Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
1.
Rev. bras. ciênc. vet ; 26(4): 142-147, out./dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1380129

Resumo

O presente estudo investigou a ocorrência de Cryptosporidium spp. e Giardia spp. em diferentes espécimes silvestres da ordem Carnívora de vida livre e de cativeiro procedentes de municípios do Estado do Pará. Coletou-se amostras fecais de 37 animais distintos (quatro de vida livre e 33 de cativeiro). Para pesquisa de Cryptosporidium spp. e Giardia spp. foram utilizados métodos microscópicos (direto e Kinyoun) e imunológico (RIDA®QUICK Cryptosporidium/Giardia/Entamoeba Combi - N1722). Do total de amostras, 24,32% (9/37) foram positivas, correspondendo a 5,4% (2/37) para Cryptosporidium spp. e 18,91% (7/37) para Giardia spp., respectivamente. Nenhum animal apresentou infecção concomitante para os agentes. Cryptosporidium spp. e Giardia spp., são protozoários zoonóticos que representam um emergente problema de saúde pública. Esses parasitos podem apresentar elevada frequência em regiões em que as condições de saneamento básico são precárias, promovendo surtos de diarreia em animais domésticos, silvestres e no homen. Mamíferos silvestres, como os carnívoros, são susceptíveis à contaminação por enteroparasitas presentes tanto no habitat natural como em cativeiro. Portanto, a pesquisa comprova a presença desses protozoários em carnívoros silvestres, tanto mantidos em criatórios como nos de vida livre no Estado do Pará, considerando-se que esses animais podem atuar como fontes de infecção para o homem, para outros animais e para o meio ambiente.


The presente survey has had the purpose to investigate the occurrance of Cryptosporidium spp. and Giardia spp. in free and under captivity carnivorous wild animals, from several counties in the State of Pará. Samples of feces from 37 distinct animals (four in their natural habitat and 33 raised in captivity). For the research of Cryptosporidium spp. and Giardia spp. microscopic immunological, direct and Kinyoun methods were used (RIDA®QUICK Cryptosporidium/Giardia/Entamoeba Combi - N1722). The samples gathered from wild animals have resulted in 24,32% of positive infecction on the rate of (9/37), being. 5,4% (2/37) positive to Cryptosporidiumspp. and 18,91% (7/37) positive to Giardia spp., what shows that no amimals had both infections at the same time. Cryptosporidium spp. and Giardia spp., are zoonotic enteroparasites that have been taking place as an emmerging problem to public health. Theese species of protozoa may reach high levels of frequency in regions where the basic sanitation conditions are precarious, promoting outbraks of diarrhea to men, wild and domestic animals. Wild mammals, as the carnivorous, are susceptible to contamination by enteroparasites, being present at their natural habitat or captivity. So, the reserach strenghtens the real presence of these protozoas in wild carnivorous in both conditions of life, free or under captivity, in the State of Pará, making us consider the possibility that the cited animals may be natural reservoirs for infections, not only to men but to other animals and also to environment.


Assuntos
Animais , Doenças Parasitárias/diagnóstico , Carnívoros/parasitologia , Zoonoses/transmissão , Giardíase/diagnóstico , Criptosporidiose/diagnóstico , Cryptosporidium/parasitologia , Giardia/parasitologia , Animais Selvagens/parasitologia
2.
Semina ciênc. agrar ; 38(3): 1664, maio-jun. 2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500789

Resumo

Cryptosporidiosis is an emerging zoonosis that causes many outbreaks worldwide. Its main route of transmission is the consumption of contaminated water or food. In Brazil, data on to the occurrence of cryptosporidiosis in animals and in humans are scarce; thus, it is important to determine the occurrence of Cryptosporidium sp. and to identify possible sources of water and food contamination in order to prevent the disease and, consequently, preserve of human health. From July/2011 to March/2012, five liters of water were collected in 10 different locations from eight artificial beaches of Itaipu Lake, Paraná, in a total of 40 samples. In two other small beaches of the lake, water was also collected from two different sites of each beach, given their size and because they were made up of water from different sources. Samples were analyzed by the modified Ziehl-Neelsen technique and nestedPCR (nPCR). All samples were negative in the modified Ziehl-Neelsen; only one (2.25%) sample was positive in nPCR. These results indicate that PCR is a more sensitive technique for the identification of Cryptosporidium in water samples. In this study, it was not possible to identify the species involved and, thus, the source of infection. Water contamination by Cryptosporidium oocytes can be caused by livestock kept near waterways, and by the people who use the place for recreational purposes. These results demonstrate risk for people who use the lake. Care should be determined to prevent the transmission of this important zoonosis.


A criptosporidiose é uma zoonose emergente responsável por vários surtos no mundo todo. Sua principal via de transmissão ocorre pelo consumo de água ou alimentos contaminados. Os dados de ocorrência de criptosporidiose tanto em animais como em seres humanos no Brasil são bastante escassos, dessa forma, torna-se importante a pesquisa da ocorrência de oocistos de Cryptosporidium sp. e a identificação de possíveis fontes de contaminação, visando a prevenção da contaminação da água e consequente preservação da saúde humana. Durante o período de jul/2011 a mar/2012 foram coletados cinco litros de água em 10 pontos de oito praias artificiais do Lago da Itaipu, Paraná, resultando em 40 amostras. Em duas prainhas foram coletadas água em dois locais devido ao tamanho das mesmas e por apresentarem fontes de água diferentes. As amostras foram analisadas pelo método de Ziehl-Neelsen modificado e nested-PCR. Das 40 amostras analisadas, todas foram negativas no método de ZiehlNeelsen modificado e uma (1) apresentou fragmento de 819-825 bp (2,25%) na técnica de nPCR, o que sugere que a PCR é uma técnica mais sensível para a pesquisa de Cryptosporidium em água. No presente trabalho não foi possível identificar a espécie envolvida, e dessa forma a fonte de infecção, ou espécie responsável pela contaminação da água não foi conhecida. A contaminação da água por oocistos de Cryptosporidium pode ser decorrente da criação animal nas proximidades dos cursos d’água e também pelas próprias pessoas que frequentam e utilizam o local. Esses resultados demonstram um risco para as pessoas que frequentam o local, devendo haver uma orientação quanto aos cuidados para evitar a transmissão dessa importante zoonose.


Assuntos
Criptosporidiose , Cryptosporidium/parasitologia , Oocistos/parasitologia , Zoonoses
3.
Semina Ci. agr. ; 38(3): 1664, maio-jun. 2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13412

Resumo

Cryptosporidiosis is an emerging zoonosis that causes many outbreaks worldwide. Its main route of transmission is the consumption of contaminated water or food. In Brazil, data on to the occurrence of cryptosporidiosis in animals and in humans are scarce; thus, it is important to determine the occurrence of Cryptosporidium sp. and to identify possible sources of water and food contamination in order to prevent the disease and, consequently, preserve of human health. From July/2011 to March/2012, five liters of water were collected in 10 different locations from eight artificial beaches of Itaipu Lake, Paraná, in a total of 40 samples. In two other small beaches of the lake, water was also collected from two different sites of each beach, given their size and because they were made up of water from different sources. Samples were analyzed by the modified Ziehl-Neelsen technique and nestedPCR (nPCR). All samples were negative in the modified Ziehl-Neelsen; only one (2.25%) sample was positive in nPCR. These results indicate that PCR is a more sensitive technique for the identification of Cryptosporidium in water samples. In this study, it was not possible to identify the species involved and, thus, the source of infection. Water contamination by Cryptosporidium oocytes can be caused by livestock kept near waterways, and by the people who use the place for recreational purposes. These results demonstrate risk for people who use the lake. Care should be determined to prevent the transmission of this important zoonosis.(AU)


A criptosporidiose é uma zoonose emergente responsável por vários surtos no mundo todo. Sua principal via de transmissão ocorre pelo consumo de água ou alimentos contaminados. Os dados de ocorrência de criptosporidiose tanto em animais como em seres humanos no Brasil são bastante escassos, dessa forma, torna-se importante a pesquisa da ocorrência de oocistos de Cryptosporidium sp. e a identificação de possíveis fontes de contaminação, visando a prevenção da contaminação da água e consequente preservação da saúde humana. Durante o período de jul/2011 a mar/2012 foram coletados cinco litros de água em 10 pontos de oito praias artificiais do Lago da Itaipu, Paraná, resultando em 40 amostras. Em duas prainhas foram coletadas água em dois locais devido ao tamanho das mesmas e por apresentarem fontes de água diferentes. As amostras foram analisadas pelo método de Ziehl-Neelsen modificado e nested-PCR. Das 40 amostras analisadas, todas foram negativas no método de ZiehlNeelsen modificado e uma (1) apresentou fragmento de 819-825 bp (2,25%) na técnica de nPCR, o que sugere que a PCR é uma técnica mais sensível para a pesquisa de Cryptosporidium em água. No presente trabalho não foi possível identificar a espécie envolvida, e dessa forma a fonte de infecção, ou espécie responsável pela contaminação da água não foi conhecida. A contaminação da água por oocistos de Cryptosporidium pode ser decorrente da criação animal nas proximidades dos cursos dágua e também pelas próprias pessoas que frequentam e utilizam o local. Esses resultados demonstram um risco para as pessoas que frequentam o local, devendo haver uma orientação quanto aos cuidados para evitar a transmissão dessa importante zoonose.(AU)


Assuntos
Cryptosporidium/parasitologia , Oocistos/parasitologia , Criptosporidiose , Zoonoses
4.
Acta Vet. bras. ; 11(3): 175-179, Sep. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17664

Resumo

Zoonotic enteroparasitosis represent an important public health problem, and species of protozoa such as Cryptosporidium spp. and Giardia spp. can reach high frequencies in regions where basic sanitation conditions are poor, which promotes outbreaks of diarrhea in humans and domestic and wild animals. Wild mammals such as the South American coati (Nasua nasua) feed on insects present in the soil, fruits, and small vertebrates, and are susceptible to contamination by enteroparasites present in the environmental niche. The aim of the present study was to investigate the occurrence of Cryptosporidium spp. and Giardia spp. in N. nasua from a region in the Brazilian Amazon. Fecal samples of 27 coatis two from free-living and 25 from captivity were collected in three different municipalities in the state of Pará, Brazil. The search for Giardia spp. and Cryptosporidium spp. in the collected samples were performed using the direct and Kinyoun methods, respectively, and a commercial immunological test (RIDA®QUICK Cryptosporidium/Giardia Combi. ®R-Biopharm) was used to detect antigens from both parasites. Cryptosporidium spp. oocysts were found in 11.1% (3/27) of the samples; one from a free-living animal and two from captive animals. Giardia spp. cysts were found in 11.1% (3/27) of the samples, all from captive animals. This is the first report of infection by these protozoans in this coati's species in the North region of Brazil; the South American coati may be participating as maintainers and disseminators of infectious agents to the environment and other hosts.(AU)


Assuntos
Animais , Procyonidae/parasitologia , Cryptosporidium/parasitologia , Giardia/parasitologia , Infecções por Protozoários
5.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 17(3): 435-441, Jul-Set. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473476

Resumo

The genus Cryptosporidium consists of protozoa with large reproduction and dissemination capacity. Transmission can occur indirectly by ingestion of water contaminated with viable oocysts or directly between animals, between humans, or between animals and human. In various parts of the world, pets have been cited as potential sources of infection by Cryptosporidium spp. The present study aimed to evaluate the occurrence of natural Cryptosporidium spp. infection in domestic dogs in the city of Recife, Pernambuco State, Brazil, as well as the association of the infection with epidemiological and sanitary data. Stool samples from 97 dogs were analyzed using the techniques of centrifugal sedimentation in formalin-ether with subsequent staining by Kinyoun method. Statistical analysis was performed using the chi-square test of Pearson and Fisher Exact test, with significance level of 5.0%. Positivity was detected in 31.9% (31/97) of samples. It was the first record of infection by Cryptosporidium spp. in dogs from northeastern Brazil. We verified significant association between the rate of infection and veterinary medical care, vaccination, and type of environment in which the dogs were kept.


O gênero Cryptosporidium é composto por protozoários com grande capacidade de reprodução e disseminação. Sua transmissão pode ocorrer indiretamente pela ingestão de água e alimentos contaminados com oocistos viáveis ou diretamente entre animais, entre humanos ou entre animais e humanos. Em diversas partes do mundo, animais de companhia tem sido citados como fontes potenciais de infecção por Cryptosporidium spp. O presente estudo teve como objetivo avaliar a ocorrência da infecção por Cryptosporidium spp. em cães domiciliados na cidade do Recife, estado de Pernambuco, Brasil, bem como a associação da infecção com dados epidemiológicos e sanitários. Foram analisadas 97 amostras de fezes de caninos domiciliados, utilizando-se as técnicas de centrífugo-sedimentação em formol-éter com posterior coloração pelo método de Kinyoun. A análise estatística foi realizada por meio dos testes Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher, com nível de significância de 5,0%.  Detectou-se positividade de 31,9% (31/97), tratando-se do primeiro registro de ocorrência da infecção por Cryptosporidium spp. na espécie canina no nordeste brasileiro, verificando-se associação significativa entre a taxa de infecção e a assistência médica veterinária, vacinação recebida e o tipo de ambiente de criação dos cães.


Assuntos
Animais , Cães , Criptosporidiose/etiologia , Cryptosporidium/parasitologia , Doenças Parasitárias/diagnóstico , Vigilância Sanitária , Epidemiologia , Zoonoses/etiologia
6.
Ci. Anim. bras. ; 17(3): 435-441, Jul-Set. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-334270

Resumo

The genus Cryptosporidium consists of protozoa with large reproduction and dissemination capacity. Transmission can occur indirectly by ingestion of water contaminated with viable oocysts or directly between animals, between humans, or between animals and human. In various parts of the world, pets have been cited as potential sources of infection by Cryptosporidium spp. The present study aimed to evaluate the occurrence of natural Cryptosporidium spp. infection in domestic dogs in the city of Recife, Pernambuco State, Brazil, as well as the association of the infection with epidemiological and sanitary data. Stool samples from 97 dogs were analyzed using the techniques of centrifugal sedimentation in formalin-ether with subsequent staining by Kinyoun method. Statistical analysis was performed using the chi-square test of Pearson and Fisher Exact test, with significance level of 5.0%. Positivity was detected in 31.9% (31/97) of samples. It was the first record of infection by Cryptosporidium spp. in dogs from northeastern Brazil. We verified significant association between the rate of infection and veterinary medical care, vaccination, and type of environment in which the dogs were kept.(AU)


O gênero Cryptosporidium é composto por protozoários com grande capacidade de reprodução e disseminação. Sua transmissão pode ocorrer indiretamente pela ingestão de água e alimentos contaminados com oocistos viáveis ou diretamente entre animais, entre humanos ou entre animais e humanos. Em diversas partes do mundo, animais de companhia tem sido citados como fontes potenciais de infecção por Cryptosporidium spp. O presente estudo teve como objetivo avaliar a ocorrência da infecção por Cryptosporidium spp. em cães domiciliados na cidade do Recife, estado de Pernambuco, Brasil, bem como a associação da infecção com dados epidemiológicos e sanitários. Foram analisadas 97 amostras de fezes de caninos domiciliados, utilizando-se as técnicas de centrífugo-sedimentação em formol-éter com posterior coloração pelo método de Kinyoun. A análise estatística foi realizada por meio dos testes Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher, com nível de significância de 5,0%.  Detectou-se positividade de 31,9% (31/97), tratando-se do primeiro registro de ocorrência da infecção por Cryptosporidium spp. na espécie canina no nordeste brasileiro, verificando-se associação significativa entre a taxa de infecção e a assistência médica veterinária, vacinação recebida e o tipo de ambiente de criação dos cães.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Cryptosporidium/parasitologia , Criptosporidiose/etiologia , Vigilância Sanitária , Doenças Parasitárias/diagnóstico , Zoonoses/etiologia , Epidemiologia
7.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 17(1): 119-125, Jan-Mar. 2016. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473433

Resumo

Bovine cryptosporidiosis is caused by four differents species: Cryptosporidium parvum, Cryptosporidium bovis, Cryptosporidium andersoni and Cryptosporidium ryanae. The species Cryptosporidium parvum (Order: Eucoccidiorida, Family: Cryptosporidiidae) is considered of high zoonotic potential and it can infect humans through the elimination of oocysts by both cattle and by humans. The objective of this research was to detect oocysts of the genus Cryptosporidium spp. in fecal contents of calves (75 males and 77 females). We collected 152 stool samples from animals aged between 0 day and 3 months. The material was subjected to modified Ziehl-Neelsen and modified Safranin techniques, the slides were observed in its entire length by optical microscopy to verify the presence of oocysts of this parasitic infections. The results showed 17.1% (26/152) positivity in the samples examined, and the statistical analysis showed no difference between sex and the staining techniques used in this study. We concluded the infection by Cryptosporidium spp. is present in the evaluated properties, but more studies are needed, so that the risk of infection is measured properly and prophylactic measures are implemented


A criptosporidiose bovina é causada principalmente por quatro espécies distintas: Cryptosporidium parvum, Cryptosporidium bovis, Cryptosporidium ryanae e Cryptosporidium andersoni. A espécie Cryptosporidium parvum (Ordem: Eucoccidiorida, Família: Cryptosporidiidae) é considerada de alto potencial zoonótico, podendo infectar humanos por intermédio da eliminação de oocistos tanto pelos bovinos quanto pelo próprio humano. O objetivo desta pesquisa foi verificar a ocorrência de oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras fecais de bezerros (75 machos e 77 fêmeas), tendo sido coletadas 152 amostras de fezes de animais do nascimento até os três meses de idade. O material foi submetido às técnicas de coloração de Ziehl-Neelsen modificado e Safranina modificada, as lâminas foram observadas em toda sua extensão ao microscópio óptico para a verificação da presença de oocistos desta enteroparasitose. Os resultados demonstraram 17,1% (26/152) de positividade no total das amostras examinadas e a análise estatística revelou não haver diferença entre o sexo e as técnicas de coloração utilizadas neste estudo. Conclui-se que a infecção por Cryptosporidium spp. esta presente nas propriedades avaliadas, porém são necessários mais estudos para que o risco de infecção seja mensurado adequadamente e medidas profiláticas implementadas


Assuntos
Animais , Bovinos , Cryptosporidium/parasitologia , Oocistos , Coloração e Rotulagem/veterinária , Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária , Doenças Parasitárias/diagnóstico , Zoonoses/diagnóstico
8.
Ci. Anim. bras. ; 17(1): 119-125, Jan-Mar. 2016. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-324212

Resumo

Bovine cryptosporidiosis is caused by four differents species: Cryptosporidium parvum, Cryptosporidium bovis, Cryptosporidium andersoni and Cryptosporidium ryanae. The species Cryptosporidium parvum (Order: Eucoccidiorida, Family: Cryptosporidiidae) is considered of high zoonotic potential and it can infect humans through the elimination of oocysts by both cattle and by humans. The objective of this research was to detect oocysts of the genus Cryptosporidium spp. in fecal contents of calves (75 males and 77 females). We collected 152 stool samples from animals aged between 0 day and 3 months. The material was subjected to modified Ziehl-Neelsen and modified Safranin techniques, the slides were observed in its entire length by optical microscopy to verify the presence of oocysts of this parasitic infections. The results showed 17.1% (26/152) positivity in the samples examined, and the statistical analysis showed no difference between sex and the staining techniques used in this study. We concluded the infection by Cryptosporidium spp. is present in the evaluated properties, but more studies are needed, so that the risk of infection is measured properly and prophylactic measures are implemented(AU)


A criptosporidiose bovina é causada principalmente por quatro espécies distintas: Cryptosporidium parvum, Cryptosporidium bovis, Cryptosporidium ryanae e Cryptosporidium andersoni. A espécie Cryptosporidium parvum (Ordem: Eucoccidiorida, Família: Cryptosporidiidae) é considerada de alto potencial zoonótico, podendo infectar humanos por intermédio da eliminação de oocistos tanto pelos bovinos quanto pelo próprio humano. O objetivo desta pesquisa foi verificar a ocorrência de oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras fecais de bezerros (75 machos e 77 fêmeas), tendo sido coletadas 152 amostras de fezes de animais do nascimento até os três meses de idade. O material foi submetido às técnicas de coloração de Ziehl-Neelsen modificado e Safranina modificada, as lâminas foram observadas em toda sua extensão ao microscópio óptico para a verificação da presença de oocistos desta enteroparasitose. Os resultados demonstraram 17,1% (26/152) de positividade no total das amostras examinadas e a análise estatística revelou não haver diferença entre o sexo e as técnicas de coloração utilizadas neste estudo. Conclui-se que a infecção por Cryptosporidium spp. esta presente nas propriedades avaliadas, porém são necessários mais estudos para que o risco de infecção seja mensurado adequadamente e medidas profiláticas implementadas(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Cryptosporidium/parasitologia , Oocistos , Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária , Coloração e Rotulagem/veterinária , Doenças Parasitárias/diagnóstico , Zoonoses/diagnóstico
9.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 51(2): 118-121, 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-11078

Resumo

O presente trabalho investigou a ocorrência de parasitismo por Cryptoporidium spp. em equinos alojados em dois centros de treinamento de equinos localizados no municipio de Curitiba, Paraná. Foram examinados 108 cavalos, sendo 48 procedentes do Centro de treinamento 1 (CT1) e 60 do Centro de Treinamento 2 (CT2). As coletas de amostras de fezes foram realizadas no período de outubro de 2010 a janeiro de 2011. A metodologia utilizada para a confirmação da presença de oocistos de Cryptosporidium spp. foi a técnica de Ziehl-Neelsen modificada. A ocorrência encontrada foi de 18,52% para o total de animais examinados. Houve diferença estatística significativa (p > 0,05) quando comparadas as prevalências encontradas nos dois centros de treinamento, sendo no CT1 de 4,16% e no CT2 de 30%. Não houve associação entre a prevalência e a idade, o sexo e raça (p > 0,05).(AU)


This study investigated the occurrence of parasitism by Cryptosporidium spp. in horses housed in two training centers located in Curitiba, Paraná. A total of 108 horses were examined, 48 from the Training Center 1 (CT1) and 60 of the Training Centre 2 (CT2). Collection of stool specimens occurred from October 2010 to January 2011. The methodology used to confirm the presence of Cryptosporidium spp. was the Ziehl-Neelsen modified. The occurrence found was 18.52% for the total animals examined. There was a statistically significant difference (p > 0.05) comparing prevalence rates in the two training centers: 4.16% in CT1 and 30% in CT2. There was no association between prevalence and the age, sex and race (p > 0.05) of the horses.(AU)


Assuntos
Animais , Cryptosporidium/parasitologia , Oocistos , Doenças Parasitárias , Cavalos/classificação
10.
Acta Vet. Brasilica ; 7(1): 1-4, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453405

Resumo

Investigações relativas à criptosporidiose são fundamentais, tendo em vista o seu potencial zoonótico e sua patogenicidade em animais de produção e de companhia. Os equinos podem estar envolvidos na transmissão da infecção por Cryptosporidium e podem ter papel epidemiológico relevante nesta protozoose. A grande possibilidade destes animais se infectarem com este protozoário justifica a importância de se atentar para a ocorrência desta enfermidade. Objetivou-se demonstrar por meio de revisão de literatura, alguns aspectos epidemiológicos da criptosporidiose na espécie equina.


Inquiries about cryptossporidiosis are essential because its zoonotic potential and pathogenicity in pets and production animals. The horse can be involved in the transmission of the infection by Cryptosporidium and can have an epidemiological role in this disease. The great possibility of adquiring this protozoan, justify the importance of attempting against for the occurrence of this illness. The aim of this article was to demonstrated through literature revision, some epidemiological aspects of the cryptosporidiosis in the equine specie.


Assuntos
Animais , Criptosporidiose/parasitologia , Cryptosporidium/parasitologia , Epidemiologia/instrumentação , Infecções/microbiologia , Equidae/classificação , Virulência , Zoonoses/transmissão
11.
Acta Vet. bras. ; 7(1): 1-4, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7828

Resumo

Investigações relativas à criptosporidiose são fundamentais, tendo em vista o seu potencial zoonótico e sua patogenicidade em animais de produção e de companhia. Os equinos podem estar envolvidos na transmissão da infecção por Cryptosporidium e podem ter papel epidemiológico relevante nesta protozoose. A grande possibilidade destes animais se infectarem com este protozoário justifica a importância de se atentar para a ocorrência desta enfermidade. Objetivou-se demonstrar por meio de revisão de literatura, alguns aspectos epidemiológicos da criptosporidiose na espécie equina.(AU)


Inquiries about cryptossporidiosis are essential because its zoonotic potential and pathogenicity in pets and production animals. The horse can be involved in the transmission of the infection by Cryptosporidium and can have an epidemiological role in this disease. The great possibility of adquiring this protozoan, justify the importance of attempting against for the occurrence of this illness. The aim of this article was to demonstrated through literature revision, some epidemiological aspects of the cryptosporidiosis in the equine specie.(AU)


Assuntos
Animais , Epidemiologia/instrumentação , Infecções/microbiologia , Cryptosporidium/parasitologia , Criptosporidiose/parasitologia , Equidae/classificação , Zoonoses/transmissão , Virulência
12.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 20(2): 140-147, 2011. graf, ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-4873

Resumo

The objectives of this study were to estimate calf and herd prevalence of Cryptosporidium spp. and Giardia spp., the herd prevalence clustering, spatial distribution according to soil type and shedding patterns in dairy calves from Cordoba, Argentina. Six hundred twenty calves younger than 7 weeks of age from 43 dairy herds were sampled. Samples were processed with the formol-ether and modified Ziehl-Neelsen techniques. Univariate analysis and Kruskall-Wallis tests were used. Factors associated were subjected to multivariate analysis with calf shedding intensity as the response variable. Clustering of herd prevalence was assessed by a scan method, and spatial analysis was applied to explore the overlapping of high prevalence herds and soil type. Overall calf prevalence for Cryptosporidium spp. oocysts and Giardia spp. cysts were 19.35% (95% CI: 16.14; 22.54) and 34.50% (95% CI: 30.69; 38.34), respectively. Calves younger than two weeks of age were almost four times more likely to be infected with Cryptosporidium, in comparison to older ones (RR: 3.78, 95% CI: 2.27; 6.26). Giardia spp. shedding showed a similar age pattern (RR: 1.33, 95% CI: 1.02; 1.75). A primary cluster of high Cryptosporidium prevalence was found, and high prevalence herds were located in areas with poor drained soil.(AU)


Os objetivos deste estudo foram determinar a prevalência de Cryptosporidium spp. e Giardia spp., a presença de aglomerados, a distribuição espacial de acordo com o tipo de solo e padrões de eliminação de cistos e oocistos em bezerros de propriedades leiteiras em Córdoba, Argentina. Amostras fecais foram colhidas de 620 bezerros com menos de sete semanas de idade, provenientes de 43 propriedades leiteiras e examinadas pelas técnicas de formol-éter e Ziehl Neelsen modificada. Foram realizadas uma análise univariada e o teste de Kruskal-Wallis e, em seguida, uma análise multivariada com a intensidade de eliminação de cistos e oocistos, como um evento. A presença de aglomerados foi determinada com o método de varredura e a análise espacial foi realizada para explorar a sobreposição de rebanhos com alta prevalência e tipo de solo. A prevalência de Cryptosporidium spp. e Giardia spp. foi de 19,35% (IC 95%: 16,14; 22,54) e 34,50% (IC 95%: 30,69; 38,34), respectivamente. A probabilidade de infecção por Cryptosporidium spp. foi quase quatro vezes maior para bezerros com menos de 2 semanas em comparação com os bezerros mais velhos (RR: 3,78, IC 95% 2,27; 6,26). O mesmo padrão de infecção relacionada à idade foi observado para Giardia spp. (RR: 1,33, IC 95% 1,02; 1,75). Foi encontrado um aglomerado primário com alta prevalência de Cryptosporidium spp., e rebanhos com alta prevalência foram localizados em solos mal drenados.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Cryptosporidium/parasitologia , Giardia/parasitologia , Criptosporidiose/epidemiologia , Giardíase/epidemiologia , Bovinos/parasitologia , Argentina/epidemiologia , Solo/análise , Demografia
13.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 62(1): 211-213, Feb. 2010.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-5728

Resumo

Investigou-se a ocorrência de Cryptosporidium spp. em equinos de tração, domiciliados na cidade de Santa Maria, RS. Foram coletadas amostras de fezes diretamente da ampola retal de 52 animais, machos e fêmeas, sem raça definida, na faixa etária do nascimento aos 20 anos de idade. Todos os animais estudados não apresentavam sinal clínico da parasitose. Dentre as amostras analisadas, 38,5% (20/52)foram positivas para oocistos de Cryptosporidium spp. A ocorrência do parasito foi maior em animais jovens (75%; 12/16). Conclui-se que há elevado número de animais assintomáticos eliminando oocistos, que contribuem com a contaminação ambiental e, sobretudo, submetem os carroceiros aos riscos da zoonose.(AU)


Rectal temperature, heart and respiratory rates, and the course of some blood parameters were monitored in calves during perinatal and neonatal periods. The study was carried out on eight Limousine calves. From all subjects, rectal temperature, heart rate, and respiratory rate were measured. Blood samples were taken at the same hour (9am) from the external jugular vein, and then centrifuged and stored until analyses. By means of an UV spectrophotometer, the following blood parameters were assessed for each subject: total protein, total cholesterol, triglycerides, glucose, non-esterified fatty acids (NEFA), urea, creatinine, cholinesterase, lactate dehydrogenase (LDH), hydroxybutirate, glutamate pyruvate transaminases (GPT), glutamate oxalacetate transaminases (GOT), direct and total bilirubin, magnesium, iron, potassium, phosphorus, chloride and sodium. The results showed a significant effect of days of life (P<0.05) only on total cholesterol, creatinine and GOT during the first week of life and a significant effect of days of life on rectal temperature, heart rate, respiratory rate, total cholesterol, NEFA, creatinina, and GOT during the first month of life. A correlation among individual values for postnatal age (days of life) and heart rate in calves during the first month of life was observed. In conclusion, modifications of studied parameters could be attributed to functional development of calves in neonatal period and contribute to the knowledge of adaptation processes in calf during the first week and the first month of life resulting useful for the diagnosis and treatment of any neonatal diseases.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Cryptosporidium/isolamento & purificação , Fezes/parasitologia , Criptosporidiose/epidemiologia , Cryptosporidium/parasitologia , Brasil/epidemiologia , Equidae
14.
Vet. foco ; 7(1): 28-35, jul.-dez. 2009. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502781

Resumo

Protozoários do gênero Cryptosporidium são coccídeos zoonóticos que infectam cerca de 170 espécies animais. O objetivo deste trabalho foi avaliar amostras de fezes para a detecção de oocistos de Cryptosporidium spp. em animais domésticos, sem a indicação de seu diagnóstico. Foram analisadas amostras fecais de 90 animais domésticos entre outubro de 2007 a janeiro de 2008: 21 caninos, 7 felinos, 22 suínos, 2 equinos, 16 bovinos e 22 ovinos. Foram examinados esfregaços de fezes e corados pela técnica de Ziehl Neelsen modificada. A frequência total foi de 11% (10/90) de positividade em esfregaços fecais, com 22,7% (5/22) de ovinos, 18,7% (3/16) de bovinos e 9,5% (2/21) de caninos apresentando oocistos de Cryptosporidium spp. nas fezes. A presença de Cryptosporidium spp. nas amostras fecais faculta o fator de risco para transmissão entre animais e/ou humanos. Sugere-se a inclusão da investigação de Cryptosporidium spp. na rotina de exames parasitológicos


Protozoa of the genus Cryptosporidium are zoonotic coccidia that infect approximately 170 animal species. The aim of this study was to assess fecal samples in order to detect Cryptosporid¬ium spp oocysts in pets and farm animals without suspected diagnosis of this infection. A total of 90 samples were analyzed between October 2007 and January 2008: 21 from dogs, 7 from cats, 22 from pigs, 2 from horses, 16 from cows and 22 from sheep. Fecal smears were examined and stained by the modified Ziehl-Neelsen’s method. The overall frequency of Cryptosporidium oocysts in the feces was 11% (10/90), of which 22.7% (5/22) belonged to sheep, 18.7% (3/16) to cows and 9.5% (2/21) to dogs. The presence of Cryptosporidium spp. in fecal samples predisposes to the risk of transmission between animals and/or humans. We suggest including the screening for Cryptosporidium spp. in routine parasitological tests


Assuntos
Animais , Cryptosporidium/parasitologia
15.
Vet. Foco ; 7(1): 28-35, jul.-dez. 2009. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-3369

Resumo

Protozoários do gênero Cryptosporidium são coccídeos zoonóticos que infectam cerca de 170 espécies animais. O objetivo deste trabalho foi avaliar amostras de fezes para a detecção de oocistos de Cryptosporidium spp. em animais domésticos, sem a indicação de seu diagnóstico. Foram analisadas amostras fecais de 90 animais domésticos entre outubro de 2007 a janeiro de 2008: 21 caninos, 7 felinos, 22 suínos, 2 equinos, 16 bovinos e 22 ovinos. Foram examinados esfregaços de fezes e corados pela técnica de Ziehl Neelsen modificada. A frequência total foi de 11% (10/90) de positividade em esfregaços fecais, com 22,7% (5/22) de ovinos, 18,7% (3/16) de bovinos e 9,5% (2/21) de caninos apresentando oocistos de Cryptosporidium spp. nas fezes. A presença de Cryptosporidium spp. nas amostras fecais faculta o fator de risco para transmissão entre animais e/ou humanos. Sugere-se a inclusão da investigação de Cryptosporidium spp. na rotina de exames parasitológicos(AU)


Protozoa of the genus Cryptosporidium are zoonotic coccidia that infect approximately 170 animal species. The aim of this study was to assess fecal samples in order to detect Cryptosporid¬ium spp oocysts in pets and farm animals without suspected diagnosis of this infection. A total of 90 samples were analyzed between October 2007 and January 2008: 21 from dogs, 7 from cats, 22 from pigs, 2 from horses, 16 from cows and 22 from sheep. Fecal smears were examined and stained by the modified Ziehl-Neelsens method. The overall frequency of Cryptosporidium oocysts in the feces was 11% (10/90), of which 22.7% (5/22) belonged to sheep, 18.7% (3/16) to cows and 9.5% (2/21) to dogs. The presence of Cryptosporidium spp. in fecal samples predisposes to the risk of transmission between animals and/or humans. We suggest including the screening for Cryptosporidium spp. in routine parasitological tests(AU)


Assuntos
Animais , Cryptosporidium/parasitologia
16.
Pesqui. vet. bras ; 28(10): 452-456, 2008. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-353

Resumo

Avaliou-se a presença de oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras de fezes de 14 bezerros e de suas mães até a oitava semana pós parição. A maior taxa de excreção de oocistos foi verificada em bezerros com sete dias de idade. Das vacas, 42,8 por cento foram positivas para Cryptosporidium no período pós-parto. Em outra etapa deste estudo, foram acompanhados 57 bezerros positivos para Cryptosporidium, com até 30 dias de idade, provenientes de 32 propriedades leiteiras, e estudouse o grau de eliminação dos oocistos com a possível ocorrência de diarréia. Em todos os animais positivos para Cryptosporidium foi pesquisada a presença de bactérias enteropatogênicas, vírus (Rotavirus e Coronavirus) e protozoários (Eimeria spp.).(AU)


The aim of this research was to evaluate the shedding of Cryptosporidium spp. oocysts in fecal samples from 14 calves from one dairy farm, from birth until 60 days old and from cows until eight weeks after parturition. The higher percentage of oocysts excreted was observed in 7-day-old calves. In the post-partum period 43.7 percent of cows were positive for Cryptosporidium oocysts. Further analyses were accomplished in 57 calves from another 32 milk farms, previously known as positive for Cryptosporidium, through oocysts fecal screening and clinical signs analyses until calves were 30 days old. Fecal samples from all animals that presented diarrhea were screened for the presence of bacteria, virus (Rotavirus and Coronavirus ) and protozoa (Eimeria spp.).(AU)


Assuntos
Animais , Lactente , Bovinos , Cryptosporidium/parasitologia , Criptosporidiose/epidemiologia , Criptosporidiose/etiologia , Criptosporidiose/veterinária , Oocistos/parasitologia , Fezes/parasitologia , Virologia/métodos , Técnicas Imunoenzimáticas/métodos , Animais Lactentes/parasitologia , Bovinos/crescimento & desenvolvimento , Período Pós-Parto , Técnicas Imunoenzimáticas/veterinária
17.
Belém; s.n; 01/03/2012. 67 p.
Tese em Português | VETINDEX | ID: biblio-1504816

Resumo

As doenças parasitárias são de ocorrência freqüente tanto em animais quanto no homem e muitas possuem potencial zoonótico. Um aspecto relevante que deve ser ressaltado é que a relação entre o homem e animal vem se tornando cada vez mais próxima, principalmente em relação aos animais de companhia, podendo favorecer as zoonoses. Dentre as doenças zoonóticas, a criptosporidiose é considerada como uma enteroparasitose emergente de importância epidemiológica. O agente Cryptosporidium spp., é um protozoário de fácil transmissão, com diversas espécies patogênicas para vários tipos de hospedeiros entre animais domésticos, silvestres e o homem. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em cães domiciliados e errantes da região Metropolitana da cidade de Belém, PA, e sua associação com a faixa etária e o sexo dos animais, assim como também buscou-se comparar as duas técnicas de diagnóstico empregadas. Foram coletadas amostras fecais de 150 animais sem quando diarréico, sendo 100 amostras dos cães domiciliados coletadas pelos proprietários em suas residências e 11 amostras de cães domiciliados atendidos em uma clínica veterinária particular localizada no Centro da cidade de Belém. As demais 39 amostras procederam de cães errantes capturados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) dessa capital. O processamento laboratorial foi realizado no Setor de Parasitologia do Instituto Evandro Chagas, Ananindeua, PA, onde foram utilizadas duas técnicas de diagnóstico: Ziehl-Neelsen modificada (ZNm) e Teste de ELISA utilizando anticorpos monoclonais e policlonais frente ao antígeno dos oocistos de Cryptosporidium spp. A ocorrência foi de 3,33% (5/150), sendo ,6% (4/111) nos animais domiciliados e 2,56% (1/39) nos animais errantes. Não houve diferença estatística significativa com relação à procedência, à idade, o sexo e métodos de diagnósticos empregados. Os resultados permitiram caracterizar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em cães domiciliados e errantes de Belém, PA e que animais assintomáticos podem eliminar oocistos do agente servindo de fonte de infecção para outros animais, para o meio ambiente e também para o homem


Assuntos
Animais , Cães , Cryptosporidium/parasitologia , Zoonoses/parasitologia
18.
Belém; s.n; 01/03/2012. 67 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-52

Resumo

As doenças parasitárias são de ocorrência freqüente tanto em animais quanto no homem e muitas possuem potencial zoonótico. Um aspecto relevante que deve ser ressaltado é que a relação entre o homem e animal vem se tornando cada vez mais próxima, principalmente em relação aos animais de companhia, podendo favorecer as zoonoses. Dentre as doenças zoonóticas, a criptosporidiose é considerada como uma enteroparasitose emergente de importância epidemiológica. O agente Cryptosporidium spp., é um protozoário de fácil transmissão, com diversas espécies patogênicas para vários tipos de hospedeiros entre animais domésticos, silvestres e o homem. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em cães domiciliados e errantes da região Metropolitana da cidade de Belém, PA, e sua associação com a faixa etária e o sexo dos animais, assim como também buscou-se comparar as duas técnicas de diagnóstico empregadas. Foram coletadas amostras fecais de 150 animais sem quando diarréico, sendo 100 amostras dos cães domiciliados coletadas pelos proprietários em suas residências e 11 amostras de cães domiciliados atendidos em uma clínica veterinária particular localizada no Centro da cidade de Belém. As demais 39 amostras procederam de cães errantes capturados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) dessa capital. O processamento laboratorial foi realizado no Setor de Parasitologia do Instituto Evandro Chagas, Ananindeua, PA, onde foram utilizadas duas técnicas de diagnóstico: Ziehl-Neelsen modificada (ZNm) e Teste de ELISA utilizando anticorpos monoclonais e policlonais frente ao antígeno dos oocistos de Cryptosporidium spp. A ocorrência foi de 3,33% (5/150), sendo ,6% (4/111) nos animais domiciliados e 2,56% (1/39) nos animais errantes. Não houve diferença estatística significativa com relação à procedência, à idade, o sexo e métodos de diagnósticos empregados. Os resultados permitiram caracterizar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em cães domiciliados e errantes de Belém, PA e que animais assintomáticos podem eliminar oocistos do agente servindo de fonte de infecção para outros animais, para o meio ambiente e também para o homem(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Cryptosporidium/parasitologia , Zoonoses/parasitologia
19.
Hig. aliment ; 18(118): 52-59, mar. 2004. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-92437

Resumo

Os protozoários Cryptosporidium spp. e Giárdia spp. são parasitos intestinais que podem ser transmitidos pela água. São responsáveis pela ocorrência de vários surtos de diarréia, em diversos países, sendo que oocistos e cistos exibem acentuada resistência às condições ambientais e aos processos de tratamento da água, apresentando grande relevância em Saúde pública. Considerando que estes protozoários já foram detectados em amostras de água bruta do rio Atibaia, o presente estudo investigou a ocorrência de oocistos e cistos, parâmetros físico-químicos e bacteriológicos, nas principais etapas do sistema da estação de tratamento de água 3 e 4 de Campinas. Foram realizados dois experimentos: um no período de seis meses, e outro, em dias consecutivos, respectivamente. No processamento das amostras foi utilizada a técnica de filtração em membrana, seguida por eluição, centrífuco-concentração, imunofluorescência direta e teste confirmatório empregando corante fluorogênico (DAPI). Os demais parâmetros foram determinados de acordo com os procedimentos do ôStandard Methods, 1998õ. A positividade de Giárdia na água bruta captada no experimento I e II foi de 90 por cento e 100 por cento, respectivamente; Cryptosporidium não foi detectado. Cistos e oocistos não foram detectados em todas as amostras colhidas após as etapas de filtração e decantação. As análises físico-químicas e bacteriológicas atestaram a qualidade da água nas diversas etapas e a degradação da qualidade da água bruta. Os resultados obtidos fornecem uma indicação da eficiência na remoção deste organismo pelo sistema convencional da estação de tratamento da água analisada.(AU)


The protozoa Cryptosporidium spp. and Giardia spp. are intestinal parasites that may be waterborne. They are responsible for the occurrence of several outbreaks of diarrhea in many countries, mainly due to oocyst and cyst resistance to the water treatment processes and in the environment; the presence of these parasites has great Public Health significance. Considering that these protozoa have already been detected in raw water samples from the Atibaia River, the present study investigated the occurrence of oocysts and cysts, bacteriological, physical and chemical parameters in the main steps of the water treatment system 3 e 4 in the city of Campinas, state of São Paulo, Brazil. Two experiments were carried out: one in a period of six months and another on consecutive days, respectively. The sample processing utilizedthe membrane filtration technique followed by elution, centrifugation for concentration, direct immunofluorescence and confirmatory test using fluorogenic vital dye (DAPI). The further parameters were determined according to the Standard Methods, 1998 procedure. Giardia was present in 90% of the raw water samples in test I and in 100% in test II, while Cryptosporidium was not detected. Cysts and oocysts were not detected in any of the samples collected after the filtration and decantation steps. Physical, chemical and bacteriological analysis showed the water quality in all steps and the degradation of the raw water. The results obtained are an indication of efficiency in removal of this organism through the conventional system at the analyzed water treatment plant. (AU)


Assuntos
Cryptosporidium/parasitologia , Giardia , Purificação da Água
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA