Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 51(7)2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31179

Resumo

Rootstocks are widely used in viticulture due to their resistance to biotic and abiotic stress. Additionally, rootstocks can affect vine growth and fruit quality. This study evaluated the compatibility and initial developmental of the BRS Magna grafted on different rootstocks The wedge graft technique on woody cuttings was utilized. The percentage of survival ranged from 0% (VR043-43) to 98.33% (101-14 MGT), and the rootstock were grouped into three distinct groups. IAC 313 Tropical and SO4 rootstocks were those ones with the highest vigor in relation to initial shoot growth. However, IAC 572 Jales, Harmony, 3309 Couderc and Gravesac had the best balance between initial shoot growth and root development. The BRS Magna when grafted on rootstocks IAC 313 Tropical, SO4 and 101-14 MGT showed the highest initial development rates, while when grafted on R99, R110 and 420A, it showed the lowest initial development.(AU)


Os porta-enxertos são amplamente utilizados na viticultura devido à sua resistência aos estresses biótico e abiótico. Além disso, os porta-enxertos podem afetar o crescimento da videira e a qualidade dos frutos. O objetivo deste estudo foi avaliar a compatibilidade e o desenvolvimento inicial de videiras BRS Magna enxertada em diferentes porta-enxertos. A técnica de enxertia em fenda foi utilizada. A porcentagem de sobrevivência variou de 0% (VR043-43) a 98,33% (101-14 MGT) e os porta-enxertos foram agrupados em três grupos distintos. Os porta-enxertos IAC 313 Tropical e SO4 foram os de maior vigor em relação ao crescimento inicial da parte aérea. Já IAC 572 Jales, Harmony, 3309 Couderc e Gravesac tiveram o melhor equilíbrio entre o crescimento inicial da parte aérea e o desenvolvimento das raízes. BRS Magna quando enxertada nos porta-enxertos IAC 313 Tropical, SO4 e 101-14 MGT apresentou as maiores taxas de desenvolvimento inicial, enquanto que, quando enxertada em R99, R110 e 420A, apresentou os menores valores iniciais de desenvolvimento.(AU)


Assuntos
Transplantes/microbiologia , Vitis/crescimento & desenvolvimento , Frutas/anatomia & histologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA