Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 29(1): e016419, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24413

Resumo

The aim of this study was to evaluate environmental contamination by helminth eggs with zoonotic potential that were found in dog feces in the vicinity of elementary schools. Seventy-nine samples of dog feces were collected from 28 municipal schools located in five neighborhoods in Pelotas, Rio Grande do Sul (RS), Brazil. The samples were processed using the Willis-Mollay technique and analyzed using an optical microscope (40X), to identify any parasite eggs present. All neighborhoods were positive and 74.7% of the samples exhibited one or more helminth genera. The agent with the highest prevalence was Ancylostoma spp. (93.2%), followed by Trichuris spp. (18.6%), Toxocara spp. (11.9%) and Toxascaris (1.7%). These data show that there is a need for greater care towards controlling these helminths with zoonotic potential, including responsible pet ownership and daily activities to clean and collect dog feces in the vicinity of schools, because these are places where children play and study.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar a contaminação ambiental por ovos de helmintos com potencial zoonótico, diagnosticados em fezes caninas depositadas nas proximidades de escolas primárias. Setenta e nove amostras de fezes foram colhidas em 28 escolas municipais localizadas em cinco bairros da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul (RS), Brasil. As amostras foram processadas pela técnica de Willis-Mollay e analisadas em microscópio óptico (40X), para identificar quaisquer parasitos presentes. Todos os bairros foram positivos e 74,7% das amostras apresentaram um ou mais gêneros de helmintos. O agente com maior prevalência foi Ancylostoma spp. (93,2%), seguido por Trichuris spp. (18,6%), Toxocara spp. (11,9%) e Toxascaris (1,7%). Esses dados mostram que há necessidade de maior cuidado no controle desses helmintos com potencial zoonótico, incluindo a posse responsável dos animais e atividades diárias de limpeza e colheita de fezes de cães nas proximidades das escolas, porque esses são locais onde as crianças brincam e estudam.(AU)


Assuntos
Poluição Ambiental , Ancylostomatoidea/crescimento & desenvolvimento , Ancylostomatoidea/patogenicidade , Zoonoses , Helmintos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA