Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 24
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 44(2): 499-514, mar.-abr. 2023. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1427447

Resumo

Fusarium wilt (Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli) is one of the most common diseases in the common bean (Phaseolus vulgaris) crop, and the most viable alternative for its control is the use of resistant cultivars. However, the number of "carioca" cultivars, the most important commercial group in Brazil, which has a good level of resistance to this disease, is still low. To obtain populations with a higher degree of resistance, seven parents with different levels of resistance to Fusarium and which produce carioca grains were crossed in a complete diallel design. The 21 segregating populations obtained were evaluated in the years/generations 2012/F3, 2013/F4, and 2014/F5 in experiments in Santo Antônio de Goiás, GO, in the winter crop season (sowing in May), together with the check cultivars BRS Notável (resistant) and BRS Cometa (susceptible) in an area naturally infested with Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli, under a center pivot irrigation system. Reaction to Fusarium wilt, yield, and 100-seed weight were evaluated. Additive and non-additive effects contributed to control of reaction to Fusarium wilt, yield, and 100-seed weight. The statistically negative general combining ability (gi) estimates for BRS Notável (-0.51), CNFC 15872 (-0.20), IPR Juriti (-0.18), and BRSMG Talismã (-0.13) indicate that these parents are recommended for obtaining populations more resistant to Fusarium wilt. Among them, cultivar BRS Notável also showed a statistically positive gi estimate for grain yield (87.90). Among the parents recommended for resistance to Fusarium wilt, cultivars IPR Juriti (0.99) and BRS Notável (0.23) are those that most contributed to obtaining populations with larger-sized beans. Cultivar BRS Notável is the most promising parent for participation in new crossing blocks, showing non-zero gi estimates for all traits, favoring an increase in resistance to Fusarium wilt, yield, and 100-seed weight. Populations BRS Notável / CNFC 15872, BRS Ametista / BRS Notável, BRS Notável / BRSMG Talismã, and BRS Ametista / BRSMG Talismã showed good mean values for reaction to Fusarium wilt, yield, and 100-seed weight and at least one parent with a good general combining ability estimate for resistance to Fusarium wilt. These four populations are promising for obtaining lines with superior performance for resistance to Fusarium wilt, yield, and larger-sized grains.


A murcha de fusário (Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli) é uma das doenças mais importantes para a cultura do feijão (Phaseolus vulgaris) e a alternativa mais viável para o seu controle é a utilização de cultivares resistentes. No entanto, o número de cultivares do grupo comercial carioca, que é o mais importante no Brasil, com bom nível de resistência à essa doença ainda é pequeno. Para a obtenção de populações com maior grau de resistência, sete genitores com diferentes níveis de resistência à murcha de fusário e grãos do tipo carioca foram intercruzados em esquema de dialelo completo. As 21 populações segregantes obtidas foram avaliadas nos anos/gerações 2012/F3, 2013/F4 e 2014/F5, em experimentos em Santo Antônio de Goiás, GO, na época do inverno (semeadura em maio), juntamente com as testemunhas BRS Notável (resistente) e BRS Cometa (suscetível), em área naturalmente infestada com Fusarium oxysporumf. sp. phaseoli, sob irrigação com pivô central. Foram avaliadas a reação à murcha de fusário, produtividade e massa de 100 grãos. Os efeitos aditivos e não aditivos contribuíram no controle da reação à murcha de fusário, produtividade e massa de 100 grãos. As estimativas da capacidade geral de combinação (gi) negativas e diferentes de zero para BRS Notável (-0,51), CNFC 15872 (-0,20), IPR Juriti (-0,18) e BRSMG Talismã (-0,13), indicaram que estes genitores são recomendados para a obtenção de populações mais resistentes à murcha de fusário e entre eles, a cultivar BRS Notável mostrou também estimativa de gi positiva e diferente de zero para produtividade de grãos (87,90). Entre os genitores recomendados para resistência à murcha de fusário, as cultivares IPR Juriti (0,99) e BRS Notável (0,23) são as que mais contribuíram na obtenção de populações com maior tamanho de grãos. A cultivar BRS Notável é o genitor mais promissor para participar de novos blocos de cruzamentos, apresentando estimativas de gi diferentes de zero para todos os caracteres, favorecendo o incremento da resistência à murcha de fusário, produtividade e massa de 100 grãos. As populações BRS Notável / CNFC 15872, BRS Ametista / BRS Notável, BRS Notável / BRSMG Talismã e BRS Ametista / BRSMG Talismã apresentaram boas médias para reação à murcha de fusário, produtividade e massa de 100 grãos, e pelo menos um genitor com boa estimativa da capacidade geral de combinação para resistência à murcha de fusário. Estas quatro populações são promissoras para a obtenção de linhagens superiores para resistência à murcha de fusário, produtividade e maior tamanho de grãos.


Assuntos
Doenças das Plantas , Phaseolus , Desenvolvimento Vegetal , Fusarium/patogenicidade
2.
Braz. j. biol ; 83: 1-7, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468917

Resumo

Dengue fever vectored by the mosquito Aedes aegypti is one of the most rapidly spreading insect-borne diseases. Current reliance of dengue vector control is mostly on chemical insecticides. Growing insecticide resistance in the primary mosquito vector, Aedes aegypti, limits the effectiveness of vector control through chemical insecticides. These chemical insecticides also have negative environmental impacts on animals, plants and human health. Myco-biocontrol agents are naturally occurring organisms and are found to be less damaging to the environment as compared to chemical insecticides. In the present study, entomopathogenic potential of local strains of fungi isolated from soil was assessed for the control of dengue vector. Local fungal isolates presents better alternative to introducing a foreign biocontrol strain, as they may be better adapted to environmental conditions of the area to survive and may have more entomopathogenic efficacy against target organism. Larvicidal efficacy of Fusarium equiseti and Fusarium proliferatum was evaluated against Aedes aegypti. Local strains of F. equiseti (MK371718) and F. proliferatum (MK371715) were isolated from the soil of Changa Manga Forest, Pakistan by using insect bait method. Larvicidal activity of two Fusarium spp. was tested against forth instar larvae of A. aegypti in the laboratory, using concentrations 105, 106, 107 and 108 conidia /ml. LC50 values for F. equiseti after 24h, 48h, 72h and 96h of exposure were recorded as 3.8x108, 2.9x107, 2.0x107, and 7.1x106 conidia /ml respectively while LC50 values for F. proliferatum were recorded as 1.21x108, 9.6x107, 4.2x107, 2.6x107 conidia /ml respectively after 24h, 48h, 72h and 96h of exposure. The results indicate that among two fungal strains F. equiseti was found to be more effective in terms of its larvicidal activity than F. proliferatum against larvae of A. aegypti.


A dengue transmitida pelo mosquito Aedes aegypti é uma das doenças transmitidas por insetos de propagação mais rápida. A dependência atual do controle do vetor da dengue é principalmente de inseticidas químicos. O aumento da resistência a inseticidas no principal vetor do mosquito, Aedes aegypti, limita a eficácia do controle do vetor por meio de inseticidas químicos. Esses inseticidas químicos também têm impactos ambientais negativos sobre os animais, plantas e saúde humana. Os agentes de micobiocontrole são organismos que ocorrem naturalmente e são menos prejudiciais ao meio ambiente em comparação com os inseticidas químicos. No presente estudo, avaliou se o potencial entomopatogênico de cepas locais de fungos isolados do solo para o controle do vetor da dengue. Isolados de fungos locais apresentam melhor alternativa para a introdução de uma cepa de biocontrole estrangeira, pois podem ser mais bem adaptados às condições ambientais da área para sobreviver e podem ter maior eficácia entomopatogênica contra o organismo-alvo. A eficácia larvicida de Fusarium equiseti e Fusarium proliferatum foi avaliada contra Aedes aegypti. Cepas locais de F. equiseti (MK371718) e F. proliferatum (MK371715) foram isoladas do solo de Changa Manga Forest, Paquistão, usando o método de isca para insetos. Atividade larvicida de dois Fusarium spp. foi testado contra larvas de quarto ínstar de A. aegypti em laboratório, nas concentrações 105, 106, 107 e 108 conídios / ml. Os valores de LC50 para F. equiseti após 24 h, 48 h, 72 h e 96 h de exposição foram registrados como 3,8x 108, 2,9x107, 2,0x107 e 7,1x106 conídios / ml, respectivamente, enquanto os valores de LC50 para F. proliferatum foram registrados como 1,21x108, 9,6 x107, 4,2x107, 2,6x107 conídios / ml, respectivamente, após 24 h, 48 h, 72 h e 96 h de exposição. Os resultados indicam que entre duas cepas de fungos F. equiseti se mostrou mais eficaz em termos de atividade [...].


Assuntos
Animais , Aedes , Controle Biológico de Vetores/métodos , Fusarium/isolamento & purificação , Fusarium/patogenicidade
3.
Braz. J. Biol. ; 83: 1-7, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765494

Resumo

Dengue fever vectored by the mosquito Aedes aegypti is one of the most rapidly spreading insect-borne diseases. Current reliance of dengue vector control is mostly on chemical insecticides. Growing insecticide resistance in the primary mosquito vector, Aedes aegypti, limits the effectiveness of vector control through chemical insecticides. These chemical insecticides also have negative environmental impacts on animals, plants and human health. Myco-biocontrol agents are naturally occurring organisms and are found to be less damaging to the environment as compared to chemical insecticides. In the present study, entomopathogenic potential of local strains of fungi isolated from soil was assessed for the control of dengue vector. Local fungal isolates presents better alternative to introducing a foreign biocontrol strain, as they may be better adapted to environmental conditions of the area to survive and may have more entomopathogenic efficacy against target organism. Larvicidal efficacy of Fusarium equiseti and Fusarium proliferatum was evaluated against Aedes aegypti. Local strains of F. equiseti (MK371718) and F. proliferatum (MK371715) were isolated from the soil of Changa Manga Forest, Pakistan by using insect bait method. Larvicidal activity of two Fusarium spp. was tested against forth instar larvae of A. aegypti in the laboratory, using concentrations 105, 106, 107 and 108 conidia /ml. LC50 values for F. equiseti after 24h, 48h, 72h and 96h of exposure were recorded as 3.8x108, 2.9x107, 2.0x107, and 7.1x106 conidia /ml respectively while LC50 values for F. proliferatum were recorded as 1.21x108, 9.6x107, 4.2x107, 2.6x107 conidia /ml respectively after 24h, 48h, 72h and 96h of exposure. The results indicate that among two fungal strains F. equiseti was found to be more effective in terms of its larvicidal activity than F. proliferatum against larvae of A. aegypti.(AU)


A dengue transmitida pelo mosquito Aedes aegypti é uma das doenças transmitidas por insetos de propagação mais rápida. A dependência atual do controle do vetor da dengue é principalmente de inseticidas químicos. O aumento da resistência a inseticidas no principal vetor do mosquito, Aedes aegypti, limita a eficácia do controle do vetor por meio de inseticidas químicos. Esses inseticidas químicos também têm impactos ambientais negativos sobre os animais, plantas e saúde humana. Os agentes de micobiocontrole são organismos que ocorrem naturalmente e são menos prejudiciais ao meio ambiente em comparação com os inseticidas químicos. No presente estudo, avaliou se o potencial entomopatogênico de cepas locais de fungos isolados do solo para o controle do vetor da dengue. Isolados de fungos locais apresentam melhor alternativa para a introdução de uma cepa de biocontrole estrangeira, pois podem ser mais bem adaptados às condições ambientais da área para sobreviver e podem ter maior eficácia entomopatogênica contra o organismo-alvo. A eficácia larvicida de Fusarium equiseti e Fusarium proliferatum foi avaliada contra Aedes aegypti. Cepas locais de F. equiseti (MK371718) e F. proliferatum (MK371715) foram isoladas do solo de Changa Manga Forest, Paquistão, usando o método de isca para insetos. Atividade larvicida de dois Fusarium spp. foi testado contra larvas de quarto ínstar de A. aegypti em laboratório, nas concentrações 105, 106, 107 e 108 conídios / ml. Os valores de LC50 para F. equiseti após 24 h, 48 h, 72 h e 96 h de exposição foram registrados como 3,8x 108, 2,9x107, 2,0x107 e 7,1x106 conídios / ml, respectivamente, enquanto os valores de LC50 para F. proliferatum foram registrados como 1,21x108, 9,6 x107, 4,2x107, 2,6x107 conídios / ml, respectivamente, após 24 h, 48 h, 72 h e 96 h de exposição. Os resultados indicam que entre duas cepas de fungos F. equiseti se mostrou mais eficaz em termos de atividade [...].(AU)


Assuntos
Animais , Fusarium/isolamento & purificação , Fusarium/patogenicidade , Controle Biológico de Vetores/métodos , Aedes
4.
Braz. j. biol ; 83: 1-8, 2023. tab, ilus, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468837

Resumo

Endophytic bacteria serve key roles in the maintenance of plant health and growth. Few studies to date, however, have explored the antagonistic and plant growth-promoting (PGP) properties of Prunus cerasifera endophytes. To that end, we isolated endophytic bacteria from P. cerasifera tissue samples and used a dual culture plate assay to screen these microbes for antagonistic activity against Verticillium dahliae, Botryosphaeria dothidea, Fusarium oxysporum, F. graminearum, and F. moniliforme. Of the 36 strains of isolated bacteria, four (strains P1, P10, P16, and P20) exhibited antagonistic effects against all five model pathogens, and the P10 strain exhibited the strongest antagonistic to five pathogens. This P10 strain was then characterized in-depth via phenotypic assessments, physiological analyses, and 16s rDNA sequencing, revealing it to be a strain of Bacillus subtilis. Application of a P10 cell suspension (1×108 CFU/mL) significantly enhanced the seed germination and seedling growth of tomato in a greenhouse setting. This P10 strain further significantly suppressed tomato Verticillium wilt with much lower disease incidence and disease index scores being observed following P10 treatment relative to untreated plants in pot-based experiments. Tomato plants that had been treated with strain P10 also enhanced defense-related enzymes, peroxidase, superoxide dismutase, and catalase activity upon V. dahliae challenge relative to plants that had not been treated with this endophytic bacterium. The results revealed that the P10 bacterial strain has potential value as a biocontrol agent for use in the prevention of tomato Verticillium wilt.


As bactérias endofíticas desempenham papel fundamental na manutenção da saúde e do crescimento das plantas. Poucos estudos até o momento, no entanto, exploraram as propriedades antagônicas e promotoras de crescimento de plantas (PGP) de endófitos de Prunus cerasifera. Para esse fim, isolamos bactérias endofíticas de amostras de tecido de P. cerasifera e usamos um ensaio de placa de cultura dupla para rastrear esses micróbios quanto à atividade antagonista contra Verticillium dahliae, Botryosphaeria dothidea, Fusarium oxysporum, F. graminearum e F. moniliforme. Das 36 cepas de bactérias isoladas, quatro (cepas P1, P10, P16 e P20) exibiram efeitos antagônicos contra todos os cinco patógenos modelo, e a cepa P10 exibiu o antagonista mais forte para cinco patógenos. Essa cepa P10 foi então caracterizada em profundidade por meio de avaliações fenotípicas, análises fisiológicas e sequenciamento de rDNA 16s, revelando ser uma cepa de Bacillus subtilis. A aplicação de uma suspensão de células P10 (1 × 108 UFC / mL) aumentou significativamente a germinação das sementes e o crescimento das mudas de tomate em casa de vegetação. Essa cepa P10 suprimiu ainda mais a murcha de Verticillium do tomate com incidência de doença muito menor e pontuações de índice de doença sendo observadas após o tratamento com P10 em relação a plantas não tratadas em experimentos baseados em vasos. As plantas de tomate que foram tratadas com a cepa P10 também aumentaram as enzimas relacionadas à defesa, peroxidase, superóxido dismutase e atividade da catalase após o desafio de V. dahliae em relação às plantas que não foram tratadas com essa bactéria endofítica. Os resultados revelaram que a cepa bacteriana P10 tem valor potencial como agente de biocontrole para uso na prevenção da murcha de Verticillium em tomate.


Assuntos
Bacillus subtilis/fisiologia , Bacillus subtilis/genética , Endófitos/isolamento & purificação , Fusarium/patogenicidade , Prunus/microbiologia , Verticillium/patogenicidade
5.
Braz. J. Biol. ; 83: 1-8, 2023. tab, ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765414

Resumo

Endophytic bacteria serve key roles in the maintenance of plant health and growth. Few studies to date, however, have explored the antagonistic and plant growth-promoting (PGP) properties of Prunus cerasifera endophytes. To that end, we isolated endophytic bacteria from P. cerasifera tissue samples and used a dual culture plate assay to screen these microbes for antagonistic activity against Verticillium dahliae, Botryosphaeria dothidea, Fusarium oxysporum, F. graminearum, and F. moniliforme. Of the 36 strains of isolated bacteria, four (strains P1, P10, P16, and P20) exhibited antagonistic effects against all five model pathogens, and the P10 strain exhibited the strongest antagonistic to five pathogens. This P10 strain was then characterized in-depth via phenotypic assessments, physiological analyses, and 16s rDNA sequencing, revealing it to be a strain of Bacillus subtilis. Application of a P10 cell suspension (1×108 CFU/mL) significantly enhanced the seed germination and seedling growth of tomato in a greenhouse setting. This P10 strain further significantly suppressed tomato Verticillium wilt with much lower disease incidence and disease index scores being observed following P10 treatment relative to untreated plants in pot-based experiments. Tomato plants that had been treated with strain P10 also enhanced defense-related enzymes, peroxidase, superoxide dismutase, and catalase activity upon V. dahliae challenge relative to plants that had not been treated with this endophytic bacterium. The results revealed that the P10 bacterial strain has potential value as a biocontrol agent for use in the prevention of tomato Verticillium wilt.(AU)


As bactérias endofíticas desempenham papel fundamental na manutenção da saúde e do crescimento das plantas. Poucos estudos até o momento, no entanto, exploraram as propriedades antagônicas e promotoras de crescimento de plantas (PGP) de endófitos de Prunus cerasifera. Para esse fim, isolamos bactérias endofíticas de amostras de tecido de P. cerasifera e usamos um ensaio de placa de cultura dupla para rastrear esses micróbios quanto à atividade antagonista contra Verticillium dahliae, Botryosphaeria dothidea, Fusarium oxysporum, F. graminearum e F. moniliforme. Das 36 cepas de bactérias isoladas, quatro (cepas P1, P10, P16 e P20) exibiram efeitos antagônicos contra todos os cinco patógenos modelo, e a cepa P10 exibiu o antagonista mais forte para cinco patógenos. Essa cepa P10 foi então caracterizada em profundidade por meio de avaliações fenotípicas, análises fisiológicas e sequenciamento de rDNA 16s, revelando ser uma cepa de Bacillus subtilis. A aplicação de uma suspensão de células P10 (1 × 108 UFC / mL) aumentou significativamente a germinação das sementes e o crescimento das mudas de tomate em casa de vegetação. Essa cepa P10 suprimiu ainda mais a murcha de Verticillium do tomate com incidência de doença muito menor e pontuações de índice de doença sendo observadas após o tratamento com P10 em relação a plantas não tratadas em experimentos baseados em vasos. As plantas de tomate que foram tratadas com a cepa P10 também aumentaram as enzimas relacionadas à defesa, peroxidase, superóxido dismutase e atividade da catalase após o desafio de V. dahliae em relação às plantas que não foram tratadas com essa bactéria endofítica. Os resultados revelaram que a cepa bacteriana P10 tem valor potencial como agente de biocontrole para uso na prevenção da murcha de Verticillium em tomate.(AU)


Assuntos
Prunus/microbiologia , Bacillus subtilis/genética , Bacillus subtilis/fisiologia , Endófitos/isolamento & purificação , Verticillium/patogenicidade , Fusarium/patogenicidade
6.
Ciênc. rural (Online) ; 51(09): 1-10, 2021. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480199

Resumo

Of the natural pastures grown in southern Brazil, those of the genus Paspalum are the most important. One of the factors that hinder their cultivation is the availability of quality seeds, that are often compromised by the presence of fungi. This study determined the in vitro sensitivity of Paspalum guenoarum ecotype azulão seed-associated fungus to certain fungicides and to measure the efficiency of chemical treatments for fungal control and seed physiological performance. Bipolaris micropus, Epicoccum sorghinum, Curvularia geniculata and Fusarium incarnatum associated with seeds were tested in vitro against Carbendazim; Tiram, Fludioxonil; Metalaxil-M, Carboxina; Tiram and Tiofanato-metílico at 0, 1, 2.5, 5, 10 and 30 µg/mL. This experiment was conducted in a completely randomized design (factorial 4 × 4 × 6). Qualitative variables were compared using the Tukey test (P ≤ 0.05) and quantitative variables were subjected to regression analysis. Carbendazim; Tiram and Fludioxonil; Metalaxil-M had the best fungicidal performances, each inhibiting three of the four fungi with LD50s below 1 µg/mL. Subsequently, these two fungicides were used alone or in combination in the in vivo test. A completely randomized design was used and the means were compared using the Tukey test (P < 0.05). The chemical treatment of the seeds resulted in improvement of five of the six evaluated physiological parameters. The identification of the primary fungi associated with Paspalum seeds reported in this research, as well as damage done to them, can be diminished using appropriate measures such as seed treatments.


Das pastagens naturais cultivadas no sul do Brasil, as do gênero Paspalum são as mais importantes. Um dos fatores que dificultam o cultivo é a disponibilidade de sementes de qualidade, muitas vezes comprometidas pela presença de fungos. Os objetivos deste estudo foram determinar a sensibilidade in vitro de fungos associados a sementes de Paspalum guenoarum ecótipo azulão a determinados fungicidas, medir a eficiência de tratamentos químicos para controle desses fungos e o desempenho fisiológico das sementes. Os fungos associados às sementes, Bipolaris micropus, Epicoccum sorghinum, Curvularia geniculata e Fusarium incarnatum foram testados in vitro contra Carbendazim; Tiram, Fludioxonil; Metalaxil-M, Carboxina; Tiram e Tiofanato-metílico em 0, 1, 2,5, 5, 10 e 30 µg/mL. Este experimento foi conduzido em um delineamento inteiramente casualizado (fatorial 4 × 4 × 6). As variáveis ​​qualitativas foram comparadas pelo teste de Tukey (P ≤ 0,05) e as variáveis ​​quantitativas foram submetidas à análise de regressão. Carbendazim; Tiram e Fludioxonil; Metalaxil-M tiveram os melhores desempenhos fungicidas, cada um inibindo três dos quatro fungos com LD50 abaixo de 1 µg/mL. Posteriormente, esses dois fungicidas foram utilizados isoladamente ou em combinação no teste in vivo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P < 0,05). O tratamento químico das sementes resultou na melhoria de cinco dos seis parâmetros fisiológicos avaliados. A identificação dos fungos primários associados às sementes de Paspalum relatadas neste trabalho, bem como os danos causados ​​por eles, podem ser diminuídos usando medidas apropriadas, como tratamento de sementes.


Assuntos
Fungos/efeitos dos fármacos , Fusarium/patogenicidade , Paspalum/fisiologia , Antifúngicos/administração & dosagem
7.
Ci. Rural ; 51(09): 1-10, 2021. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32009

Resumo

Of the natural pastures grown in southern Brazil, those of the genus Paspalum are the most important. One of the factors that hinder their cultivation is the availability of quality seeds, that are often compromised by the presence of fungi. This study determined the in vitro sensitivity of Paspalum guenoarum ecotype azulão seed-associated fungus to certain fungicides and to measure the efficiency of chemical treatments for fungal control and seed physiological performance. Bipolaris micropus, Epicoccum sorghinum, Curvularia geniculata and Fusarium incarnatum associated with seeds were tested in vitro against Carbendazim; Tiram, Fludioxonil; Metalaxil-M, Carboxina; Tiram and Tiofanato-metílico at 0, 1, 2.5, 5, 10 and 30 µg/mL. This experiment was conducted in a completely randomized design (factorial 4 × 4 × 6). Qualitative variables were compared using the Tukey test (P ≤ 0.05) and quantitative variables were subjected to regression analysis. Carbendazim; Tiram and Fludioxonil; Metalaxil-M had the best fungicidal performances, each inhibiting three of the four fungi with LD50s below 1 µg/mL. Subsequently, these two fungicides were used alone or in combination in the in vivo test. A completely randomized design was used and the means were compared using the Tukey test (P < 0.05). The chemical treatment of the seeds resulted in improvement of five of the six evaluated physiological parameters. The identification of the primary fungi associated with Paspalum seeds reported in this research, as well as damage done to them, can be diminished using appropriate measures such as seed treatments.(AU)


Das pastagens naturais cultivadas no sul do Brasil, as do gênero Paspalum são as mais importantes. Um dos fatores que dificultam o cultivo é a disponibilidade de sementes de qualidade, muitas vezes comprometidas pela presença de fungos. Os objetivos deste estudo foram determinar a sensibilidade in vitro de fungos associados a sementes de Paspalum guenoarum ecótipo azulão a determinados fungicidas, medir a eficiência de tratamentos químicos para controle desses fungos e o desempenho fisiológico das sementes. Os fungos associados às sementes, Bipolaris micropus, Epicoccum sorghinum, Curvularia geniculata e Fusarium incarnatum foram testados in vitro contra Carbendazim; Tiram, Fludioxonil; Metalaxil-M, Carboxina; Tiram e Tiofanato-metílico em 0, 1, 2,5, 5, 10 e 30 µg/mL. Este experimento foi conduzido em um delineamento inteiramente casualizado (fatorial 4 × 4 × 6). As variáveis ​​qualitativas foram comparadas pelo teste de Tukey (P ≤ 0,05) e as variáveis ​​quantitativas foram submetidas à análise de regressão. Carbendazim; Tiram e Fludioxonil; Metalaxil-M tiveram os melhores desempenhos fungicidas, cada um inibindo três dos quatro fungos com LD50 abaixo de 1 µg/mL. Posteriormente, esses dois fungicidas foram utilizados isoladamente ou em combinação no teste in vivo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P < 0,05). O tratamento químico das sementes resultou na melhoria de cinco dos seis parâmetros fisiológicos avaliados. A identificação dos fungos primários associados às sementes de Paspalum relatadas neste trabalho, bem como os danos causados ​​por eles, podem ser diminuídos usando medidas apropriadas, como tratamento de sementes.(AU)


Assuntos
Paspalum/fisiologia , Fungos/efeitos dos fármacos , Fusarium/patogenicidade , Antifúngicos/administração & dosagem
8.
Arq. Inst. Biol ; 87: 0702018, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1096038

Resumo

Currently, the common bean (Phaseolus vulgaris L.) productivity has been reduced by the fungus Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli (Fop), the causative agent of Fusarium wilt. Considering the integrated management of diseases, the objectives of the present work were to verify the compatibility between chemical and biological fungicides for Fusarium oxysporum Schlecht. f. sp. phaseoli Kendrick & Snyder (Fop) control in common bean seeds. In laboratory, the effects of the treatments were evaluated by sanity, germination, seedling total length and seedling dry matter tests. In greenhouse conditions, the emergence speed rate, the percentage of emergence and the rate of pathogen transmission through the pathogen infestation in a substrate to plants were evaluated. Common bean seeds BRS Estilo were artificially inoculated with Fop isolate (IAC 11.299-1). In the seeds' treatment, the chemical fungicides fludyoxonyl, flutriafol, methyl tiofanate, and biological products of Trichoderma sp. (isolates SF04, GF 422 and strain 1306), separately and mixed, were used. Treatments that promoted the best pathogen control in seeds were the combination of methyl tiophanate with biological products. Both flutriafol and GF 422 isolated and in mixed treatments affected the seeds' physiological quality. The protective effect of the products was noted in the transmission test, whose Fop incidence was from 5 to 40% in the hypocotyl and from 5 to 30% in common bean roots.(AU)


Atualmente, a produtividade do feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) foi reduzida pelo fungo Fusarium oxysporum f. sp. ­phaseoli (Fop), o agente causador da murcha de Fusarium. Considerando o manejo integrado de doenças, os objetivos do presente trabalho foram verificar a compatibilidade entre fungicidas químicos e biológicos para Fusarium oxysporum Schlecht. f. sp. phaseoli Kendrick & Snyder (Fop) em sementes de feijão. Em laboratório, foram avaliados os efeitos dos tratamentos pelos testes de sanidade, germinação, comprimento total de plântulas e matéria seca de plântulas. Em uma estufa, foram avaliadas a velocidade de emergência, a porcentagem de emergência e a taxa de transmissão de patógenos através da infestação de patógenos no substrato às plantas. As sementes de feijão comum BRS Estilo foram inoculadas artificialmente com isolado Fop (IAC 11.299-1). No tratamento das sementes, foram utilizados os fungicidas químicos fludioxoxil, flutriafol, tiofanato metílico e produtos biológicos de Trichoderma sp. (isolados SF04, GF 422 e cepa 1306), separadamente e misturados. Os tratamentos que promoveram o melhor controle de patógenos nas sementes foram a combinação de tiofanato de metila com produtos biológicos. Tanto o flutriafol quanto o GF 422 isolados e em tratamentos com misturas afetaram a qualidade fisiológica das sementes. O efeito protetor dos produtos foi observado no teste de transmissão, cuja incidência de Fop foi de 5 a 40% no hipocótilo e de 5 a 30% nas raízes do feijão comum.(AU)


Assuntos
Sementes , Controle Biológico de Vetores/métodos , Fungicidas Industriais , Fusarium/patogenicidade , Fabaceae , Trichoderma , Controle de Pragas
9.
Arq. Inst. Biol. ; 87: e0702018, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27599

Resumo

Currently, the common bean (Phaseolus vulgaris L.) productivity has been reduced by the fungus Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli (Fop), the causative agent of Fusarium wilt. Considering the integrated management of diseases, the objectives of the present work were to verify the compatibility between chemical and biological fungicides for Fusarium oxysporum Schlecht. f. sp. phaseoli Kendrick & Snyder (Fop) control in common bean seeds. In laboratory, the effects of the treatments were evaluated by sanity, germination, seedling total length and seedling dry matter tests. In greenhouse conditions, the emergence speed rate, the percentage of emergence and the rate of pathogen transmission through the pathogen infestation in a substrate to plants were evaluated. Common bean seeds BRS Estilo were artificially inoculated with Fop isolate (IAC 11.299-1). In the seeds' treatment, the chemical fungicides fludyoxonyl, flutriafol, methyl tiofanate, and biological products of Trichoderma sp. (isolates SF04, GF 422 and strain 1306), separately and mixed, were used. Treatments that promoted the best pathogen control in seeds were the combination of methyl tiophanate with biological products. Both flutriafol and GF 422 isolated and in mixed treatments affected the seeds' physiological quality. The protective effect of the products was noted in the transmission test, whose Fop incidence was from 5 to 40% in the hypocotyl and from 5 to 30% in common bean roots.(AU)


Atualmente, a produtividade do feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) foi reduzida pelo fungo Fusarium oxysporum f. sp. ­phaseoli (Fop), o agente causador da murcha de Fusarium. Considerando o manejo integrado de doenças, os objetivos do presente trabalho foram verificar a compatibilidade entre fungicidas químicos e biológicos para Fusarium oxysporum Schlecht. f. sp. phaseoli Kendrick & Snyder (Fop) em sementes de feijão. Em laboratório, foram avaliados os efeitos dos tratamentos pelos testes de sanidade, germinação, comprimento total de plântulas e matéria seca de plântulas. Em uma estufa, foram avaliadas a velocidade de emergência, a porcentagem de emergência e a taxa de transmissão de patógenos através da infestação de patógenos no substrato às plantas. As sementes de feijão comum BRS Estilo foram inoculadas artificialmente com isolado Fop (IAC 11.299-1). No tratamento das sementes, foram utilizados os fungicidas químicos fludioxoxil, flutriafol, tiofanato metílico e produtos biológicos de Trichoderma sp. (isolados SF04, GF 422 e cepa 1306), separadamente e misturados. Os tratamentos que promoveram o melhor controle de patógenos nas sementes foram a combinação de tiofanato de metila com produtos biológicos. Tanto o flutriafol quanto o GF 422 isolados e em tratamentos com misturas afetaram a qualidade fisiológica das sementes. O efeito protetor dos produtos foi observado no teste de transmissão, cuja incidência de Fop foi de 5 a 40% no hipocótilo e de 5 a 30% nas raízes do feijão comum.(AU)


Assuntos
Sementes , Controle Biológico de Vetores/métodos , Fungicidas Industriais , Fusarium/patogenicidade , Fabaceae , Trichoderma , Controle de Pragas
10.
Arq. Inst. Biol ; 87: e0472019, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1145883

Resumo

Fusarium wilt, caused by Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, is one of the most important diseases of tomato crop in Brazil. Several alternatives to fungicides have been evaluated in search for products that control this disease and have low environmental impact and toxicity to living beings. In this context, the use of Trichoderma spp. is an alternative to agrochemicals, since they are bioregulators and antagonists of several phytopathogens. This work aimed to evaluate the antagonistic and mycoparasitory action of the Trichodermil 1306 biofungicide against F. oxysporum, and its action in the control of fusarium wilt in tomato seeds and seedlings. The biofungicide was used at concentrations of 0, 50, 100, and 150% of the dose recommended for application of 20 L with a backpack sprayer. The experiment was conducted in a completely randomized design with five replications. Data were submitted to analysis of variance and mean compared by Tukey's test at 5% probability. The 100% Trichodermil concentration was the most efficient for treating tomato seeds. Although this concentration did not show differences in relation to the lowest dose used (50%) in the tomato seed antagonism, mycoparasitism and F. oxysporum incidence tests were recommended because that the lowest concentration resulted in 18% lower root protrusion than that observed with 100% dosage. The in vitro antagonistic and mycoparasitory action of this biological fungicide indicates its potential in the control of fusarium wilt in tomato crops.(AU)


A murcha-de-fusário, causada por Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, é uma das mais importantes doenças da cultura do tomate no Brasil. Várias alternativas aos fungicidas têm sido avaliadas na busca de produtos que controlem a doença e tenham baixo impacto ambiental e toxicidade aos seres vivos. Nesse contexto, o uso de Trichoderma spp. é uma alternativa a agrotóxicos, pois são biorreguladores e antagonistas de vários fitopatógenos. O objetivo do trabalho foi avaliar a ação antagonista e micoparasitória do biofungicida Trichodermil 1306 em F. oxysporum, e no controle da murcha-de-fusário em sementes e mudas de tomate. O biofungicida foi utilizado nas concentrações de 0, 50, 100 e 150% da dose recomendada para aplicação com pulverizador costal de 20 L. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A concentração de Trichodermil 100% foi a mais eficaz para o tratamento de sementes de tomateiro. Embora essa concentração não tenha se diferenciado da menor dosagem utilizada (50%) para os testes de antagonismo, micoparasitismo e incidência de F. oxysporum em mudas de tomate, sua recomendação se justifica pelo fato da menor concentração ter propiciado protrusão radicular 18% menor do que a observada na concentração de 100%. A ação antagonista e micoparasitória in vitro do fungicida biológico testado no presente estudo indica potencialidade de uso para o controle de murcha-de-fusário em tomateiro.(AU)


Assuntos
Trichoderma , Controle de Pragas , Solanum lycopersicum , Fusarium/patogenicidade , Sementes , Técnicas In Vitro , Agroquímicos , Pragas da Agricultura , Meio Ambiente , Poluição Ambiental , Toxicidade , Fungicidas Industriais/toxicidade , Micoses
11.
Arq. Inst. Biol. ; 87: e0472019, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29369

Resumo

Fusarium wilt, caused by Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, is one of the most important diseases of tomato crop in Brazil. Several alternatives to fungicides have been evaluated in search for products that control this disease and have low environmental impact and toxicity to living beings. In this context, the use of Trichoderma spp. is an alternative to agrochemicals, since they are bioregulators and antagonists of several phytopathogens. This work aimed to evaluate the antagonistic and mycoparasitory action of the Trichodermil 1306 biofungicide against F. oxysporum, and its action in the control of fusarium wilt in tomato seeds and seedlings. The biofungicide was used at concentrations of 0, 50, 100, and 150% of the dose recommended for application of 20 L with a backpack sprayer. The experiment was conducted in a completely randomized design with five replications. Data were submitted to analysis of variance and mean compared by Tukey's test at 5% probability. The 100% Trichodermil concentration was the most efficient for treating tomato seeds. Although this concentration did not show differences in relation to the lowest dose used (50%) in the tomato seed antagonism, mycoparasitism and F. oxysporum incidence tests were recommended because that the lowest concentration resulted in 18% lower root protrusion than that observed with 100% dosage. The in vitro antagonistic and mycoparasitory action of this biological fungicide indicates its potential in the control of fusarium wilt in tomato crops.(AU)


A murcha-de-fusário, causada por Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, é uma das mais importantes doenças da cultura do tomate no Brasil. Várias alternativas aos fungicidas têm sido avaliadas na busca de produtos que controlem a doença e tenham baixo impacto ambiental e toxicidade aos seres vivos. Nesse contexto, o uso de Trichoderma spp. é uma alternativa a agrotóxicos, pois são biorreguladores e antagonistas de vários fitopatógenos. O objetivo do trabalho foi avaliar a ação antagonista e micoparasitória do biofungicida Trichodermil 1306 em F. oxysporum, e no controle da murcha-de-fusário em sementes e mudas de tomate. O biofungicida foi utilizado nas concentrações de 0, 50, 100 e 150% da dose recomendada para aplicação com pulverizador costal de 20 L. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A concentração de Trichodermil 100% foi a mais eficaz para o tratamento de sementes de tomateiro. Embora essa concentração não tenha se diferenciado da menor dosagem utilizada (50%) para os testes de antagonismo, micoparasitismo e incidência de F. oxysporum em mudas de tomate, sua recomendação se justifica pelo fato da menor concentração ter propiciado protrusão radicular 18% menor do que a observada na concentração de 100%. A ação antagonista e micoparasitória in vitro do fungicida biológico testado no presente estudo indica potencialidade de uso para o controle de murcha-de-fusário em tomateiro.(AU)


Assuntos
Trichoderma , Controle de Pragas , Solanum lycopersicum , Fusarium/patogenicidade , Sementes , Técnicas In Vitro , Agroquímicos , Pragas da Agricultura , Meio Ambiente , Poluição Ambiental , Toxicidade , Fungicidas Industriais/toxicidade , Micoses
12.
Ci. Rural ; 48(4): 1-8, Apr. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16937

Resumo

Fusarium wilt is a major disease which affects peach palm (Bactris gasipaes Kunth.var gasipaes Henderson). This study aimed to evaluate inoculation methods and aggressiveness of isolates of five Fusarium species on peach palm. Fusarium proliferatum can infect the leaves, stem, and roots of peach palm. F. proliferatum, F. oxysporum species complex (FOSC), F. verticillioides, F. solani species complex (FSSC), and Gibberella fujikuroi species complex (GFSC) are pathogenic to peach palm. The use of Fusarium-colonized ground corn for root inoculation was effective and reduced the level of damage to plants.(AU)


A fusariose é uma das principais doenças da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth.var gasipaes Henderson). O objetivo deste trabalho foi avaliar métodos de inoculação e a agressividade de isolados de cinco espécies de Fusarium à pupunheira. Demonstrou-se que Fusarium proliferatum pode infectar folhas, caule e raízes de pupunheira. Verificou-se que as espécies F. proliferatum, F. oxysporum species complex (FOSC), F. verticillioides, F. solani species complex (FSSC) e Gibberella. fujikuroi species complex (GFSC) são patogênicas à pupunheira e, que o uso da quirera colonizada por Fusarium para inoculação de raízes foi efetivo e reduziu o nível de injúrias às plantas.(AU)


Assuntos
Fusarium/patogenicidade , Arecaceae , Fusariose/patologia , Doenças das Plantas
13.
Ciênc. rural (Online) ; 48(4): 1-8, 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480108

Resumo

Fusarium wilt is a major disease which affects peach palm (Bactris gasipaes Kunth.var gasipaes Henderson). This study aimed to evaluate inoculation methods and aggressiveness of isolates of five Fusarium species on peach palm. Fusarium proliferatum can infect the leaves, stem, and roots of peach palm. F. proliferatum, F. oxysporum species complex (FOSC), F. verticillioides, F. solani species complex (FSSC), and Gibberella fujikuroi species complex (GFSC) are pathogenic to peach palm. The use of Fusarium-colonized ground corn for root inoculation was effective and reduced the level of damage to plants.


A fusariose é uma das principais doenças da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth.var gasipaes Henderson). O objetivo deste trabalho foi avaliar métodos de inoculação e a agressividade de isolados de cinco espécies de Fusarium à pupunheira. Demonstrou-se que Fusarium proliferatum pode infectar folhas, caule e raízes de pupunheira. Verificou-se que as espécies F. proliferatum, F. oxysporum species complex (FOSC), F. verticillioides, F. solani species complex (FSSC) e Gibberella. fujikuroi species complex (GFSC) são patogênicas à pupunheira e, que o uso da quirera colonizada por Fusarium para inoculação de raízes foi efetivo e reduziu o nível de injúrias às plantas.


Assuntos
Arecaceae , Fusariose/patologia , Fusarium/patogenicidade , Doenças das Plantas
14.
Arq. Inst. Biol ; 85: 1-8, 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-998434

Resumo

Passion fruit is usually propagated by seeds because of the ease and lower cost in seedling production. However, the seed is the most efficient agent for the spread of pathogens. The damages from seed-borne diseases occur mainly during the germination stages or at the formation of seedlings in nurseries. Considering the need for knowledge on the pathology of sweet passion fruit seeds, the objective was to evaluate the transmission and pathogenicity of the fungi Alternaria sp., Botrytis fabae, Cladosporium cladosporioides, Fusarium spp. and Lasiodiplodia theobromae, known as potentially pathogenic to this crop, and isolated from sweet passion fruit seeds. Therefore, tests on seed health, germination and seedling emergence in a sterilized commercial substrate were conducted using seeds from this species, inoculated with those fungal isolates. Leaves, stems and fruit from this plant were also inoculated with the same fungi. Alternaria sp., Fusarium spp. and L. theobromae were identified in seedlings obtained from inoculated seeds, confirming the transmission of these fungi by seeds. L. theobromae was also considered the most harmful fungus to passion fruit crop, as it causes seed rot and other disease symptoms on the leaves, stem and fruit. These findings inferred that healthy seeds of sweet passion fruit are essential for producing seedlings and to prevent the spread of the diseases caused by these fungi to exempt areas.(AU)


O maracujazeiro geralmente é propagado por meio de sementes em virtude da facilidade e do menor custo na produção de mudas. No entanto, a semente é o agente mais eficiente de disseminação de patógenos, sendo que os danos decorrentes das doenças transmitidas por elas ocorrem principalmente durante os estágios de germinação ou na formação de mudas nos viveiros. Considerando a necessidade de informações acerca da patologia de sementes de maracujá-doce nesse contexto, objetivou-se obter informações sobre a transmissão e a patogenicidade dos fungos Alternaria sp., Botrytis fabae, Cladosporium cladosporioides, Fusarium spp. e Lasiodiplodia theobromae, isolados de sementes de maracujá-doce e potencialmente patogênicos à cultura. Para tanto, testes de sanidade, germinação e emergência de plântulas em substrato comercial esterilizado foram conduzidos com sementes dessa espécie, inoculadas com esses isolados. Folhas, colo e frutos dessa planta também foram inoculados com os mesmos fungos. Alternaria sp., Fusarium spp. e L. theobromae foram identificados em plântulas obtidas de sementes inoculadas, confirmando a transmissão por sementes. L. theobromae foi considerado o mais agressivo à cultura do maracujá, por ter causado podridão nas sementes, além de maiores lesões nas folhas, no colo da planta e nos frutos. Dessa forma, infere-se que a obtenção de sementes de maracujá-doce sadias é imprescindível para a produção de mudas, evitando-se assim a disseminação desses patógenos em áreas isentas.(AU)


Assuntos
Sementes , Passiflora , Fungos/patogenicidade , Cladosporium/patogenicidade , Germinação , Botrytis/patogenicidade , Alternaria/patogenicidade , Fusarium/patogenicidade
15.
Arq. Inst. Biol. ; 85: e0702017, 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21039

Resumo

Passion fruit is usually propagated by seeds because of the ease and lower cost in seedling production. However, the seed is the most efficient agent for the spread of pathogens. The damages from seed-borne diseases occur mainly during the germination stages or at the formation of seedlings in nurseries. Considering the need for knowledge on the pathology of sweet passion fruit seeds, the objective was to evaluate the transmission and pathogenicity of the fungi Alternaria sp., Botrytis fabae, Cladosporium cladosporioides, Fusarium spp. and Lasiodiplodia theobromae, known as potentially pathogenic to this crop, and isolated from sweet passion fruit seeds. Therefore, tests on seed health, germination and seedling emergence in a sterilized commercial substrate were conducted using seeds from this species, inoculated with those fungal isolates. Leaves, stems and fruit from this plant were also inoculated with the same fungi. Alternaria sp., Fusarium spp. and L. theobromae were identified in seedlings obtained from inoculated seeds, confirming the transmission of these fungi by seeds. L. theobromae was also considered the most harmful fungus to passion fruit crop, as it causes seed rot and other disease symptoms on the leaves, stem and fruit. These findings inferred that healthy seeds of sweet passion fruit are essential for producing seedlings and to prevent the spread of the diseases caused by these fungi to exempt areas.(AU)


O maracujazeiro geralmente é propagado por meio de sementes em virtude da facilidade e do menor custo na produção de mudas. No entanto, a semente é o agente mais eficiente de disseminação de patógenos, sendo que os danos decorrentes das doenças transmitidas por elas ocorrem principalmente durante os estágios de germinação ou na formação de mudas nos viveiros. Considerando a necessidade de informações acerca da patologia de sementes de maracujá-doce nesse contexto, objetivou-se obter informações sobre a transmissão e a patogenicidade dos fungos Alternaria sp., Botrytis fabae, Cladosporium cladosporioides, Fusarium spp. e Lasiodiplodia theobromae, isolados de sementes de maracujá-doce e potencialmente patogênicos à cultura. Para tanto, testes de sanidade, germinação e emergência de plântulas em substrato comercial esterilizado foram conduzidos com sementes dessa espécie, inoculadas com esses isolados. Folhas, colo e frutos dessa planta também foram inoculados com os mesmos fungos. Alternaria sp., Fusarium spp. e L. theobromae foram identificados em plântulas obtidas de sementes inoculadas, confirmando a transmissão por sementes. L. theobromae foi considerado o mais agressivo à cultura do maracujá, por ter causado podridão nas sementes, além de maiores lesões nas folhas, no colo da planta e nos frutos. Dessa forma, infere-se que a obtenção de sementes de maracujá-doce sadias é imprescindível para a produção de mudas, evitando-se assim a disseminação desses patógenos em áreas isentas.(AU)


Assuntos
Sementes , Passiflora , Fungos/patogenicidade , Cladosporium/patogenicidade , Germinação , Botrytis/patogenicidade , Alternaria/patogenicidade , Fusarium/patogenicidade
16.
Semina Ci. agr. ; 39(4): 1437-1446, jul.-ago. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22844

Resumo

Earthworms are soil invertebrates that play an important environmental role and are often referred to as “ecosystem engineers”. These invertebrates can influence several organisms, from microscopic life forms to plants. Although many works had reported positive effects of earthworms on plant growth, studies combining these invertebrates and soil pathogens showed numerous positive interactions. Fusarium wilt is a global disease that can cause severe damage to strawberry fields. The aim of this study was to evaluate the effects of inoculation of earthworms (Lumbricus terrestris) and Fusarium wilt (Fusarium oxysporum f. sp. fragariae) in strawberry plants. This greenhouse experiment was carried out in the University of Seville School of Agricultural Engineering, Utrera City, Spain. Strawberries (Rooted cuttings) were planted in plastic pots and administered the following treatments: Control (absence of F. oxysporum f. sp. fragariae and earthworms), T1 (absence of F. oxysporum f. sp. fragariae, two L. terrestris per pot), T2 (inoculum of F. oxysporum f. sp. fragariae, absence of L. terrestris), and T3 (inoculum of F. oxysporum f. sp. fragariae and two L. terrestris). Weekly fruit production was measured for seven months. After this period the shoot fresh weight and the leaf nutrient content was measured. The results obtained showed no interaction between L. terrestris and F. oxysporum f. sp. fragariae on strawberry production. T1 treatment resulted in fruit production superior to other treatments, including the control. An absence of differences in dry shoot matter was observed with earthworm treatment, and small differences were found in the leaf nutrient content. The earthworm inoculation was unable to suppress the negative effects of Fusarium wilt in strawberry production. However, positive effects such as a reduction in the disease severity were found in the earthworm treated plants...(AU)


Minhocas são invertebrados do solo que participam de importantes funções ambientais e são consideradas “engenheiros do ecossistema”. Estes animais podem influenciar diversos organismos, desde formas microscópicas até mesmo plantas. Embora muitos trabalhos citem efeitos positivos da atividade de minhocas no crescimento das plantas, estudos combinando estes invertebrados e patógenos de solo têm demonstrado inúmeras interações. A murcha-de-fusarium é uma doença mundialmente difundida capaz de causar grandes danos ao morangueiro, e seu controle geralmente é ineficiente. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da inoculação de minhocas (Lumbricus terrestris) e murcha de fusarium (Fusarium oxysporum f. sp. fragariae) em plantas de morango. O experimento foi conduzido em ambiente protegido na Escola de Engenharia Agrícola da Universidade de Sevilha, Utrera - Espanha. Plantas de morango (estacas enraizadas) foram plantadas em vasos plásticos e submetidas aos seguintes tratamentos: Controle (ausência de F. oxysporum f. sp. fragariae e minhocas), T1 (ausência de F. oxysporum f. sp. fragariae, duas L. terrestris por vaso), T2 (inóculo de F. oxysporum f. sp. fragariae, ausência de L. terrestris) e T3 (inóculo de F. oxysporum f. sp. fragariae e duas L. terrestris). A produção de frutos foi semanalmente mensurada durante sete meses. Após este período, foram avaliadas a matéria seca da parte aérea e o conteúdo de nutrientes das folhas. Os resultados obtidos não demonstraram entre L. terrestris e F. oxysporum f. sp. fragarie na produção de frutos. Mas, o tratamento T1 apresentou produção superior a todos os outros tratamentos, incluindo o controle. Foram observadas pequenas diferenças no conteúdo de nutrientes das folhas e não se verificou efeito das minhocas na massa seca da parte aérea. A inoculação de minhocas não foi capaz de reduzir os efeitos negativos da murcha de fusarium na produção do morangueiro...(AU)


Assuntos
Fragaria/crescimento & desenvolvimento , Fragaria/parasitologia , Fusarium/crescimento & desenvolvimento , Fusarium/patogenicidade , Oligoquetos/parasitologia , Espanha
17.
Arq. Inst. Biol ; 85: e0972017, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-999051

Resumo

Weeds compete with agricultural crops for water, light, nutrients and space, besides having an extensive seed bank. However, another aspect to be considered relates to few studies pointing out weeds as hosts of phytopathogenic fungi. Many fungi, the main cause of diseases in plants, are known to use seeds as an efficient means of survival and dispersal. The objective of this work was to evaluate the health of weed seeds and the pathogenicity of fungi associated to plants of agricultural importance. The seeds were collected manually in Cerrado areas located in the municipality of Gurupi, Tocatins, Brazil. The blotter test method was used to evaluate seed health. The incidence of fungi was evaluated through an individual analysis of seeds using a stereoscopic and an optical microscope. The pathogenicity of fungi from weed seeds was evaluated by inoculation in plants of agronomic interest and, when pathogenic, we inoculated them in the host plant of the fungus. Weed seeds have been identified in fungi of the genus Alternaria, Aspergillus, Bipolaris, Cladosporium, Curvularia, Fusarium, Nigrospora, Papularia, Rhizopus and Pythium. The seeds of Acanthospermum australe, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Echinochloa crus-pavonis, Eleusine indica, Ipomoea sp., Pennisetum setosum, Sida rhombifolia, Spermacoce latifolia, Tridax procumbens and Vernonia polyanthes carry and disseminate fungi that, once inoculated, cause infection in plants of agricultural importance, such as Oryza sativa, Phaseolus vulgaris, Vigna unguiculata, Zea mays and Glycine max.(AU)


As plantas daninhas competem com culturas agrícolas por água, luz, nutrientes e espaço, além de possuírem um extenso banco de sementes. Entretanto, outra vertente a ser considerada é quanto aos poucos estudos relacionando plantas daninhas como hospedeiras de fungos fitopatogênicos. É sabido que muitos fungos, principais causadores de doenças em plantas, utilizam as sementes como meio eficiente de sobrevivência e de dispersão. Dessa forma, o trabalho objetivou avaliar a sanidade de sementes de plantas daninhas e a patogenicidade dos fungos associados às plantas de importância agrícola. As sementes foram coletadas manualmente em áreas de cerrado localizadas no município de Gurupi, Tocantins, utilizando o método blotter test para avaliação da sanidade. A incidência dos fungos foi avaliada com auxílio de microscópio estereoscópico e ótico. A patogenicidade dos fungos oriundos das sementes de plantas daninhas foi avaliada por meio da inoculação em plantas de interesse agronômico e, quando patogênico, a inoculação foi na própria planta daninha hospedeira do fungo. Foram identificados os fungos dos gêneros Alternaria, Aspergillus, Bipolaris, Cladosporium, Curvularia, Fusarium, Nigrospora, Papularia, Rhizopus e Pythium. As sementes de Acanthospermum australe, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Echinochloa crus-pavonis, Eleusine indica, Ipomoea sp., Pennisetum setosum, Sida rhombifolia, Spermacoce latifolia, Tridax procumbens e Vernonia polyanthes transportam e disseminam fungos que, uma vez inoculados, causam infecção em plantas de importância agrícola, como Oryza sativa, Phaseolus vulgaris, Vigna unguiculata, Zea mays e Glycine max.(AU)


Assuntos
Aspergillus/patogenicidade , Cladosporium/patogenicidade , Alternaria/patogenicidade , Plantas Daninhas , Fungos/patogenicidade , Doenças das Plantas , Oryza , Glycine max , Zea mays , Phaseolus , Vigna , Fusarium/patogenicidade
18.
Arq. Inst. Biol. ; 85: e0972017, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21046

Resumo

Weeds compete with agricultural crops for water, light, nutrients and space, besides having an extensive seed bank. However, another aspect to be considered relates to few studies pointing out weeds as hosts of phytopathogenic fungi. Many fungi, the main cause of diseases in plants, are known to use seeds as an efficient means of survival and dispersal. The objective of this work was to evaluate the health of weed seeds and the pathogenicity of fungi associated to plants of agricultural importance. The seeds were collected manually in Cerrado areas located in the municipality of Gurupi, Tocatins, Brazil. The blotter test method was used to evaluate seed health. The incidence of fungi was evaluated through an individual analysis of seeds using a stereoscopic and an optical microscope. The pathogenicity of fungi from weed seeds was evaluated by inoculation in plants of agronomic interest and, when pathogenic, we inoculated them in the host plant of the fungus. Weed seeds have been identified in fungi of the genus Alternaria, Aspergillus, Bipolaris, Cladosporium, Curvularia, Fusarium, Nigrospora, Papularia, Rhizopus and Pythium. The seeds of Acanthospermum australe, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Echinochloa crus-pavonis, Eleusine indica, Ipomoea sp., Pennisetum setosum, Sida rhombifolia, Spermacoce latifolia, Tridax procumbens and Vernonia polyanthes carry and disseminate fungi that, once inoculated, cause infection in plants of agricultural importance, such as Oryza sativa, Phaseolus vulgaris, Vigna unguiculata, Zea mays and Glycine max.(AU)


As plantas daninhas competem com culturas agrícolas por água, luz, nutrientes e espaço, além de possuírem um extenso banco de sementes. Entretanto, outra vertente a ser considerada é quanto aos poucos estudos relacionando plantas daninhas como hospedeiras de fungos fitopatogênicos. É sabido que muitos fungos, principais causadores de doenças em plantas, utilizam as sementes como meio eficiente de sobrevivência e de dispersão. Dessa forma, o trabalho objetivou avaliar a sanidade de sementes de plantas daninhas e a patogenicidade dos fungos associados às plantas de importância agrícola. As sementes foram coletadas manualmente em áreas de cerrado localizadas no município de Gurupi, Tocantins, utilizando o método blotter test para avaliação da sanidade. A incidência dos fungos foi avaliada com auxílio de microscópio estereoscópico e ótico. A patogenicidade dos fungos oriundos das sementes de plantas daninhas foi avaliada por meio da inoculação em plantas de interesse agronômico e, quando patogênico, a inoculação foi na própria planta daninha hospedeira do fungo. Foram identificados os fungos dos gêneros Alternaria, Aspergillus, Bipolaris, Cladosporium, Curvularia, Fusarium, Nigrospora, Papularia, Rhizopus e Pythium. As sementes de Acanthospermum australe, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Echinochloa crus-pavonis, Eleusine indica, Ipomoea sp., Pennisetum setosum, Sida rhombifolia, Spermacoce latifolia, Tridax procumbens e Vernonia polyanthes transportam e disseminam fungos que, uma vez inoculados, causam infecção em plantas de importância agrícola, como Oryza sativa, Phaseolus vulgaris, Vigna unguiculata, Zea mays e Glycine max.(AU)


Assuntos
Aspergillus/patogenicidade , Cladosporium/patogenicidade , Alternaria/patogenicidade , Plantas Daninhas , Fungos/patogenicidade , Doenças das Plantas , Oryza , Glycine max , Zea mays , Phaseolus , Vigna , Fusarium/patogenicidade
19.
R. Ci. agrovet. ; 15(2): 109-117, 2016. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-690853

Resumo

The productivity and quality of maize can be influenced by the occurrence of diseases. The intensity is affected by environmental factors and phytotechnical practices. Thus, this study was carried out to evaluate the effect of arrangement of plants and plant density on grain yield and thousand grain weight and incidence of stalk rot and fungi associated with grains. The work was conducted during the 2010/2011 and 2012/2013 seasons in Chapecó, SC, Brazil. The treatments consisted of different row spacings (0.45 and 0.80 m) and plant densities (50, 60, 70, 80 and 90 thousand plants ha-1) with a design of randomized blocks in subdivided sub plots. In the main plot two simple hybrids of corn early cycle were tested (P30F53H and DKB 240H), the subplots and the spacing in the sub-subplot plant populations. The experimental units consisted of six lines of 4 m in length. The yield on the 0.45 m spacing was 29.65% higher than in the 0.80 m spacing for the studied hybrids. The mass of a thousand grains and the incidence of rot grains decreased with an increase in plant population. However, the incidence of Fusarium verticillioides, Fusarium graminearum and Stenocarpella maydis was not affected by plant populations or by spacing tested under the conditions of this study.(AU)


A produtividade e a qualidade do milho podem ser influenciadas pela ocorrência de doenças, cuja intensidade pode ser afetada por fatores ambientais e por práticas fitotécnicas. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do arranjo de plantas de milho e da densidade de semeadura no rendimento de grãos e na massa de mil grãos, bem como na incidência de podridões da base do colmo, grãos ardidos e de fungos associados aos grãos. O estudo foi realizado nas safras 2010/2011 e 2012/2013, em Chapecó, SC, Brasil. Os tratamentos foram constituídos por diferentes espaçamentos entre linhas (0,45 e 0,80 m) e densidades de plantas (50, 60, 70, 80 e 90 mil plantas ha-1), com delineamento de blocos casualizados em esquema de parcelas sub-subdivididas. Na parcela principal foram testados dois híbridos simples de milho de ciclo precoce (P30F53H e DKB 240H), nas subparcelas os espaçamentos e nas sub-subparcelas as populações de plantas. As unidades experimentais consistiram de seis linhas de 4 m de comprimento. O rendimento de grãos no espaçamento 0,45 m foi 29,65% superior ao obtido no espaçamento 0,80 m para os híbridos estudados. A massa de mil grãos e a incidência de grãos ardidos reduziram com o aumento da população de plantas. No entanto, a incidência de Fusarium verticillioides, Fusarium graminearum e Stenocarpella maydis não foi influenciada pelas populações de plantas nem pelos espaçamentos testados nas condições do presente estudo.(AU)


Assuntos
Zea mays , Grão Comestível , 24444 , Estruturas Vegetais , Fusarium/patogenicidade , Sementes
20.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 15(2): 109-117, 2016. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488119

Resumo

The productivity and quality of maize can be influenced by the occurrence of diseases. The intensity is affected by environmental factors and phytotechnical practices. Thus, this study was carried out to evaluate the effect of arrangement of plants and plant density on grain yield and thousand grain weight and incidence of stalk rot and fungi associated with grains. The work was conducted during the 2010/2011 and 2012/2013 seasons in Chapecó, SC, Brazil. The treatments consisted of different row spacings (0.45 and 0.80 m) and plant densities (50, 60, 70, 80 and 90 thousand plants ha-1) with a design of randomized blocks in subdivided sub plots. In the main plot two simple hybrids of corn early cycle were tested (P30F53H and DKB 240H), the subplots and the spacing in the sub-subplot plant populations. The experimental units consisted of six lines of 4 m in length. The yield on the 0.45 m spacing was 29.65% higher than in the 0.80 m spacing for the studied hybrids. The mass of a thousand grains and the incidence of rot grains decreased with an increase in plant population. However, the incidence of Fusarium verticillioides, Fusarium graminearum and Stenocarpella maydis was not affected by plant populations or by spacing tested under the conditions of this study.


A produtividade e a qualidade do milho podem ser influenciadas pela ocorrência de doenças, cuja intensidade pode ser afetada por fatores ambientais e por práticas fitotécnicas. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do arranjo de plantas de milho e da densidade de semeadura no rendimento de grãos e na massa de mil grãos, bem como na incidência de podridões da base do colmo, grãos ardidos e de fungos associados aos grãos. O estudo foi realizado nas safras 2010/2011 e 2012/2013, em Chapecó, SC, Brasil. Os tratamentos foram constituídos por diferentes espaçamentos entre linhas (0,45 e 0,80 m) e densidades de plantas (50, 60, 70, 80 e 90 mil plantas ha-1), com delineamento de blocos casualizados em esquema de parcelas sub-subdivididas. Na parcela principal foram testados dois híbridos simples de milho de ciclo precoce (P30F53H e DKB 240H), nas subparcelas os espaçamentos e nas sub-subparcelas as populações de plantas. As unidades experimentais consistiram de seis linhas de 4 m de comprimento. O rendimento de grãos no espaçamento 0,45 m foi 29,65% superior ao obtido no espaçamento 0,80 m para os híbridos estudados. A massa de mil grãos e a incidência de grãos ardidos reduziram com o aumento da população de plantas. No entanto, a incidência de Fusarium verticillioides, Fusarium graminearum e Stenocarpella maydis não foi influenciada pelas populações de plantas nem pelos espaçamentos testados nas condições do presente estudo.


Assuntos
24444 , Estruturas Vegetais , Fusarium/patogenicidade , Grão Comestível , Zea mays , Sementes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA