Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-738112

Resumo

A fibropapilomatose é uma doença caracterizada pela presença de fibropapilomascutâneos, que podem se distribuir por todo o corpo do animal. Estudos apontam que o herpesvírus associado a fibropapilomatose (ChHV-5) é o causador desta doença, que tem como uma de suas principais características a latência. Os testes sorológicos são uma ferramenta de grande valia para verificar a exposição das tartarugas marinhas ao vírus e, desta forma, trazer dados sobre como o vírus afeta às populações de tartarugas em vida livre. Sendo assim, a padronização do teste para o Herpesvirus tipo 5 (ChHV-5) permitirá a identificação e titulação dos anticorpos mesmo em animais sem sinais clínicos.(AU)


Fibropapillomatosis is a disease characterized by the presence of cutaneous fibropapillomas, which can spread throughout the body of the animal. Studies indicate that the herpesvirus associated with fibropapillomatosis (ChHV-5) is the cause of this disease, which has as one of its main characteristics the latency. Serological tests are a valuable tool for verifying the exposure of sea turtles to the virus and thus provide data on how the virus affects turtle populations in free living. Therefore, the standardization of the test for Herpesvirus type 5 (ChHV-5) will allow the identification and titration of the antibodies even in animals without clinical signs.(AU)


Assuntos
Animais , Infecções por Herpesviridae/sangue , Infecções por Herpesviridae/veterinária , Herpesviridae , Papiloma/veterinária , Tartarugas/virologia , Testes Sorológicos/veterinária
2.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1494293

Resumo

A fibropapilomatose é uma doença caracterizada pela presença de fibropapilomascutâneos, que podem se distribuir por todo o corpo do animal. Estudos apontam que o herpesvírus associado a fibropapilomatose (ChHV-5) é o causador desta doença, que tem como uma de suas principais características a latência. Os testes sorológicos são uma ferramenta de grande valia para verificar a exposição das tartarugas marinhas ao vírus e, desta forma, trazer dados sobre como o vírus afeta às populações de tartarugas em vida livre. Sendo assim, a padronização do teste para o Herpesvirus tipo 5 (ChHV-5) permitirá a identificação e titulação dos anticorpos mesmo em animais sem sinais clínicos.


Fibropapillomatosis is a disease characterized by the presence of cutaneous fibropapillomas, which can spread throughout the body of the animal. Studies indicate that the herpesvirus associated with fibropapillomatosis (ChHV-5) is the cause of this disease, which has as one of its main characteristics the latency. Serological tests are a valuable tool for verifying the exposure of sea turtles to the virus and thus provide data on how the virus affects turtle populations in free living. Therefore, the standardization of the test for Herpesvirus type 5 (ChHV-5) will allow the identification and titration of the antibodies even in animals without clinical signs.


Assuntos
Animais , Herpesviridae , Infecções por Herpesviridae/sangue , Infecções por Herpesviridae/veterinária , Papiloma/veterinária , Tartarugas/virologia , Testes Sorológicos/veterinária
3.
Pesqui. vet. bras ; 32(11): 1179-1183, Nov. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-5540

Resumo

Fibropapillomatosis (FP) is a benign tumoral disease that affects sea turtles, hampering movement, sight and feeding, ultimately leading to death. In Brazil, the disease was described for the first time in 1986. Research suggests the involvement of a herpesvirus in association with environmental and genetic factors as causal agents of FP. The objective of the present study was to detect and characterize this herpesvirus in sea turtles living in the coast of state Rio Grande do Sul (RS), Brazil. From October 2008 to July 2010, 14 turtles were observed between the beaches of Torres and Tavares, of which 11 were green turtles (Chelonia mydas) and 3 were loggerhead turtles (Caretta caretta). All turtles were young and mean curved carapace length was 37.71±7.82cm, and varied from 31 to 55cm. Only one green turtle presented a 1cm, papillary, pigmented fibropapilloma. Skin and fibropapilloma samples were analyzed by conventional and real time PCR assays to detect and quantify herpesvirus. All skin samples were negative, though the fibropapilloma specimen was positive in both tests. Viral load was 9,917.04 copies of viral genome per milligram of tissue. The DNA fragment amplified from the fibropapilloma sample was sequenced and allocated in the Atlantic phylogeographic group. This study reports the first molecular characterization of herpesvirus associated with fibropapilloma in turtles from the coast of RS.(AU)


A fibropapilomatose (FP) é uma doença tumoral benigna que pode causar a morte das tartarugas marinhas por dificultar a sua locomoção, visão e alimentação. Pesquisas sugerem o envolvimento de um herpesvirus em associação com fatores ambientais e genéticos como agentes causais da FP. No Brasil, foi descrita pela primeira vez em 1986. O objetivo do presente trabalho foi detectar e caracterizar esse herpesvírus em tartarugas marinhas do litoral do Estado do Rio Grande do Sul (RS). De outubro de 2008 a julho de 2010, foram encontradas 14 tartarugas marinhas entre as praias de Torres e Tavares, das quais 11 eram tartarugas verdes (Chelonia mydas) e 3 eram tartarugas cabeçudas (Caretta caretta). Todas as tartarugas eram jovens e o comprimento curvilíneo de carapaça médio foi de 37,71±7,82cm, variando de 31 a 55cm. Apenas uma tartaruga verde apresentou um fibropapiloma de 1cm, pigmentado e de superfície papilar. Amostras de pele e do fibropapiloma foram submetidas a PCR convencional e PCR em tempo real para detecção e quantificação do herpesvírus. Todas as amostras de pele foram negativas e o fibropapiloma foi positivo em ambas as técnicas, apresentando uma carga viral de 9.917,04 cópias de genoma viral/mg de tecido. O fragmento de DNA amplificado na amostra de fibropapiloma foi sequenciado e revelou pertencer ao grupo filogeográfico do Atlântico. Essa é a primeira caracterização molecular do herpesvirus associado ao fibropapiloma em tartarugas do litoral do RS.(AU)


Assuntos
Animais , Tartarugas/virologia , Neoplasias Cutâneas/veterinária , Infecções por Herpesviridae/veterinária , Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária , DNA de Neoplasias
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA