Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 153
Filtrar
1.
Iheringia, Sér. zool ; 113: e2023006, 2023. mapas, ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1427475

Resumo

The mechanisms of ecological segregation involved in the coexistence between Neotropical felids are the key to support strategies for conservation. Due to their inconspicuous and elusive behavior, camera trapping constitute a strategic, non-invasive method to study these species. The present work aimed to evaluate the daily and seasonal activity patterns of four felid species: Leopardus guttulus (Hensel, 1872), L. pardalis (Linnaeus, 1758), L. wiedii (Schinz, 1821) and Puma concolor (Linnaeus, 1771), in the Papagaios-de-Altitude Private Protected Area, state of Santa Catarina, southern Brazil. Data were collected from January 2018 to December 2019, using 25 sites of camera traps among the study area. We collected 624 independent records from L. guttulus (108), L. pardalis (55), L. wiedii (77) and P. concolor (384) in a sampling effort of 12,266 camera-traps/day. All species analysed showed a non-uniform distribution of daily activity, when considering the two years. We report the peak of seasonal activity for all species between the months of June and September, coinciding with the Araucaria nut harvest in the study area, and with the increase in populations of small rodents. We also report a high overlap between the activity patterns of the four species. The daily and seasonal activity patterns of the species in this study seem to reflect the intrinsic dynamics of the Araucaria Forest, as well as possible adaptations to prey availability.(AU)


Os mecanismos de segregação ecológica envolvidos na coexistência entre felídeos neotropicais são a chave para subsidiar estratégias para sua conservação. Por apresentarem comportamento inconspícuo e esquivo, as armadilhas fotográficas constituem um método não invasivo estratégico para estudá-los. O presente trabalho buscou avaliar o padrão de atividade diário e sazonal de quatro espécies de felídeos: Leopardus guttulus (Hensel, 1872), L. pardalis (Linnaeus, 1758), L. wiedii (Schinz, 1821) e Puma concolor (Linnaeus, 1771), na RPPN Papagaios-de-Altitude, no estado de Santa Catarina, sul do Brasil. Coletamos os dados através de 25 sítios de armadilhas fotográficas na área de estudo. Obtivemos 624 registros independentes de L. guttulus (108), L. pardalis (55), L. wiedii (77) e P. concolor (384) em um esforço amostral de 12.266 armadilhas/dia. Todas as espécies analisadas apresentaram distribuição de atividade diária não uniforme, quando considerados os dois anos. Relatamos o pico de atividade sazonal de todas as espécies entre os meses de junho a setembro, coincidindo com a safra de pinhão na região, e com o aumento nas populações de pequenos roedores. Também relatamos uma alta sobreposição entre os padrões de atividade das quatro espécies. A atividade diária e sazonal das espécies neste estudo parece refletir as dinâmicas intrínsecas da Floresta Ombrófila Mista, além de possíveis adaptações à disponibilidade de presas.(AU)


Assuntos
Felidae , Distribuição Animal , Brasil , Ritmo Circadiano
2.
Rev. bras. reprod. anim ; 47(3): 536-543, jul.-set. 2023. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1436726

Resumo

Na prática, compreender a anatomia reprodutiva, a fisiologia e o comportamento do macho, da espécie selvagem com a qual se está trabalhando, é essencial para a avaliação andrológica e para a reprodução bem sucedida. Neste artigo damos especial ênfase à andrologia de felídeos selvagens. O profissional pode ser chamado para solucionar problemas quando a espécie apresenta dificuldade de reprodução em cativeiro e/ou encontra-se ameaçada de extinção. Baixas taxas de fertilidade e de prenhez podem estar associadas ao macho, com influências do estresse pelo cativeiro, nutrição inadequada e erros de manejo reprodutivo. E também, as instituições que mantêm essas espécies sob cuidado humano poderão ser auxiliadas no manejo reprodutivo com o exame andrológico periódico, que pode ser acompanhado de criopreservação de sêmen para formação ou manutenção de um banco de reserva genômica. Como componente de um programa holístico de conservação, incluindo os estudos de ecologia de campo, esta estratégia fortalece ainda mais o vínculo entre as populações ex situ e in situ.(AU)


In practice, understanding the male reproductive anatomy, physiology and the behavior, of the wild species that you are working, is essential for andrological assessment and successful reproduction. In this article we give special emphasis to the andrology of wild felids. The professional can be called to solve problems when the species has difficulty reproducing in captivity and/or is threatened with extinction. Low fertility and pregnancy rates may be associated with the male, with influences from stress in captivity, inadequate nutrition and reproductive management errors. Also, the institutions that keep these species under human care can be assisted in reproductive management with periodic andrological examination, which can be accompanied by semen cryopreservation for the formation or maintenance of a genome resource bank. As a component of a holistic conservation program, including field ecology studies, this strategy further strengthens the link between ex situ and in situ populations.(AU)


Assuntos
Animais , Felidae/embriologia , Animais Selvagens/embriologia , Andrologia/tendências
3.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 51(supl.1): Pub. 880, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1437101

Resumo

Background: Hypertrophic cardiomyopathy phenotype (HCM) is the most common cardiac disease in domestic cats but is rarely described in wild species. This phenotype is characterized by concentric hypertrophy of the left ventricle and may be of familial inheritance or secondary to other diseases such as hyperthyroidism, chronic kidney disease, systemic arterial hypertension, and hyperaldosteronism. HCM can cause diastolic and systolic dysfunction and may cause congestive heart failure in affected animals. The present work aims to describe the first report of cardiomyopathy of the hypertrophic phenotype in a specimen of Leopardus pardalis, kept under human care. Case: A 11-year-old female ocelot (Leopardus pardalis) kept under human care, during a preventive care visit, had hypertrophic cardiomyopathy phenotype detected by cardiological evaluation with echocardiogram and a murmur grade III/ VI could be detected on cardiac auscultation. This preventive care occurred under chemical restraint with ketamine [6 mg/kg, i.m] associates with midazolam [0.5 mg/kg, i.m] and other evaluations have been done like complete blood count (CBC), biochemistry (alanine aminotransferase, aspartate aminotransferase, total proteins, albumin, albumin:globulin ratio, creatinine, urea, sodium, potassium, calcium, phosphorus, and globulin) and tyroid hormones [free tyroxine (T4) and thyroid-stimulating hormone (TSH)]. Medical management based on clopidogrel, and atenolol was administered for 3 months until the patient showed manifestations of congestive heart failure (CHF) 80 days later the initial evaluation. In this moment the patient presented with dyspnea, so a cardiological and laboratory evaluation was requested. On pulmonary auscultation crackling was identified, suggesting pulmonary edema and, on echocardiographic examination, some parameters had worsened. The CBC and biochemistry were all within reference ranges. Then, the beta-blocker was discontinued and replaced by pimobendan combined with furosemide as treatment of CHF, and the condition stabilized. After one year, the patient was re-evaluated and showed a slight improvement in the condition but still remained stable. Also, feline proBNP levels was tested (SNAP Feline proBNP® IDEXX) in this moment and it was increased. Discussion: The findings on echocardiography associated with the subjective evaluation associated with progressive worsening and clinical manifestation of CHF, as well as the response to treatment, even though there are no reference values for the species, reinforce the diagnosis. There is no evidence to suggest diseases that may contribute to secondary left ventricular hypertrophy. It is believed that pimobendan plays a key role in maintaining hemodynamic balance, since this has already been observed in other mammalian species. The use of beta blockers is commonly employed in domestic cats with HCM, and they have been prescribed in an attempt to promote greater ventricular relaxation, decrease left ventricular outflow obstruction, thus improving ventricular filling for maintenance of cardiac output. In view of the atrial enlargement and possible risk of thrombus formation, clopidogrel was prescribed, extrapolating what is known from domestic cats. It is reasonable to conclude that in this case, the cardiomyopathy behaved similarly to what is observed in domestic cats, both in its clinical evolution and in the means of diagnosis, and in its response to the therapy instituted.


Assuntos
Animais , Feminino , Cardiomiopatia Hipertrófica/veterinária , Doenças Cardiovasculares/veterinária , Felidae , Ecocardiografia/veterinária
4.
Braz. j. vet. pathol ; 16(2): 132-138, 2023. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1509623

Resumo

A male adult ocelot (Leopardus pardalis) kept under human care developed anuria, which progressed to death. Grossly, the urinary bladder was markedly dilated and filled with red discolored urine containing blood clots. In addition, the animal had a hepatoid cell adenoma adjacent to the urethra, which likely caused partial urethral occlusion. Microscopically, there was a predominantly neutrophilic, fibrinous and hemorrhagic urethritis, cystitis, and pyelonephritis with intralesional gram-positive cocci. Microbiologic culture followed by MALDI-TOF MS analysis resulted in the identification of isolates from the urine and urethra as Staphylococcus felis.(AU)


Assuntos
Animais , Obstrução Uretral/veterinária , Uretrite/diagnóstico , Adenoma/diagnóstico , Felidae , Infecções Estafilocócicas/diagnóstico , Staphylococcus
5.
Acta Vet. Brasilica ; 17(1): 11-15, 2023. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1436286

Resumo

Nutritional Secondary Hyperparathyroidism (NSH) is a metabolic disorder that mainly affects young animals. This disease causes imbalance between the levels of calcium and phosphorus, culminating in bone changes. Wild animals raised in captivity can develop the disease when they are given an inadequate diet. The aim of this study is to report the clinical findings, the complementary exams and the therapeutics utilized in a Leopardus geoffroyi (Geoffroy's cat) cub originated from captivity with NSH. The animal went through complementary imaging exams and biochemical evaluation that respectively revealed generalized osteopenia and pathological fracture of the right femur, reduction of serum calcium level and elevation of serum phosphorus level. The diagnosis of NSH was established by associating the history, clinical signs, and findings of ancillary exams. The treatment was based on diet correction, mineral and vitaminic supplementation and sun exposure. The NSH diagnosis was stablished by associating history, clinical signs, imaging exams findings and serum biochemicals. The early identification of this disease is of paramount importance, because in this way corrections can be made in food management, in order to provide successful clinical recovery and promote quality of life for wild captive animals.(AU)


O hiperparatireoidismo secundário nutricional (HSN) é uma desordem metabólica que acomete principalmente animais jovens. Essa doença cursa com desequilíbrio entre os níveis de cálcio e fósforo, culminando com alterações ósseas. Animais silvestres quando criados em cativeiro podem desenvolver a doença quando recebem uma dieta inadequada. O obje-tivo deste estudo é relatar os achados clínicos, os exames complementares e a terapêutica utilizada em um filhote de Leopardus geoffroyi (gato-do-mato-grande)proveniente de cativeiro com HSN. O animal passou por exames complementares de imagem e avaliação bioquímica que revelaram respectivamente osteopenia generalizada e fratura patológica de fêmur direito, redução dos níveis séricos de cálcio e elevação do fósforo. O diagnóstico de HSN foi estabelecido associando o histórico, sinais clínicos e achados dos exames complementares. O tratamento foi baseado na correção da dieta, suplementação mineral e vitamínica e exposição solar. A identificação precoce dessa doença é de suma importância, pois dessa forma podem ser feitas correções no manejo alimentar, afim de proporcionar a recuperação clínica com êxito e promover qualidade de vida para os animais selva-gens de cativeiro.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças Ósseas Metabólicas/diagnóstico , Felidae/fisiologia , Hiperparatireoidismo Secundário/veterinária , Animais Selvagens/fisiologia
6.
Rev. bras. reprod. anim ; 47(2): 144-147, abr.-jun. 2023.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1435098

Resumo

A reprodução ex situ de felinos silvestres assegura a sobrevivência das espécies ameaçadas por meio do estabelecimento e manutenção de populações viáveis em cativeiro. O conhecimento da biologia reprodutiva básica é essencial para o desenvolvimento de planos de manejo reprodutivo (PMRs) eficientes, seja pela reprodução natural ou pela aplicação de técnicas de reprodução assistida (TRAs). Os PMRs visam garantir a representatividade das espécies quanto à variabilidade genética e demográfica baseada nos studbooks. Entretanto, o pareamento de animais selecionados pelos PMRs deve levar em conta, além de fatores genéticos e demográficos, fatores comportamentais e o fenótipo dos animais, uma vez que pode haver consequências negativas caso descendentes de gerações futuras sejam reintroduzidos na natureza. As TRAs estão cada vez mais sendo desenvolvidas para auxiliar na manutenção de populações geneticamente viáveis ex situ que possam contribuir geneticamente com populações in situ. A criopreservação de sêmen e a inseminação artificial (IA) são as TRAs utilizadas atualmente pelos PMR nacionais e internacionais, no entanto, são muitos os desafios para que as populações cativas se reproduzam de maneira adequada visando a manutenção de uma população viável que possa contribuir com populações de vida livre no futuro.(AU)


Reproductive management plans are essential to ensure that imperiled populations maintain adequate genetic and demographic variability and remain representative of the species as a whole. Basic reproductive biology knowledge is essential for the development of efficient reproductive management plans (PMPs), either through natural breeding or through assisted reproductive techniques (ARTs). The PMPs aim to ensure the representativeness of the species in terms of genetic and demographic variability based on studbooks. However, the specific animal pairings should be maintaining adequate genetic, behavioral and the phenotype of the animals, ensuring proper reintroduction of animals into the wild. ARTs have been explored as a means to enhance the conservation of endangered species, focused on maintaining genetic diversity through enhanced animal propagation. Semen cryopreservation and artificial insemination (AI) are used by national and international PMRs, however, there are many challenges for captive populations reproduction in order to maintain a viable population that can contribute for freeliving populations in the future.(AU)


Assuntos
Animais , Reprodução/fisiologia , Criopreservação/métodos , Técnicas de Reprodução Assistida/veterinária , Felidae/fisiologia , Inseminação Artificial , Animais Selvagens/fisiologia
7.
Braz. j. biol ; 82: e240219, 2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1285585

Resumo

Snow leopard (Panthera unica) is a felid which lives in the highly rugged areas of alpine regions in different mountain ranges of South and Central Asia. This solitary animal needs large spaces for its ranges but due to climate change and relatively faster rate of global warming in South Asian mountain ranges, its habitat is going to shrink and fragment by tree-line shifts and change in hydrology of the area. Vegetative modification of montane flora and competition with domestic goats will create its prey's population to decline along with a chance of a direct conflict and competition with the common leopard. Common leopard being more adaptable, grouped, and larger in size can be a significant stressor for a smaller and solitary snow leopard. Habitat would shrink, and snow leopard can possibly move upslope or northward to central Asian ranges and their predicted migratory patterns are unknown.


O leopardo-das-neves (Panthera uncia) é um felídeo que vive nas áreas altamente acidentadas das regiões alpinas, em diferentes cadeias de montanhas do sul e do centro da Ásia. A revisão atual tem o objetivo de abordar a questão da possível perda de hábitat do leopardo da neve em razão da interferência humana nas montanhas do sul e do centro da Ásia. Esse animal solitário precisa de grandes espaços para suas faixas, mas, devido às mudanças climáticas e à taxa relativamente mais rápida de aquecimento global nas cadeias montanhosas do sul da Ásia, seu hábitat vai encolher e fragmentar-se por mudanças nas linhas de árvores e na hidrologia da área. Este artigo teve o objetivo de rever vários estudos sobre os impactos das mudanças climáticas em um futuro próximo e distante sobre os hábitats do leopardo-da-neve. O estudo revelou que a modificação vegetativa da flora da montanha e a competição com cabras domésticas poderiam ocasionar na diminuição da população de suas presas, com a chance de um conflito direto e competição com leopardo comum. Leopardo comum sendo mais adaptável, agrupado e maior em tamanho pode ser um estressor significativo para um leopardo-da-neve menor e solitário. Conclusão: devido ao encolhimento do hábitat, o leopardo-da-neve pode, possivelmente, mover-se para cima ou para o norte, para faixas da Ásia Central com padrões migratórios não previstos.


Assuntos
Animais , Felidae , Panthera , Ásia , Mudança Climática , Ecossistema , Conservação dos Recursos Naturais
8.
Acta Vet. Brasilica ; 16(3): 180-184, ago. 2022. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1392624

Resumo

Aelurostrongylus abstrusus, popularly known as "feline pulmonary worm", it is a nematode that affects the respiratory system of felines causing aelurostrongylosis. This parasite can be found in the host's bronchi and pulmonary arteries. The clinical signs presented vary according to the animal's immune response and severity of the infection, the host might present apathy, dyspnea, syncope, wheezing, sneezing, among others. This report aims to describe a case of aelurostrostrilylosis in a feline of wildlife threatened of extinction. The animal, Leopardus wiedii (Schinz, 1821), popularly known as Margay, was found in an urban perimeter in the municipality of Anchieta, state of Santa Catarina (SC) in Brazil and attended at the Veterinary Clinic CLINIVET, of the University of the West of Santa Catarina - UNOESC, campus of São Miguel do Oeste (SC). In the initial clinical evaluation, the patient presented with deambulatory difficulties, biological samples were collected for further investigation. In the coproparasitological exam, parasitism was diagnosed by A. abstrusus, however the animal did not present any clinical signs related to the respiratory system. The results of this report indicate that the species L. wiedii, diagnosed with subclinical infection, can act as a wild reservoir for A. abstrusus, serving as a source of infection for other species of wild felids and also for domestic ones. This highlights the importance of effective public policies for the conservation, management and study of diseases that affect wild cats, especially species that need more urgent attention, that is, those threatened of extinction.(AU)


Aelurostrongylus abstrusus, popularmente conhecido como "verme pulmonar felino", é um nematoide que aco-mete o sistema respiratório dos felinos causando aelurostrongilose. Este parasita pode ser encontrado nos brônquios e arté-rias pulmonares do hospedeiro. Os sinais clínicos apresentados variam de acordo com a resposta imune do animal e gravi-dade da infecção, podendo o hospedeiro apresentar apatia, dispneia, síncope, sibilos, espirros, entre outros. Este relato tem como objetivo descrever um caso de aelurostrongilose em um felino silvestres ameaçado de extinção. O animal, Leopardus wiedii (Schinz, 1821), popularmente conhecido como gato maracajá, foi encontrado no perímetro urbano do município de Anchieta, estado de Santa Catarina (SC), Brasil e atendido na Clínica Veterinária CLINIVET, da Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC, campus de São Miguel do Oeste (SC). Na avaliação clínica inicial o paciente apresentava dificuldade de locomoção, foram coletadas amostras biológicas para posterior investigação. No exame coproparasitológico foi diagnosticado parasitismo por A. abstrusus, porém o animal não apresentou nenhum sinal clínico relacionado ao sis-tema respiratório. Os resultados deste relato indicam que a espécie L. wiedii, diagnosticada com infecção subclínica, pode atuar como reservatório silvestre para A. abstrusus, servindo como fonte de infecção para outras espécies de felinos silves-tres e também para os domésticos. Isso destaca a importância de políticas públicas efetivas para a conservação, manejo e estudo das doenças que acometem os felinos selvagens, principalmente as espécies que necessitam de atenção mais urgente, ou seja, aquelas ameaçadas de extinção.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças Respiratórias/parasitologia , Infecções por Rhabditida/diagnóstico , Felidae/parasitologia , Doenças Parasitárias em Animais/diagnóstico , Brasil , Rabditídios/parasitologia , Imunidade
9.
Braz. J. Biol. ; 82: 1-5, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31359

Resumo

Snow leopard (Panthera unica) is a felid which lives in the highly rugged areas of alpine regions in different mountain ranges of South and Central Asia. This solitary animal needs large spaces for its ranges but due to climate change and relatively faster rate of global warming in South Asian mountain ranges, its habitat is going to shrink and fragment by tree-line shifts and change in hydrology of the area. Vegetative modification of montane flora and competition with domestic goats will create its prey's population to decline along with a chance of a direct conflict and competition with the common leopard. Common leopard being more adaptable, grouped, and larger in size can be a significant stressor for a smaller and solitary snow leopard. Habitat would shrink, and snow leopard can possibly move upslope or northward to central Asian ranges and their predicted migratory patterns are unknown.(AU)


O leopardo-das-neves (Panthera uncia) é um felídeo que vive nas áreas altamente acidentadas das regiões alpinas, em diferentes cadeias de montanhas do sul e do centro da Ásia. A revisão atual tem o objetivo de abordar a questão da possível perda de hábitat do leopardo da neve em razão da interferência humana nas montanhas do sul e do centro da Ásia. Esse animal solitário precisa de grandes espaços para suas faixas, mas, devido às mudanças climáticas e à taxa relativamente mais rápida de aquecimento global nas cadeias montanhosas do sul da Ásia, seu hábitat vai encolher e fragmentar-se por mudanças nas linhas de árvores e na hidrologia da área. Este artigo teve o objetivo de rever vários estudos sobre os impactos das mudanças climáticas em um futuro próximo e distante sobre os hábitats do leopardo-da-neve. O estudo revelou que a modificação vegetativa da flora da montanha e a competição com cabras domésticas poderiam ocasionar na diminuição da população de suas presas, com a chance de um conflito direto e competição com leopardo comum. Leopardo comum sendo mais adaptável, agrupado e maior em tamanho pode ser um estressor significativo para um leopardo-da-neve menor e solitário. Conclusão: devido ao encolhimento do hábitat, o leopardo-da-neve pode, possivelmente, mover-se para cima ou para o norte, para faixas da Ásia Central com padrões migratórios não previstos.(AU)


Assuntos
Animais , Felidae/crescimento & desenvolvimento , Mudança Climática , Ecossistema
10.
Braz. j. biol ; 82: 1-5, 2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468518

Resumo

Snow leopard (Panthera unica) is a felid which lives in the highly rugged areas of alpine regions in different mountain ranges of South and Central Asia. This solitary animal needs large spaces for its ranges but due to climate change and relatively faster rate of global warming in South Asian mountain ranges, its habitat is going to shrink and fragment by tree-line shifts and change in hydrology of the area. Vegetative modification of montane flora and competition with domestic goats will create its prey's population to decline along with a chance of a direct conflict and competition with the common leopard. Common leopard being more adaptable, grouped, and larger in size can be a significant stressor for a smaller and solitary snow leopard. Habitat would shrink, and snow leopard can possibly move upslope or northward to central Asian ranges and their predicted migratory patterns are unknown.


O leopardo-das-neves (Panthera uncia) é um felídeo que vive nas áreas altamente acidentadas das regiões alpinas, em diferentes cadeias de montanhas do sul e do centro da Ásia. A revisão atual tem o objetivo de abordar a questão da possível perda de hábitat do leopardo da neve em razão da interferência humana nas montanhas do sul e do centro da Ásia. Esse animal solitário precisa de grandes espaços para suas faixas, mas, devido às mudanças climáticas e à taxa relativamente mais rápida de aquecimento global nas cadeias montanhosas do sul da Ásia, seu hábitat vai encolher e fragmentar-se por mudanças nas linhas de árvores e na hidrologia da área. Este artigo teve o objetivo de rever vários estudos sobre os impactos das mudanças climáticas em um futuro próximo e distante sobre os hábitats do leopardo-da-neve. O estudo revelou que a modificação vegetativa da flora da montanha e a competição com cabras domésticas poderiam ocasionar na diminuição da população de suas presas, com a chance de um conflito direto e competição com leopardo comum. Leopardo comum sendo mais adaptável, agrupado e maior em tamanho pode ser um estressor significativo para um leopardo-da-neve menor e solitário. Conclusão: devido ao encolhimento do hábitat, o leopardo-da-neve pode, possivelmente, mover-se para cima ou para o norte, para faixas da Ásia Central com padrões migratórios não previstos.


Assuntos
Animais , Ecossistema , Felidae/crescimento & desenvolvimento , Mudança Climática
11.
Zoologia (Curitiba, Impr.) ; 38: e63231, 2021. mapas, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1290415

Resumo

Jaguars, Panthera onca (Linnaeus, 1758), and pumas, Puma concolor (Linnaeus, 1771) are the largest felids in the neotropics. Both can overlap in niche axes (time, space and prey), and are therefore potentially competing species. Segregation mechanisms presented by a low overlap in one of these axes of niche can facilitate the coexistence. Our aim was to analyze jaguar and puma temporal and spatial overlap for understanding their segregation mechanisms. Between 2015 and 2017, twenty-six camera trap stations were located in five habitat types of El Cielo Biosphere Reserve (ECBR) in northeastern Mexico. Temporal activity was analyzed using circular statistics and time overlap analysis. Spatial overlap was calculated with the Pianka index and a selectivity habitat analysis. Our results showed that jaguars and pumas were nocturnal and that the temporal overlap was high (∆4 = 0.77). We found an intermediate spatial overlap (Pianka index = 0.61). Jaguars were more selective and preferred the deciduous forest. In comparison, pumas preferred oak-pine forest, but also used oak and deciduous forest. Our results indicate that spatial segregation best explains the coexistence of jaguars and pumas in our study area, probably due to both habitat diversity in the reserve and the generalist habits of the puma.(AU)


Assuntos
Animais , Cadeia Alimentar , Felidae , Análise Espaço-Temporal , México
12.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(5): 1111-1116, Sept.-Oct. 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1345263

Resumo

Pulmonary adenocarcinoma is a malignant epithelial neoplasia that usually arises from conducting airways or alveolar parenchyma. It has rarely been described in wild felids, with no previous reports in ocelots. In domestic cats it is a very aggressive neoplasm with a high metastatic rate that usually evolves to death. This report aimed to describe a pulmonary adenocarcinoma in a captive and senile ocelot (Leopardus pardalis), with a thorough morphologic and immunophenotypically characterization, evidencing the epithelial-mesenchymal transition (EMT) phenomenon in a high metastatic carcinoma, an important feature rarely described in veterinary medicine, even in domestic cats.(AU)


O adenocarcinoma pulmonar é uma neoplasia epitelial maligna originada do epitélio respiratório das vias aéreas inferiores e do parênquima alveolar. É uma neoplasia raramente descrita em felinos selvagens, sem nenhum relato em jaguatiricas. Em gatos domésticos, é uma neoplasia muito agressiva, com alta taxa de metástase, e geralmente evolui para o óbito do paciente. O presente relato objetiva descrever um adenocarcinoma pulmonar em uma jaguatirica (Leopardus pardalis) senil de cativeiro, com detalhada caracterização morfológica e imunofenotípica, evidenciando o fenômeno de transição epitelial-mesenquial (TEM) em um carcinoma altamente metastático, uma característica importante, com escassos relatos na medicina veterinária, mesmo em gatos domésticos.(AU)


Assuntos
Felidae , Adenocarcinoma de Pulmão/patologia , Adenocarcinoma de Pulmão/veterinária , Neoplasias Pulmonares , Transição Epitelial-Mesenquimal , Animais de Zoológico
13.
Zoologia (Curitiba) ; 38: e63231, fev. 2021. mapas, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765342

Resumo

Jaguars, Panthera onca (Linnaeus, 1758), and pumas, Puma concolor (Linnaeus, 1771) are the largest felids in the neotropics. Both can overlap in niche axes (time, space and prey), and are therefore potentially competing species. Segregation mechanisms presented by a low overlap in one of these axes of niche can facilitate the coexistence. Our aim was to analyze jaguar and puma temporal and spatial overlap for understanding their segregation mechanisms. Between 2015 and 2017, twenty-six camera trap stations were located in five habitat types of El Cielo Biosphere Reserve (ECBR) in northeastern Mexico. Temporal activity was analyzed using circular statistics and time overlap analysis. Spatial overlap was calculated with the Pianka index and a selectivity habitat analysis. Our results showed that jaguars and pumas were nocturnal and that the temporal overlap was high (∆4 = 0.77). We found an intermediate spatial overlap (Pianka index = 0.61). Jaguars were more selective and preferred the deciduous forest. In comparison, pumas preferred oak-pine forest, but also used oak and deciduous forest. Our results indicate that spatial segregation best explains the coexistence of jaguars and pumas in our study area, probably due to both habitat diversity in the reserve and the generalist habits of the puma.(AU)


Assuntos
Animais , Felidae , Estudos de Séries Temporais , Análise Espacial , Panthera , Cadeia Alimentar
14.
Rev. bras. reprod. anim ; 45(4): 279-285, out.-dez. 2021. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1492670

Resumo

Distintas estratégias de conservação têm sido adotadas visando a manutenção e recuperação da biodiversidade, especialmente de espécies que se encontram em diferentes níveis de ameaça à extinção. Neste grupo de espécies, encontram-se os grandes felídeos, os quais em virtude das ações antrópicas, como a destruição e a fragmentação de habitat, necessitam de esforços voltados para a conservação de seu material genético. Uma estratégia empregada para essa finalidade consiste nos bancos de recursos somáticos, os quais são definidos como a criopreservação de tecidos e células somáticas oriundas de diferentes populações. Essas amostras biológicas, quando adequadamente conservadas, são elementoschave para a multiplicação das espécies por meio de seu emprego na clonagem por transferência nuclear e indução de células à pluripotência. Assim, o objetivo desta revisão é abordar os aspectos relevantes envolvidos na formação de bancos de recursos somáticos em grandes felídeos, destacando os estudos desenvolvidos pelo Laboratório de Biotecnologia Animal (LBA), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) em onças-pintadas e onças-pardas.


Different conservation strategies have been adopted to maintain and recover biodiversity, especially for species that are at different levels of threat to extinction. In this group of species are the large felids, which, due to anthropic actions, such as habitat destruction and fragmentation, require efforts aimed at the conservation of their genetic material. A strategy employed for this purpose consists of somatic resource banks, which are defined as the cryopreservation of tissues and somatic cells from different populations. These biological samples, when properly preserved, are key elements for the multiplication of species through their use in cloning by nuclear transfer and induction of cells to pluripotency. Thus, the aim of this review is to address the relevant aspects involved in the formation of somatic resource banks in large felids, highlighting the studies carried out by the Laboratory of Animal Biotechnology (LBA) of the Federal Rural University of the Semi-Arid (UFERSA) in jaguars and pumas.


Assuntos
Animais , Animais Selvagens , Biodiversidade , Criopreservação/veterinária , Felidae/genética , Células Híbridas
15.
Vet. zootec ; 28: 1-9, 13 jan. 2021.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1503678

Resumo

Debido a la reducción acelerada del número de animales y la consecuente disminución de la variabilidad genética, fue necesario estudiar y aplicar biotecnologías de cría en animales silvestres y salvajes, con el fin de reducir el impacto sobre ellos y disminuir el riesgo de extinción de diferentes especies de cánidos y felinos salvajes y salvajes. El presente estudio, mediante metodología cualitativa, mediante revisión bibliográfica, realizó análisis de estudios y datos existentes, con el objetivo de dilucidar y describir los métodos de captura de los animales, el examen andrológico, los medios de preservación del eyaculado y la inseminación artificial en cánidos y felinos silvestres con el fin de preservar especies en peligro de extinción.


Due to the accelerated reduction in the number of animals and the consequent decline in genetic variability, it was necessary to study and apply breeding biotechniques in wild and wild animals, in order to reduce the impact on them and decrease the risk of extinction of different species of canids and wild and wild felids. The present study, through qualitative methodology, through bibliographic review, carried out analysis of existing studies and data, with the objective of elucidating and describing the methods of capturing the animals, the andrological examination, means of preserving the ejaculate and artificial insemination canids and wild felids for the purpose of preserving endangered species.


Devido a acelerada redução no número de animais e consequente declínio na variabilidade genética, foi necessário estudar e aplicar biotécnicas de reprodução em animais silvestres e selvagens, com a finalidade de reduzir o impacto sobre estas e diminuir o risco de extinção de diferentes espécies de canídeos e felídeos selvagens e silvestres. O presente estudo, através de metodologia qualitativa, por meio de revisão bibliográfica, realizou análise de estudos e dados existentes, com objetivo de elucidar e descrever os métodos de captura dos animais, o exame andrológico, meios de conservação do ejaculado e a inseminação artificial em canídeos e felídeos selvagens com fim de preservação das espécies ameaçadas de extinção.


Assuntos
Animais , Animais Selvagens , Canidae , Espécies em Perigo de Extinção , Felidae , Técnicas Reprodutivas/veterinária , Conservação dos Recursos Naturais/métodos , Inseminação Artificial/veterinária , Preservação do Sêmen/veterinária
16.
Vet. Zoot. ; 28: 1-9, 16 nov. 2021.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-33413

Resumo

Debido a la reducción acelerada del número de animales y la consecuente disminución de la variabilidad genética, fue necesario estudiar y aplicar biotecnologías de cría en animales silvestres y salvajes, con el fin de reducir el impacto sobre ellos y disminuir el riesgo de extinción de diferentes especies de cánidos y felinos salvajes y salvajes. El presente estudio, mediante metodología cualitativa, mediante revisión bibliográfica, realizó análisis de estudios y datos existentes, con el objetivo de dilucidar y describir los métodos de captura de los animales, el examen andrológico, los medios de preservación del eyaculado y la inseminación artificial en cánidos y felinos silvestres con el fin de preservar especies en peligro de extinción.(AU)


Due to the accelerated reduction in the number of animals and the consequent decline in genetic variability, it was necessary to study and apply breeding biotechniques in wild and wild animals, in order to reduce the impact on them and decrease the risk of extinction of different species of canids and wild and wild felids. The present study, through qualitative methodology, through bibliographic review, carried out analysis of existing studies and data, with the objective of elucidating and describing the methods of capturing the animals, the andrological examination, means of preserving the ejaculate and artificial insemination canids and wild felids for the purpose of preserving endangered species.(AU)


Devido a acelerada redução no número de animais e consequente declínio na variabilidade genética, foi necessário estudar e aplicar biotécnicas de reprodução em animais silvestres e selvagens, com a finalidade de reduzir o impacto sobre estas e diminuir o risco de extinção de diferentes espécies de canídeos e felídeos selvagens e silvestres. O presente estudo, através de metodologia qualitativa, por meio de revisão bibliográfica, realizou análise de estudos e dados existentes, com objetivo de elucidar e descrever os métodos de captura dos animais, o exame andrológico, meios de conservação do ejaculado e a inseminação artificial em canídeos e felídeos selvagens com fim de preservação das espécies ameaçadas de extinção.(AU)


Assuntos
Animais , Espécies em Perigo de Extinção , Animais Selvagens , Felidae , Canidae , Técnicas Reprodutivas/veterinária , Conservação dos Recursos Naturais/métodos , Inseminação Artificial/veterinária , Preservação do Sêmen/veterinária
17.
Rev. bras. reprod. anim ; 45(4): 259-266, out.-dez. 2021.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1492668

Resumo

Os grandes felídeos são predadores de topo de cadeia com um papel essencial nos ecossistemas globais. O conceito de Conservação Única propõe a reprodução artificial como uma das ferramentas para reduzir a vulnerabilidade dessas espécies. Este manuscrito teve como objetivo avaliar o que há de novo na reprodução de grandes felídeos na última década. O conhecimento da fisiologia e do comportamento reprodutivo é o primeiro passo para o desenvolvimento de tecnologias reprodutivas em animais selvagens. Nos grandes felídeos, o comportamento copulatório é de fundamental importância, pois necessitam de mecanismos de indução da ovulação, que podem ser mecânicos, sensoriais ou via administração de hormônio luteinizante. O sucesso no cuidado neonatal representa o sucesso da tecnologia reprodutiva em fêmeas. Na última década, o sucesso da inseminação artificial foi relatado apenas em tigres-siberianos e leopardos da Anatólia, e a inseminação de onças-pintadas é foco de pesquisa do Instituto Reprocon, trocando material genético entre ambientes in situ e ex situ por meio de inseminação artificial. Para obter oócitos viáveis de alta qualidade, a técnica de escolha é a colheita de oócitos por laparoscopia. A produção de embriões in vitro enfrenta desafios para a maturação eficiente de oócitos e sua vitrificação eficiente. As técnicas reprodutivas precisam de estudos aprofundados em grandes felídeos para atingir a repetibilidade necessária para uma aplicação eficiente na conservação.


Big cats are apex predators with an essential role in global ecosystems. The One Conservation concept proposes artificial reproduction as one of the tools to reduce the vulnerability of these species. This manuscript aimed to assess what is new in big cat reproduction in the last decade. Knowledge of reproductive physiology and behavior is the first step towards developing reproductive technologies in wild animals. In big cats, copulatory behavior is of fundamental importance because they need ovulation induction mechanisms, which can be mechanical, sensory, or via the administration of the luteinizing hormone. The success in neonatal care represents the success of reproductive technology in females. In the last decade, successful artificial insemination was only reported in Siberian tigers and Anatolian leopards. Jaguar artificial insemination focuses on research at the Reprocon Institute, exchanging genetic material between in situ and ex situ environments thru artificial insemination. The technique of choice is laparoscopic ovum pick-up to obtain high-quality viable oocytes. The production of in vitro embryos faces challenges for the efficient maturation of oocytes and their efficient vitrification. Reproductive technologies need in-depth studies in big cats to achieve the repeatability necessary for efficient application in conservation.


Assuntos
Feminino , Animais , Ecossistema , Felidae/fisiologia , Inseminação Artificial/métodos , Panthera/fisiologia , Oócitos , Técnicas In Vitro
18.
Iheringia. Sér. Zool. ; 111: e2021006, 2021. mapas, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30441

Resumo

Daily activity patterns are important elements of species behavior that reflect how they interact with their environment and with other related species. To investigate these patterns is crucial to understand how environmental or community changes may affect this behavior in each particular species. Within the Felidae family, research becomes fundamental to assess how small wild cats respond to local conditions and pressures, once there is a large gap in studies addressing such issues. Leopardus guttulus (Hensel, 1872) is an endangered species classified as Vulnerable (VU) at a regional and global level, being threatened mainly by the loss and fragmentation of its habitats. The aim of this study is to document the daily activity patterns of L. guttulus at the Lami Biological Reserve, and the influence of seasonality and temperature on those patterns. We also aimed to quantify how many individuals were using the Biological Reserve during the study period and evaluate their permanence in the area. We obtained 25 independent records for L. guttulus, which was the only cat species recorded at the site during the study period. In general, the species presented a cathemeral habit, being active throughout the 24 hours of the day, but with a more crepuscular/nocturnal activity in the spring and summer. The relationship between the species activity and temperature showed that more than 70% of the records were obtained in a narrow range of 10-17°C. We identified at least two individuals that remained at the site from four to six months of the year, with a higher detection frequency between August and November. Our results showed some interesting trends for the temporal activity of L. guttulus, suggesting flexibility related to seasonality, and the importance of the biological reserve to the preservation of this cat species in the southern limit of its distribution.(AU)


Os padrões de atividade diária são elementos importantes do comportamento das espécies que refletem como elas interagem com seu ambiente e com outras espécies relacionadas. Investigar esses padrões é crucial para entender como as mudanças ambientais ou na comunidade podem afetar esse comportamento em cada espécie em particular. Dentro da família Felidae, os felinos silvestres de menor porte sofrem com uma grande lacuna de estudos nesse sentido, e pesquisas se tornam fundamentais para avaliar como eles respondem às condições e pressões locais. Leopardus guttulus (Hensel, 1872) é uma espécie ameaçada de extinção classificada como Vulnerável (VU) em nível regional e mundial, sendo ameaçada principalmente pela perda e fragmentação de seus habitats. O objetivo deste estudo é documentar o padrão de atividade diária de L. guttulus na Reserva Biológica do Lami e verificar a influência da sazonalidade e da temperatura nestes padrões. Nós também tentamos identificar o número de indivíduos usando a reserva biológica durante o período monitorado e avaliar o tempo de permanência destes na área. Obtivemos 25 registros independentes para L. guttulus, sendo a única espécie de felídeo silvestre registrada no local durante o período amostrado. No geral a espécie apresentou um hábito catemeral com atividade ao longo das 24 horas do dia, mas com uma maior atividade crepuscular/noturna nas estações da primavera e verão. A relação entre a atividade da espécie e a temperatura mostrou que mais de 70% dos registros foram obtidos em uma estreita faixa de temperatura de 10-17°C. Nós identificamos pelo menos dois indivíduos que permaneceram no local durante quatro a seis meses no ano, com maior frequência de detecção nos meses entre agosto e novembro. Nossos resultados demonstram algumas tendências interessantes sobre a atividade temporal de L. guttulus, sugerindo uma flexibilidade sazonal, e demonstram também a importância da reserva biológica para a preservação desta espécie no limite sul de sua distribuição.(AU)


Assuntos
Animais , Registros de Dieta , Felidae/metabolismo , Felidae/fisiologia , Comportamento Animal , Comportamento Alimentar
19.
Iheringia, Sér. zool ; 111: e2021006, 2021. map, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1483411

Resumo

Daily activity patterns are important elements of species behavior that reflect how they interact with their environment and with other related species. To investigate these patterns is crucial to understand how environmental or community changes may affect this behavior in each particular species. Within the Felidae family, research becomes fundamental to assess how small wild cats respond to local conditions and pressures, once there is a large gap in studies addressing such issues. Leopardus guttulus (Hensel, 1872) is an endangered species classified as Vulnerable (VU) at a regional and global level, being threatened mainly by the loss and fragmentation of its habitats. The aim of this study is to document the daily activity patterns of L. guttulus at the Lami Biological Reserve, and the influence of seasonality and temperature on those patterns. We also aimed to quantify how many individuals were using the Biological Reserve during the study period and evaluate their permanence in the area. We obtained 25 independent records for L. guttulus, which was the only cat species recorded at the site during the study period. In general, the species presented a cathemeral habit, being active throughout the 24 hours of the day, but with a more crepuscular/nocturnal activity in the spring and summer. The relationship between the species’ activity and temperature showed that more than 70% of the records were obtained in a narrow range of 10-17°C. We identified at least two individuals that remained at the site from four to six months of the year, with a higher detection frequency between August and November. Our results showed some interesting trends for the temporal activity of L. guttulus, suggesting flexibility related to seasonality, and the importance of the biological reserve to the preservation of this cat species in the southern limit of its distribution.


Os padrões de atividade diária são elementos importantes do comportamento das espécies que refletem como elas interagem com seu ambiente e com outras espécies relacionadas. Investigar esses padrões é crucial para entender como as mudanças ambientais ou na comunidade podem afetar esse comportamento em cada espécie em particular. Dentro da família Felidae, os felinos silvestres de menor porte sofrem com uma grande lacuna de estudos nesse sentido, e pesquisas se tornam fundamentais para avaliar como eles respondem às condições e pressões locais. Leopardus guttulus (Hensel, 1872) é uma espécie ameaçada de extinção classificada como Vulnerável (VU) em nível regional e mundial, sendo ameaçada principalmente pela perda e fragmentação de seus habitats. O objetivo deste estudo é documentar o padrão de atividade diária de L. guttulus na Reserva Biológica do Lami e verificar a influência da sazonalidade e da temperatura nestes padrões. Nós também tentamos identificar o número de indivíduos usando a reserva biológica durante o período monitorado e avaliar o tempo de permanência destes na área. Obtivemos 25 registros independentes para L. guttulus, sendo a única espécie de felídeo silvestre registrada no local durante o período amostrado. No geral a espécie apresentou um hábito catemeral com atividade ao longo das 24 horas do dia, mas com uma maior atividade crepuscular/noturna nas estações da primavera e verão. A relação entre a atividade da espécie e a temperatura mostrou que mais de 70% dos registros foram obtidos em uma estreita faixa de temperatura de 10-17°C. Nós identificamos pelo menos dois indivíduos que permaneceram no local durante quatro a seis meses no ano, com maior frequência de detecção nos meses entre agosto e novembro. Nossos resultados demonstram algumas tendências interessantes sobre a atividade temporal de L. guttulus, sugerindo uma flexibilidade sazonal, e demonstram também a importância da reserva biológica para a preservação desta espécie no limite sul de sua distribuição.


Assuntos
Animais , Comportamento Alimentar , Comportamento Animal , Felidae/fisiologia , Felidae/metabolismo , Registros de Dieta
20.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 30(1): e016320, 2021. mapas, ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30267

Resumo

This study aimed to identify the intestinal parasites of road-killed wild felines in the North Central and North, Paraná state, southern Brazil. The animals were monitored by sampling previously established transects. The places where the felines were run over were mapped, the animals were identified, and the gastrointestinal tract was evaluated. The feces were submitted to coproparasitological techniques of spontaneous sedimentation, floating in hypersaturated NaCl solution and centrifugal floating in zinc sulfate. All the parasitic structures detected were photomicrographed. In the coproparasitological analyses were identified oocysts of Cystoisospora spp., eggs of Ancylostomatidae, and Capillaria spp.; eggs of Aelurostrongylus spp., Toxocara spp., Physaloptera spp., Taenia spp., and Spirometra spp.; Aelurostrongylus abstrusus larvae; and eggs and adults of Ancylostoma cati and Taenia spp. One of the cats was parasitized by a flea of Ctenocephalides felis felis. Based on these results, the animals analyzed in this study supplied important samples for the evaluation of parasitic diversity of North of Paraná and suggested that this region may have conditions that allow the maintenance of these parasites life cycles in the environment and among wildlife.(AU)


O objetivo deste trabalho foi identificar os parasitas intestinais de felinos silvestres mortos em estradas nas regiões Norte Central e Norte, Paraná, sul do Brasil. Os animais foram monitorados por amostragem de transectos previamente estabelecidos. Os locais de atropelamento foram mapeados, os animais foram identificados e enviados para autópsias, durante as quais amostras de fezes foram coletadas e submetidas a técnicas coproparasitológicas de sedimentação espontânea, flutuação em solução hipersaturada de NaCl e flutuação por centrífugação em sulfato de zinco e fotografadas, quando estruturas parasitárias estavam presentes. Nas análises coproparasitológicas, foram identificados oocistos de Cystoisospora spp., ovos de Ancylostomatidae e Capillaria spp, Aelurostrongylus spp., Toxocara spp., Physaloptera spp., Taenia spp. e Spirometra spp.; larvas de Aelurostrongylus abstrusus; e ovos e adultos de Ancylostoma cati e Taenia spp. Um dos felídeos estava parasitado por Ctenocephalides felis felis. Com base nesses resultados, os animais analisados neste estudo forneceram amostras importantes para a avaliação da diversidade parasitária do Norte do Paraná e sugeriram que esta região pode apresentar condições que possibilitem a manutenção dos ciclos de vida desses parasitas no ambiente e entre a vida silvestre.(AU)


Assuntos
Animais , Animais Selvagens/parasitologia , Felidae/parasitologia , Puma/parasitologia , Biodiversidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA