Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 46(9): 1618-1621, Sept. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29711

Resumo

This research aimed to determine incidence of Toxoplama gondii infection in Corriedale sheep in southern Brazil during pregnancy and the extent of associated losses. Blood samples were collected from 411 Corriedale sheep in two flocks at different locations in the state of Rio Grande do Sul (Brazil). Presence of T. gondii was diagnosed by the Indirect Fluorescent Antibody Technique (IFAT). Seroprevalence of T. gondii during pre-mating was 20.2%, with no significant difference between the two flocks studied. Infection by T. gondii was influenced by ewes'age (P0.05). The pre-mating seroprevalence did not influence either returning to estrus or pregnancy rates. Weaning rate was significantly higher in pre-positive dams compared to negative ones (87.9 and 74.1%, respectively - P 0.05). The incidence of seroconversion was 16.5% (54/328). In seroconverted ewes, a high rate of return to estrus was observed (P0.05). The incidence of toxoplasmosis suggests production losses equivalent to 1.87% per year, in this system production. In addition, toxoplasmosis decreased the number of lambs per ewe. Therefore, to improve livestock performance, T. gondii infection should be monitored and controlled in the studied area.(AU)


Este trabalho tem como objetivo determinar a incidência da infecção pelo T. gondii em ovinos, durante o período gestacional e a extensão das perdas associadas. Amostras de sangue foram coletadas de 411 ovelhas Corriedale em dois rebanhos, em diferentes locais do Rio Grande do Sul, Brasil. Presença de T. gondii foi diagnosticada pela técnica de imunofluorescência indireta (RIFI). A soroprevalência no pré-acasalamento foi de 20,2%, sem diferença significativa entre os dois rebanhos estudados. A infecção por T. gondii foi influenciada pela idade (P 0,05). A soroprevalência no pré-acasalamento não influenciou a taxa de retorno ao estro e a taxa de prenhez. Taxa de desmame foi significativamente maior nas ovelhas positivas na pré-cobertura em comparação com as negativas (87,9 e 74,1%, respectivamente - P 0,05). A incidência de soroconversão foi de 16,5% (54/328). Em ovelhas que soroconverteram, uma alta taxa de retorno ao estro foi observada (P0,05). A incidência da toxoplasmose sugere perdas de produção equivalentes a 1,87% ao ano nestes sistemas. Além disso, a toxoplasmose diminuiu o número de cordeiros por ovelha. Portanto, para melhorar o desempenho produtivo nos rebanhos ovinos, a infecção por T. gondii deve ser monitorada e controlada na área estudada.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças dos Ovinos , Toxoplasmose Animal/economia , Toxoplasmose Animal/epidemiologia , Toxoplasma , Complicações na Gravidez/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA