Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 14 de 14
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 51(12): 1-7, 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480274

Resumo

This study aimed to determine the apparent metabolizable energy (AME) and nitrogen-corrected AME (AMEn) values as well as the metabolizability coefficients of dry matter, protein, and ether extract of corn, pearl millet, and sorghum in different particle sizes for slow-growing broilers. Two experiments were carried out involving 280 chicks of the Label Rouge® Naked Neck broiler line, with 140 chicks allotted to each experiment in a completely randomized design. Treatments consisted of a reference diet and a test diet (60% reference diet + 40% feedstuff). The feedstuffs were tested and particle size (expressed as geometric mean diameter [GMD, μm] and geometric standard deviation [GSD], respectively) results were 816 and 1.73 for coarsely ground corn, 794 and 1.75 for finely ground corn, 1.517 and 1.92 for pearl millet grain, 760 and 1.63 for finely ground pearl millet (Experiment 1); and 1,866 and 1.86 for whole grain sorghum, 919 and 1.62 for coarsely ground sorghum, and 878 and 1.72 for finely ground sorghum (Experiment 2). A metabolism trial was conducted by using the total excreta collection method to obtain the AME and AMEn values as well as the metabolizability coefficients of dry matter, protein, and ether extract. The energy metabolization coefficient did not differ (P > 0.05) between the grains in the different tested particle sizes. However, there was an improvement in the metabolizability coefficients of dry matter, nitrogen, and ether extract as the particle size of corn was increased. In conclusion, larger grain particle sizes improve the metabolizability of nutrients and energy for slow-growing broilers. Whole-grain sorghum has limited nutritional utilization for slow-growing birds up to 21 days of age.


Objetivou-se determinar os valores de energia metabolizável aparente (EMA), corrigida para o balanço de nitrogênio (EMAn), e os coeficientes de metabolizabilidade da matéria seca, proteína e extrato etéreo do milho, milheto e sorgo em diferentes granulometrias para frangos de crescimento lento. Foram desenvolvidos dois experimentos, com 140 pintos de corte da linhagem Label Rouge® Pescoço Pelado, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado. Os tratamentos consistiram em rações-teste (ração referência 60% + ingrediente 40%) e uma ração referência. Foram testados os ingredientes e a granulometria expressa como Diâmetro Geométrico médio (DGM, μm) e Desvio Padrão Geométrico (DPG): 816 e 1,73 para milho grosseiramente moído, 794 e 1,75 para milho finamente moído, 1,517 e 1,92 para milheto-grão e 760 e 1,73 para milheto finamente moído (Experimento 1); 1.866 e 1.86 para sorgo-grão, 919 e 1,62 para sorgo grosseiramente moído e 878 e 1,72 para sorgo finamente moído (Experimento 2). Os valores de AME e AMEn e os coeficientes de metabolização da matéria seca, proteína e extrato etéreo foram determinados pelo método de coleta total de excretas. O coeficiente de metabolização da energia não apresentou diferença (P > 0,05) entre os grãos nas diferentes granulometrias. Os coeficientes de metabolização da matéria seca, do nitrogênio e do extrato etéreo foram incrementados com o aumento da granulometria para o milho. O fornecimento de grãos com maiores granulometrias proporciona aos frangos de crescimento lento a melhora na metabolizabilidade dos nutrientes e energia. Grãos inteiros de sorgo tem aproveitamento nutricional limitado para frangos de crescimento lento até 21 dias de idade.


Assuntos
Animais , Dieta/veterinária , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal , Galinhas/crescimento & desenvolvimento , Pennisetum/metabolismo , Sorghum/metabolismo , Zea mays/metabolismo
2.
Ci. Rural ; 51(12): 1-7, 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32405

Resumo

This study aimed to determine the apparent metabolizable energy (AME) and nitrogen-corrected AME (AMEn) values as well as the metabolizability coefficients of dry matter, protein, and ether extract of corn, pearl millet, and sorghum in different particle sizes for slow-growing broilers. Two experiments were carried out involving 280 chicks of the Label Rouge® Naked Neck broiler line, with 140 chicks allotted to each experiment in a completely randomized design. Treatments consisted of a reference diet and a test diet (60% reference diet + 40% feedstuff). The feedstuffs were tested and particle size (expressed as geometric mean diameter [GMD, μm] and geometric standard deviation [GSD], respectively) results were 816 and 1.73 for coarsely ground corn, 794 and 1.75 for finely ground corn, 1.517 and 1.92 for pearl millet grain, 760 and 1.63 for finely ground pearl millet (Experiment 1); and 1,866 and 1.86 for whole grain sorghum, 919 and 1.62 for coarsely ground sorghum, and 878 and 1.72 for finely ground sorghum (Experiment 2). A metabolism trial was conducted by using the total excreta collection method to obtain the AME and AMEn values as well as the metabolizability coefficients of dry matter, protein, and ether extract. The energy metabolization coefficient did not differ (P > 0.05) between the grains in the different tested particle sizes. However, there was an improvement in the metabolizability coefficients of dry matter, nitrogen, and ether extract as the particle size of corn was increased. In conclusion, larger grain particle sizes improve the metabolizability of nutrients and energy for slow-growing broilers. Whole-grain sorghum has limited nutritional utilization for slow-growing birds up to 21 days of age.(AU)


Objetivou-se determinar os valores de energia metabolizável aparente (EMA), corrigida para o balanço de nitrogênio (EMAn), e os coeficientes de metabolizabilidade da matéria seca, proteína e extrato etéreo do milho, milheto e sorgo em diferentes granulometrias para frangos de crescimento lento. Foram desenvolvidos dois experimentos, com 140 pintos de corte da linhagem Label Rouge® Pescoço Pelado, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado. Os tratamentos consistiram em rações-teste (ração referência 60% + ingrediente 40%) e uma ração referência. Foram testados os ingredientes e a granulometria expressa como Diâmetro Geométrico médio (DGM, μm) e Desvio Padrão Geométrico (DPG): 816 e 1,73 para milho grosseiramente moído, 794 e 1,75 para milho finamente moído, 1,517 e 1,92 para milheto-grão e 760 e 1,73 para milheto finamente moído (Experimento 1); 1.866 e 1.86 para sorgo-grão, 919 e 1,62 para sorgo grosseiramente moído e 878 e 1,72 para sorgo finamente moído (Experimento 2). Os valores de AME e AMEn e os coeficientes de metabolização da matéria seca, proteína e extrato etéreo foram determinados pelo método de coleta total de excretas. O coeficiente de metabolização da energia não apresentou diferença (P > 0,05) entre os grãos nas diferentes granulometrias. Os coeficientes de metabolização da matéria seca, do nitrogênio e do extrato etéreo foram incrementados com o aumento da granulometria para o milho. O fornecimento de grãos com maiores granulometrias proporciona aos frangos de crescimento lento a melhora na metabolizabilidade dos nutrientes e energia. Grãos inteiros de sorgo tem aproveitamento nutricional limitado para frangos de crescimento lento até 21 dias de idade.(AU)


Assuntos
Animais , Galinhas/crescimento & desenvolvimento , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal , Dieta/veterinária , Pennisetum/metabolismo , Sorghum/metabolismo , Zea mays/metabolismo
3.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 74(4): 342-350, dez. 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1466919

Resumo

The objective of this study was to evaluate the performance, the apparent digestibility, the urea excretion, nitrogen balance and the microbial ruminal synthesis in steers (5/8 Holstein-Zebu). Thirty-eight animals with an initial average weight of 320 ± 32 kg and 24 ± 2 months old were distributed randomly in individual pens. The animals were assigned to completely randomized design and initial body weight was used as a covariate in the statistical model. The trial lasted 84 days. The treatments were: 1 - 60% of spineless cactus (SC) + 38% of sorghum silage corrected with urea (SSU) (3% of urea) + 0% of cottonseed meal (CM); 2 - 60% of SC + 26.5% of SSU (1.5% of urea) + 11.5% of CM; 3 - 60% of SC + 15% of sorghum silage + 23% of CM. The treatments had no effect on the intake and digestibility of dry matter and organic matter. The association of cottonseed to diet resulted in greater body weight gain and better feed conversion (31%). The animals fed with high proportion of sorghum silage associate to spineless cactus as base of diet excreted less nitrogen urinary and fecal. The experimental diets had no effect on the ruminal microbial protein synthesis. We recommended 26.5 and 11.5% of sorghum silage corrected with urea and cottonseed meal, respectively, associated to spineless cactus in diets for dairy steers, with less concentrate ingredients in the diet.


Objetivou-se avaliar o desempenho, a digestibilidade aparente, a excreção de ureia, o balanço de nitrogênio e a síntese microbiana ruminal de novilhos Girolando (5/8 Holandês-Zebu). Foram utilizados 18 animais com aproximadamente 320 ± 32 kg de peso corporal e 24 ± 2 meses de idade, em um delineamento inteiramente casualizado, sendo o peso corporal inicial utilizado como covariável. O ensaio experimental teve duração de 84 dias. Os tratamentos consistiram na associação da silagem de sorgo corrigida com ureia e do farelo de algodão à palma forrageira em três proporções da dieta: 1) 60% de palma forrageira (PF) + 38% de silagem de sorgo corrigida com ureia (SSU) (3% de ureia) + 0% de farelo de algodão (FA); 2) 60% de PF + 26,5% de SSU (1,5% de ureia) + 11,5% de FA; 3) 60% de PF + 15% de silagem de sorgo + 23% de FA. Não foi observada inÁ uência signiÀ cativa dos tratamentos sobre o consumo e a digestibilidade da matéria seca e da matéria orgânica. A associação do farelo de algodão à dieta resultou em maior ganho de peso corporal e melhor conversão alimentar (31%). Os animais alimentados com maior proporção de silagem de sorgo corrigida com ureia associada à palma forrageira como base da dieta excretaram menos nitrogênio nas fezes e na urina. Não foi observada inÁ uência dos tratamentos sobre a síntese de proteína microbiana ruminal. Recomenda-se o nível 26,5 e 11,5% de silagem de sorgo corrigida com ureia e farelo de algodão, respectivamente, associados à palma forrageira (60%) em dietas para novilhos de origem leiteira, com uso reduzido de ingredientes concentrado.


Assuntos
Animais , Bovinos , Bovinos/classificação , Bovinos/metabolismo , Silagem/análise , Sorghum/metabolismo , Sorghum/química , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
4.
B. Indústr. Anim. ; 74(4): 342-350, dez. 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23804

Resumo

The objective of this study was to evaluate the performance, the apparent digestibility, the urea excretion, nitrogen balance and the microbial ruminal synthesis in steers (5/8 Holstein-Zebu). Thirty-eight animals with an initial average weight of 320 ± 32 kg and 24 ± 2 months old were distributed randomly in individual pens. The animals were assigned to completely randomized design and initial body weight was used as a covariate in the statistical model. The trial lasted 84 days. The treatments were: 1 - 60% of spineless cactus (SC) + 38% of sorghum silage corrected with urea (SSU) (3% of urea) + 0% of cottonseed meal (CM); 2 - 60% of SC + 26.5% of SSU (1.5% of urea) + 11.5% of CM; 3 - 60% of SC + 15% of sorghum silage + 23% of CM. The treatments had no effect on the intake and digestibility of dry matter and organic matter. The association of cottonseed to diet resulted in greater body weight gain and better feed conversion (31%). The animals fed with high proportion of sorghum silage associate to spineless cactus as base of diet excreted less nitrogen urinary and fecal. The experimental diets had no effect on the ruminal microbial protein synthesis. We recommended 26.5 and 11.5% of sorghum silage corrected with urea and cottonseed meal, respectively, associated to spineless cactus in diets for dairy steers, with less concentrate ingredients in the diet.(AU)


Objetivou-se avaliar o desempenho, a digestibilidade aparente, a excreção de ureia, o balanço de nitrogênio e a síntese microbiana ruminal de novilhos Girolando (5/8 Holandês-Zebu). Foram utilizados 18 animais com aproximadamente 320 ± 32 kg de peso corporal e 24 ± 2 meses de idade, em um delineamento inteiramente casualizado, sendo o peso corporal inicial utilizado como covariável. O ensaio experimental teve duração de 84 dias. Os tratamentos consistiram na associação da silagem de sorgo corrigida com ureia e do farelo de algodão à palma forrageira em três proporções da dieta: 1) 60% de palma forrageira (PF) + 38% de silagem de sorgo corrigida com ureia (SSU) (3% de ureia) + 0% de farelo de algodão (FA); 2) 60% de PF + 26,5% de SSU (1,5% de ureia) + 11,5% de FA; 3) 60% de PF + 15% de silagem de sorgo + 23% de FA. Não foi observada inÁ uência signiÀ cativa dos tratamentos sobre o consumo e a digestibilidade da matéria seca e da matéria orgânica. A associação do farelo de algodão à dieta resultou em maior ganho de peso corporal e melhor conversão alimentar (31%). Os animais alimentados com maior proporção de silagem de sorgo corrigida com ureia associada à palma forrageira como base da dieta excretaram menos nitrogênio nas fezes e na urina. Não foi observada inÁ uência dos tratamentos sobre a síntese de proteína microbiana ruminal. Recomenda-se o nível 26,5 e 11,5% de silagem de sorgo corrigida com ureia e farelo de algodão, respectivamente, associados à palma forrageira (60%) em dietas para novilhos de origem leiteira, com uso reduzido de ingredientes concentrado.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Bovinos/classificação , Bovinos/metabolismo , Silagem/análise , Sorghum/química , Sorghum/metabolismo , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
5.
Acta Vet. Brasilica ; 10(4): 339-345, 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453061

Resumo

With the study we had aimed to verify the possible effects of replacing corn by low tannin sorghum in diets for silver catfish Rhamdia quelen on productive performance, carcass chemical composition, size and density of the villi. The experiment was conducted at the Instituto de Pesquisa em Aquicultura Ambiental InPAA in Toledo - PR. We used 600 fingerlings with average initial weight and length of 4.49 ± 0.80 g and 8.68 ± 0.62 cm respectively, distributed in 24 cages with a capacity of 1m 3 of useful volume. We used a completely randomized design with six treatments and four replications, being each experimental unit consisted of a tank with 25 fish. The treatments consisted of six diets with increasing levels of 0; 20; 40; 60; 80 and 100% of sorghum to replace corn. During 114 days, the fingerlings were fed three times a day until apparent satiation. Productive performance, chemical composition, size and density of the villi showed no significant differences (P > 0.05) due to the result replacement of corn by sorghum. Thus, we can concluded that the partial or total replacement of corn by sorghum in diets for silver catfish is feasible because it does not modify the productive performance, the chemical composition of the carcass and the size and density of the intestinal villi.


Com o estudo teve-se por objetivo verificar os possíveis efeitos da substituição do milho pelo sorgo de baixo tanino em dietas para jundiá Rhamdia quelen no desempenho produtivo, composição centesimal da carcaça, tamanho e densidade das vilosidades. O experimento foi realizado no Instituto de Pesquisa em Aquicultura Ambiental InPAA, em Toledo - PR. Foram utilizados 600 alevinos com peso e comprimento inicial médios de 4,49 ± 0,80g e 8,68 ± 0,62 cm, respectivamente, distribuídos em 24 tanquesrede com capacidade de 1m 3 de volume útil. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições, sendo cada unidade experimental formada por um tanque com 25 peixes. Os tratamentos constituíram-se de seis dietas com níveis crescentes de 0; 20; 40; 60; 80 e 100% de sorgo em substituição ao milho. Durante 114 dias os alevinos foram alimentados três vezes ao dia até a saciedade aparente. Desempenho produtivo, composição centesimal da carcaça, tamanho e densidade de vilosidades não diferiram (P > 0,05) em decorrência da substituição do milho pelo sorgo. Assim, concluiu-se que a substituição parcial ou total do milho pelo sorgo em dietas para jundiás é viável, pois não alteram o desempenho produtivo, a composição centesimal da carcaça e o tamanho e densidade das vilosidades intestinais.


Assuntos
Animais , Dieta/veterinária , Peixes/metabolismo , Sorghum/metabolismo , Taninos/administração & dosagem , Polifenóis/análise
6.
Acta Vet. bras. ; 10(4): 339-345, 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-482924

Resumo

With the study we had aimed to verify the possible effects of replacing corn by low tannin sorghum in diets for silver catfish Rhamdia quelen on productive performance, carcass chemical composition, size and density of the villi. The experiment was conducted at the Instituto de Pesquisa em Aquicultura Ambiental InPAA in Toledo - PR. We used 600 fingerlings with average initial weight and length of 4.49 ± 0.80 g and 8.68 ± 0.62 cm respectively, distributed in 24 cages with a capacity of 1m 3 of useful volume. We used a completely randomized design with six treatments and four replications, being each experimental unit consisted of a tank with 25 fish. The treatments consisted of six diets with increasing levels of 0; 20; 40; 60; 80 and 100% of sorghum to replace corn. During 114 days, the fingerlings were fed three times a day until apparent satiation. Productive performance, chemical composition, size and density of the villi showed no significant differences (P > 0.05) due to the result replacement of corn by sorghum. Thus, we can concluded that the partial or total replacement of corn by sorghum in diets for silver catfish is feasible because it does not modify the productive performance, the chemical composition of the carcass and the size and density of the intestinal villi.(AU)


Com o estudo teve-se por objetivo verificar os possíveis efeitos da substituição do milho pelo sorgo de baixo tanino em dietas para jundiá Rhamdia quelen no desempenho produtivo, composição centesimal da carcaça, tamanho e densidade das vilosidades. O experimento foi realizado no Instituto de Pesquisa em Aquicultura Ambiental InPAA, em Toledo - PR. Foram utilizados 600 alevinos com peso e comprimento inicial médios de 4,49 ± 0,80g e 8,68 ± 0,62 cm, respectivamente, distribuídos em 24 tanquesrede com capacidade de 1m 3 de volume útil. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições, sendo cada unidade experimental formada por um tanque com 25 peixes. Os tratamentos constituíram-se de seis dietas com níveis crescentes de 0; 20; 40; 60; 80 e 100% de sorgo em substituição ao milho. Durante 114 dias os alevinos foram alimentados três vezes ao dia até a saciedade aparente. Desempenho produtivo, composição centesimal da carcaça, tamanho e densidade de vilosidades não diferiram (P > 0,05) em decorrência da substituição do milho pelo sorgo. Assim, concluiu-se que a substituição parcial ou total do milho pelo sorgo em dietas para jundiás é viável, pois não alteram o desempenho produtivo, a composição centesimal da carcaça e o tamanho e densidade das vilosidades intestinais.(AU)


Assuntos
Animais , Sorghum/metabolismo , Peixes/metabolismo , Dieta/veterinária , Taninos/administração & dosagem , Polifenóis/análise
7.
Acta Vet. Brasilica ; 9(4): 335-341, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453587

Resumo

Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão do bagaço de caju desidratado na silagem de sorgo sobreas características físico-químicas do ambiente ruminal de ovinos. Utilizaram-se quatro ovinos mestiços de SantaInês x Morada Nova fistulados no rúmen, alocados em delineamento quadrado latino 4x4, com quatro níveis desubstituição do bagaço de caju desidratado (BCD) na silagem do sorgo, constituído pelos níveis de 0%, 8%, 16%e 24%, com base na matéria natural. Foram avaliadas as características físico-químicas do líquido ruminal (pH,temperatura, nitrogênio amoniacal, tempo de redução do azul de metileno e tempo de sedimentação e flotação).O pH não apresentou diferença significativa entre os níveis de substituição (P > 0,05). A temperatura nãoapresentou diferença significativa (P > 0,05) em função dos níveis de substituição do BCD avaliados, no entanto,diferiu em função dos tempos de coleta. Já o nitrogênio amoniacal apresentou diferença significativa (P < 0,05);(P < 0,01) em função dos níveis de substituição do BCD e dos tempos de coletas do líquido ruminal. O tempo deredução do azul de metileno e o tempo de sedimentação e flotação apresentaram diferenças significativas (P <0,05); (P < 0,01). Os resultados demonstraram que a substituição do bagaço de caju desidratado em até 24% nasilagem de sorgo pode ser utilizado na alimentação de ovinos sem comprometer o ambiente ruminal


The objective was to evaluate the effects of inclusion of cashew bagasse dehydrated in sorghumsilage on the physicochemical characteristics of rumen’s environment of sheep. They were used four crossbredsheep Santa Inês x Morada Nova fistulated in the rumen, allocated in Latin square design 4x4,with fourreplacement levels of dehydrated cashew bagasse (BCD) in silage sorghum, consisting of levels of 0%, 8% 16%and 24%, based on the natural material. They evaluated the physicochemical characteristics of rumen fluid (pH,temperature, ammonia nitrogen, methylene blue reduction time, flotation and sedimentation time). The pH didnot differ among the three levels (P > 0.05). On temperature there was no significant difference (P > 0.05) on thebasis of the BCD replacement levels assessed, however, differed according to the collection times. The ammonianitrogen significantly different (P < 0.05); (P < 0.01) according to the BCD replacement levels and the rumenfluids ampling times. Methylene blue reduction time and the time for sedimentation and flotation significantdifferences (P < 0.05); (P < 0.01). The results showed that the substitution of cashew bagasse dehydrated up to24% on sorghum silage can be used in the feed without compromising the sheep rumen


Assuntos
Animais , Alimentos em Conserva , Amônia/análise , Anacardium/análise , Ovinos/metabolismo , Rúmen/fisiologia , Azul de Metileno , Concentração de Íons de Hidrogênio , Sorghum/metabolismo
8.
Acta Vet. bras. ; 9(4): 335-341, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-304277

Resumo

Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão do bagaço de caju desidratado na silagem de sorgo sobreas características físico-químicas do ambiente ruminal de ovinos. Utilizaram-se quatro ovinos mestiços de SantaInês x Morada Nova fistulados no rúmen, alocados em delineamento quadrado latino 4x4, com quatro níveis desubstituição do bagaço de caju desidratado (BCD) na silagem do sorgo, constituído pelos níveis de 0%, 8%, 16%e 24%, com base na matéria natural. Foram avaliadas as características físico-químicas do líquido ruminal (pH,temperatura, nitrogênio amoniacal, tempo de redução do azul de metileno e tempo de sedimentação e flotação).O pH não apresentou diferença significativa entre os níveis de substituição (P > 0,05). A temperatura nãoapresentou diferença significativa (P > 0,05) em função dos níveis de substituição do BCD avaliados, no entanto,diferiu em função dos tempos de coleta. Já o nitrogênio amoniacal apresentou diferença significativa (P < 0,05);(P < 0,01) em função dos níveis de substituição do BCD e dos tempos de coletas do líquido ruminal. O tempo deredução do azul de metileno e o tempo de sedimentação e flotação apresentaram diferenças significativas (P <0,05); (P < 0,01). Os resultados demonstraram que a substituição do bagaço de caju desidratado em até 24% nasilagem de sorgo pode ser utilizado na alimentação de ovinos sem comprometer o ambiente ruminal(AU)


The objective was to evaluate the effects of inclusion of cashew bagasse dehydrated in sorghumsilage on the physicochemical characteristics of rumens environment of sheep. They were used four crossbredsheep Santa Inês x Morada Nova fistulated in the rumen, allocated in Latin square design 4x4,with fourreplacement levels of dehydrated cashew bagasse (BCD) in silage sorghum, consisting of levels of 0%, 8% 16%and 24%, based on the natural material. They evaluated the physicochemical characteristics of rumen fluid (pH,temperature, ammonia nitrogen, methylene blue reduction time, flotation and sedimentation time). The pH didnot differ among the three levels (P > 0.05). On temperature there was no significant difference (P > 0.05) on thebasis of the BCD replacement levels assessed, however, differed according to the collection times. The ammonianitrogen significantly different (P < 0.05); (P < 0.01) according to the BCD replacement levels and the rumenfluids ampling times. Methylene blue reduction time and the time for sedimentation and flotation significantdifferences (P < 0.05); (P < 0.01). The results showed that the substitution of cashew bagasse dehydrated up to24% on sorghum silage can be used in the feed without compromising the sheep rumen(AU)


Assuntos
Animais , Anacardium/análise , Alimentos em Conserva , Ovinos/metabolismo , Amônia/análise , Rúmen/fisiologia , Sorghum/metabolismo , Azul de Metileno , Concentração de Íons de Hidrogênio
9.
Acta sci., Anim. sci ; 36(3): 259-264, July-Sept. 2014. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1459547

Resumo

This study evaluated the nutritional characteristics of BMR mutant and normal sorghum genotypes, eleven BMR mutants and nine normal. Seeds were sown in a randomized block design with three blocks, in which each genotype was a treatment. The nutritional characteristics were analyzed at 42 days of regrowth after the first cut, determined for DM, EE, ash, CP, NDIN, NIDA, NDF, ADF, NFC, CT, HCEL, CEL and NGLs. Regarding DM, EE, ash, NDIN, NIDA, NDF, FDA and HCEL, there were no differences between genotypes. As for CP, there were differences, with mean levels ranging from 9.77% for BR001AXTX2785bmr to 16.45% for BR001AxTX2784. Considering CT and NFC, there were differences in the mean levels that ranged from 75.21 to 83.28% for BR007AxTX2785bmr and BR001AXTX2785bmr, and from 17.46 to 25.51% for CMSXS156AxTX2785bmr and IS10428xTX2784, respectively. In relation to CEL and LGN significant difference were detected, the mean levels varied between 22.30 and 27.94% for the IS10428xTX2784 and TX635AxTX2785bmr, and from 3.08 to 7.31% for BR007AxTX2785bmr and BR001AxTX2784, respectively. The genotypes IS10428xTX2784 and BR007AxTX2784 are the most suitable for use in ruminant feed.


Objetivou-se avaliar as características nutricionais de genótipos de sorgo mutantes BMR e normais, sendo onze mutantes BMR e nove normais. A semeadura foi realizada em blocos casualizados, com três blocos onde cada genótipo foi um tratamento. As características nutricionais foram analisadas aos 42 dias de rebrotação após o primeiro corte, sendo determinados os teores de MS, EE, cinzas, PB, NIDN, NIDA, FDN, FDA, CNF, CT, HCEL, CEL e LGN. Em relação à MS, ao EE, às cinzas, ao NIDN, ao NIDA, à FDN, à FDA e à HCEL, não houve diferença entre os genótipos. Quanto à PB, houve diferença, cujos teores médios oscilaram de 9,77% para o BR001AXTX2785bmr a 16,45% para o BR001AxTX2784. Em relação aos CT e CNF, houve diferença, os teores médios variaram de 75,21% para o BR007AxTX2785bmr a 83,28% para o BR001AXTX2785bmr e de 17,46 a 25,51% para o CMSXS156AxTX2785bmr e IS10428xTX2784, respectivamente. Quanto à CEL e LGN houve diferença, os teores médios variaram de 22,30% para o IS10428xTX2784 a 27,94% para o TX635AxTX2785bmr e de 3,08% para o BR007AxTX2785bmr a 7,31% para o BR001AxTX2784, respectivamente. Os genótipos IS10428xTX2784 e o BR007AxTX2784 são os mais indicados para se utilizar na alimentação de ruminantes.


Assuntos
Pastagens/análise , Pastagens/métodos , Sorghum/classificação , Sorghum/genética , Sorghum/metabolismo
10.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 36(3): 259-264, July-Sept. 2014. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-716772

Resumo

This study evaluated the nutritional characteristics of BMR mutant and normal sorghum genotypes, eleven BMR mutants and nine normal. Seeds were sown in a randomized block design with three blocks, in which each genotype was a treatment. The nutritional characteristics were analyzed at 42 days of regrowth after the first cut, determined for DM, EE, ash, CP, NDIN, NIDA, NDF, ADF, NFC, CT, HCEL, CEL and NGLs. Regarding DM, EE, ash, NDIN, NIDA, NDF, FDA and HCEL, there were no differences between genotypes. As for CP, there were differences, with mean levels ranging from 9.77% for BR001AXTX2785bmr to 16.45% for BR001AxTX2784. Considering CT and NFC, there were differences in the mean levels that ranged from 75.21 to 83.28% for BR007AxTX2785bmr and BR001AXTX2785bmr, and from 17.46 to 25.51% for CMSXS156AxTX2785bmr and IS10428xTX2784, respectively. In relation to CEL and LGN significant difference were detected, the mean levels varied between 22.30 and 27.94% for the IS10428xTX2784 and TX635AxTX2785bmr, and from 3.08 to 7.31% for BR007AxTX2785bmr and BR001AxTX2784, respectively. The genotypes IS10428xTX2784 and BR007AxTX2784 are the most suitable for use in ruminant feed.(AU)


Objetivou-se avaliar as características nutricionais de genótipos de sorgo mutantes BMR e normais, sendo onze mutantes BMR e nove normais. A semeadura foi realizada em blocos casualizados, com três blocos onde cada genótipo foi um tratamento. As características nutricionais foram analisadas aos 42 dias de rebrotação após o primeiro corte, sendo determinados os teores de MS, EE, cinzas, PB, NIDN, NIDA, FDN, FDA, CNF, CT, HCEL, CEL e LGN. Em relação à MS, ao EE, às cinzas, ao NIDN, ao NIDA, à FDN, à FDA e à HCEL, não houve diferença entre os genótipos. Quanto à PB, houve diferença, cujos teores médios oscilaram de 9,77% para o BR001AXTX2785bmr a 16,45% para o BR001AxTX2784. Em relação aos CT e CNF, houve diferença, os teores médios variaram de 75,21% para o BR007AxTX2785bmr a 83,28% para o BR001AXTX2785bmr e de 17,46 a 25,51% para o CMSXS156AxTX2785bmr e IS10428xTX2784, respectivamente. Quanto à CEL e LGN houve diferença, os teores médios variaram de 22,30% para o IS10428xTX2784 a 27,94% para o TX635AxTX2785bmr e de 3,08% para o BR007AxTX2785bmr a 7,31% para o BR001AxTX2784, respectivamente. Os genótipos IS10428xTX2784 e o BR007AxTX2784 são os mais indicados para se utilizar na alimentação de ruminantes.(AU)


Assuntos
Pastagens/análise , Pastagens/métodos , Sorghum/classificação , Sorghum/genética , Sorghum/metabolismo
11.
Acta sci., Anim. sci ; 35(1): 93-97, jan.-mar. 2013. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1459451

Resumo

There were used eight castrated male horses, crosbred. It was used randomized completely design.  The objective was to evaluate the nutritive value of high-moisture grains silage of sorghum with low (SLT) and high (SHT) tannin in the feeding equine. The treatments consisted of two test-diets containing SLT or SHT, replacing 30% of dry matter (DM) of the reference-diet, constitued by only hay. The values of digestibility coefficients (DC) of nutrients SLT and SHT had differences for DCDM, DCOM, DCCE, DCCP and DCStarch, whose means values were 79.53, 84.54, 79.36, 76.11 and 100% to SLT e 60.29, 64.47, 59.38, 44.63 and 97.06% to SHT, respectively. It was concluded that high-moisture grains silage of sorghum with low tannin should be used in equine nutrition, this is an alternative feed.


Foram utilizados oito cavalos castrados sem raça definida em delineamento inteiramente casualizado. O objetivo foi determinar o valor nutritivo das silagens de grãos de sorgo de baixo (SBT) e alto (SAT) teores de tanino na alimentação de equinos. Os tratamentos consistiram de duas dietas-teste compostas pelos grãos de sorgo ensilados (SBT e SAT), substituindo em 30% a MS da dieta-referência, constituída exclusivamente por feno. Os valores de digestibilidade dos nutrientes dos SBT e SAT apresentaram diferenças nos CDMS, CDMO, CDEB, CDPB e CDAmido em que SAT foi inferior (p < 0,05) para todos os parâmetros, em que os valores médios foram de, respectivamente, 79,53, 84,54, 79,36, 76,11 e 100% para SBT e 60,29, 64,47, 59,38, 44,63 e 97,06% para SAT. Concluiu-se que a utilização do SBT é promissora na nutrição de equinos, tornando-se alimento alternativo nas formulações de rações.


Assuntos
Animais , Cavalos/fisiologia , Cavalos/metabolismo , Sorghum/metabolismo , Sorghum/química , Valor Nutritivo , Taninos , Umidade
12.
Acta Sci. Anim. Sci. ; 35(1): 93-97, jan.-mar. 2013. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-759446

Resumo

There were used eight castrated male horses, crosbred. It was used randomized completely design.  The objective was to evaluate the nutritive value of high-moisture grains silage of sorghum with low (SLT) and high (SHT) tannin in the feeding equine. The treatments consisted of two test-diets containing SLT or SHT, replacing 30% of dry matter (DM) of the reference-diet, constitued by only hay. The values of digestibility coefficients (DC) of nutrients SLT and SHT had differences for DCDM, DCOM, DCCE, DCCP and DCStarch, whose means values were 79.53, 84.54, 79.36, 76.11 and 100% to SLT e 60.29, 64.47, 59.38, 44.63 and 97.06% to SHT, respectively. It was concluded that high-moisture grains silage of sorghum with low tannin should be used in equine nutrition, this is an alternative feed.(AU)  


Foram utilizados oito cavalos castrados sem raça definida em delineamento inteiramente casualizado. O objetivo foi determinar o valor nutritivo das silagens de grãos de sorgo de baixo (SBT) e alto (SAT) teores de tanino na alimentação de equinos. Os tratamentos consistiram de duas dietas-teste compostas pelos grãos de sorgo ensilados (SBT e SAT), substituindo em 30% a MS da dieta-referência, constituída exclusivamente por feno. Os valores de digestibilidade dos nutrientes dos SBT e SAT apresentaram diferenças nos CDMS, CDMO, CDEB, CDPB e CDAmido em que SAT foi inferior (p < 0,05) para todos os parâmetros, em que os valores médios foram de, respectivamente, 79,53, 84,54, 79,36, 76,11 e 100% para SBT e 60,29, 64,47, 59,38, 44,63 e 97,06% para SAT. Concluiu-se que a utilização do SBT é promissora na nutrição de equinos, tornando-se alimento alternativo nas formulações de rações.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/metabolismo , Cavalos/fisiologia , Sorghum/química , Sorghum/metabolismo , Valor Nutritivo , Taninos , Umidade
13.
Pesqui. vet. bras ; 29(9): 725-730, 2009. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-14074

Resumo

Um experimento foi conduzido para avaliar o efeito de níveis crescentes de parede de levedura e idade das matrizes reprodutoras sobre o peso dos órgãos linfóides, a resposta imune celular e o perfil hematológico de frangos de corte. Foram utilizados 3.360 pintos de corte da linhagem Cobb, distribuídos em delineamento inteiramente casualisado, em esquema fatorial 2x5, mais dois controles, sendo duas idades de matrizes (34 e 57 semanas de idade) e cinco níveis de suplementação de parede de levedura (zero, um, dois, três e quatro kg de parede de levedura/tonelada de ração). A idade das matrizes influenciou a resposta de todas as variáveis. A inclusão de 3kg de parede de levedura/tonelada de ração promoveu, na progênie de reprodutoras de 57 semanas, reação inflamatória mais intensa quando comparada a dieta controle, no entanto não houve aumento significativo no número de heterófilos e linfócitos circulantes. Conclui-se que a utilização da parede de levedura associada ao sorgo ou não em rações de frangos de corte ainda necessita de estudos complementares, que incluam, por exemplo, os componentes purificados da parede de levedura (MOS e ß-glucano).(AU)


An experiment was carried out to evaluate the effect increasing levels of yeast wall and broiler breeders' age levels on lymphoid organs weight, cellular immune response and hematological parameters in broilers. A total of 3,360 Cobb broilers were allotted, in a completely randomized design and a 2x5 factorial arrangement, and two controls, compound of two broiler breeders age (34 and 57 weeks of age) and five yeast wall levels (zero, one, two, three and four kg of yeast wall/ton of diet). Broiler breeders' age affected all studied variables. The inclusion of 3kg of yeast wall/ton of meal increased, at 57 weeks age broiler breeders, more intense inflammatory reaction when compared to control diet; however the circulated heterophils and lymphocytes numbers were not increased. In conclusion, the use of yeast wall, associated or not to sorghum on broilers diet still needs complementary studies, for example, purified components of yeast wall (MOS and ß-glucano).(AU)


Assuntos
Animais , Leveduras/citologia , Imunidade Celular/fisiologia , Aves Domésticas/crescimento & desenvolvimento , Sorghum/metabolismo , Fatores Imunológicos/análise , Aves Domésticas/imunologia , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente/provisão & distribuição
14.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 59(3): 767-772, jun. 2007. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7250

Resumo

Um experimento foi realizado para avaliar os efeitos digestivos e metabólicos da substituição de milho por sorgo em dietas para suínos. Foram utilizados 12 suínos machos castrados, meio-irmãos paternos, com peso vivo médio inicial de 40,8kg, mantidos em gaiolas metabólicas. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos (T1 = dieta controle; T2 = substituição de 50 por cento do milho por sorgo e T3 = substituição de 100 por cento) e quatro repetições. As digestibilidades da proteína e da energia brutas foram 5 e 4 por cento superiores (P<0,05), respectivamente, nos suínos alimentados com a dieta que tinha 50 por cento de substituição, comparadas àquela com substituição total do milho por sorgo. A substituição total do milho por sorgo reduziu (P<0,05) as digestibilidades, em relação à dieta-controle, em 3 por cento para MS, 8 por cento para PB e 5 por cento para EB. O N fecal foi 25 por cento maior (P<0,05), o N absorvido 10 por cento menor (P<0,05) e a excreção fecal de energia 15 por cento maior (P<0,05) para a dieta com substituição total, em relação à dieta-controle. A excreção fecal de N e energia e a absorção de N são influenciadas negativamente pela substituição total de milho por sorgo nas dietas. A substituição em até 50 por cento do milho por sorgo em dietas para suínos não influi na digestibilidade das dietas e no metabolismo dos animais.(AU)


An experiment was carried out to evaluate metabolic and digestive effects replacement of corn by sorghum in pig diets. Twelve half brothers barrows weighing 40.8kg and housed in metabolic cages in a completely randomized design with three treatments (T1 = control diet; T2 = replacement of 50 percent corn by sorghum and T3 = replacement of 100 percent) with four replicates. Crude protein and gross energy the digestibilities were 5 percent and 4 percent higher (P<0.05), respectively, for pigs fed 50 percent of corn replacement diet, in comparison with the diet where corn was totally replaced by sorghum. Total replacement of corn by sorghum diets decreased (P<0.05) the digestibilities, in comparison to control diet, in 3 percent for DM, 8 percent for CP and 5 percent for GE. Fecal N was 25 percent higher (P<0.05), absorbed N was 10 percent lower (P<0.05), and the fecal excretion energy was 15 percent higher (P<0.05) for total substitution diet in comparison to control diet. Fecal excretion and absorption of nitrogen are negatively influenced by total replacement of corn by sorghum in the diets. Replacements of up to 50 percent of corn by sorghum in pig diets do not affect the digestibility diet and metabolism of animals.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Ração Animal , Zea mays/metabolismo , Sorghum/metabolismo , Rúmen , Suínos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA