Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 20
Filtrar
1.
Rev. bras. reprod. anim ; 46(4): 369-372, out.-dez. 2022.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1415071

Resumo

Male dog fertility disorders are usually troublesome and challenging for a practicing veterinarian. It may be generally assumed, that reproductive potential in this species is lower than in farm animals and it is still decreasing. This situation starts to be similar to human medicine, where we observe dramatic drop of reproductive capacity, which resulted in the need of implementation of Assisted Reproductive Technologies (ART). Situation in dogs is more complicated owing the fact, that the use of ART meets many obstacles. Low fertility potential in dogs appears to be the result of variable factors such as: specific criteria of selection for reproduction in which fertility performance in not a priority, lack of periodical obligatory fertility check, species specific predisposition for many reproductive diseases and no age limit for reproductive use of males. Dogs are kept in human environment and exposition for civilizational byproducts influences negatively not only on our health, but also on health our 'minor brothers'. It should be bear in mind, that reproductive organs are very sensitive for environmental factors disrupting homeostatic balance. The decline in male dog fertility over the past decades was proved, with potential link to environmental contaminants (4). They were found in pet foods and were also detected in the sperm and testes of adult dogs causing a detrimental effects on sperm function. Over the 26 years of the study of Lea et al. (4), authors found a decrease in the percentage of normal motile sperm. Between 1988 and 1998, sperm motility declined by 2.5 per cent per year. Then from 2002 to 2014 sperm motility continued to decline at a rate of 1.2% per year. In addition, the male pups had an increased incidence of cryptorchidism. Basics of physiology of reproduction of male dogs. Normally the puberty in males is associated with presence of normal sperm cells in genital organs. It is reached in male dogs at age around 5-6 months. Such a young dog obviously cannot be used for reproduction. Reproductive maturity is associated later, with development of normal sexual behavior and production of sufficient number of normal, fertilizing competent spermatozoa. It corresponds with 12-18 months of animal age. Testicular descent is completed usually before weaning period, but sometimes testicles may reach scrotum later, but never after the end of 6 month of age. That time inguinal canals start to be so narrow, that caudal passing of gonads is unlikely. Male dogs have only one accessory sexual gland - prostate, which produces vast portion of seminal plasma.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cães/fisiologia , Fertilidade/fisiologia , Técnicas de Reprodução Assistida/veterinária , Andrologia/métodos , Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos
2.
Pesqui. vet. bras ; 39(7): 538-548, July 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1040714

Resumo

Trachemys scripta elegans is an American underwater chelonian illegally marketed in Brazilian pet shops. When abandoned in nature, it compromises native species, threatening local biodiversity. However, little is known about the body development and structure of its reproductive tract. The objective of the present study was to investigate the morphology and biometry of testis, epididymis and penis, as well as the biometry of the body and secondary sexual characters in this species. Twenty-seven adult males were used aiming to contribute to preservation actions in captivity, population control, and scientific research, as well as to interspecific comparisons. Sex identification by the third claw length was effective, and the specimens presented harmonious and positive body development between mass, carapace, plastron, and height, with unimodal tendency and higher frequency of maximum carapace length at 15cm. The testes and epididymides presented biometric similarity between the antimeres and anatomical and histological structure similar to that of other species of chelonians and mammals, except for the type of epithelium. The findings suggest that there is conserved morphology between slider turtles and homology in relation to mammals. Histological similarity to the reproductive organs of other amniotes, including humans, may give rise to scientific and comparative studies, essential for the establishment of conservation strategies in reptiles.(AU)


Trachemys scripta elegans é um quelônio subaquático americano ilegalmente comercializado em pet shops brasileiros. Ao ser abandonado na natureza, compromete as espécies nativas, ameaçando à biodiversidade local. No entanto, pouco se conhece sobre o desenvolvimento corporal e a estrutura do seu aparelho reprodutor. O objetivo do presente trabalho foi investigar a morfologia e a biometria dos testículos, epidídimos e pênis, a biometria corporal e dos caracteres sexuais secundários. Foram utilizados 27 machos adultos desta espécie, visando contribuir com ações de preservação em cativeiro, controle populacional e pesquisas científicas, além de comparações interespecíficas. A identificação sexual pelo comprimento da terceira garra foi efetiva e os espécimes apresentaram desenvolvimento corporal harmônico e positivo entre massa, carapaça, plastrão e altura, com tendência unimodal e maior frequência de comprimento máximo de carapaça em 15,0cm. Testículos e epidídimos apresentaram semelhança biométrica entre os antímeros e estrutura anatômica e histológica semelhantes à de outras espécies de quelônios e mamíferos, excetuando-se pelo tipo de epitélio. Os achados sugerem haver morfologia conservada entre os cágados e homologia em relação aos mamíferos. A semelhança histológica com os órgãos reprodutivos de outros amniotas, incluindo os humanos, pode dar ensejo a estudos científicos e comparativos, essenciais para estabelecimento de estratégias de conservação em répteis.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Pênis/anatomia & histologia , Testículo/anatomia & histologia , Tartarugas/anatomia & histologia , Epididimo/anatomia & histologia , Biometria , Genitália Masculina/anatomia & histologia
3.
Pesqui. vet. bras ; 39(7): 538-548, July 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25164

Resumo

Trachemys scripta elegans is an American underwater chelonian illegally marketed in Brazilian pet shops. When abandoned in nature, it compromises native species, threatening local biodiversity. However, little is known about the body development and structure of its reproductive tract. The objective of the present study was to investigate the morphology and biometry of testis, epididymis and penis, as well as the biometry of the body and secondary sexual characters in this species. Twenty-seven adult males were used aiming to contribute to preservation actions in captivity, population control, and scientific research, as well as to interspecific comparisons. Sex identification by the third claw length was effective, and the specimens presented harmonious and positive body development between mass, carapace, plastron, and height, with unimodal tendency and higher frequency of maximum carapace length at 15cm. The testes and epididymides presented biometric similarity between the antimeres and anatomical and histological structure similar to that of other species of chelonians and mammals, except for the type of epithelium. The findings suggest that there is conserved morphology between slider turtles and homology in relation to mammals. Histological similarity to the reproductive organs of other amniotes, including humans, may give rise to scientific and comparative studies, essential for the establishment of conservation strategies in reptiles.(AU)


Trachemys scripta elegans é um quelônio subaquático americano ilegalmente comercializado em pet shops brasileiros. Ao ser abandonado na natureza, compromete as espécies nativas, ameaçando à biodiversidade local. No entanto, pouco se conhece sobre o desenvolvimento corporal e a estrutura do seu aparelho reprodutor. O objetivo do presente trabalho foi investigar a morfologia e a biometria dos testículos, epidídimos e pênis, a biometria corporal e dos caracteres sexuais secundários. Foram utilizados 27 machos adultos desta espécie, visando contribuir com ações de preservação em cativeiro, controle populacional e pesquisas científicas, além de comparações interespecíficas. A identificação sexual pelo comprimento da terceira garra foi efetiva e os espécimes apresentaram desenvolvimento corporal harmônico e positivo entre massa, carapaça, plastrão e altura, com tendência unimodal e maior frequência de comprimento máximo de carapaça em 15,0cm. Testículos e epidídimos apresentaram semelhança biométrica entre os antímeros e estrutura anatômica e histológica semelhantes à de outras espécies de quelônios e mamíferos, excetuando-se pelo tipo de epitélio. Os achados sugerem haver morfologia conservada entre os cágados e homologia em relação aos mamíferos. A semelhança histológica com os órgãos reprodutivos de outros amniotas, incluindo os humanos, pode dar ensejo a estudos científicos e comparativos, essenciais para estabelecimento de estratégias de conservação em répteis.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Pênis/anatomia & histologia , Testículo/anatomia & histologia , Tartarugas/anatomia & histologia , Epididimo/anatomia & histologia , Biometria , Genitália Masculina/anatomia & histologia
4.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 28(2): 84-96, 2018.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1472377

Resumo

A Hiperplasia prostática benigna (HPB) é uma patologia originada da próstata, única glândula sexual acessória em cães, que se desenvolve em animais de meia idade à idosos, não castrados, de etiologia ainda não muito bem compreendida. Esta revisão de literatura tem como objetivo discutir os sinais clínicos, formas de diagnóstico e de tratamento dessa enfermidade. A di-hidrotestosterona sérica é o principal hormônio que estimula o crescimento da próstata canina. Os principais sinais clínicos desta patologia são a perda de peso, disquezia, tenesmo, incontinência urinária, secreção uretral e hematúria. Para o diagnóstico desta prostatopatia é necessário um conhecimento rigoroso da anatomia, dos sinais clínicos, dos achados dos exames de palpação retal, ultrassonografia eradiografia abdominais, hemograma completo, perfil bioquímico, citologia do líquido prostático, exames histopatológicos da glândula e o uso de biomarcadores. Apesar do tratamento mais efetivo ser a orquiectomia, pode-se utilizar também para o tamento terapêutico a finasterida, o acetato de delmadiona, o osasterona ou a aplicação da Toxina Botulínica A (TB-A).


Benign Prostatic Hyperplasia (BPH) is a pathology originated from theprostate, the only accessory sexual gland in dogs, and its development occurs in older, uncastrated animals of unknown etiology. This literature review aims to discuss the clinical signs, forms of diagnosis and treatment this disease. Serum dihydrotestosterone is the main hormone that stimulates the growth of the canine prostate. The main clinical signs of this pathology involve weight loss, dyschezia, tenesmus, urinary incontinence, urethral secretion and hematuria. The diagnosis of canine prostate pathologies requires a thorough knowledge of anatomy and clinical signs, rectal palpation, ultrasonography and radiography, hematological analysis, biochemical profile, cytology of prostatic fluid, histopathological examination of prostate and the use of biomarkers, all help in the diagnosis of BPH. The most effective treatment is orchiectomy, but finasteride, delmadione acetate, osasterone or the application of Botulinum Toxin-A (TB-A) may also be used as treatment.


Assuntos
Animais , Cães , Di-Hidrotestosterona , Finasterida/uso terapêutico , Hiperplasia Prostática/veterinária , Orquiectomia/veterinária , Toxinas Botulínicas/uso terapêutico
5.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 28(2): 84-96, 2018.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-18647

Resumo

A Hiperplasia prostática benigna (HPB) é uma patologia originada da próstata, única glândula sexual acessória em cães, que se desenvolve em animais de meia idade à idosos, não castrados, de etiologia ainda não muito bem compreendida. Esta revisão de literatura tem como objetivo discutir os sinais clínicos, formas de diagnóstico e de tratamento dessa enfermidade. A di-hidrotestosterona sérica é o principal hormônio que estimula o crescimento da próstata canina. Os principais sinais clínicos desta patologia são a perda de peso, disquezia, tenesmo, incontinência urinária, secreção uretral e hematúria. Para o diagnóstico desta prostatopatia é necessário um conhecimento rigoroso da anatomia, dos sinais clínicos, dos achados dos exames de palpação retal, ultrassonografia eradiografia abdominais, hemograma completo, perfil bioquímico, citologia do líquido prostático, exames histopatológicos da glândula e o uso de biomarcadores. Apesar do tratamento mais efetivo ser a orquiectomia, pode-se utilizar também para o tamento terapêutico a finasterida, o acetato de delmadiona, o osasterona ou a aplicação da Toxina Botulínica A (TB-A).(AU)


Benign Prostatic Hyperplasia (BPH) is a pathology originated from theprostate, the only accessory sexual gland in dogs, and its development occurs in older, uncastrated animals of unknown etiology. This literature review aims to discuss the clinical signs, forms of diagnosis and treatment this disease. Serum dihydrotestosterone is the main hormone that stimulates the growth of the canine prostate. The main clinical signs of this pathology involve weight loss, dyschezia, tenesmus, urinary incontinence, urethral secretion and hematuria. The diagnosis of canine prostate pathologies requires a thorough knowledge of anatomy and clinical signs, rectal palpation, ultrasonography and radiography, hematological analysis, biochemical profile, cytology of prostatic fluid, histopathological examination of prostate and the use of biomarkers, all help in the diagnosis of BPH. The most effective treatment is orchiectomy, but finasteride, delmadione acetate, osasterone or the application of Botulinum Toxin-A (TB-A) may also be used as treatment.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Hiperplasia Prostática/veterinária , Di-Hidrotestosterona , Orquiectomia/veterinária , Finasterida/uso terapêutico , Toxinas Botulínicas/uso terapêutico
6.
Braz. J. Biol. ; 76(3)2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744780

Resumo

Abstract Many aspects of sex change in reef fishes have been studied, including behavior and social organization. However, gonad histology remains the most robust way to identify sexual patterns in fishes. Some uncommon tissues remain poorly described, such as the accessory gonadal structures found in species from the Gobiidae family, which are rare in other bony fishes. This is the first report of the testicular gland in Gramma brasiliensis and for the Grammatidae family. Between April 2011 and February 2012 eighty specimens were collected during four dive campaigns on the Taipus de Fora reef (13°5620S 38°5532W), Bahia, Northeast Brazil, and their sex was determined. Thirteen per cent of the active-females and 90% of the active-males had testicular gland tissue in their ovotestis. This discovery led to additional research into the characteristics of the gland tissue and its relationship with gonadal maturation. Three patterns of testicular gland development were found in Brazilian basslet ovotestis. Both ova and sperm-producing gonad contained testicular gland tissue, and the appearance of this tissue seems to be the first modification of ovotestis tissue marking the beginning of the protogynous sex-change process in G. brasiliensis.


Resumo Diversos aspectos da troca de sexo em peixes recifais vem sendo estudados, incluindo comportamentos e organização social. Entretanto, a histologia das gônadas continua sendo a maneira mais robusta para se identificar padrões sexuais em peixes. Alguns tecidos incomuns, tais como as estruturas anexas a gônada encontradas em espécies da família Gobiidae e raras em outras espécies são pouco estudados. Este trabalho é a primeira descrição da glândula testicular em Gramma brasiliensis e para a família Grammatidae. Entre abril de 2011 e fevereiro de 2012, oitenta espécimes foram coletados durante quatro amostragens no recife de Taipus de Fora (13°5620S 38°5532W), Bahia, Brasil, e tiveram seus sexos determinados. Treze por cento das fêmeas ativas e noventa por cento dos machos ativos apresentaram tecido da glândula testicular em suas gônadas. Esta descoberta levou ao estudo da características dessa estrutura e sua relação com a maturação gonadal. Foram identificados três padrões de desenvolvimento da glândula testicular nas gônadas do Gramma brasiliensis. Tanto as gônadas produtoras de espermatozoides quanto as de oócitos apresentaram tecido da glândula testicular, e o surgimento desse tecido parece ser a primeira modificação gonadal do início da troca de sexo protogínica em G. brasiliensis.

7.
Braz. j. biol ; 76(3): 743-749, July-Sept. 2016. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25408

Resumo

Many aspects of sex change in reef fishes have been studied, including behavior and social organization. However, gonad histology remains the most robust way to identify sexual patterns in fishes. Some uncommon tissues remain poorly described, such as the accessory gonadal structures found in species from the Gobiidae family, which are rare in other bony fishes. This is the first report of the testicular gland in Gramma brasiliensis and for the Grammatidae family. Between April 2011 and February 2012 eighty specimens were collected during four dive campaigns on the Taipus de Fora reef (13°5620S 38°5532W), Bahia, Northeast Brazil, and their sex was determined. Thirteen per cent of the active-females and 90% of the active-males had testicular gland tissue in their ovotestis. This discovery led to additional research into the characteristics of the gland tissue and its relationship with gonadal maturation. Three patterns of testicular gland development were found in Brazilian basslet ovotestis. Both ova and sperm-producing gonad contained testicular gland tissue, and the appearance of this tissue seems to be the first modification of ovotestis tissue marking the beginning of the protogynous sex-change process in G. brasiliensis.(AU)


Diversos aspectos da troca de sexo em peixes recifais vem sendo estudados, incluindo comportamentos e organização social. Entretanto, a histologia das gônadas continua sendo a maneira mais robusta para se identificar padrões sexuais em peixes. Alguns tecidos incomuns, tais como as estruturas anexas a gônada encontradas em espécies da família Gobiidae e raras em outras espécies são pouco estudados. Este trabalho é a primeira descrição da glândula testicular em Gramma brasiliensis e para a família Grammatidae. Entre abril de 2011 e fevereiro de 2012, oitenta espécimes foram coletados durante quatro amostragens no recife de Taipus de Fora (13°5620S 38°5532W), Bahia, Brasil, e tiveram seus sexos determinados. Treze por cento das fêmeas ativas e noventa por cento dos machos ativos apresentaram tecido da glândula testicular em suas gônadas. Esta descoberta levou ao estudo da características dessa estrutura e sua relação com a maturação gonadal. Foram identificados três padrões de desenvolvimento da glândula testicular nas gônadas do Gramma brasiliensis. Tanto as gônadas produtoras de espermatozoides quanto as de oócitos apresentaram tecido da glândula testicular, e o surgimento desse tecido parece ser a primeira modificação gonadal do início da troca de sexo protogínica em G. brasiliensis.(AU)


Assuntos
Animais , Perciformes/anatomia & histologia , Perciformes/classificação , Perciformes/fisiologia , Transtornos do Desenvolvimento Sexual
8.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-220214

Resumo

As afecções prostáticas e testiculares em cães têm sido continuamente estudada nos últimos anos, muito em parte pela maior expectativa de vida desses animais e ao maior cuidado de seus tutores. Fisiologicamente, esses órgãos apresentam relação entre si, porém, a relação entre as enfermidades que os acometem e a imunomarcação de receptores de andrógenos (RA) nesses tecidos não está totalmente esclarecida. Diante disso, o objetivo deste estudo foi avaliar as alterações histomorfológicas da próstata e dos testículos de cães inteiros, bem como a imunomarcação de RA nesses órgãos e sua relação com as afecções diagnosticadas. Para isso, utilizaram-se 60 próstatas e 120 testículos de 60 cães machos inteiros, sem distinção quanto a raça, com ou sem histórico de doença pré-existente do trato reprodutor, das faixas etárias de um a três, quatro a cinco e acima de seis anos de idade. Os animais foram submetidos à exame anatomopatológico e as amostras de próstata e testículos colhidas para análise histopatológica, sendo as de próstata recortadas em sua porção medial, de modo a contemplar a porção uretral e lobos direito e esquerdo, e as dos testículos colhidas na porção medial. As lesões diagnosticadas foram submetidas à estudo imunoistoquímico para RA. Dos diagnósticos histomorfológicos nos animais do estudo, obtiveram-se 20 próstatas com atrofia inflamatória proliferativa (PIA), 16 com hiperplasia prostática (HP), dez próstatas normais, sete com neoplasia intraepitelial prostática (PIN), cinco com carcinoma prostático (CP) e duas com prostatite, sendo comum a ocorrência de lesões prostáticas concomitantes. Nos testículos havia 38 com degeneração testicular, 31 com atrofia, 17 com neoplasias, 13 com orquite, 12 com hipoplasia e nove testículos sem alterações. Ao estudo imunoistoquímico, os escores mais observados no tecido prostático foram os escores três (30%), escore dois (25%) e escore zero (25%) em lesões de PIA; escore quatro (81,1%) em HP; escore zero em PIN (71,4%) e escore um (60%) em CP. Nas lesões testiculares foi maior o escore três (34,2%) para degeneração e o escore dois (32,2%) para atrofia. Conclui-se que quando considerado o diagnóstico mais grave presente no órgão, PIA e degeneração são as alterações mais frequentes na próstata e testículos de cães inteiros, especialmente naqueles acima de seis anos de idade. Nos escores um e dois, considerados baixos, e três e quatro, altos, verificou-se que na próstata canina a imunomarcação de RA é baixa ou ausente nas lesões displásicas e neoplásicas e alta nos tecidos normal e hiperplásico. Já nos testículos, a imunomarcação de RA é baixa naqueles atróficos.


Prostatic and testicular disorders in dogs have gained greater notoriety in recent years, largely due to the longer life expectancy of these animals and the greater care of their guardians. Physiologically, these organs influence each other, however, the relationship between the diseases that affect them and the immunostaining of androgen receptors (AR) in these tissues is not fully understood. Therefore, the aim of this study was to evaluate the histomorphological alterations of the prostate and testicles of adult and whole elderly dogs, as well as the immunostaining of AR in these organs and its relationship with the diagnosed affections. For this, 60 prostates and 120 testicles from 60 whole male dogs were used, without distinction as to race, with or without a history of pre-existing reproductive tract disease, aged from one to three, four to five and above six years old. The animals were submitted to anatomopathological examination and prostate and testes samples were collected for histopathological analysis, with prostate samples cut in its medial portion, to contemplate the urethral portion and right and left lobes, and those of the testes collected in the medial portion. The diagnosed lesions were submitted to an immunohistochemical study for AR. From the histomorphological diagnoses in the study animals, 20 prostates with proliferative inflammatory atrophy (PIA) were obtained, 16 with prostatic hyperplasia (PH), ten with normal prostates, seven with prostatic intraepithelial neoplasia (PIN), five with prostatic carcinoma (PC) and two with prostatitis, the occurrence of concomitant prostatic lesions is common. In the testes, there were 38 with testicular degeneration, 31 with atrophy, 17 with neoplasms, 13 with orchitis, 12 with hypoplasia and nine testicles without alterations. In the immunohistochemical study, the most observed scores in prostate tissue were scores three (30%), score two (25%) and score zero (25%) in PIA lesions; score four (81.1%) in PH; score zero in PIN (71.4%) and score one (60%) in PC. In testicular lesions, score three (34.2%) were observed with degeneration and score two (32.2%) with atrophy. The present study found that PIA and degeneration were the most frequent alterations in the prostate and testicles of whole adult and elderly dogs, especially those above six years of age. In scores one and two, considered low, and three and four, high, it was found that AR immunostaining in the canine prostate is low or absent in dysplastic and neoplastic lesions and high in normal and hyperplastic tissues. In the testes, the immunostaining of RA is low in those atrophic.

9.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-213096

Resumo

Os garanhões possuem um conjunto completo de glândulas sexuais acessórias, compostas pelas bulbouretrais, a próstata, vesículas seminais e ampolas dos ductos deferentes. Dentre as afecções que acometem essas estruturas, a vesiculite seminal é a de maior ocorrência, consistindo na colonização de uma ou ambas as vesículas por bactérias, sendo a Pseudomonas aeruginosa a mais frequente. No ejaculado é observada uma grande percentagem de neutrófilos e hemácias podem estar presentes, caracterizando os quadros de piospermia e hemospermia, respectivamente. O diagnóstico definitivo é realizado por meio da endoscopia das vesículas, onde é possível visualizar o conteúdo purulento, associado à cultura bacteriana do lavado da glândula. O tratamento é desafiador, pois a antibioticoterapia apresenta baixa eficácia. Visto a importância desta enfermidade e a dificuldade do tratamento, este estudo teve como objetivo abordar os principais aspectos e avaliar a eficácia do ácido metacresolsulfônico e formaldeído para o tratamento da vesiculite seminal em garanhões, considerando os parâmetros seminais e características histopatológicas das vesículas seminais. Três garanhões adultos (n=3), com aspectos reprodutivos normais, tiveram a vesiculite seminal induzida por Pseudomonas aeruginosa através da endoscopia. Após 8 semanas de infecção, foi realizado tratamento local utilizando solução a 30% do ácido metacresolsulfônico e formaldeído (Lotagen®). O experimento consistiu em avaliações semanais, antes e após infecção experimental e após tratamento. Foram avaliadas as características do sêmen e das vesículas seminais, e cultura bacteriana do ejaculado e lavado vesicular. Alterações na coloração do sêmen foram observadas (3/3), enquanto que volume do ejaculado, concentração e motilidade espermática apresentaram variações fisiológicas (2/3), com redução no percentual de neutrófilos no sêmen e oscilações na integridade de membrana plasmática e acrossomal (3/3). A cultura bacteriana do sêmen após tratamento foi negativa (2/3), e um garanhão apresentou cultura positiva para Streptococcus equi subsp zooepidemicus, que desenvolveu epididimite bilateral. A ultrassonografia das vesículas mostrou variações no tamanho, quantidade e característica do conteúdo, com valores dentro da normalidade. Na endoscopia após infecção, as vesículas continham conteúdo purulento e posteriormente ao tratamento verificou-se a oclusão parcial das glândulas (2/3) e a mucosa mostrou-se fibrosada (1/3). As vesículas sadias apresentaram epitélio colunar simples, que após a infecção sofreu atrofia associado a intenso infiltrado inflamatório(3/3). Após 4 semanas do tratamento, observou-se um estroma fibromuscular com discreta inflamação (2/3) e displasia epitelial com infiltrado inflamatório misto (1/3). A cultura do lavado vesicular foi negativo após tratamento (3/3). A solução com ácido metacresolsulfônico e formaldeído à 30% foi eficaz para o tratamento da vesiculite seminal em garanhões, evitando o crescimento bacteriano de P.aeruginosa, diminuindo a porcentagem de neutrófilos no ejaculado e mantendo a qualidade seminal dos garanhões (2/3).


Stallions have a complete set of accessory sex glands, composed of the bulbourethral, prostate gland, seminal vesicles and ampullae. Among the diseases that affect these structures, seminal vesiculitis is the most frequent, consisting the colonization of one or both vesicles by bacteria, whose Pseudomonas aeruginosa is the most frequent. In ejaculate is observed a large percentage of neutrophils and erythrocytes may be present, characterizing piospermia and hemospermia, respectively. The definitive diagnosis is made through the endoscopical evaluation of the seminal vesicles, where it is possible to visualize the purulent contents, associated to gland lavage and bacterial culture. Treatment is challenging because antibiotic therapy is ineffective. Considering the importance of this disease and the difficulty of treatment, this study aims to address the most important aspects and evaluate the efficacy of metacresolsulfonic acid and formaldehyde for the treatment of vesiculitis in stallions, considering seminal parameters and histopathological characteristics. Three adult stallions (n = 3), with normal reproductive aspects, had seminal vesiculitis induced by Pseudomonas aeruginosa through endoscopy. After 8 weeks of infection, local treatment was performed using 30% solution of metacresolsulfonic acid and formaldehyde (Lotagen®). The experiment consisted of weekly evaluations, before and after experimental infection and after treatment. The characteristics of semen and seminal vesicles, and bacterial culture of ejaculate and vesicular lavage were evaluated. Changes in semen color were observed (3/3), while ejaculate volume, concentration and sperm motility presented physiological variations (2/3), with reduction in the percentage of neutrophils in the semen and oscillations in plasma and acrosomal membrane integrity (3/3). The bacterial culture of semen after treatment was negative (2/3), and a stallion presented a positive culture for Streptococcus equi subsp zooepidemicus, which developed bilateral epididymitis. Ultrasonography of the vesicles showed variations in the size, quantity and characteristic of the contents, with values within normality. In endoscopy after infection, the vesicles contained purulent contents and after treatment the partial occlusion of the glands (2/3) was verified and the mucosa was fibrosed (1/3). The healthy vesicles presented simple columnar epithelium, which after the infection suffered atrophy associated with intense inflammatory infiltrate (3/3). After 4 weeks of treatment, a fibromuscular stroma with mild inflammation (2/3) and epithelial dysplasia with mixed inflammatory infiltrate (1/3) was observed. Vesicular lavage culture was negative after treatment (3/3). The solution with 30% of metacresolsulfonic and formaldehyde was effective for the treatment of seminal vesiculitis in stallions, avoiding the bacterial growth of P.aeruginosa, reducing the percentage of neutrophils in the ejaculate and maintaining the seminal quality of stallions (2/3).

10.
Pesqui. vet. bras ; 32(supl.1): 84-90, dez. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7869

Resumo

O preá do semiárido nordestino (Galea spixii) é um roedor pertencente à família Caviidae. São encontrados nas regiões da Caatinga e do Cerrado Brasileiro e se reproduz ao longo do ano, apresentando um período de gestação de 48 dias e uma ninhada de 2 a 4 crias. O objetivo deste estudo foi caracterizar histologicamente os componentes estruturais dos órgãos genitais de preás machos relacionando com a evolução cronológica destes órgãos na espécie. Foram utilizados para análise animais ao nascimento e aos 15, 30, 45, 60, 75, 90, 105, 120 e aos 150 dias de idade. Fragmentos do epidídimo, ducto deferente, pênis e glândulas sexuais acessórias foram coletados, fixados e processados para descrição em microscopia de luz. O epidídimo apresentou epitélio colunar simples e em cada fase sexual notou-se diferença quanto ao tamanho do lúmen tubular e à presença de espermatozóides no lúmen aos 45 dias de idade. O epitélio do ducto deferente no preá mostrou-se pseudo-estratificado colunar com crescente presença de estereocilios com o avanço da idade. A glândula vesicular no preá apresentou uma mucosa com pregueamento variado, de acordo com a fase do desenvolvimento sexual. A próstata mostrou-se pouco desenvolvida, com lúmen pequeno nos preás ao nascimento e aos 15 dias de idade; aos 45 dias mostrou-se com um pregueamento do epitélio variável. Os órgãos genitais masculinos do preá passaram por transformações morfológicas no decorrer da idade e com o desenvolvimento sexual, isso colaborou para a determinação do início da fase da puberdade, que na espécie em estudo foi aos 45 dias de idade.(AU)


The Spix's yellow-toothed cavy (Galea spixii) from the Brazilian northeastern semi-arid is a rodent that does belong to the family Caviidae. They are found in regions of the Caatinga and Cerrado, and reproduces throughout the year, with a gestation period of 48 days and a litter of 2 to 4 pups. The aim of this study was to characterize histologically the structural components of the genital organs of male Spix's yellow-toothed cavies regarding their chronological development. For the analysis we used animals at birth and with 15, 30, 45, 60, 75, 90, 105, 120 and 150 days of age. Fragments of the epididymis, vas deferens, penis and accessory sex glands were collected, fixed and processed for light microscopic. The epididymis had a simple columnar epithelium and at each sexual stage the epididymis was noted different in size of the tubular lumen and regarding the presence of sperm in the lumen at 45 days of age. The epithelium of vas deferens was found to be pseudo-stratified columnar with increasing presence of stereocilia with advancing age. The vesicular gland showed a folded mucosa that varied according to stage of sexual development. The prostate was not very developed, with a small lumen in Spix's yellow-toothed cavy at birth and at 15 days of age; at 45 days showed variable wrinkling of the epithelium. The male genital organs underwent morphological transformations in line with age and sexual development, what helped to determine the onset of puberty, which in the species studied occurred at 45 days of age.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cobaias/crescimento & desenvolvimento , Genitália Masculina/anatomia & histologia , Maturidade Sexual
11.
Pesqui. vet. bras ; 32(supl.1): 84-90, Dec. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: lil-666073

Resumo

O preá do semiárido nordestino (Galea spixii) é um roedor pertencente à família Caviidae. São encontrados nas regiões da Caatinga e do Cerrado Brasileiro e se reproduz ao longo do ano, apresentando um período de gestação de 48 dias e uma ninhada de 2 a 4 crias. O objetivo deste estudo foi caracterizar histologicamente os componentes estruturais dos órgãos genitais de preás machos relacionando com a evolução cronológica destes órgãos na espécie. Foram utilizados para análise animais ao nascimento e aos 15, 30, 45, 60, 75, 90, 105, 120 e aos 150 dias de idade. Fragmentos do epidídimo, ducto deferente, pênis e glândulas sexuais acessórias foram coletados, fixados e processados para descrição em microscopia de luz. O epidídimo apresentou epitélio colunar simples e em cada fase sexual notou-se diferença quanto ao tamanho do lúmen tubular e à presença de espermatozóides no lúmen aos 45 dias de idade. O epitélio do ducto deferente no preá mostrou-se pseudo-estratificado colunar com crescente presença de estereocilios com o avanço da idade. A glândula vesicular no preá apresentou uma mucosa com pregueamento variado, de acordo com a fase do desenvolvimento sexual. A próstata mostrou-se pouco desenvolvida, com lúmen pequeno nos preás ao nascimento e aos 15 dias de idade; aos 45 dias mostrou-se com um pregueamento do epitélio variável. Os órgãos genitais masculinos do preá passaram por transformações morfológicas no decorrer da idade e com o desenvolvimento sexual, isso colaborou para a determinação do início da fase da puberdade, que na espécie em estudo foi aos 45 dias de idade.(AU)


The Spix's yellow-toothed cavy (Galea spixii) from the Brazilian northeastern semi-arid is a rodent that does belong to the family Caviidae. They are found in regions of the Caatinga and Cerrado, and reproduces throughout the year, with a gestation period of 48 days and a litter of 2 to 4 pups. The aim of this study was to characterize histologically the structural components of the genital organs of male Spix's yellow-toothed cavies regarding their chronological development. For the analysis we used animals at birth and with 15, 30, 45, 60, 75, 90, 105, 120 and 150 days of age. Fragments of the epididymis, vas deferens, penis and accessory sex glands were collected, fixed and processed for light microscopic. The epididymis had a simple columnar epithelium and at each sexual stage the epididymis was noted different in size of the tubular lumen and regarding the presence of sperm in the lumen at 45 days of age. The epithelium of vas deferens was found to be pseudo-stratified columnar with increasing presence of stereocilia with advancing age. The vesicular gland showed a folded mucosa that varied according to stage of sexual development. The prostate was not very developed, with a small lumen in Spix's yellow-toothed cavy at birth and at 15 days of age; at 45 days showed variable wrinkling of the epithelium. The male genital organs underwent morphological transformations in line with age and sexual development, what helped to determine the onset of puberty, which in the species studied occurred at 45 days of age.(AU)


Assuntos
Animais , Roedores/anatomia & histologia , Roedores/crescimento & desenvolvimento , Epididimo , Genitália Masculina , Ducto Deferente , Pradaria
12.
Nosso Clín. ; 19(110): 50-56, mar./abr. 2016. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-483757

Resumo

Porquinho-da-índia (Cavia porcellus), ou cobaia, é um roedor de comportamento dócil, que vem sendo mantido como animal de estimação. As fêmeas alcançam maturidade sexual com seis semanas de vida e são poliéstricas não sazonais, enquanto os machos estabelecem a espermatogênese com 6 semanas de vida, mas sua maturidade sexual é alcançada entre o 3º e 4º mês de vida. O aparelho reprodutivo das fêmeas é composto por cérvix, corpo uterino, cornos uterinos, oviduto e ovários. O aparelho reprodutivo dos machos é composto por testículos, epidídimo, canal deferente, glândulas sexuais acessórias (próstata, glândula coaguladora, glândula bulbouretral e vesícula seminal), glândulas perineais e caudais e pênis. A ultrassonografia é um exame de imagem de fácil acesso, que pode ser utilizada em cobaias. É útil no diagnóstico de doenças no aparelho genitourinário, como cálculos em vesícula urinária e cistos ovarianos. Foram selecionados 14 cobaias do sexo feminino e masculino, de diversas idades, pertencentes a tutores, obtidos em clínica particular, passaram por exame ultrassonográfico para avaliação do sistema genitourinário, com ênfase nos órgãos do aparelho reprodutivo. Órgãos como cornos uterinos e vesícula seminal apresentaram semelhanças na anatomia topográfica e aspecto ao exame ultrassonográfico. Entretanto, a bifurcação dos cornos uterinos a partir do corpo uterino ocorre dorsocranial à vesícula urinária, enquanto a bifurcação das vesículas seminais ocorre a partir da próstata, dorsocaudal à vesícula urinária.(AU)


Guinea pig (Cavia porcellus) is a docile rodent, which has been kept as pet. Females reach sexual maturity at the age of six weeks and are nonseasonal poliestric, while males establish spermatogenesis at the age of 6 weeks, but sexual maturity is reached between 3rd and 4th months. Females' reproductive tract consists of cervix, uterine body, uterine horns, oviducts and ovaries. Males' reproductive system consists of testes, epididymis, vas deferens, accessory sexglands (prostate, coagulating gland, bulbourethral gland and seminal vesicle), perineal and caudal glands and penis. Ultrasound is an easy access imaging study, which can be used in guinea pigs. It is useful in the diagnosis of disease in genitourinary tract, such as urinary calculi in bladder and ovarian cysts. 14 males and females guinea pigs were selected, from different ages, belonging to tutors, obtained in private clinic, underwent ultrasonography to evaluate the genitourinary system, with emphasis on the reproductive tract. Organs such as uterine horns and seminal vesicle showed similarities in the topographic anatomy and look at the ultrasound. However, the uterine horns' bifurcation from uterine body is above and forward the urinary bladder, while the seminal vesicles' bifurcation occurs from prostate, above and back from the urinary bladder.(AU)


Cobayo (Cavia porcellus) es un roedor dócil, que se ha mantenido como mascota. Las hembras alcanzan la madurez sexual a las seis semanas de vida y poliéstricas no son de temporada, mientras que los machos establecen espermatogénesis con 6 semanas de edad, pero la madurez sexual se alcanza entre el tercero y el cuarto mes de vida. El tracto reproductivo de las mujeres consiste en el cuello uterino, cuerpo uterino, uterinos cuernos, oviductos y los ovarios. El sistema reproductivo de los hombres consiste en testículos, epidídimo, conductos deferentes, glándulas accesorias sexuales (próstata, glándula coagulante, glándulas bulbouretrales y vesícula seminal), glándulas perineales y el flujo y el pene. El ultrasonido es un estudio de imagen de fácil acceso, que se puede utilizar en cobayas. Es útil en el diagnóstico de la enfermedad en el tracto genitourinario, tales como los cálculos urinarios en la vejiga y quistes ováricos. 14 cuyes de hombres y mujeres, de diferentes edades, pertenecientes a propietarios privados, obtenidos en la práctica privada, se sometieron a una ecografía para evaluar el sistema genitourinario, con énfasis en los órganos del aparato reproductor. Órganos como cuernos uterinos y vesícula seminal mostraron similitudes en la anatomía topográfica y mirar a la prueba de ultrasonido. Sin embargo, la unión de los cuernos uterinos de cuerpo uterino dorsocranialla vejiga urinaria se produce como la bifurcación de las vesículas seminales es de próstata, dorso-caudal a la vejiga urinaria.(AU)


Assuntos
Animais , Cobaias , Genitália Feminina/anatomia & histologia , Genitália Masculina/anatomia & histologia , Variação Anatômica , Ultrassonografia/veterinária
13.
Nosso clínico ; 19(110): 50-56, mar./abr. 2016. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485930

Resumo

Porquinho-da-índia (Cavia porcellus), ou cobaia, é um roedor de comportamento dócil, que vem sendo mantido como animal de estimação. As fêmeas alcançam maturidade sexual com seis semanas de vida e são poliéstricas não sazonais, enquanto os machos estabelecem a espermatogênese com 6 semanas de vida, mas sua maturidade sexual é alcançada entre o 3º e 4º mês de vida. O aparelho reprodutivo das fêmeas é composto por cérvix, corpo uterino, cornos uterinos, oviduto e ovários. O aparelho reprodutivo dos machos é composto por testículos, epidídimo, canal deferente, glândulas sexuais acessórias (próstata, glândula coaguladora, glândula bulbouretral e vesícula seminal), glândulas perineais e caudais e pênis. A ultrassonografia é um exame de imagem de fácil acesso, que pode ser utilizada em cobaias. É útil no diagnóstico de doenças no aparelho genitourinário, como cálculos em vesícula urinária e cistos ovarianos. Foram selecionados 14 cobaias do sexo feminino e masculino, de diversas idades, pertencentes a tutores, obtidos em clínica particular, passaram por exame ultrassonográfico para avaliação do sistema genitourinário, com ênfase nos órgãos do aparelho reprodutivo. Órgãos como cornos uterinos e vesícula seminal apresentaram semelhanças na anatomia topográfica e aspecto ao exame ultrassonográfico. Entretanto, a bifurcação dos cornos uterinos a partir do corpo uterino ocorre dorsocranial à vesícula urinária, enquanto a bifurcação das vesículas seminais ocorre a partir da próstata, dorsocaudal à vesícula urinária.


Guinea pig (Cavia porcellus) is a docile rodent, which has been kept as pet. Females reach sexual maturity at the age of six weeks and are nonseasonal poliestric, while males establish spermatogenesis at the age of 6 weeks, but sexual maturity is reached between 3rd and 4th months. Females' reproductive tract consists of cervix, uterine body, uterine horns, oviducts and ovaries. Males' reproductive system consists of testes, epididymis, vas deferens, accessory sexglands (prostate, coagulating gland, bulbourethral gland and seminal vesicle), perineal and caudal glands and penis. Ultrasound is an easy access imaging study, which can be used in guinea pigs. It is useful in the diagnosis of disease in genitourinary tract, such as urinary calculi in bladder and ovarian cysts. 14 males and females guinea pigs were selected, from different ages, belonging to tutors, obtained in private clinic, underwent ultrasonography to evaluate the genitourinary system, with emphasis on the reproductive tract. Organs such as uterine horns and seminal vesicle showed similarities in the topographic anatomy and look at the ultrasound. However, the uterine horns' bifurcation from uterine body is above and forward the urinary bladder, while the seminal vesicles' bifurcation occurs from prostate, above and back from the urinary bladder.


Cobayo (Cavia porcellus) es un roedor dócil, que se ha mantenido como mascota. Las hembras alcanzan la madurez sexual a las seis semanas de vida y poliéstricas no son de temporada, mientras que los machos establecen espermatogénesis con 6 semanas de edad, pero la madurez sexual se alcanza entre el tercero y el cuarto mes de vida. El tracto reproductivo de las mujeres consiste en el cuello uterino, cuerpo uterino, uterinos cuernos, oviductos y los ovarios. El sistema reproductivo de los hombres consiste en testículos, epidídimo, conductos deferentes, glándulas accesorias sexuales (próstata, glándula coagulante, glándulas bulbouretrales y vesícula seminal), glándulas perineales y el flujo y el pene. El ultrasonido es un estudio de imagen de fácil acceso, que se puede utilizar en cobayas. Es útil en el diagnóstico de la enfermedad en el tracto genitourinario, tales como los cálculos urinarios en la vejiga y quistes ováricos. 14 cuyes de hombres y mujeres, de diferentes edades, pertenecientes a propietarios privados, obtenidos en la práctica privada, se sometieron a una ecografía para evaluar el sistema genitourinario, con énfasis en los órganos del aparato reproductor. Órganos como cuernos uterinos y vesícula seminal mostraron similitudes en la anatomía topográfica y mirar a la prueba de ultrasonido. Sin embargo, la unión de los cuernos uterinos de cuerpo uterino dorsocranialla vejiga urinaria se produce como la bifurcación de las vesículas seminales es de próstata, dorso-caudal a la vejiga urinaria.


Assuntos
Animais , Cobaias , Genitália Feminina/anatomia & histologia , Genitália Masculina/anatomia & histologia , Ultrassonografia/veterinária , Variação Anatômica
14.
R. bras. Reprod. Anim. ; 35(4): 456-466, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8366

Resumo

A próstata é a única glândula sexual acessória do cão. Dentre as prostatopatias, a hiperplasia prostática benigna, a metaplasia escamosa, as prostatites, os cistos prostáticos e paraprostáticos, os abscessos e as neoplasias podem estar presentes. O diagnóstico destas afecções baseia-se nos sinais clínicos, na palpação retal, nos exames radiográfico e ultrassonográfico, bem como nos exames citológico e histológico. O tratamento nas diversas prostatopatias destina-se a reduzir o tamanho prostático, minimizando os sinais clínicos manifestados. A presente revisão literária tem o intuito de apresentar as principais afecções prostáticas no cão, determinando as alternativas em diagnóstico e possibilidades terapêuticas para cada afecção.(AU)


The prostate gland is the only accessory sexual gland in dogs. The prostatic diseases, include benign prostatic hyperplasia, squamous metaplasia, prostatitis, prostatic and paraprostatic cysts, abscesses and neoplasias. The diagnosis of these alterations is based clinical signals, rectal palpation and radiographic, ultrasonographic, cytological, and histological evaluation. The objective of treatment is to reduce prostate enlargement and clinical signals. This literature review aims to present the major diseases in the dog prostate, with alternative diagnostic and therapeutic possibilities for each condition.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Cães/fisiologia , Próstata/patologia , Próstata/fisiologia , Doenças Prostáticas , Diagnóstico , Ultrassom , Neoplasias , Adenocarcinoma , Hiperplasia
15.
Rev. bras. reprod. anim ; 35(4): 456-466, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1491992

Resumo

A próstata é a única glândula sexual acessória do cão. Dentre as prostatopatias, a hiperplasia prostática benigna, a metaplasia escamosa, as prostatites, os cistos prostáticos e paraprostáticos, os abscessos e as neoplasias podem estar presentes. O diagnóstico destas afecções baseia-se nos sinais clínicos, na palpação retal, nos exames radiográfico e ultrassonográfico, bem como nos exames citológico e histológico. O tratamento nas diversas prostatopatias destina-se a reduzir o tamanho prostático, minimizando os sinais clínicos manifestados. A presente revisão literária tem o intuito de apresentar as principais afecções prostáticas no cão, determinando as alternativas em diagnóstico e possibilidades terapêuticas para cada afecção.


The prostate gland is the only accessory sexual gland in dogs. The prostatic diseases, include benign prostatic hyperplasia, squamous metaplasia, prostatitis, prostatic and paraprostatic cysts, abscesses and neoplasias. The diagnosis of these alterations is based clinical signals, rectal palpation and radiographic, ultrasonographic, cytological, and histological evaluation. The objective of treatment is to reduce prostate enlargement and clinical signals. This literature review aims to present the major diseases in the dog prostate, with alternative diagnostic and therapeutic possibilities for each condition.


Assuntos
Masculino , Animais , Cães , Cães/fisiologia , Doenças Prostáticas , Próstata/fisiologia , Próstata/patologia , Adenocarcinoma , Diagnóstico , Hiperplasia , Neoplasias , Ultrassom
16.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-202688

Resumo

Objetivou-se caracterizar e descrever os parâmetros ultrassonográficos das glândulas vesiculares, prostática, bulbouretrais e os índices vasculares Doppler das artérias testicular e ilíaca interna de carneiros Dorper, correlacionando-os a avaliação testicular, seminal e níveis séricos de testosterona de acordo com a maturidade sexual dos animais. Foram avaliados 45 animais: 24 púberes (8 e 11 meses); e 21 maduros ( 12 meses) de idade. Os machos foram examinados por ultrassonografia antes e após colheita seminal e as glândulas foram mensuradas pela biometria. Realizou-se análise qualitativa das glândulas anexas quanto à ecotextura (homogênea e heterogênea) e ecogenicidade (hipo/hiperecoicas de alta e baixa intensidade e anecogênicos). O sêmen foi avaliado quanto a suas características morfofisiológicas. Verificou-se a glândula vesicular e bulbouretral com ecotextura heterogênea, predominando ecogenicidade hipoecogênica de baixa intensidade. A glândula prostática apresentou o parênquima com ecotextura homogênea em relação às outras glândulas e ecogenicidade hipoecogênica. Os valores para idade de 8-11 meses foram de glândula vesicular: 24,81±3,26 mm; próstata: 12,88±1,20 mm; e bulbouretral: 13,72±1,31 mm; e para os animais > 12 meses para a vesicular: 24,58±3,77; próstata: 14,22±2,67; e bulbouretral: 14,71±1,78. Houve correlações significativas (p<0,05) para as dimensões das glândulas genitais acessórias com as do testículo, com as características seminais e com a testosterona. Conclui-se que pela ultrassonografia convencional as glândulas vesicular e bulbouretral têm ecotextura heterogênea, predominando ecogenicidade hipoecogênica de baixa intensidade independentemente da idade. A glândula prostática apresenta o parênquima com ecotextura mais homogênea e a ecogenicidade mostra-se hipoecogênica de alta intensidade na parte dorsal à uretra e hipoecogênica de baixa intensidade na parte ventral à uretra. Os ovinos maduros da raça Dorper, apresentam maiores valores quanto as dimensões, para as variáveis estudadas. As dimensões das glândulas genitais acessórias e os índices vasculares da artéria ilíaca interna, nos momentos antes e depois da ejaculação, não apresentam diferenças significativas. Os parâmetros ultrassonográficos dos testículos das glândulas prostática e bulbouretrais são correlacionáveis positivamente com a testosterona. As características seminais e as glândulas genitais acessórias apresentam correlação do volume com a glândula prostática e com parâmetros testiculares, respectivamente.


This study aimed to characterize and describe the ultrassonographic parameters of prostate, vesicular, bulbourethral glands and Doppler vascular index of testicular arteries and internal iliac of Dorper rams, correlating them with evaluation of testicles, semen and serum testosterone levels according to the animals sexual maturity. We evaluated 45 animals: 24 pubescent (8 and 11 months) and 21 mature ( 12 months) of age. Males were examined by ultrasound before and after semen collection and seminal glands were biometric measured. We conducted qualitative analysis of accessory glands by the echotexture (homogenitys and heterogenety) and echogenicity (hypo/hyperechoic high and low intensity and anechogenic). Semen had it morphological and physiological characteristics evaluated. Vesicular and bulbourethral glands were found to have a heterogeneous echotexture, predominantly hypoechoic echogenicity of low intensity. The prostate gland parenchyma presented with homogeneous echo texture compared to other glands and hypoechoic echogenicity. The values for age 8-11 months were: vesicular gland (24.81±3.26 mm); Prostate (12.88±1.20 mm); and bulbourethral (13.72±1.31 mm). The values for animals> 12 months were: vesicular glands (24.58±3.77 mm); Prostate (14.22±2.67 mm); and bulbourethral (14.71±1.78 mm). There were significant correlations (p<0.05) for the dimensions of the accessory genital glands with testicles, seminal characteristics and testosterone serum levels. It is concluded that the conventional ultrasound of the vesicular and bulbourethral glands have heterogeneous echo texture, predominantly hypoechoic echogenicity of low intensity regardless of age. The prostate gland has the parenchyma with more homogeneous echo texture and echogenicity shows up high intensity hypoechoic in the dorsal part of the urethra and of low intensity hypoechoic in the ventral part to the urethra. Mature Dorper rans, showed higher dimensions values for the variables studied. The accessory genital glands dimensions and internal iliac artery vascular index, in the moments before and after ejaculation, do not showed significant differences. The ultrassonographic parameters of the testes and the prostate bulbourethral glands are positively correlated with testosterone. The seminal characteristics and accessory genital glands presents volume correlation with the prostate and testicular parameters, respectively.

17.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 62(3): 596-602, jun. 2010. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5850

Resumo

Avaliou-se histologicamente a próstata de 30 cães adultos e idosos sexualmente intactos que apresentavam ou não sintomatologia clínica de doença prostática, e verificou-se a incidência de possíveis alterações da glândula. Dentre as alterações encontradas, a hiperplasia prostática benigna constituiu o diagnóstico mais comum, 85,6 por cento (n=24), seguida por prostatite crônica, 64,3 por cento (n=18), displasia do epitélio glandular, 42,8 por cento (n=12), atrofia do epitélio glandular, 39,3 por cento (n=11), infiltrado inflamatório focal, 25 por cento (n=7), dilatação glandular focal, 21,4 por cento (n=6), prostatite aguda, 7,1 por cento (n=2), metaplasia escamosa, 3,6 por cento, (n=1), metástase de neoplasia sistêmica, 3,6 por cento (n=1) e abscesso prostático, 3,6 por cento (n=1). Como em muitos casos os cães são assintomáticos, ressalta-se a importância da realização rotineira de exames clínicos específicos, como o toque retal e a ultrassonografia, para o diagnóstico precoce e o tratamento das afecções prostáticas.(AU)


The prostates of 30 not castrated old dogs with or without clinical symptoms of prostatic disease were histologically evaluated. It was observed the incidence of possible changes in the gland. Among the changes, benign prostatic hyperplasia (BPH) was the most common diagnosis, accounting for 85.6 percent (n=24), followed by chronic prostatitis, 64.3 percent (n=18), dysplasia of the glandular epithelium, 42.8 percent (n=12), atrophy of the glandular epithelium, 39.3 percent (n=11), focal inflammatory infiltrate, 25 percent (n=7), focal glandular dilation, 21.4 percent (n=6), acute prostatitis, 7.1 percent (n=2), squamous metaplasia, 3.6 percent (n=1), metastasis of systemic neoplasia, 3.6 percent (n=1), and prostatic abscess, 3.6 percent (n=1). Because the lack of symptoms in most of dogs with prostatic changes, the specific clinic exams in routine, as rectal palpation and ultrasonography, are very important to early diagnosis and treatment of dogs with prostatic disease.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Próstata/anatomia & histologia , Doenças Prostáticas/veterinária , Prevenção de Doenças , Cães , Hiperplasia Prostática/veterinária , Prostatite/veterinária
18.
São Paulo; s.n; 25/06/2012. 135 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | VETINDEX | ID: biblio-1504930

Resumo

O ciclo reprodutivo de Spilotes pullatus na região sudeste do Brasil é descrito para machos e fêmeas a partir de análises macroscópicas e microscópicas do aparelho reprodutor e órgãos acessórios envolvidos na reprodução ao longo do ano. Os machos da espécie apresentam o ciclo sazonal com o início da espermatogênese no verão, e durante o outono ocorre a espermiação. Os gametas são estocados ao longo dos ductos deferentes que possuem um formato convoluto. Os testículos entram em regressão e durante o inverno e a primavera apresentam-se inativos. Não é incomum encontrar machos de Spilotes com anomalia gonadal, apresentando uma massa testicular funcional próximo aos testículos. A cópula ocorre durante o inverno, principalmente na metade final da estação, os gametas estocados nos ductos deferentes não são esgotados durante a estação de acasalamento de forma que durante todo o ano os machos possuem espermatozóides estocados nos ductos. Os rins, órgão reprodutor acessório em Squamata, não apresentam variação em tamanho ao longo das estações em nenhum dos sexos, mas mudanças microscópicas ocorrem no néfron dos machos na região do segmento sexual renal, essa estrutura encontra-se hipertrofiada durante a estação de acasalamento. Combate pode ocorrer durante a primavera e os machos tendem a ficar com a porção cranial do corpo na vertical durante o duelo, diferentemente da maioria dos outros colubrídeos que mantém quase todo o corpo na horizontal. Durante o combate os machos podem expor o hemipênis. As fêmeas iniciam a vitelogênese no outono quando os folículos menores do que 10 mm começam a receber depósito de vitelo. O forrageio das fêmeas diminui de acordo com o desenvolvimento folicular. No final do inverno os folículos encontram-se pré-ovulatórios e no oviduto médio observa-se uma hipertrofia das glândulas da casca. As fêmeas parecem apresentar um período de proestro de seis dias e em seguida o estro. Os hemipênes da espécie são únicos, sem nenhum tipo de bifurcação, enquanto que a fêmea possui uma cloaca longa e com bolsas (vaginas) marcadamente bilobadas. Após a cópula, no final do inverno, ocorre a ovulação. Nessa espécie parece haver ovulação reflexa, sendo a cópula o estímulo para que ocorra a ovulação. A primavera é a estação onde as fêmeas encontram-se prenhas e realizam a ovipostura. As fêmeas que não ovularam parecem ter os folículos absorvidos pelo organismo. As caninanas produzem em média oito ovos que 12 podem estar distribuídos igualmente ou não entre os ovários. Os ovos postos na prprimavera são incubados em média por 73 dias e a eclosão ocorre durante o verão


The reproductive cycle of Spilotes pullatus in southeastern of Brazil is described for males and females from macroscopic and microscopic analysis of the reproductive tract and accessory organs involved in reproduction throughout the year. Males of the species exhibit a seasonal cycle with the onset of spermatogenesis in the summer and during autumn spermiation occurs. The gametes are stored along the vas deferens, which have a convoluted shape. The testicles come in regression and during the winter and spring appear inactive. It is not unusual to find male Spilotes with gonadal failure, with a testicular mass function next to the testicles. Mating occurs during the winter, especially in the latter half of the season, gametes stored in the vas deferens are not depleted during the breeding season so that throughout the years, males have sperm stored in the vas. The kidneys, reproductive organ accessory in Squamatas not show variation in size throughout the seasons in either sex, but microscopic changes occur in the nephron of male sexual segment in the region of the kidney, this structure is hypertrophied during the mating season. The kidneys, reproductive organ accessory Squamatas not show variation in size throughout the seasons in either sex, but microscopic changes occur in the nephron of male sexual segment in the region of the kidney, this structure is hypertrophied during the mating season. Combat can occur during the spring and the males tend to stay with the cranial portion of the body vertical during the duel, unlike most other colubrids that keeps most of the body horizontally. During combat, males may expose the hemipenis. The females begin the vitellogenesis on fall when the follicles smaller than 10 mm start receiving tank calf. Female foraging decreases with the follicle development. At the end of winter follicles are pre-ovulatory and in the medium oviduct there is a hypertrophy of gland shell. Females appear to have a period of six days of proestrus and then estrus. The specie hemipenes are unique, without any kind of bifurcation, while the female has a long cloaca with pouch (or vaginal pouch) markedly bilobed. After mating in the end of winter, ovulation occurs. In this species seems to be reflex ovulation, copulation being the stimulus for ovulation to occur. Spring is the season when females are pregnant and do the oviposition. Females that did not ovulate have to seem the follicles absorbed by the body. The 14 tiger rat snake produce an average of eight eggs that may or may not be distributed equally between the ovaries. The eggs laid in spring are incubated in medium for 73 days and hatching occurs during the summer


Assuntos
Masculino , Feminino , Animais , Gravidez , Colubridae/anatomia & histologia , Colubridae/embriologia , Fase Folicular , Ovulação , Comportamento Sexual Animal , Espermatogênese
19.
São Paulo; s.n; 25/06/2012. 135 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-1115

Resumo

O ciclo reprodutivo de Spilotes pullatus na região sudeste do Brasil é descrito para machos e fêmeas a partir de análises macroscópicas e microscópicas do aparelho reprodutor e órgãos acessórios envolvidos na reprodução ao longo do ano. Os machos da espécie apresentam o ciclo sazonal com o início da espermatogênese no verão, e durante o outono ocorre a espermiação. Os gametas são estocados ao longo dos ductos deferentes que possuem um formato convoluto. Os testículos entram em regressão e durante o inverno e a primavera apresentam-se inativos. Não é incomum encontrar machos de Spilotes com anomalia gonadal, apresentando uma massa testicular funcional próximo aos testículos. A cópula ocorre durante o inverno, principalmente na metade final da estação, os gametas estocados nos ductos deferentes não são esgotados durante a estação de acasalamento de forma que durante todo o ano os machos possuem espermatozóides estocados nos ductos. Os rins, órgão reprodutor acessório em Squamata, não apresentam variação em tamanho ao longo das estações em nenhum dos sexos, mas mudanças microscópicas ocorrem no néfron dos machos na região do segmento sexual renal, essa estrutura encontra-se hipertrofiada durante a estação de acasalamento. Combate pode ocorrer durante a primavera e os machos tendem a ficar com a porção cranial do corpo na vertical durante o duelo, diferentemente da maioria dos outros colubrídeos que mantém quase todo o corpo na horizontal. Durante o combate os machos podem expor o hemipênis. As fêmeas iniciam a vitelogênese no outono quando os folículos menores do que 10 mm começam a receber depósito de vitelo. O forrageio das fêmeas diminui de acordo com o desenvolvimento folicular. No final do inverno os folículos encontram-se pré-ovulatórios e no oviduto médio observa-se uma hipertrofia das glândulas da casca. As fêmeas parecem apresentar um período de proestro de seis dias e em seguida o estro. Os hemipênes da espécie são únicos, sem nenhum tipo de bifurcação, enquanto que a fêmea possui uma cloaca longa e com bolsas (vaginas) marcadamente bilobadas. Após a cópula, no final do inverno, ocorre a ovulação. Nessa espécie parece haver ovulação reflexa, sendo a cópula o estímulo para que ocorra a ovulação. A primavera é a estação onde as fêmeas encontram-se prenhas e realizam a ovipostura. As fêmeas que não ovularam parecem ter os folículos absorvidos pelo organismo. As caninanas produzem em média oito ovos que 12 podem estar distribuídos igualmente ou não entre os ovários. Os ovos postos na prprimavera são incubados em média por 73 dias e a eclosão ocorre durante o verão (AU)


The reproductive cycle of Spilotes pullatus in southeastern of Brazil is described for males and females from macroscopic and microscopic analysis of the reproductive tract and accessory organs involved in reproduction throughout the year. Males of the species exhibit a seasonal cycle with the onset of spermatogenesis in the summer and during autumn spermiation occurs. The gametes are stored along the vas deferens, which have a convoluted shape. The testicles come in regression and during the winter and spring appear inactive. It is not unusual to find male Spilotes with gonadal failure, with a testicular mass function next to the testicles. Mating occurs during the winter, especially in the latter half of the season, gametes stored in the vas deferens are not depleted during the breeding season so that throughout the years, males have sperm stored in the vas. The kidneys, reproductive organ accessory in Squamatas not show variation in size throughout the seasons in either sex, but microscopic changes occur in the nephron of male sexual segment in the region of the kidney, this structure is hypertrophied during the mating season. The kidneys, reproductive organ accessory Squamatas not show variation in size throughout the seasons in either sex, but microscopic changes occur in the nephron of male sexual segment in the region of the kidney, this structure is hypertrophied during the mating season. Combat can occur during the spring and the males tend to stay with the cranial portion of the body vertical during the duel, unlike most other colubrids that keeps most of the body horizontally. During combat, males may expose the hemipenis. The females begin the vitellogenesis on fall when the follicles smaller than 10 mm start receiving tank calf. Female foraging decreases with the follicle development. At the end of winter follicles are pre-ovulatory and in the medium oviduct there is a hypertrophy of gland shell. Females appear to have a period of six days of proestrus and then estrus. The specie hemipenes are unique, without any kind of bifurcation, while the female has a long cloaca with pouch (or vaginal pouch) markedly bilobed. After mating in the end of winter, ovulation occurs. In this species seems to be reflex ovulation, copulation being the stimulus for ovulation to occur. Spring is the season when females are pregnant and do the oviposition. Females that did not ovulate have to seem the follicles absorbed by the body. The 14 tiger rat snake produce an average of eight eggs that may or may not be distributed equally between the ovaries. The eggs laid in spring are incubated in medium for 73 days and hatching occurs during the summer (AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Gravidez , Ovulação , Fase Folicular , Colubridae/anatomia & histologia , Colubridae/embriologia , Comportamento Sexual Animal , Espermatogênese
20.
Jaboticabal; s.n; 25/03/2008. 44 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-3189

Resumo

A próstata é o único órgão sexual acessório no cão e as afecções prostáticas são comuns em cães adultos a idosos. A história clínica, anamnese, sinais clínicos e exames complementares, como a radiografia, ultra-sonografia, citologia e a histopatologia auxiliam no diagnóstico, embora o diagnóstico definitivo se fundamenta no exame histopatológico da próstata. Neste estudo, 11 animais da espécie canina, machos, adultos, não castrados e hígidos foram submetidos à punção aspirativa com agulha fina guiada por ultra-som para avaliação citológica e, após, um mínimo sete dias, utilizou-se da videolaparoscopia para obtenção de fragmento prostático para avaliação histopatológica. Nos exames citológicos, dois animais apresentaram alterações celulares compatíveis com hiperplasia prostática benigna. Durante as videolaparoscopias, a colheita do fragmento prostático foi realizada de maneira rápida, não sendo observada hemorragia significativa após o procedimento. Os animais não apresentaram nenhuma complicação no período pós-operatório. Verificou-se, aos exames histopatológicos, morfologia e estrutura celulares e teciduais nos padrões normais do parênquima prostático, em nove animais; os dois restantes apresentaram alterações celulares e teciduais sugestivas de hiperplasia prostática benigna


The prostate is the only sexual accessory gland in the male dog. The prostate diseases are common in adult and geriatric dogs. The clinical history, anamnesis, clinical signs and complementary exams, as radiography, ultrasonography, cytology and histopathology are helpful for the diagnosis, despite the definitive diagnosis is based on prostate histopathologic exams. In this study, 11 healthy intact male dogs were submitted to ultrasound fine needle aspirative puncture for cytologic exam and after, at least 7 days later, by videolaparoscopic fragment collection for further histopathologic evaluation. On cytologic exams, two animals presented changes which correlates with benign prostatic hyperplasia. During the videolaparoscopic proceedings, the prostate fragment collections were made in a quick way and no important hemorrhagic lost has been seen after the collection. The animals presented no complication after the surgeries. The histopathologic exams showed normal prostate parenchyma based on the cellular and tissue morphology and structure in 9 dogs, and the others 2 presented cellular and tissue changes suggesting benign prostatic hyperplasia

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA