Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 36
Filtrar
1.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1405-1409, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-743456

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito antioxidante dos óleos essenciais de orégano e alfavacão sobre a estabilidade e perfil de ácidos graxos da gordura de palma utilizada no processamento industrial. Foram adicionados 100ug.g-1 de óleos essenciais em gordura de palma, que foi submetida a onze ciclos de fritura de batatas tipo chips. Amostras da gordura submetidas ao processamento foram analisadas quanto às características físico-químicas e perfil de ácidos graxos. Nas condições do estudo, não foi observado efeito dos óleos essenciais sobre a inibição na formação de compostos trans. Não houve alteração da relação de ácidos graxos poli-insaturados e ácidos graxos saturados da gordura. No entanto, a análise de peróxido indicou um efeito positivo do óleo essencial de alfavacão na redução da formação de radicais livres.(AU)


Assuntos
Óleos Voláteis/efeitos adversos , Gorduras Vegetais , Ácidos Graxos/análise , Fenômenos Químicos , Origanum , Ocimum , Antioxidantes/análise , Peróxidos Lipídicos/análise
2.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1405-1409, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482171

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito antioxidante dos óleos essenciais de orégano e alfavacão sobre a estabilidade e perfil de ácidos graxos da gordura de palma utilizada no processamento industrial. Foram adicionados 100ug.g-1 de óleos essenciais em gordura de palma, que foi submetida a onze ciclos de fritura de batatas tipo chips. Amostras da gordura submetidas ao processamento foram analisadas quanto às características físico-químicas e perfil de ácidos graxos. Nas condições do estudo, não foi observado efeito dos óleos essenciais sobre a inibição na formação de compostos trans. Não houve alteração da relação de ácidos graxos poli-insaturados e ácidos graxos saturados da gordura. No entanto, a análise de peróxido indicou um efeito positivo do óleo essencial de alfavacão na redução da formação de radicais livres.


Assuntos
Fenômenos Químicos , Gorduras Vegetais , Ocimum , Origanum , Ácidos Graxos/análise , Óleos Voláteis/efeitos adversos , Antioxidantes/análise , Peróxidos Lipídicos/análise
3.
Hig. aliment ; 33(288/289): 3248-3252, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1366224

Resumo

Este trabalho teve como objetivo a análise sensorial de bebida láctea fermentada suplementada com extrato hidrossolúvel de babaçu e cultura probiótica. A fermentação foi realizada utilizando-se a cultura probiótica Lactobacillus casei. As bebidas foram formuladas através de planejamento fatorial completo 25 com dois fatores e cinco níveis: extrato hidrossolúvel de babaçu (25,9; 30; 40; 50 e 54,1%) e soro de queijo (15,9; 20; 30; 40 e 44,1%) e 8 % de sacarose, gerando 11 formulações. Para se escolher a melhor formulação de bebida, foi realizada a análise sensorial de aceitação dos atributos de sabor, aroma, consistência e impressão global com 40 provadores não treinados. Os resultados da análise sensorial das bebidas indicaram que a amostra com 40% de extrato hidrossolúvel de babaçu e 15,9% de soro e, outra com 40% de extrato hidrossolúvel de babaçu e 44,1% de soro obtiveram as maiores notas médias para todos os atributos analisados.


Assuntos
Gorduras Vegetais , Aditivos Alimentares/análise , Análise de Alimentos , Lacticaseibacillus casei
4.
Hig. aliment ; 33(288/289): 3253-3256, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1366227

Resumo

Este trabalho teve como objetivo a análise sensorial de bebida láctea fermentada suplementada com extrato hidrossolúvel de babaçu e cultura probiótica. A fermentação foi realizada utilizando-se a cultura probiótica Lactobacillus acidophilus. As bebidas foram formuladas através de planejamento fatorial completo 25 com dois fatores e cinco níveis: extrato hidrossolúvel de babaçu (25,9; 30; 40; 50 e 54,1%) e soro de queijo (15,9; 20; 30; 40 e 44,1%) e 8 % de sacarose, gerando 11 formulações. Para se escolher a melhor formulação de bebida, foi realizado a análise sensorial de aceitação dos atributos de sabor, aroma, aparência, consistência e impressão global com 40 provadores não treinados. Os resultados da análise sensorial indicaram que comercialmente apenas as amostras A3 (30% extrato hidrossolúvel de babaçu) e A9 (54,1% extrato hidrossolúvel de babaçu ) alcançaram valores de índice de aceitabilidade IA(%) maiores que 70 % em todos os atributos, com índices variando de 72,22 a 77,77 %.


Assuntos
Gorduras Vegetais , Aditivos Alimentares/análise , Alimentos Fermentados/análise , Lactobacillus acidophilus
5.
Acta amaz. ; 47(2): 103-110, abr.-jun 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-688310

Resumo

Snack bars were launched on the market as an alternative for people seeking healthier food options. They are popular portable snacks commonly eaten between meals. This study aimed to develop snack bars made with tapioca flour, Brazil nut and native fruit pulps (açaí, cupuaçu, muruci and taperebá) as well as to assess their physical, physicochemical, microbiological and sensory attributes. The preferred concentration of fruit pulp was 10% in the açaí bar, and 15% in the cupuaçu, muruci and taperebá bars. The acceptance rate of the açaí bars was greater than 70% for the attributes appearance, color, texture, and overall impression, but was lower for flavour. This result may be related to the eating habits of some panelists, who eat açaí pulp without adding any other ingredients that can impart the unique flavour of the fruit. The cupuaçu and muruci snack bars had higher sensory acceptance than the açaí and taperebá bars; therefore, they are more likely to have better market prospects.(AU)


Como uma alternativa para as pessoas que procuram opções para uma alimentação saudável, as barras de cereais foram lançadas no mercado. Elas são populares como alimentos portáteis e podem ser consumidas entre as refeições. Este trabalho teve como objetivo desenvolver e determinar as variáveis físicas, físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de barras de cereais à base de farinha de tapioca, castanha-do-brasil e polpas de frutas regionais (açaí, cupuaçu, muruci e taperebá). A concentração preferida de polpa na barra sabor açaí foi de 10% e nas barras sabor cupuaçu, muruci e taperebá de 15%. O índice de aceitação da barra sabor açaí foi superior a 70% nos atributos aparência, cor, textura e impressão global e inferior no sabor. Este comportamento pode estar relacionado à cultura de alguns provadores, os quais têm o hábito de consumir a polpa de açaí sem adição de qualquer outro ingrediente que possa mascarar o sabor intrínseco e peculiar do fruto. As barras sabor cupuaçu e muruci, por apresentarem maior aceitação sensorial, quando comparadas às barras sabor açaí e taperebá, têm melhores perspectivas de mercado caso sejam comercializadas.(AU)


Assuntos
Manihot , Farinha , Frutas , Bertholletia , Gorduras Vegetais
6.
Acta Vet. Brasilica ; 11(1): 35-41, mar. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1453081

Resumo

This study aimed at evaluating the chemical composition and in vitro ruminal characteristics of diets using copra meal with different fat contents. Three levels of copra meal inclusion (10, 20 and 30%) and two levels of fat (high-fat copra meal HFCM and low-fat copra meal LFCM) were used in replacement of soybean meal. The addition of copra meal increased EE and reduced CP and NFC of diets, especially when HFCM was included. Treatments with the inclusion of 30% copra meal had a higher colonization time (L), independently of fat content. The maximum gas production was reduced from 59.06 to 39.21 mL/g DM with the addition of HFCM, but was not affected when diets contained LFCM. Digestibility was also reduced with the addition of copra meal, the highest reduction being with the addition of 30% copra meal. Copra meal inclusion has reduced the ammonia concentration from 29.75 mg/100 mL (control diet) to 17.05 mg/100 mL (30% copra meal) but did not affect significantly methane production. Copra meal impacts the chemical composition and ruminal fermentation characteristics of diets, especially when containing high oil content.


Assuntos
Alimentos de Coco , Cocos/metabolismo , Gorduras Vegetais , Rúmen/fisiologia , Rúmen/química , Metano/análise
7.
Acta Vet. bras. ; 11(1): 35-41, mar. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-687022

Resumo

This study aimed at evaluating the chemical composition and in vitro ruminal characteristics of diets using copra meal with different fat contents. Three levels of copra meal inclusion (10, 20 and 30%) and two levels of fat (high-fat copra meal HFCM and low-fat copra meal LFCM) were used in replacement of soybean meal. The addition of copra meal increased EE and reduced CP and NFC of diets, especially when HFCM was included. Treatments with the inclusion of 30% copra meal had a higher colonization time (L), independently of fat content. The maximum gas production was reduced from 59.06 to 39.21 mL/g DM with the addition of HFCM, but was not affected when diets contained LFCM. Digestibility was also reduced with the addition of copra meal, the highest reduction being with the addition of 30% copra meal. Copra meal inclusion has reduced the ammonia concentration from 29.75 mg/100 mL (control diet) to 17.05 mg/100 mL (30% copra meal) but did not affect significantly methane production. Copra meal impacts the chemical composition and ruminal fermentation characteristics of diets, especially when containing high oil content.(AU)


Assuntos
Cocos/metabolismo , Alimentos de Coco , Rúmen/fisiologia , Rúmen/química , Gorduras Vegetais , Metano/análise
8.
Acta sci., Anim. sci ; 38(3): 319-325, jul.-set. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1459673

Resumo

This study aimed to evaluate the inclusion of palm kernel cake in the diet for lactating crossbred cows in feedlot system, and its implications on economic viability. We used 12 crossbred Holstein x Zebu cows assigned to three 4 x 4 Latin Squares, in the following treatments: control (without inclusion of palm kernel cake in the diet); inclusion of 50, 100 or 150 g palm kernel cake (PKC) per kg in the total dry matter (TDM). Earnings per animal showed a reduction in values, this decrease in profitability is related to the increase in feed costs, specifically, and the costs with concentrate, which increased as the palm kernel cake was included in the treatments, 0, 50, 100 and 150 g kg-1 TDM. The effect observed for profitability affected the internal rate of return, which decreased with the inclusion of palm kernel cake levels in the diet. However, it was positive in all treatments, demonstrating the feasibility of investment in palm kernel cake. Data on the economic viability evidenced that treatment with 100 g palm kernel cake per kg TDM is the most financially viable under the conditions of this study.


Este trabalho foi realizado para avaliar a inclusão de torta de dendê na dieta de vacas mestiças lactantes em confinamento e suas implicações sobre a viabilidade econômica. Foram utilizadas 12 vacas mestiças Holandês x Zebu, distribuídas em três Quadrados Latinos 4 x 4, nos seguintes tratamentos: controle (sem inclusão de torta de dendê na dieta); inclusão de 50 g torta de dendê (TD) por kg na matéria seca total (MST); inclusão de 100 g TD kg-1 na MST; inclusão de 150 g TD kg-1 na MST. O lucro por animal apresentou uma redução de valores. Esta diminuição na lucratividade está relacionada com o aumento nos custos de alimentação, especificamente, e os custos com concentrado, que aumentaram à medida que a torta de dendê foi incluída nos tratamentos, 0, 50, 100 e 150 g TD kg-1 de MST. O efeito observado para a lucratividade alterou a taxa interna de retorno, que diminuiu com a inclusão dos níveis de TD na dieta. No entanto, foi positiva em todos os tratamentos, demonstrando que é viável o investimento na TD. Os dados da viabilidade econômica demonstram que o tratamento com 100 g kg-1 de TD na MST é o mais viável financeiramente, nas condições de realização desta pesquisa.


Assuntos
Feminino , Animais , Lactente , Bovinos , Estudos de Viabilidade , Ração Animal , Ração Animal/análise , Gorduras Vegetais
9.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 38(3): 319-325, jul.-set. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-481076

Resumo

This study aimed to evaluate the inclusion of palm kernel cake in the diet for lactating crossbred cows in feedlot system, and its implications on economic viability. We used 12 crossbred Holstein x Zebu cows assigned to three 4 x 4 Latin Squares, in the following treatments: control (without inclusion of palm kernel cake in the diet); inclusion of 50, 100 or 150 g palm kernel cake (PKC) per kg in the total dry matter (TDM). Earnings per animal showed a reduction in values, this decrease in profitability is related to the increase in feed costs, specifically, and the costs with concentrate, which increased as the palm kernel cake was included in the treatments, 0, 50, 100 and 150 g kg-1 TDM. The effect observed for profitability affected the internal rate of return, which decreased with the inclusion of palm kernel cake levels in the diet. However, it was positive in all treatments, demonstrating the feasibility of investment in palm kernel cake. Data on the economic viability evidenced that treatment with 100 g palm kernel cake per kg TDM is the most financially viable under the conditions of this study.(AU)


Este trabalho foi realizado para avaliar a inclusão de torta de dendê na dieta de vacas mestiças lactantes em confinamento e suas implicações sobre a viabilidade econômica. Foram utilizadas 12 vacas mestiças Holandês x Zebu, distribuídas em três Quadrados Latinos 4 x 4, nos seguintes tratamentos: controle (sem inclusão de torta de dendê na dieta); inclusão de 50 g torta de dendê (TD) por kg na matéria seca total (MST); inclusão de 100 g TD kg-1 na MST; inclusão de 150 g TD kg-1 na MST. O lucro por animal apresentou uma redução de valores. Esta diminuição na lucratividade está relacionada com o aumento nos custos de alimentação, especificamente, e os custos com concentrado, que aumentaram à medida que a torta de dendê foi incluída nos tratamentos, 0, 50, 100 e 150 g TD kg-1 de MST. O efeito observado para a lucratividade alterou a taxa interna de retorno, que diminuiu com a inclusão dos níveis de TD na dieta. No entanto, foi positiva em todos os tratamentos, demonstrando que é viável o investimento na TD. Os dados da viabilidade econômica demonstram que o tratamento com 100 g kg-1 de TD na MST é o mais viável financeiramente, nas condições de realização desta pesquisa.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Lactente , Bovinos , Ração Animal/análise , Ração Animal , Estudos de Viabilidade , Gorduras Vegetais
10.
Semina Ci. agr. ; 37(1): 321-330, jan.-fev. 2016. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23084

Resumo

Industrialization of the Babassu coconut for edible oil production generates many co-products and has great potential to be used in ruminant nutrition. The aim of this study was to evaluate the effect of different inclusions of endocarp meal type II of Babassu coconut (BEMII) on intake and digestibility of sheep diets. Twenty non-castrated male sheep with an undefined breed were distributed in a completely randomized design with four treatments and five replications. The animals received an experimental diet with increasing inclusions of BEMII (0.0%, 7.5%, 15.0%, and 22.5%). Increasing additions of the coproduct negatively influenced dry matter intake (g/BW and g/kg0.75). Crude protein intake (in grams) per day decreased linearly with the inclusion of BEMII, presenting a reduction of 49.35 g/d. The inclusion of 7.5% showed the best response for energy balance among all inclusions and presented the closest nitrogen balance value when compared to the control group; therefore, this inclusion percentage is the best for endocarp meal utilization.(AU)


A industrialização do babaçu para produção de óleo comestível gera muitos co-produtos com grande potencial para serem usados na nutrição de ruminantes. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de diferentes inclusões da farinha do endocarpo tipo II do babaçu (FEBII) sobre o consumo e digestibilidade de dietas para ovinos. Vinte ovinos machos, sem raça definida, não castrados, foram distribuídos em um delineamento experimental inteiramente ao acaso com crescentes inclusões da FEBII (0,0, 7,5%; 15,0%; 22,5%). O consumo de matéria seca em função do peso vivo e do peso metabólico foram influenciados negativamente pelas inclusões crescentes do co-produto (g.Peso Vivo-1 e g.kg0.75). O consumo de proteína bruta em g por dia respondeu de forma linear decrescente com a inclusão da FEBII apresentando redução de 49,35 g por dia em comparação a 0% de inclusão e 22,5%. O teor de 7,5% foi o melhor entre as inclusões para o balanço energético e apresentou valor muito próximo no balanço nitrogenado em relação ao grupo controle, chamando atenção especial para esta inclusão, inserindo-a como o melhor ponto de utilização do subproduto.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos , Ração Animal/análise , Gorduras Vegetais
11.
Sci. agric ; 72(6): 495-503, Nov.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1497526

Resumo

Meat has played a crucial role in human evolution and is an important component of a healthy and well-balanced diet on account of its nutritional properties, its high biological value as a source of protein, and the vitamins and minerals it supplies. We studied the effects of animal fat reduction and substitution by hydrogenated vegetal fat, sodium alginate and guar gum. Fatty acid composition, lipid oxidation, color and instrumental texture as well as the sensorial difference between low, substituted-fat and the traditional formulations for mortadella-type products were analyzed. Both substitution and reduction of animal fat decreased the saturated fatty acids percentage from 40% down to 31%. A texture profile analysis showed differences between the formulations. Furthermore, lipid oxidation values were not significant for treatments as regards the type and quantity of fat used while the use of sodium alginate and guar gum reduced the amounts of liquid released after cooking. Animal fat substitution does cause, however, a difference in overall sensorial perception compared with non-substituted products. The results confirm the viability of substituting vegetal fat for animal fat.


Assuntos
Gorduras , Gorduras Vegetais , Produtos da Carne/análise , Produtos da Carne/efeitos adversos , Substitutos da Gordura/administração & dosagem , Substitutos da Gordura/análise
12.
Sci. Agric. ; 72(6): 495-503, Nov.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16211

Resumo

Meat has played a crucial role in human evolution and is an important component of a healthy and well-balanced diet on account of its nutritional properties, its high biological value as a source of protein, and the vitamins and minerals it supplies. We studied the effects of animal fat reduction and substitution by hydrogenated vegetal fat, sodium alginate and guar gum. Fatty acid composition, lipid oxidation, color and instrumental texture as well as the sensorial difference between low, substituted-fat and the traditional formulations for mortadella-type products were analyzed. Both substitution and reduction of animal fat decreased the saturated fatty acids percentage from 40% down to 31%. A texture profile analysis showed differences between the formulations. Furthermore, lipid oxidation values were not significant for treatments as regards the type and quantity of fat used while the use of sodium alginate and guar gum reduced the amounts of liquid released after cooking. Animal fat substitution does cause, however, a difference in overall sensorial perception compared with non-substituted products. The results confirm the viability of substituting vegetal fat for animal fat.(AU)


Assuntos
Substitutos da Gordura/administração & dosagem , Substitutos da Gordura/análise , Gorduras Vegetais , Gorduras , Produtos da Carne/efeitos adversos , Produtos da Carne/análise
13.
Vet. Not. (Online) ; 20(1): 8-18, Jan-Jun. 2014. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502399

Resumo

This study aimed to evaluate the in vitro ruminal kinetics and degradability using  the Hohenheim Gas Test technique, babassu epicarp flour I® and II® (BEEFI and BEEFII) and babassu meal (BM) and also the inclusion of this by-product on the total mixed ration (TMR) in different levels. Two trails were conducted, the first including only pure by-products (BEEFI, BEEFII and BM) and the others tested different diets including (BEEFI, BEEFII and BM) in the following levels: 0%, 7,5%, 15,0%, 22,5% of TMR (dry matter basis). A randomized blocks design was applied, six blocks in the first trail and five in the others. The gas data were adjusted to the France et al. (1993) model and analyzed through regression approach (GaussNewton procedure). The regression equations were compared by parallelism test. The BEEFI, BEEFII and BM presented different chemical compositions, mainly on NDF, ADF and Lignin concentration. The kinetics of ruminal fermentation of BEEFI and BEEFII flours are below to the BM. The increasing of BEEFI, BEEFII and BM concentration in the diet reduced the gases production during the incubation time. The results of this study demonstrated that the fibrous flours I and II presented low ruminal fermentation, what commits your use in the animal feeding. However, in spite of BM to reduce the ruminal fermentation, this makes it in smaller proportion that the flours BEEFI and BEEFII.


Objetivou-se no experimento avaliar a cinética de fermentação e degradabilidade ruminal efetiva in vitro, através da técnica Hohenheim Gas Test, da farinha do endocarpo e epicarpo do babaçu (FEEBI e FEEBII) e da torta de babaçu (TB), além de dietas com diferentes níveis inclusão das mesmas. Foram conduzidos dois ensaios um com os subprodutos puros e outro com dietas com inclusões da FEEBI, FEEBII, TB nas seguintes proporções: 0,0; 7,5; 15,0 e 22,5% da matéria seca total. O delineamento foi o de blocos casualizados sendo seis blocos no primeiro e cinco na avaliação das dietas contendo os subprodutos. Os tempos de mensuração dos gases produzidos foram 3, 6, 9, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. O modelo de France et al. (1993) foi ajustado aos dados e as equações de regressão obtidas foram comparadas por meio de teste de paralelismo e identidade de curvas. As farinhas FEEBI, FEEBII e a TB apresentaram composições bromatológicas diferentes, em relação aos constituintes da fibra (FDN, FDA e Lignina). As farinhas FEEBI e FEEBII apresentaram curvas de cinética de fermentação inferiores aos padrões de fermentação da TB. Com o aumento da proporção de FEEBI, FEEBII e da TB na dieta, reduz-se a produção de gases por tempo de incubação.Em virtude doexposto, pode-se afirmar que as farinhasdo endocarpo e epicarpo apresentarambaixa fermentação ruminal, o quecompromete seu uso em dietas de animais, já a TB apesar de reduzir afermentação ruminal o faz em menorproporção que as farinhas o endocarpo.


Assuntos
Animais , Análise de Alimentos , Cinética , Fermentação/fisiologia , Gorduras Vegetais , Ruminantes/crescimento & desenvolvimento , Dieta/veterinária , Ração Animal/análise
14.
Vet. Not. (Online) ; 20(2): 34-41, Jul-Dez. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502408

Resumo

We evaluate the effect of inclusion of endocarp flour I of babassu and collection time on energy and protein metabolites in sheep. Twenty sheep, intact males were randomly assigned to four treatments, which consisted of different inclusion levels of endocarp flour I of babassu (0%, 7.5%, 15% , 22.5%) . The experimental design used was completely randomized in split - plot, where the parcels were the different inclusion levels of coproduct and sub - plots in collection times of blood (zero, three, six, nine and twelve hours ), with five replicates by treatment . No interaction was found between experimental treatments and collection times of blood for all variables, except the cholesterol concentration. The collection time affected the concentration of albumin, total protein, uric acid, urea, triglycerides, calcium and phosphorus in the blood. We concluded that inclusion of different levels of endocarp flour I of babaçu not modify the protein metabolites, however, the collection time affects this variable . The inclusion of endocarp flour I of babassu do not alter triglycerides and glucose blood. Cholesterol levels are affected by this coproduct inclusion and the collection times. The maximum inclusion level of endocarp flour I of babassu does not negatively affect the energy and protein metabolites in sheep.


Nós tivemos como objetivo avaliar o efeito da inclusão da farinha do endocarpo I de babaçu e do tempo de coleta sobre os metabólitos energéticos e proteicos em ovinos. Vinte ovinos, machos não castrados foram distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos, que foram constituídos de diferentes níveis de inclusão da farinha do endocarpo I de babaçu (0%; 7,5%; 15%; 22,5%). O delineamento adotado foi o inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas os diferentes níveis de inclusão do coproduto e nas sub-parcelas os tempos de coleta (zero, três, seis, nove e doze), sendo cinco repetições por tratamento. Não houve interação entre os tratamentos experimentais e os tempos de coleta de sangue para todas as variáveis estudadas, com exceção da concentração de colesterol. O tempo de coleta afetou a concentração de albumina, proteínas totais, ácido úrico e ureia e triglicerídeos e os teores de cálcio e fósforo sanguíneos. Nós concluímos que a inclusão de diferentes níveis da farinha do endocarpo I do babaçu não modifica as concentrações dos metabólitos proteicos, no entanto, o período de coleta afeta diretamente essa variável. As crescentes inclusões da farinha do endocarpo I do babaçu não alteram os valores de triglicerídeos e de glicemia. Os teores de colesterol são afetados pelas inclusões desse coproduto e pelos tempos de coleta. O nível de inclusão máxima da farinha doendocarpo do babaçu não afetanegativamente os metabólitosenergéticos e proteicos em ovinos.


Assuntos
Animais , Gorduras Vegetais , Ovinos/crescimento & desenvolvimento , Ração Animal/análise , Alimentos para Praticantes de Atividade Física , Metabolismo
15.
Vet. Not. ; 20(1): 8-18, Jan-Jun. 2014. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481279

Resumo

This study aimed to evaluate the in vitro ruminal kinetics and degradability using  the Hohenheim Gas Test technique, babassu epicarp flour I® and II® (BEEFI and BEEFII) and babassu meal (BM) and also the inclusion of this by-product on the total mixed ration (TMR) in different levels. Two trails were conducted, the first including only pure by-products (BEEFI, BEEFII and BM) and the others tested different diets including (BEEFI, BEEFII and BM) in the following levels: 0%, 7,5%, 15,0%, 22,5% of TMR (dry matter basis). A randomized blocks design was applied, six blocks in the first trail and five in the others. The gas data were adjusted to the France et al. (1993) model and analyzed through regression approach (GaussNewton procedure). The regression equations were compared by parallelism test. The BEEFI, BEEFII and BM presented different chemical compositions, mainly on NDF, ADF and Lignin concentration. The kinetics of ruminal fermentation of BEEFI and BEEFII flours are below to the BM. The increasing of BEEFI, BEEFII and BM concentration in the diet reduced the gases production during the incubation time. The results of this study demonstrated that the fibrous flours I and II presented low ruminal fermentation, what commits your use in the animal feeding. However, in spite of BM to reduce the ruminal fermentation, this makes it in smaller proportion that the flours BEEFI and BEEFII. (AU)


Objetivou-se no experimento avaliar a cinética de fermentação e degradabilidade ruminal efetiva in vitro, através da técnica Hohenheim Gas Test, da farinha do endocarpo e epicarpo do babaçu (FEEBI e FEEBII) e da torta de babaçu (TB), além de dietas com diferentes níveis inclusão das mesmas. Foram conduzidos dois ensaios um com os subprodutos puros e outro com dietas com inclusões da FEEBI, FEEBII, TB nas seguintes proporções: 0,0; 7,5; 15,0 e 22,5% da matéria seca total. O delineamento foi o de blocos casualizados sendo seis blocos no primeiro e cinco na avaliação das dietas contendo os subprodutos. Os tempos de mensuração dos gases produzidos foram 3, 6, 9, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. O modelo de France et al. (1993) foi ajustado aos dados e as equações de regressão obtidas foram comparadas por meio de teste de paralelismo e identidade de curvas. As farinhas FEEBI, FEEBII e a TB apresentaram composições bromatológicas diferentes, em relação aos constituintes da fibra (FDN, FDA e Lignina). As farinhas FEEBI e FEEBII apresentaram curvas de cinética de fermentação inferiores aos padrões de fermentação da TB. Com o aumento da proporção de FEEBI, FEEBII e da TB na dieta, reduz-se a produção de gases por tempo de incubação.Em virtude doexposto, pode-se afirmar que as farinhasdo endocarpo e epicarpo apresentarambaixa fermentação ruminal, o quecompromete seu uso em dietas de animais, já a TB apesar de reduzir afermentação ruminal o faz em menorproporção que as farinhas o endocarpo. (AU)


Assuntos
Animais , Análise de Alimentos , Cinética , Fermentação/fisiologia , Gorduras Vegetais , Ruminantes/crescimento & desenvolvimento , Dieta/veterinária , Ração Animal/análise
16.
Vet. Not. ; 20(2): 34-41, Jul-Dez. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481269

Resumo

We evaluate the effect of inclusion of endocarp flour I of babassu and collection time on energy and protein metabolites in sheep. Twenty sheep, intact males were randomly assigned to four treatments, which consisted of different inclusion levels of endocarp flour I of babassu (0%, 7.5%, 15% , 22.5%) . The experimental design used was completely randomized in split - plot, where the parcels were the different inclusion levels of coproduct and sub - plots in collection times of blood (zero, three, six, nine and twelve hours ), with five replicates by treatment . No interaction was found between experimental treatments and collection times of blood for all variables, except the cholesterol concentration. The collection time affected the concentration of albumin, total protein, uric acid, urea, triglycerides, calcium and phosphorus in the blood. We concluded that inclusion of different levels of endocarp flour I of babaçu not modify the protein metabolites, however, the collection time affects this variable . The inclusion of endocarp flour I of babassu do not alter triglycerides and glucose blood. Cholesterol levels are affected by this coproduct inclusion and the collection times. The maximum inclusion level of endocarp flour I of babassu does not negatively affect the energy and protein metabolites in sheep.(AU)


Nós tivemos como objetivo avaliar o efeito da inclusão da farinha do endocarpo I de babaçu e do tempo de coleta sobre os metabólitos energéticos e proteicos em ovinos. Vinte ovinos, machos não castrados foram distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos, que foram constituídos de diferentes níveis de inclusão da farinha do endocarpo I de babaçu (0%; 7,5%; 15%; 22,5%). O delineamento adotado foi o inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas os diferentes níveis de inclusão do coproduto e nas sub-parcelas os tempos de coleta (zero, três, seis, nove e doze), sendo cinco repetições por tratamento. Não houve interação entre os tratamentos experimentais e os tempos de coleta de sangue para todas as variáveis estudadas, com exceção da concentração de colesterol. O tempo de coleta afetou a concentração de albumina, proteínas totais, ácido úrico e ureia e triglicerídeos e os teores de cálcio e fósforo sanguíneos. Nós concluímos que a inclusão de diferentes níveis da farinha do endocarpo I do babaçu não modifica as concentrações dos metabólitos proteicos, no entanto, o período de coleta afeta diretamente essa variável. As crescentes inclusões da farinha do endocarpo I do babaçu não alteram os valores de triglicerídeos e de glicemia. Os teores de colesterol são afetados pelas inclusões desse coproduto e pelos tempos de coleta. O nível de inclusão máxima da farinha doendocarpo do babaçu não afetanegativamente os metabólitosenergéticos e proteicos em ovinos.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos/crescimento & desenvolvimento , Gorduras Vegetais , Ração Animal , Alimentos para Praticantes de Atividade Física , Metabolismo
17.
R. cient. eletr. Med. Vet. ; 23: 1-17, jul. 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-691189

Resumo

O babaçu apresenta importância do ponto de vista ecológico, social e político. É um recurso extrativista oleifero, sua exploração envolve o trabalho de milhares de famílias e ocorre no período de entressafra de produtos como milho e farelo de soja, concorrendo, portanto, para a manutenção dessas famílias, e contribuindo para conter o êxodo rural, além de exercer um papel fundamental na manutenção da fertilidade do solo. O mesocarpo do babaçu é a camada marrom clara localizada após o epicarpo, com alto valor energético, rico em amido e fibras. A partir do mesocarpo são confeccionados muitos produtos, merecendo destaque a farinha, utilizada na alimentação humana e animal, por apresentar conteúdo orgânico e mineral, constituintes essenciais à nutrição humana e animal. (AU)


The babassu shows importance of ecologic, social and politic. It is a resource extractive oleifero, its exploitation involves the work of thousands of families and occurs the period between harvests such as corn and soybean meal, contributing thus to the maintenance of these families, and helping to stem the rural exodus, as well as play a vital role in the maintenance of soil fertility. The babassu mesocarp layer is light brown located after the epicarp, with high energy, rich in starch and fiber. From the mesocarp many products are made, with emphasis flour, used in food and feed by presenting organic content and mineral constituents essential to human and animal nutrition. (AU)


Assuntos
Animais , Arecaceae/química , Farinha/análise , Gorduras Vegetais , Galinhas/metabolismo , Suplementos Nutricionais/análise , Dieta/veterinária , Ração Animal
18.
Vet. Not. (Online) ; 20(2): 48-56, Jul-Dez. 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502414

Resumo

The objective was to evaluate the effect of inclusion of babassu pie in sheep feeding on the energy, protein and mineral metabolism, as well as, the effect of collection period on these variables. Twenty males intact sheep were assigned to four treatments, which were inclusion levels babassu pie (zero, 7.5%, 15%, 22. 5%) in the diet, according to completely randomized design, in split plot, where the parcels were diets and the subplots the collection times (zero, three, six, nine and twelve hours) with five replications. There was no interaction between inclusion level s babassu pie and collection time for blood concentrations of total protein, albumin, uric acid, urea, triglycerides, phosphorus and magnesium. No effect of collection time on these variables (P 0.05). The levels of blood urea linearly decreased with the inclusion of babassu pie. The inclusion coproduct promoted linear increase in levels of blood cholesterol. There was interaction between inclusion levels of babassu pie and period collection of blood for calcium concentration (P>0.05). Having regard to behavior presented by the metabolites analyzed, babassu pie can be used by up to 22.5% in sheep diet, since this level of inclusion does not cause metabolic disorders or reduction in energy, protein and mineral metabolism.


Objetivou-se, com o presente trabalho, avaliar o efeito da inclusão da torta de babaçu na alimentação de ovinos sobre o metabolismo energético, proteico e mineral, bem como verificar o efeito do período de coleta sobre essas variáveis. Vinte ovinos machos, não castrados foram distribuídos em quatro tratamentos, que foram níveis de inclusão da torta de babaçu (zero; 7,5%; 15%; 22,5%) na dieta, segundo delineamento inteiramente ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas as dietas e nas sub-parcelas os tempos de coleta (zero, três, seis, nove e doze) com cinco repetições. Não houve interação significativa entre os níveis de inclusão da torta de babaçu e os tempos de coleta de sangue, para as concentrações sanguíneas de proteínas totais, albumina, ácido úrico, ureia, triglicerídeos, fósforo e magnésio. Não houve efeito do tempo de coleta sobre essas variáveis (P0,05). Considerando o comportamento apresentado pelos metabólitos analisados, a torta do babaçu pode ser utilizada em até 22,5% na dieta de ovinos, uma vez que, esse nível de inclusão não ocasiona distúrbios metabólicos ou redução no metabolismo energético, proteico e mineral.


Assuntos
Animais , Cocos , Dieta , Gorduras Vegetais , Metabolismo , Ovinos/crescimento & desenvolvimento , Ração Animal/análise , Colesterol , Coleta de Amostras Sanguíneas/veterinária , Cálcio
19.
Anim. Reprod. (Online) ; 11(2): 85-95, April/June 2014. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1461106

Resumo

[...] Fifteen water buffalos kept on pasture were used as semen donors. The animals received daily dietary supplementation (1% of body weight ) for 252 days, and were divided into three groups: Control ( n = 5; conventional concentrate), CM - Base ( n = 5; coconut meal concentrate) , and PKC - Base ( n = 5; palm kernel cake concentrate). Aspect, color, volume, pH, gross motility, vigor, progressive sperm motility, plasma membrane integrity, and sperm morphology of ejaculates were evaluated (173 samples). The daily average for voluntary concentrate intake was 4.778 ± 1.233 kg in the Control group , 3.112 ± 0.693 kg in CM - Base, and 4.558 ± 1.077 kg in PKC - Base group ( P > 0. 05). Diet based on palm kernel cake supplementation had a positive effect on semen quality. The plasma membrane integrity levels were increased in PKC - Base animals (Control: 68.0 ± 19.5; CM - Base: 72.0 ± 22.6; PKC - Base: 8 2.1 ± 12.2; P 0.05) .Hence, palm kernel cake - based dietary supplementation for water buffalos provided more lipids and minerals, which intake is related to the improvement of sperm quality, with higher sperm motility an d higher levels of spermatozoa with plasma membrane integrity


Assuntos
Masculino , Animais , Bovinos , Alimentos de Coco , Análise do Sêmen/veterinária , Búfalos/fisiologia , Elaeis guineensis , Gorduras na Dieta/administração & dosagem , Gorduras Vegetais , Ração Animal
20.
Anim. Reprod. ; 11(2): 85-95, April/June 2014. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-11171

Resumo

[...] Fifteen water buffalos kept on pasture were used as semen donors. The animals received daily dietary supplementation (1% of body weight ) for 252 days, and were divided into three groups: Control ( n = 5; conventional concentrate), CM - Base ( n = 5; coconut meal concentrate) , and PKC - Base ( n = 5; palm kernel cake concentrate). Aspect, color, volume, pH, gross motility, vigor, progressive sperm motility, plasma membrane integrity, and sperm morphology of ejaculates were evaluated (173 samples). The daily average for voluntary concentrate intake was 4.778 ± 1.233 kg in the Control group , 3.112 ± 0.693 kg in CM - Base, and 4.558 ± 1.077 kg in PKC - Base group ( P > 0. 05). Diet based on palm kernel cake supplementation had a positive effect on semen quality. The plasma membrane integrity levels were increased in PKC - Base animals (Control: 68.0 ± 19.5; CM - Base: 72.0 ± 22.6; PKC - Base: 8 2.1 ± 12.2; P < 0.05). In addition, progressive sperm motility was higher in the PKC - Base group (71.7 ± 15.1% PKC - Base; 59.3 ± 20.5% Control; 56.7 ± 24.8% CM - Base; P < 0.05). Lower sperm concentration values were observed in the PKC - Base group, but they did not deviate from the physiological standards from 524.10 ± 20.70 to 1,031.4 ± 28.70 x 10 6 sptz/m l, or of 1,493 x 10 6 sptz/m l . The other sperm parameters did not have significant differences (P > 0.05) .Hence, palm kernel cake - based dietary supplementation for water buffalos provided more lipids and minerals, which intake is related to the improvement of sperm quality, with higher sperm motility an d higher levels of spermatozoa with plasma membrane integrity (AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Bovinos , Búfalos/fisiologia , Análise do Sêmen/veterinária , Gorduras na Dieta/administração & dosagem , Alimentos de Coco , Elaeis guineensis , Gorduras Vegetais , Ração Animal
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA