Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 50(7): e20190821, June 8, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28273

Resumo

The use of imidazolinone-tolerant rice cultivars allows selective control of weedy rice and barnyardgrass. However, in many situations, there is a need to add herbicides from other chemical groups to increase the spectrum of weed control. In this sense, saflufenacil has the potential to be used in mixture with imidazolinone herbicides. This study aimed to evaluate the interaction effects of the imazapyr+imazapic and saflufenacil herbicides in weedy rice and barnyardgrass and to investigate their impacts on the yield of the irrigated rice cultivar Puitá INTA CL. To reach these aims, greenhouse and field experiments were carried out during two growing seasons, with herbicide treatments sprayed separately and in mixtures of saflufenacil with imazapyr+imazapic. Results showed that saflufenacil did not interfere with control of weedy rice and barnyardgrass obtained with imazapyr+imazapic. The D50 values of imazapyr+imazapic for weedy rice control were 14.5+5, 9.1+3 and 12.5+4.2 g ha-1of imazapyr+imazapic for combinations with 0, 3.06 and 6.12 g ha-1of saflufenacil, respectively. In the field experiments, all doses of imazapyr+imazapic applied isolated or in mixture with saflufenacil provided control levels barnyardgrass above 90% at 28 days after herbicides application. Furthermore, saflufenacil did not cause damage or loss in the yield of the rice crop when mixed with imazapyr+imazapic. The Puitá INTA CL rice cultivar was tolerant of the tested herbicides, whether applied alone or in mixture, reaching grain yield of 9.987 kg ha-1 when applied 42 g ha-1 of saflufenacil plus 147+49 g ha-1 of imazapyr+imazapic.(AU)


A utilização de cultivares de arroz tolerantes às imidazolinonas possibilita um controle seletivo de arroz-daninho. No entanto, em muitas situações existe a necessidade de adição de herbicidas de outros grupos químicos para aumentar o espectro de controle de plantas daninhas. Neste sentido, saflufenacil apresenta potencial para ser utilizado em mistura com herbicidas imidazolinonas. Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da interação dos herbicidas imazapyr+imazapic e saflufenacil em arroz-daninho e capim-arroz; e averiguar os impactos sobre a produtividade do cultivar de arroz irrigado Puitá INTA CL. Para alcançar esses objetivos, foram realizados experimentos em casa de vegetação e a campo em duas estações de cultivo, com os tratamentos herbicidas aplicados separadamente e em misturas de saflufenacil com imazapyr+imazapic. Os resultados mostraram que a adição de saflufenacil não interferiu no controle de arroz-daninho e capim-arroz obtido com imazapyr+imazapic. Os valores D50 de imazapyr+imazapic para o controle de arroz-daninho foram 14,5+5; 9,1+3 e 12,5+4,2 g ha-1 de imazapyr+imazapic para combinações com 0; 3,06 e 6,12 g ha-1 de saflufenacil. No experimento de campo todas doses de imazapyr+imazapic, aplicadas isoladas ou em mistura, proveram níveis de controle de capim-arroz superiores a 90% aos 28 dias após a aplicação dos herbicidas. Além disso, saflufenacil não causou injúrias ou perda de rendimento da cultura do arroz quando misturado com imazapyr+imazapic. O cultivar Puitá INTA CL foi tolerante aos herbicidas testados, sejam aplicados isolados ou em mistura, atingindo uma produtividade de 9.987 Kg ha-1 quando aplicado 42 g ha-1 de saflufenacil mais 147+49 g ha-1 de imazapyr+imazapic.(AU)


Assuntos
Echinochloa/efeitos dos fármacos , Oryza/efeitos dos fármacos , Irrigação Agrícola , Herbicidas/administração & dosagem , Herbicidas/farmacologia
2.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 27(1): 41-50, jan.-mar. 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-20308

Resumo

Helminth parasites have been studied as potential accumulators for different pollutants. Echinostoma paraensei is a foodborne trematode whose vertebrate host, the rodent Nectomys squamipes, is naturally exposed to environmental pesticides. However, little information exists regarding the pesticides effects on helminths. This study investigated the morphological effects on the trematode, E. paraensei, after experimental Roundup® herbicide exposure, in concentrations below those recommended for agricultural use. After two hours of exposure, scanning electron microscopy (SEM) showed changes to the tegument, such as furrowing, shrinkage, peeling, spines loss on the peristomic collar, and histopathological evidence of altered cells in the cecum and acinus vitelline glands with vacuoles and structural changes to the muscular layers. Glycidic content was decreased, primarily in the connective tissue. As E. paraensei is an intestinal parasite of the semi-aquatic wild rodent, N. squamipes, it is predisposed to pesticide exposure resulting from agricultural practices. Therefore, we emphasize the need to evaluate its impact on helminth parasites, due to their pivotal role in regulating host populations.(AU)


Helmintos parasitos tem sido estudados como acumuladores potenciais para diferentes poluentes. O trematódeo E. paraensei tem como hospedeiro vertebrado o roedor Nectomys squamipes naturalmente exposto a pesticidas no meio ambiente. No entanto, pouca informação está disponível sobre os efeitos dos pesticidas em helmintos parasitos. O presente estudo investigou, em condições experimentais, os efeitos morfológicos no trematódeo E. paraensei após a exposição ao herbicida Roundup®, em concentrações abaixo das recomendadas para a utilização agrícola. A microscopia eletrônica de varredura (MEV) mostrou após duas horas de exposição, alterações no tegumento, como enrugamento, contração e descamação com perda de espinhos no colar peristômico e análise histopatológica evidenciou células do ceco alteradas, as glândulas vitelínicas com vacúolos e mudanças estruturais nas camadas musculares. Diminuição do conteúdo glicídico, principalmente no tecido conjuntivo, também foi observado. Considerando a predisposição à exposição a pesticidas agrícolas de N. squamipes infectado por E. paraensei, são necessários estudos para avaliar o impacto de tais resíduos frente aos helmintos e seus hospedeiros.(AU)


Assuntos
Animais , Helmintos , Echinostoma/anatomia & histologia , Echinostoma , Echinostoma/ultraestrutura , Praguicidas/farmacologia , Herbicidas/farmacologia , Trematódeos , Ratos/parasitologia , Microscopia Eletrônica de Varredura , Técnicas In Vitro
3.
Pesqui. vet. bras ; 36(3): 174-180, mar. 2016. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-334163

Resumo

O uso inadequado de herbicidas pode resultar em intoxicações agudas e, às vezes, crônicas por exposição em longo prazo a baixos níveis desses agentes tóxicos, podendo o herbicida atuar também como agentes teratogênicos, mutagênicos, cancerígenos e desreguladores endócrinos, com o aparecimento de doenças neurodegenerativas e distúrbios reprodutivos. Estudos têm revelado que a melatonina tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e imunomoduladoras e atua na reprodução. Essa indolamina está entre os agentes que têm se mostrado benéfico em intoxicações por herbicidas, porém não há relatos do uso de melatonina contra intoxicações por Glifosato-Roundup®, muito menos em associação com o Paraquat. Dessa forma, o maior interesse no tratamento das intoxicações por herbicidas, tem-se concentrado em medidas que impeçam ou minimizem as lesões celulares provocadas nos diversos sistemas biológicos. Assim, a melatonina, como antioxidante conhecido, pode ser mais uma alternativa contra as intoxicações por herbicidas associados e/ou individuais.(AU)


The inadequate use of herbicides may cause serious and sometimes chronic poisoning due to long exposure to low levels of toxic agents. Herbicides may also be teratogenic, mutagenic, cancerigenous agents and endocrine disruptors, with the occurrence of neurodegenerative diseases and reproduction disorders. Several studies have shown that melatonin has antioxidant, anti-inflammatory and immune-modulating qualities, besides affecting the reproduction system. It is among the agents which are beneficent in poisoning by herbicides even though no reports are extant on the use of melatonin against poisoning by Glyphosate-Roundup® alone or associated with Paraquat. Solutions that prevent or minimize cell lesions caused by several biological systems have been focused upon in the treatment for poisoning with herbicides. Thus, melatonin, a known antioxidant, may be an alternative against the poisoning by single or associated herbicides.(AU)


Assuntos
Herbicidas/análise , Herbicidas/farmacologia , Herbicidas/toxicidade , Herbicidas/efeitos adversos , Melatonina/antagonistas & inibidores , Paraquat/efeitos adversos , Paraquat/toxicidade , Antioxidantes , Saúde Pública , Citoproteção
4.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 61(3): 621-627, jun. 2009. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6337

Resumo

Avaliou-se o uso de brânquias, fígado e rins como biomarcadores histológicos em ensaio de toxicidade crônica com o herbicida Roundup® em piauçu (Leporinus. macrocephalus). Para tanto, os animais foram expostos a 1,58mg/L, dose equivalente a 1/10 da CL50 para a espécie por 14 e 28 dias, sendo utilizados cinco animais por tratamento correspondentes aos dias 0, 14 e 28. Hemorragia e necrose hepática e congestão renal foram as alterações que apresentaram diferenças entre os animais expostos e os não expostos. Dentre os órgãos usados como biomarcadores histopatológicos, o fígado foi o que apresentou os melhores resultados, seguido pelo rim.(AU)


The use of gills, liver, and kidneys as histological biomarkers was evaluated in a chronic toxicity analysis with herbicide Roundup® in piauçu (Leporinus macrocephalus). The animals were exposed to 1/10 of LC50 (1.58mg/L), during a period of 14 and 28 days. Five animals were used for treatment (days 0, 14, and 28). Hepatic hemorrhage and necrosis and renal congestion were the alterations that presented differences between exposed and non-exposed animals. Among the organs used as histological biomarkers, the liver presented the best results, followed by the kidneys.(AU)


Assuntos
Animais , Biomarcadores , Brânquias , Fígado , Rim , Testes de Toxicidade Crônica/análise , Herbicidas/farmacologia , Peixes/anatomia & histologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA