Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. J. Biol. ; 78(2): 311-317, maio-ago. 2018. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-735328

Resumo

The aims of this research were first, to evaluate the antibacterial potential of commercial thyme essential oil against V. alginolyticus and V. parahaemolyticys and second, using the spray drying technique to produce microcapsules. chemical compounds of thyme oil and microcapsules were identified and quantified being thymol the chemical component present at the highest concentration. Oil-in-water (O/W) emulsions were prepared and the microcapsules were obtained with a spray dryer using maltodextrin as wall material (ratio 1:4). Thyme oil and the microcapsules exhibited antimicrobial activity against V. parahaemolyticus and V. alginolyticus. The spray drying process did not affect the antimicrobial activity of thyme essentialoil.(AU)


Os objetivos desta pesquisa foram avaliar o potencial antibacteriano do óleoessencial de tomilho sobre V. alginolyticus e V. parahaemolyticys e produzir microcápsulas através do processo de secagem por aspersão (spray dryer). Os compostos químicos do óleo essencial de tomilho e das microcápsulas foram identificados e quantificadaos. Foi preparada uma emulsão de óleo em água (O/A) e em seguida foram produzidas microcápsulas em um spray dryer utilizando-se óleo essencial de tomilho e maltodextrina como material de parede na proporção de 1:4 respectivamente. Entre os vários compostos identificados, o timol apresentou maior concentração. O óleo essencial de tomilho e as microcápsulas exibiram atividade antibacteriana sobre V. parahaemolyticus e V. alginolyticus. O processo de secagem por aspersão não afetou a atividade antibacteriana do óleo essencial de tomilho.(AU)


Assuntos
Thymus serpyllum , Óleos Voláteis/farmacologia , Óleos Voláteis/química , Antibacterianos/análise , Vibrio alginolyticus , Vibrio parahaemolyticus , Aquicultura
2.
Pesqui. vet. bras ; 38(8): 1511-1517, Aug. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-976487

Resumo

Vibrio species are ubiquitous in aquatic environments, including coastal and marine habitats. Vibrio alginolyticus is an opportunistic pathogen for fish, crustaceans and mussels and their identification by biochemical tests may be impaired due their nutritional requirements. The study used Matrix-Assisted Laser Desorption/Ionization Time-of-Flight Mass Spectrometry (MALDI-TOF MS) to identify 49 Vibrio spp. isolates associated with mussels (Perna perna) from different locations along the Rio de Janeiro coast. The rpoA gene was used as a genus-specific marker of Vibrio spp. and was positive in all 209 isolates. MALDI-TOF MS confirmed 87.8% of V. alginolyticus when compared to the results of the biochemical tests. Four isolates were identified as Shewanella putrefaciens (8.16%) and one was identified as V. parahaemolyticus (2.0%). Just one isolate was not identified by this technique (2.0%). The pyrH sequencing confirmed 75% of the proteomic technique results. MALDI-TOF MS is an excellent option for characterization of bacterial species, as it is efficient, fast and easy to apply. In addition, our study confirms its high specificity and sensitivity in these marine bacteria identification.(AU)


Espécies de Vibrio são ubiquitárias em ambientes aquáticos, incluindo habitats costeiros e marinhos. A espécie Vibrio alginolyticus é oportunista para peixes, crustáceos e moluscos e a sua identificação através de testes bioquímicos pode ter a qualidade prejudicada devido às suas exigências nutricionais. O presente estudo utilizou Espectrometria de Massa por Tempo de Vôo de Ionização/Desorção por Laser Assistida por Matriz (MALDI-TOF MS) para identificar diferentes espécies de Vibrio provenientes de mexilhões (Perna perna) coletados em diferentes locais ao longo da costa do Rio de Janeiro. O gene rpoA foi utilizado como um marcador gênero-específico de Vibrio spp. sendo positivo em todos os 209 isolados. MALDI-TOF MS confirmou 87,75% de V. alginolyticus quando comparados com os resultados dos testes bioquímicos. Quatro isolados foram identificados como Shewanella putrefaciens (8,16%), um como V. parahaemolyticus (2,0%) e apenas um (2,0%) não foi identificado pela técnica proteômica. E o sequenciamento do pyrH confirmou 75% dos resultados da técnica proteomica. MALDI-TOF MS tem sido considerada uma excelente opção para a caracterização bacteriana, por ser eficiente, rápida, de fácil aplicação e este estudo confirmou a sua elevada especificidade e sensibilidade na identificação de bactérias marinhas.(AU)


Assuntos
Animais , Vibrio alginolyticus/isolamento & purificação , Vibrio alginolyticus/classificação , Perna (Organismo)/microbiologia , Perna (Organismo)/patogenicidade
3.
Pesqui. vet. bras ; 38(8): 1511-1517, Aug. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22292

Resumo

Vibrio species are ubiquitous in aquatic environments, including coastal and marine habitats. Vibrio alginolyticus is an opportunistic pathogen for fish, crustaceans and mussels and their identification by biochemical tests may be impaired due their nutritional requirements. The study used Matrix-Assisted Laser Desorption/Ionization Time-of-Flight Mass Spectrometry (MALDI-TOF MS) to identify 49 Vibrio spp. isolates associated with mussels (Perna perna) from different locations along the Rio de Janeiro coast. The rpoA gene was used as a genus-specific marker of Vibrio spp. and was positive in all 209 isolates. MALDI-TOF MS confirmed 87.8% of V. alginolyticus when compared to the results of the biochemical tests. Four isolates were identified as Shewanella putrefaciens (8.16%) and one was identified as V. parahaemolyticus (2.0%). Just one isolate was not identified by this technique (2.0%). The pyrH sequencing confirmed 75% of the proteomic technique results. MALDI-TOF MS is an excellent option for characterization of bacterial species, as it is efficient, fast and easy to apply. In addition, our study confirms its high specificity and sensitivity in these marine bacteria identification.(AU)


Espécies de Vibrio são ubiquitárias em ambientes aquáticos, incluindo habitats costeiros e marinhos. A espécie Vibrio alginolyticus é oportunista para peixes, crustáceos e moluscos e a sua identificação através de testes bioquímicos pode ter a qualidade prejudicada devido às suas exigências nutricionais. O presente estudo utilizou Espectrometria de Massa por Tempo de Vôo de Ionização/Desorção por Laser Assistida por Matriz (MALDI-TOF MS) para identificar diferentes espécies de Vibrio provenientes de mexilhões (Perna perna) coletados em diferentes locais ao longo da costa do Rio de Janeiro. O gene rpoA foi utilizado como um marcador gênero-específico de Vibrio spp. sendo positivo em todos os 209 isolados. MALDI-TOF MS confirmou 87,75% de V. alginolyticus quando comparados com os resultados dos testes bioquímicos. Quatro isolados foram identificados como Shewanella putrefaciens (8,16%), um como V. parahaemolyticus (2,0%) e apenas um (2,0%) não foi identificado pela técnica proteômica. E o sequenciamento do pyrH confirmou 75% dos resultados da técnica proteomica. MALDI-TOF MS tem sido considerada uma excelente opção para a caracterização bacteriana, por ser eficiente, rápida, de fácil aplicação e este estudo confirmou a sua elevada especificidade e sensibilidade na identificação de bactérias marinhas.(AU)


Assuntos
Animais , Vibrio alginolyticus/isolamento & purificação , Vibrio alginolyticus/classificação , Perna (Organismo)/microbiologia , Perna (Organismo)/patogenicidade
4.
Semina Ci. agr. ; 38(5): 3417-3434, Set.-Out. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25025

Resumo

The green turtle Chelonia mydas is a widely distributed, slowly maturing species with a complex life cycle, using both oceanic and coastal environments. This species is exposed to different threats and is considered an environmental sentinel that indicates variations and severity of hazards to marine ecosystems. This study aimed to describe both anthropogenic impacts, and infectious and parasitic diseases in C. mydas - including cases along the Brazilian coast - and implications for conservation. Bycatch is reported as the main threat to the conservation of this species, followed by debris ingestion, collisions with boats, dredging, and chronic environmental contamination. All these impacts may directly or indirectly cause death, by facilitating the contact with pathological agents and by increasing vulnerability to secondary diseases. The pathological agents associated with lesions include viruses, bacteria, fungi, protozoa, and helminths. Fibropapillomatosis is an example of a chronic disease characterized by cutaneous and visceral tumors that affect mostly juvenile C. mydas worldwide and is associated with Chelonid herpesvirus 5. The bacterias Vibrio alginolyticus, Aeromonas hydrophila, Pseudomonas fluorescens are found in the aquatic environment and C. mydas lesions in various organs. Trematode adults and eggs of the family Spirorchiidae are also frequent in systemic cardiovascular diseases of C. mydas. The direct impacts of anthropogenic activities and diseases are synergistic and may affect the species health and conservation. Therefore, the monitoring and systematic diagnosing of diseases and causes of death - including necropsy, histopathology, and molecular exams- are necessary to assess a populations health, to support appropriate decisions of coastal management and to target future research topics that optimize C. mydas conservation.(AU)


A tartaruga-verde, Chelonia mydas, possui ampla distribuição geográfica, reprodução tardia e complexo ciclo de vida, habitando áreas costeiras e oceânicas. Devido a essas características, a espécie está exposta a diferentes tipos de ameaças e pode sinalizar sobre variações e a gravidade desses impactos ao longo do tempo no ecossistema, sendo considerada sentinela ambiental. Este trabalho teve por objetivo discorrer sobre relatos de atividades antrópicas impactantes e doenças infecciosas e parasitárias em C. mydas, com ênfase nas ocorrências no litoral brasileiro. A captura acidental em petrechos de pesca é uma das principais ameaças à conservação desses animais, assim como a ingestão de resíduos sólidos, colisão com embarcações, dragagens e bioacumulação de contaminantes químicos, os quais podem atuar diretamente ou indiretamente na morte dos animais. Dessa forma, quando não matam o animal, podem servir como porta de entrada para agentes patogênicos e agirem como imunossupressores que influenciam no desenvolvimento de doenças secundárias. Os agentes patogênicos associados a lesões incluem vírus, bactérias, fungos, protozoários e helmintos. A fibropapilomatose, por exemplo, é caracterizada por tumores cutâneos e viscerais que afetam C. mydas juvenis no mundo todo, e o provável agente é o Chelonid herpesvirus 5. As bactérias Vibrio alginolyticus, Aeromonas hydrophila, Pseudomonas fluorescens são frequentemente encontradas no ambiente aquático, como também emC. mydas com lesões em diferentes órgãos. Os adultos e ovos de trematódeos da família Spirochiidaetambém são frequentemente relatados em afecções cardiovasculares sistêmicas em C. mydas. Oimpacto causado por atividades antrópicas e o desenvolvimento de doenças é sinérgico e afeta a saúdee conservação desses animais. Dessa forma, a avaliação contínua, sistemática, por meio de examesmacroscópicos, histopatológicos e auxílio de análises moleculares para identificação de agentespatogênicos é necessária...(AU)


Assuntos
Animais , Tartarugas/parasitologia , Noxas/análise , Morbidade , Vibrio alginolyticus/patogenicidade , Ingestão de Alimentos
5.
Braz. J. Microbiol. ; 46(4): 1001-1008, Oct.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13140

Resumo

A study was performed to investigate the genomic variations in the shrimp farm isolates of Vibrio alginolyticus and V. harveyi when the isolates were subjected to environmental stress. Samples of shrimps, water and sediment were collected from Southern Indian coastal shrimp farms. Vibrio isolates were biochemically identified and confirmed using 16S rDNA and gyrB gene specific PCR. The bacterial strains were genotyped by PCR fingerprinting using GTG(5) and IS (Insertion Sequence) primers. Seven strains each of V. alginolyticus and V. harveyi were subjected to 10 passages through trypticase soya broth (TSB), which contained different NaCl concentrations (3, 6 and 8%) and trypticase soya agar (TSA). V. alginolyticus was also passaged through TSB with a 12% NaCl concentration. PCR fingerprinting, which was performed on the strains that were passaged through different salt concentrations, confirmed that V. alginolyticus and V. harveyi could affect the genomic variations, depending on the environmental conditions of the culture. The study highlights the complex genotypic variations that occur in Vibrio strains of tropical aquatic environment because of varied environmental conditions, which result in genetic divergence and/or probable convergence. Such genetic divergence and/or convergence can lead to the organismal adaptive variation, which results in their ability to cause a productive infection in aquatic organisms or generation of new strains.(AU)


Assuntos
Animais/crescimento & desenvolvimento , Vibrio alginolyticus , Vibrioses , Astacoidea
6.
Braz. J. Biol. ; 70(1): 205-209, Feb. 2010. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2650

Resumo

The aim of this study was to evaluate the pathogenicity of Vibrio alginolyticus isolated from an outbreak of sea horse Hippocampus reidi reared in the State of Santa Catarina, Brazil, by experimental infection. Sea horses with necrosis on the mouth epithelium were collected from aquaria at the Aquaculture Department, UFSC and the bacterium isolated from the mouth, liver, heart and blood in tiosulphate citrate bilesalt sucrose agar broth. The strains were identified by API 20E kit with 99.1 percent probability as Vibrio alginolyticus. Twelve adult sea horses (9.63 ± 2.42 g and 15.12 ± 0.87 cm) were distributed in six aquaria of 10 L capacity with aerated sea water. Fish from three aquaria were submitted to an immersion bath in a solution containing 1.0 × 10(7) CFU of V. alginolyticus/mL for 15 minutes. Fish from the other three aquaria received the same procedure without bacteria. Twenty four hours after this challenge, 100 percent mortality was observed in the animals infected with V. alginolyticus. No mortality was observed in non-infected fish. Hyperplasia, displacement and fusion of secondary lamellae of the gills; leukocyte infiltration and necrotic foci in the kidney; hyperplasia, sinusoidal deformation and necrotic foci in the liver were observed in histopathological analysis. The V. alginolyticus isolated in this study was pathogenic to H. reidi and constitutes an important sanitary problem to its culture.(AU)


Foi avaliado por meio de infecção experimental a patogenicidade de Vibrio alginolyticus isolado de um surto de enfermidade em cavalo-marinho Hippocampus reidi cultivado no Estado de Santa Catarina, Brasil. Os peixes com necroses no epitélio bucal foram coletados em aquários do Departamento de Aquicultura, UFSC e as bactérias isoladas da boca, fígado, coração e sangue em meio Agar tiossulfato citrato bile sacarose. Os isolados foram identificados pelo kit API 20E como Vibrio alginolyticus com 99,1 por cento de probabilidade. Doze peixes adultos (9,63 ± 2,42 g e 15,12 ± 0,87 cm) foram distribuídos em seis aquários de 10 L com água marinha e aeração. Peixes de três aquários foram submetidos a um banho de imersão por 15 minutos em uma solução contendo 1,0 × 10(7) UFC de V. alginolyticus/mL. Nos outros três aquários realizou-se o mesmo procedimento sem a bactéria. Vinte e quatro horas após o desafio, 100 por cento de mortalidade foi observada nos animais infectados com V. alginolyticus. Não houve mortalidade nos peixes não infectados. Nas análises histopatológicas, foi observado hiperplasia, deslocamento do epitélio e fusão das lamelas secundárias das brânquias; infiltração de leucócitos e necrose no rim; hiperplasia, deformação sinusoidal e necrose no fígado nos animais desafiados com V. alginolyticus. O V. alginolyticus isolado neste estudo foi patogênico para H. reidi, constituindo-se de um importante problema para seu cultivo.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças dos Peixes/microbiologia , Smegmamorpha/microbiologia , Vibrioses/microbiologia , Vibrio alginolyticus/patogenicidade , Brasil , Vibrio alginolyticus/isolamento & purificação
7.
Pesqui. vet. bras ; 27(2): 81-83, 2007. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-46

Resumo

Avaliou-se a incidência de Vibrio spp. a partir de lesões superficiais em mamíferos marinhos encalhados ou capturados em redes de pesca nas regiões litorâneas do Sudeste (Rio de Janeiro) e Sul (RS) do Brasil. Foram coletadas 198 amostras, pelas instituições de pesquisa DEENSP, GEMARS e Ceclimar, as quais foram enviadas ao Labent/IOC/FIOCruz, onde foram submetidas ao enriquecimento em Agua Peptonada Alcalina (APA) adicionada de 1 por cento e 3 por cento de NaCl e in-cubadas a 37ºC por 18-24 horas. Em seqüência foram semeadas em meio Agar Tiossulfato Citrato Bile Sacarose (TCBS) e as colônias suspeitas submetidas à caracterização bioquímica. Foram isoladas 108 cepas bacterianas, destacando-se Vibrio alginolyticus, V. parahaemolyticus, V. vulnificus e V. fluvialis como os principais patógenos isolados. Os resultados obtidos apontam para a necessidade de implementar atividades de vigilância e monitorização bacteriológica, particularmente de espécies selvagens, e reforçar os programas de proteção ambiental em casos de mamíferos marinhos ameaçados de extinção.(AU)


In the present investigation was evaluated the incidence of Vibrio spp. from superficial lesions at marine mammals beached or captured by fishing net in the southwestern (RJ) and southern (RS) coastal regions of Brazil. One hundred and ninety eight swabs were collected by DEENSP, GEMARS and Ceclimar institutes and sent to Labent/IOC/FIOCruz where the samples were submitted to enrichment in Alkaline Peptone Water (APW) added with 1 percent and 3 percent of sodium chloride (NaCl) incubated at 37ºC for 18-24 hours. After the samples were streaked onto Thiossulfate Citrate Bile Sucrose Agar (TCBS), the suspected colonies were submitted to biochemical characterization. The results showed 108 strains, and Vibrio alginolyticus, V. parahaemolyticus, V. vulnificus and V. fluvialis were the main pathogens isolated. These results appoint the importance of surveillance and microbiological monitoring accomplishment and reinforcement of environmental protective programs applied to marine mammals endangered with extinction.(AU)


Assuntos
Vibrionaceae/isolamento & purificação , Vibrio alginolyticus/isolamento & purificação , Vibrio parahaemolyticus/isolamento & purificação , Vibrio vulnificus/isolamento & purificação , Ecossistema , Cetáceos/anatomia & histologia , Cetáceos/microbiologia
8.
Semina ciênc. agrar ; 38(5): 3417-3434, 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500973

Resumo

The green turtle Chelonia mydas is a widely distributed, slowly maturing species with a complex life cycle, using both oceanic and coastal environments. This species is exposed to different threats and is considered an environmental sentinel that indicates variations and severity of hazards to marine ecosystems. This study aimed to describe both anthropogenic impacts, and infectious and parasitic diseases in C. mydas - including cases along the Brazilian coast - and implications for conservation. Bycatch is reported as the main threat to the conservation of this species, followed by debris ingestion, collisions with boats, dredging, and chronic environmental contamination. All these impacts may directly or indirectly cause death, by facilitating the contact with pathological agents and by increasing vulnerability to secondary diseases. The pathological agents associated with lesions include viruses, bacteria, fungi, protozoa, and helminths. Fibropapillomatosis is an example of a chronic disease characterized by cutaneous and visceral tumors that affect mostly juvenile C. mydas worldwide and is associated with Chelonid herpesvirus 5. The bacterias Vibrio alginolyticus, Aeromonas hydrophila, Pseudomonas fluorescens are found in the aquatic environment and C. mydas lesions in various organs. Trematode adults and eggs of the family Spirorchiidae are also frequent in systemic cardiovascular diseases of C. mydas. The direct impacts of anthropogenic activities and diseases are synergistic and may affect the specie’s health and conservation. Therefore, the monitoring and systematic diagnosing of diseases and causes of death - including necropsy, histopathology, and molecular exams- are necessary to assess a population’s health, to support appropriate decisions of coastal management and to target future research topics that optimize C. mydas conservation.


A tartaruga-verde, Chelonia mydas, possui ampla distribuição geográfica, reprodução tardia e complexo ciclo de vida, habitando áreas costeiras e oceânicas. Devido a essas características, a espécie está exposta a diferentes tipos de ameaças e pode sinalizar sobre variações e a gravidade desses impactos ao longo do tempo no ecossistema, sendo considerada sentinela ambiental. Este trabalho teve por objetivo discorrer sobre relatos de atividades antrópicas impactantes e doenças infecciosas e parasitárias em C. mydas, com ênfase nas ocorrências no litoral brasileiro. A captura acidental em petrechos de pesca é uma das principais ameaças à conservação desses animais, assim como a ingestão de resíduos sólidos, colisão com embarcações, dragagens e bioacumulação de contaminantes químicos, os quais podem atuar diretamente ou indiretamente na morte dos animais. Dessa forma, quando não matam o animal, podem servir como porta de entrada para agentes patogênicos e agirem como imunossupressores que influenciam no desenvolvimento de doenças secundárias. Os agentes patogênicos associados a lesões incluem vírus, bactérias, fungos, protozoários e helmintos. A fibropapilomatose, por exemplo, é caracterizada por tumores cutâneos e viscerais que afetam C. mydas juvenis no mundo todo, e o provável agente é o Chelonid herpesvirus 5. As bactérias Vibrio alginolyticus, Aeromonas hydrophila, Pseudomonas fluorescens são frequentemente encontradas no ambiente aquático, como também emC. mydas com lesões em diferentes órgãos. Os adultos e ovos de trematódeos da família Spirochiidaetambém são frequentemente relatados em afecções cardiovasculares sistêmicas em C. mydas. Oimpacto causado por atividades antrópicas e o desenvolvimento de doenças é sinérgico e afeta a saúdee conservação desses animais. Dessa forma, a avaliação contínua, sistemática, por meio de examesmacroscópicos, histopatológicos e auxílio de análises moleculares para identificação de agentespatogênicos é necessária...


Assuntos
Animais , Morbidade , Noxas/análise , Tartarugas/parasitologia , Vibrio alginolyticus/patogenicidade , Ingestão de Alimentos
9.
Rev. bras. ciênc. vet ; 2(1): 11-15, jan./abr. 1995. il.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1400595

Resumo

Foi efetuado um estudo sobre a enumeração e a identificação de víbrios sacarose-positivos em lulas frescas obtidas no comércio varejista do município de Niterói-RJ. No experimento, em 50 amostras de lulas, identificadas como pertencentes à espécie Oorytheutis brasiliensis Blainville, 1823, foram isoladas Unidades Formadoras de Colônias (UFC) sacarose-positivas em 28 (56%) amostras. Destas, foram identificados o Vibrio a/ginolyticus e víbrios do grupo NAG (não aglutináveis). A média dos Números Mais Prováveis (NMP) dos víbrios totais (com exceção da amostra com NMP > 2400 bacts./g) foi 101,70 bacts./g. Do total de 29 isolamentos nas 28 amostras, o V alginolyticus do grupo I de Heiberg obteve o maior percentual (62,07%), o V alginolyticus do grupo 111 apenas 10,30% e os víbrios NAG com 27,63%.


From 50 samples of squids of lhe species Dorytheutis brasiliensis Blainville, 1823, Colonies Formed Units (CFUs) sucrose-positives Víbrio alginolyticus and NAG vibrios (non-agglutinable) were isolated. The average of the Most Probabble Number of total vibrios (except the sample with MPN > 2400 bacts./g) was 101,70 bacts./g. From 28 samples, 29 isolations were carried out and lhe V. alginolyticus group I of Heiberg's Classification showed the greatest percentage (62,07%). The V. alginolyticus group 111 showed only 10,30% and NAG vibrios 27,63%.


Assuntos
Decapodiformes/microbiologia , Contaminação de Alimentos/análise , Vibrio alginolyticus/classificação , Microbiologia de Alimentos , Proteínas de Frutos do Mar/análise
10.
Hig. aliment ; 21(157): 94-97, dez. 2007. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-50078

Resumo

O ecossistema marinho representa o habitat natural de diversas bactérias do gênero Vibrio, dentre as quais algumas com relevante potencial patogênico para o homem e animais. Devido ao crescente consumo de moluscos bivalves nas cidades litorâneas, foram avaliadas 15 amostras de mexilhões (Perna perna) coletados na região de Itaipu, Niterói, RJ, a fim de investigar a presença de Vibrio spp. As amostras de mexilhões foram submetidas a enriquecimento em Água Peptonada Alcalina (APA) adicionada de 1 por cento de NaCl (Cloreto de Sódio) e APA adicionada de 3 por cento NaCl, incubadas a 37°C por 24 horas. Em seguida, estes foram semeados em Agar Tiossulfato Citrato Bile Sacarose (TCBS) e as colônias suspeitas submetidas à caracterização bioquímica. Os resultados obtidos na presente investigação apontaram a presença das espécies V. harveyi, V. alginolyticus, V. carchariae e V. parahaemolyticus, cuja importância associa-se ao risco de infecções após o consumo de mexilhões sem cozimento ou parcialmente cozidos, o que aumenta sua relevância para a Saúde Pública, particularmente em indivíduos portadores de doenças crônico-degenerativas.(AU)


The marine ecosystem is the natural habitat of genus Vibrio bacteria which as potential relevance pathogenicity to humans and animals. Due the consuming rise of bivalve mollusks at coastal cities, 15 mussels samples (Perna perna) collected at Ponta de Itaipu, Niterói, Rio de Janeiro were analyzed in order to evaluated Vibrio sp. The mussels' samples were submitted to enrichment in Alkaline Peptone Water (APA) added with 1% of sodium chloride and APA plus 3% NaCl incubated at 37ºC for 24 hours. After the samples were streaked onto Thiossulfate Citrate Bile Sucrose Agar (TCBS) and the suspected colonies were submitted to biochemical characterization. In the present investigation, the results showed V harveyi, V alginolyticus, V carchariae and V parahaemolyticus as the main species isolated from mussels. The relevance of these pathogens is associated with cases of human infections after consuming mussels without cooking or partially cooked increasing the importance to Public Health especially to people with some types of degenerative and chronic diseases. (AU)


Assuntos
Bivalves/microbiologia , Frutos do Mar , Vibrio alginolyticus/isolamento & purificação , Vibrio alginolyticus/patogenicidade , Saúde Pública , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA