Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. Zoot. ; 26: 1-5, 29 nov. 2019. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25142

Resumo

Intussuscepção é uma afecção relativamente comum na clínica veterinária, porém é uma condição rara em felinos. Caracteriza-se pela invaginação de um segmento intestinal em outro adjacente. Os fatores predisponentes de intussuscepção são desconhecidos, no entanto acredita-se que corpos estranhos, neoplasias, parasitismos e até mesmo causas idiopáticas podem levar a esta afecção. Os sinais clínicos em gatos são inespecíficos e geralmente incluem anorexia, perda de peso, desidratação e massa palpável abdominal. O diagnóstico se dá pelos sinais clínicos e exames complementares, como radiografias e ultrassonografias, mas em alguns casos à doença pode evoluir rapidamente, o que muitas vezes pode impedir um diagnóstico precoce, como no caso relatado de um felino fêmea, da raça American Curl de aproximadamente dois anos de idade, com histórico de êmese e emagrecimento. O animal apresentou rápida piora no quadro clínico e foi a óbito dois dias após o início dos sinais clínicos. As alterações macroscópicas encontradas no exame de necropsia foram compatíveis com intussuscepção duodenojejunal.(AU)


Intussusception is a relatively common condition in the veterinary clinic, but is a rare condition in felines. It is characterized by the invagination of one intestinal segment in an adjacent one. The predisposing factors of intussusception are unknown; however it is believed that foreign bodies, neoplasms, parasitisms and even idiopathic causes can lead to this condition. Clinical signs in cats are non-specific and generally include anorexia, weight loss, dehydration, and palpable abdominal mass. Diagnosis is due to clinical signs and complementary tests, such as X-rays and ultrasound, but in some cases the disease can evolve rapidly, which can often prevent an early diagnosis, as in the case of a female American Curl feline. Approximately two years old, with a history of emesis and weight loss. The animal presented a rapid worsening in the clinical picture and died two days after the onset of clinical signs. The macroscopic changes found in the necropsy examination were compatible with duodenojejunal intussusception.(AU)


La intususcepción es una afección relativamente común en la clínica veterinaria, pero es una condición rara en los felinos. Se caracteriza por la invaginación de un segmento intestinal en otro adyacente. Los factores predisponentes de intususcepción son desconocidos, pero se cree que los cuerpos extraños, las neoplasias, los parasitismos e incluso las causas idiopáticas pueden conducir a esta afección. Los signos clínicos en gatos son inespecíficos y generalmente incluyen anorexia, pérdida de peso, deshidratación y masa palpable abdominal. El diagnóstico se da por los signos clínicos y complementarios complementarios, como radiografías y ultrasonografías, pero en algunos casos la enfermedad puede evolucionar rápidamente, lo que muchas veces puede impedir un diagnóstico precoz, como en el caso relatado de un felino hembra, raza American Curl de aproximadamente dos años de edad, con historial de eemesis y adelgazamiento. El animal presentó un rápido empeoramiento en el cuadro clínico y murió dos días después del inicio de los signos clínicos. Los cambios macroscópicos encontrados en el examen de neurosis fueron compatibles con intususcepción duodenojejunal.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Gatos , Intussuscepção/patologia , Intussuscepção/veterinária , Duodeno/patologia , Jejuno/patologia , Autopsia/veterinária
2.
Vet. zootec ; 26: 1-5, 25 fev. 2019. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1503557

Resumo

Intussuscepção é uma afecção relativamente comum na clínica veterinária, porém é uma condição rara em felinos. Caracteriza-se pela invaginação de um segmento intestinal em outro adjacente. Os fatores predisponentes de intussuscepção são desconhecidos, no entanto acredita-se que corpos estranhos, neoplasias, parasitismos e até mesmo causas idiopáticas podem levar a esta afecção. Os sinais clínicos em gatos são inespecíficos e geralmente incluem anorexia, perda de peso, desidratação e massa palpável abdominal. O diagnóstico se dá pelos sinais clínicos e exames complementares, como radiografias e ultrassonografias, mas em alguns casos à doença pode evoluir rapidamente, o que muitas vezes pode impedir um diagnóstico precoce, como no caso relatado de um felino fêmea, da raça American Curl de aproximadamente dois anos de idade, com histórico de êmese e emagrecimento. O animal apresentou rápida piora no quadro clínico e foi a óbito dois dias após o início dos sinais clínicos. As alterações macroscópicas encontradas no exame de necropsia foram compatíveis com intussuscepção duodenojejunal.


Intussusception is a relatively common condition in the veterinary clinic, but is a rare condition in felines. It is characterized by the invagination of one intestinal segment in an adjacent one. The predisposing factors of intussusception are unknown; however it is believed that foreign bodies, neoplasms, parasitisms and even idiopathic causes can lead to this condition. Clinical signs in cats are non-specific and generally include anorexia, weight loss, dehydration, and palpable abdominal mass. Diagnosis is due to clinical signs and complementary tests, such as X-rays and ultrasound, but in some cases the disease can evolve rapidly, which can often prevent an early diagnosis, as in the case of a female American Curl feline. Approximately two years old, with a history of emesis and weight loss. The animal presented a rapid worsening in the clinical picture and died two days after the onset of clinical signs. The macroscopic changes found in the necropsy examination were compatible with duodenojejunal intussusception.


La intususcepción es una afección relativamente común en la clínica veterinaria, pero es una condición rara en los felinos. Se caracteriza por la invaginación de un segmento intestinal en otro adyacente. Los factores predisponentes de intususcepción son desconocidos, pero se cree que los cuerpos extraños, las neoplasias, los parasitismos e incluso las causas idiopáticas pueden conducir a esta afección. Los signos clínicos en gatos son inespecíficos y generalmente incluyen anorexia, pérdida de peso, deshidratación y masa palpable abdominal. El diagnóstico se da por los signos clínicos y complementarios complementarios, como radiografías y ultrasonografías, pero en algunos casos la enfermedad puede evolucionar rápidamente, lo que muchas veces puede impedir un diagnóstico precoz, como en el caso relatado de un felino hembra, raza American Curl de aproximadamente dos años de edad, con historial de eemesis y adelgazamiento. El animal presentó un rápido empeoramiento en el cuadro clínico y murió dos días después del inicio de los signos clínicos. Los cambios macroscópicos encontrados en el examen de neurosis fueron compatibles con intususcepción duodenojejunal.


Assuntos
Feminino , Animais , Gatos , Duodeno/patologia , Intussuscepção/patologia , Intussuscepção/veterinária , Jejuno/patologia , Autopsia/veterinária
3.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 53(4): 01-04, 2016. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15506

Resumo

Intussusceptions are unusual intestinal incidents which may result in acute and progressive or recurrent abdominal discomfort in foals. This condition asymptomatically affects newborn foals (3-12 months), are surgical emergencies when it involves the small intestine, especially the jejunum. Transabdominal ultrasound evaluation is an important diagnostic method, due to their size limitations for acute abdomen evaluation. The present report shows the importance of using transabdominal ultrasound in foals with acute abdomen.(AU)


As intussuscepções são acidentes intestinais incomuns e que podem resultar em desconforto abdominal agudo e progressivo ou recorrente em potros. Esta condição afeta potros neonatos de forma assintomática e de 3 a 12 meses são emergências cirúrgicas quando envolvem o intestino delgado, principalmente o jejuno. A avaliação ultrassonográfica transabdominal é um importante para o exame desses animais devido às limitações de seu tamanho para avaliações do abdômen agudo. O presente relato de caso mostra a importância da utilização do ultrassom transabdominal em potros com abdômen agudo.(AU)


Assuntos
Animais , Intussuscepção , Intussuscepção/veterinária , Jejuno/patologia , Cavalos , Abdome , Ultrassonografia/veterinária
4.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 53(4): 01-04, 2016. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1471065

Resumo

Intussusceptions are unusual intestinal incidents which may result in acute and progressive or recurrent abdominal discomfort in foals. This condition asymptomatically affects newborn foals (3-12 months), are surgical emergencies when it involves the small intestine, especially the jejunum. Transabdominal ultrasound evaluation is an important diagnostic method, due to their size limitations for acute abdomen evaluation. The present report shows the importance of using transabdominal ultrasound in foals with acute abdomen.


As intussuscepções são acidentes intestinais incomuns e que podem resultar em desconforto abdominal agudo e progressivo ou recorrente em potros. Esta condição afeta potros neonatos de forma assintomática e de 3 a 12 meses são emergências cirúrgicas quando envolvem o intestino delgado, principalmente o jejuno. A avaliação ultrassonográfica transabdominal é um importante para o exame desses animais devido às limitações de seu tamanho para avaliações do abdômen agudo. O presente relato de caso mostra a importância da utilização do ultrassom transabdominal em potros com abdômen agudo.


Assuntos
Animais , Abdome , Cavalos , Intussuscepção , Intussuscepção/veterinária , Jejuno/patologia , Ultrassonografia/veterinária
5.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-875392

Resumo

Intussusceptions are unusual intestinal incidents which may result in acute and progressive or recurrent abdominal discomfort in foals. This condition asymptomatically affects newborn foals (3-12 months), are surgical emergencies when it involves the small intestine, especially the jejunum. Transabdominal ultrasound evaluation is an important diagnostic method, due to their size limitations for acute abdomen evaluation. The present report shows the importance of using transabdominal ultrasound in foals with acute abdomen.(AU)


As intussuscepções são acidentes intestinais incomuns e que podem resultar em desconforto abdominal agudo e progressivo ou recorrente em potros. Esta condição afeta potros neonatos de forma assintomática e de 3 a 12 meses são emergências cirúrgicas quando envolvem o intestino delgado, principalmente o jejuno. A avaliação ultrassonográfica transabdominal é um importante para o exame desses animais devido às limitações de seu tamanho para avaliações do abdômen agudo. O presente relato de caso mostra a importância da utilização do ultrassom transabdominal em potros com abdômen agudo.(AU)


Assuntos
Animais , Abdome/diagnóstico por imagem , Cavalos , Intussuscepção/diagnóstico por imagem , Intussuscepção/veterinária , Jejuno/patologia , Ultrassonografia/veterinária
6.
Pesqui. vet. bras ; 32(9): 817-823, set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-3696

Resumo

A laminite é uma doença podal grave que acomete os equídeos, sendo responsável por intenso sofrimento. Neste estudo foram pesquisadas a presença de calprotectina por meio da imunoistoquímica, e de lipocalina associada à gelatinase de neutrófilos (NGAL), por zimografia, no tecido laminar do casco de equinos após obstrução intestinal. Os animais foram divididos em quatro grupos: Grupo controle (Gc), contendo sete animais normais, sem procedimento cirúrgico; Grupo Instrumentado (Gi), contendo cinco animais, os quais passaram por todo o procedimento cirúrgico sem sofrerem obstrução intestinal; Grupo Não Tratado (Gnt), contendo quatro equinos submetidos a obstrução intestinal do jejuno por distensão de balão intraluminal, sem tratamento; e Grupo Tratado (Gt), contendo quatro equinos submetidos a obstrução intestinal, e tratados preventivamente com hidrocortisona. Houve imunomarcação de calprotectina em todos os grupos experimentais, com aumento nos equinos do grupo distendido em relação ao Gc. Com relação ao NGAL, houve aumento também do Gnt e do Gi em relação ao Gc. O Gt não diferiu dos demais. Conclui-se que a distensão do intestino delgado pode promover acúmulos de leucócitos nos cascos de equinos e que o NGAL é um método viável para se detectar infiltração neutrofílica em equinos. Novos estudos deverão ser realizados para se verificar possível benefício anti-inflamatório da hidrocortisona no casco de equinos com obstrução intestinal.(AU)


Laminitis is a severe hoof condition in horses that may cause intense suffering. In this study, leukocyte infiltration in hoof laminar tissue was investigated in horses subject to intestinal obstruction using immunohistochemistry to detect calprotectin, and zymography to detect neutrophil gelatinase associated lipocalin (NGAL). There were four groups: the Control Group (Gc), with seven horses, without surgical procedures; the Sham-operated Group (Gi), with five horses that were subjected to surgical procedure without intestinal obstruction; the No Treat group (Gnt), with four horses subjected to intestinal obstruction (jejunal distention using an intraluminal balloon) without treatment; and Treated group (Gt), with four horses subjected to intestinal obstruction and treated with hydrocortisone. Positive calprotectin imunostaining was detected in all experimental groups, with increase cell counts in horses of the distended group compared with the control group. NGAL expression was increased in Gd compared with Gc e Gi. The Gt did not differ from the others. In conclusion, small intestine distension can promote leukocyte infiltration in equine hoof laminar tissue, and NGAL zymography was considered a useful method for leukocyte tissue detection in horses. New studies will be conducted to verify the possible beneficial anti-inflammatory effects of hydrocortisone in hoof of horses with intestinal obstruction.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/metabolismo , Jejuno/patologia , Leucócitos , Gastroenteropatias/veterinária , Hidrocortisona/uso terapêutico , Glucocorticoides/uso terapêutico
7.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 62(5): 1036-1042, out. 2010. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5988

Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar as alterações ultraestruturais nas vilosidades do jejuno de seis equinos submetidos à distensão intraluminal com solução salina. A pressão intraluminal foi mantida em 25cm de água durante duas horas. As amostras de mucosa intestinal colhidas às: zero hora; duas horas de distensão; e duas horas e 12h de descompressão foram analisadas por meio de microscopia eletrônica de varredura. Avaliaram-se a área e o perímetro das vilosidades e sua densidade, usando-se um programa computacional de análise de imagens (Image J). A distensão luminal promoveu aumentos da área e do perímetro das vilosidades intestinais. Essa alteração ultraestrutural ocorreu somente 12h após a descompressão e considerou-se que a provável causa seria o edema promovido por aumento da permeabilidade vascular decorrente de um processo de isquemia e reperfusão da mucosa intestinal. Concluiu-se que a distensão intraluminal do jejuno equino promoveu, tardiamente, aumento das dimensões das vilosidades intestinais.(AU)


The ultra-structural alterations in the equine jejune villi caused by intraluminal distension were analyzed. Six animals had a jejunum segment distended with saline solution. The intraluminal pressure was maintained in 25cm of water for 2h. The mucosal samples collected (0h, 2h of distension, 2h and 12h of decompression) were analyzed with scan electronic microscopy (SEM). The area and the perimeter of the villi, as well as their density, were analyzed using a specific software for image analysis (Image J). The luminal distention and decompression induced an increase on villi dimensions (area and perimeter). This ultrastructural alteration occurred just 12h after decompression, possibily due to edema caused by the increase of vascular permeability resulting from ischemia and reperfusion of the intestine mucosa. The intraluminal distension of the equine jejune caused a delayed increase of the intestine villi dimensions.(AU)


Assuntos
Animais , Jejuno/patologia , Isquemia , Reperfusão , Cavalos , Doenças do Jejuno
8.
Acta cir. bras. ; 21(1): 43-46, jan.-fev. 2006. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-14634

Resumo

OBJETIVO: Investigar em ratos Wistar as respostas adaptativas da mucosa em conseqüência da desnervação intrínseca do jejuno após ressecção intestinal extensa. MÉTODOS: Utilizaram-se 30 ratos distribuídos em três grupos segundo o procedimento realizado: C (controle), R (ressecção intestinal) e D (ressecção intestinal e desnervação intrínseca do jejuno). Posteriormente foi avaliado o ganho de peso e realizado estudos morfométrico da mucosa intestinal. RESULTADOS: Os animais do grupo D apresentaram ganho ponderal consideravelmente maior do que os do grupo R (D=312,2+ ou -21g e R=196,7+ ou -36,2g). A contagem neuronal mostrou diminuição na população de neurônios mientéricos no grupo D (344,8+ ou -34,8 neurônios/mm de jejuno) em relação aos outros grupos (R=909,0+ ou -55,5 e C=898,5+ ou -73,3). A área do epitélio da mucosa jejunal foi maior no grupo D (10,8+ ou -4,3mm²) em comparação aos grupos R (7,3+ ou -3,9mm²) e C (5,8+ ou -3,0mm²). O índice de proliferação celular epitelial da mucosa foi maior no grupo D (48,7%), em relação aos grupos R (31,9%) e C (23,6%). CONCLUSÕES: O modelo experimental mostrou-se eficaz em melhorar o ganho ponderal dos animais submetidos à ressecção intestinal extensa, provocando intensificação da resposta hiperplásica da mucosa, a qual provavelmente levou a aumento da superfície de absorção de nutrientes. Abrem-se boas perspectivas para novas abordagens cirúrgicas para a síndrome do intestino curto.(AU)


PURPOSE: To investigate the effects of intrinsic denervation of the jejunum after the extensive intestinal resection in rats. METHODS: Thirty male Wistar rats were distributed into three groups, depending on the experimental procedure: Group C (control), Group R (resection) and Group D (resection plus denervation). The body weight gain and a histomorphometric study of the jejunal mucosa were performed. RESULTS: The mean body weight of the group D animals showed a higher increase when compared to group R (D=312,2+ or -21g and R=196,7+ or -36,2g). The number of jejunum myenteric neurons was smaller in group D (344,8+ or -34,8 neurons/mm) when compared to other groups (R=909,0+ or -55,5 and C=898,5+ or -73,3). A hyperplasia of the jejunum mucosal epithelium was observed in the group D but also in the group R (R=7,3+ or -3,9mm² and D=10,8+ or -4,3mm²), when compared to group C (C=5,8+ or -3,0mm²). The epithelial cell proliferation of the jejunum was higher in group D animals (48,7%) when compared to the other groups (R=31,9% and C=23,6%). CONCLUSIONS: The denervated animals presented an increase the body weight gain and mucosal cell proliferation responses when compared to the control group. This experimental model may provide new strategies for the surgical treatment of the short bowel syndrome.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Jejuno/inervação , Jejuno/patologia , Jejuno/cirurgia , Síndrome do Intestino Curto/patologia , Síndrome do Intestino Curto/cirurgia , Plexo Mientérico , Denervação , Compostos de Benzalcônio/farmacologia , Absorção Intestinal/fisiologia
9.
Acta cir. bras. ; 21(4): 207-213, July-Aug. 2006. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-1145

Resumo

OBJETIVO: Avaliar as lesões proliferativas que se desenvolvem na mucosa gástrica de ratos Wistar após modelo específico de refluxo duodeno-gástrico.MÉTODOS: Foram utilizados 75 ratos adultos machos divididos em três grupos experimentais: o grupo I (controle) submetido a gastrotomia na parede posterior do estômago glandular (25 animais); o grupo II (RDG), foi submetido a gastrojejunoanastomose látero-lateral na parede posterior do estômago glandular (25 animais) e o grupo III (RDG-P) submetido a gastrojejunoanastomose látero-lateral na parede posterior do estômago glandular, com secção e fechamento da alça (25 animais). Os animais foram observados durante 36 semanas, após o que foram realizados estudos macroscópicos e microscópicos da anastomose gastrojejunal, da região pré-pilórica e região escamosa do estômago. RESULTADOS: Os animais do Grupo I não apresentaram nenhum tipo de lesão. No grupo II observou-se 40% de lesões do tipo hiperplasia adenomatosa na anastomose e 12% de hiperplasia escamosa. No grupo III obteve-se 40% de hiperplasia adenomatosa na mucosa pré-pilórica, 72 % de hiperplasia adenomatosa na mucosa da anastomose, 20% de hiperplasia escamosa e 12 % de adenocarcinoma. CONCLUSÕES: O refluxo duodeno-gástrico induz a alta freqüência de lesões proliferativas na mucosa adjacente à anastomose gastrojejunal ou na mucosa pré-pilórica e o adenocarcinoma é um evento raro neste modelo experimental.(AU)


PURPOSE: To analyze mucosal proliferation and its characteristics, through specific models of duodenogastric reflux, in the stomach of Wistar rats. METHODS: Seventy-five healthy and adult male rats were divided into three groups: group I control (n = 25 animals), submitted to gastrotomy of the posterior wall of the glandular stomach; group II DGR (n = 25 animals), submitted to duodenogastric reflux through latero-lateral gastrojejunal anastomosis in the posterior wall of the glandular stomach and group III DGR-P (n = 25 animals), submitted to duodenogastric reflux through the pylorus following the same procedure of group II, sectioning and closing the afferent loop. The animals were observed during 36 weeks and subsequently the mucosal lesions were analyzed, with macroscopic and microscopic examination of the prepyloric, the gastrojejunostomy and the squamous area of the stomach. RESULTS: Group I did not present any kind of lesion. Macroscopic lesions of the prepyloric area in groups II and III were 0% and 20%, respectively. Macroscopic lesions of the gastrojejunal stoma in groups II and III were 36% and 88%, respectively, and 12% and 28%, respectively, in the squamous area. Microscopically, adenomatous hyperplasia (AH), squamous hyperplasia (SH) and adenocarcinoma (AC) were diagnosed. The occurrence of AH at the prepyloric area in groups II and III was 0% and 40%, respectively, and in the gastrojejunal stoma, 40% and 72%, respectively. The occurrence of SH in the squamous area in groups II and III was 12% and 20%, respectively, without statistical differences between the groups. AC was found only in three animals of groups III (12%). CONCLUSIONS: The duodenogastric reflux in this experimental model caused high frequency of proliferative lesions of the gastrojejunal stoma and in the prepyloric area, while adenocarcinoma was a rare occurrence.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Refluxo Duodenogástrico/complicações , Adenocarcinoma/etiologia , Neoplasias Duodenais/etiologia , Hiperplasia/etiologia , Refluxo Duodenogástrico/patologia , Adenocarcinoma/patologia , Neoplasias Duodenais/patologia , Hiperplasia/patologia , Ratos Wistar , Modelos Animais de Doenças , Anastomose Cirúrgica , Jejuno/patologia , Jejuno/cirurgia , Piloro/patologia , Piloro/cirurgia , Estudos de Casos e Controles
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA