Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 79: e1792, 31 mar. 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1489623

Resumo

Ciliated protozoa are an ubiquitous group of eukaryotes that have been poorly reported on leafy greens. The present study aimed to verify the occurrence and diversity of ciliated protozoa in the leaves and roots of three of the most commonly consumed leafy greens in Brazil – lettuce, rocket and coriander. The vegetable samples were washed by manual agitation (3 minutes) in two different media (mineral water and Page ́s Amoeba Saline solution). After washing, the contents were incubated in Petri dishes and aliquots were removed for microscopic identification and in vivo observation. A total of 21 ciliated protozoa species were found, most of which were bacterivorous. Leafy greens have commonly been associated with foodborne outbreaks and ciliated protozoa, which although they are not a Public Health concern, can act as “Trojan Horses” harboring bacteria, viruses and other protozoa cysts and oocysts and can suggest a new route towards microbiological quality related to the food chain. This is the first report of ciliated protozoa on leafy greens consumed in Brazil.


Os protozoários ciliados constituem um grupo onipresente de eucariotos pouco relatados em vegetais folhosos. O presente estudo teve como objetivo verificar a ocorrência e a diversidade de protozoários ciliados nas folhas e raízes de três dos vegetais folhosos mais consumidos no Brasil - alface, rúcula e coentro. As amostras de vegetais foram lavadas por agitação manual (3 minutos) em dois meios diferentes (água mineral e Solução Salina para Ameba). Após a lavagem, o conteúdo foi incubado em placas de Petri e alíquotas foram retiradas para identificação microscópica e observação in vivo dos organismos. Um total de 21 espécies de protozoários ciliados foi encontrado, a maioria das quais era bacterívora. Tais hortaliças têm sido comumente associadas a surtos transmitidos por alimentos e os protozoários ciliados que, embora não sejam um problema de saúde pública, podem atuar como “Cavalos de Tróia” ao abrigar bactérias, vírus além de cistos e oocistos de protozoários o que pode sugerir uma nova rota para a avaliação da qualidade microbiológica relacionada à cadeia alimentar. Este é o primeiro relato de protozoários ciliados em folhas verdes consumidas no Brasil.


Assuntos
Lactuca/microbiologia , Brassicaceae/microbiologia , Cilióforos , Coriandrum/microbiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia , Brasil , Contaminação de Alimentos , Infecções por Protozoários , Inocuidade dos Alimentos , Verduras/microbiologia
2.
R. Inst. Adolfo Lutz ; 79: e1792, Dec. 20, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32116

Resumo

Ciliated protozoa are an ubiquitous group of eukaryotes that have been poorly reported on leafy greens. The present study aimed to verify the occurrence and diversity of ciliated protozoa in the leaves and roots of three of the most commonly consumed leafy greens in Brazil lettuce, rocket and coriander. The vegetable samples were washed by manual agitation (3 minutes) in two different media (mineral water and Page ́s Amoeba Saline solution). After washing, the contents were incubated in Petri dishes and aliquots were removed for microscopic identification and in vivo observation. A total of 21 ciliated protozoa species were found, most of which were bacterivorous. Leafy greens have commonly been associated with foodborne outbreaks and ciliated protozoa, which although they are not a Public Health concern, can act as “Trojan Horses” harboring bacteria, viruses and other protozoa cysts and oocysts and can suggest a new route towards microbiological quality related to the food chain. This is the first report of ciliated protozoa on leafy greens consumed in Brazil.(AU)


Os protozoários ciliados constituem um grupo onipresente de eucariotos pouco relatados em vegetais folhosos. O presente estudo teve como objetivo verificar a ocorrência e a diversidade de protozoários ciliados nas folhas e raízes de três dos vegetais folhosos mais consumidos no Brasil - alface, rúcula e coentro. As amostras de vegetais foram lavadas por agitação manual (3 minutos) em dois meios diferentes (água mineral e Solução Salina para Ameba). Após a lavagem, o conteúdo foi incubado em placas de Petri e alíquotas foram retiradas para identificação microscópica e observação in vivo dos organismos. Um total de 21 espécies de protozoários ciliados foi encontrado, a maioria das quais era bacterívora. Tais hortaliças têm sido comumente associadas a surtos transmitidos por alimentos e os protozoários ciliados que, embora não sejam um problema de saúde pública, podem atuar como “Cavalos de Tróia” ao abrigar bactérias, vírus além de cistos e oocistos de protozoários o que pode sugerir uma nova rota para a avaliação da qualidade microbiológica relacionada à cadeia alimentar. Este é o primeiro relato de protozoários ciliados em folhas verdes consumidas no Brasil.(AU)


Assuntos
Lactuca/microbiologia , Brassicaceae/microbiologia , Coriandrum/microbiologia , Cilióforos , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia , Contaminação de Alimentos , Verduras/microbiologia , Infecções por Protozoários , Inocuidade dos Alimentos , Brasil
3.
Hig. aliment ; 33(288/289): 3257-3261, abr.-maio 2019. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1366231

Resumo

O coentro é uma das hortaliças mais consumidas e de maior valor cultural nas cozinhas do Norte e Nordeste do Brasil, dando aroma e sabor característico às preparações. Tem como principal produtor o estado do Pernambuco, sendo a qualidade do produto reconhecida nacionalmente. Mesmo essa hortaliça possuindo grande importância socioeconômica, cultural e gastronômica, ela ainda causa divergências em relação ao seu sabor e aroma. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um molho tipo pesto a base de coentro e avaliar sua conformidade microbiológica, aceitação sensorial e intenção de compra de possíveis consumidores. Referente a análise sensorial o pesto de coentro apresentou uma média de 8,17 na avaliação global e 4,32 na intenção de compra. Podendo assim, concluir que o produto tem um alto índice de aceitação e um grande potencial mercadológico, sendo uma alternativa para maior conservação da hortaliça e um modo diferente para o consumo dessa erva.


Assuntos
Especiarias/análise , Coriandrum/microbiologia , Alimentos em Conserva/economia
4.
Acta Sci. Biol. Sci. ; 39(1): 71-77, Jan.-Mar.2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15535

Resumo

The biocidal agrochemicals commonly used in agriculture can remain in the soil, affecting the environmental conditions and causing serious risks to health. Knowing that soil microorganisms, especially those from the rhizosphere, can degrade environmental xenobiotics, it was evaluated the potential of bacteria isolated from Coriandrum sativum L. rhizosphere to biodegrade carbendazim (MBC), a fungicide extensively used by agriculturists from rural farming communities in Manaus, Amazonas. Cultures carried out in medium containing carbendazim as a sole carbon source enabled the isolation of 80 bacteria, in the established conditions. Assays to determine degradation potential allowed the selection of the two elite isolates identified as Stenotrophomonas sp. and Ochrobactrum sp. Quantitative assays with each strain individually or in consortium, were carried out using minimal salt medium added with carbendazim (250 µg mL-1) and incubated at 30C, under agitation (125 rpm) for 21 days. Samples used in the biodegradation test were HPLC analyzed for final fungicide quantitation. The Stenotrophomonas sp. strain was more efficient (68.9%) to degrade carbendazim and showed no toxicity in tests with Artemia salina.(AU)


Agrotóxicos são comumente utilizados na produção agrícola, podendo persistir no solo, afetar aqualidade do ambiente e causar sérios riscos à saúde. Sabendo-se que micro-organismos do solo,principalmente aqueles da rizosfera, podem degradar produtos xenobióticos avaliou-se o potencial debactérias isoladas da rizosfera de Coriandrum sativum L. em degradar carbendazim, um fungicida usadoextensivamente em comunidades de agricultores rurais em Manaus, Amazonas. Procedimentos de cultivoem meio, contendo carbendazim como única fonte de carbono, mostraram que 80 bactérias cresceram nascondições estabelecidas. Ensaios de eficiência de degradação permitiram a seleção dos dois melhoresisolados que foram identificados como Stenotrophomonas sp. e Ochrobactrum sp. Os ensaios quantitativos,com cada cepa individualmente e com as duas em consórcio, foram conduzidos em meio mínimo contendosais, acrescido de carbendazim (250 μg mL-1) e incubados a 30°C, 125 rpm, por 21 dias. A quantificaçãofinal do fungicida nas amostras do ensaio de biodegradação foi realizada em HPLC. A linhagemStenotrophomonas sp. apresentou maior eficiência, degradando 68,9% do total de carbendazim e nãoapresentou toxicidade nos testes realizados com Artemia salina.(AU)


Assuntos
Biodegradação Ambiental , Agroquímicos , Coriandrum/classificação , Coriandrum/microbiologia , Rizosfera
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA