Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 119
Filtrar
1.
Ciênc. rural (Online) ; 53(6): 1-10, 2023. ilus, mapa
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1413073

Resumo

The present study evaluated the growth of the species Mytella guyanensis and Mytella strigata on ropes suspended in Amazon Macrotidal Mangrove Coast. The mussels were farmed at a density of 840 ind. m-1 of rope, with the same shell height (mm) and live weight (g) for both species. The experiment was entirely randomized, with two treatments and 15 repetitions. Significant differences were reported regarding the growth (shell height and live weight) between the species (P>0.05). The daily growth rate was greater for M. guyanensis than for M. strigata. At the end of the cultivation cycle, only 451 ± 46 (59.9%) of M. guyanensis individuals reached commercial size per meter of rope compared to 670 ± 73 (89.3%) of M. strigata individuals. Survival rates were similar. Salinity and temperature increased progressively throughout the experiment with the reduction in rainfall and were within the range considered ideal for these species. In conclusion, the farming of both species of mussels was viable under estuarine conditions influenced by macrotides, with satisfactory survival rates and daily growth (shell height and weight).


O presente trabalho avaliou o crescimento das espécies Mytella guyanensis e Mytella strigata em cordas suspensas na Costa de Manguezais de Macromarés da Amazônia. Os mexilhões foram cultivados na densidade de 840 ind. m-1 de corda, com a mesma altura de valva (mm) e peso vivo (g) para ambas as espécies. O experimento ocorreu inteiramente casualizado, com dois tratamentos e 15 repetições. Foram encontradas diferenças significativas quanto ao crescimento (altura da concha e peso vivo) entre as espécies (P>0,05). A taxa de crescimento diário foi maior para a M. guyanensis do que para M. strigata. Ao final do ciclo de cultivo, apenas 451 ± 46 (59,9%) indivíduos de M. guyanensis atingiram o tamanho comercial por metro de corda comparado a 670 ± 73 (89,3%) indivíduos de M. strigata. As taxas de sobrevivência foram semelhantes. A salinidade e a temperatura aumentaram progressivamente ao longo do experimento com a redução das chuvas e ficaram dentro da faixa considerada ideal para essas espécies. Em conclusão, o cultivo de ambas as espécies de mexilhões foi viável em condições estuarinas influenciadas pelas macromarés, com taxas de sobrevivência e crescimento diário satisfatórios (altura de valva e peso).


Assuntos
Animais , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Áreas Alagadas , Ecossistema Amazônico
2.
Braz. j. biol ; 83: e249641, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1339363

Resumo

Abstract Estuaries receive daily inputs of chemical elements which can impact the quality of water and sediment, as well as the health of biota. In addition to the sediment, bivalve mollusks have been used in the chemical monitoring of these systems. This study investigated the presence and contents of As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb and Zn in superficial sediment and in bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae and Mytella guyanensis) from estuaries in the south / extreme south of Bahia State, northeast Brazil. The samples were evaluated with inductively coupled plasma optical emission spectrometry (ICP-OES, Varian 710). Except for Cd, all other elements were found in the samples, being that Co was exclusive in the sediment. The estuaries equivalent to sampling stations #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus and #4 - Belmonte showed levels of metals compatibles with those established by the Brazilian legislation, however, the #5 - Santa Cruz Cabrália, in addition to the presence of As, presented a high level of Pb and Cu in C. gasar, which was attributed to the impacts of nautical activities in that locality.


Resumo Estuários recebem entradas diárias de elementos químicos, que podem impactar a qualidade de água e do sedimento, assim como a saúde da biota. Além do sedimento, moluscos bivalves têm sido utilizados no monitoramento químico desses sistemas. Neste estudo investigou-se a presença e os teores de As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb e Zn no sedimento superficial e em bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae e Mytella guyanensis) de estuários do sul / extremo sul do estado da Bahia, Nordeste do Brasil. As amostras foram avaliadas por espectrometria de emissão óptica de plasma indutivamente acoplado (ICP-OES, Varian 710). Exceto Cd, todos os demais elementos foram encontrados nas amostras, sendo que Co foi exclusivo no sedimento. Os estuários equivalentes às estações amostrais #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus e #4 - Belmonte mostraram níveis de metais compatíveis com os estabelecidos pela legislação brasileira, porém, a #5 - Santa Cruz Cabrália, além da presença de As, apresentou alto nível de Pb e de Cu em C. gasar, o que foi atribuído aos impactos por atividades náuticas nesse local.


Assuntos
Animais , Poluentes Químicos da Água/análise , Bivalves , Metais Pesados/análise , Brasil , Monitoramento Ambiental , Estuários , Sedimentos Geológicos
3.
Braz. j. biol ; 83: 1-10, 2023. map, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468945

Resumo

Estuaries receive daily inputs of chemical elements which can impact the quality of water and sediment, as well as the health of biota. In addition to the sediment, bivalve mollusks have been used in the chemical monitoring of these systems. This study investigated the presence and contents of As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb and Zn in superficial sediment and in bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae and Mytella guyanensis) from estuaries in the south / extreme south of Bahia State, northeast Brazil. The samples were evaluated with inductively coupled plasma optical emission spectrometry (ICP-OES, Varian 710). Except for Cd, all other elements were found in the samples, being that Co was exclusive in the sediment. The estuaries equivalent to sampling stations #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus and #4 - Belmonte showed levels of metals compatibles with those established by the Brazilian legislation, however, the #5 - Santa Cruz Cabrália, in addition to the presence of As, presented a high level of Pb and Cu in C. gasar, which was attributed to the impacts of nautical activities in that locality.


Estuários recebem entradas diárias de elementos químicos, que podem impactar a qualidade de água e do sedimento, assim como a saúde da biota. Além do sedimento, moluscos bivalves têm sido utilizados no monitoramento químico desses sistemas. Neste estudo investigou-se a presença e os teores de As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb e Zn no sedimento superficial e em bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae e Mytella guyanensis) de estuários do sul / extremo sul do estado da Bahia, Nordeste do Brasil. As amostras foram avaliadas por espectrometria de emissão óptica de plasma indutivamente acoplado (ICP-OES, Varian 710). Exceto Cd, todos os demais elementos foram encontrados nas amostras, sendo que Co foi exclusivo no sedimento. Os estuários equivalentes às estações amostrais #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus e #4 - Belmonte mostraram níveis de metais compatíveis com os estabelecidos pela legislação brasileira, porém, a #5 - Santa Cruz Cabrália, além da presença de As, apresentou alto nível de Pb e de Cu em C. gasar, o que foi atribuído aos impactos por atividades náuticas nesse local.


Assuntos
Animais , Bivalves , Metais Pesados/toxicidade , Poluição de Estuários/análise , Sedimentos/análise
4.
Braz. J. Biol. ; 83: 1-10, 2023. mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765522

Resumo

Estuaries receive daily inputs of chemical elements which can impact the quality of water and sediment, as well as the health of biota. In addition to the sediment, bivalve mollusks have been used in the chemical monitoring of these systems. This study investigated the presence and contents of As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb and Zn in superficial sediment and in bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae and Mytella guyanensis) from estuaries in the south / extreme south of Bahia State, northeast Brazil. The samples were evaluated with inductively coupled plasma optical emission spectrometry (ICP-OES, Varian 710). Except for Cd, all other elements were found in the samples, being that Co was exclusive in the sediment. The estuaries equivalent to sampling stations #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus and #4 - Belmonte showed levels of metals compatibles with those established by the Brazilian legislation, however, the #5 - Santa Cruz Cabrália, in addition to the presence of As, presented a high level of Pb and Cu in C. gasar, which was attributed to the impacts of nautical activities in that locality.(AU)


Estuários recebem entradas diárias de elementos químicos, que podem impactar a qualidade de água e do sedimento, assim como a saúde da biota. Além do sedimento, moluscos bivalves têm sido utilizados no monitoramento químico desses sistemas. Neste estudo investigou-se a presença e os teores de As, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb e Zn no sedimento superficial e em bivalves (Crassostrea gasar, C. rhizophorae e Mytella guyanensis) de estuários do sul / extremo sul do estado da Bahia, Nordeste do Brasil. As amostras foram avaliadas por espectrometria de emissão óptica de plasma indutivamente acoplado (ICP-OES, Varian 710). Exceto Cd, todos os demais elementos foram encontrados nas amostras, sendo que Co foi exclusivo no sedimento. Os estuários equivalentes às estações amostrais #1 - Valença, #2 - Taperoá, #3 - Ilhéus e #4 - Belmonte mostraram níveis de metais compatíveis com os estabelecidos pela legislação brasileira, porém, a #5 - Santa Cruz Cabrália, além da presença de As, apresentou alto nível de Pb e de Cu em C. gasar, o que foi atribuído aos impactos por atividades náuticas nesse local.(AU)


Assuntos
Animais , Bivalves , Sedimentos/análise , Metais Pesados/toxicidade , Poluição de Estuários/análise
5.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 48: e703, 2022. mapas, graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1401024

Resumo

In this study, the effects of precipitation on Anomalocardia flexuosa densities were analyzed from the perspective of temporal delays between the variables. The collections occurred bi-monthly between April 2016 and February 2018 at Mangue Seco beach, Pernambuco, Brazil. Total densities and densities according to the category of size (small, medium and large), and precipitation were analyzed with autocorrelation and cross-correlation functions, with a retrospective analysis of up to 12 months. Distributed lag models were used among the variables. The maximum density was found in June 2017 (378 ind.m2) for the medium-size category of individuals. Significant autocorrelations occurred for densities (total and average size) and precipitation. In cross-correlation functions, high precipitation for a given month was followed by high densities of total and average individuals for up to two months. Distributed lag models also showed significant values between densities (total and medium-sized) and precipitation, which explained more than 50% of the variability of these two groups. The effect of precipitation was responsible for the increase in the density of A. flexuosa for up to two months, mainly by increasing individuals with medium shell lengths.


Neste estudo, foram analisados os efeitos da precipitação nas densidades de Anomalocardia flexuosa sob a perspectiva de atrasos temporais entre as variáveis. As coletas foram bimensais, entre abril de 2016 e fevereiro de 2018, na praia de Mangue Seco, Pernambuco, Brasil. As densidades totais e por categoria de tamanho (pequeno, médio e grande) e a precipitação foram analisadas com as funções de autocorrelação e correlação cruzada, com análise retrospectiva de até 12 meses. Modelos de defasagem distribuída foram empregados entre as variáveis. A densidade máxima foi encontrada em junho de 2017 (378 ind.m²) na categoria de tamanho médio dos indivíduos. Autocorrelações significativas ocorreram nas densidades (total e tamanho médio) e precipitação. Nas funções de correlação cruzada, a alta precipitação de determinado mês foi seguida por alta nas densidades total e de indivíduos médios por até dois meses. Os Modelos de defasagem distribuída também apresentaram valores significativos entre as densidades (total e tamanho médio) e a precipitação, explicando mais de 50% da variabilidade desses dois grupos. O efeito da precipitação foi responsável pelo aumento da densidade de A. flexuosa por até dois meses, principalmente pelo incremento de indivíduos com comprimentos de concha medianos.


Assuntos
Animais , Chuva , Frutos do Mar , Bivalves , Brasil
6.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 23: e-72781P, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1404215

Resumo

Shellfish gathering is an artisanal activity and a means of family subsistence for several coastal communities along the Brazilian coast and Anomalocardia brasiliana is one of the main exploited mollusk species. This paper aimed to obtain information about the temporal distribution, growth, yield, and gonadosomatic index of the bivalve mollusk A. brasiliana in a natural stock to provide subsidies for the sustainable extraction of this resource. The study was carried out in an area of the Acaraú River estuary, on Volta do Rio Beach, municipality of Acaraú, Ceará, Brazil. Samples were collected monthly for one year at spring low tide, using the random squares method. Water and sediment temperature and salinity were measured in situ. Sediment samples were collected for granulometric analysis. The specimens were individually quantified, measured, and weighed. A total of 8,507 A. brasiliana specimens were sampled, and the highest density recorded was 2,534 individuals/m2, whose longest shell length reached between 21 and 25 mm, while the mean meat yield was 12.42%. The means of biometric variables of individuals showed significant differences during the sample period. Frequency histograms evidenced the presence of adult and juvenile individuals, showing a continuous reproductive cycle in the studied natural stock. These results can assist the sustainable shellfish gathering activity on Volta do Rio Beach. We recommend that A. brasiliana is above 20 mm in length to be captured and the reduction in the capture effort from April to September, when the highest density of juveniles was observed, to guarantee the sustainability of this stock.


A mariscagem é uma atividade artesanal e meio de subsistência familiar de diversas comunidades litorâneas ao longo da costa brasileira, sendo Anomalocardia brasiliana uma das principais espécies de molusco exploradas. Esse trabalho objetivou obter informações sobre a distribuição temporal, crescimento, rendimento e o índice gonadossomático do molusco bivalve A. brasiliana em um estoque natural a fim de fornecer subsídios para a extração sustentável deste recurso. O estudo foi realizado em uma área do estuário do rio Acaraú, na Praia Volta do Rio, município de Acaraú, Ceará, Brasil. As coletas foram realizadas mensalmente durante um ano na maré baixa de sizígia, utilizando o método dos quadrados aleatórios. A temperatura da água, do sedimento e a salinidade foram aferidas in situ. Foram coletadas amostras de sedimento para análise granulométrica. Os espécimes foram quantificados, mensurados e pesados individualmente. Foram amostrados um total de 8.507 exemplares de A. brasiliana, a maior densidade registrada teve 2.534 indivíduos/m2, aqueles com maior comprimento de concha tinham entre 21 e 25 mm, o rendimento da carne apresentou um valor médio de 12,42%. As médias das variáveis biométricas dos indivíduos apresentaram diferenças significativas durante o período amostral. Os histogramas de frequência evidenciaram a presença de indivíduos adultos e juvenis, indicando um ciclo reprodutivo contínuo no estoque natural estudado. Estes resultados auxiliarão no exercício da mariscagem sustentável na praia da Volta do Rio. Recomenda-se a captura de A. brasiliana com comprimento acima de 20 mm e a redução do esforço de captura nos meses de abril a setembro, período em que foi observada a maior densidade de juvenis, a fim de garantir a sustentabilidade desse estoque.


Assuntos
Animais , Bivalves/anatomia & histologia , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Caça , Brasil , Dinâmica Populacional , Desenvolvimento Sustentável
7.
Braz. j. biol ; 82: e243168, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1278514

Resumo

The yellow clam is a sand-burrowing bivalve that inhabits the dissipative beaches from southern Brazil to the north coast of Argentina. In the last decades, populations of this species have been impacted by mass mortality events, overfishing and other anthropogenic activities. The production of juveniles in captivity would allow feasibility studies to be carried out to restore the natural stock as well as the production in aquaculture systems. Given the scarcity of studies on the maintenance of this species in captivity, a culture system and a management protocol were developed and tested. Wild-caught clams (total length ≥50 mm) were used in a series of 14 day-long trials. Survival was higher in clams that were allowed to bury into the sand. A permanent ink marker covered with a thin layer of a quick-hardening adhesive proved to be a reliable method to tag clams. The maintenance of yellow clams in this system resulted in high survival and growth, increases in the condition factor and oocyte diameter, and a relative advancement of gonadal development.


O marisco branco é um bivalve de areia que habita as praias dissipativas do sul do Brasil até a costa norte da Argentina. Nas últimas décadas, as populações desta espécie têm sido afetadas por eventos de mortalidade maciça, sobrepesca e outras atividades antropogênicas. A produção de juvenis em cativeiro permitiria a realização de estudos de viabilidade para restaurar o estoque natural, assim como a produção em sistemas de aquicultura. Dada a escassez de estudos sobre a manutenção desta espécie em cativeiro, um sistema de cultivo e um protocolo de manejo foram desenvolvidos e testados. Mariscos branco selvagens (comprimento total ≥50 mm) foram utilizados em uma série de ensaios de 14 dias de duração. A sobrevivência foi maior nos mariscos que podiam ser enterrados na areia. Um marcador de tinta permanente coberto com uma fina camada de adesivo de endurecimento rápido provou ser um método confiável para marcar os mariscos. A manutenção dos mariscos neste sistema resultou em alta sobrevivência e crescimento, aumento do fator de condição e do diâmetro do ovócito, e um relativo avanço do desenvolvimento gonadal.


Assuntos
Animais , Bivalves , Conservação dos Recursos Naturais , Argentina , Brasil , Pesqueiros
8.
Braz. j. biol ; 82: e247035, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1249265

Resumo

The cockle Cerastoderma edule was exposed to four concentrations (5, 10, 20 and 70 µg L-1) of carbamazepine (CBZ). This anticonvulsant was found to alter the mussel behavior of by reducing its clearance rate (CR). Analysis of CBZ accumulation in tissues of C. edule was carried out using HPLC-UV after 48 or 96 hours of exposure. In addition, an overproduction of H2O2 by the bivalves was detected following exposure to CBZ but nitrite levels remained unchanged. Moreover, superoxide dismutase and catalase activities showed a significant increase in relation to their contact with CBZ. The activity of the biotransformation enzyme gluthatione-S-transferase did not change during exposure. Malondialdehyde (MDA) levels indicating cellular damage, increased when bivalves were exposed to 20 and 70 µg l-1 of carbamazepine for 96 h CBZ. The results also indicate that acetylcholinesterase activity (AChE) was inhibited in all CBZ concentrations during the 48 h exposure period. However, during the 96 h exposure period, AChE was only inhibited at the highest concentration. Further studies are needed now for more exploration of the toxicity of CBZ since it could be bioaccumulable throughout the food web and may affect non-target organisms.


O berbigão Cerastoderma edule foi exposto a quatro concentrações (5, 10, 20 e 70 µg L-1) de carbamazepina (CBZ). Este anticonvulsivante alterou o comportamento do mexilhão, reduzindo sua taxa de depuração (CR). A análise do acúmulo de CBZ nos tecidos de C. edule foi realizada por HPLC-UV após 48 ou 96 horas de exposição. Além disso, uma superprodução de H2O2 pelos bivalves foi detectada após a exposição à CBZ, mas os níveis de nitrito permaneceram inalterados. Além disso, as atividades de superóxido dismutase e catalase apresentaram aumento significativo em relação ao contato com CBZ. A atividade da enzima de biotransformação glutationa-S-transferase não se alterou durante a exposição. Os níveis de malondialdeído (MDA), indicando dano celular, aumentaram quando os bivalves foram expostos a 20 e 70 µg l-1 de carbamazepina por 96 h CBZ. Os resultados também indicam que a atividade da acetilcolinesterase (AChE) foi inibida em todas as concentrações de CBZ durante o período de exposição de 48 horas. No entanto, durante o período de exposição de 96 horas, a AChE foi inibida apenas na concentração mais alta. Mais estudos são necessários agora para uma maior exploração da toxicidade da CBZ, uma vez que pode ser bioacumulável em toda a cadeia alimentar e pode afetar organismos não alvo.


Assuntos
Animais , Poluentes Químicos da Água/toxicidade , Bivalves , Cardiidae , Carbamazepina/toxicidade , Peróxido de Hidrogênio
9.
Braz. j. biol ; 82: 1-10, 2022. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468529

Resumo

The yellow clam is a sand-burrowing bivalve that inhabits the dissipative beaches from southern Brazil to the north coast of Argentina. In the last decades, populations of this species have been impacted by mass mortality events, overfishing and other anthropogenic activities. The production of juveniles in captivity would allow feasibility studies to be carried out to restore the natural stock as well as the production in aquaculture systems. Given the scarcity of studies on the maintenance of this species in captivity, a culture system and a management protocol were developed and tested. Wild-caught clams (total length ≥50 mm) were used in a series of 14 day-long trials. Survival was higher in clams that were allowed to bury into the sand. A permanent ink marker covered with a thin layer of a quick-hardening adhesive proved to be a reliable method to tag clams. The maintenance of yellow clams in this system resulted in high survival and growth, increases in the condition factor and oocyte diameter, and a relative advancement of gonadal development.


O marisco branco é um bivalve de areia que habita as praias dissipativas do sul do Brasil até a costa norte da Argentina. Nas últimas décadas, as populações desta espécie têm sido afetadas por eventos de mortalidade maciça, sobrepesca e outras atividades antropogênicas. A produção de juvenis em cativeiro permitiria a realização de estudos de viabilidade para restaurar o estoque natural, assim como a produção em sistemas de aquicultura. Dada a escassez de estudos sobre a manutenção desta espécie em cativeiro, um sistema de cultivo e um protocolo de manejo foram desenvolvidos e testados. Mariscos branco selvagens (comprimento total ≥50 mm) foram utilizados em uma série de ensaios de 14 dias de duração. A sobrevivência foi maior nos mariscos que podiam ser enterrados na areia. Um marcador de tinta permanente coberto com uma fina camada de adesivo de endurecimento rápido provou ser um método confiável para marcar os mariscos. A manutenção dos mariscos neste sistema resultou em alta sobrevivência e crescimento, aumento do fator de condição e do diâmetro do ovócito, e um relativo avanço do desenvolvimento gonadal.


Assuntos
Animais , Aquicultura/métodos , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Pesqueiros
10.
Braz. J. Biol. ; 82: 1-10, 2022. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31630

Resumo

The yellow clam is a sand-burrowing bivalve that inhabits the dissipative beaches from southern Brazil to the north coast of Argentina. In the last decades, populations of this species have been impacted by mass mortality events, overfishing and other anthropogenic activities. The production of juveniles in captivity would allow feasibility studies to be carried out to restore the natural stock as well as the production in aquaculture systems. Given the scarcity of studies on the maintenance of this species in captivity, a culture system and a management protocol were developed and tested. Wild-caught clams (total length ≥50 mm) were used in a series of 14 day-long trials. Survival was higher in clams that were allowed to bury into the sand. A permanent ink marker covered with a thin layer of a quick-hardening adhesive proved to be a reliable method to tag clams. The maintenance of yellow clams in this system resulted in high survival and growth, increases in the condition factor and oocyte diameter, and a relative advancement of gonadal development.(AU)


O marisco branco é um bivalve de areia que habita as praias dissipativas do sul do Brasil até a costa norte da Argentina. Nas últimas décadas, as populações desta espécie têm sido afetadas por eventos de mortalidade maciça, sobrepesca e outras atividades antropogênicas. A produção de juvenis em cativeiro permitiria a realização de estudos de viabilidade para restaurar o estoque natural, assim como a produção em sistemas de aquicultura. Dada a escassez de estudos sobre a manutenção desta espécie em cativeiro, um sistema de cultivo e um protocolo de manejo foram desenvolvidos e testados. Mariscos branco selvagens (comprimento total ≥50 mm) foram utilizados em uma série de ensaios de 14 dias de duração. A sobrevivência foi maior nos mariscos que podiam ser enterrados na areia. Um marcador de tinta permanente coberto com uma fina camada de adesivo de endurecimento rápido provou ser um método confiável para marcar os mariscos. A manutenção dos mariscos neste sistema resultou em alta sobrevivência e crescimento, aumento do fator de condição e do diâmetro do ovócito, e um relativo avanço do desenvolvimento gonadal.(AU)


Assuntos
Animais , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Pesqueiros , Aquicultura/métodos
11.
Pap. avulsos zool ; 61: e20216108, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1487405

Resumo

The aim of the study is to describe in detail, for the first time, the internal and external anatomy of Cyrtopleura costata,which displays ellipsoid and elongated valves with beige periostracum, the anterior adductor muscle unites the valves in the pre-umbonal region, with abduction capacity in its dorsal half, sparing the ligament. Two accessory valves are identified: the mesoplax (calcified) located in the umbonal region; and the protoplax (corneus) above the anterior adductor muscle. Internally there is a pair of well-developed apophysis that supports the labial palps and the pedal muscles, and support part of the gills. The posterior half of mantle ventral edge is fused and richly muscular, working as auxiliary adductor muscle. The siphons are completely united with each other, the incurrent being larger than the excurrent. The foot is small (about ⅛ the size of the animal). The kidneys extend laterally on the dorsal surface, solid, presenting a brown/reddish color. The style sac is well developed and entirely detached from the adjacent intestine. The intestine has numerous loops and curves within the visceral mass. The fecal pellets are coin-shaped. The present study certainly may be used as comparative scenario for specimens from other regions of the species range.


Assuntos
Animais , Bivalves/anatomia & histologia , Bivalves/fisiologia
12.
Pap. avulsos Zool. ; 61: e20216108, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765673

Resumo

The aim of the study is to describe in detail, for the first time, the internal and external anatomy of Cyrtopleura costata,which displays ellipsoid and elongated valves with beige periostracum, the anterior adductor muscle unites the valves in the pre-umbonal region, with abduction capacity in its dorsal half, sparing the ligament. Two accessory valves are identified: the mesoplax (calcified) located in the umbonal region; and the protoplax (corneus) above the anterior adductor muscle. Internally there is a pair of well-developed apophysis that supports the labial palps and the pedal muscles, and support part of the gills. The posterior half of mantle ventral edge is fused and richly muscular, working as auxiliary adductor muscle. The siphons are completely united with each other, the incurrent being larger than the excurrent. The foot is small (about ⅛ the size of the animal). The kidneys extend laterally on the dorsal surface, solid, presenting a brown/reddish color. The style sac is well developed and entirely detached from the adjacent intestine. The intestine has numerous loops and curves within the visceral mass. The fecal pellets are coin-shaped. The present study certainly may be used as comparative scenario for specimens from other regions of the species range.(AU)


Assuntos
Animais , Bivalves/anatomia & histologia , Bivalves/fisiologia
13.
Acta sci., Biol. sci ; 43: e50567, 2021. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1461002

Resumo

Marine gastropods of the family Naticidaeare worldwide distributed and known for their unusual predatory habits. Due to their wide distribution, the naticids are worldwide studied and known like predators of intertidal bivalves. The present study demonstrates the predation of the naticid gastropod Natica marochiensison the bivalve Donax striatusin the northeastern region of Brazil.


Assuntos
Animais , Bivalves , Comportamento Predatório , Gastrópodes
14.
Acta Sci. Biol. Sci. ; 43: e50567, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-764611

Resumo

Marine gastropods of the family Naticidaeare worldwide distributed and known for their unusual predatory habits. Due to their wide distribution, the naticids are worldwide studied and known like predators of intertidal bivalves. The present study demonstrates the predation of the naticid gastropod Natica marochiensison the bivalve Donax striatusin the northeastern region of Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Gastrópodes , Bivalves , Comportamento Predatório
15.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 47: e624, 2021. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465496

Resumo

This study aimed to evaluate the characterization and bioaccumulation of metals of the golden mussel encrusted in the screens of net cages installed in the reservoir of Itaipu Binacional. The experimental design was completely randomized, composed of two types of screens (PVC and Bezinal) distributed on four sides (Sides I, II, III, and IV) of the net cage. The total mass, the average mass, and the dimensions (width, height, and length) of the mollusks were evaluated. The mussels adhered to the Bezinal screen presented a higher average mass, length, height, and width than those colonized on the PVC screen (p <0.05). However, the PVC screen provided a greater (p <0.05) total mass of encrusted mussels. Regardless of the screen used, the average mass and length of mussels had higher values on Side I (p <0.05) than to the Sides II and IV, but not different from Side III. The mussels evaluated showed high levels of metals, and those encrusted in the Bezinal screen presented higher levels of Al, Zn and Cr than the individuals on the PVC screen (p <0.05). The use of a Bezinal screen is more efficient than a PVC screen, as an antifouling material. Mussels with shorter lengths had a higher incidence on the PVC screen. The mussels encrusted in the Bezinal screen bioaccumulate higher content of Al, Zn, and Cr. The type of screen used in the net cages influences the mass and size of adhered mussels, as well as can interfere with the metal accumulation in the golden mussel.


Objetivou-se avaliar a caracterização e a bioacumulação de metais do mexilhão-dourado incrustado nas telas de tanques-rede instalados no reservatório da Itaipu Binacional. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, composto por dois tipos de telas (PVC e Bezinal) distribuídas em quatro lados (Lados I, II, III e IV) do tanque-rede. Foram avaliadas a massa total, a massa média e as dimensões (largura, altura e comprimento) dos moluscos. Os mexilhões aderidos na tela Bezinal apresentaram maior massa média, comprimento, altura e largura do que aqueles colonizados na tela PVC (p <0,05). No entanto, a tela PVC proporcionou uma maior (p <0,05) massa total de mexilhões incrustados. Independente da tela utilizada, a massa média e o comprimento de mexilhões apresentaram maiores valores no Lado I (p <0,05) em relação aos Lados II e IV, mas não diferindo do Lado III. Os mexilhões avaliados apresentaram níveis elevados de metais, sendo que os incrustados à tela Bezinal revelaram teores mais elevados de Al, Zn e Cr do que os indivíduos na tela PVC (p <0,05). O uso da tela Bezinal é mais eficiente em relação à tela PVC como material anti-incrustante. Os mexilhões com menores comprimentos tiveram uma maior incidência na tela PVC. Os mexilhões incrustados à tela Bezinal bioacumulam maior teor de Al, Zn e Cr. O tipo de tela utilizado nos tanques-rede influencia na massa e tamanho dos mexilhões aderidos, bem como pode interferir na acumulação de metais no mexilhão-dourado.


Assuntos
Animais , Alumínio , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Cromo , Metais Pesados/efeitos adversos , Zinco
16.
B. Inst. Pesca ; 47: 1-7, 2021. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-764693

Resumo

This study aimed to evaluate the characterization and bioaccumulation of metals of the golden mussel encrusted in the screens of net cages installed in the reservoir of Itaipu Binacional. The experimental design was completely randomized, composed of two types of screens (PVC and Bezinal) distributed on four sides (Sides I, II, III, and IV) of the net cage. The total mass, the average mass, and the dimensions (width, height, and length) of the mollusks were evaluated. The mussels adhered to the Bezinal screen presented a higher average mass, length, height, and width than those colonized on the PVC screen (p <0.05). However, the PVC screen provided a greater (p <0.05) total mass of encrusted mussels. Regardless of the screen used, the average mass and length of mussels had higher values on Side I (p <0.05) than to the Sides II and IV, but not different from Side III. The mussels evaluated showed high levels of metals, and those encrusted in the Bezinal screen presented higher levels of Al, Zn and Cr than the individuals on the PVC screen (p <0.05). The use of a Bezinal screen is more efficient than a PVC screen, as an antifouling material. Mussels with shorter lengths had a higher incidence on the PVC screen. The mussels encrusted in the Bezinal screen bioaccumulate higher content of Al, Zn, and Cr. The type of screen used in the net cages influences the mass and size of adhered mussels, as well as can interfere with the metal accumulation in the golden mussel.(AU)


Objetivou-se avaliar a caracterização e a bioacumulação de metais do mexilhão-dourado incrustado nas telas de tanques-rede instalados no reservatório da Itaipu Binacional. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, composto por dois tipos de telas (PVC e Bezinal) distribuídas em quatro lados (Lados I, II, III e IV) do tanque-rede. Foram avaliadas a massa total, a massa média e as dimensões (largura, altura e comprimento) dos moluscos. Os mexilhões aderidos na tela Bezinal apresentaram maior massa média, comprimento, altura e largura do que aqueles colonizados na tela PVC (p <0,05). No entanto, a tela PVC proporcionou uma maior (p <0,05) massa total de mexilhões incrustados. Independente da tela utilizada, a massa média e o comprimento de mexilhões apresentaram maiores valores no Lado I (p <0,05) em relação aos Lados II e IV, mas não diferindo do Lado III. Os mexilhões avaliados apresentaram níveis elevados de metais, sendo que os incrustados à tela Bezinal revelaram teores mais elevados de Al, Zn e Cr do que os indivíduos na tela PVC (p <0,05). O uso da tela Bezinal é mais eficiente em relação à tela PVC como material anti-incrustante. Os mexilhões com menores comprimentos tiveram uma maior incidência na tela PVC. Os mexilhões incrustados à tela Bezinal bioacumulam maior teor de Al, Zn e Cr. O tipo de tela utilizado nos tanques-rede influencia na massa e tamanho dos mexilhões aderidos, bem como pode interferir na acumulação de metais no mexilhão-dourado.(AU)


Assuntos
Animais , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Metais Pesados/efeitos adversos , Alumínio , Zinco , Cromo
17.
Braz. J. Biol. ; 81(3): 592-600, July-Sept. 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762653

Resumo

Understanding the relation between the environmental stress factors and the hypothalamus-pituitary-thyroid (HPT) axis efficiency can reduce the susceptibility to thyroid diseases. In our study, thyroid dysfunction was induced in female rats by administration of 40 mg Na F/kg.bd.wt/day for a month. Co-administration of the water extract of Arca noae (300 mg/kg. bw) was tested as a treatment for Na F induced thyroid dysfunction. A group of rats injected Arca noae extract only (300 mg/kg.bd.wt) was performed to observe the impact of the extract on the (HPT) axis in addition to the normal control group. Results showed that there was a significant decrease in serum triglycerides, total protein and albumin levels in the fluoride supplemented group in addition to abnormal levels of TSH, (T4) and (T3) compared to the control group. In the treated group there was an improvement in the proteins level and lipid profile but pseudo-corrected serum (T4) and (T3) levels were observed in addition to a continuous increase in TSH level. Histological findings confirmed the harmful effect of fluoride on both the non treated and the treated groups. Consequently, fluoride supplementation must be considered as a harmful stress that may affect permanently the HPT axis.(AU)


Compreender a relação entre os fatores de estresse ambiental e o eixo hipotálamo-hipófise-tireoide (HPT) pode reduzir a suscetibilidade a doenças da tireoide. Em nosso estudo, a disfunção tireoidiana foi induzida em ratos fêmeas pela administração de 40 mg Na F/kg.bw/dia durante um mês. A administração concomitante do extrato aquoso de Arca noae (300 mg/kg.Pc) foi testada como tratamento para a disfunção tireoidiana induzida por Na F. Um grupo de ratos injetados apenas com extrato de Arca noae (300 mg/kg. Pc) foi pré-formado com o intuito de observar o impacto do extrato no eixo (HPT), além do grupo controle normal. Os resultados mostraram que houve uma diminuição significativa nos níveis séricos de triglicerídeos, proteína total e albumina no grupo suplementado com fluoreto, além de níveis anormais de TSH, (T4) e (T3) em comparação ao grupo controle. No grupo tratado, houve uma melhora no nível de proteínas e perfil lipídico. Os níveis séricos pseudocorrigidos (T4) e (T3) foram observados, além de um aumento contínuo no nível de TSH. Os achados histológicos confirmaram o efeito prejudicial do flúor nos grupos não tratado e tratado. Consequentemente, a suplementação de flúor é considerada um estresse prejudicial que pode afetar permanentemente o eixo HPT.(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Glândula Tireoide/anormalidades , Extratos de Tecidos/uso terapêutico , Bivalves
18.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 57(1): e158316, 2020. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1122148

Resumo

This work investigated the occurrence of Perkinsus sp. in clam Anomalocardia brasiliana, oyster Crassostrea sp. and mussel Mytella falcata from the Jaguaribe River estuary, northeastern Brazil. The collection of clam (N = 300), oysters (N = 300) and mussels (N = 300) were carried out in the estuary of the Jaguaribe River, Ceará, in March and April (rainy season) and October (dry season) in 2017. The mollusks were measured in their major axis, open, and had their tissues submitted to tissue incubation techniques in Ray's fluid thioglycollate medium (RFTM), histology, real-time polymerase chain reaction (qPCR), PCR and sequencing. The RFTM assays showed Perkinsus sp. infecting the three mollusks investigated. The prevalence of infected clams was 1.33% in both sampling periods, oysters ranged from 2.66 (rainy season) to 8% (dry period), and mussels from 0% (dry period) to 51.33% (rainy season). The intensity of infection was very light to light in clams, very soft to severe in oysters and very soft to moderate in mussels. Histological analyses showed cells of Perkinsus sp. infecting the gills and connective tissue around the digestive gland of some individuals. The qPCR generated amplicons in all positive samples in RFTM, confirming the presence of Perkinsus sp., while the sequencing evidenced high similarity (99%) with the species P. beihaiensis. In conclusion, the results obtained contribute to increasing knowledge about the occurrence of Perkinsus sp. in bivalve mollusks from northeastern Brazil.(AU)


Foi investigada a ocorrência da infecção pelo protozoário Perkinsus sp. em berbigões Anomalocardia brasiliana, ostras Crassostrea sp. e mexilhões Mytella falcata do estuário do Rio Jaguaribe, Nordeste do Brasil. As colheitas dos berbigões (N = 300), ostras (N = 300) e mexilhões (N = 300) foram realizadas no estuário do Rio Jaguaribe, Ceará, nos meses de março e abril (período chuvoso) e outubro (período seco) de 2017. Os moluscos foram medidos em seu maior eixo, abertos e os seus tecidos foram submetidos às técnicas de incubação de tecidos em meio fluido de tioglicolato de Ray (RFTM), histologia, reação em cadeia da polimerase em tempo real (qPCR), PCR e sequenciamento. Os ensaios de RFTM evidenciaram Perkinsus sp. infectando os três moluscos investigados. A prevalência de berbigões infectados foi de 1,33% em ambos os períodos de amostragem, a de ostras variou de 2,66 (período chuvoso) a 8% (período seco) e a de mexilhões de 0% (período seco) a 51,33% (período chuvoso). A intensidade de infecção apresentou-se muito leve a leve em berbigões, muito leve à severa nas ostras e muito leve à moderada nos mexilhões. As análises histológicas mostraram células de Perkinsus sp. infectando as brânquias e tecido conjuntivo em torno da glândula digestiva de alguns indivíduos. A qPCR gerou amplicons em todas as amostras positivas em RFTM, confirmando a presença de Perkinsus sp., enquanto o sequenciamento mostrou alta similaridade (99%) com a espécie P. beihaiensis. Em conclusão, os resultados do presente estudo contribuem para ampliar o conhecimento sobre a ocorrência de Perkinsus sp. em moluscos bivalves do Nordeste do Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Ostreidae , Parasitos , Bivalves , Alveolados , Moluscos , Estuários , Estação Chuvosa , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
19.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 57(1): e158316, 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27591

Resumo

This work investigated the occurrence of Perkinsus sp. in clam Anomalocardia brasiliana, oyster Crassostrea sp. and mussel Mytella falcata from the Jaguaribe River estuary, northeastern Brazil. The collection of clam (N = 300), oysters (N = 300) and mussels (N = 300) were carried out in the estuary of the Jaguaribe River, Ceará, in March and April (rainy season) and October (dry season) in 2017. The mollusks were measured in their major axis, open, and had their tissues submitted to tissue incubation techniques in Ray's fluid thioglycollate medium (RFTM), histology, real-time polymerase chain reaction (qPCR), PCR and sequencing. The RFTM assays showed Perkinsus sp. infecting the three mollusks investigated. The prevalence of infected clams was 1.33% in both sampling periods, oysters ranged from 2.66 (rainy season) to 8% (dry period), and mussels from 0% (dry period) to 51.33% (rainy season). The intensity of infection was very light to light in clams, very soft to severe in oysters and very soft to moderate in mussels. Histological analyses showed cells of Perkinsus sp. infecting the gills and connective tissue around the digestive gland of some individuals. The qPCR generated amplicons in all positive samples in RFTM, confirming the presence of Perkinsus sp., while the sequencing evidenced high similarity (99%) with the species P. beihaiensis. In conclusion, the results obtained contribute to increasing knowledge about the occurrence of Perkinsus sp. in bivalve mollusks from northeastern Brazil.(AU)


Foi investigada a ocorrência da infecção pelo protozoário Perkinsus sp. em berbigões Anomalocardia brasiliana, ostras Crassostrea sp. e mexilhões Mytella falcata do estuário do Rio Jaguaribe, Nordeste do Brasil. As colheitas dos berbigões (N = 300), ostras (N = 300) e mexilhões (N = 300) foram realizadas no estuário do Rio Jaguaribe, Ceará, nos meses de março e abril (período chuvoso) e outubro (período seco) de 2017. Os moluscos foram medidos em seu maior eixo, abertos e os seus tecidos foram submetidos às técnicas de incubação de tecidos em meio fluido de tioglicolato de Ray (RFTM), histologia, reação em cadeia da polimerase em tempo real (qPCR), PCR e sequenciamento. Os ensaios de RFTM evidenciaram Perkinsus sp. infectando os três moluscos investigados. A prevalência de berbigões infectados foi de 1,33% em ambos os períodos de amostragem, a de ostras variou de 2,66 (período chuvoso) a 8% (período seco) e a de mexilhões de 0% (período seco) a 51,33% (período chuvoso). A intensidade de infecção apresentou-se muito leve a leve em berbigões, muito leve à severa nas ostras e muito leve à moderada nos mexilhões. As análises histológicas mostraram células de Perkinsus sp. infectando as brânquias e tecido conjuntivo em torno da glândula digestiva de alguns indivíduos. A qPCR gerou amplicons em todas as amostras positivas em RFTM, confirmando a presença de Perkinsus sp., enquanto o sequenciamento mostrou alta similaridade (99%) com a espécie P. beihaiensis. Em conclusão, os resultados do presente estudo contribuem para ampliar o conhecimento sobre a ocorrência de Perkinsus sp. em moluscos bivalves do Nordeste do Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Ostreidae , Parasitos , Bivalves , Alveolados , Moluscos , Estuários , Estação Chuvosa , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
20.
Acta amaz. ; 50(1): 44-53, 2020. ilus, mapas, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24557

Resumo

Diplodon granosus was one of the first freshwater mussels to be described for South America. However, the status of the species was confusing for a long time, receiving different taxonomic treatments. In this paper, we redescribe the shell, with new data on the soft parts and information on the distribution and conservation of D. granosus, a rarely recorded species. The shell is thin, not inflated; the macrosculpture is composed only by granules that cover the whole shell, not forming bars; the microsculpture comprises short spikes. In the soft parts we highlight the few, weak and irregularly distributed lamellar connections of the outer demibranch and some features of the stomach, such as the distally enlarged minor typhlosole. There are records of D. granosus over a large area of South America, from Guiana to Argentina. However, most of these records are related to other species and the distribution of D. granosus is restricted to the north of South America in the basins of the Amazonas and Orinoco rivers, and coastal rivers in between. Despite this wide distribution, the species occurs in specific habitats, mainly streams (igarapés), resulting in an extremely fragmented occurrence. Thus, any disturbance to these habitats can threat this freshwater mussel.(AU)


Diplodon granosus foi um dos primeiros bivalves de água doce descritos para a América do Sul. Contudo, o status dessa espécie foi confuso por um longo tempo, recebendo diferentes tratamentos taxonômicos. Neste estudo, apresentamos a redescrição da concha, assim como novos dados da anatomia das partes moles, e informações acerca da distribuição e conservação desta espécie raramente avistada. A concha é fina, não-inflada; a macroescultura é composta somente por grânulos que cobrem toda a concha, e não formam raios; a microescultura é composta por espinhos curtos. Nas partes moles, destacamos as poucas, fracas e irregularmente distribuídas conexões interlamelares da demibrânquia externa, assim como algumas características do estômago, como a tiflossole menor distalmente aumentada. Existem registros de D. granosus em uma grande área da América do Sul, da Guiana até a Argentina. Contudo, muitas destas ocorrências são relacionadas com outras espécies, estando D. granosus restrita às bacias dos rios Amazonas e Orinoco, e a rios costeiros entre essas duas bacias. Apesar desta aparente ampla distribuição, a espécie ocorre em habitats específicos, principalmente riachos (igarapés), resultando em uma distribuição fragmentada. Assim, qualquer modificação nestes ambientes pode ameaçar esta espécie.(AU)


Assuntos
Animais , Bivalves/anatomia & histologia , Bivalves/crescimento & desenvolvimento , Bivalves/classificação , Demografia , Unionidae/anatomia & histologia , Unionidae/classificação , Unionidae/crescimento & desenvolvimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA