram realizadas em fevereiro e junho de 2002, com animais da raça Holandesa e Mestiça Leiteira Holandês ¾ x Gir » - Mestiças, mantidos em pastagem de capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) e capim-braquiária (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) adubadas, e também novilhas de ambas as raças em pastagens de capim-brachiaria sem adubação, simulando as condições de produção extensiva. As concentrações de CH4 e SF6 foram determinadas por cromatografia gasosa. Foram encontradas diferenças na emissão de metano (p 0,05) entre os grupos genéticos. Animais da raça holandesa produziram mais metano (299,3 g dia-1) que as mestiças (264,2 g dia-1). Vacas secas e novilhas produzem menos metano (g dia-1) que vacas em lactação. A média de emissão de metano (g dia-1) pelas vacas secas e novilhas foi de 268,8 e 222,6 g respectivamente e as vacas em lactação 353,8 g. Os animais da raça holandesa, com maior potencial de produção de leite, perderam menos CH4 (p 0,05) por unidade de matéria seca ingerida (19,1 g kg-1) que as mestiças (22,0 g kg-1). A produção de metano pelas novilhas mantidas em pastagens adubadas (sistema intensivo) foi de 222,6 g dia-1, maior (p 0,05) que os animais desta categoria em pastagens não adubadas (179,2 g dia-1). A produção de metano variou em função da categoria de animal e pelo sistema de produção imposto aos animais.

8.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1494097

Resumo

Fourteen Holstein male calves, averaging 28 days old and 48.17kg of initial body weight were allotted to a completely randomized design, with two treatments and seven replicates, to evaluate the effect of ground or pelleted concentrate on calf performance. The treatments consisted of two diets: one in the ground form and another prepared as pellets. The experiment (84 days) was conducted in two periods (milking and post-milking), each one lasted 42 days. At the milking phase (from 28 to 70 days old), calves received 4 L of milk replacer and concentrate ad libitum and, after weaning, elephant grass (Pennisetum purpureum) hay ad libitum plus 2.0kg of concentrate. Dry matter (DM), neutral detergent fiber, crude protein and acid detergent fiber intakes and performance did not show statistical difference (P>.05) in the both phases.


Objetivou-se avaliar o efeito do concentrado farelado ou peletizado sobre o desempenho de bezerros da raça holandesa. Utilizaram-se 14 bezerros, com média de 28 dias de idade e peso vivo inicial de 48,17kg, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos e sete repetições. Os tratamentos consistiram de duas dietas uma com concentrado na forma farelada e outra com concentrado na forma peletizada. O experimento foi conduzido nos períodos de aleitamento e pós-desmama cada um com 42 dias de duração, totalizando 84 dias. No período de aleitamento (com início aos 28 dias de idade e término aos 70 dias de idade) os bezerros receberam 4 litros reconstituídos de sucedâneo lácteo e concentrado, à vontade e após o desmame receberam feno de capim-elefante (Pennisetum purpureum) à vontade e 2,0kg de concentrado. Em ambas as fases, não houve diferença estatística (P>0,05) nos consumos de matéria seca (MS), fibra em detergente neutro, proteína bruta, fibra em detergente ácido, nem no desempenho dos animais.

9.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 62(3): 251-264, 2005.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1466233

Resumo

The experiment was conducted, during two years at UNESP, Jaboticabal, to evaluate the cool season grass introduction on the Tifton 85 pasture to reduce the forage deficit during the winter/spring season. It was evaluated the following winter species: bristle oat; yellow oat; triticale, and yours mixtures. During the experiment it was determined the herbage mass (HMP) before grazing, agronomic characteristics botanical composition, changes on the herbage mass of each pasture component, leaf/stem + sheath relation. On the first year, at the first and second growth period (GP), it was observed highest herbage mass on the every overseeded pasture, except on the triticale, and bristle oat + triticale areas. This pastures showed changes in the herbage mass compared to the Tifton 85 (control) on the first GP. Every pasture decreased the leaf/stem + sheath ratio during the first to second GP. In the second year, the herbage mass was lowest in the fifth evaluation, compared to the first year. In relation to the GP, the highest herbage mass occurred on the third and fourth spring growth period. The cool season grass occurrence was highest on the first GP, and decreased during the spring evaluations.


Com o objetivo de avaliar o efeito da sobressemeadura no capim-Tifton 85 (T-85), na tentativa de suprir o déficit de forragem no período inverno/primavera, foram utilizadas as forrageiras de inverno, durante dois anos, na FCAV,UNESP, Jaboticabal. Foram sobressemeados na área de T-85 (controle), a aveia preta; aveia amarela; triticale e suas misturas. Foram avaliados, antes da entrada dos animais, a disponibilidade de massa seca dos pastos, a composição botânica, a variação de disponibilidade de massa seca das misturas e a relação lâmina foliar/ colmo + bainha. No primeiro ano, do primeiro para o segundo período de crescimento (PC), observou-se aumento na disponibilidade de massa seca em todos os pastos sobressemeados, com exceção do pasto de triticale e aveia preta + triticale, que apresentaram variações na disponibilidade de massa seca quando comparadas com o T-85 (testemunha) no primeiro PC. Ocorreu queda em todos os pastos na relação lâmina foliar/colmo + bainha do primeiro para o segundo PC. No segundo ano, a massa seca total dos pastos foi menor somente para o quinto PC, quando comparado ao primeiro ano de avaliação. Nos PC, a maior massa seca dos pastos ocorreu no terceiro e quarto PC (primavera). Na composição botânica, foi observado que as forrageiras de inverno estiveram mais presentes no primeiro PC e foram decrescendo com o decorrer das avaliações.

10.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 62(4): 295-311, 2005.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1466244

Resumo

The experiment was carried out at FCAV Campus de Jaboticabal in the period of winter-spring-summer of the 2001-2002 and 2002-2003, to determine the crude protein (CP), cell wall (NDF ADF, lignin) and in vitro organic matter digestibility (IVOMD) of the Tifton 85 pasture overseeded with winter species. The treatments were: bristle oat; yellow oat; triticale; bristle oat + yellow oat; bristle oat + triticale; yellow oat + triticale; bristle oats + yellow oats + triticale, overseeded in the area of the Tifton 85 grass; and, T-85: area only with the grass-Tifton 85. The plants were cut at 20 cm (presence of annual winter grasses) and 10 cm (absence of the annual winter grasses) of the soil level. The protein content was highest in the first year of evaluation compared to the second experimental year. The same behavior was observed, in the two years, on the cell wall content. The NDF content increased, and the ADF and lignin decreased lightly. The IVOMD presented variation in function of the botanical and morphologic composition on the different evaluations in the growth periods.


O experimento foi conduzido na FCAV, Campus de Jaboticabal, no período de inverno- primavera-verão de 2001-2002 e 2002-2003, com o objetivo de determinar os teores de proteína bruta (PB), parede celular (FDN, FDA, lignina) e digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) em pastos de capim-Tifton 85 e forrageiras de inverno. Os tratamentos testados foram: aveia preta; aveia amarela; triticale; aveia preta + aveia amarela; aveia preta + triticale; aveia amarela + triticale; aveia preta + aveia amarela + triticale, sobressemeados na área de capim-Tifton 85; e, T-85: área somente com o capim-Tifton 85. As amostras foram coletadas pelo corte das forrageiras a 20 cm (presença de forrageiras de inverno) e 10 cm (ausência das forrageiras de inverno) em relação ao nível do solo. Os teores de proteína na massa total da forragem foram maiores no primeiro ano de avaliação quando comparados com os do segundo ano experimental. Observouse o mesmo comportamento, nos dois anos avaliados, quanto à composição da parede celular, aumento nos teores de FDN, leve queda nos teores de FDA e de lignina. A digestibilidade in vitro da matéria orgânica apresentou variação em função da composição botânica e morfológica nos diferentes períodos de crescimento.

11.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 34(3): 287-295, 2012.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-724769

Resumo

The goal of this study was to evaluate the effects of including urea in diets containing mesquite pod meal on nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were divided into two 4 x 4 Latin squares. Treatments consisted of following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. The diet was provided as total diet a 40:60 forage: concentrate ratio based on total diet DM. Total urine and feces were collected and nitrogen excretion was determined. Blood was collected, followed by plasma extraction and quantification of urea nitrogen. To evaluate pH and ammonia-N in rumen fluid, four rumen fistulated animals were used . Intake of N (31.68 g day-1) and losses through feces (7.94 g day-1) and urine (9.95 g day-1) did not change. The concentrations of ammonia-N and plasma urea-N increased linearly. Rumen pH was similar among treatments. The inclusion of urea does not influence the nitrogen balance, but increases the concentrations of rumen ammonia-N and urea nitrogen in plasma, which may influence energy expenditure in the body.  


Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o balanço de nitrogênio, N-uréico no plasma e parâmetros ruminais em ovinos. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. A dieta foi fornecida como dieta total na relação volumoso:concentrado de 40:60 com base na MS total da dieta. Foi realizada a coleta total de urina e fezes e determinada a excreção de nitrogênio. Foi coletado sangue, seguido com a extração do plasma e determinação do N-uréico. Para avaliação do pH e N-amoniacal no líquido ruminal foram utilizados quatro animais fistulados no rúmen. A ingestão de N (31,68 g/dia) e perdas vias fecal (7,94 g/dia) e urinária (9,95 g/dia) não sofreram alteração. As concentrações de N-amoniacal e N-uréico no plasma aumentaram de forma linear. O pH ruminal foi semelhante entre os tratamentos. A inclusão de uréia não influencia o balanço de nitrogênio, porém eleva as concentrações de N-amoniacal no rúmen e N-uréico no plasma podendo influenciar o gasto de energia no organismo.

12.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 33(3): 225-231, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-724558

Resumo

The objective of the work was to evaluate ruminal fermentation kinetics parameters of Brachiaria brizantha, harvested at 28, 35 and 54 days, using the semiautomatic in vitro gas production technique. Analyses were carried out for dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDFAP), acid detergent fiber (ADF), neutral detergent insoluble nitrogen (NDIN), acid detergent insoluble nitrogen (ADIN), lignin (LIG), total carbohydrates (TC), non-fiber carbohydrates (NFC), fraction B2 and the fraction C, respectively. The data of gas production were adjusted to the bicompartmental logistic model. The design used was completely randomized. The data were submitted to analysis of variance and regression, at the level of 5% probability. There was a significant effect (p


O objetivo do trabalho foi avaliar os parâmetros da cinética de degradação ruminal da Brachiaria brizantha cv. Marandu, cortadas aos 28, 35 e 54 dias, pela técnica in vitro de produção de gases. Foram realizadas determinações dos teores de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNCP), fibra em detergente ácido (FDA), nitrogênio insolúvel em detergente neutro (NIDN), nitrogênio insolúvel em detergente ácido (NIDA), lignina (LIG), Carboidratos totais (CT), carboidratos não fibrosos (CNF), fração B2 e fração C, respectivamente. Os dados da produção de gases foram ajustados ao modelo logístico bicompartimental. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado. Os dados foram submetidos à análise de variância e regressão, ao nível de 5% de probabilidade. Houve efeito (p 0,05) para as variáveis MS, FDNCP, FDA, NIDN, NIDA, CT, B2, com aumento linear à medida que avançou a idade de corte. Para a produção de gases a fração A foi semelhante entre as idades de 28 e 35 dias, com 95,75 e 116,8 mL 1g-1 de MS, respectivamente. A idade recomendada para obtenção do melhor valor nutricional do Brachiaria brizantha cv. Marandu foi aos 28 dias.

13.
Ci. Anim. bras. ; 13(2): 157-164, 2012.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-713472

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effects of using sorghum silages with and without tannin as a substitute for corn silage on performance and carcass characteristics of feedlot sheep. We used 18 whole, Santa Ines, male lambs, distributed in a completely randomized design with three treatments: silage tannin in grain sorghum (SCT), silage sorghum without tannin in grain (SST); and corn silage (SM). The forage: concentrate ratio was 70:30, and we used a commercial concentrate with 19% CP and 75% TDN. The dry matter intake (DMI) for the treatment SCT, SST, and SM were 1.03, 1.20 and 0.85 kg / day, respectively, and the SCT was similar to the others, but the SST was higher than SM. The sheep which consumed the SST diet had higher average daily weight gain (DWG) and total average gain (153.72 g and 8.61 kg) than those consuming SCT (111.19 and 6.23 kg) and SM (94.40 g and 5.46kg). There was no difference in feed conversion (FC) between diets. The carcass traits were not influenced by the type of silage consumed. The SCT can be used as the only roughage in the diet of sheep in confinement, without changing the DMI, FC and carcass characteristics. However, animals that consumed the SST had higher DWG.KEYWORDS: carcass finishing; consumption; feed conversion; lambs; weight gain.


Objetivou-se avaliar os efeitos da utilização de silagens de sorgo com e sem tanino em substituição à silagem de milho sobre o desempenho e as características de carcaça de ovinos confinados. Foram utilizados 18 cordeiros machos, inteiros, Santa Inês, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos: silagem de sorgo com tanino no grão (SCT); silagem de sorgo sem tanino no grão (SST) e; silagem de milho (SM). A relação volumoso:concentrado foi de 70:30, sendo utilizado concentrado comercial com 19% de PB e 75% de NDT. O consumo de matéria seca (CMS) para os tratamentos SCT, SST e SM foram 1,03; 1,20 e 0,85kg/dia, respectivamente, sendo a SCT semelhante às demais, porém a SST foi superior à SM. Os ovinos que consumiram a dieta SST apresentaram ganho de peso médio diário (GPMD) e ganho médio total (153,72g e 8,61kg) superior àqueles consumindo SCT (111,19 e 6,23kg) e SM (94,40g e 5,46kg). Não houve diferença na conversão alimentar (CA) entre as dietas. As características de carcaça não foram influenciadas pelo tipo de silagem consumida. A SCT pode ser utilizada como volumoso exclusivo na alimentação de ovinos em confinamento, sem alterar o CMS, CA e características de carcaça. Entretanto, os animais que consumiram a SST obtiveram maior GPMD.PALAVRAS-CHAVE: acabamento de carcaça; consumo; conversão alimentar; cordeiros; ganho de peso.

14.
B. Indústr. Anim. ; 62(3): 251-264, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-468019

Resumo

The experiment was conducted, during two years at UNESP, Jaboticabal, to evaluate the cool season grass introduction on the Tifton 85 pasture to reduce the forage deficit during the winter/spring season. It was evaluated the following winter species: bristle oat; yellow oat; triticale, and yours mixtures. During the experiment it was determined the herbage mass (HMP) before grazing, agronomic characteristics botanical composition, changes on the herbage mass of each pasture component, leaf/stem + sheath relation. On the first year, at the first and second growth period (GP), it was observed highest herbage mass on the every overseeded pasture, except on the triticale, and bristle oat + triticale areas. This pastures showed changes in the herbage mass compared to the Tifton 85 (control) on the first GP. Every pasture decreased the leaf/stem + sheath ratio during the first to second GP. In the second year, the herbage mass was lowest in the fifth evaluation, compared to the first year. In relation to the GP, the highest herbage mass occurred on the third and fourth spring growth period. The cool season grass occurrence was highest on the first GP, and decreased during the spring evaluations.


Com o objetivo de avaliar o efeito da sobressemeadura no capim-Tifton 85 (T-85), na tentativa de suprir o déficit de forragem no período inverno/primavera, foram utilizadas as forrageiras de inverno, durante dois anos, na FCAV,UNESP, Jaboticabal. Foram sobressemeados na área de T-85 (controle), a aveia preta; aveia amarela; triticale e suas misturas. Foram avaliados, antes da entrada dos animais, a disponibilidade de massa seca dos pastos, a composição botânica, a variação de disponibilidade de massa seca das misturas e a relação lâmina foliar/ colmo + bainha. No primeiro ano, do primeiro para o segundo período de crescimento (PC), observou-se aumento na disponibilidade de massa seca em todos os pastos sobressemeados, com exceção do pasto de triticale e aveia preta + triticale, que apresentaram variações na disponibilidade de massa seca quando comparadas com o T-85 (testemunha) no primeiro PC. Ocorreu queda em todos os pastos na relação lâmina foliar/colmo + bainha do primeiro para o segundo PC. No segundo ano, a massa seca total dos pastos foi menor somente para o quinto PC, quando comparado ao primeiro ano de avaliação. Nos PC, a maior massa seca dos pastos ocorreu no terceiro e quarto PC (primavera). Na composição botânica, foi observado que as forrageiras de inverno estiveram mais presentes no primeiro PC e foram decrescendo com o decorrer das avaliações.

15.
B. Indústr. Anim. ; 62(4): 295-311, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-468001

Resumo

The experiment was carried out at FCAV Campus de Jaboticabal in the period of winter-spring-summer of the 2001-2002 and 2002-2003, to determine the crude protein (CP), cell wall (NDF ADF, lignin) and in vitro organic matter digestibility (IVOMD) of the Tifton 85 pasture overseeded with winter species. The treatments were: bristle oat; yellow oat; triticale; bristle oat + yellow oat; bristle oat + triticale; yellow oat + triticale; bristle oats + yellow oats + triticale, overseeded in the area of the Tifton 85 grass; and, T-85: area only with the grass-Tifton 85. The plants were cut at 20 cm (presence of annual winter grasses) and 10 cm (absence of the annual winter grasses) of the soil level. The protein content was highest in the first year of evaluation compared to the second experimental year. The same behavior was observed, in the two years, on the cell wall content. The NDF content increased, and the ADF and lignin decreased lightly. The IVOMD presented variation in function of the botanical and morphologic composition on the different evaluations in the growth periods.


O experimento foi conduzido na FCAV, Campus de Jaboticabal, no período de inverno- primavera-verão de 2001-2002 e 2002-2003, com o objetivo de determinar os teores de proteína bruta (PB), parede celular (FDN, FDA, lignina) e digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) em pastos de capim-Tifton 85 e forrageiras de inverno. Os tratamentos testados foram: aveia preta; aveia amarela; triticale; aveia preta + aveia amarela; aveia preta + triticale; aveia amarela + triticale; aveia preta + aveia amarela + triticale, sobressemeados na área de capim-Tifton 85; e, T-85: área somente com o capim-Tifton 85. As amostras foram coletadas pelo corte das forrageiras a 20 cm (presença de forrageiras de inverno) e 10 cm (ausência das forrageiras de inverno) em relação ao nível do solo. Os teores de proteína na massa total da forragem foram maiores no primeiro ano de avaliação quando comparados com os do segundo ano experimental. Observouse o mesmo comportamento, nos dois anos avaliados, quanto à composição da parede celular, aumento nos teores de FDN, leve queda nos teores de FDA e de lignina. A digestibilidade in vitro da matéria orgânica apresentou variação em função da composição botânica e morfológica nos diferentes períodos de crescimento.

16.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-712009

Resumo

The trial aimed to evaluate the effect of feeding of 1% body weight of concentrate supplementation, formulated with different ingredients (mesquite pod meal , sorghum meal or wheat bran), or without concentrate supplementation on behavioral parameters and cost of production of sheep kept in grazing urocloa grass. We used 24 Santa Inês sheep, non-castrated, weaned with body weight averaging 20 ± 2kg and an average of 120 days of age. The animals were assigned in the four treatments consisting by animals fed forage under deferred grazing of Urochloa grass (Urochloa mosambicensis). The dry matter intake was significant and the values were higher to the animals what receive concentrate supplement. The differences in the dry matter intake did not affect the feeding activity, already the time of grazing had a higher value for the animals without concentrate supplementation, in compared with other. The time of rumination was higher for treating without concentrate supplementation . The number of ruminated bolus (nº/day) and chewing time/bolus (sec) were not affected. The feeding efficiency (g DM/hours) and rumination efficiency (g DM/hours) were lower for the treatment without concentrate supplementation . The economic result was positive for all treatments with concentrate supplementation, however, the without concentrate supplementation treatment showed negative revenue. The concent


Objetivou-se avaliar os efeitos do fornecimento de 1% do peso corporal de suplementação concentrada, formulada com diferentes ingredientes (farelo da vagem de algaroba, farelo de sorgo ou farelo de trigo), ou sem suplementação concentrada sobre os parâmetros comportamentais e custo de produção de ovinos mantidos em pastagem de capim urocloa. Foram utilizados 24 ovinos Santa Inês, não castrados, desmamados, com peso corporal médio inicial de 20 ± 2kg e média de 120 dias de idade. Os animais foram distribuídos nos quatro tratamentos constituídos por animais consumindo forragem sob pastejo diferido de capim-urocloa. O consumo de matéria seca diferiu com os maiores valores observados para os animais que receberam suplementos concentrados. As diferenças no consumo de matéria seca não afetaram a atividade de alimentação, mas o tempo de pastejo apresentou um maior valor para os animais que consumiram forragem sem suplementos concentrados em relação aos demais. O tempo de ruminação foi superior o tratamento para sem suplementação concentrada. O número de bolos ruminados (nº/dia) e o tempo de mastigações/bolo (seg) não foram afetados. A eficiência de alimentação (g MS/hora) e a eficiência de ruminação (g MS/hora) foram menores para o tratamento sem suplemento concentrado. O resultado econômico foi positivo para todos os tratamentos com suplementação concentrada, no entanto o tratamento

17.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-711799

Resumo

Fourteen Holstein male calves, averaging 28 days old and 48.17kg of initial body weight were allotted to a completely randomized design, with two treatments and seven replicates, to evaluate the effect of ground or pelleted concentrate on calf performance. The treatments consisted of two diets: one in the ground form and another prepared as pellets. The experiment (84 days) was conducted in two periods (milking and post-milking), each one lasted 42 days. At the milking phase (from 28 to 70 days old), calves received 4 L of milk replacer and concentrate ad libitum and, after weaning, elephant grass (Pennisetum purpureum) hay ad libitum plus 2.0kg of concentrate. Dry matter (DM), neutral detergent fiber, crude protein and acid detergent fiber intakes and performance did not show statistical difference (P>.05) in the both phases.


Objetivou-se avaliar o efeito do concentrado farelado ou peletizado sobre o desempenho de bezerros da raça holandesa. Utilizaram-se 14 bezerros, com média de 28 dias de idade e peso vivo inicial de 48,17kg, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos e sete repetições. Os tratamentos consistiram de duas dietas uma com concentrado na forma farelada e outra com concentrado na forma peletizada. O experimento foi conduzido nos períodos de aleitamento e pós-desmama cada um com 42 dias de duração, totalizando 84 dias. No período de aleitamento (com início aos 28 dias de idade e término aos 70 dias de idade) os bezerros receberam 4 litros reconstituídos de sucedâneo lácteo e concentrado, à vontade e após o desmame receberam feno de capim-elefante (Pennisetum purpureum) à vontade e 2,0kg de concentrado. Em ambas as fases, não houve diferença estatística (P>0,05) nos consumos de matéria seca (MS), fibra em detergente neutro, proteína bruta, fibra em detergente ácido, nem no desempenho dos animais.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA