Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 18(2): 249-259, abr.-jun. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15302

Resumo

Sunflower as silage is an alternative to be used in the off-season, when water shortage makes traditional crops unfeasible. However, exclusive sunflower silages have levels above 70 g/kg DM ether extract, which may impair ruminal fermentation. Thus, ensiling sunflower with tropical forages can bring benefits to the quality of the silage. This study evaluated the fermentation profile and nutritional value of sunflower silage with cultivars of Urochloa brizantha in the off-season. This was a completely randomized experimental design with four replications. The treatments were composed of the sunflower silage with and without addition of cultivars of Urochloa brizantha in the ensiling process: sunflower silage; sunflower silage + 30% Marandu palisadegrass; sunflower silage + 30% Xaraes palisadegrass; sunflower silage + 30% Piata palisadegrass and sunflower silage + 30% Paiaguas palisadegrass, totaling 20 experimental silos. The addition of the cultivars of Urochloa brizantha to sunflower silage contributed to improve the fermentation profile and nutritional value of the silages. Silages with 30% Piata and Paiaguas palisadegrass showed higher levels of CP and lower levels of ADF and lignin, and these cultivars are the most recommended for ensiling with sunflower.(AU)


O girassol sob forma de silagem é uma alternativa para ser utilizado no período de safrinha, em que a deficiência hídrica torna as culturas tradicionais inviáveis. No entanto, a silagens exclusiva de girassol apresentam níveis acima de 70 g/kg MS de extrato etéreo, o que pode comprometer a fermentação ruminal. Sendo assim, a ensilagem do girassol com forrageiras tropicais pode trazer benefícios para a qualidade da silagem. Sendo assim, objetivouse avaliar o perfil fermentativo e o valor nutritivo da silagem de girassol com cultivares de Urochloa brizantha na safrinha. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da silagem de girassol com e sem adição de cultivares de Urochloa brizantha na ensilagem: silagem de girassol; silagem de girassol + 30% do capim-marandu; silagem de girassol + 30% do capim-xaraés; silagem de girassol + 30% do capim-piatã e silagem de girassol + 30% do capim-paiaguás, totalizando 20 silos experimentais. Os resultados demonstraram que as silagens com adição dos cultivares de Urochloa brizantha, contribuíram para melhorar o perfil fermentativo e valor nutricional das silagens. Silagens com 30% dos capins piatã e paiaguás apresentaram maiores teores de PB e menores teores de FDA e lignina, sendo mais recomendadas para ensilagem com girassol.(AU)


Assuntos
Silagem/análise , Silagem , Fermentação , Poaceae/citologia , Poaceae/crescimento & desenvolvimento , Valor Nutritivo
2.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 18(2): 249-259, abr.-jun. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1493726

Resumo

Sunflower as silage is an alternative to be used in the off-season, when water shortage makes traditional crops unfeasible. However, exclusive sunflower silages have levels above 70 g/kg DM ether extract, which may impair ruminal fermentation. Thus, ensiling sunflower with tropical forages can bring benefits to the quality of the silage. This study evaluated the fermentation profile and nutritional value of sunflower silage with cultivars of Urochloa brizantha in the off-season. This was a completely randomized experimental design with four replications. The treatments were composed of the sunflower silage with and without addition of cultivars of Urochloa brizantha in the ensiling process: sunflower silage; sunflower silage + 30% Marandu palisadegrass; sunflower silage + 30% Xaraes palisadegrass; sunflower silage + 30% Piata palisadegrass and sunflower silage + 30% Paiaguas palisadegrass, totaling 20 experimental silos. The addition of the cultivars of Urochloa brizantha to sunflower silage contributed to improve the fermentation profile and nutritional value of the silages. Silages with 30% Piata and Paiaguas palisadegrass showed higher levels of CP and lower levels of ADF and lignin, and these cultivars are the most recommended for ensiling with sunflower.


O girassol sob forma de silagem é uma alternativa para ser utilizado no período de safrinha, em que a deficiência hídrica torna as culturas tradicionais inviáveis. No entanto, a silagens exclusiva de girassol apresentam níveis acima de 70 g/kg MS de extrato etéreo, o que pode comprometer a fermentação ruminal. Sendo assim, a ensilagem do girassol com forrageiras tropicais pode trazer benefícios para a qualidade da silagem. Sendo assim, objetivouse avaliar o perfil fermentativo e o valor nutritivo da silagem de girassol com cultivares de Urochloa brizantha na safrinha. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da silagem de girassol com e sem adição de cultivares de Urochloa brizantha na ensilagem: silagem de girassol; silagem de girassol + 30% do capim-marandu; silagem de girassol + 30% do capim-xaraés; silagem de girassol + 30% do capim-piatã e silagem de girassol + 30% do capim-paiaguás, totalizando 20 silos experimentais. Os resultados demonstraram que as silagens com adição dos cultivares de Urochloa brizantha, contribuíram para melhorar o perfil fermentativo e valor nutricional das silagens. Silagens com 30% dos capins piatã e paiaguás apresentaram maiores teores de PB e menores teores de FDA e lignina, sendo mais recomendadas para ensilagem com girassol.


Assuntos
Fermentação , Poaceae/citologia , Poaceae/crescimento & desenvolvimento , Silagem , Silagem/análise , Valor Nutritivo
3.
Semina ciênc. agrar ; 38(4): 2075-2082, Jul.-Ago. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24980

Resumo

This study was conducted to evaluate two systems of production: integration between teak and forage (silvopastoral system) and forage only (monoculture). The forage species used was Marandu palisade grass (Urochloa brizantha cv. Marandu). In January 2009, part of the pasture was desiccated and the teak (Tectona grandis) was implemented in a 3 × 4 m spacing arrangement, and at every five rows, a space between rows of 6 m was established, providing a population of 750 trees per hectare. Alongside the development of the trees, the Marandu palisade grass pasture was reestablished. In February 2015, the animals were removed from the experimental area and, in March, the pasture degradation, the density and the mass of tillers was assessed. The following variables were evaluated: sward height; forage mass, percentage of leaf blade, stem+sheath and senescent material; leaf blade:stem+sheath ratio; and live:dead material ratio. The experimental design was completely randomized, with 12 replicates. Treatments consisted of two systems (silvopastoral and monoculture). The total forage accumulation was higher in the monoculture system. The sward height and the percentage of stem+sheath were higher in the integrated system, while the percentage of leaf blade and the leaf blade:stem+sheath ratio were higher in the system exclusively with forage. In conclusion, Marandu palisade grass tolerates shadingin a high density spacing silvopastoral system, but the degradation process is more intense compared tograss in monoculture, and the use of Marandu palisade grass in silvopastoral systems changes the foragemass and the structure of the produced forage.(AU)


Este trabalho foi realizado para avaliar dois sistemas de produção: integração entre teca e forragem (silvipastoril) e somente forragem (monocultivo). A forrageira utilizada foi o capim-Marandu. Em janeiro de 2009, parte do pasto foi dessecado e implantou-se Teca (Tectona grandis) em espaçamento de 3 x 4 m e a cada cinco linhas estabeleceu-se um espaçamento de 6 m entre linhas, o que garantiu uma população de 750 árvores por hectare. Paralelamente ao desenvolvimento das árvores houve o restabelecimento do pasto de capim-Marandu. Em fevereiro de 2015, retirou-se os animais da área e em março avaliou-se o estádio de degradação do pasto, a densidade e a massa de perfilhos. Avaliou-se também a altura do dossel forrageiro, a massa de forragem e as porcentagens de: lâmina foliar, colmo+bainha e material morto, a relação lâmina foliar/colmo+bainha e a relação vivo/não vivo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com dois tratamentos (silvipastoril e monocultivo) e doze repetições. A massa de forragem foi maior no sistema com monocultivo de capim-Marandu. A altura da forragem e a porcentagem de colmo + bainha foram maiores no sistema silvipastoril, já a porcentagem de lâmina foliar e a relação lâmina:colmo+bainha foram maiores para o sistema com monocultivo. Conclui-se que o capim-marandu tolera o sombreamento em sistema silvipastoril adensado, contudo o processo de degradação é mais intenso do que o capim em monocultivo e a utilização do capim-Marandu emsistemas silvipastoris altera a massa de forragem e a estrutura da forragem produzida.(AU)


Assuntos
Análise do Solo , Poaceae/química , Poaceae/citologia , Técnica Histológica de Sombreamento
4.
Braz. j. biol ; 76(3): 708-717, July-Sept. 2016. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25421

Resumo

Bambusoideae is a diverse subfamily that includes herbaceous (Olyreae) and woody (Arundinarieae and Bambuseae) bamboos. Species within Bambusae are particularly difficult to identify due to their monocarpic lifecycle and the often long durations between mass flowering events; whereas the herbaceous bamboos are pluricarpic, but often are found with no reproductive structures. The leaf blade anatomy of 16 sympatric species of native Brazilian bamboos (Olyreae and Bambuseae) from the Atlantic Rainforest was studied in order to detect useful features for their identification. All the studied species share the following features: epidermis with a single stratum of cells; adaxial bulliform cells; mesophyll with arm cells, rosette cells, and fusoid cells; and collateral vascular bundles. Herbaceous bamboos share two features: papillae scattered on the abaxial surface and parallel-sided arrays of bulliform cells; whereas woody bamboos share: centrally organized papillae and fan-shaped arrays of bulliform cells. Also within the woody bamboos, intercostal fibers and a midrib with only one vascular bundle (simple midrib) characterize the subtribe Arthrostylidiinae; whereas a midrib with more than one vascular bundle (complex midrib) and a stomatal apparatus with two pappilae per subsidiary cell characterize the subtribe Chusqueinae. There are also diagnostic features for the sampled species, such as: papillae shape, and the outline and structure of the midrib. An identification key for all the studied species is provided based on the anatomical features.(AU)


Bambusoideae é uma subfamília que inclui diversas espécies de bambus herbáceos (Olyreae) e lignificados (Arundinarie e Bambuseae). Bambus lignificados geralmente apresentam dificuldades de delimitação e identificação, devido principalmente ao ciclo monocárpico e longa amplitude temporal entre florações; enquanto que bambus herbáceos possuem ciclo pluricárpico, porém frequentemente são encontrados em estágio vegetativo. Foi estudada a anatomia da lâmina foliar de 16 espécies de Bambusoideae (Olyreae e Bambuseae), simpátricas e nativas do Brasil, visando levantar caracteres úteis para sua identificação. Todos os táxons estudados compartilham: epiderme uniestratificada; células buliformes na face adaxial; mesofilo com células invaginantes, células em roseta e células fusoides; e feixes vasculares colaterais. Bambus herbáceos compartilham: papilas dispersas na face abaxial e grupos de células buliformes organizadas paralelamente; enquanto que bambos lignificados compartilham: papilas organizadas em colunas centrais e grupos de células buliformes em forma de leque. Ainda dentre os bambus lignificados, fibras intercostais e nervura central com apenas um feixe vascular (nervura central simples) caracterizam a subtribo Arthrostylidiinae; enquanto que nervura central com mais de um feixe vascular (nervura central complexa) e aparelho estomático com duas papilas por célula subsidiária caracterizam a subtribo Chusqueinae. Há ainda caracteres anatômicos diagnósticos, tais como: forma da papila, e forma e estrutura da nervura central. Uma chave de identificação é fornecida baseada nos caracteres anatômicos relevantes à identificação das espécies estudadas.(AU)


Assuntos
Poaceae/anatomia & histologia , Poaceae/citologia , Poaceae/crescimento & desenvolvimento
5.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 37(1): 15-21, jan.-mar. 2015. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17014

Resumo

The experiment aimed at determining repeatability coefficients for four methods (analysis of variance, principal components-correlation and covariance matrices and structural analysis), number of harvests necessary to increase accuracy and phenotypic stability of yield characteristics of accessions of Panicum maximum. The experiment was conducted in a completely randomized design with 35 genotypes and three replications. Five cuts were made and material was weighed and dried to obtain total, stem, leaf and dead forage dry matter yields. The repeatability coefficients in the different methods, for the evaluated characteristics, ranged from 0.1867 and 0.6583. The estimates of repeatability coefficients obtained for the evaluated characteristics by analysis of variance were generally smaller than the ones obtained with the other methods. By the principal components (based on the covariance matrix), the estimates were usually larger than those for the other methods. Therefore, it is possible to recommend this method to estimate the coefficient of repeatability for traits evaluated in this study. Considering that levels of 80 or 90% of confidence in the evaluation of the relative superiority of the accessions for all the evaluated characteristics are satisfactory, five harvests are sufficient for the choice of the best accession.(AU)


O experimento foi conduzido objetivando-se determinar os coeficientes de repetibilidade, por quatro métodos (Análise de Variância, de Componentes principais - matriz de correlação e covariância e a Análise estrutural), o número de cortes necessários para aumento de acurácia e a estabilização fenotípica de características de produção em acessos de Panicum maximum. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com 35 genótipos e três repetições. Foram realizados cinco cortes e as amostras foram pesadas e secas para obtenção da produção de matéria seca total, de colmo, folhas e material morto. Os coeficientes de repetibilidade nos diferentes métodos, para todas as características, oscilaram entre 0,1867 e 0,6583. As estimativas da repetibilidade obtidas pelo método da análise de variância foram quase sempre menores que as obtidas pelos demais métodos. Pelo método dos componentes principais (baseado na matriz de covariância), as estimativas foram sempre maiores em relação aos demais métodos. Portanto, é possível recomendar esse método para estimativas do coeficiente de repetibilidade para as características avaliadas nesse estudo. Considerando satisfatórios os níveis de 80 ou 90% de confiabilidade para avaliação da superioridade relativa dos acessos para todas as características avaliadas, as cinco medições realizadas são suficientes para escolha do melhor(AU)


Assuntos
Poaceae/citologia , Poaceae/genética , Fenótipo
6.
Acta sci., Anim. sci ; 37(1): 15-21, jan.-mar. 2015. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1459575

Resumo

The experiment aimed at determining repeatability coefficients for four methods (analysis of variance, principal components-correlation and covariance matrices and structural analysis), number of harvests necessary to increase accuracy and phenotypic stability of yield characteristics of accessions of Panicum maximum. The experiment was conducted in a completely randomized design with 35 genotypes and three replications. Five cuts were made and material was weighed and dried to obtain total, stem, leaf and dead forage dry matter yields. The repeatability coefficients in the different methods, for the evaluated characteristics, ranged from 0.1867 and 0.6583. The estimates of repeatability coefficients obtained for the evaluated characteristics by analysis of variance were generally smaller than the ones obtained with the other methods. By the principal components (based on the covariance matrix), the estimates were usually larger than those for the other methods. Therefore, it is possible to recommend this method to estimate the coefficient of repeatability for traits evaluated in this study. Considering that levels of 80 or 90% of confidence in the evaluation of the relative superiority of the accessions for all the evaluated characteristics are satisfactory, five harvests are sufficient for the choice of the best accession.


O experimento foi conduzido objetivando-se determinar os coeficientes de repetibilidade, por quatro métodos (Análise de Variância, de Componentes principais - matriz de correlação e covariância e a Análise estrutural), o número de cortes necessários para aumento de acurácia e a estabilização fenotípica de características de produção em acessos de Panicum maximum. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com 35 genótipos e três repetições. Foram realizados cinco cortes e as amostras foram pesadas e secas para obtenção da produção de matéria seca total, de colmo, folhas e material morto. Os coeficientes de repetibilidade nos diferentes métodos, para todas as características, oscilaram entre 0,1867 e 0,6583. As estimativas da repetibilidade obtidas pelo método da análise de variância foram quase sempre menores que as obtidas pelos demais métodos. Pelo método dos componentes principais (baseado na matriz de covariância), as estimativas foram sempre maiores em relação aos demais métodos. Portanto, é possível recomendar esse método para estimativas do coeficiente de repetibilidade para as características avaliadas nesse estudo. Considerando satisfatórios os níveis de 80 ou 90% de confiabilidade para avaliação da superioridade relativa dos acessos para todas as características avaliadas, as cinco medições realizadas são suficientes para escolha do melhor


Assuntos
Fenótipo , Poaceae/citologia , Poaceae/genética
7.
Semina ciênc. agrar ; 38(4): 2075-2082, 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500857

Resumo

This study was conducted to evaluate two systems of production: integration between teak and forage (silvopastoral system) and forage only (monoculture). The forage species used was Marandu palisade grass (Urochloa brizantha cv. Marandu). In January 2009, part of the pasture was desiccated and the teak (Tectona grandis) was implemented in a 3 × 4 m spacing arrangement, and at every five rows, a space between rows of 6 m was established, providing a population of 750 trees per hectare. Alongside the development of the trees, the Marandu palisade grass pasture was reestablished. In February 2015, the animals were removed from the experimental area and, in March, the pasture degradation, the density and the mass of tillers was assessed. The following variables were evaluated: sward height; forage mass, percentage of leaf blade, stem+sheath and senescent material; leaf blade:stem+sheath ratio; and live:dead material ratio. The experimental design was completely randomized, with 12 replicates. Treatments consisted of two systems (silvopastoral and monoculture). The total forage accumulation was higher in the monoculture system. The sward height and the percentage of stem+sheath were higher in the integrated system, while the percentage of leaf blade and the leaf blade:stem+sheath ratio were higher in the system exclusively with forage. In conclusion, Marandu palisade grass tolerates shadingin a high density spacing silvopastoral system, but the degradation process is more intense compared tograss in monoculture, and the use of Marandu palisade grass in silvopastoral systems changes the foragemass and the structure of the produced forage.


Este trabalho foi realizado para avaliar dois sistemas de produção: integração entre teca e forragem (silvipastoril) e somente forragem (monocultivo). A forrageira utilizada foi o capim-Marandu. Em janeiro de 2009, parte do pasto foi dessecado e implantou-se Teca (Tectona grandis) em espaçamento de 3 x 4 m e a cada cinco linhas estabeleceu-se um espaçamento de 6 m entre linhas, o que garantiu uma população de 750 árvores por hectare. Paralelamente ao desenvolvimento das árvores houve o restabelecimento do pasto de capim-Marandu. Em fevereiro de 2015, retirou-se os animais da área e em março avaliou-se o estádio de degradação do pasto, a densidade e a massa de perfilhos. Avaliou-se também a altura do dossel forrageiro, a massa de forragem e as porcentagens de: lâmina foliar, colmo+bainha e material morto, a relação lâmina foliar/colmo+bainha e a relação vivo/não vivo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com dois tratamentos (silvipastoril e monocultivo) e doze repetições. A massa de forragem foi maior no sistema com monocultivo de capim-Marandu. A altura da forragem e a porcentagem de colmo + bainha foram maiores no sistema silvipastoril, já a porcentagem de lâmina foliar e a relação lâmina:colmo+bainha foram maiores para o sistema com monocultivo. Conclui-se que o capim-marandu tolera o sombreamento em sistema silvipastoril adensado, contudo o processo de degradação é mais intenso do que o capim em monocultivo e a utilização do capim-Marandu emsistemas silvipastoris altera a massa de forragem e a estrutura da forragem produzida.


Assuntos
Análise do Solo , Poaceae/citologia , Poaceae/química , Técnica Histológica de Sombreamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA